Arquivo para 4 de dezembro de 2010

Jornalismo 1 x 0 Gilmar Mendes

Leandro Fortes*

Na edição de 8 de outubro de 2008 da CartaCapital, em uma reportagem de minha autoria intitulada “O empresário Gilmar Mendes”, revelei a ligação societária entre o então presidente do Supremo Tribunal Federal e o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Trata-se de uma escola de cursinhos de direito cujo prédio foi construído com dinheiro do Banco do Brasil sobre um terreno, localizado em área nobre de Brasília, praticamente doado (80% de desconto) a Mendes pelo ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz. O IDP, à época da matéria, havia fechado 2,4 milhões em contratos sem licitação com órgãos federais, tribunais e entidades da magistratura, volume de dinheiro que havia sido sensivelmente turbinado depois da ida de Mendes para o STF, por indicação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O corpo docente do IDP era formado, basicamente, por ministros de Estado e de tribunais superiores, desembargadores e advogados com interesses diretos em processos no Supremo, o que, por si só, já era passível de uma investigação jornalística decente. O que, aliás, foi feito pela CartaCapital quando toda a imprensa restante, ou se calava, ou fazia as vontades do ministro em questão. Foi a época da Operação Satiagraha, dos dois habeas corpus concedidos por Mendes ao banqueiro Daniel Dantas, em menos de 48 horas. Em seguida, a mídia encampou a farsa do grampo sem áudio, publicado pela revista Veja, que serviu para afastar da Agência Brasileira de Inteligência o delegado Paulo Lacerda, com o auxílio luxuoso do ministro da Defesa, Nelson Jobim, autor de uma falsa denúncia sobre existência de equipamentos secretos de escuta telefônica que teriam sido adquiridos pela Abin.

Naqueles tempos duros, fazer uma cobertura crítica da atuação de Gilmar Mendes no STF era uma tarefa quase suicida. Mesmo o governo federal, instado a não comprar briga com Mendes justo no momento em que o inquérito do chamado “mensalão” passava às barras do Supremo, manteve-se amedrontado. Emblema daquela circunstância foi a submissão do presidente Lula às idiossincrasias de Mendes, chamado pelo ministro “às falas” para responder pela inverossímil denúncia de espionagem no STF. CartaCapital e este repórter, por revelarem as atividades comerciais paralelas de Gilmar Mendes, acabaram processados pelo ministro, evidencie-se, dentro das regras democráticas e legais do Estado de direito.

Acusou-nos, Mendes, de termos elaborado a referida reportagem com o intuito de lhe “denegrir a imagem” e “macular sua credibilidade”. Alegou, ainda, que a leitura da reportagem atacava não somente a ele, mas serviria, ainda, para “desestimular alunos e entidades que buscam seu ensino”. Essa argumentação foi desmontada ainda antes da sentença, por este blog, no post que pode ser acessado aqui.

Em 26 de novembro de 2010, portanto, na semana passada, a juíza Adriana Sachsida Garcia, do Tribunal de Justiça de São Paulo, julgou improcedente a ação de Gilmar Mendes e extinguiu o processo contra mim e a CartaCapital. Dentre outras considerações, afirmou:
“As informações divulgadas são verídicas, de notório interesse público e escritas com estrito animus narrandi. A matéria publicada apenas suscita o debate sob o enfoque da ética, em relação à situação narrada pelo jornalista. Não restou configurado o dolo ou culpa, condição sine qua non para autorizar a condenação no pagamento de indenização. A população tem o direito de ser informada de forma completa e correta, motivo pelo qual esse direito deve sobrepor-se às garantias individuais, sob determinadas circunstâncias, como são as objeto de análise.”

Abaixo, alguns trechos da sentença proferida pela juíza Adriana Garcia. A decisão ainda é passível de recurso por parte da defesa do ministro Gilmar Mendes:

(…) Desnecessária a colheita de outras provas, pois a matéria é eminentemente de direito e os fatos controversos vieram bem comprovados por documentos, de maneira que autorizado o julgamento antecipado, em conformidade com a regra do artigo 330, inciso I, do Código de Processo Civil. O pedido é improcedente. (…) Ocorre que, a documentação trazida com a defesa revela que a situação exposta é verídica; o que, aliás, não foi negado pelo autor.”

Considerado o modelo da reportagem e as palavras utilizadas, não vislumbro ofensa ao ordenamento jurídico, condição indispensável para a condenação no pagamento de indenização.”

O tema exige cautela do julgador para que não incida na odiosa restrição das liberdades de informação e de expressão, as quais contêm o direito de criticar. Careceria de justa causa a notícia falsa ou imprudentemente divulgada, mas não a baseada em fatos reais e de manifesto interesse público.”

Insta aqui destacar que a reportagem de fato assevera não haver ilegalidade no proceder do autor ou de qualquer das pessoas físicas mencionadas, tanto que eminentes juristas foram entrevistados para emitir opinião técnica sobre a participação de magistrados em sociedades empresariais e restou registrada a controvérsia existente sobre o tema.”

Não se considera ‘caviloso’ o texto do jornalista porque não criou fatos ou incluiu inverdades, nem omitiu dados importantes ao bom entendimento da notícia. De fato, já na inicial, o autor reconhece que o Ministro Gilmar Mendes é sócio da empresa e detém uma terça parte das quotas sociais. (…) Bem assim, a inicial admite a realização de contratos com vários órgãos do Poder Público no âmbito federal, com dispensa de licitação, por inexigibilidade.”

Ainda, o autor relata que possui corpo discente de alto gabarito, ilustrado por figuras ocupantes do alto escalão dos diferentes Poderes da República. E se os fatos não são mentirosos, não vejo fundamento jurídico para coibir o livre exercício do questionamento e da crítica pela imprensa.”

A reportagem impugnada consubstancia regular exercício de direito, consubstanciado em crítica jornalística própria dos regimes democráticos. A doutrina e a jurisprudência concordam que, pelo menos para efeito de responsabilidade civil, a licitude da matéria jornalística decorre do interesse público, da veracidade e pertinência de seu conteúdo.”

E, finalmente, também o conteúdo é pertinente – não obstante a crítica inserida – havendo articulação lógica entre o conteúdo narrado e as conclusões expostas. A relevância dos fatos narrados foi apresentada de modo adequado em relação ao contexto dos fatos noticiados. A documentação acostada pela defesa demonstra que foi apurada a procedência dos fatos narrados, de modo a neutralizar a alegação de que houve divulgação precipitada e indevida de fatos aptos a arruinar a reputação das pessoas citadas.”

Não se pode cogitar de verdadeira liberdade de informação e expressão sem a possibilidade da crítica, a possibilidade de emitir juízo de valor – favorável ou não – em relação a determinado comportamento.”

Reconhecer ilicitude, sem provas sobre animus injuriandi ou animus nocendi, constitui, pelo peso da indenização por dano moral, restrição que se aproxima da censura”

Condeno o autor no pagamento das verbas oriundas de sua sucumbência, com honorária que fixo em R$ 5.000,00 para cada um dos co-réus, atualizados monetariamente a partir da data desta sentença pelos índices da Tabela Prática editada pelo Egrégio Tribunal de Justiça deste Estado, nos termos do que preceitua o artigo 20, § 4º, do mesmo Código de Processo Civil. Transcorrido o prazo para recurso, ou processado o que houver, diligencie a serventia o arquivamento dos autos, observadas as formalidades legais e cautelas de praxe.

P.R.I. São Paulo, 26 de novembro de 2010.

Adriana Sachsida Garcia Juíza de Direito”

Aqui, a íntegra da sentença.

*Leandro Fortes é jornalista, professor e escritor, autor dos livros Jornalismo Investigativo, Cayman: o dossiê do medo e Fragmentos da Grande Guerra, entre outros. Mantém um blog chamado Brasília eu Vi e escreve na revista Carta Capital.

ENCARCERADOS

Welton Yudi Oda*

Nilte Buzzati, 68 anos, dona de casa. Acorda cedo para fazer o café da família. Feira? Só mais tarde, na hora da xepa. Pechincha tudo e consegue ótimos preços. Depois, dia sim, dia não, vai à casa da filha. No dia-não arruma a casa.

Só sai de dia. De noite é muito perigoso (abre exceção para ir ao culto semanal, com a graça de deus). Não tem boas relações com os vizinhos. Considera-os uns pretinhos grosseiros, mal-educados e malandros. Eles, por sua vez, a consideram uma velha caduca.

Adelson Maia, químico, aluno de mestrado. Gosta de trabalhar em casa. Mora num edifício em área nobre. Gasta dois terços de seus proventos (às vezes mais) com aluguel, condomínio, água, luz e telefone, muito telefone.

Às vezes vai à faculdade, lugar perigosíssimo, localizado entre dois morros, onde atuam duas facções rivais. Tiroteios são frequentes. As paredes são cravejadas de balas.

Não anda de noite pelas ruas. Não anda pela cidade. Não anda com os vidros dos carros abertos e procura não ficar parado nos cruzamentos.

Sua namorada já foi sequestrada.

Para Adelson, o mundo é muito perigoso.

Tito e Sanny são geólogos. Adoram conversar com os amigos, degustando um bom vinho e pratos refinados com música ao fundo.

E não vacilam. A cidade onde vivem é muito perigosa. Seu condomínio fechado é um paraíso, mas do portão pra fora começa o inferno. “Andar pelas ruas da cidade é pra quem quer ser assaltado”, diz Tito. “Não se pode confiar em ninguém”, diz Sanny.

Lima, 70 anos, adora futebol, palavras cruzadas, o programa do Antena e também o jornalismo da TV Rocó. Passa tanto tempo em frente à TV que mal consegue esticar completamente as pernas. Aliado a isso, sua barriga enorme torna sua postura bastante arqueada.

Para Lima o mundo está cada vez pior. Decadência total. Nas raras vezes em que sai de casa, manda chamar, pelo telefone, o taxista de confiança. Tem tanto pavor de sair de casa que chega a suar frio e empalidecer. Para criar coragem, toma uns goles de cana.

Seu esporte predileto é infernizar a esposa, mulher muito boa, paciente e de pavio enorme, mas que certo dia, milhares de sapos engolidos depois, perdeu a paciência com sua grosseria e arremessou uma faca em sua direção. Feliz ou infelizmente errou, mas desde então Lima é um pouco menos grosseiro.

Odeia partidos de esquerda, greves, sindicatos. “Tempo bom mesmo foi o da ditadura militar”, diz convicto.

*O autor é doutorando em Biologia e constista aprendiz.

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO DA PASTORA LUCILÉIA CÂMARA, MULHER DO DEPUTADO SILAS CÂMARA, ELEITA DEPUTADA PELO ACRE

Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Acre decretou a prisão preventiva da pastora Antônia Luciléia Câmara Cruz, conhecida na intimidade como Antônia Lúcia, e esposa do deputado federal Silas Câmara, membro do clã evangélico da igreja Assembleia de Deus dirigida pelo seu irmão maior pastor, Silas Câmara.

A prisão de Antônia Luciléia Câmara Cruz, ou Antônia Lúcia, que foi eleita deputada federal pelo PSC com 15,8 mil votos, ficando com a oitava vaga, foi decretada baseada nas ações: compra de votos, distribuição de bens, formação de caixa 2 e abuso de poder econômico.

A pastora, já no período da campanha eleitoral, esteve envolvida em fraude, quando foi acusada de posse de uma mala contendo uma grande soma de dinheiro que seria usado junto aos eleitores para sua eleição.

O Ministério Público Federal do Acre, depois de quebrar o sigilo telefônico de Antônia Câmara e pessoas ligadas a sua campanha, constatou que ela realizou operações financeiras ilegais ilícitas, fraude documental e sonegação de informações na prestação final de contas da campanha.

Por sua vez, o maior financiador de sua campanha, o seu marido, deputado federal reeleito Silas Câmara, além de outros processos que correm na Justiça Federal, teve esta semana passada uma ação penal aberta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em que é acusado de desvio de dinheiro destinado ao pagamento de funcionários de seu gabinete e contratação de funcionários fantasmas.

i iNDA TEM FRANÇÊiS Qi DiZ Qi A JENTi NUM SEMO SERO

@ BRASIL RECONHECE O ESTADO PALESTINO NAS FRONTEIRAS DE 1967. A carta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgada pelo Itamaraty reconhece o Estado Palestino antes do Estado de Israel se apossar dos territórios na Guerra dos Seis Dias, em 1967, que antes não lhe pertenciam. Para o governo brasileiro, o reconhecimento não vai prejudicar a relação do Brasil com Israel, “que nunca foram tão robustas”, diz o texto da carta.

O reconhecimento do Estado Palestino é parte da convicção brasileira de um processo negociador em que resulte que em dois Estados convivendo pacificamente e em segurança é o melhor caminho para a paz no Oriente Médio… O Brasil estará sempre a ajudar no que for necessário. A iniciativa é coerente com a disposição histórica do Brasil de contribuir para o processo de paz entre Israel e a Palestina.

O entendimento do governo brasileiro é de que somente o diálogo e a convivência pacífica com os vizinhos farão avançar verdadeiramente a causa Palestina”, afirmou o presidente Lula na carta. I inda tem françêis…

@ ESTADOS UNIDOS SONDARAM O GOVERNO BRASILEIRO PARA ACEITAR PRESOS DE GUANTÁNAMO. A afirmação que saiu nos documentos divulgados pelo Wikileaks em que o governo norte-americano havia sondado o governo brasileiro para receber presos de Guantánamo, em Cuba, foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores Celso Amorim.

Houve sondagens efetivas, mas o Brasil não achou adequado que devesse recebê-los por várias razões. Algumas eram pessoas suspeitas de terrorismo. O mais normal seria, se elas são inocentes, que encontrasse de volta seu caminho na vida. Não havia razão para a gente importar um problema que não tem nada a ver conosco”, afirmou o ministro Celso Amorim. I inda tem françêis…

@ A PRESIDENTA ELEITA DILMA ROUSSEFF ANUNCIOU MAIS TRÊS MINISTROS e pediu que eles trabalhem de forma integrada com outros setores do governos para que seja cumprido o programa do governo quanto ao desenvolvimento, à distribuição de renda e à garantia da instabilidade econômica.

Dos três ministros indicados pela presidenta eleita, dois foram os membros do Partido dos Trabalhadores que participaram ativamente na coordenação de sua campanha: Palocci e José Eduardo Cardoso. Para a Casa Civil foi indicado o ex-ministro Antônio Palocci; para o Ministério da Justiça o deputado José Eduardo Cardoso; e para Secretaria Geral da Presidência, o atual chefe do Gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho. I inda tem françêis…

@ “UMA VERDADEIRA ENGANAÇÃO”, afirmou a juíza Kenarik Boujikian Felippe, da 16ª Vara Criminal de São Paulo, secretária do Conselho Executivo da Associação de Juízes para a Democracia, sobre a operação policial-militar desferida no Complexo do Alemão, e que segundo ela só atingiu a base da pirâmide.

O que se vê é a prisão dos pequenos. Para se ter um efeito real, é preciso combater os que estão lá encima. Os de baixos são substituíveis. A ponta de cima é o empresário que ganha muito dinheiro com o tráfico. Esse é intocável”, disse a juíza.

Entre outros temas, a juíza destacou o papel da imprensa, que, segundo ela, não apresenta uma reflexão sobre os fatos. “Estão omitindo e não estão trazendo reflexão sobre os fatos. O papel da imprensa é trazer dados, informações para que as pessoas reflitam. Se você não mostra os fatos sobre o ângulo da violência – que, infelizmente, está acontecendo -, se você vende uma imagem de que aquilo é uma solução, faz um desserviço.

Em síntese, o que a imprensa está noticiando é que isso vai resolver o grande problema que existe no Rio. E é uma situação mais complexa, que não vai se solucionar com a entrada da polícia, do Exército, da Aeronáutica e o que mais seja. Tem que haver um projeto de país, de comunidade, de Estado, de município e o que existe é uma verdadeira enganação. E a imprensa está corroborando para isso, ao invés de ajudara a situação, ajudar efetivamente a resolver o problema grave que existe no Rio e que tem uma população que está submetida à violência do Estado, submetida à violência das milícias e de pessoas envolvidas no mundo da criminalidade… A população é quem sofre e vai continuar sofrendo e o problema não vai se resolver”, afirmou a juíza. I inda tem françêis…

@ MILITARES E CIVIS QUE PARTICIPARAM DA REPRESSÃO NO PERÍODO DA DITADURA têm que revelar, mesmo que anonimamente, onde se encontram os corpos dos presos políticos que foram mortos, foi o apelo que o ministro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República Paulo Vannuchi fez para os corpos dos desaparecidos sejam encontrados.

Isso tudo é como buscar agulha no palheiro, porque a questão chave nós não conseguimos resolver ainda, que é convencer as pessoas que participaram da repressão a contar”, disse o ministro. Para ele é preciso que todos que participaram da luta, inclusive os militantes, procurem dar informações sobre os corpos. Informar se há corpos que foram mutilados ou jogados ao mar. Para o ministro, os agentes militares e civis poderão fazer “de como eles foram destruídos”.

Infelizmente, há ainda uma mentalidade raivosa, de ódio e de torturadores e de comandantes de torturadores que não fizeram a conversão à vida democrática”, considerou o ministro. I inda tem françêis…

@ GODARD COMPLETA 80 ANOS NA FORÇA DE SEU NOVO FILME, “FILME SOCIALISMO”. O cineasta poeta e filósofo suíço-francês Jean-Luc Godard completa 80 anos com a honestidade, a ternura e a crença na vida daqueles que não sabotaram sua existência.

Aos 80 anos completados ontem, dia 3, o cineasta que mudou a linguagem do cinema iniciada no período deviriano da Nouvelle Vague tece seu continnum estético criando novas formas de imagens que obrigam o espectador saltar no fora, onde as imagens lembranças não podem controlar o movimento do “piscar dos olhos e a batida do coração” que é seu cinema.

Seu novo filme, “Filme Socialismo”, em tempo de comemoração natalícia estreia no Brasil. I inda tem françêis…

@ LECI BRANDÃO NO “DIA INTERNACIONAL PELA ELIMINAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER”. A talentosa e engajada compositora e cantora sambista Leci Brandão estará se apresentado no dia 5, domingo, no Parque do Carmo, Zona Leste de São Paulo, na manifestação de combate à violência praticada contra as mulheres da periferia.

O Show em que Leci Brandão se apresentará e contará com a participação de outros artistas, como o grupo Hip-Hop Mulher, faz parte do Projeto Arte e Cultura pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, que é organizado pela ONG Católicas pelo Direito de Decidir, em convênio com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do governo federal.

O evento também contará com a presença da ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Nicéia Freire. I inda tem françêis…

@ “SÓ UM MILAGRE” pode fazer o Corinthians ser campeão do Campeonato Brasileiro. O entendimento é do mais famoso torcedor do Timão no momento, presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diante da realidade que o time do Parque São Jorge se encontra, com o Fluminense com um ponto a mais que seu rival, e ainda decide o campeonato, em casa, contra o fraco time do Guarani de Campinas. Enquanto o time de Lula vai ao Serra Dourada encarar o Goiás, responsável por sua descida para a Série B.

O Corinthians não depende só de si agora. Mas se o Fluminense, se ganhar, fez por merecer. Se o Corinthians não ganhar, é porque o Corinthians jogou fora as oportunidades. Portanto, se o Fluminense ganhar, está bem na mão do Fluminense. Acho muito difícil o Fluminense perder para o Guarany, que já deu férias para seus melhores jogadores.

Tomara que o Goiás dê férias para não tirar o Corinthians do vice”, sorriu Lula. I inda tem françêis…

Vamos que vamos!

Vamos que vamos, que vamos, idos!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.149 hits

Páginas

dezembro 2010
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos