Arquivo para 1 de janeiro de 2011

BARQUINHAS PARA IEMANJÁ POR UM ANO BOM

Retira a jangada do mar

Mãe d’Água mandou avisar

Que hoje não pode pescar

Que hoje tem festa no mar

Ela é, ela é Rainha do Mar

Traz pente, traz espelho, ôôôô

Traz flores, traz perfume, ôôôô

Pra ela se enfeitar”

foto
Como ocorre em todos os finais de ano, o lugar na Ponta Negra denominado Prainha, em Manaus, fica completamente povoado por diversos congás de religiões afro, assim como também por diversas manifestações individuais e familiares, todas como oferendas para a mãe de todos as entidades, a Rainha do Mar: Iemanjá!
foto

Os atabazeiros e ogans já puxam o ponto na batida do tambor, e a roda já vai sendo organizada. Também a areia é preenchida por muitas e diferentes imagens, como pode se ver na oferenda do congá de Pai Cristiano (foto acima), que vem lá do Santa Etelvina. Conversamos com seu Roxo, acompanhado sempre do ogan Fumaça de Xoroquê, filho de Pai Lídio de Salvador. A roda estava animada e todos os filhos cantavam com devoção, chamando a senhora que receberia nesta noite a oferenda de todos, e com certeza abençoará os filhos que prestaram tais homenagens aquela que é conhecida como a doce Iaba.

foto
Maré, maré, maré, maré…

Cheguei agora na maré vazante

Não trouxe ouro nem diamante

Mas trouxe a força que meu pai me deu”

foto
O ritual de enviar as barquinhas carregadas de joias, bebidas, velas, comidas e muitas outras coisas. As oferendas a Iemanjá são uma das mais populares manifestações religiosas de todo o Brasil. É por isso que no decorrer da noite assistimos a Prainha ficar cada vez mais lotada de pessoas, algumas fazendo suas preces à beira do Rio Negro, outras cantando e preparando suas oferendas dos mais diferentes modos.
foto“Sou uma cigana marabaia. Sou de uma tribo de ciganas; porém, não sou cigana. Quando eu nasci fui rejeitada por pai e por mãe. Fui jogada numa aldeia de ciganos, onde uma cigana feiticeira com um cigano velho me pegaram pra criar. Me ensinaram tudo dessa vida: o que é encantamento, o que é bruxaria… Mas como nós espíritos sabemos que a cada bondade que nós fazemos é um degrau na evolução espiritual que nós subimos, e a cada maldade que fazemos são trinta degraus que descemos na evolução espiritual, então na virada dessa lua, todos os anos eu venho até essa praia pra fazer os meus ‘trabrocos’, trabrocos pros meus filhos, pros meus clientes, pros meus consolentes. Eu vou arrear uma mesa cigana para a fartura, para a abertura de caminhos, felicidades, trabroco também para trazer amor, porque nesse mundo do pecado está faltando amor, só é guerra, destruição, preconceito. O senhor sabe que o povo do Candomblé, da Umbanda, Quimbanda, o povo espiritualista é muito discriminado. Mas nós estamos ‘a cá’ não para fazer o mal, mas sim para fazer o bem.” (Cigana Rosa)
foto
fotoEste bloguinho conheceu Mãe Socorro, lá da Cidade Nova II, que levou seus filhos e filhas de santo para fazer um verdadeiro toque ali na areia. Conversamos com Dona Joana Gunça, na cabeça da mãe de santo, que deixa para o povo manauara sua alegria e seu axé.

“Eu sou uma caboca das águas, filha de Minha Mãe Iemanjá. Eu peço para todos que Pai Oxalá ilumine a vida de todos, que traga suas bênçãos, proteção, paz, amor, para que todos aqueles que têm algum obstáculo, que possam ultrapassá-lo. Que a vida seja boa para todos. Que venha por essas águas tudo de bom que essa cidade necessita para ficar bonita e boa. Que todos possam realizar aquilo que precisam, tudo aquilo que mais desejam em suas vidas e para a vida de seus próximos, e venham ter fartura, com muita paz, com muita luz, com muita firmeza e com muita segurança. Que Iemanjá e meu Pai Oxalá abençoe a todos que lhes têm fé e que buscam a harmonia com os santos e também com seus irmãos aqui na terra. Axé para todos!” (Dona Joana Gunça)

fotoUbirajara quando chegou

Não temeu a caboco nenhum

Ubirajara é caboco brabo

Não teme a caboco nenhum”

fotoNas andanças pela Prainha, encontramos ainda um grupo de duas formadas e quatro estudantes de Ciências Sociais, que foram se reunir para conversar, discutir as questões políticas da cidade de Manaus. Três delas falaram lucidamente a este bloguinho intempestivo, sobretudo na crença de um bom governo Dilma e sobre o vazio da política amazonense.

Estamos fazendo uma reunião de final de ano. Uma retrospectiva sobre o ano que passou e uma perspectiva para esse próximo ano. O fato bom é que pela primeira vez o Brasil vai ser comandado por uma mulher. Esperamos que ela faça um bom governo, e que seu governo não se reflita apenas ao Brasil, mas em todo a América Latina e também em países de outros continentes que dependem da relação com o Brasil direta ou indiretamente. No caso do Amazonas, está complicado. A gente espera que venha a ter realmente políticos, que venham a aparecer realmente políticos que entendam de diplomacia, de relações públicas, de política…” (Saadya)

fotoO que a gente a desejar é que a futura presidenta faça um bom governo, porque as consequências do governo será para todos, tanto de quem votou quanto de quem não votou nela. O que eu desejo e acredito que vai acontecer é que ela tenha muito discernimento no que ela vai fazer e que ela faça um bom governo.” (Beatriz)
fotoEu espero que nesse ano os políticos olhem e tratem melhor o Amazonas. É um absurdo a gente viver de forma precária como muita gente vive, sabendo que nós temos um polo industrial, temos esse PIB, temos essa água, a natureza. Então é preciso que nós mesmos, amazonenses, valorizemos mais a nossa terra.” (Ellen)
foto
Encontramos também seu Joãozinho das Praias, que já conhecíamos lá do terreiro da Mãe Maria do Seu Jacaúna. Seu Joãozinho deixou suas palavras ao povo da terra.

“O que eu vou dizer não posso dizer que é mensagem; mas também não posso dizer que é conselho, porque é difícil o povo aceitar conselho. Esse vindouro é um ano de conquistas que tá chegando. Iansã e Iemanjá vão reger, e vão reger com a força do tempo, com a força das águas. O tempo não espera, ele passa, ele vai embora. E como você vai acompanhar ele? A água também não espera, ela passa e vai embora. Não tem duas águas iguais. Então é um ano de conquistas, é um ano para por o pé no chão. É um ano para correr atrás do que você quer. Corram que vocês vão conseguir. E que a bênção de nosso Pai Oxalá ajude vocês.” (Joãozinho das Praias)

fotoSeu risca estava lá e comandou a entrega da barquinha e dos presentes para a Rainha dos Peixes para trazer suas bênçãos a todos ali presentes.

“Esse povo, eles tem irmandade, principalmente o povo macumbeiro, porque se não existir irmandade entre eles não cresce. Todos temos que crescer, mas só crescemos juntos, respeitando uns aos outros, respeitando a vida espiritual, repeitanso todos os orixás, todos os cabocos, todas as entidades seja de que religião for. Ninguém é mais do que ninguém. Só quem é mais que o pecador é Deus. Os trabalhos na cidade estão muito formosos. Que Senhora Iansã, Senhora Iemanjá, Senhor Ogum e Exu tomem conta da estrada de todos e guiem todos pelo caminho do bem.”

fotoE eis que chegou a hora de conversar com o festivo, bem humorado e arguto caboco Sibamba, na cabeça de Pai Jeovano de Ajagunnon, como fazemos há três anos. Então, vai aí a conversa enquanto se acompanha com imagens das preparações para enviar as belas barquinhas a Iemanjá.

“Comigo o negócio é festa, ‘visse’? Eu não trago bênção não, meu filho. Eu trago é sacanagem, só pra frescar. (Brincadeira, seu minino). Esse ano foi muito bom pra meu filho. Esse ano saíram no terreiro de meu filho mais três que se tornaram pai de santo, mãe de santo, que eu não entendo muito disso não. Se fosse pra caçar, a gente comia, que eu sou arretado, da gota serena. Sou cearense, gosto muito disso [cachaça]. Foi um ano muito próspero para todo o povo. Na casa de meu filho foi um ano muito bom. Quem esteve lá percebeu, quem está aqui tá vendo. Ano bom. E esse ano que entra vai ser ainda melhor. É só ter fé e lutar por aquilo que deseja. Mas num é? Tudo pode acontecer quando se busca.

fotoAno que vem vai ser maravilhoso, principalmente para as mulheres solteiras, que terão muitos homens. Não falo mentira não, seu cabra. Não venho aqui pra fazer sacanagem com ninguém não, apesar de eu ser sacana. Esse ano vai ser bom, a cidade vai mudar. Vai ser boa mesmo, arretada. Vai ser bom pra essa mulher [Dilma] que entrou aí também. O povo vai começar a respeitar ela. Esse ano é principalmente das mulheres. Os macho vão gritar pouco, e se gritar a mulherada lasca-lhe o cacete.
fotoO povo dessa terra aqui tem que deixar passar um pouco a fluidificação do próprio ser humano. O povo daqui tem que abrir os olhos para preservar isso aqui bonito. O povo precisa preservar mais, não deixar isso aqui virar uma nojeira só. Hoje em dia certos cabocos que vinham pra fazer serviço, pra trazer prosperidade, hoje em dia nem chega mais nessa terra. Sabe por que, meu filho? Porque tá tão poluído que se ele vier vai se lascar todo. O povo tem que olhar. A própria encantaria está pedindo socorro. O povo tem que entender que Sibamba só tem aqui nessa terra, nem no Ceará, em nenhum lugar mais. Dizendo o povo do antigo, o que ‘bebo’ fala não se escreve, mas se medita. Eu sou Sibamba, sou feiticeiro, catimbozeiro do Ceará. Sou rei de anginco. Agora eu vou é curimbá, que o melhor de um caboco é curimbá.”
fotoÓ abre as águas, abre as águas

Deixa seu navio passar

Um marinheiro de bordo

Não nega seu natural”

foto
fotoDando continuidade, trazemos Pai José dos Santos, que vem lá do São Francisco, para trazer as bênçãos de todos os orixás e distribuir seus banhos aos seus queridos filhos e convidados.

“Eu só tenho primeiramente agradecer acima de tudo ao povo que vieram, porque tem confiança em nosso trabalho. Que esse ano que entra, para cada um que reside nessa cidade, seja melhor cada vez mais, com prosperidade para cada um. Nós tamos trabalhando hoje aqui nessa praia, nós rezamos hoje dentro dessa praia para pedir não somente para aqueles que estão aqui, mas também para aqueles que não estão, mesmo para os que não são de nossa religião. Na nossa religião isso vale. Esse ano vai ser um ano bom, um ano de muita prosperidade. Não vai ser só um ano bom, vais er o melhor ano para cada um. Esse ano que passou teve uns altos e baixo, mas foi bom. Esse outro vai ser, pelo que nós vê, vais ser melhor ainda. Nós não podemos é querer uma situação para enricar do dia pra noite, para matar nossos inimigos, mas sim para prosperar, ser uma pessoa de bem.” (Seu Zé Raimundo)

fotoComo faz todos os anos, Mãe Sandra, com sua angeologia, foi também fazer sua bela oferenda, e conversou sobre seu trabalho que continua em seu Congá, na Cidade Nova.

“Eu tenho muito que agradecer esse ano, que foi maravilhoso. Teve o nascimento da minha sobrinha e depois da minha neta. Eu tô muito feliz com as concretizações que nós conseguimos. Como eu já falei: você tem que buscar para concretizar. Não adianta, seja você de qualquer templo, qualquer religião, que você espere das pessoas, você também tem que fazer. Você tem que correr atrás do que você almeja pra poder se realizar como um todo. Eu espero que esse ano, que vem na proteção de d’Oyá, Nossa Mãe Iemanjá, que reine o melhor para todos. Para aqueles que buscam, seja o amor, seja alguma coisa material, tudo. Eu desejo um ano especial para todos.”

fotoE assim as manifestações, as oferendas a Iemanjá passaram da noite ao dia, ininterruptamente até a virada do Ano Novo. Com certeza a Mãe de Todos os Santos abençoará aqueles que com devoção e alegria…

Saia do mar, linda sereia

Saia do mar, venha brincar na areia

Saia do mar, sereia bela

Saia do mar, venha brincar mais ela”

foto

PARABÉNS BRASIL! HOJE INICIA A DÉCADA DILMA, NO FLUXO DA DÉCADA QUE LULA SALVOU!

Hoje é dia de festa brasileira! Dia que não tem balança para pesar sua importância e nem metro para medir sua dimensão! Hoje é só festa que transcende os limites do peso e da forma! Hoje é dia de festa democrática! A festa constituída no governo do operário Lula. O operário metalúrgico, que fecha uma década salva que começou perdida com Fernando Henrique.

Se 90 foi uma década politicamente perdida para o Brasil, até 2010 foi uma década da revelação de que o Brasil foi sempre um país com vocação ao crescimento, e que se antes esse fato histórico não aconteceu foi por ineficácia, impotência e limitação dos governos anteriores.

Iniciamos 2011 com a posse da primeira mulher presidenta do Brasil na intensidade dos fluxos democráticos processados pelo governo Lula e a maioria do povo brasileiro. Esse o fundamento que faz ser essa festa de Dilma singular, única na história do Brasil, essa nação que hoje se mostra para o mundo sem nenhum complexo de inferioridade. Uma nação que não teme as opiniões contrárias às suas decisões. Não teme as fanfarronices das nações que pretendem, ainda, chantageá-la.

Hoje, esse país chamado Brasil não se curva às ameaças de governantes de países como da Itália, que pretende subserviência do governo brasileiro porque o presidente Lula não concedeu ao Estado italiano a extradição do escritor italiano Cesare Battisti, condenado a prisão perpétua no país da bota acusado de ter morto quatro pessoas quando era membro de um grupo de esquerda.

Esse Brasil que o governo Lula, juntamente com o povo brasileiro, construiu um corpus constituinte firme e incisivo, não se curva aos caprichos de Berlusconi, um governante sem qualquer confiabilidade. Um governante conhecido mais por suas obsessões pessoais do que por qualquer competência política democrática. Um homem politicamente impotente não pode contestar a soberania do Estado brasileiro. E isso se deve ao processual constitutivo criado pelo governo Lula, o governo que ao ganhar as eleições do candidato Serra, do PSDB, partido representativo da direita brasileira mais reacionária, não permitiu que a década de 2010 fosse perdida.

É esse Brasil que hoje tem a honra de empossar a primeira mulher sua presidenta. É esse Brasil que Dilma Vana Rousseff herda do presidente mais singular de naturalidade brasiliana.

E nós, desse Blog Intempestivo, juntamente com todos nossos companheiros virtuais-acessantes, somos mais do que gratos a existência de Lula. Nós que acompanhamos seus percursos desde os tempos idos da década de 70, criamos esse corpus internético por influxos escapados de sua existência como presidente do Brasil. Esse Blog Intempestivo, na flor dos seus 3 anos de movimentação virtual, não existiria sem os encontros processados juntos a esse cara chamado Lula.

Esse Blog Intempestivo traduz, filosoficamente, a multiplicidade dos dizeres e saberes que são enunciados ontologicamente como potências populares em todo mundo, mas que no Brasil é manifesta na práxis de Lula junto ao povo brasileiro.

É por esses fluxos-mutantes e quantas-desterritorializanres democraticamente poiéticos que bradamos spinozianamente, VALERAM OS ENCONTROS, COMPANHEIRO LULA! E como diria seu companheiro Gonzaguinha, VALEU E VALERÁ!

E como poderia bradar o filósofo Deleuze, a sua história, Lula, não é uma questão de memória psicológica. Mas de Memória-Mundo. E é essa Memória-Mundo que a companheira DILMA VANA ROUSSEFF herda hoje!

PARABÉNS, LULA! PARABÉNS, DILMA! PARABÉNS A TODOS NÓS BRASILEIROS! POR NOSSA HISTÕRIA ATUAL, NÓS MERECEMOS!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.263 hits

Páginas

janeiro 2011
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos