Arquivo para 6 de maio de 2011

A FESTA DAS ENTIDADES LGBT DA AMÉRICA LATINA PELA UNIÃO HOMOAFETIVA NO BRASIL

STF julga por unanimidade a favor da união civil entre casais homoafetivos

Enviado por Toni Reis*

Para a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT – é uma vitória para a igualdade de direitos .

O amor que não ousa dizer seu nome” (Oscar Wilde) finalmente tem a sua vez no Brasil. Nesta quinta-feira, 05 de maio de 2011, o Supremo Tribunal Federal julgou a favor da união civil entre casais homossexuais.

Em seus discursos, os/da ministros/as da corte se fundamentaram nos preceitos fundamentais da Constituição, em especial a igualdade, a liberdade, a dignidade da pessoa humana e a proteção à segurança jurídica.

A decisão significa que agora no Brasil os casais do mesmo sexo têm os mesmos direitos que os casais heterossexuais.

O julgamento foi acompanhado por autoridades do governo federal e suas equipes, incluindo a Ministra Maria do Rosário, da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República; o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; o Advogado-Geral da União, Luís Inácio Lucena Adams; o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel; bem como a Senadora Marta Suplicy – defensora de longa data da causa LGBT; e o Deputado Federal Jean Wyllys.

O julgamento do STF ocorreu em razão da Aguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 132/RJ e a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 4277. A primeira foi apresentada em 2008 pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro a fim de garantir que funcionários estaduais do RJ que mantivessem relações homoafetivas estáveis também pudessem ter os todos os benefícios de licença, previdência e assistência decorrentes de união estável heterossexual. A segunda foi interposta pela Procuradoria Geral da República em 2009 e requereu o “reconhecimento, no Brasil da união entre pessoas do mesmo sexo, como entidade familiar, desde que atendidos os requisitos exigidos para a constituição da união estável entre homem e mulher; e (b) que os mesmos direitos e deveres dos companheiros nas uniões estáveis estendem-se aos companheiros nas uniões entre pessoas do mesmo sexo”.

Para Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT “a decisão do STF é uma vitória para a democracia. Ninguém saiu perdendo com a decisão, nem os opositores, mas um segmento significativo de brasileiros e brasileiras ganhou o acesso à igualdade de direitos garantida pela Constituição Federal e até então negada a casais do mesmo sexo. O STF deu um belo exemplo para o Congresso Nacional, que não avança com a matéria desde a primeira vez que foi apresentada em 1995, com o Projeto de Lei 1151/95, da então deputada e atual senadora Marta Suplicy. Essa é uma mais uma vitória na batalha contra desigualdade. Continuaremos a cobrar do Congresso Nacional a criminalização da homofobia e o reconhecimento do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.”

Em nome da ABGLT, Reis estendeu agradecimentos ao Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e equipe, pela postura e iniciativa de entrar no STF com a ADPF 132/RJ; à Dra. Deborah Duprat e à Procuradoria-Geral da República, que apresentou a ADI 4277; ao Ministro Ayres Britto, relator das duas ações, pelo parecer favorável; aos Amici Curiae que deram sustentação durante a sessão do STF no dia 4 de maio; ao Presidente Lula e à Presidenta Dilma e suas equipes, que se posicionaram favoráveis ao reconhecimento da união civil entre pessoas do mesmo sexo; aos/às ministro/as do Supremo Tribunal Federal que deram seu julgamento favorável; ao movimento LGBT por seu desempenho de longa data em prol dos direitos iguais; aos/às apoiadores/as da causa LGBT; aos meios de comunicação pela cobertura dada ao julgamento pelo STF e pela cobertura que têm dado aos casos de violência e discriminação contra pessoas LGBT; e ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pela iniciativa de contabilizar os casais homossexuais no Censo de 2010, contribuindo de forma fundamental com um dado concreto evidenciando a inegável existência de pelo menos 60 mil casais do mesmo sexo no Brasil.

Aos amici curiae opositores: a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e a Associação Eduardo Banks, Reis afirmou que “não queremos destruir a família de ninguém, queremos sim constituir uma família da nossa forma”.

Para Maria Berenice Dias, presidenta da Comissão da Diversidade Sexual do Conselho Federal da OAB, que atuou na condição de amicus curie do Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM, “é de enorme significado o julgamento da ADI 4277 e da ADPF 132, pois o acolhimento das demandas irá retirar da invisibilidade lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O reconhecimento das uniões homoafetivas como entidade familiar supre a perversa omissão do Legislativo que, por puro preconceito, tem deixado fora do sistema jurídico a população LGBT. O STF referendou a jurisprudência que vem se cristalizando em todas as justiças, garantindo a proteção à segurança jurídica de forma igual ao que já existia para os casais heterossexuais.”

Na opinião do advogado Roberto Gonçale, da Ordem dos Advogados – seccional Rio de Janeiro, “o julgamento, na instância máxima da Justiça brasileira, destas duas ações versando sobre temas dos direitos e deveres decorrentes de relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo é um avanço extraordinário. Corresponde a uma necessidade de parcela significativa da população brasileira, que tem orientação sexual não heterossexual, pois é em decorrência da orientação sexual que esta população se via impedida de exercer regularmente direitos e deveres vivenciados por heterossexuais.”

A 2ª Marcha Nacional Contra a Homofobia terá sua conclusão em Brasília nos dias 17 e 18 de maio, no Dia Internacional de Combate à Homofobia. Em virtude da decisão histórica de hoje, a Marcha terminará com o 1º abraço homoafetivo ao Supremo Tribunal Federal.

*Toni Reis, presidente da ABGLT: 61 8181 2196
Irina Bacci, vice-presidente da ABGLT: 11 9259 8621 / 7625 2741 / 8672 8192 / 2613 8288
Carlos Magno, secretário de comunicação da ABGLT: 31 8817 1170 / 3277 6908
Maria Berenice Dias, ex-desembargadora do TJ/RS e especialista em Direito Homoafetivo: 51 9155 5581 / 51 3019 0080
Roberto Gonçale, OAB-RJ : 21 2531 1326 / 2531 2804 / 9805 0734

* * * * * * *

Argentina: “La FALGBT celebra la aprobación de Unión Estable por parte del Supremo Tribunal de Brasil”

Tras un proceso de análisis por parte del Supremo Tribunal, fueron reconocidos a las parejas estables de personas del mismo sexo los mismso derechos que reconoce el Matrimonio heterosexual.

La Federación Argentina de lesbianas, gays, bisexuales y trans, expresa su alegría por la resolución del Supremo Tribunal de Brasil que en un histórico fallo unánime reconoció a las parejas estables de personas del mismo sexo los mismos derechos que a los matrimonios heterosexuales.

Los diez jueces del Supremo resolvieron por unanimidad que las parejas de hecho integradas por personas del mismo sexo son una ‘unión familiar’ y tienen los mismos derechos que los de las uniones entre mujer y hombre, en una causa impulsada por el movimiento LGBT brasileño liderado por la Asociación brasileña GLT (ABGLT).

Al respecto Esteban Paulón, presidente de la FALGBT expresó “es un día de alegría y orgullo por este enorme avance en materia de acceso a los derechos y la protección de las parejas y familias de la diversidad en Brasil y toda América Latina”.

Asimismo agregó “esperamos que este avance sea el paso previo a la discusión en el Congreso Federal de una ley que garantice no sólo los mismos derechos, sino con los mismos nombres, como lo ha hecho Argentina con la Ley de Matrimonio Igualitario.”

Para finalizar Paulón señaló “no alcanza con el acceso igualitario a los derechos. Debemos avanzar en el acceso igualitario a las instituciones. Y eso se llama Matrimonio. La sociedad brasileña, tras este enorme avance, no debe perderse la oportunidad de debatir la legitimidad e igualdad en la sociedad de la diversidad sexual, que es la mayor garantía de combate a la violencia y la discriminación”.

Cabe destacar que la FALGBT participó activamente a principios de marzo del lanzamiento del Frente Parlamentar por la Ciudadanía LGBT en Brasil que tiene como principal objetivo el impulso al Matrimonio Igualitario por ley, contemplando los mismos derechos con los mismos nombres, en términos idénticos que lo hace la Ley 26.618 en nuestro país desde julio de 2010.

www.lgbt.org.ar

* * * * * * *

Bolívia: “El mayor país católico del mundo reconoce la unión de parejas homosexuales”

La Corte Suprema de Brasil, el mayor país católico del mundo, reconoció la “unión estable” para las parejas homosexuales y les garantizó los mismos derechos que a las heterosexuales, proclamó el presidente del tribunal, Cezar Pelluzo, al concluir el juicio.

Los diez jueces por unanimidad decidieron que las parejas de hecho integradas por personas del mismo sexo son una “unión familiar” y tienen los mismos derechos que los de las uniones entre mujer y hombre.

“Los que optan por la unión homoafectiva no pueden ser desiguales en su ciudadanía”, dijo la juez Camen Lucia. “Nadie puede ser privado de sus derechos por su orientación sexual”, añadió por su parte el juez Ricardo Lewandowski.

El presidente del tribunal pidió al Congreso que regule las consecuencias de esta decisión.

“A falta de una ley aprobada por el Parlamento que regule la unión y el matrimonio homosexual, el reconocimiento del Supremo es lo mejor que podía ocurrir. Significa que ningún juez podrá negar esos derechos” como pensión, herencia, extensión de beneficios de salud y adopción de hijos, explicó a la AFP la juez especializada Maria Berenice Dias.

Esta jurista, que ha dedicado años a la causa y preside la Comisión de la Diversidad Sexual del gremio de los abogados de Brasil, explicó que en este país “los derechos de la unión estable son prácticamente los mismos que en el matrimonio, porque se la reconoce como una entidad familiar”.

www.manodiversa.supersitio.netwww.coalibollgbt.tk

* * * * * * *

A Juventude Judaica Organizada congratula-se com todos LGBT

Toni Reis,

A Juventude Judaica Organizada congratula-se com todos gays, lesbicas, bissexuais, transsexuais e travestis, alem dos heterossexuais que, em sua maioria, sempre apoiaram a liberdade e igualdade de direitos entre todos seres humanos.

Esta vitoria se deve tambem a voce em especial, por sua persistencia, trabalho serio e exemplar, mostrando a todos que, quando acreditamos, devemos lutar até o fim.

Conte sempre conosco.

Atenciosamente,

JJO Juventude Judaica Organizada
Persio Bider, Presidente
www.jjo.org.br
twitter: @jjobrasil
presidencia@jjo.org.br
Saiba mais sobre a JJO: http://slidesha.re/fwQbkP

ESPECIALÍSSIMO: STF DECIDE POR UNANIMIDADE A FAVOR DA UNIÃO HOMOAFETIVA

Após o magnífico voto do relator Carlos Ayres Britto na quarta-feira (04), no julgamento conjunto da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4277, ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), e da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 132, ajuizada pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, ontem (05) todos os outros dez ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) acompanharam o voto de Britto, reconhecendo a união estável para casais do mesmo sexo.

Como dizíamos ontem, trata-se de uma das mais importantes votações da história do STF. A partir de agora, por essa decisão democratizante, os casais homossexuais passam a ter garantidos os mesmos direitos de casais heterossexuais.

Os únicos acordos que os casais homossexuais não podem, ou melhor, não devem repetir são os acordos tácitos, as chantagens, as violentações que ocorrem entre tantos casais heterossexuais.

Valeu, man@! O STF é g@y! O Brasil é g@y!! O mundo é g@y!!!

ATOR E ATIVISTA JOSÉ DE ABREU DIZ QUE SUBSTITUTO DA MINISTRA DO MINC DEVE EXPRESSAR O VOTO DEMOCRÁTCO

Em meio a conversas de que a presidenta Dilma Vana Rousseff já tem o nome de quem vai substituir a ministra da Cultura Anna de Hollanda, em atrito com grande parte da classe ligada à produção cultural, o ator e ativista José Abreu, que é a favor da saída da ministra, disse que o novo substituto deve expressar o voto democrático que elegeu o governo Lula, agora o governo Dilma. Para Abreu, todos os ministérios do governo Dilma estão trabalhando bem, só o Ministério da Cultura, não. Segundo Abreu, ele deixou de apoiar a ministra depois de muitas discussões e no momento em que soube da aproximação da ministra Anna de Hollanda ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad).

A política do ministério foi aprovada pelo voto; o eleitor aprovou o governo Lula e o Ministério da Cultura, que precisaria ser continuado. Defendo que se busque um nome que não leve mais atritos no ministério. Essa troca precisaria ser feita da maneira menos traumática possível.

Fiquei muito chateado com o que li no jornal, porque a defesa do MinC era de que não havia nenhuma relação, que era loucura. Mas ninguém é idiota, faço política há 40 anos. O cargo de ministro é político, feito de conversas. Ainda mais em começo de governo, que tem base aliada e é formado por uma coalizão. Mas ela botou uma linha na cabeça e parece não ter flexibilidade nenhuma.

Eu estava achando estranho a gente ter lutado por um governo de continuidade e, justamente na área em que trabalho, isso não estava sendo cumprido. Em alguns pontos, a impressão era de que se tratava de um governo de oposição.

Pensei bastante e escrevi um e-mail para ela para apresentar minhas razões e dizer que, a partir daquele momento, eu deixava de apoiá-la”, afirmou José de Abreu.

OBAMA VISITA O MARCO ZERO E FAZ AMEAÇA

Visitando o Marco Zero, em Nova York, local onde se encontravam as duas torres gêmeas do World Trade Center, onde morreram 3 mil pessoas no dia 11 de setembro de 2001, depois da ação terrorista, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama, em seu périplo para faturar eleitoralmente com a morte de seu maior inimigo – o que vem dando resultado, visto ter subido no agrado da população estadunidense -, mostrou que é o verdadeiro sucessor do belicista Bush, ao conceder à memória de seu governo o sabor patriótico da vingança. Como diria o filósofo Nietzsche, uma das mais terríveis manifestações de dor.

O que aconteceu no domingo, por causa da coragem dos nossos militares e do destacado trabalho de nossa inteligência, envia uma mensagem ao mundo, mas também aqui em casa, de quando dizemos que jamais iremos esquecer, nós mantemos nossa palavra”, disse Obama envolvido por afetos imperiais.

Os Estados Unidos, como uma nação que foi atingida pelos horrores do terrorismo, e que sofreu e sofre muito no momento e depois do ato cruel, tem todo o direito de tentar minimizar sua dor. Se eles acreditavam que uma das formas para essa minimização da dor era a morte daquele que eles consideravam o responsável pelo atentado terrorista e, assim, o executaram, nacionalmente não há o que contestar. Mas a partir do momento em que eles lançam mão de recursos que ferem a soberania de outras nações e passam a agir como senhores imperiais do mundo aí escapa de seus direitos.

As palavras de Obama saltam, para quem vai além do entendimento de superfície, como uma ameaça às outras nações. Sentenciar que “envia uma mensagem ao mundo” soa como uma ameaça a todos, e que todos devem temê-los, o que é contrário à convivência pacífica que pede as relações internacionais. O “jamais iremos esquecer” é, em primeiro momento, um recurso usado por Obama para excitar mais os afetos nacionalistas e patrióticos – embalados pelo medo, como fez Bush – da sociedade estadunidense para auferir mais aprovação em seu governo, já tão combalido e muito bem demonstrado pelo aumento de desempregados que no momento buscam o seguro social.

Mas o “jamais iremos esquecer” é também uma ameaça velada às outras nações, mesmo as que não têm práticas de violência internacional. É uma espécie de palavra de ordem que soa como o aviso: “Nem tentem nada contra nós, que mesmo se não dermos o troco no exato momento, nós não esqueceremos e um dia a vingança será feita”. Uma ameaça perigosa salta do inconsciente das palavras de Obama. Uma ameaça que mexe com a comunidade internacional em suas relações diplomáticas. Uma ameaça arrogante apresentada pelo outro Obama, pálido reflexo do Obama candidato, que agregou junto de si as ideias libertárias dos democratas do mundo.

COMITÊ INTERNACIONAL CONTRA O APEDREJAMENTO DE MULHERES REUNE-SE COM SECRETÁRIA DOS DIREITOS HUMANOS

A ministra-chefa da Secretaria Nacional dos Diretos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, recebeu ontem em audiência, a ativista iraniana porta-voz do Comitê Internacional contra Apedrejamento de Mulheres, Mina Ahadi. Durante a reunião, Mina Ahadi pediu que o governo brasileiro assuma uma posição condenatória e aberta contra a prática de execução de mulheres, como ocorre no Irã, por apedrejamento.

Para a porta-voz, a posição do Brasil contra a execução de mulheres por apedrejamento é importante, porque outros países do Ocidente já se posicionaram também contra, mas mais ainda porque o Brasil tem um governo de esquerda.

Por sua vez, a ministra Maria do Rosário disse que o teor de sua conversa coma ativista iraniana mostrou que o Brasil tem posição definida em relação aos direitos humanos. “Tem posição constitucional” contra “ingerência” em outros países, mas que acompanha com atenção a questão dos direitos humanos no Irã.

Conversamos sobre a importância de repudiarmos a pena de morte em todas as partes do mundo. Ela recebe de nossa parte total solidariedade à causa. Nós podemos avançar no diálogo para produzirmos respostas que possam salvar vidas.

O fato do Brasil ter votado em favor da nomeação de um relator global para investigação da situação dos direitos humanos no Irã já indica que nós temos uma atenção”, afirmou a ministra Maria do Rosário.

PEDIDO DE DETALHES DA MORTE DE BIN LADEN AO GOVERNO OBAMA É FEITO PELA ALTA COMISSÁRIA DA ONU

Diante das várias versões noticiadas sobre a morte do terrorista Osama Bin Laden, que têm levado a comunidade internacional a ficar sem o sentido lógico do fato, como também as versões apresentadas pelo governo Obama sobre a operação realizada no Paquistão, sem autorização do governo paquistanês, a Alta Comissária da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ONU), Navi Pillay, pediu ao governo dos Estados Unidos que ele apresente detalhes sobre a realização da operação.

Aguardo a divulgação completa dos fatos precisos. Acredito que não apenas meu escritório, mas qualquer um tem o direito de saber exatamente o que aconteceu. As Nações Unidas condenam o terrorismo, mas também têm regras básicas sobre como deter atividades terroristas. Isso deve ser feito respeitando as leis internacionais”, sentenciou a alta comissária.

A ausência de lógica clara da operação que resultou na morte do terrorista Bin Laden, financiado pelo próprio Estados Unidos na guerra contra a Rússia através da CIA, tem estimulado vários setores da comunidade internacional e representantes de entidades a se manifestarem, como foi o caso do líder da Igreja Anglicana arcebispo Rowan Williams, que afirmou que o assassinato de um homem desarmado causa desconforto. Sua consideração apareceu depois que o governo Obama afirmou que no momento de seu assassinato Bin Laden encontra-se desarmado.

Creio que a morte de um homem desarmado sempre vai deixar uma sensação desconfortável porque não parece que se fez justiça. Acredito ser também verdade que as diferentes versões sobre o que aconteceu que surgiram nos últimos dias também não ajudam”, disse o arcebispo Rowan.

CASSAÇÃO DA DEPUTADA JAQUELINE RORIZ É PEDIDA PELA MESA DIRETORA DA CÂMARA

A deputada federal Jaqueline Roriz (PMN/DF), que aparece em vídeo recebendo em dinheiro R$ 50 mil das mãos do ex-secretário de Relações Institucionais, responsável pela gravação, Durval Barbosa, teve o pedido de sua cassação por decoro parlamentar feito pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados.

Segundo o corregedor da Mesa Diretora, Eduardo Ponte (PP/PE), responsável pelo parecer, o vídeo é prova fundamental para o pedido de cassação da deputada por decoro parlamentar. É prova suficiente para a punição.

O vídeo fala por si só”, disse o corregedor.

A acusação de mau uso de verba parlamentar, que afirma que a deputada Jaque usou verba indenizatória para pagar uma sala comercial de seu marido, também foi analisada por Eduardo Ponte.

Todavia, o corregedor não quis falar sobre a posição do deputado Mauro Lopes (PMDB/MG), que ontem se colocou no Conselho de Ética como parceiro de Jaque, afirmando que não é da competência do Conselho de Ética julgar a nobre colega, e, sim, da Justiça.

Estamos mexendo em uma coisa que não é da nossa competência. Se ela cometeu algum crime antes do mandato, isso é problema da Justiça”, a firmou o amigo da nobre Jaque.

A partir desse momento, o parecer vai para o Conselho de Ética e será apensado ao processo que Jaque vem respondendo.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.871 hits

Páginas

Arquivos