Bruxas e padres: uma história infantil

*Welton Yudi Oda

Há muitos e muitos anos atrás, viviam mulheres muito bondosas e bonitas, conhecidas por todos como bruxas. Elas tinham uma bela pele escura, cabelos compridos, lisos e negros e viviam em lugares belíssimos no meio da floresta, em casas simples e aconchegantes.

As bruxas eram muito solicitadas pelas pessoas para que dessem conselhos ou indicassem receitas de medicamentos naturais para suas doenças e sempre estavam dispostas a contribuir. Suas ervas e poções foram herdadas das antigas tradições de seus povos e tinham grande eficácia.

Apesar de tão bondosas, sua atuação era vista com desconfiança pelos terríveis padres. Os padres eram homens muito maus, de pele branca ou rosada, com narizes enormes, verrugas e que podiam voar montados em vassouras. Em seus castelos mal-assombrados, estas terríveis criaturas possuíam enormes caldeirões, que utilizavam para cozinhar criancinhas, temperadas com asas de morcego, caudas de lagartixa e veneno de cobra.

Eram seres muito poderosos e temidos. Cultivavam uma relação de senhorio com seus seguidores e adoravam ser considerados os salvadores. Por isso, a atuação das bruxas era tão indesejada. Para os padres, só o seu deus deveria interferir na saúde e bem estar da população e não um bando de mulheres hereges.

Adoravam imagens de figuras tristes e, por vezes, agonísticas, esculpidas em barro ou madeira. Seus templos tinham um aspecto triste e fantasmagórico. Suas maiores inimigas não eram exatamente as bruxas, mas todos que se opusessem à sua doutrina. Perseguiam, executavam e matavam mulheres libertárias, pessoas com outras crenças e com comportamentos sexuais diferentes daqueles que seus livros sagrados prescreviam. Costumavam queimar na fogueira seus adversários, em rituais macabros.

Os padres perseguiram por longos séculos estas bondosas mulheres, que passaram a praticar seus ritos de maneira clandestina, já que a população amedrontada passou a evitá-las e, inclusive alguns seguidores dos terríveis padres passaram a denunciá-las em troca de ascensão social. Os rituais de cura das bondosas bruxas tornaram-se proibidos e considerados malditos.

Nos dias de hoje, as bruxas não são mais queimadas na fogueira, mas suas tradições continuam a ser desvalorizadas e outros terríveis vilões associaram-se aos famigerados padres nesta empreitada: pastores e cientistas. Os primeiros passaram a difamar, sistematicamente, as bruxas, atribuindo os poderes curativos delas ao demônio. Os cientistas, por sua vez, apoderaram-se de muitos de seus conhecimentos tradicionais e passaram a sintetizar medicamentos em macabras construções, conhecidos em seu conjunto como Indústria Farmacêutica.

E, pra piorar, as belas florestas onde antigamente viviam as bruxas, foram quase dizimadas e as ervas que usavam para produzir seus remédios já não podem ser conseguidas com tanta facilidade. Deste modo, as bruxas foram submetidas ao pior de todos os castigos: além de ter seu poder bastante reduzido, sua própria saúde hoje depende destes terríveis charlatães.

Hoje existem tão poucas bruxas que muitos acreditam que esta história é ficcional. Além disso, sua beleza e jovialidade já não são mais como dantes. Então, se bater à sua porta, uma mulher perguntando se você possui um galho de arruda, hortelã, mastruz ou guaco em seu quintal… Meus parabéns!

Você acaba de encontrar uma bruxa! Sua vida nunca mais será a mesma!

*Welton Yudi Oda é doutorando em Biologia e contista aprendiz.

2 Responses to “Bruxas e padres: uma história infantil”


  1. 1 Deusarino de Melo terça-feira, 12 julho, 2011 às 3:21 pm

    Ainda que não se deva acreditar que as coisas ocorreram como dito neste trabalho que ora comento, os resultados, sim, são evidentes. E, se me permitem, acrescentar mais expectativa, está tão difícil encontram quantidades desses vegetais curativos (ninguém mais quer saber de medicina caseira) que se tiver, verifique com cautela se a possível mulher (nova ou velha) que lhe bate à porta é utilizadora de ervas para o bem ou para o mal. OBSERVAÇÃO: Não pergunte isso a ela porque ela vai negar e, se for íntegra será considerada perigosa e se for falsa, aí é que devemos ter cuidado mesmo!!!


  1. 1 estate agents Totteridge Trackback em segunda-feira, 4 maio, 2015 às 12:18 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.988 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: