Arquivo para 18 de agosto de 2011

DILMA EM ENCONTRO COM A MARCHA DAS MARGARIDAS REAFIRMA O COMPROMISSO DE SEU GOVERNO COM OS MOVIMENTOS SOCIAIS

A 4ª Marcha das Margaridas – homenagem à trabalhadora do campo Margarida que foi assassinada -, em Brasília, que reuniu mais de 45 mil trabalhadoras que reivindicaram do governo e dos políticos maior atenção para o tema rural, teve seu grande momento de encerramento quando de seu encontro com a presidenta Dilma Vana Rousseff, que afirmou atender 158 reivindicações  apresentadas pelas mulheres do campo, e que já vinham sendo negociadas. Dilma também se comprometeu em distribuir recursos para as áreas de saúde e agricultura.

 

 

 

 

 

As medidas que a presidenta pretende lançar até o final do ano de 2012, encontram-se a implantação de 16 unidades fluviais de atendimento básico de saúde na Região Norte, com custo estimado de R$ 35 milhões; dez centros de saúde do trabalhador, com custo maior que R$ 4 milhões ao ano; e liberar recursos para criação de dez unidades móveis de atendimento para mulheres em situação de emergência em áreas rurais e de florestas.

Contente, e muito bem disposta, apesar de ter chegado uma hora atrasada, a presidenta discursou, no evento organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), reafirmando que o governo federal continua comprometido em atender os movimentos sociais e trabalhar em parceria com eles em prol do desenvolvimento do país.

“Quero intensificar o diálogo do governo com vocês. Tenho certeza que esse diálogo é fundamental. Saibam que as críticas e as sugestões são essenciais, bem-vindas e necessárias.

Quero reitera o compromisso do meu governo, e o meu, em particular, com o enfrentamento da violência contra as mulheres.

 Estarei sempre aberta ao diálogo e podem ter certeza que vocês têm uma “presidenta margarida”.

 A presidenta disse ainda, que falou com o ministro da Educação, Fernando Haddad, para sua pasta elaborar um programa especial para a educação no campo. Ela também afirmou que vai ser criado um grupo de trabalho para definir critérios para a implantação de creches no campo.

Participando também do encontro, a ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para Mulheres, disse que a presença da presidenta dignificou a pauta.

“Nem sempre a gente consegue chegar a todos os resultados como gostaríamos, mas a presença da presidenta Dilma aqui significa que essa pauta seguirá até que possamos vencê-la, ponto a ponto”, disse Iriny.

MINISTRO DA AGRICULTURA PEDE DEMISSÃO DIZENDO TER RECEBIDO PRESSÃO DOS FILHOS E MULHER

Uma decisão familiar. O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, em carta entregue à presidenta Dilma Vana Rousseff, na noite de ontem, pediu demissão de seu cargo, segundo ele, por pressão de seus filhos e mulher.

Com seu ex-ministério sob acusação de suspeita de corrupção e irregularidades como a publicada pela suja Veja, revista da extrema direita que tem ojeriza aos governos populares, principalmente da América Latina, em que afirma, em reportagem, que o ministério cometeu irregularidades na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e a denúncia feita pelo Correio Brasiliense, em que denunciou que o ministro usava o jato executivo de uma empresa que mantinha contrato com o ministério, Wagner Rossi, acusou o golpe: pediu arrego.

“Nos últimos 30 dias, tenho enfrentado diariamente uma saraivada de acusações falsas, sem qualquer prova. Nenhuma delas indicando um só ato meu que pudesse ser acoimado de ilegal ou impropério no trato com a coisa pública”, diz parte da nota. Em seguida, Wagner Rossi, afirma que se defendeu das acusações “com documentos comprobatórios que a imprensa, solenemente, ignorou”.

Em sua nota, há uma parte que chama atenção não só dos que se encontram preocupados com as acusações e a demissão, mas aos que acompanham as partidas sujas promovidas por extremistas da direita ocorridas durante os governos Lula, e, agora, durante o governo Dilma. A nota não é uma insinuação, é uma indicação.

Wagner Rossi, diz que sabe de onde saíram as denúncias que a suja Veja, publicou juntamente com o resto – o resto – da imprensa patológica.

“Sei de onde partiu a campanha contra mim. Só um político brasileiro tem a capacidade de pautar Veja e Folha e de acumular tantas maldades fazendo com reiterem e requentem mentiras e matérias que não se sustentam por tantos dias”.

Perguntam-se: “Quem seria esse político com tal mente maligna?”

Um signo que busca entendimento além da obviedade, é a afirmação do ex-ministro que pediu demissão por pressão dos filhos e da mulher. Se ele, ao ser indicado para a pasta, aceitou por pressão dos filhos e da mulher, justo está que ele tenha pedido sua demissão por esse motivo. Mas se ele aceitou o cargo por livre arbítrio, sua demissão deveria sair de sua decisão particular, e não da pressão de outros.

Nesse entendimento, o óbvio acredita que o ex-ministro ao deixar a pasta por pressão dos filhos e da mulher, não queria sair. O que significa que não valeu seu pedido de demissão. 

DURANTE MISSA DE SÉTIMO DIA DA JUÍZA ASSASSINADA, FILHO ARGUMENTA CONTRA O JUDICIÁRIO

Durante a missa de sétimo dia celebrada ontem, dia 17, pela passagem do assassinato, em Niterói, da juíza Patrícia Lourival Acioli, executada por vários homens encapuzados, seu filho, que estuda o 5° período de Direito, desabafou afirmando que o Pode Judiciário age com leviandade quando não julga de forma correta.

“Ela só fazia bem aos outros. Ela estava sempre bem disposta, lutava pelo ideal que ela tinha, e era extremamente humana, é complicado para a gente que é estudante de direito acaba ficando chateado com uma instituição que não nos deu apoio. Tem que rever esse Judiciário. Que Judiciário é esse que, com leviandade, não julga da forma correta e acaba com a minha mãe tendo que pagar esse pato.

Foi uma mãe tão sensacional que escusava a gente dos problemas de segurança, já chegava em casa com um sorrisão aberto, já iluminava e tirava qualquer tipo de preocupação. Se morreu daquela forma, com certeza foi para proteger a gente.

Ela fazia o serviço dela dignamente, tanto que não tinha horário para voltar, trabalhava o quanto era necessário, saia de madrugada do fórum, era a vida dela. Minha maior inspiração de vida é ela, só Deus sabe como será agora”, disse.

Nouriel Roubini: ‘Karl Marx estava certo’

Há um velho axioma que diz que “sábia é a pessoa que aprecia a sinceridade quase tanto como as boas notícias”, e com ele como guia, situa decididamente o futuro na categoria da sinceridade.

O professor de economia da Universidade de Nova York, doutor Nouriel Dr. Catástrofe Roubini disse que, a não ser que haja outra etapa de massivo incentivo fiscal ou uma reestruturação da dívida universal, o capitalismo continuará a experimentar uma crise, dado o seu defeito sistêmico identificado primeiramente pelo economista Karl Marx há mais de um século.

Roubini, que há quatro anos previu acuradamente a crise financeira global disse que uma das críticas ao capitalismo feitas por Marx está se provando verdadeira na atual crise financeira global.

A crítica de Marx em vigor, agora

Dentre outras teorias, Marx argumentou que o capitalismo tinha uma contradição interna que, ciclicamente, levaria a crises e isso, no mínimo, faria pressão sobre o sistema econômico. As corporações, disse Roubini, motivam-se pelos custos mínimos, para economizar e fazer caixa, mas isso implica menos dinheiro nas mãos dos empregados, o que significa que eles terão menos dinheiro para gastar, o que repercute na diminuição da receita das companhias.

Agora, na atual crise financeira, os consumidores, além de terem menos dinheiro para gastar devido ao que foi dito acima, também estão motivados a diminuírem os custos, a economizarem e a fazerem caixa, ampliando o efeito de menos dinheiro em circulação, que assim não retornam às companhias.

“Karl Marx tinha clareza disso”, disse Roubini numa entrevista ao The Wall Street Journal: “Em certa altura o capitalismo pode destruir a si mesmo. Isso porque não se pode perseverar desviando a renda do trabalho para o capital sem haver um excesso de capacidade (de trabalho) e uma falta de demanda agregada. Nós pensamos que o mercado funciona. Ele não está funcionando. O que é racional individualmente … é um processo autodestrutivo”.

Roubini acrescentou que uma ausência forte, orgânica, de crescimento do PIB – coisa que pode aumentar salários e o gasto dos consumidores – requer um estímulo fiscal amplo, concordando com outro economista de primeira linha, o prêmio Nobel de economia Paul Krugman, em que, no caso dos Estados Unidos, o estímulo fiscal de US$ 786 bilhões aprovado pelo Congresso em 2009 era pequeno demais para criar uma demanda agregada necessária para alavancar a recuperação da economia ao nível de uma auto expansão sustentável.

Na falta de um estímulo fiscal adicional, ou sem esperar um forte crescimento do PIB, a única solução é uma reestruturação universal da dívida dos bancos, das famílias (essencialmente das economias familiares), e dos governos, disse Roubini. No entanto, não ocorreu tal reestruturação, comentou.

Sem estímulo fiscal adicional, essa falta de reestruturação levou a “economias domésticas zumbis, bancos zumbis e governos zumbis”, disse ele.

Fora o estímulo fiscal ou a reestruturação da dívida, não há boas escolhas

Os Estados Unidos, disse Roubini, pode, em tese: a) crescer ele mesmo por fora do atual problema (mas a economia está crescendo devagar demais, daí a necessidade de mais estímulo fiscal); ou b) retrair-se economicamente, a despeito do mundo (mas se muitas companhias e cidadãos o fizerem junto, o problema identificado por Marx é ampliado); ou c) inflacionar-se (mas isso gera um extenso dano colateral, disse ele).

No entanto, Roubini disse que não pensa que os EUA ou o mundo estão atualmente num ponto em que o capitalismo esteja em autodestruição. “Ainda não chegamos lá”, disse Roubini, mas ele acrescentou que a tendência atual, caso continue, “corre o risco de repetir a segunda etapa da Grande Depressão”—o erro de ‘1937’.

Em 1937, o presidente Franklin D. Roosevelt, apesar do fato de os primeiros quatro anos de massivo incentivo fiscal do New Deal ter reduzido o desemprego nos EUA, de um cambaleante 20,6% na administração Hoover no começo da Grande Depressão, a 9,1%, foi pressionado pelos republicanos congressistas – como o atual presidente Barack Obama fez com o Tea Party, que pautou a bancada republicana no congresso em 2011 – , rendeu-se aos conservadores e cortou gastos do governo em 1937. O resultado? O desemprego estadunidense começou o ano de 1938 subindo de novo, e bateu a casa dos 12,5%.

Cortar os gastos do governo prematuramente feriu a economia dos EUA em 1937, ao reduzir a demanda, e Roubini vê o mesmo padrão ocorrendo hoje, ao se seguir as medidas de austeridade implementadas pelo acordo da dívida implemented by the U.S. debt deal act.

Roubini também argumenta que os levantes sociais no Egito e em outros países árabes, na Grécia e agora no Reino Unido têm origem econômica (principalmente no desemprego, mas também, no caso do Egito, no aumento do custo de vida). Em seguida, argumenta que, ao passo que não se deve esperar um colapso iminente do capitalismo, ou mesmo um colapso da sua versão estadunidense, o capitalismo corporativo – capitalismo e mercados livres são rápidos demais e capazes de se adaptarem – dizer que a ordem econômica atual não está experimentando uma crise não é correto.

Tradução: Katarina Peixoto


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.143 hits

Páginas

Arquivos