Arquivo para 18 de outubro de 2011

NO IBAS, DILMA DEFENDE MAIOR PARTICIPAÇÃO DE EMERGENTES NO DESEMPENHO GLOBAL

Durante a abertura do Fórum Ibas, que reúne Índia, Brasil e África do Sul, e que começou hoje (18) pela manhã, em Pretória, capital sul-africana, a presidenta Dilma Vana Rousseff, em seu discurso, falou que a forma como os três países representados lidaram e vem lidando com a crise mundial demonstra que crescimento, geração de empregos e distribuição de renda devem caminhar juntos.

Para ela, a intensificação da recessão fiscal não resolve a crise financeira, que só passará a diminuir com um acordo sólido entre os países europeus, que devem operar uma consolidação fiscal e controlar os sistemas bancários. Por isso, Dilma convocou, segundo notícia no Blog do Planalto, o mundo a se unir em torno de uma consolidação fiscal e coordenação macroeconômica e reiterou que os países em desenvolvimento podem e devem participar da construção de uma nova ordem internacional.

Não podemos ficar reféns de visões ultrapassadas ou de paradigmas vazios de preocupação social em relação ao emprego e em relação à riqueza dos povos. É prioritário solucionar o problema da dívida soberana e reverter o quadro recessivo global. É inadiável a regulamentação do sistema financeiro; é fundamental pôr fim a políticas monetárias que provocam uma verdadeira guerra cambial e estimulam o protecionismo”, afirmou a presidenta.

Dilma defendeu ainda uma reforma urgente do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (Bird), entre outros organismos multilaterais. Ela destacou ainda a posição responsável dos países do Ibas diante do conflito na Líbia e da posição quanto ao conflito na Síria. Para ela, todos eles têm “todas as credenciais para assumir assento permanente e dotar aquele órgão da legitimidade que lhe falta”.

A brasileira finalizou convidando o presidente Zacob Zuma e o primeiro-ministro Manmohan Singh para participarem da Rio+20, em junho de 2012 no Brasil, e a “estreitar a cooperação trilateral no comércio e em programas de educação, ciência, tecnologia e inovação, como o Ciência sem Fronteiras”.

A importância do Ibas tem muito a ver com o papel global que desempenhamos e podemos desempenhar, com o fato de que representamos três continentes – a América Latina, a África e a Ásia. Esse Fórum é, portanto, um poderoso instrumento para promover a cooperação trilateral em áreas de impacto concreto nas nossas regiões e nos nossos países (…). Nossa diversidade e nossa cooperação são os principais trunfos que temos para garantir uma presença livre e soberana dos países em desenvolvimento neste mundo em transformação em que vivemos”, convocou Dilma.

ESPÍRITO DE JÂNIO QUADROS BAIXA NO PREFEITO CASSADO AMAZONINO

O prefeito de Manaus, Amazonino, cassado em primeira instância pela insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, sofreu na semana passada, por obra da mobilização estudantil e a interferência do Ministério Público, um forte revés quando tentou aumentar os preços das passagens do transporte coletivo, que é um acinte para quem entende de urbanismo e humanismo democrático. Para quem entende o sistema – que não pode ser chamado de sistema – de transporte coletivo de Manaus é um dos piores do Brasil. Talvez o pior das capitais.

Afetado pelo revés coletivo-democrático, o prefeito cassado publicou nos jornais da não-cidade, Manaus, uma nota pretendendo explicar o ocorrido, assim como deixando nas mãos do povo e do MP a responsabilidade do que possa ocorrer no futuro com o transporte coletivo em função do valor das passagens que não foram majoradas como ele e os empresários orais queriam. Um querer da dupla empresarial que confirma que democracia para ela é apenas uma dissipação.

O prefeito cassado, segundo já publicou a imprensa-capacho, se pretende intelectual e leitor dos pensadores, todavia a sua nota nada tem de intelecto-pensante, mas tão somente um patético desabafo dos ressentidos. Uma verdadeira litania da amargura, como nos mostra o filósofo Nietzsche. Inspirado no doloroso-megalomaníaco, ex-presidente renunciante, Jânio Quadros, o prefeito cassado afirma em sua nota que “forças ocultas” estão impedindo que ele faça uma boa administração. São oposições de todos os lados querendo impedir que ele governe como um “pai”. Claro Complexo de Édipo não resolvido que não serve para a democracia, onde politicamente não existe pai. Todos são produtores do Direito Civil. Além de quê a própria Câmara dos Vereadores, tirando o vereador Waldemir José, tem sua marca.

Em outra parte da nota-ressentimento, o prefeito cassado censura o sistema de transporte coletivo, afirmando que ele estava defasado e ele teve que colocar em ordem. Amazonino, para quem não sabe, é um dos mentores da ditadura da direita ultraconservadora que domina o Amazonas há quase 30 anos. Ele foi prefeito biônico de Manaus e governador do Amazonas, e como governador tinha ingerência na prefeitura que era administrada por prefeitos da direita, seus comparsas, na demagogicamente zombeteira ação conjunta. Assim, o desumano sistema de transporte coletivo da não-cidade, Manaus, como também o neurotizante (imóvel) trânsito tem ligação direta com esses quase 30 anos de atraso do Amazonas.

Amazonino lamenta, diz que desiste por ser incompreendido. Ele bem que poderia ter ficado livre dessa realidade se não fosse tão vaidoso. Bem poderia ter ficado em casa se dedicando aos netos e aos livros, como falou certa vez. Mas não quis. A força inebriante da vaidade foi maior. Agora lamenta, se colocando como vítima por um fato que ele mesmo é responsável.

Mas, por outra perspectiva, Amazonino poderia ter escapado dessa dura realidade, para si, se tivesse estudado política com os pensadores, principalmente com Marx, de quem tanto se ufanava de ser seu seguidor. Estudioso da política, ele voltaria com outra consciência democrática muito diferente da que ele teima em conservar. A consciência retrógrada que não serve para o povo de qualquer território racional.

Então, como diziam os hippies na década de 60, se governantes não mudam, nós mudamos. Não deu outra: Amazonino não mudou, mas o povo mudou. Amazonino não filosofou, mas o povo filosofou. Como Amazonino não leu Marx, não sabe que “os filósofos não brotam da terra como cogumelos. Eles são os frutos da sua época, de seu povo”. E não existe filósofo além do povo. E na filosofia não há lugar para amargura, ressentimento, e muito menos culpa, porque o povo é o afeto alegre que aumenta a potência de agir, onde jamais habitam “forças ocultas”.

ORLANDO SILVA RESPONDE À COMISSÃO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS E PM ACUSADOR ADIA DEPOIMENTO À POLÍCIA FEDERAL

Enquanto o ministro dos Esportes, Orlando Silva, responde em audiência pública a uma comissão de deputados, o policial militar João Dias Ferreira adiou o depoimento que deveria ter prestado à Polícia Federal (PF) na manhã de hoje.

Ferreira denunciou à revista fascista Veja que o ministro comandaria um esquema de desvio de parte do dinheiro que o ministério repassava a entidades conveniadas ao programa federal Segundo Tempo. Segundo o Correio do Brasil, Ferreira e um de seus funcionários, Célio Soares Pereira, garantem que Silva recebeu pessoalmente, na garagem do ministério, parte do dinheiro obtido com o esquema.

Já o ministro, que já havia colocado provas em contrário à revista, pediu uma audiência pública conjunta das comissões de Turismo e Desporto e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados e presta aí, segundo a Agência Brasil, esclarecimentos sobre a denúncia.

Duas questões já poem de início sob suspeição a denúncia: uma, que ela foi publicada por uma das mais nefastas revistas do Brasil. Duas, que o móvel da denúncia parece ser uma vingança por Ferreira, que é dono de várias academias no Distrito Federal, ser apontado pelo Ministério do Esporte como o “responsável por desviar cerca de R$ 2 milhões que suas ONGs deveriam ter usado para comprar material esportivo e alimentos para crianças carentes assistidas pelo Programa Segundo Tempo. O soldado da Polícia Militar chegou a ser preso no ano passado e responde a um processo judicial. O ministério confirma que está exigindo, na Justiça, que as entidades dirigidas pelo policial devolvam R$ 3,6 milhões aos cofres públicos”.

Orlando Silva afirmou que sua revolta é grande. Ainda conforme a Agência Brasil, ele afirma que denúncias feitas por “bandidos” foram publicadas mesmo depois de ele apresentar provas em contrário, e estão sendo replicadas por diversos órgãos de imprensa.

A fala do ministro refere-se a uma das práticas mais comuns na midiotização brasileira, que é o uso da grande mídia sequelada como instrumento para fabricação de falsas denúncias como tentativa de emperrar governos democratizantes, como foi o do operário Lula e como está sendo o da mulher Dilma.

DILMA PEDE FIM DA REPRESSÃO NA SÍRIA, MAS É CONTRA INTERVENÇÃO DO IMPÉRIO

Desde março passado, na linha contínua de liberação chamada Primavera Árabe, quando se estenderam por toda a Síria as manifestações contra o ditador Bashar al-Assad – que tomou o poder com um golpe de Estado e há 48 anos, que passou agora a governar com uma lei de emergência que dá amplos poderes às forças de segurança, e que cada vez mais acirra a repressão contra os manifestantes contra seu regime -, duas posições se distinguem.

Uma é das forças imperiais, como Estados Unidos e Grã-Bretanha, que gostariam de intervir militarmente, “em defesa da paz e da democracia”, mas que não o fazem porque a Síria não está mais ou menos isolada como a Líbia, faz parte de uma aliança que reúne o Irã, os militantes do Hezbollah no Líbano, o Hamas na Faixa de Gaza e outros grupos palestinos opostos à paz com Israel, e também porque há uma tendência de que Rússia e China, que tem poder de veto no Conselho de Segurança da ONU, se coloquem contrários a uma intervenção militar.

A outra é das potências democráticas, como o Brasil, que, desde o início do ano, vem mantendo uma posição responsável diante do levante na Síria, o que foi afirmado mais uma vez pela presidenta Dilma durante o Fórum Ibas – Índia, Brasil e África do Sul –, quando ela se pronunciou para o fim imediato da repressão na Síria, mas contrária a qualquer forma de intervenção armada. “Na Síria, nós defendemos o fim imediato da repressão e encorajamos o diálogo nacional para lograr uma saída não violenta”, declarou ela.

Na continuação de sua fala, Dilma demonstra, por seu entendimento e posição, porque o Brasil, embora não tenha poder de veto na ONU, mantem uma voz vigorosa contra a intervenção militar. “Muito se fala da responsabilidade de proteger. Pouco se fala da responsabilidade ao proteger. Esta responsabilidade ao proteger foi objeto das iniciativas da África do Sul, da Índia e do Brasil”, disse Dilma.

Para afirmar ainda mais a posição do Brasil, que é acompanhada pelas nações parceiras do encontro, Dilma analisou o uso desastroso e massacrante da força bélica imperial na Líbia. “Na Líbia, atuamos orientados pela certeza de que intervenções armadas e especialmente as realizadas à margem do direito internacional não trazem a paz, nem protegem os direitos humanos”, finalisou.

DIA MUNDIAL PELA DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA PROTESTA CONTRA A DITADURA DA MÍDIA

O Dia Mundial Pela Democratização da Mídia, instituído no ano de 2000, em Toronto, Canadá, mas somente adotado no Brasil em 2003, com base em uma proposta da Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (Enecos), tem como objetivo protestar contra o monopólio de grupos midiáticos que dominam a informação no mundo.

Sendo assim, hoje, dia 18, o Dia Mundial pela Democratização da Mídia realiza manifestação para promover o debate sobre o tema com a sociedade para mudar o quadro terrorista da comunicação imposto pelas grandes corporações midiáticas. No Brasil, representadas pela Fundação Globo, TV Band, jornais Folha de São Paulo, Estadão, revistas Veja, Época, entre outros meios de comunicação da extrema-direita, que, além de tomarem o jornalismo de mercado como sua maior pauta, constantemente tramam contra a democracia de governos populares como o do ex-presidente Lula, e agora o governo da presidenta Dilma. No passado, contra o governo Brizola, como fez a Globo.

Além de matérias ofensivas ao governo federal e seus aliados, estes meios de comunicação colocados média da informação compostos por jornalistas, repórteres, articulistas e colaboradores amestrados, expressam conteúdos para a sociedade que são verdadeiros acintes à inteligência e aos sentidos.

As grades de programações das TVs e Rádios não manifestam qualquer sinal de jornalismo cívico que auxilia na produção da cidadania. Os Rafinhas, Faustãos, Xuxas, Hulks, Angêlicas e etc são atentados contra a vontade, a cognição e a criatividade das crianças, jovens e adultos. Tudo impulsionado pela tara do lucro, nada com democracia. E para continuar com suas sanhas predadoras, quando alguém comenta tal irracionalidade, eles procuram proteção na falácia de querem censurá-los. Quando foram eles que se auto-degeneraram.

Desta forma, o Dia Mundial pela Democratização da Mídia irá, em todo Brasil, realizar manifestações contra esse terror comunicacional instalado nas últimas décadas. Serão seminários, palestras, conferências, show com artistas engajados – ninguém da Globo -, encenação de peças de teatro, entre outras atividades. No meio dos protestos, manifestantes apresentarão cartazes com frases alusivas às entidades que tramam contra a democracia. Como, por exemplo: “Faxina na TV Globo”.

Fazer uma faxina na TV Globo vai ocorrer na frente da sede da emissora fascista, no Jardim Botânico. Os manifestantes vão precisar de muita creolina.

ENCERRADA GREVE DOS BANCÁRIOS

A paralisação promovida pelos bancários, que durou 21 dias, teve seu término ontem à noite. A categoria aceitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), da Caixa Econômica e do Banco do Brasil. A informação foi passada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) depois que a maioria dos sindicatos resolveu por fim à greve.

O aumento salarial concedido pela Fenaban foi de 9%, com reajuste do piso de R$ 1.250 para R$ 1.400. Os bancários vão ainda receber até 2,2 salários por ano como participação no lucro dos bancos aos quais trabalham.

O ponto dos trabalhadores não será cortado, e eles farão jornada de trabalho semanal de até 2 horas extra por dia para repor os dias parados.

MINISTRO CHAMA DE FALSAS AS DENÚNCIAS PUBLICADAS PELA REVISTA DA EXTREMA-DIREITA

O ministro dos Esportes, Orlando Silva, disse que as denúncias publicadas pela revista fascista da extrema-direita, Veja, que tem interesse em monopolizar os projetos gráficos da Copa do Mundo de 2014, são falsas. Ele afirmou também que são informações de “bandidos” e repudia, “veementemente”, o que foi publicado na suja Veja.

De acordo com Orlando Silva, a única vez que tratou com João Dias Ferreira, ex-militante do PC do B, seu partido, foi quando ainda era secretário executivo do ministro dos Esportes Agnelo Queiroz (PT), ex-PC do B, hoje governador do Distrito Federal (DF).

Repudio veementemente as falsidades publicadas na reportagem deste final de semana. Mentiras cujas fontes são bandidos.

A única vez em que estive com esse caluniador foi quando eu secretário executivo do Ministério dos Esportes, na gestão do então ministro Agnelo Queiroz, que havia recomendado que o recebesse e que fosse firmado o acordo.

Quero crer que (Agnelo) agiu de boa-fé. Não quero crer que o governador sabia de qualquer informação que fosse desabonadora”, afirmou Orlando Silva.

Ele pediu que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal investiguem o que for necessário sobe as denúncias. O ministro também protocolou um pedido de audiência na Comissão de Ética da Presidência da República para se explicar. E vai impetrar ações por calúnias e danos morais.

Por parte do governo, o ministro tem confiança e solidariedade e conversou com a ministra da Casa Civil, Gleise Hoffman, e com o Secretário-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.

João Dias Ferreira, o informante da revista pútrida, tem em sua ficha a denúncia de que já foi preso e investigado. Por tal Orlando Silva chamá-lo de “bandido”.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.980 hits

Páginas

outubro 2011
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos