Arquivo para 12 de novembro de 2011

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus 6: a suspensão com base em um documento falso

Abriu-se novo inquérito.

A descrição abaixo é do blogueiro Mário Bentes:

Foi ouvida Eurinete Santana, chefe de Bianca na unidade de saúde Amazonas Palhano. Indagada sobre a denúncia da paciente desconhecida, informou que as acusações não foram comprovadas e atestou que “a indiciada atende normalmente os pacientes que comparecem na unidade.” (pág.7). 

Em março passado, a mesma Eurinete destacara na Avaliação Periódica de Desempenho (PDA) assinada por ela

“A servidora atende as expectativas nos aspectos funcionais e suas atuações. É assídua, pontual, compromissada com suas atividades.Precisa dinamizar suas atividades educativas. Propõe-se a otimizar as atividades acima citadas e manter seu padrão de atendimento.”

As cinco faltas que Bianca teve por ocasião da mudança da unidade de saúde, foram plenamente justificadas:

“As cópias das folhas de frequências, juntadas aos autos pelo setor de recursos humanos, demonstram que a indiciada obteve cinco faltas no período de 31/01/2011 a 04/02/2011. E de acordo com o depoimento de testemunhas que prestaram depoimento, a servidora se ausentou do serviço para resolver a questão de seu remanejamento, sendo que as faltas foram descontadas de sua remuneração.”

Apegou-se então a um documento apresentado por Ronaldo, com supostos ataques da médica contra Amazonino Mendes através do Twitter. Com base no Estatuto do Funcionário Público – quer proíbe críticas às chefias – pedia-se a suspensão da médica.

Era uma armação óbvia. Há quase um ano a médica havia desativado sua conta no Twitter, temerosa com as ameaças que recebia.

Ronaldo publicou no próprio blog os supostos comentários injuriosos contra Amazonino. Atribuiu-os a Bianca. Depois, imprimiu o conteúdo e o levou à prefeitura.

Dez testemunhas foram ouvidas: Bianca, Ronaldo, mais 8 testemunhas. As oito negaram conhecer o conteúdo dos comentários. Apenas Ronaldo sustentava a farsa.

O documento foi levado à perícia técnica, e o Secretário Executivo Adjunto de Inteligência concluiu: “não foi possível comprovar se as mensagens eletrônicas supostamente postadas no perfil denominado “bia abnader” no microblog Twitter são autênticas”. (pág.11)

Apesar da constatação do perito, o relatório da comissão foi o de que,  “diante da dificuldade probatória do suposto delito, a Comissão conferiu ao depoimento do denunciante, especial relevância.”, explica o relatório. (pág.14).

A Comissão citava o Código de Processo Civil para afirmar que os laudos periciais não devem ser o único elemento de formação de convicção de um juiz.

“(A Comissão) realizou um cuidadoso trabalho na apuração da suposta irregularidade, antes de qualquer pré-julgamento, ouvindo a servidora indiciada e várias testemunhas, no sentido de saber se realmente as declarações postadas na internet foram feitas pela indiciada” (pág.14)

O relatório culpando Bianca Abinader, de número 026/2011, foi assinado pela Comissão Permanente de Regime Disciplinar da Prefeitura de Manaus e publicado no dia 22 de setembro. Doze dias antes Ronaldo Tiradentes já sabia do seu teor e o divulgava pela CBN.

O relatório recomendou a suspensão da médica e o corte do seu salário por 90 dias com base nos supostos ataques pelo Twitter.

Mas, em seu programa na CBN. Ronaldo insistia na acusação de que a médica era relapsa no trabalho:

“Bianca nunca cumpriu integralmente os contratos que mantém com o estado e prefeitura. (…) Ou cumpre integralmente sua carga horária ou vai para o olho da rua.”

A denúncia foi repercutida em um blog ligado a Ronaldo, de Raimundo Holanda:

Médica twiteira suspensa

O prefeito Amazonino Mendes resolveu punir médica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que fazia plantão no Twitter. Com base no relatório conclusivo do processo administrativo nº 026/2011 – CPRD/Semad, Bianca de Oliveira Abinader fica em casa por 90 dias. A médica se diz perseguida pelo radialista Ronaldo Tiradentes, que literalmente pegou no seu pé nos últimos meses. Ronaldo está numa campanha contra médicos que faltam ao trabalho. E, no caso, o Twiiter foi o mal menor. Ficou comprovado que Abnader não comparecia ao serviço…

Como constatou o blogueiro Bentes:

“Bianca sofreu três sindicâncias, todas nascidas das denúncias exclusivas de Ronaldo Tiradentes, sobre suposta falta de atendimento de pacientes e faltas ao trabalho. E em todas foi inocentada. Pacientes e colegas foram ouvidos, documentos analisados, livros de ponto periciados. Ao final dos três procedimentos, restavam apenas os elogios de seus pacientes. Mas o prefeito Amazonino Mendes, amigo pessoal e de quem Ronaldo foi secretário de comunicação, não se convenceu sobre quem era o mentiroso, sua funcionária, concursada, ou seu amigo, que a denunciou três vezes e foi desmascarado em todas. Mesmo depois das sindicâncias provarem a falsidade das acusações”.

Ronaldo não ficou nisso. Inundou o blog de Bianca com mensagens ameaçadoras, usando o mesmo codinome de @caionunes que utiizou para os ataques ao meu Blog e o mesmo IP da região onde se localizava a  CBN Manaus:

10 de setembro, 12 dias antes da publicação da punição:

ALEA JACTA EST. MAKTUBE: RU

13 de setembro, 9 antes da publicação da punição:

ESTOU BONZINHO. VOU DAR UMAS FERIAS DE 90 DIAS. SE ME ENCHEREM O SACO, ETERNIZO AS FERIAS. VOU FICAR DE OLHO.

16 de setembro, 6 dias antes da publicação da punição:

ESTÁ CHEGANDO A HORA DAS SUPER FÉRIAS. É O COMEÇO. SE CHIAR, A PORRADA VAI CANTAR. TÁ OUVINDO, VAGABUNDA?

17 de setembro, 5 dias antes da publicação da punição:

SEMANA DE MÁS NOTICIAS PARA A VAGABUNDA.

20 de setembro, 2 dias antes da publicação da punição:

SÓ FALTA A CANETADA… LONGAS……LONGUISSIMAS FERIAS, DIDATICAS. PARA ENSINAR A RESPEITAR HORÁRIO E AS PESSOAS. É SO O COMEÇO

22 de setembro, 4 horas antes da publicação da punição:

ESSA FDP MEXEU COM CARA ERRADO. ESPERO QUE ELA E A CANALHADA PARE DE ENCHER O SACO. DAQUI PRA FRENTE, CAIO NUNES VAI ENDURECER MESMO.

22 de setembro, 48 minutos depois da publicação da punição:

MEDICA GAZETEIRA BIANCA ABINADER, CONHECIDA COMO MAGA PATALOGIKA E NOIVA CADÁVER, PEGA 90 DIAS DE SUSPENSÃO.

No dia 6 de maio publiquei o post “O massacre contiunuado da CBN Manaus contra a médica”. O tema bombou com o hastg #NojoCBN, entrando na lista dos 10 temas mais comentados do país.

Imediatamente Ronaldo Tiradentes deletou vários posts de sua conta fake – a @caionunes65 – que citava o nome de Bianca e os detalhes reservados da sindicância aberta.

A repercussão chegou até a CBN nacional, cujo Conselho de Ética o proibiu de citar o nome de Bianca. Foi a única atitude da CBN nesse circo de horrores jornalisticos.

No dia 14 de setembro, um dia antes de suspender Bianca, Amazonino nomeou Marcos Paz Tiradentes, irmão de Ronaldo, como assessor em seu próprio gabinete, como DAS-3, com salário de R$ 6 mil.

Marcos já trabalhava como gerente de limpeza pública na Semulsp, secretaria que também empregava a repórter Andrea Vieira, colocada pela CBN para perseguir a médica. Andrea era presidente de uma comissão, acumulando com o emprego na CBN. Quando Amazonino assumiu a prefeitura, Marcos, que era simples assessor, com cargo DAS-1 tornou-se gerente. O ato foi publicado em 15 de janeiro de 2010.

Pedaços do inquérito

O inquérito é das peças mais vergonhosas da administração pública brasileira.

Assinado pela procuradora Maria Roza, é de um arbítrio próprio de republiqueta das bananas.

Conclui que não havia provas de que a médica faltasse ao trabalho. Assim, iria se concentrar na segunda acusação – a de que chamara o prefeito Amazonino de “traficante” em seu Twitter.

Consta que não há como comprovar tecnicamente que as mensagens do Twitter (apresentadas por Ronaldo Tiradentes) saíram do perfil de Bianca. Uma das testemunhas, procuradora do estado e twitteira também, afirmou jamais ter lido qualquer comentário injurioso da parte da médica. Bianca acusava Ronaldo de ter escrito as mensagens no seu próprio blog, copiado e colado em um documento PDF.

Sem provas periciais, com testemunhos idôneos – como da procuradora Pordeus – em defesa da médica, o relatório conclui que, para formar juizo, o julgador poderia recorrer a outros elementos de convicção, que não as provas periciais.

Qual o elemento de convicção para a comissão de inquérito? Simplesmente conferir-se a designação de ëspecial releväncia” ao depoimento do acusador, o radialista Ronaldo Tiradentes cujas mentiras já haviam sido oficialmente comprovadas nos inquéritos anteriores sobre a médica.

O manifesto de desagravo do CRM

No dia 27 de setembro, o Conselho Regional de Medicina do Amazonas (CREMAM-AM) divulgou documento de desagravo público contra a CBN Manaus, por conta das perseguições movidas contra Bianca nos dias 4, 5, 6 e 7 de janeiro de 2010 – quando a médica estava grávida.

O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado e também como anúncio pago em alguns jornais da cidade, depois de aprovado em 9 de junho em sessão plenária da entidade.

Dizia o manifesto: a profissional foi “difamada, bem como teve sua reputação profissional abalada em reportagem veiculada no dia 5 de janeiro de 2010 na rádio CBN Manaus”. 

A demora se deveu ao fato do CRM ter realizado uma investigação cautelosa para averiguar a consistência das denúncias de Ronaldo. A investigação concluiu pela total falta de base dos ataques.

O blogueiro Mário Bentes, contou a história com uma indagação objetiva:

“Só nos resta perguntar: quanto tempo levarão as próximas reações dos órgãos que representam os médicos neste Estado (e os cidadãos em geral) em relação às outras infindáveis acusações caluniosas de Ronaldo Tiradentes? Até quando a CBN, a troco da manutenção do status quo econômico fruto de uma relação de simbiose com a Prefeitura de Manaus, vai insistir em proliferar mentiras sem que os órgãos representantes dos direitos humanos façam alguma coisa? São perguntas que espero ver respondidas pelo menos antes que a filha de Bianca, que não chegou a ver os primeiros ataques contra a mãe, atinja a maioridade”.

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus 5: a invasão do posto de saúde

Em agosto de 2010 Bianca retornou da licença maternidade e retomou seu trabalho. Pediu para ser transferida para o Morro da Liberdade, na zona sul de Manaus.

No dia 27 de setembro a CBN Manaus fez nova investida. Uma equipe invadiu o posto de saúde. Bianca tinha ido lá, segunda de manhã, entregar o mapa da sua frequência semanal, por isso não estava na sua sala. A equipe fez o mesmo escândalo anterior, dizendo que a médica não estava.

Havia cinco pacientes hipertensos na sala de espera. A repórter entrou na sala e fazia perguntas ao vivo para os pacientes. Quando defendiam Bianca, cortavam o áudio.

Em sua loja, seu pai ouviu a transmissão e correu para lá, com receio de que a equipe atacasse a médica. Chegando, passou a conversar com o pessoal da equipe, tentando convencer a repórter de que a reportagem devia-se a uma questão pessoal de Ronaldo.

Do outro lado, Ronaldo berrou com a repórter: “Detona mais ela”. O pai ouviu.

Na sequencia, Ronaldo ligou para um conhecido da polícia, que enviou para lá três policiais armados.

No dia seguinte, equipes da CBN visitaram diversos postos médicos e editavam as críticas para parecer que eram endereçados a Bianca.

Aí Bianca escreveu novo texto em seu blog, sob o título “CBN Manaus: vergonha para o jornalismo nacional”. Antes, consultou advogados e a equipe política do Diário de Manaus, onde seu blog estava ancorado.

Finalmente, Bianca resolveu abrir processo judicial contra a emissora. Não estava mais grávida, teve o apoio da família. Tentou inicialmente três advogados, que não toparam. Um quarto, topou.

O processo andou e em 2 de fevereiro de 2011, Ronaldo recebeu a primeira intimação, para a audiência de conciliação.

Dois dias antes, no dia 31 de janeiro, a unidade de Bianca no Morro da Liberdade. Entrou em reforma.

Quando isso ocorre, mantem-se o posto se conseguir casa perto. Para não perder a médica, a comunidade imediatamente ofereceu três casas para abrigar a unidade. Falaram com o Secretário de Saúde que topou.

Em poucos meses de trabalho, a médica havia conquistado a confiança e a gratidão dos moradores.

Foi em vão. Logo em seguida, o Secretário voltou atrás e, junto com mais 18 médicos, Bianca foi transferida para a Zona Leste da cidade, a duas horas de sua casa. Havia epidemia de dengue na região.

No mesmo dia em que foi comunicada da transferência, Bianca foi à SEMSA com sua chefe, explicando sua situação. Pelo sistema de humanização da saúde, médica amamentando tem o direito de escolher um posto perto da sua casa. No dia 31 de janeiro encaminhou o pedido. Voltou vários dias, sem obter resposta da Secretaria, mas com declaração de comparecimento ao trabalho.

Na 4a feira, assim que recebeu a intimação da justiça, Ronaldo foi atrás da médica. Viu o posto em reforma e ligou para o Secretário da Saúde. Informado da mudança, rumou para o Distrito Leste onde a secretaria informou nao saber nada da história. Com seu celular, gravou a invasão da unidade e colocou o vídeo no Yotube.

A cena foi descrita assim pelos jornalistas que administram o blog “O Caso Bianca Abinader”

Há, pelo contrário, fartas provas a favor de Bianca. Uma delas é o vídeo gravado pelo próprio Ronaldo no dia 15 de março, às 12h10. Naquele dia, o radialista invadiu a UBS Amazonas Palhano no turno da tarde, à procura de Bianca, que trabalha pela manhã. Invadiu o refeitório e foi desmentido pela diretora do posto, Eurinete Santana. Foi ao guichê de atendimento e foi desmentido pelos atendentes. Tentou encontrar pacientes não atendidos por Bianca, mas não os achou.

Desorientado, vagou pelo salão de espera à procura de uma brecha para acusar a médica. Na falta dessa brecha, apontou sua câmera para o Termo de Exclusão de Bianca do programa Saúde da Família, solicitado e assinado pela médica no dia 7 de fevereiro. O documento, que continha um erro (informava que a carga de Bianca era de 6 horas diárias em vez de 4) foi corrigido no mesmo dia. Ou Ronaldo não recebeu esse documento, ou recebeu e guardou, como fez com o relatório da sindicância de 2010.

No dia seguinte, montou-se uma nova armação contra a médica. Uma mulher irrompeu na unidade de saúde e deixou uma denúncia manuscrita, acusando Bianca de estar utilizando a Internet em horário de trabalho. Não era paciente nem acompanhante. No dia seguinte, a chefe do posto, Eurinete Santana, reparesentou a “denúncia”, desta vez digitalizada e sem o nome da denunciante. Exigiu que Bianca desse o “ciente” e encaminhou o documento apócrifo para a comissão de sindicância.

Na sexta, outro ataque à médica no seu programa na CBN, chamando-a de cínica e dissimulada. E a ameaçou no ar: se não retirasse o processo iria atrás dela e detonaria a Cooperativas dos Médicos, que fornece a mão de obra para a SEMSE. O IMED reagiu e alertou o prefeito Amazonino Mendes.

Na 6a saiu resposta da SEMSA, não aceitando a proposta de Bianca de permanecer na região. A médica acabou desistindo da nova colocação, pois significaria quatro horas diárias de trânsito.

O programa do dia 4 de fevereiro resultou em uma segunda sindicância aberta pela SEMSA, mesmo tendo a primeira sido totalmente favorável e comprovando que a CBN Manaus mentia de forma sistemática sobre a médica.

Como a primeira sindicância constatara que Bianca trabalhava direito, dessa vez mudou-se o enfoque da denúncia. Com base em um documento provavelmente falsificado, Tiradentes curvou a SEMSA aos seus objetivos de vingança, conseguindo uma suspensão de 90 dias para a médica.

Mas esse é tema para o próximo capítulo.

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus 4: o radialista que amava Roberto Carlos

Antes de contarmos a história do nosso personagem principal, Ronaldo Tiradentes, um rápido apanhado sobre como atua no mundo virtual.

Quando escrevi os primeiros posts sobre o caso Bianca Abinader recebi comentários virulentos de um perfil fake no Twitter, de codinome @caionunes. Depois, ele invadiu meu blog com ataques de baixo nível.

O IP é do mesmo mesmo provedor e da mesma central, em Manaus, dos ataques desfechados contra Bianca e contra o blogueiro Ismael pelo mesmo @caionunes. Na época, identificou-se Ronaldo Tiradentes como a pessoa por trás do fake, devido às informações veiculadas pelo Twitter de @caionunes, que antecipou todos os movimentos da Secretaria de Administração em um dos inquéritos movidos contra a médica.

A conta é da Vivax, provedor da Net. O equipamento encontra-se a 7 km da sede da CBN Manaus. Na Net, informam-me que a rua da CBN Manaus está na área atendida pela central identificada no IP.

Transponham essa virulência para o mundo real de Manaus. Na ponta ofensiva, uma rádio de alcance amplo, não meros comentários de baixo calão; na ponta atacada, pessoas físicas cercadas pelo poder político de Amazonino, pelas políticas de intimidação da CBN. No meio, a virulência sem limites de um personagem como Ronaldo Tiradentes.

Ele apareceu em Manaus vindo de Minas. Começou a carreira como vendedor de uma loja de CD. Depois, tornou-se apresentador do “Clube do Rei”, na TV local, enaltecendo Roberto Carlos. Começou aí sua popularidade. A partir dessa vitrine, elegeu-se deputado estadual nos anos 90. Não foi reeleito. Mas foi secretário de Comunicação na primeira gestão de Amazonino Mendes, quando começou a montar sua fortuna.

Aproximou-se do mundo político do estado, oferecendo a matéria prima mais valorizada por aquelas plagas: uma virulência sem limites.

Arthur Virgílio chegou a pagar para que fosse à França fotografar um suposto castelo de Amazonino Mendes. Eleito, Amazonino cooptou-o com gordas verbas publicitárias para suas rádios.

Em 1997 conseguiu a concessão da rádio Tiradentes, que colocou em nome de parentes. Quando, em 2003, o Ministério das Comunicações abriu concorrência para novas frequências no Amazonas, conseguiu a concessão da rádio que se filiou à rede CBN. Em 2004 conseguiu a Rádio Tiradentes FM (89,7), em 2005, a TV Tiradentes, de Porto Velho e a Tiradentes FM, em Parintins.

Valendo-se da falta de controle das autoridades do setor, passou a utilizar uma frequencia que pega a cidade toda, pagando multas irrisórias pelos abusos. No dia 21 de setembro passado, sofreu uma multa de R$ 2.400,00 por utilizar a frequência da CBN Iranduba fora da sede da cidade.

No dia 11 de agosto passado foi alvo de uma homenagem. Graças à força que lhe foi outorgada pela rede CBN, estavam presentes o governador, prefeito e vereadores.

Segundo o relato do site da CBN, “Ronaldo foi às lágrimas ao lembrar o começo de vida em Belo Horizonte, como cobrador e camelô”. E mostrou sua estreita ligação com as Organizações Globo:

“O apresentador do CBN Manaus lembrou de sua passagem pela TV Amazonas, onde foi o primeiro repórter a emplacar matéria local no Jornal Nacional. E a emissora o homenageou, com espaço destacado no Jornal do Amazonas deste começo de noite”.

Depois do sucesso do “Clube do Rei”, Ronaldo estreitou as relações com as Organizações Globo. Tornou-se repórter da TV Amazonas, afiliada da Globo e, depois, apresentador do Jornal da Amazônia, que antecedia o Jornal Nacional. Foi o que lhe abriu as portas para ser o homem da CBN em Manaus.

Parte de sua história é narrada no livro “O ronco da pororoca: histórias de um repórter da Amazônia“, de Marcos Losekann. Nos anos 90 enviou capangas a Niterói para espancar um cronista de Manaus que o criticou.

Sob seu comando, a CBN tornou-se defensora das piores causas de Manaus.

Abriu microfones para o vereador Sabino Castelo Branco, acusado de agredir a própria esposa. Depois, para o irmão do governador Omar Aziz, que invadiu a UFAM (Universidade Federal de Manaus) para espancar um professor, que comentara em sala de aula as acusações contra o governador na CPI da Exploração Sexual, anos antes.

Abriu espaço para Omar se defender das acusações de pedofilia. Depois, para Carlos Souza, quando foi acusado de comandar o crime organizado em Manaus; para Antonio Cordeiro, flagrado pela Operação Albatroz por desviar R$ 500 milhões do governo do Estado.

Defendeu Adail Pinheiro, o ex-prefeito de Coari, acusado pela Polícia Federal de desvios de mais de R$ 30 milhões e de envolvimento na escabrosa rede de pedofilia que envolvia políticos do estado. Em seus programas, Ronaldo Tiradentes fazia apelos para que a Justiça desbloqueasse os recursos da prefeitura de Coari. A cidade vive de royalties de petróleo.

Em 2009, um dos escândalos da esquema Adail, através de seu sucessor Rodrigo Alves da Costa (posteriormente cassado por corrupção) consistiu na contratação, por R$ 4,3 milhões, de trios elétricos pelo período de cinco meses. Os trios pertenciam à AMZ Produções, de Robson Tiradentes, irmão de Ronaldo. Cassado o homem de Adail, Ronaldo fez sua defesa (clique aqui) imediatamente iniciou campanha contra seu sucessor (clique aqui).

O prefeito cassado foi acusado pela Operação Vorax da Polícia Federal de envolvimento em organização criminosa (clique aqui). Na CBN se veiculava a falsa informação de que sua culpa teria sido participar de uma festa política com distribuição de prêmios.

A parte mais obscura da carreira de Tiradentes veio à tona em 2009, quando seu ex-sócio, o advogado Afonso Luciano Gomes foi a Brasilia entregar ao presidente da CPI documentos que supostamente comprovariam que Tiradentes abusou de uma sobrinha de 13 anos. A menina teria engravidado de um menino, então com 14 anos – a mãe já com 27.

A agência Senado noticiou assim:

“O advogado Afonso Luciano Gomes Amâncio entregou nesta terça-feira (1º), ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, senador Magno Malta (PR-ES), denúncia de abuso sexual praticado por Ronaldo Lázaro Tiradentes, em Manaus (AM), contra sua sobrinha Keyla Roberta Gregório da Silva. O advogado entregou cópia de depoimento da vítima à Polícia Federal no amazonas e pediu à CPI apuração do caso em que sua cliente foi vítima. Segundo o depoimento de Keyla, Ronaldo Tiradentes a criou depois que ela ficou órfã de pai, aos 4 anos de idade. Keyla, hoje com 27 anos, afirma que, no período em que vivia na casa do tio, foi abusada sexualmente por ele, o que a fez decidir sair de casa aos 13 anos. Em seu depoimento ela também relata que, mesmo depois de sair de casa, Ronaldo Tiradentes continuou a assediá-la até que teve uma filha, que está com 11 anos, não reconhecida por ele. Magno Malta afirmou que vai levar a denúncia à CPI da Pedofilia e, se necessário, serão convocados o acusado e sua esposa, Maria José, bem como a vítima”.

A sobrinha chegou a conceder entrevista confirmando a versão. Ronaldo atribuiu as denúncias ao seu adversário político, ex-Ministro Alfredo Nascimento (clique aqui).

Tempos depois, a sobrinha voltou atrás e Tiradentes apresentou um exame de DNA que supostamente o inocentaria da acusação de gravidez.

Mensalmente, a prefeitura de Manaus joga mais de R$ 1 milhão de publicidade nas duas emissoras de Ronaldo, a CBN Manaus e a rádio Tiradentes.

Foi nesse pantanal que a médica tuiteira Bianca Abinader se meteu, quando resolveu, com mais 150 tuiteiros da cidade, inaugurar a Primavera de Manaus, criando o movimento pelo twitter.

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus 3: as primeiras represálias ao movimento

A ideia do movimento Manaus de Olho seria a de colher contribuições para fazer outodoors denunciando os vereadores que votaram a favor da taxa do lixo.

Tentaram cinco empresas de outodoors, em vão. Conseguiram uma no dia 30 de dezembro. No dia 31, a empresa desistiu, depois de receber uma ligação no meio da noite. Acabaram conseguindo emplacar dois outdoores. Por coincidência ou não, nenhum dos vereadores conseguiu se eleger deputado estadualnas eleições de 2010.

Depois da primeira investida, houve recesso no dia 31 de dezembro.

No dia 4 de janeiro, primeiro dia útil do ano, a CBN foi bater no ponto de trabalho de Bianca Abinader. Dois homens não identificados chegaram na casinha e perguntaram diretamente pela médica. Era óbvio que tinham ido com foco certo na médica.

Na Medicina de Família, o médico atende e faz a parte burocrática. Ao chegar ao seu posto, a equipe da CBN foi informada que Bianca estava no distrito, perto da unidade, respondendo à sua chefe. Não quiseram saber. Saíram da unidade com uma matéria imputando-lhe a pecha de ausente do trabalho.

Promotora de Justiça, integrante do Movimento, Jussara Pordeus intercedeu por Bianca. Telefonou a Ronaldo Tiradentes, disse-lhe que a médica estava grávida de oito meses e que era boa menina.

Ronaldo recorreu a um expediente comum no atual jornalismo. Se ela entregasse naquele dia um documenbto provando que estava trabalhando, não iria vericular a reportagem. Era 9 da noite, impossível encontrar a chefe.

No Twitter, Bianca acusou Ronaldo de chantagea-la com um pedido impossível de ser atendido àquela hora.

No dia seguinte, a CBN veiculou dez minutos de reportagem, mencionando várias vezes o nome de Bianca, e informando falsamente que há três meses ela não comparecia ao serviço.

Na hora em que a matéria foi veiculada Bianca estava no consultório da sua obstetra, aguardando consulta. Quando começou a reportagem, correu para seu carro, para ouvir. Ouviu a CBN detonando seu nome por dez minutos. Começou a passar mal.

Para não prejudicar a gravidez, a obstretra deu-lhe três dias de licença. Nos meses seguintes, só conseguia dormir à base de remédios.

Com o atestado, acompanhada da chefe do distrito, foi até a Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) para uma reunião com a subsecretária Denise Machado. Levou uma declaração de que, no momento da invasão da equipe da CBN Manaus, estava com a chefe tratando de assuntos da sua licença. E também uma declaração comprovando que jamais teve falta injustificada e não fora alvo de uma denúncia sequer da população de 5 mil pessoas atendidas por ela.

No rádio, Ronaldo havia dito que havia mais de mil denúncias diárias contra a médica.

Denise he garantiu que o Secretário de Saúde não iria misturar as coisas: se fosse boa funcionária, seria respeitada.

No dia seguinte, ligou o proprio Secretário da Saúde Francisco Deodato dizendo-lhe para não se preocupar. Bianca insistiu que queria uma sindicância, agora, para comprovar que trabalhava seriamente e limpar seu nome, sujado por Ronaldo Tiradentes..

A sindicância foi feita.

Foram sete dias de investigação. Recolheram as fichas e visitaram pacientes. Colheram o depoimento de sua chefe, informando que não havia nada que desabonasse sua conduta. Dos pacientes, 99% se disseram satisfeitos com a qualidade do serviço.

Mas o inquérito foi mantido sigiloso impedindo a médica de limpar seu nome.

Bianca entrou em licença no dia seguinte. Só um ano depois soube do resultado da sindicância. No dia 23 de feveiro de 2010 a denúncia foi arquivada. Comprovava que Tiradentes havia mentido sobre a médica.

Foi o relatório da primeira sindicância a que foi submetida.

Como a CBN nacional tratou as reclamações

Não foi melhor a sorte de outra líder do movimento, Carolina Coelho.

Depois dos primeiros ataques, enviou e-mail para Mariza Tavares, a diretora geral da rede CBN. Em vez de tomar providências, Mariza reenviou o e-mail para Ronaldo que imediatamente deu início à represália – indo até a empresa empregadora de Carolina pedir-lhe a cabeça.

Em e-mail que circulou depois disso, Carolina desabafou:

Isso tem a ver com a CBN Manaus. Eu mesma fui vítima do tal Ronaldo Tiradentes. Enviei e-mail para a sra. Mariza Tavares, solicitando esclarecimentos e ela “fez o favor” de encaminhar para o próprio Ronaldo Tiradentes responder. E em pouco dias ele tentou me intimidar no meu local de trabalho.

Minha história eu posso esclarecer posteriormente, caso seja necessário. Mas o fato é que ele fez mais uma vítima, das tantas que ele já tem por aqui.

Neste momento uma movimentação no twitter está acontecendo. Até quando a CBN vai manter-se calada, quando uma de suas filiais se comporta de maneira tão nojenta?

Bianca tirou seis meses de licença maternidade. No final de agosto, voltou para uma outra unidade, do Morro da Liberdade. Fazia visitas domiciliares.

Sob a complacência da CBN nacional, a obsessão doentia da CBN Manaus não parou por aí

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus 2: a fonte do poder dos coronéis regionais

No federalismo torto brasileiro, do presidencialismo de coalizão ao modelo da radiodifusão, há uma lógica cruel em relação aos rincões.

O chamado eixo moderno – São Paulo, Rio e Sudeste – olha com desprezo o anacronismo político de estados comandados por coronéis. Mas a lógica federativa – e da radiodifusão – induz a alianças com o que tem de mais atrasado na política nacional. O governo, pelos três senadores de cada estado; as redes, pelas verbas publicitárias dos governos estaduais.

Foi esse modelo torto que garantiu o coronelismo do Amazonas dominado, inicialmente, por Gilberto Mestrinho, o Boto de Tucuxi; depois, por Amazonino Mendes, o “Negão”.

No centro-sul, pouco se sabe sobre as estripulias, esquemas empresariais e esbirros autoritários de personagens como Amazonino. É uma relação colonial: o governo extrai o poder político, as redes as verbas publicitárias. E deixam-se populações inteiras sob o jugo do atraso e do autoritarismo.

De vez em quando, um ou outro episódio ganha repercussão nacional.

Foi assim na história da compra de votos para a reeleição de Fernando Henrique Cardoso – na qual Amazonino desempenhou papel central. E também no episódio das 2 mil motosseras distribuídas por todo o Amazonas, depois vendidas a preço de banana para madeireiros.

A mansão alugada

Em 2001, a mansão de Amazonino foi tema nacional, 2.500 metros no Tarumã, com paredes de vidro, heliporto, piscinas, lagos artificiais, avaliada em mais de R$ 10 milhões. E também pelo fato de ele não se dizer dono dela, mas inquilino do empreiteiro Otávio Raman Neves, dono das duas maiores empreiteiras do Estado, a Capa e a Exata, que, suspeita-se, têm Amazonino como sócio oculto.

Na época, Amazonino informou o valor do aluguel pago: R$ 2.000,00 mensais.

O episódio serviu para revelar um pouco o que é a corte de Amazonino, atualmente no PDT fundado por Leonel Brizolla.

A CPI avançou um pouco mais e indiciou o prefeito de Coari, Adail Pinheiro, também indiciado pela Polícia Federal na Operação Vorax, acusado de desvios de mais de R$ 70 milhões.

Seu sucessor também foi cassado, defendido pela CBN Manaus, por manter negócios com o irmão do diretor Ronaldo Tiradentes.

Nas relações espúrias da política amazonense, embora não seja da banda podre, Artur Virgilio se permitiu fazer comício de mãos dadas com Adail.

Outra CPI, da Exploração Sexual, conduzida pela Assembleia Legislativa, envolveu próprio governador Omar Aziz, que começou a carreira como Secretário de Segurança no governo Amazonino. Uma moça admitiu ter tido relações com ele aos 14 anos, mediante o cachê de R$ 150,00. Deu entrevistas para a revista Época que serviram de base para um inquérito da Polícia Federal (clique aqui).

Posteriormente a moça voltou atrás em suas declarações e um promotor ordenou o encerramento do inquérito sem ouvir mais ninguém. Tempos depois, irmãos de Aziz espancaram um professor da UFAM (Universidade Federal do Amazonas) que comentou o caso em sala de aula.

No ano passado, o vice-prefeito de Amazonino, Carlos Souza, foi afastado do cargo, por decisão do juiz da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), suspeito de participar de uma organização criminosa comandada por seu irmão, ex-deputado Walace de Souza.

Nacionalmente, conhece-se um pouco da política do Amazonas através dos braços que conseguiram montar esquemas nacionais, como o ex-Senador Gilberto Miranda, que enriqueceu intermediando cotas de produção para empresas que se instalavam na Zona Franca de Manaus. Ou da empreiteira empreiteira Enconcel obteve contratos de mais de R$ 50 milhões com o governo do estado, na época do episódio da compra de voto.

As ligações de Amazonino com a empreiteira foram objeto de investigações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Acabou se livrando por suas ligações com a área federal.

Um dos pilares midiáticos centrais dessa estrutura é justamente a CBN Manaus e seu diretor Ronaldo Tiradentes, um dos principais personagens desta série.

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por luis nassif

Primavera de Manaus – 1: tuiteiros vs coronéis da selva

 

Fosse em São Paulo ou Rio, a médica Bianca Abinader seria a musa da CBN em uma Marcha Contra a Corrupção.

Jovem, bonita, bem casada, médica de família da prefeitura de Manaus, funcionária exemplar, filha de um comerciante rigoroso nos negócios, sem nenhuma relação com o meio político, Bianca descobriu a militância através do Twitter.

Em fins de 2009, antes que cidadãos de Ipanema desfraldassem a bandeira – e as vassouras – e sorrissem para as câmeras de TVs nas Marchas Contra a Corrupção do centro-sul, Bianca ousou.

Com mais 150 tuiteiros de Manaus, organizou o Movimento Manaus de Olho, destinado a pressionar a Câmara Municipal a não aprovar a taxa do lixo – que aumentaria enormemente o IPTU local.

Não se tratava daquelas cenas festivas, sem risco, fotografadas e filmadas, conferindo os cinco minutos de fama, mas do enfrentamento de um dos mais corruptos sistemas políticos do país, com personagens – como o prefeito Amazonino Mendes – que nada ficam a dever aos piores coronéis políticos do nordeste.

Era a Primavera de Manaus, o lado moderno, virtual, confrontando o atraso e instaurando a cidadania virtual.

O movimento tinha três líderes, Bianca, a fisioterapeuta Carolina Coelho e o blogueiro Ismael Benigno.

Poderia ser um capítulo inédito na modernização política do Amazonas, de cidadãos munidos de armas virtuais enfrentando um poder político anacrônico.

Mas, na ponta contrária, apoiando o esquema Amazonino Mendes, estava a poderosa rede CBN, através de sua afiliada, CBN Manaus e do diretor Ronaldo Tiradentes, um dos personagens centrais dessa novela amazônica.

Tiradentes abriu inúmeros processos contra Ismael. Depois, foi até a empresa onde Carolina trabalhava, para pedir sua cabeça. Multinacional sólida, o pedido foi negado com estranheza.

Voltou-se então para a médica Bianca Abinader.

Começava ali uma luta desequilibrada, entre uma pessoa física, armada apenas de Twitter, teimosia e do apoio da família e dos amigos – e dos tuiteiros – e, do outro lado, o mais tenebroso esquema político do Brasil moderno, algo que começa com Gilberto Mestrinho, estende-se por Amazonino Mendes e uma relação de políticos e de métodos obscuros sem paralelo, sustentado por relações com o poder central e pela associação com a mais poderosa rede de emissoras de rádio do país.

Antes de enveredar pelo enredo principal, um pouco de Amazonino Mendes e do esquema político do estado do Amazonas.

O INSIGNE JORNALISTA LUIZ NASSIF ENUNCIA AS EFLORESCÊNCIAS DA PRIMAVERA DE MANAUS OU MELHOR: AMAZONAS

Enviado por Luis Nassif

A Primavera de Manaus

Ao longo do dia, vocês conhecerão em detalhes um episódio ilustrativo do Brasil contemporâneo, juntando de um lado jovens tuiteiros, de outro o pacto entre o coronelismo mais atrasado e as grandes redes de comunicação, em um dos mais podres sistemas políticos brasileiros: o do Amazonas.

Entenderão o cerne do poder político dos coronéis regionais, a parceria com o governo federal, para obter o apoio dos três senadores de cada estado, e com as grandes redes de comunicação, para terem acesso às verbas estaduais.

Saberão da hipocrisia daqueles que, no sudeste, criticam o atraso político em outras regiões, mas sustentam esse anacronismo por interesses muito objetivos.

Conferirão que não existem idiossincrasias nas relações políticas e midiáticas: Amazonino é do PDT de Leonel Brizolla; Tiradentes da CBN da família Marinho.

INDA TEM FRANCÊS QI DIZ QI A JENTI NUM SEMO SERO

@ LULA FALA DE POLÍTICA, CRISE ECONÔMICA E DIZ QUERER “COMER UMA BOA PICANHA, GORDA”. Durante as visitas dos presidentes da Câmara dos Deputados, Marco Mais (PT/RG), e José Sarney (PMDB/AP), do Senado, o presidente Lula, em sua casa em São Bernardo do Campo, muito bem humorado falou com os visitantes sobre vários temas, mas a tônica maior ficou por conta da política, principalmente as próximas eleições, e a crise econômica. A informação foi prestada aos jornalistas pelo deputado Marco Maia, que conversou com Lula por mais de duas horas. Maia afirmou que Lula “está muito bem, de vento em popa”. E que disse que está desejando “comer uma boa picanha, gorda”.

“Ele está muito alegre, muito disposto. É óbvio que ele, como qualquer um de nós, sente os efeitos de uma quimioterapia. Quem já passou por um tratamento desta natureza sabe que não é um tratamento simples e fácil e que tem repercussão no humor.

Eu informei a ele que fizemos ontem, na minha residência em Brasília, um café da manhã com a bancada petista de São Paulo, quando selamos o acordo ( para Fernando Haddad concorrer às eleições em São Paulo ). Ele comemorou bastante.

Ele disse que agora a tarefa do Haddad será procurar todos os partidos que estão na base de sustentação da presidenta Dilma, o que inclui também o PMDB, com a possibilidade de uma aliança em São Paulo”, disse Maia.

Maia disse ainda, que os quatro, Lula, a esposa Marisa Letícia, ele, e Sarney, tiraram uma foto perto da imagem de Nossa Senhora Aparecida, e Lula afirmou que a santa estava dando energia.

“Muito emocionado, ele disse que aquela santa estava dando energia e força para este momento que ele estava vivendo”, disse Maia. Inda tem francês…

@ UMA REDE DE OBSERVATÓRIOS UNIVERSITÁRIOS serão criados com o objetivo de incentivar pesquisas sobre a violação dos direitos humanos no Brasil durante o período da ditadura militar que vigorou entre os anos de 1964 e 1985.

A responsabilidade da criação desses observatórios universitários, serão do governo federal, em parceria com as universidades públicas e privadas do país. De acordo com a ministra Maria do Rosário, de Direitos Humanos, a constituição da rede de observatórios está prevista na última versão do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3).

“Esse trabalho significará um apoio muito grande para a Comissão da Verdade, porque essas universidades também farão pesquisas nas suas próprias regiões”, afirmou a ministra.

Por sua vez, Rogério Leal, coordenador Executivo do Comitê de Gestão da Rede dos Observatórios do Direito à Verdade, à Memória e a Justiça das Universidades Brasileiras, a rede vai ampliar a participação na pesquisa.

“O universo de material disponível é tão grande que é preciso criar redes de esforços de atuação para essa tarefa. Um trabalho desse porte implica uma política púbica de Estado”, disse Leal.

Já Vilmar Thomé, reitor da Universidade de Santa Cruz do Sul, ver os observatórios como um reconhecimento ao esforço universitário.

“Vamos contribuir para jogar luz a um período da história do Brasil que não queremos que volte, e que não podemos esquecer”, afirmou Vilmar. Inda tem francês…

@ STJ NEGA LIBERDADE DO ASSASSINO DE DORATHY STANG. Regivaldo Pereira Galvão, condenado a trinta anos de prisão pelo assassinato da irmã missionária Dorothy Stang, em 2005, em Anapu, no estado do Pará, teve mais um pedido de liberdade negado. Desta vez pelo desembargador Adilson Macabu do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em seu voto, o desembargador Adilson Macabu, afirmou que o pedido não preenche os requisitos necessários para atendê-lo, como coação ilegal e abuso de poder, risco da demora no julgamento ou a plausibilidade do direito invocado pela defesa. Ele afirmou também que o habeas-corpus não admite o exame da culpa ou inocência do fazendo, visto que é preciso considerar a soberania do veredicto do Tribunal do Júri. Ele lembrou ainda, que Regivaldo Pereira, pagou para que a missionária fosse assassinada.

“O condenado, de forma premeditada, em concurso de agentes com unidade de desígnios, mandou executar a vítima, mediante promessa de pagamento, pois ela incomodava e contrariava seus interesses de fazendeiro, fato confirmado por um dos denunciados na sessão de julgamento no Tribunal do Júri”, disse o magistrado. Inda tem francês…  

@ A RENÚNCIA DE BERLUSCONI, primeiro-ministro da Itália, está com os dias contados. Berlusconi atingido por desgaste político, processo de abuso sexual, abuso de poder, e crise econômica no país, havia afirmado que no momento em que o pacote de reformas econômicas proposto por seu governo fosse votado, ele renunciaria.

Ontem, o Senado italiano votou o pacote em uma votação em 156 senadores votaram a favor, 12 votaram contra, e 1 se absteve. Agora, as propostas seguem para Câmara para serem votadas. É esperado que os deputados votem hoje, dia 12, o plano.

O plano aprovado pelo Senado, cujas medidas incluem redução de despesas no Orçamento do Estado para 2012 e iniciativas para cortar gastos e estimulara a economia, tem como objetivo efetuar medidas que possibilitam a saída do país da crise econômica e o pagamento de sua dívida à Itália. Inda tem francês…

@ Late Bloomers – O Amor Não Tem Fim  Inda tem francês…

   Vamos que vamos! Vamos…


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.536 hits

Páginas

novembro 2011
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos