14ª CNS | Comunicadores da Saúde debatem o SUS

O Sistema Único de Saúde- conquistas e desafios. Esse foi o tema central da Oficina Jornalística ‘Diálogos – Mídia e Saúde’, que reuniu comunicadores para debater o SUS no primeiro dia de encontros da 14ª Conferência Nacional de Saúde, em Brasília (DF). Estiveram presentes o ministro Alexandre Padilha, assessores de comunicação das Secretarias Estaduais e Municipais e dos Conselhos de Saúde e jornalistas e blogueiros que cobrem o tema para a imprensa.

Os presentes buscaram discutir a melhor forma de fazer com que a informação circule entre as instituições, entidades e veículos de mídia, alcançando o objetivo primordial: chegar à população. “Estamos montando um canal permanente e respeitoso com os veículos de comunicação. O papel constante de crítica que a imprensa tem, melhora muito a gestão da Saúde. Outro papel fundamental é reforçar a luta contra o preconceito, por exemplo, em relação à aids. No mínimo, a imprensa não pode reforçar o preconceito . A imprensa pode ajudar muito nisso e entender mais sobre o SUS, nos ajudando a mudar a Saúde para melhor”, disse o ministro Padilha, ressaltando o Dia Mundial de Combate à Aids, comemorado nessa quinta-feira, 1º de dezembro.

A falta de informações mais detalhadas sobre o SUS foi destacada por Odorico Monteiro, secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde. “No geral, há um desconhecimento muito grande na imprensa sobre o que é o SUS. O Brasil foi o primeiro país a colocar na constituição a Saúde como uma condição democrática e assim conseguimos garantir a Saúde como um dever do estado. Hoje gastamos 8% do PIB com a Saúde e somos o único país do mundo com mais de 100 milhões de habitantes com sistema universal. Temos um dos melhores programas de imunização do mundo, um dos melhores programas de aids e somos os primeiros em transplantes públicos”.

A importância de destacar as conquistas do SUS e os desafios diários foi destacada pelos participantes da Oficina. “A Comunicação em Saúde é estratégica e fundamental para garantir o melhor atendimento ao cidadão. Informar, mais do que um bem público, é determinante para a vida do cidadão”, comentou Fátima Gomes, chefe da assessoria de comunicação do Ministério da Saúde.

A opinião é compartilhada por Maria de Lourdes Rodrigues, coordenadora -adjunta da Comissão de Comunicação e Saúde do Conselho Nacional de Saúde. “Temos que garantir à população o direito da informação por um lado e à Saúde por outro. Nós aqui, em um evento como esse, podemos construir pontes, criar alianças importantíssimas. Não é uma iniciativa comum juntar assessores e jornalistas no mesmo evento. Geralmente, estão em lados opostos. Por isso, a grandeza desse momento”.

O encontro foi uma oportunidade para que os profissionais pudessem conhecer mais sobre a atividade dos outros. “É muito importante colocar lado a lado o assessor da Saúde e o jornalista da imprensa que cobre Saúde. Faz com que eles conheçam um pouco mais sobre o nosso trabalho. Encurta a distância e as pessoas passam a falar a mesma língua”, assinalou Anderson Acendino, assessor da Secretaria Estadual de Mato Grosso.

O SUS como base da informação ao público de grandes veículos de mídia já é uma realidade. Foi o que apresentou Fabiane Leite, ex- Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo e produtora do programa matutino ‘Bem Estar’, da Rede Globo. “Nosso foco é informação útil de Saúde. Falamos de prevenção e do que está acessível no SUS. O programa acolheu o SUS como foco de suas pautas. Eu me pego algumas vezes pensando como é incrível estar dando certo. Hoje, eu não queria ser uma assessora da indústria farmacêutica. O setor está em crise de credibilidade e a indústria às vezes quer esconder os problemas. Em relação aos planos de saúde, eu não queria estar na pela da assessora da ANS. Enquanto isso, o SUS nos últimos 20 anos está questionando a qualidade e o acesso da população, os recursos e os novos modelos de gestão. Mas o SUS ainda não é visto como um Sistema para todos, nem nos grandes veículos nem regionalmente”, comentou.
Para Fátima Oliveira, médica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e blogueira do ‘Tá lubrinando – escritos da Chapada do Arapari’, a mídia, em geral, retrata o Sistema de forma totalmente equivocada. “O SUS que aparece na mídia é irreal, é como se fosse apenas medicina para pobre. A maior parte dos jornalistas que cobre Saúde não conhece Saúde Pública. Precisamos cobrar a função social do jornalismo.

Por que ele não se coloca na luta pelo SUS? As denúncias têm que ser feitas, os desvios de recursos, mas precisam pensar como a denúncia pode ser transformada em um degrau de apoio ao SUS. A mídia no Brasil tem uma característica muito própria na geração e divulgação da notícia, que é ser uma mídia catastrofista que gosta de divulgar o ruim. Precisamos trabalhar com eficiência e abrir uma outra perspectiva para a mídia. Esse é o grande desafio dos gestores do nosso país”, salientou.

Fonte: Marcos Moura, Ascom/MS

1 Response to “14ª CNS | Comunicadores da Saúde debatem o SUS”


  1. 1 Deusarino de Melo sexta-feira, 2 dezembro, 2011 às 2:58 pm

    Vamos unir-nos e buscar BOPAS NMOTÍCIOAS e divulgá-las. Vamos atrás do que há debom no meio do SUS e informar o público que só tem recebido notícias neghativas e as absorvbe como sendo únicas e por isso o que é bom fica no fundo da panela. Vamos mexer este calderão e mostyrar o que há de bom. SUCESSO!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.166 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: