Arquivo para 9 de junho de 2012

SABATINA MIDIÁTICA

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade.

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade. Jean Baudrillard

@ Profundamente chamuscado pelas brasas das intrigas tramadas por Carlos Augusto Ramos, vulgo Carlinhos Cachoeira, preso desde o dia 29 de fevereiro com seu bando por força das investigações das operações Vegas e Monte Carlo comandadas pela Polícia Federal, o ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Luiz Antonio Pagot, informou ao senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) que deseja depor na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CMPI). Uma decisão que não agrada a alguns membros da comissão.

A ida de Pagot a CPMI é importante porque ele pode esclarecer não só a trama coordenada por Carlinhos Cachoeira para lhe tirar do cargo do Dnit, mas também tornar mais clara as denúncias que fez à revista Isto É, onde disse que havia suspeita de criação de Caixa 2 na obra da Rodoanel para campanha de José Serrá, candidato à Presidência da República pelo partido  ultraconservador, PSDB. Ele pode também afirmar onde foi que contrariou os interesses da empresa Delta quando ocupava o cargo. A empresa também encontra-se sob investigação junto com o mafioso Carlinhos Cachoeira.

Indagado sobre seu interesse em ir depor na CMPI e sobre quem estaria interessado que isso ocorresse, ele respondeu que vai a qualquer hora que lhe convidarem, mas não quis falar sobre quem encontra-se interessado em que não deponha.

“Estou no interior, mas no inteiro dispor da CPMI para prestar depoimento. Não quero falar sobre isso. Só quero mesmo dizer que estou inteiramente à disposição da CPMI para prestar esclarecimento”, disse Pagot.

Por sua vez, o senador Randolfe Rodrigues, falando sobre a ida de Pagot à CPMI disse que ele tem muito o que contribui.

“Ele teria que falar de imediato, pode dar detalhes sobre as relações que existem nos bastidores entre as empreiteiras e os governos estaduais.

Estamos perdendo tempo com quem não quer falar. Por que não ouvir quem quer?”, observou Rodrigues.

As tramas perpetradas por Carlinhos Cachoeira contra Pagot, só foram possíveis de ser conhecidas com as operações da Polícia Federal. Foi mais uma denúncia infundada, muito bem tecida e que Dilma não conseguiu lidar, por isso teve que demitir o diretor-geral do Dnit. Mas naquela época Lula já havia percebido a trama. Inclusive a que derrubou o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento. Tudo isso leva o cidadão a entender a lógica de que governar é também saber o que ocorre no submundo. Ainda mais quando um governo estar envolto de meliantes. Principalmente os que não participam dele como Carlinhos Cachoeira.

@ Ex-presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Renato Maluf, disse que a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, Rio+20, não vai em suas discussões incorporar estratégias para mudanças dos padrões de consumo e produção de alimentos considerados insustentáveis ambientalmente.

Como convidado para participar do debate Diálogos Sustentáveis na Rio+20, ele se deu ao luxo de afirmar que não se encontra otimistas em relação ao encontro que começa na quarta-feira dia 13. Em seu entendimento os governos vão perder uma grande oportunidade em investir na agricultura familiar de base agroecológica, com forte componente para reduzir a desnutrição e a pobreza. Segundo ele, o encontra vai tratar apenas de ações para melhor distribuição de alimentos. Em sua visão a proposta final da Rio+20 relativa à temática de combate à fome está aquém do planeta e da saúde humana como o mal uso da água, o uso dos agrotóxicos nos plantios e menor utilização de recursos naturais como a água,e também a energia elétrica.

“Não tenho grandes expectativas de que as resoluções irão além da preocupação imediata de assegurar abastecimento estável e a preços acessíveis, infelizmente, sem a devida preocupação com a insustentabilidade e as repercussões sociais dos modelos de produção e consumo que prevalecem no sistema alimentar global.

O que não se pode continuar admitindo que a fome no mundo se deva a falta de alimentos produzidos nos atuais modelos insustentáveis e injustos socialmente.

@ A Cúpula dos Povos divulgou as datas e os locais que suas manifestações e protestos paralelos a realização da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável , Rio+20.

A partir das 19 horas, no Aterro do Flamengo, no dia 17, será realizada a Vigília Interreligiosa.  Com a previsão de 4 mil participantes, no dia 18, será a Marcha das Mulheres. A Marcha das Mulheres, sairá às 8 horas do Sambódromo, e percorrer o centro do Rio pelas Avenida Getúlio Vargas, passando pela Rio Branco, até o Museu de Arte Moderna quando os manifestantes farão uma concentração, e em seguida partem para o Largo da Carioca, onde será realizado um ato púbico.

No dia 19, na Praça Tiradentes, ocorrerá uma manifestação artística com vários grupos de teatro de países diferentes, além de outras atrações. No dia 20, com início previsto para às 5h30, ocorrerá a Grande Mobilização, com os participantes sendo transportados por ônibus para a Vila Autódromo, em Jacarepaguá. O ato que se dará paralelamente à reunião de membros da Cúpula dos Povos com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, tem como previsão a participação de 4,5 mil pessoas.

Já no dia 20, ocorrerá a Grande Marcha, com expectativa de 50 mil participantes, que saíra às 15 horas da Igreja da Candelária indo até o Obelisco da Avenida Rio Branco, onde ocorrerão manifestações e discursos.

@ O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou seu calendário eleitoral que determina a data para que os partidos políticos iniciem a indicação de seus candidatos à prefeito, vice-prefeito e vereadores para concorrerem nas eleições deste ano de 2012.

Assim, a partir do dia 10, domingo, os partidos podem iniciar suas convenções. Até o dia 30 de junho os partidos devem decidir sobre as coligações com outras legendas. Pela legislação os pré-candidatos podem realizar propaganda entre seus correligionários até 15 dias antes da convenção. A propaganda só é permitida no local da convenção e em áreas próximas ao local da convenção, e até o dia da convenção. Passada essa data os candidatos devem tirar todos os materiais de propagando sob pena de serem multados.

Também a partir de domingo os candidatos às eleições deste ano que apresentam programas de TV, rádio, e são comentaristas de qualquer meio de comunicação, não podem mais exercer essas funções até o fim das eleições.

Esse artigo da lei eleitoral é suave muito suave. O certo mesmo seria que os apresentadores de programa não pudessem se candidatar. Ou se quisessem se candidatar largassem essa função. Como quase sempre esses programas são estruturados com elementos chantagistas, do tipo religioso, clientelista, ameaçador, explorador de afetos tristes – porque seus apresentadores são tristes -, esses apresentadores levam grande vantagem sobre os candidatos que não são apresentadores em meios de comunicação.

Manaus é um lugar onde esse privilégio corre solto. Vários parlamentares foram eleitos usando este expediente da chantagem afetiva sobre uma população abandonada pelo Poder Público que passou a ser uma fábrica de produção dessas vítimas prontas para servirem esses exploradores.

Com essa lei continuando a vigorar a democracia real, em sua forma representativa, encontra-se longe de se concretizar.

Enquanto o dia das eleições para a Presidência da República da Venezuela, que ocorrerá em outubro, não chega, noticias dando conta de que Chávez, que se encontra em tratamento em Cuba para combater um câncer na região pélvica, encontra-se com os dias contados estão tomando conta dos periódicos ultraconservadores como os do Brasil.

Todavia, esses periódicos não estão nada interessados com a doença de Chávez, salvo para tirar proveito, eles estão é muito preocupados com as pesquisas eleitorais que dão conta de que o presidente da Venezuela já se encontra com sua reeleição garantida.

Segundo pesquisas de opinião, o presidente Chávez tem mais de 15 pontos na frente de seu opositor, Henrique Capriles, candidato da ultradireita e bem visto pelos Estados Unidos. Aliás, tudo que for contra o governo Chávez, é bom para os Estados Unidos. Eles aprovam.

Diante da inevitável e dolorosa verdade, os opositores de Chávez se descabelam acusando os institutos de pesquisas, acusando-os de que estão manipulando resultados. E por sua vez, os camaradas de Chávez, afirmam que a verdade é outra. Os opositores contrataram institutos para divulgares que vai haver fraude nas eleições, e com isso melar o pleito.

Uma trama que os seguidores de Chávez, há muito tempo esclarecido por ele, já conhecem e por isso rechaçam.

Mensalão e CPMI não devem influenciar eleições, diz professor

O professor Fabiano Guilherme Santos, do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ, avalia que “mensalão e CPMI não são temas que constam no horizonte de preocupações do cidadão comum”. Segundo ele, o determinante nestas eleições municipais será a avaliação das administrações locais, variável que vem se consolidando como decisiva desde que a reeleição foi aprovada. “Eleições locais envolvem temas locais que afetam diretamente o dia-a-dia das pessoas”, defende.

Najla Passos

Brasília – Se o eleitorado brasileiro mantiver o pensamento atual, nem o julgamento do processo do mensalão e nem a CPMI do Cachoeira deverão influenciar de forma significativa as eleições municipais deste ano. De acordo com o professor Fabiano Guilherme Santos, do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), esses debates interessam apenas a um percentual da elite, considerado parte quase inexpressiva do eleitorado. 
“As pesquisas que temos observado indicam que mensalão e CPMI não são temas que constam no horizonte de preocupações do cidadão comum. Eleições locais envolvem temas locais que afetam diretamente o dia-a-dia das pessoas que convivem nos municípios”, justifica.

Em relação ao mensalão, ele acredita que uma mudança no cenário ocorrerá se as lideranças petistas, preocupadas com possíveis efeitos do processo, decidirem redimensionar as candidaturas lançadas pela sigla. 
Segundo ele, o PT, maior afetado pelo julgamento, possui grandes planos de ampliação de bases para 2012, o que o colocaria sob grande pressão. “O poder nacional da sigla não tem correspondência no âmbito dos municípios. É o maior partido nacional, com maior número de deputados, segundo maior em senadores, mas o quarto em número de prefeituras”, acrescenta.

Já a CPMI do Cachoeira, na avaliação de Fabiano Guilherme, não deverá provocar impactos significativos porque não envolve diretamente nomes colocados para a disputa. A não ser, claro, que as investigam exponham novos políticos. “Até agora, talvez o Eduardo Paes [candidato à reeleição pelo PMDB], no Rio de Janeiro, saia um pouco arranhado, por causa das suas relações com o governador Sérgio Cabral, do mesmo partido, que é citado nas investigações. Mas é um caso pontual”, avalia.

Segundo ele, a variável decisiva no debate pré-eleitoral continua sendo a avaliação das administrações locais. “Desde que a reeleição foi aprovada, a avaliação é o determinante. Se é boa, a tendência é de reeleição ou, no caso do impedimento desta, da eleição de um sucessor. Se a avaliação é ruim e o atual administrador encara a reeleição, o resultado é mais incerto. O cenário mais interessante, contudo, é quando o prefeito não pode se reeleger e não é bem avaliado. Aí, fica totalmente aberto”, avalia.

Fabiano afirma que este é o caso, por exemplo, da disputa pela prefeitura de São Paulo. “Há uma grande insatisfação com a administração atual, de centro, mas o eleitorado é reconhecidamente conservador. Portanto, o que precisa ser avaliado é se a insatisfação atual é suficiente para fazer decolar uma candidatura de esquerda”, analisa.

Para o professor, no atual momento, o que mais chama a atenção em relação às campanhas municipais é o desinteresse generalizado dos eleitores. “A campanha ainda não começou, o que comprova que elas ocorrem em período de tempo cada vez mais curto no país. Reflexo, também, da institucionalização do processo democrático brasileiro”, acrescenta.

Mensalão e CPMI O STF confirmou, na quarta (6), que o julgamento do mensalão terá início em 1/8, devendo se estender, pelo menos, até meados de setembro, já na véspera do pleito eleitoral. Pelo cronograma aprovado, serão nove sessões, até 14/8,  para as sustentações orais.  No primeiro dia, o ministro relator, Joaquim Barbosa, fará a leitura da síntese do relatório. A seguir, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, terá até cinco horas para sua manifestação.

No dia 2/8, começam as sustentações orais dos 38 réus. Cada advogado terá até 1h para apresentar a defesa no Plenário do STF, com cinco sustentações orais por dia. Em 15/8, deve começar a fase em que serão proferidos os votos dos ministros. Nessa etapa, as sessões serão realizadas três vezes por semana, às segundas, quartas e quintas. Não há previsão de quantas sessões serão necessárias para concluir o julgamento.

A CPMI do Cachoeira, instalada no dia 25/4 para investigar as ligações do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados, ainda patina. Apesar de ter sido considerada uma CPMI diferente, porque partia de investigações já realizadas pela Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF), enfrentou problemas jurídicos e, principalmente, técnicos para ter acesso aos milhares de documentos levantados.

Só o STF enviou à CPMI cerca de mil horas de gravações de conversas telefônicas de membros da quadrilha de Cachoeira, feitas com autorização judicial. Além das mais de 15 mil páginas de inquéritos. Até a semana passada, a exigência de senhas digitais para acesso aos documentos sigilosos atrasou o processo de análise. E a maioria dos depoentes, incluindo o contraventor Carlinhos Cachoeira, tem feito uso do direito constitucional de permanecer calado para não produzir provas contra si mesmo.

Carta Maior

Cachoeira, o empresário da comunicação

Além da influência em grandes veículos da mídia nacional, bicheiro seria dono de, pelo menos, um jornal e duas TVs em Goiás. Em gravações, ele ainda aparece negociando verbas publicitárias públicas e privadas para meios de comunicação. Segundo jornal goiano, além do Canal 5 e do jornal Estado de Goiás, Cachoeira também controlaria a agência de publicidade Maquinária e a TV comunitária do Canal 14. Todas estas empresas funcionam em um mesmo prédio, em Anápolis, também de propriedade de Cachoeira.

Vinicius Mansur

Brasília – Os documentos da Operação Monte Carlo, da Policia Federal (PF), revelam que o bicheiro negociava verbas publicitárias, inclusive oriundas de órgãos públicos, para veículos de comunicação. No dia 2 de março de 2011, às 15:58, Cachoeira é flagrado em conversa telefônica com o ex-presidente do Detran de Goiás, Edivaldo Cardoso. De acordo com a PF, Cachoeria “fala sobre pagamentos a jornais e fala sobre jornal que foi contra Marconi [Perillo, governador de Goiás] (50 da Televisão local de Anápolis e 50 do jornal).”

Matéria do jornal O Globo indica que Cachoeira discutiu com Cardoso a partilha da verba publicitária do Detran, no valor total de R$ 1,6 milhão, e cobrou a fatura pelo apoio à eleição do governador. “Quem lutou e pôs o Marconi lá fomos nós”, diz Cachoeira.

No dia 6 de julho, às 14:29, Cachoeira conversou com o então diretor da construtora Delta no Centro-Oeste, Claudio Abreu, sobre o pagamento de mídia através de carros. Dois pro João e um para Anápolis”, diz o documento.

A televisão a que se refere Cachoeira é o Canal 5 de Anápolis, terra natal do bicheiro. A TV foi contratada para transmitir as sessões da Câmara Municipal. De acordo com o jornal O Anápolis, a concessão do Canal 5 pertence a WCR Produção e Comunicação Ltda. que tem Carlos Antônio Nogueira, o Butina, como sócio majoritário, com 98 % das quotas.
Butina aparece em diversas conversas na investigação da PF que o aponta como “um possível laranja” de Cachoeira. Em 26 de abril, às 14:46, “Carlinhos orienta Botina sobre o que publicar na capa do jornal no dia seguinte“. No dia 29, às 10:47, “Botina pede orientação sobre reportagem no jornal relacionado a problemas entre Fernandinho e a Prefeitura de Anápolis”. No dia 8 de julho, às 11:21, Butina avisa ao bicheiro que “tem uma empresa que quer anunciar, colocar um jornalista pra fazer um trabalho e tal, tal, tal“ e diz que “se for uma proposta decente, aí eu converso com você”.

Segundo O Anápolis, a WCR passou a publicar o Jornal Estado de Goiás a partir de fevereiro de 2009, depois que Cachoeira adquiriu 50% da empresa. Ainda segundo o jornal goiano, além do Canal 5 e do jornal Estado de Goiás, Cachoeira também controlaria a agência de publicidade Maquinária e a TV comunitária do Canal 14. Todas estas empresas funcionam em um mesmo prédio da cidade de Anápolis, na Avenida JK, 2343, também de propriedade de Cachoeira.

Os documentos da Monte Cartlo informam que no dia 4 de julho, às 15:20, “Carlinhos confirma ao Senador Ataides que é dono do Jornal O Estado de Goiás“. Durante a conversa, Ataídes de Oliveira (PSDB-TO), que é primeiro-suplente do senador João Ribeiro (PR-TO) e chegou a assumir o mandato por meses, pediu a Cachoeira “acesso ao seu jornal que hoje é tão bem lido“ .

Outros negócios Pagamentos ao jornal Opção também são citados por Cachoeira em algumas ligações interceptadas pela Monte Carlo. Em uma delas, em 8 de fevereiro de 2012, às 17:58, Geovani, tido pela PF como tesoureiro do esquema, informa ao bicheiro que já era o sexto pagamento feito ao jornal apenas naquele mês.

Em 12 de agosto de 2011, às 14:54, o tesoureiro de Cachoeira é flagrado conversando sobre o pagamento de R$ 15 mil ao jornal Diário da Manhã No dia 2 de maio de 2011, às 18:10, Cachoeira conversa com o Edivaldo Cardoso, ex-presidente do Detran, sobre a”quisição de jornal”. No dia 5 do mesmo mês, ele informa a Cardoso que “conseguiu fazer o negócio do jornal naquele valor“. Entretanto, não fica claro a que veículo eles se referem.

Carta Maior


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.202 hits

Páginas

Arquivos