Arquivo para 15 de junho de 2012

Finalíssima do Pebolzin Afinado

Em um momento do futebol brasileiro em que nem mesmo todo marketing consegue enganar nosso país que temos uma verdadeira seleção , e muito menos forjar um craque mascarado temos que cambiar,surge o torneio do Pebolzin,que pela primeira vez desde Charles Miller traz mudanças no jogar futebolístico.

Neste torneio produzido pelas crianças do Novo Aleixo há várias mudanças nas regras. O campo é dividido em três partes sendo que duas linhas demarcam o meio campo e a zaga. Os atacantes ficam no meio campo e não podem passar destas linhas, enquanto os zagueiros são os únicos que podem correr o campo todo e marcar gol. Caso os atacantes passem durante duas vezes do espaço delimitado o outro time tem direito a um tiro direto sem barreira.

Outra regra importante é que não pode levantar a bola, atitude que será punida com um tiro direto com o zagueiro na barreira de pernas abertas. Nesta grande final foi decidido mais uma regra: em caso de falta, o adversário tem direito a chute direto de costas para o gol.

E assim o Pebolzin chegou neste último domingo em sua rodada final e após mais de 30 jogos definiu seus gloriosos campeões de cada categoria. O torneio que movimentou o bairro do Novo Aleixo após ao cinema ficou mais competitivo em cada rodada, despontando nov@s craques. A fase final foi disputada entre as equipes que venceram as partidas nas outras rodadas.

A finalíssima começou com a os jogos da categoria “Gente jovem reunida” que incluie os rapazes de estatura grande. O primeiro jogo foi o desempate das duplas Leandro e Diego X David e Jonas, que rendeu uma vitória tranquila para os primeiros pelo placar de 3X1, que se classificaram para o jogo final. Veja os dois tempos nos vídeos abaixo.

O próximo jogo era entre as duplas Michael Douglas e Maurício “Leca” X Anderson “Vizinho” e Israel. Com um jogo bastante disputado durante o tempo normal a partida permaneceu empatada, sendo que com as cinco cobranças de penaltis para cada, houve a vitória da dupla Vizinho e Israel que jogaram a grande final contra Leandro e Diego.

A final da categoria “Gente jovem reunida”reuniu os mais habilidosos jogadores de Pebolzin, porém foi umapartida que rapidamente se definiu a partir da atuação impecável da dupla Leandro (na foto acima com a bola) e Diego que golearam a dupla adversária em 3 X 0, sendo os primeiros campeões.

O torneio continuou com a categoria ” Pebolzin em Devir-mulher “, que desde o começo mostra que as garotas jogam pebol de alto-nível, criando uma dura concorrência entre os times. Por isso como dizia Gonzaguinha: Matilda, no campo do adversário é bom jogar com muita calma procurando pela brecha pra poder ganhar.

A primeirapartida foi entre Vitória e Lohana X Bia e Taís que disputaram uma vaga na grande final. E como já tinha sido mostrado desde o início do campeanato, a dupla Lohana e Vitória com suas jogadas e toques precisos garantiram sua vaga na finalíssima com o placar de 2X0.Veja a partida no vídeo abaixo.

E a grande final da categoria ” Pebolzin em Devir-mulher “reuniu as duplas Daniele e Hayssa X Lohana e Vitória. Em uma das partidas mais emocionantes as duas equipes mostraram um grande desempenho técnico e racional com la pelota nos pés.

E a partida terminou com um magro placar de 1 X 0 para Lohana e Vitória que se sagraram as campeãs.

Por fim foi decidido o título da categoria ” Pebolzin criança” que reuniu os garotos menores que mostraram que no Pebolzin não tem idade, indo desde os grandes aos menorzin. O jogo da final envolvia as duplas Biel e Kalian Chumbinho X Junior e Cleudson. Depois de uma partida exaustiva que ficou empatada, a decisão ficou voltada para a cobrança de pênaltis. Após cinco chutes para cada o placar continuava zerado, em uma demonstração de cansaço das duas equipes. Foi então dado três chutes extras para cada que definiu como campeão a dupla Biel e Chumbinho.

Foto dos campeões nas três categorias
Em Pé: Diego, Leandro e Biel
Agachados: Vitória, Lohana e Kalian Chumbinho

Por fim os campeões da categoria “Gente jovem reunida” participou de um amistoso junto aos craques masters Washigton pretinho e Anderson. A partida fechou com grandiosidade o campeonato Pebolzin que promete voltar em outra oportunidade com outras produções além do futebol que vem sendo tão maltratado. A premiação do torneio ocorre no final deste mês.

E depois de tanto pebol, suor, gols e craques foi hora de distribuir a tradicional pipoca com suco e para adoçar a existência pebolísitica a consistente Maria Mole entrou em campo paraque a existência pebolística de todos continuecheia de produções e disposições.

SUBCOMITÊ DE PREVENÇÃO DA TORTURA DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS DIZ QUE A TORTURA ENCONTRA-SE DISSEMINADA NO BRASIL

O Subcomitê de Prevenção da Tortura (SPT) da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou ontem, dia 14, um relatório onde afirma que no Brasil a prática de tortura encontra-se disseminada. De acordo com o relatório, a tortura é praticada indiscriminadamente em função da impunidade dos agentes públicos que a praticam Há uma cultura de aceitação da prática de tortura no Brasil.

Para elaborar o relatório, membros do SPT visitaram, entre os dias 19 e 30 de setembro, do ano de 2011, os estados de Goiás, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro, os presídios e realizaram reuniões com autoridades governamentais, com o sistema ONU no Brasil, e com a sociedade civil. Nas visitas foi possível constatar cadeias em situação precária, superlotação, falta de agentes carcerários, muitos casos de tortura, corrupção e controle de milícias.

O relatório mostra uma grande preocupação com o fato da atual estrutura institucional no Brasil não apresentar proteção contra a tortura e os maus-tratos. O relatório destaca como um dos pontos principais da visita a falta de médicos nos presídios. Além de carência de remédios e equipamentos. Outro ponto é a carência jurídica. Grande parte da população carcerária não tem acesso ao direito que lhe é atribuído constitucionalmente. Também as penas alternativas que são evitadas por alguns juízes, mesmo para réus primários.

“A equipe médica era insuficiente e incluía detentos não qualificados para prestar serviços. Por exemplo, em uma prisão visitada, o SPT foi informado de que havia somente um médico, uma vez por semana, para atender 3 mil prisioneiro.

Infelizmente, o SPT detectou muitos problemas semelhantes aos identificados nas vistas anteriores, ainda que tenha havido progresso em algumas áreas específicas”, diz trecho do relatório.

De acordo com Ana Paula Moreira, coordenadora-geral de Combate à Tortura da Secretaria dos Direitos Humanos, o governo federal ainda se encontra elaborando o documento que enviará à ONU. Ela disse ainda, que o governo federal irá investir, nós próximos três anos, R$1,1 bilhão na criação de 42,5 mil vagas nos presídios e cadeias, sendo 15 mil para as mulheres, e 27,5 para os homens. De acordo com o Programa Nacional de Apoio ao Sistema Prisional.

“O que temos visto é que os ministérios já têm se articulado. É algo que já vem sendo construído  há algum tempo.

É horrível falar de um plano que aumenta vagas, mas ele não está isolado. Há ações de outras pastas que tratam desta questão do sistema prisional em si. Tanto os relatórios nacionais quanto os internacionais vão possibilitar um diagnóstico. Para a criação de políticas públicas, a gente precisa ter dados e diagnósticos para fazer essa discussão”, disse Ana Paulo moreira.

O filósofo Spinoza diria que uma sociedade alcança a beatitude democrática quando os homens conseguem se libertar de todas formas de tirania. Vendo o Brasil como um país onde a prática da tortura encontra-se disseminada, pode-se acreditar, com Spinoza, que ele se encontra distante de ser um país onde a tirania não prevalece. Isto porque a tortura é a mais indigna degradação da condição humana, visto que o torturador é um degenerado psicopata que só tem prazer infligindo dor ao outro. Ato produzido por sua impotência ontológica por seu medo de existir junto com o outro, em função de ter sido privado na infância dessa referência humana. E um Estado que o protege tem o mesmo grau de patologia, e jamais será democrático. 

TEMENDO A CASSAÇÃO, DEMÓSTENES, ENTRA NO STF COM MANDADO PARA SUSPENDER PROCESSO NO CONSELHO DE ÉTICA

Ciente que seu pedido de cassação será apresentado pelo relator de seu processo, Humberto Costa (PT/PE), na segunda-feira, os advogados do senador Demóstenes Sem Partido Torres, amicíssimo do mafioso Carlos Augusto Ramos, vulgo Carlinhos Cachoeira, preso junto com seu bando pela Polícia Federal em 29 de fevereiro por força das operações Vegas e Monte Carlo, entrou com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a conclusão do processo contra seu constituinte no Conselho de Ética.

Os advogados do amicíssimo de Carlinhos Cachoeira usaram como estratégia para conseguir obstruir a conclusão do processo, o argumento de que houveram ilegalidades nas interceptações telefônicas realizadas pela Polícia Federal que estão sendo usadas como provas contra o ex-campeão da moral parlamentar, que o estão envolvendo com o mafioso.

Eles disseram também que há indícios de fraude na edição das escutas. Para os advogados, as tentativas para provar as ilegalidades das escutas estão sendo barradas pelos senadores que atendem “a inclinações políticas nocivas à presunção de inocência”. Dizem também que o processo está atropelando prazos processuais que não estão sendo respeitados.

Diante das claras provas apresentadas pela Polícia Federal, mostrando através das gravações a relação íntima do senador Demóstenes com o contraventor, mesmo com ele agora negando, os advogados desesperam para livrar seu constituinte, mas o enredo parece já ser conhecido.

Por sua vez, analisando o recurso impetrado pelos advogados de Demóstenes, o relator do processo Humberto Costa, afirmou que os advogados pretendem é “atropelar o Conselho de Ética”.

“O objetivo dese pedido é atropelar o Conselho de Ética. A consequência disso é que se o Supremo admitir essa liminar, nós vamos correr o risco seríssimo de não haver do Senado no Conselho de Ética, antes do recesso parlamentar.

Trata-se de uma medida claramente protelatória. Em nenhum momento o Conselho de Ética deixou de garantir o direito à defesa do senador. Mas pelo contrário. Todas as demandas dele foram debatidas, discutidas, nós demos resposta. Ele condição de se manifestar em todos os momentos, em todos os passos que o Conselho de Ética deu. Os prazos estão sendo rigorosamente respeitados. Em nenhum momento nós atropelamos qualquer prazo da defesa”, afirmou o relator.

Também comentando o recurso dos advogados do senador ex-campeão da moral parlamentar, o presidente do Conselho de Ética, Carlos Valadares (PSB/SE), disse não haver motivo para a suspensão do processo, visto “que o conselho cumpriu a risca todos os procedimentos legais”.

“A meu ver não existe nenhuma razão para justificar esse pedido visto que não houve cerceamento de defesa.

Se houver alguma decisão judicial, claro que vamos cumprir, mas a reunião está confirmada para a próxima segunda para que nós possamos ler e votar o relatório”, disse Valadares. 

NOTÍCIA PÉSSIMA PARA OS INIMIGOS DE LULA: O CÂNCER JÁ ERA!

O ex-presidente Lula foi até o Hospital Sírio-Libanês para retirar um cateter que lhe foi inserido como elemento de seu tratamento para combater um câncer na laringe, e também fazer alguns exames. Resultado: o cateter foi retirado, e os médicos concluíram que Lula encontra-se curado. Uma péssima notícia para os que são contra seu posicionamento histórico em relação à saúde dos povos.

Embora muito bem, Lula, não deverá se exceder nos discursos. Por isso, seu médicos lhe impuseram economia no uso da voz. Nada de ir para Rio+20, e escancarar a garganta. É preciso dar um tempo em função dos exames na laringe que foi submetido ontem.

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado na última quarta-feira, 13 de junho, para retirada do cateter subcutâneo implantado há sete meses, por meio do qual recebeu o tratamento quimioterápico que fez parte do bem-sucedido tratamento para curar o câncer de laringe diagnosticado em outubro do ano passado. Foi submetido a exames e a uma biópsia, que confirmaram não haver mais nenhum vestígio da doença.

O ex-presidente reduzirá as atividades que demandem o uso contínuo da voz na Rio+20, e acancelou a sua participação, no sábado, na inauguração da Arena Socioambiental. Sua prioridade, agora, é seguir as recomendações médicas para se restabelecer definitivamente dos efeitos colaterais do duro tratamento a que foi submetido nos últimos meses”, diz a nota divulgada pela sua assessoria de imprensa.

 

ÍNDIOS SE APRESENTAM NA ALDEIA KARI-OCA, EVENTO PARALELO À RIO+20

A Colônia Juliano Moreira, em Jacarepaguá, vem sendo território de apresentação de índios de várias etnias que compõem a aldeia Kari-Oca que é um evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20.

Na ocasião, além de apresentarem suas expressões culturais originais, os índios também manifestam suas preocupações em relação à dita sociedade civilizada que vem cada vez mais diminuindo seus territórios e alienando suas expressões. Eles reivindicam outras formas de tratamentos pela sociedade branca que detém um tecnologia que bem pode proteger como destruir.

Vários deles realizaram rituais próprios de seu povos, com a participação de adultos, jovens e crianças. Para todos os participantes os índios têm demonstrado uma grande força para mudar o panorama atual do homem branco em relação ao meio ambiente. 

                  

“Países em desenvolvimento podem evitar erros dos desenvolvidos”, diz presidente do Comitê Econômico e Social Europeu

Em entrevista à Carta Maior durante a Rio+20, o finlandês Staffan Nilsson, presidente do Comitê Econômico e Social Europeu (EESC, na sigla em inglês), organismo vinculado à União Europeia, disse que os países ricos devem assumir mais os custos da crise ambiental. Ele defendeu, porém, que os os emergentes absorvam as inovações de “tecnologia verde” já existentes, para evitar erros do passado. “Todos devemos agir juntos”, afirmou.

Igor Ojeda

Rio de Janeiro – Estabelecido em 1958, o Comitê Econômico e Social Europeu (EESC, na sigla em inglês), organismo vinculado à União Europeia, vem discutindo sistematicamente as questões relacionadas à Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável), que começou dia 13 e vai até 22 de junho.

O finlandês Staffan Nilsson, seu presidente, está otimista quanto aos resultados da cúpula. Ele acredita que o peso da sociedade civil no evento pode forçar um bom acordo sobre o enfrentamento à crise ambiental.

Embora faça um apelo para que todos – países em desenvolvimento e desenvolvidos – ajam juntos, Nilsson – que participa de um encontro da Associação Internacional de Conselhos Econômicos e Sociais e Instituições Similares – admite que os últimos devem assumir a maior parte da responsabilidade e aconselha as nações emergentes a aprenderem com os erros históricos dos países ricos. 

“Todo mundo deveria contribuir o máximo possível. Mas claro que os ricos podem atuar de um modo diferente, assumir mais do custo”, diz ele, que, além de antigo colaborador do EESC, é produtor rural em seu país. Leia a seguir os principais trechos da entrevista.

Carta Maior – Qual é sua expectativa para a Rio+20? Staffan Nilsson – Existe algum compromisso, um roteiro a ser seguido. Os países realmente querem chegar a um acordo razoável sobre desenvolvimento sustentável.
CM – Mas, levando-se em conta os diferentes pontos de vista existentes, o senhor vê possibilidade de esse acordo sair? SN – Se você puser todos os países do mundo juntos, sempre haverá diferenças. A solução é se comprometer, tentar se entender. Você não pode apenas expressar sua posição, você tem que entender a posição dos outros. E, como os negociadores estão se agrupando em blocos, acho que ainda é preciso haver um forte progresso, é preciso acelerar o processo para que, quando comece a conferência dos chefes de Estado [de 20 a 22 de junho], tenham poucas questões pendentes a solucionar. Deve-se solucionar o máximo possível de questões antes que cheguem os chefes de Estado. Mas eu quero ser otimista. Fiquei feliz que a União Europeia vem tentando desempenhar um papel muito forte e que tem falado em uma só voz. Eu espero que nossos parceiros no mundo, os grandes atores como a China e o Brasil, também desempenhem um forte papel. Nós focamos em quatro áreas principais. A principal preocupação é o desenvolvimento. Você sabe que no Brasil ainda é preciso tirar pessoas da pobreza. O segundo ponto é que queremos um acordo sobre direitos trabalhistas, trabalho decente e segurança. Terceiro: queremos um roteiro sobre uma economia verde. Precisamos ter um desenvolvimento econômico que não tenha apenas o PIB [Produto Interno Bruto] como indicador. O último ponto é o envolvimento da sociedade civil, porque há atores na base. Precisamos de todas as pessoas para forçar a execução desses acordos. Acho que as organizações da sociedade civil podem desempenhar um papel crucial apoiando as boas decisões políticas na Rio+20, pois os políticos normalmente querem ser reeleitos. Se sair um acordo, o EESC quer apoiar os líderes políticos que o firmarem.

CM – Então o senhor acha que a sociedade civil tem o poder de fazer os líderes executarem as políticas que ela quer? SN – Acho que temos sim. Se agirmos juntos, se ouvirmos os diferentes atores da sociedade civil. Pode haver diferentes mensagens, mas existem milhares de pessoas que querem que tenhamos um bom resultado, que assegure um desenvolvimento sustentável para o futuro. E precisamos disso. Haverá custos, mas será muito mais barato prevenir do que pagar quando houver uma catástrofe natural. Veja o que vem acontecendo com os países que estão sendo inundados pela água do mar.

CM – Alguns setores da sociedade civil criticam a economia verde. Dizem que é uma maneira mais de se lucrar com a crise climática. O que o senhor acha disso? SN – Não acho que a economia verde em si proteja algum país rico em particular. No campo dos negócios, alguns já estão agindo. Não esperam a legislação. Acredito que precisamos de atores da sociedade civil e dos negócios… mas é claro que são necessários acordos sobre uma legislação que regule isso. Porque todos podem contribuir. Claro que entendo que os países em desenvolvimento têm que ter responsabilidades diferentes dos desenvolvidos, mas temos que agir juntos.

CM – Então o senhor concorda com o ponto de vista dos países emergentes de que as nações ricas devem assumir maior responsabilidade em relação à crise ambiental? SN – Todo mundo deveria contribuir o máximo possível. Mas claro que os ricos podem atuar de um modo diferente, assumir mais do custo. Por outro lado, as possibilidades em inovação, em tecnologia verde, já estão lá. Os países em desenvolvimento podem evitar os erros cometidos pelos desenvolvidos. Erros que poderiam ter sido evitados com o conhecimento que temos hoje. Mas é claro que os pobres têm que sair da pobreza.

CM – Os países em desenvolvimento argumentam que os países ricos devem mudar seus padrões de consumo e produção. SN – Devemos. Falamos de produção sustentável, consumo sustentável. Uma ferramenta que poderia ser usada muito mais, tanto para os serviços quanto para os produtos, é a pegada ecológica. Observar um produto do começo até o fim e definir qual é sua pegada ecológica… onde você pode economizar recursos. É a melhor maneira de comparar um produto com outro.

Fotos: Divulgação

Carta Maior

Economia verde emperra documento oficial da Rio+20

No segundo dia das reuniões preparatórias para a redação do documento oficial da conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a falta de uma definição do que é a economia verde manteve em ritmo lento a evolução do texto que os chefes de estado devem ratificar no próximo dia 22. O embaixador Luiz Figueiredo Machado, negociador-chefe do Brasil na conferência, reafirmou que o texto original é o objetivo, mas sinalizou que toda a diplomacia possível será utilizada para um consenso.

Rodrigo Otávio

Rio de Janeiro – No segundo dia das reuniões preparatórias para a redação do documento oficial da conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, a falta de uma definição do que é a economia verde manteve em ritmo lento a evolução do texto que os chefes de estado devem ratificar no próximo dia 22. Esta sexta-feira (15) é o terceiro é último dia de conversas para os diplomatas chegarem a um acordo nos encontros do Riocentro e apresentarem o texto. Caso o texto não seja apresentado, na teoria, os diplomatas seguem trabalhando para um documento ser oficializado pela ONU ainda no Brasil; na prática, como já se comenta pelos corredores do Riocentro, significa o fracasso da parte oficial do encontro.

“Eu quero ser muito claro, o Brasil não apresentará novos textos desde que exista o texto da negociação. É muito natural que em conferências desse porte surjam rumores de que o país sede tem um texto na manga e que na última hora apresentará. Não é o caso”, afirmou na quinta-feira o embaixador Luiz Figueiredo Machado, negociador-chefe do Brasil na conferência, aparentemente “esticando a corda” por uma definição entre os países.

Durante entrevista coletiva, Figueiredo reafirmou que o texto original é o objetivo, mas sinalizou que toda a diplomacia possível será utilizada para um consenso . “O Brasil trabalha com o texto que é o fruto das várias rodadas de negociação. Porém, é natural que em sua função de presidência o Brasil busque auxiliar a negociação em um sentido de sugerir para casos específicos, onde não haja acordo, opções de solução”, disse.

O diretor de Desenvolvimento Sustentável do departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU , Nikil Seth, supervisor das reuniões de quinta-feira, reconheceu que as diversas pendências em casos específicos são fruto de uma impossibilidade de comprensão comum do conceito de economia verde, que possibilite o marco institucional. “O que significa a economia verde para cada país? Para o Brasil é uma coisa, para os países árabes outra e para os países nórdicos uma terceira”, exemplificou.

Pobreza Seth afirmou que “pela primeira vez a ONU vai negociar a redação do texto para direcionar a ideia de economia verde para o desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza. E este tema amplo será explicitado neste documento, porque a pobreza é muito maior do que chegar a um acordo”. Segundo observadores da negociação presentes à entrevista coletiva do diretor, nas entrelinhas da fala de Seth é possível a percepção de como anda a queda de braço entre países ricos, liderados pelos Estados Unidos, e o G77, do qual o Brasil faz parte, sobre a inclusão ou não da palavra “extrema” antes de pobreza na redação final do documento. Ao citar “explicitado”, o diretor teria sinalizado que os EUA, na quinta-feira, levavam vantagem.

Conta Outra ponto que seguia controverso nas negociações de quinta-feira era a questão das responsabilidades comuns porém diferenciadas. O tema é fruto dos Princípios do Rio, quando durante a conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente, a Eco-92, ficou acordado que todas as nações deveriam buscar novos paradigmas de desenvolvimento e preservação da natureza, porém, no custo desses novos paradigmas, as nações que aceleraram o padrão de produção e consumo a partir de maior degradação ambiental, notadamente os países ricos, deveriam contribuir com uma quantia maior. Com a atual crise econômica, os países ricos pleiteiam “novos tempos, partindo do zero”.

Carta Maior

Manifesto – LGBT na Rio+20 / LGBT Manifesto at Rio+20

Manifesto  LGBT na Rio+20    

Ato  “Intolerância Não Se Sustenta”

Data: Domingo, dia 17 de junho de 2012   Horário: 11 horas da  manhã

Local: Posto 08 na Praia de Ipanema, Rio de Janeiro,  Brasil

“Por um mundo  sustentável e inclusivo, sem discriminação e  violência”                                                          

Video Convite – Facebook: https://www.facebook.com/events/316859401728860/

http://www.youtube.com/watch?v=wwufQ3mIxpI&feature=youtu.be

A ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais,  entidade com status consultivo no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas – se soma ao Fórum de Grupos LGBT do Estado do  Rio de Janeiro, à Comissão de Combate à  Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro, demais entidades e comunidades na  realização do Ato Unificado pela liberdade religiosa de judeus/judias,  pessoas de matriz africana e da fé Bahá’i, entre outras, bem como o combate à  intolerância e violação dos direitos humanos, em especial de negros(as),  mulheres, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT).

A Rio+20,  Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que contará com  a representação de todos os países membros da ONU, é uma oportunidade ímpar para  chamar a atenção e se manifestar contra a intolerância que predomina em  determinados países, inclusive contra a população LGBT.

40% dos 193  Estados Membros da ONU ainda criminalizam a homossexualidade. São 78 países em  que a homossexualidade é crime. Ainda, em cinco países (Arábia Saudita, Iêmen,  Irã, Mauritânia, Sudão) e partes da Nigéria e da Somália a homossexualidade é  punida com a pena de morte. (Fonte: ILGA)

Um exemplo  típico da intolerância contra LGBT é o Irã:

Estima-se que mais de 4.000 homens gays e mulheres  lésbicas já foram executados desde a revolução Islâmica de 1979. Muitos outros  foram torturados e detidos. O presidente Ahmadinejad já  declarou em várias ocasiões que não existem homossexuais no Irã. Em abril de  2012, um clérigo Iraniano criticou os homossexuais e a legalização de direitos  dos gays no Ocidente, declarando que “os homossexuais e os políticos pró-gays  são inferiores aos animais.”

Exemplos de respeito à população LGBT:

Por outro  lado, 30 países reconhecem as uniões homoafetivas (entre pessoas do mesmo sexo),  sendo que 10 destes países reconhecem o casamento igualitário. 57 países possuem  legislação específica que protege a população LGBT contra violência e  discriminação. (Fonte: ILGA)

Argentina: No governo  Cristina Kirchner foi aprovado em 2010 o casamento igualitário para casais do  mesmo sexo e, em 2011, foi sancionada a lei de Identidade de Gênero, segundo a  qual travestis e transexuais poderão alterar o sexo no registro civil e o  sistema de saúde terá que proporcionar tratamento para adequação.

Brasil: Em 2011 o  Supremo Tribunal Federal equiparou as uniões estáveis homoafetivas às uniões  heterossexuais. O país tem políticas públicas de combate à homofobia e de  promoção dos direitos das pessoas LGBT. Possui um Plano, uma Coordenação e um  Conselho Nacional LGBT estabelecidos pelo Governo Lula.

Estados  Unidos: O governo  Obama vem trabalhando para eliminar todas as formas de discriminação contra os  homossexuais nas Forças Armadas, o presidente se manifestou favorável ao  casamento entre pessoas do mesmo sexo, além do governo estar se posicionando  internacionalmente pela igualdade e pelo fim da violência e discriminação contra  a população LGBT. 

É necessário e  urgente que sejam cumpridas por todos os Estados Membros da ONU as recomendações  do Relatório encomendado  pela Alta Comissária para Direitos Humanos, discutidas no Conselho de Direitos  Humanos da ONU em março de 2012: “Legislação e práticas discriminatórias e  violência contra as pessoas com base em sua orientação sexual e identidade de  gênero (A.HRC.19.41).”

Contatos /  Informações Adicionais:

Júlio Moreira,  Secretário do Fórum  de Grupos LGBT do Estado do Rio de  Janeiro: 21 9318 0047

Yone Lindgren,  Vice-Presidente da ABGLT:  21 9854  8764

Toni Reis,  Presidente da ABGLT: 61 8181 2196

Márcio Marins: 41 9109 1950

Fontes: ILGA: http://ilga.org/ilga/pt/article/nxFKFCd1iE

ONU Relatório A.HRC.19.41: ohchr.org/english/bodies/hrcouncil/docs/19session/A.HRC.19.41_Spanish.pdf 


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.020 hits

Páginas

Arquivos