Arquivo para 25 de julho de 2012

TESTEMUNHAS CONFIRMAM ESQUEMA CRIMINOSO CHEFIADO POR CARLINHOS CACHOEIRA

As testemunhas de acusação da organização criminosa chefiada pelo contraventor Carlos Augusto Ramos, Carlinhos Cachoeira presos com sua gangue pela Polícia Federal em decorrência das operações Monte Carlo, o policial federal Fábio Alvarez e o também policial federal, Luiz Carlos Pimentel, que depuseram ontem, dia 24, na Justiça Federal de Goiânia, afirmaram que realmente existiu a organização.

Fábio Alvarez, que trabalho como analista das escutas da Operação Monte Carlo, e que foi o primeiro a depor, afirmou que as investigações tornaram evidente a existência da organização criminosa chefiada pelo contraventor Carlinhos Cachoeira, e que ele pagava “mesadas” para policiais civis e militares.

Ele afirmou também que o policial federal assassinado semana passada em um cemitério, em Brasília, diante do túmulo dos pais, Wilton Tapajós, foi abordado por policiais militares quando ele investigava as atividades de Cachoeira. Para Alvarez estes militares podem estar envolvidos com a organização de Cachoeira.

Por sua vez, o policial federal Luiz Carlos Pimentel, confirmou tudo que Alvarez havia afirmado, e detalhou os trabalhos das escutas. Ele negou que Fernando Byron, delegado da Polícia Federal estivesse infiltrado no grupo de Cachoeira por ordem da Polícia Federal. Byron é acusado de vazar acusações sigilosas para a quadrilha de Cachoeira.

A oitiva tinha como propósito ouvir 14 pessoas, mas não foi possível. Desta forma, os depoimentos devem esticar até amanhã, quinta-feira. O processo que tem mais de 8º réus foi desmembrado em duas partes para que fosse possível agilizar  a tramitação em relação aos que se encontravam detidos preventivamente,   

MINISTRA DIZ QUE MENSALÃO NÃO PODE SER JULGADO SOB PRESSÃO

A ministra Eliana Calmon, corregedora nacional de Justiça disse em entrevista que o julgamento do chamado mensalão não deve ceder às pressões sobre as eventuais condenações ou absolvições dos 38 réus da Ação Penal 470.

Para a ministra, o julgamento que começa no dia 2 de agosto, deve decorrer livremente de acordo com os pressupostos que conduzem a Justiça. Para ela a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) deve estar embasada em argumentos capazes de convencer a chamada opinião pública do veredito. E segundo a ministra, os meios de comunicação tem grande responsabilidade no processo de esclarecimento da população.

“Não há absolutamente (maneira) da gente achar que ( o STF) só se sairá  bem se condenar ou não se sairá bem se não condenar. Isso não existe, Porque se fosse assim, não precisava julgar.

O povo precisa ficar convencido pelos argumentos a serem usados pelo Supremo Tribunal Federal, mostrando porque está absolvendo e mostrando porque está condenando”, sentenciou a ministra Eliana Calmon.

 

UNASUL CONFIRMA QUE SUSPENSÃO DO PARAGUAI SÓ ACABARÁ QUANDO FOREM REALIZADAS ELEIÇÕES LIVRES E DEMOCRÁTICAS

Embora haja por parte da Organização dos Estados Americanos (OEA) uma imposição para que o governo atual do Paraguai, que destituiu o ex-presidente Fernando Lugo do cargo maior do país, seja tido como legítimo, entidades internacionais como o Mercosul e a Unasul, voltam a reafirmar que o governo de Federico Franco recorreu à um expediente antidemocrático para tomar o poder demonstrando uma violência contra os direitos democráticos que até então predominava no país.

Pensando dessa forma, a União das Nações Sul-Americanas (Unasul) junto aos seus representantes reafirmaram que as condições para que o Paraguai possa ser novamente aceito nas duas entidades internacionais é que o governo realize em abril, data para as próximas eleições, um pleito eleitoral livre, transparente, justas, respeitando a liberdade política, a liberdade de expressão e com a participação de vários partidos. Acima de tudo livremente democrática.

A afirmação foi feita no Peru, onde os representantes sul-americanos estão reunidos, visto ser o Peru atualmente o presidente rotativo da entidade. As informações foram dadas pelo presidente do grupo de alto nível da Unasul, Salomon Lerner Ghitis que monitora a situação política do Paraguai cuja intenção é recolher informações nas embaixadas do Paraguai na região.

“O objetivo do apelo da Unasul é garantir um processo democrático e transparente eleitoral”, disse Salomon Lerner. 

A blogofobia de José Serra

Por Leandro Fortes

A blogosfera e as redes sociais são o calcanhar de Aquiles de José Serra, e não é de agora. Na campanha eleitoral de 2010, o tucano experimentou, pela primeira vez, o gosto amargo da quebra da hegemonia da mídia que o apóia – toda a velha mídia, incluindo os jornalões, as Organizações Globo e afins. O marco zero desse processo foi a desconstrução imediata, online, da farsa da bolinha de papel na careca do tucano, naquele mesmo ano, talvez a ação mais vexatória da relação imprensa/política desde a edição do debate Collor x Lula, em 1989, pela TV Globo. Aliás, não houvesse a internet, o que restaria do episódio do “atentado” ao candidato tucano seria a versão risível e jornalisticamente degradante do ataque do rolo de fita crepe montado às pressas pelo Jornal Nacional, à custa da inesquecível performance do perito Ricardo Molina.

A repercussão desse desmonte midiático na rede mundial de computadores acendeu o sinal amarelo nas campanhas de marketing do PSDB, mas não o suficiente para se bolar uma solução competente nas hostes tucanas. Desmascarado em 2010, Serra reagiu mal, chamou os blogueiros que lhe faziam oposição de “sujos”, o que, como tudo o mais na internet, virou motivo de piada e gerou um efeito reverso. Ser “sujo” passou a ser um mérito na blogosfera em contraposição aos blogueiros “limpinhos” instalados nos conglomerados de mídia, a replicar como papagaios o discurso e as diatribes dos patrões, todos, aliás, alinhados à campanha de Serra.

Ainda em 2010, Serra tentou montar uma tropa de trolls na internet comandada pelo tucano Eduardo Graeff, ex-secretário-geral do governo Fernando Henrique Cardoso. Este exército de brucutus, organizado de forma primária na rede, foi facilmente desarticulado, primeiro, por uma reportagem de CartaCapital, depois, por uma investigação do Tijolaço.com, blog noticioso, atualmente desativado, do ministro Brizola Neto, do Trabalho.

Desde então, a única estratégia possível para José Serra foi a de desqualificar a atuação da blogosfera a partir da acusação, iniciada por alguns acólitos ainda mantidos por ele nas redações, de que os blogueiros “sujos” são financiados pelo governo do PT para injuriá-lo. Tenta, assim, generalizar para todo o movimento de blogs uma realidade de poucos, pouquíssimos blogueiros que conseguiram montar um esquema comercial minimamente viável e, é preciso que se diga, absolutamente legítimo.

Nos encontros nacionais e regionais de blogueiros dos quais participo, há pelo menos três anos, costumo dar boas risadas com a rapaziada da blogosfera que enfrenta sozinha coronéis da política e o Poder Judiciário sobre essa acusação de financiamento estatal. Como 99% dos chamados blogueiros progressistas (de esquerda, os “sujos”) se bancam pelo próprio bolso, e com muita dificuldade, essa discussão soa não somente surreal, mas intelectualmente desonesta. Isso porque nada é mais financiado por propaganda governamental e estatal do que a velha mídia nacional, esta mesma que perfila incondicionalmente com Serra e para ele produz, não raramente, óbvias reportagens manipuladas. Sem a propaganda oficial do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e da Petrobras, todos esses gigantes que se unem para defender a liberdade de imprensa e expressão nos convescotes do Instituto Millenium estariam mendigando patrocínio de açougues e padarias de bairro para sobreviver.

Como nunca conseguiu quebrar a espinha dorsal da blogosfera e é um fiasco quando atua nas redes sociais, a turma de Serra tenta emplacar, agora, a pecha de “nazista” naqueles que antes chamou de “sujo”. É uma estratégia tão primária que às vezes duvido que tenha sido bolada por adultos.

Um candidato de direita, apoiado pelos setores mais reacionários, homofóbicos, racistas e conservadores da sociedade brasileira a chamar seus opositores de nazistas. Antes fosse só uma piada de mau gosto.

Leia mais no Blog do Leandro Fortes

PSDB: O Estado-anunciante e a liberdade suja

A representação do PSDB ao Procurador Geral Eleitoral contra blogs que criticam suas lideranças e agenda partidária, é um pastel revelador. O recheio exala as prendas do quituteiro; a oleosidade da fritura qualifica o estado geral da cozinha. Na primeira mordida fica explícito que a referência de ‘bom’ jornalismo do PSDB é a revista VEJA, uma ferradura editorial adestrada  para escoicear três dimensões da sociedade: agendas progressistas;  lideranças que as representem; governos que lhes sejam receptivos.

Curto e grosso, o poder tucano pleiteia a asfixia publicitária – com supressão de publicidade estatal -de qualquer outra forma de imprensa que não se encaixe no tripé que o espelha. A singular concepção de pluralidade afronta boa parte dos sites e blogs alternativos que se reservam o direito de exercer a crítica política da sociedade e do desenvolvimento de uma perspectiva não conservadora. ‘São blogs sujos’, fuzila a representação tucana, cuja coerência não pode ser subestimada. Há esférica sintonia entre a forma como o PSDB se exprime e o higienismo de uma prática que São Paulo, a ‘cidade limpa’, tão bem  conhece.

O tema da publicidade estatal mereceria um discernimento mais amplo do que o reducionismo estreito do interesse eleitoral tucano. O Estado deve se comunicar com a sociedade. A comunicação deve se pautar pelo interesse público. Campanhas educativas e institucionais não podem ser confundidas com propaganda partidária, nem servir aos seus interesses, sejam eles quais forem. Dito isso, resta o ponto sensível ao PSDB: quem merece veicular tais mensagens de pertinência pública reconhecida?

O tucanato e certos ‘especialistas em comunicação’ parecem convergir, ainda que por caminhos diversos, a um consenso: a mídia alternativa deve ser alijada dessa tarefa. O ‘Estado anunciante’, uma corruptela do cacoete neoliberal ‘Estado interventor’, teria atingido, asseguram, uma hipertrofia perigosa; deslizamos a centímetros do abismo anti-democrático. No país que tem um dispositivo com o poder intromissor da Rede Globo, insinua-se que a principal ameaça à democracia é o Estado impor seu ‘monólogo’ à sociedade. Afirma-se isso com ares de equidistância acadêmica e engajamento liberal,.

Passemos.

Evitar essa derrocada exigiria um veto cabal a toda e qualquer publicidade oriunda da esfera pública? Em termos. Na verdade, não seria exatamente essa essa a malha do coador tucano. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso,  em artigo esclarecedor no ‘Estadão’, de 3 de junho último, foi ao ponto: “Será que é democrático”, disse ele, “deixar que os governos abusem nas verbas publicitárias ou que as empresas estatais, sub-repticiamente, façam coro à mesma publicidade sob pretexto de estarem concorrendo em mercados que, muitas vezes, são quase monopólicos? (…) O efeito deletério desse tipo de propaganda disfarçada não é tão sentido na grande mídia, pois nesta há sempre a concorrência de mercado que a leva a pesar o interesse e mesmo a voz do consumidor e do cidadão eleitor. Mas nas mídias locais e regionais o pensamento único impera sem contraponto.”

É isso. O grão tucano adiciona nuances na investida contra o Estado anunciante. Nas páginas de ‘Veja’, e sucedâneos, não haveria risco de influencia editorial. Ali a ‘voz do consumidor e a concorrência’ preservam a ‘isenção do jornalismo’. “Mas nas mídias locais e regionais…’ Quais? Sobretudo aquelas que incomodam ao engenho e à arte tucana de governar e fazer política.

‘Especialistas em comunicação’ com passagem pelo governo Lula – experiência  descrita sempre como ‘traumática, mas de uso conveniente nos salões conservadores – reivindicam, é bem verdade, uma intolerância mais abrangente contra o ‘Estado-anunciante’. No limite, advertem, o uso da máquina publicitária instrumentalizaria um poder de coerção de tal forma desproporcional que ameaçaria a própria alternância no poder. A evocação colegial de um ambiente quase-nazista sob o terceiro Reich petista tem, como se sabe, audiência cativa em certos veículos e tertúlias filosóficas de endinheirados. Mas o libelo anti-totalitário tropeça nos seus próprios termos ao não adotar idêntica  ênfase na denúncia de uma oligárquica estrutura de propriedade do sistema de comunicação que, esta sim,  instituiu um verdadeiro diretório paralelo no país, arvorado em corregedor das urnas, da economia e da ética.

A hipocrisia que perpassa esse descuido pertence a mesma matriz ideológica que inspirou agora a representação tucana contra os ‘blogs sujos’. Contra ela Brecht resolveu cunhar um dia a metáfora de hígida atualidade: ‘O que é assaltar um banco, em comparação com fundar um banco?’ Leia neste endereço, a íntegra da sugestiva representação do PSDB que pede, especificamente, a investigação dos blogs de Luis Nassif e Paulo Henrique Amorim.

Por Saul Leblon

Candidatos na lista de espera do Sisu começam a ser chamados nesta quarta (25)

Do Portal Brasil

 As instituições públicas de educação superior que tiverem vagas remanescentes pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o segundo semestre podem convocar os candidatos integrantes da lista de espera a partir desta quarta-feira (25). O período para os estudantes manifestarem interesse em participar dessa lista, aberto no dia 13 de julho, encerrou-se na sexta-feira (20).

A convocação para as vagas remanescentes será feita diretamente pelas instituições de ensino. O estudante que integra a lista deve verificar se foi convocado pela internet, na página da instituição para a qual fez a opção de curso. 

A recomendação é que os candidatos entrem em contato com a instituição para saber o local, o horário e os documentos necessários para fazer a matrícula. Entretanto, caso haja problemas para matrícula, o aluno pode entrar em contato com o Ministério da Educação, pelo telefone 0800-616161.

Sisu

Por meio do sistema informatizado do Sisu, instituído em janeiro de 2010 pelo governo federal, instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Graças à ferramenta, é possível disputar uma vaga em áreas do conhecimento de diferentes instituições, desde que elas tenham aderido ao Sisu. Diferentemente dos antigos vestibulares, o aluno primeiro faz a prova e só depois escolhe onde e o que cursar.

No período de matrículas do processo deste segundo semestre, o sistema registrou 642.878 candidatos às 30.548 vagas oferecidas em 56 instituições de 21 unidades da Federação. Foram 23.379 vagas distribuídas em 21 universidades federais; 6.343 em 27 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e outras 826 em oito instituições estaduais participantes do sistema.

Foram feitas 1.245.437 inscrições, uma vez que cada candidato poderia optar por até dois cursos.

NOVA PROPOSTA DO GOVERNO PARA PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS OFERECE REAJUSTES QUE VARIAM ENTRE 25% E 40% PARA TODOS OS DOCENTES

A greve dos professores dos institutos e universidades federais já dura 69 dias. As propostas apresentadas até ontem (23) pelo governo federal não conseguiu com que a categoria entrasse em um acordo para que os braços dos trabalhadores em educação fossem descruzados. Uma nova proposta, feita pelo governo federal, foi feita hoje (24).  foram oferecidos reajustes que variam entre 25% e 40% para todos os docentes.

O que difere desta atual proposta para a anterior, além do aumento (antes variava entre 12% e 45%, já somados os 4% aprovado em maio) de 7,7%, é que este aumento alcançaria todos os docentes e seriam escalonados durante os próximos três anos, começando a vigorar a partir de março de 2013. Na proposta anterior, feita no último dia 13, o aumento iria vigorar a partir de julho do próximo ano.

Segundo o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, a atual contraproposta demonstra que o governo está trabalhando para o fim da paralisação e descarta novo aumento: “Em uma negociação sempre tem margem, mas o governo já fez movimento de avanço ouvindo críticas e necessidades. Estamos convictos que essa é proposta para fazer acordo”, assegurou.

Segundo a agência Brasil:

“O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio de Oliveira, dá a entender que essa é a proposta final e que o governo chegou ao “limite” tanto em “critérios de ascensão quanto em valores”. “Nós já adaptamos a proposta, fizemos uma série de alterações. No caso de valores, chegamos ao limite. Temos que pensar na situação que o país está vivendo de incertezas, que decorre do cenário de crise internacional”, disse”.

NOVA PROPOSTA NÃO AGRADA REPRESENTANTES DA CATEGORIA

Para Marinalva Oliveira, presidenta da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes),  não houve avanço algum na nova proposta: “É a mesma essência da proposta anterior, ou seja, não reestrutura a carreira”, replicou.

Os representantes do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) também não gostaram da nova proposta.

Marinalva Oliveira afirmou: “Vamos levar a proposta às nossas bases, realizar assembleias para que retornemos ao governo com um posicionamento”.

Contudo, o presidente da Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior, Eduardo Rolim, a nova proposta atendeu aos 15 itens solicitados pela entidade. “O governo atendeu integralmente à nossa pauta. É um avanço. Agora, vamos fazer análise e consultar os professores do país inteiro”.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.841 hits

Páginas

Arquivos