Arquivo para 5 de fevereiro de 2013

Internado no Instituto de Cardiologia, Marco Aurélio Garcia deve ser submetido a cirurgia

Renata Giraldi e Danilo Macedo
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – O assessor especial para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, 71 anos, está internado no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), na capital federal. Segundo assessores, ele foi internado enquanto fazia exames de rotina. A assessoria do IC-DF informou que Garcia deverá ser submetido a uma cirurgia cardíaca até o final desta semana. É aguardada para hoje (5) a divulgação de um boletim médico sobre o estado de saúde do assessor.

Garcia foi internado no IC-DF, unidade que trabalha em parceria com o Hospital das Forças Armadas (HFA), no domingo (3). Ele é fumante e conhecido por apreciar a culinária. A cardiologista responsável pelo tratamento é a médica Núbia Vieira.

Garcia é uma das referências para a política externa, principalmente para a América Latina e África. Ele faz parte do governo desde o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Participou de várias missões internacionais representando o governo brasileiro, como a mediação das negociações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O assessor especial foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT). É formado em filosofia e direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pós-graduado na Escola de Altos Estudos e Ciências Sociais de Paris.

É professor aposentado do departamento de história da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e lecionou na Universidade do Chile, na Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Chile) e nas Universidades de Paris-VIII e Paris-X (França).

Nos anos de 1970, Garcia se autoexilou no Chile e na França. Após a anistia, voltou para o Brasil. Ele foi secretário de Cultura nos municípios de Campinas e São Paulo, além de vice-presidente do PT. Garcia coordenou o programa de governo da presidenta Dilma Rousseff, nas eleições de 2010.

Edição: Lílian Beraldo

CADASTRO DE FAMÍLIAS EM EXTREMA POBREZA SERÁ ZERADO ATÉ MARÇO

A presidenta Dilma Vana Rousseff anunciou que até março pretende zerar o número de famílias que vivem na extrema pobreza a serem cadastradas nos programas sociais do governo. Para isto, Dilma buscará a juda do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para ver também as famílias nestas condições que moram dentro dos assentamentos.

A luta do governo pelo combate a miséria com o Brasil Carinhoso, o Bolsa Família e outros programas já tirou milhões da miséria, sendo uma das principais preocupações do governo Dilma junto com a educação. Em seu pronunciamento ontem Dilma afirmou que “Até março, vamos zerar o nosso cadastro, não vai ter ninguém abaixo da extrema pobreza. Falta pouco, mas nossas contas estão incompletas. Temos que ir atrás dos que faltam, sabemos que faltam, tanto na cidade quanto no campo, e na zona rural ainda têm famílias na extrema pobreza que não estão cadastradas (…)Temos de dar a essas pessoas a proteção cidadã que o Brasil dá, por lei, a todas as famílias que ganham menos de R$ 70 per capita. Uma nação só é desenvolvida se a gente atinge esse patamar de acabar com a pobreza extrema”.

Na ocasião Dilma também elogiou a experiência da implantação da agroindústria do Assentamento Dorcelina Folador, em Arapongas (PR):
“Esta experiência é uma mostra, uma referência de que é possível um assentado de reforma agrária construir um caminho de agregação de valor, de aumento de renda, de aumento do emprego e de ampliação de relações cooperativas que aumentam o nível de produção”, avaliou.
Por este motivo, o programa Terra Forte levará a experiência para todo país através de mais de 900 milhoes de reais disponíveis em empréstimos e financiamento para pessoas e cooperativas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Banco do Brasil.

TERMINA HOJE O PRAZO PARA MATRÍCULAS DA SEGUNDA CHAMADA

Hoje é o dia de encerramento para que os candidatos aprovados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada façam suas matrículas na instituições de ensino superior escolhidas.Os documentos devem ser verificados com a instituição.

Caso você não saiba se foi aprovado ou nãoacesse a página do Sisu  ou ligue para a Central de Atendimento do Ministério da Educação pelo telefone 0800-616161.

Aqueles candidatos que não foi convocados em nenhuma chamada ainda podem integrar a lista de espera na busca por uma vaga até nesta sexta, 8 de fevereiro. Sendo que a convocação para os chamados desta lista sai no próximo dia 18.

 

A matemática esperta da ‘Folha’

Manchete da Folha deste domingo estampa ‘grave denúncia’:

“Programa social consome a metade dos gastos federais”.

Só profissionais da dissimulação conseguem vender como jornalismo manipulações grosseiras como essa, feitas para alimentar o alarido da agenda conservadora.*

A saber:

a) que a política econômica do governo do PT não passa de uma bolha de consumo atrelada à enorme ‘bolsa esmola’, ao custo de R$ 405,2 bi;

b) que o consumo de massa é mantido de forma artificial, com gastos assistencialistas – e reajuste abusivo do salário mínimo, a pressionar o sistema previdenciário;

c) que tudo isso é inflacionário porque desprovido da expansão dos demais ingredientes que sustentam a oferta (como se o hiato do investimento fosse um fato cristalizado);

d) que o conjunto subtrai recursos ao sagrado superávit primário, impedindo o Estado de canalizar maiores fatias aos rentistas da dívida pública;

e) que a solução é restaurar a agenda do Estado mínimo, com política salarial que desguarneça o núcleo desequilibrador da pirâmide de renda: o ganho real de 60% do salário mínimo no governo Lula.

Em resumo: PSDB na cabeça em 2014.

Dois disparos à queima-roupa denunciam a pistolagem atirando deliberadamente contra os fatos no alerta domingueiro da Folha.

A ‘grave denúncia’ apoia-se, de um lado, num truque contábil.

Ele pode ser pinçado de dentro de uma única e miserável linha do texto:

‘Foram excluídos da conta os encargos da dívida pública’.

A partir daí até camelo passa no buraco da agulha.

A pequena confissão subtrai do conjunto das comparações algo como R$ 200 bilhões.

Média do que custou o pagamento dos juros da dívida pública nos últimos anos.

Só os juros.

Não estão computadas aqui as despesas com amortizações e rolagens, que elevam o fardo rentista a quase 50% do gasto orçamentário federal, engessando-o para investimentos em saúde, educação etc.

São ‘pequenas’ elipses.

Mas são elas que tornam possível entregar o percentual encomendado pela manchete domingueira: ‘programa social consome a metade dos gastos federais’.

O segundo desvão da calculadora dos Frias engole aspectos cruciais da previdência social urbana.

No texto, ela é a ante-sala do inferno fiscal: equivale a 60% dos tais ‘gastos sociais’ do Estado brasileiro.

Um buraco de R$ 245,5 bi. (O Bolsa Família soma modestos 5% do total, R$ 20,5 bi, o que o impediria de sustentar a ‘grave denúncia’ da ‘Folha’)

A rigor tampouco a previdência o permite, exceto manipulada no liquidificador do jornalismo esperto.

Aos fatos.

A previdência urbana é superavitária desde 2007, graças à criação de 16 milhões de empregos com registro em carteira nos governos Lula e Dilma.

Em 2012, ela teve o melhor resultado de sua história: um superávit de R$ 25 bi.

O saldo cobre quase 35% do déficit da previdência rural, que estendeu o salário mínimo aos idosos do campo, privados de direitos trabalhista pelos mesmos interesses que hoje reclamam equilíbrio fiscal.

A transferência de uma renda mínima aos sexagenários rurais teve os seguintes desdobramentos:

a) a renda rural nos últimos seis anos cresceu 36% a mais do que o próprio PIB;

b) a previdência rural – que a agenda ortodoxa quer extinguir ou desvincular dos ganhos do mínimo – tornou-se um dos principais fatores de dinamização dos municípios no interior do país;

c) a década do governo Lula foi a primeira, em 60 anos, em que o êxodo rural no Brasil se estabilizou.

É uma pequena reviravolta histórica.

Deveria ser aprofundada, melhor debatida, retificada em suas lacunas, pesquisada e fortalecida em seus desdobramentos virtuosos.

Mas quem o fará?

Por certo, não a matemática esperta da Folha.

Por precaução eleitoral, ela cuida também de desqualificar os desdobramentos efetivos da ‘gastança social’ que condena.

A mensagem do conjunto reflete a mentalidade regressiva de um conservadorismo incapaz de se renovar.

Exceto em seu repertório de truques e traques, entre os quais se abriga o recado domingueiro da Folha:

‘Devolvam o país aos mercados; eles sabem como fazer a coisa certa’.

—————

* Observação:

O direito ao salário mínimo chegou ao campo com o Estatuto do Trabalhador Rural, criado em março de 1963. O Fundo de Assistência e Previdência do Trabalhador Rural – denominado FUNRURAL, surgiu em 1969. Seu efeito prático, todavia, foi quase nulo porque a lei não previa a contrapartida de recursos para efetivá-la. O Programa de Assistência Rural (PRORURAL), criado em 1971, definiu a aposentadoria rural por idade somente para quem tivesse acima de 70 anos. Valor: ½ salário mínimo. Foi a Constituição de 1988, complementada pelas Leis 8.212 (Plano de Custeio) e 8.213 (Planos de Benefícios), de meados de 1991, que estendeu aos idosos e inválidos de ambos os sexos do setor rural o direito efetivo à aposentadoria por idade equivalente a um salário mínimo, equiparando-os em direitos aos trabalhadores urbanos. A recuperação do poder de compra do salário mínimo no governo Lula, com um ganho real da ordem de 60% sobre a inflação, integralmente repassado aos aposentados do campo, deu-lhes um protagonismo econômico e social que nunca tiveram na história do país. A faixa de renda popular –chamada ‘classe C’– saltou de 20,6% da população rural em 2003 para 35,5% dela em 2009,em grande parte graças às transferências do Bolsa Familia e da previdência rural. O livro “Superação da Pobreza e a Nova Classe Média no Campo” , de Marcelo Neri, atual presidente do Ipea, traz dados detalhados sobre o tema.

*Editorial da Carta Maior

Brasil é um dos líderes mundiais em câncer de laringe, diz presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia

da Agência Brasil

Brasília – O presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (Aborl-CCF), Agricio Crespo, disse hoje (4), no Dia Mundial do Câncer,  que o Brasil é um dos países com maior incidência de câncer de laringe do mundo. “A população brasileira ainda fuma muito. Essa é a principal causa [da grande incidência no Brasil], e quando ele [fumo] está associado à bebida alcoólica existe uma potencialização de efeitos”, diz Crespo.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) indicam que fumantes têm dez vezes mais chances de desenvolver câncer de laringe e quando há associação do fumo com bebida alcoólica esse número sobe para 43 vezes. “Outras causas são situação socioeconomica desfavorável e má alimentação”, diz Crespo.

Segundo o Inca, para evitar esse tipo de câncer é importante que a alimentação contenha proteínas, preferencialmente de frango ou peixe, associadas a legumes, verduras e frutas ricas em vitaminas, em especial A, B2, C e E, e sais minerais.

O câncer de laringe, quando descoberto precocemente, tem taxas de cura que vão de 80% a 100%. É uma doença predominantemente masculina. Para cada mulher atingida há nove homens com a doença, que é mais comum depois dos 40 anos de idade, tendo seu pico de incidência entre os 50 e 60 anos.

O principal sintoma da doença é a rouquidão que dura mais de duas semanas, aparentemente sem motivo. “A pessoa que não tinha a voz  rouca, passa a ter”, diz Crespo. Ele acrescenta que dificuldade de engolir os alimentos, falta de ar, mal hálito e perda de peso também podem estar associados à doença. O especialista explica que um exame muito simples, feito no consultório médico de um otorrinolaringologista, é capaz de fazer o diagnóstico precoce na grande maioria dos casos.

De acordo com o Inca, em 2010 foram registrados 3.618 casos de câncer de laringe no Brasil. O instituto estima que o país teve 6.110 novos casos em homens em 2012. Segundo Crespo, a Região Nordeste é a que tem a maior incidência da doença, e a  Sul é a que tem a menor.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.989 hits

Páginas

fevereiro 2013
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

Arquivos