Arquivo para 9 de maio de 2013

A INEXISTÊNCIA DO JORNALISMO MANAUARA COMO SERVIÇO PÚBLICO E A VOLTA DO PROGRAMA LIVRE

A não-cidade de Manaus nunca teve uma programação jornalística (seja via rádio ou televisão) como um serviço público. E muito menos com as finalidades que um servíço midiático: artísticas, culturais, educativas e informativas como prevê a Constituição Federal de 88. Além da midiotização manauara estar sempre ligada aos interesses dos governantes e dos valores estagnados da classe média ignara.

Os canais de televisão por ser uma concessão deveriam ter em sua programação um serviço público. Porém por se serem em empresas privadas com praticamente nenhum compromisso com uma comunicação de qualidade vemos uma programação alienante e tendenciosa cada vez mais a estupidez.

Em Manaus a programação televisiva, por ter na dita “tv aberta” apenas retransmissoras dos canais nacionais, se mostra diretamente atrelada a programação desta sacrossanta glória da burrice nacional (Tom Zé), inclusive copiando tudo que há de pior nas concessionárias nacionais, inclusive quadros, trejeitos e a inutilidade pública nos moldes da revolução do olhar e até mesmo do que prevê a Constitução.

Na televisão dita “fechada” ocorre a mesma realidade: canais que apenas repetem os mesmos estereótipos dos canais abertos, ou no caso da TV Ufam que praticamente não produz programas e apenas reproduzindo intermitentemente o que ocorreu há anos como seminários e programas como o do Rumos Itaú Cultural, não tendo assim nenhuma importância com o novo.

O DESSERVIÇO PÚBLICO E A VOLTA DO PROGRAMA/CANAL “LIVRE”

As televisões assim como os jornais impressos estão diretamente atrelados aos governantes e “representantes públicos”, e muitas vezes servem para defender suas práticas e esconder seus atos comprometedores.

No caso da televisão amazonense, desde sempre vemos uma grande inutilidade e um engodo para que apareçam pessoas descomprometidas com uma transformação social (o que no caso de uma não-cidade como Manaus é muito comum).

Assim como em outros lugares do país, o espaço público concessionado da televisão se torna um espaço de “produção” de candidatos antidemocráticos, onde há uma vantagem destes candidatos pois possuem uma maior exposição do que os outros e ainda favorece a troca de favores/exploração (ou compra de votos (?)).

Programas que exploram a miséria alheia tanto dos “convidados” quanto dos expectadores (com suas míseras produções intelectivas) e que auxiliam a existência da miséria para que sempre o programa continue vendendo ilusão e rendendo eleição.

Na não-cidade de Manaus foi notório o programa Canal Livre exibido há alguns anos pelos vulgos irmãos “coragem” que em sua covardia além de explorarem o povo, estiveram ligados em processos criminais de homicidios e ligações com tráfico de entorpecentes, crimes estes que mostravam no programa como relacionados a outrem.  Seus apresentadores Carlos Souza, na época Vice-prefeito de Amazonino Mendes, e Wallace Souza foram condenados e “presos” por estes crimes.

Carlos Souza foi solto provisóriamente pelo desembargador Rafael Romano, logo conseguiu ser eleito em 2010 para o cargo de deputado federal, cargo que ocupa atualmente. Porém desde o mês passado Carlos voltou a exibir junto com seu outro irmão, Fausto Souza, o mesmo programa agora sob o nome “Programa Livre”.

Em seu formato a mesma lambança de antes: um programa de auditório que explora a miséria alheia e sua imagem “solidariamente” ajudando com o que o “povo necessita”, trazendo denúncias de problemas que o próprio Carlos, ligado ao grupo político há mais de 30 anos no poder, nunca fizeram questão de resolver. Além disto é comum o programa entrevistar e expor criminosos, os humilhando frente as câmeras. Os reporteres, quadros copiam o pior dos quadros/programas jornalísticos/policialescos da televisão brasileira com “personagens” como Gil Gomes por exemplo.

Isto se soma a falsa discussão de problemas da não-cidade e  ufanismo ao governador do estado do Amazonas Omar Aziz, em uma evidente exposição de interesse político. Há ainda auto-elogios do apresentador Carlos Souza, em um comportamento esquizo elogia ele mesmo como deputado federal.

Dentro de um programa inútil no que se propõe a constituição e como discutimos anteriormente cria a seguinte questão: por que um canal regional de televisão permite este tipo de programa, agindo  anticonstitucionalissimamente?

Não importa o canal deste programa, todos os outros tem uma mesma programação, a da inutilidade. A não-cidade de Manaus nunca utilizou do espaço midiático para construir junto a população espectadora saberes necessários a produção de uma existência libertária. Os empresários/produtores/apresentadores sempre estiveram aprisionados em suas paixões tristes e por isto nunca puderam fazer uma programação diferente das redes nacionais que também estão aprisionadas.

Os vereadores e prefeitos manauaras em seu desserviço público continua dando a concessão deste espaço público (os canais de tv e emissoras de rádio) para esta empresas de práticas anticonstitucionais. Estes programas nunca são livres, são sempre aprisionantes na irracionalidade produtora de miséria/resultado eleitoral. E assim a população que sempre se faz de espectadora alesada desta programação desrespeitosa continua vivendo nesta não-cidade e não “tendo direito” a um espaço de construção de novos saberes e novas formas de percepção da existência.

ENEM 2013 TEM SUAS INSCRIÇÕES ABERTAS NO PRÓXIMO DIA 13 DE MAIO

inscricoes-enem-2013 resultado datas calendário

O Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem que na próxima segunda-feira (13) começam as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 que irão até o dia 27 de maio. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que falou sobre o Enem 2013 e a provisão das vagas das universidades públicas federais e particulares via Prouni/FIES.

Os candidatos que se inscreverem terão até o dia 29 de maio para pagar a taxa de inscrição. O edital do Enem 2013 está previsto para ser divulgado hoje. As provas estão previstas para os dias 26 e 27 de outubro, sendo que oo primeiro dia, será a prova de ciências humanas e da natureza e segundo dia de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

Dentre as mudanças no Enem deste ano estão as alterações quanto a correções de redações. A avaliação de redação será mais rigorosa e redações com inserções indevidas serão zeradas. Também serão aceitos apenas “desvios gramaticais excepcionais” e que não caracterizem reincidência. 

A forma de correção também será mais rígida sendo que pelo menos uma entre três redações irão para um terceiro corretor, ainda mais se houver discrepância de mais de 100 pontos entre os corretores (no ano passado só ocorria em casos que fossem o dobro. Além disto tanto para a nota máxima quanto para qualquer erro será necessário uma justificativa.

Segundo o Ministro da Educação Aloizio Mercadante a correção será ainda mais criteriosa: “A regra é clara, mas a interpretação do juiz nem sempre é um consenso. Tem um grau que compete à banca, não tem como prever o grau que será aceito ou não. O que podemos dizer é que será mais rigoroso”.

Outra novidade é que será divulgado no cartão de inscrição um telefone pelo qual candidatos com alguma condição especial (gestantes, pessoas com deficiência) serão orientados. Essa edição trará também dois modelos de prova com letra maior – uma com fonte tamanho 18 e outra 24.

Candidatos que tenham renda mensal de até 1,5 salário mínimo e estudantes de escolas públicas terão isenção da taxa de inscrição, não pagando nada. Para estes candidatos a inscrição será grátis.

IGREJA DE BRUXARIA E WICCA ENTRAM NO STF CONTRA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS “DE FELICIANO”

Representantes legais da Igreja de Bruxaria e Wicca do Brasil entraram com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal solicitando que a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados seja dissolvida em sua composição. Eles partem da prerrogativa de que a comissão está na ilegalidade já que não respeita o princípio da proporcionalidade entre os partidos.

Os três signatários do mandato que se identificam como eleitores e cidadãos brasileiros alegam que o PSC deveria ter somente um integrante na comissão ao invés dos oito (no total de 18 componentes) angariados pelos acordos partidários. Para estes cidadãos (e tantos outros) a proporção partidária, prevista na Constituição e no Regimento Interno da Câmara, deve ser respeitada. 

Os integrantes da Wicca afirmam que a composição desta importante comissão não pode ocorrer “a bel prazer dos partidos” ainda mais em assuntos importantes que devem ser vetados como a cura gay e que na atual composição antidemocrática fica difícil haver qualquer discussão. Por este medido se pede decisão liminar para “anular a nomeação dos integrantes da comissão” além dos atos subsequentes de sua instalação, pois haveria um vício na composição.

De acordo com um trecho do mandato “seria um total descalabro permitir essa deturpação absurda, na ordem de grandeza de dar a um só partido peso mais de dez vezes maior do que sua opinião teria que ter em quaisquer decisões da Casa do povo (…)O povo brasileiro, cada cidadão que vota, tem o direito de ver o tema discutido por uma comissão em que o PSC tenha só uma vaga e não oito”.

Demarcação de terras indígenas em três estados será submetida a parecer da Embrapa

da Agência Brasil

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse hoje (8) que a demarcação de terras indígenas nos estados de Mato Grosso do Sul, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina também deve ser submetida a parecer da Embrapa. Recentemente, a ministra já havia pedido ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a quem está subordinada a Fundação Nacional do Índio (Funai), a suspensão de estudos para demarcação de terras indígenas no Paraná.

“Nós já temos mais três estados em que as informações estão sendo levantadas pela Embrapa: Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. E se essas informações demonstrarem divergências ou não tiverem consistência com o que está sendo levantado [pela Funai] nos estudos iniciais nós vamos tomar o mesmo encaminhamento [de pedir a suspensão do processo de demarcação]”, disse Hofmann ao final da audiência pública na Câmara dos Deputados para tratar da demarcação de terras indígenas.

A audiência, na Comissão de Agricultura, Pesca, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, durou mais de seis horas e foi marcada pela pressão dos integrantes da bancada ruralista solicitando o mesmo procedimento para outros estados. “Pela isonomia, solicito a imediata suspensão dos estudos em Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil”, disse o deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), pelos ruralistas.

Durante a audiência, a ministra esclareceu a proposta do governo federal de consultar mais de um órgão, durante os procedimentos necessários para demarcar reservas indígenas. Segundo a ministra, o chamado “sistema integrado de informações” vai servir para fornecer à Presidência da República – que homologa as áreas como território tradicional indígena – informações mais completas.

Após as manifestações de vários parlamentares a favor da suspensão das demarcações, Hoffmann disse que o governo vai avaliar a pertinência de incluir o Maranhão entre os estados em que haverá estudos complementares. Ela também pediu que o presidente da comissão, deputado Fernando Lúcio Giacobo (PR-PR), encaminhasse à Casa Civil as demais solicitações dos parlamentares.

Os integrantes da bancada ruralista também pediram a aprovação da PEC 215, que transfere do Poder Executivo para o Congresso Nacional a palavra final sobre a demarcação e a homologação de terras indígenas e quilombolas. Pela manhã, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse que é contrário a qualquer mudança constitucional que troque a responsabilidade pela demarcação das terras indígenas.

O deputado Sarney Filho (MA) também se manifestou contrário a aprovação da proposta. Sarney Filho disse que o Congresso não tem competência técnica para fazer demarcações de terra e que isto seria um retrocesso na legislação ambiental. “O Congresso não tem condições de criar unidades de conservação e terras indígenas, pois não têm técnicos suficientes”.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) também criticou a PEC e reclamou da ausência de representantes dos índios na audiência. “Este debate é muito sério e deveria ter a presença de caciques indígenas aqui também”, defendeu. “Transformaram a Funai em uma Geni”, complementou Valente lembrando personagem de uma canção de Chico Buarque de Holanda.

Durante a audiência, Hoffmann pediu calma a índios, produtores rurais, militantes sociais e parlamentares a fim de se tentar chegar a uma solução para o conflito. “Eu não acredito que este tema não tenha lado, que tenha ganhadores e perdedores. Eu acredito que temos um problema para resolver e, para resolver um problema dessa dimensão, precisamos da união e da boa vontade de todos”.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.165 hits

Páginas

Arquivos