Arquivo para 22 de junho de 2013

SABATINA MIDIÁTICA

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade. Jean Baudrillard

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade. Jean Baudrillard

pronunciamento Dilma @ A presidenta Dilma Vana Rousseff em pronunciamento em rádio e televisão  assegurou que está “ouvindo a voz das ruas” e que vai agendar diálogo com os manifestantes: “Vou receber os líderes das manifestações pacíficas, os representantes das organizações de jovens, das entidades sindicais, dos movimentos de trabalhadores, das associações populares. Precisamos de suas contribuições, reflexões e experiências, de suas energia e criatividade, de sua aposta no futuro e de sua capacidade de questionar erros do passado e do presente”

Em sua sensibilidade com o que vem ocorrendo no país, disse que as manifestações em diversas cidades do país são legítimas, porém condenou a prática de atos violentos ocorridos. Nas palavras da presidenta, a transparência dos gastos públicos é a melhor maneira de combater a corrupção, e que os partidos políticos são uma conquista da democracia.

Em reconhecimento ao que o povo brasileiro demanda na rua Dilma glosou que “A mensagem das ruas exige serviços públicos de melhor qualidade. Ela quer educação de qualidade, saúde de qualidade, transporte público melhor e a preços justos. Ela quer mais. E, para dar mais, as instituições e os governos devem mudar(…) O foco será, primeiro, a elaboração de um grande Plano Nacional de Mobilidade Urbana, que privilegie o transporte coletivo. Segundo, a destinação de 100% dos recursos do petróleo para a educação. Terceiro, trazer de imediato milhares de médicos do exterior para ampliar o atendimento do Sistema Único de Saúde, o SUS”.

Ela também reiterou o compromisso em investir de 100% dos royalties do petróleo em educação,em fazer a  reforma política e agilizar vinda de médicos estrangeiros. E por fim ela falou sobre as críticas a copa do mundo: “Quero esclarecer que o dinheiro do governo federal gasto com as arenas é fruto de financiamento que será devidamente pago pelas empresas e governos que estão explorando esses estádios (…) Jamais permitiria que esses recursos saíssem do orçamento público federal, prejudicando setores prioritários, como saúde e educação. Na realidade, ampliamos bastante os gastos com saúde e educação, e vamos ampliar cada vez mais.”

Assista abaixo o pronunciamento na íntegra.

url@ A Comissão Estadual da Verdade de São Paulo recebeu nesta semana do  Conselho Regional de Psicologia  (CRP) de São Paulo, relatos de 27 psicólogos que sofreram de alguma forma a violência praticada durante a ditadura. O Conselho entregou os documentos em uma pasta com 27 documentos além de CDs com vídeos de relatos e documentos de oficinas que foram feitas pelo projeto Psicologia e Direito à Memória e à Verdade, que vem sendo realizado desde setembro.

A coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, Maria Orlene Daré, afirmou que o Conselho busca contribuir com o momento político atual e com as comissões Nacional e Estadual da Verdade, através da divulgação de violações feita pelos militares.

De acordo com a presidenta do CRP, Maria de Fátima Nassif, os psicólogos sofreram diretamente com a ditadura, ou tinham algum parente preso e torturado: “O dossiê é muito variado, assim como o nível de implicação. Mas todos os depoimentos demonstram, de forma bastante forte, a amplitude desse mal.”

Relatos como o de Carolina Helena Sombini mostram o retrato desta era sombria envolvendo sua família e sua mãe que era militante: “Minha mãe se separou quando eu tinha uns 2 anos de idade. A separação dela do meu pai foi motivada pela militância política, com a qual ele não concordava. O companheiro dela foi alguém que ela conheceu pela militância. Por causa da militância e de eles viverem na clandestinidade, passei a viver com minha avó materna. Minha mãe mudava muito, porque ninguém podia saber onde eles estavam (…) Quando ela ia me buscar na casa da minha avó, dizia que eu nunca poderia dizer onde ela estava morando. Eu tinha um medo enorme de conseguir guardar o caminho. Ao mesmo tempo, olhava ansiosamente porque queria saber onde ela estava. É uma sensação horrível.

MANIFESTAÇÃO EM MANAUS SOFRE SABOTAGEM DE ARTHUR E DA DIREITA

DSC01203

A manifestação da última quinta ocorrida em Manaus demonstrou mais do que organização e sim uma sabotagem da direita. Marcada na internet para sair na Praça da Matriz às 18 horas houve manipulação de grupos de direita localizados na praça da Polícia e de São Sebastião que aproveitando a grande quantidade de manifestantes localizados no centro saiu com uma hora de antecedência do horário marcado. Desta forma buscou sabotar outra manifestação que iria rumo a prefeitura, além de desvirtuar as críticas ao prefeito se focando em Dilma.

IMG_3154

A falsa manifestação comandada por grupos de Arthur que usavam carros de som,  em direção a Arena da Amazônia, em para fazer um protesto contra o governo Dilma, já que o estádio representa a copa do mundo que conta com investimento federal. Além disso, esta manifestação, ao contrário de todas outras no país, não se direcionou a um orgão da esfera municipal (responsável pelos problemas na administração da cidade) como a prefeitura ou a Câmara de vereadores.

Desta forma o foco do Ato Nacional de luta pelo transporte coletivo foi sabotado e só foram levantados temas ligados a corrupção, copa e outros que ligavam os falsos problemas sociais à presidenta Dilma. Além disto não foram mencionados os nomes do prefeito e governador, que são os responsáveis pela administração pública da cidade e sua zona metropolitana.

Posteriormente uma outra manifestação formada por alunos da UFAM saiu do Centro passando pelo Terminal 1 na Avenida Constantino Nery, e se dirigiu para o local onde está o verdadeiro responsável pelos problemas da cidade: a prefeitura de Manaus. Em ambas as manifestações foi possível ver grupos ligados ao prefeito entregando faixas com discursos prontos contra o governo federal. Porém na manifestação que seguiu para a prefeitura se mostrou mais autêntica as demandas populares direcionadas ao prefeito e ao governador que participam do grupo político que há mais de 30 anos coloca a não-cidade em neste estado decrépito que envolve a educação (uma das piores capitais do país), transporte coletivo, saúde etc.

Ao que foi informado pela mídia local, o vandalismo foi guiado por um grupo de pessoas proveniente da manifestação da Arena que se dirigiram rumo a prefeitura. Haveria ligação destes “manifestantes” com os manipuladores grupos da direita presente na Arena?

No discurso do prefeito mensaleiro Arthur Neto os manifestantes da Arena eram o povo que mostrou “amadurecimento social” ao ponto que chamou os manifestantes da Ufam que foram para prefeitura de “vândalos”.

Esta lógica demonstra uma concepção política do PSDB em valorizar a manifestação onde seus grupos políticos estavam infiltrados e onde eles aniquilaram qualquer direcionamento a responsabilidade gerencial do executivo municipal. Tanto que vários manifestantes assumiram ao bloguinho que sabiam que aquela era uma passeata partidária e direcionada ao contrário da outra que vinha seguindo pela Constantino Nery.

O prefeito e vários de seus correligionários afirmaram que a “sua” passeata foi apartidária e que por isso foi pacífica. Ao contrário, ela foi direcionada e sabotada. Em uma atitude cinica o filho do prefeito, deputado Arthur Bisneto afirmou em nota que acha“legítimo e sou favorável às manifestações, mas desde que não haja envolvimento partidário”.

Como resposta deixamos a frase do deputado federal bahiano Jean Wyllys que se manifestou sobre este falso partidarismo: “Se você acha que, numa manifestação política, partidos não podem se expressar, você não é “apartidário”: é analfabeto político! Se você reclama da violência policial contra manifestantes, mas usa de violência contra militantes de partidos, você é um babaca incoerente”

Vox Populi / CartaCapital: Dilma é favorita em todos os cenários eleitorais

Se a eleição fosse hoje, presidenta teria 51% dos votos em uma eventual disputa contra Aécio Neves, Marina Silva e Eduardo Campos

A pouco mais de um ano para as eleições, a presidenta Dilma Rousseff aparece como favorita para a reeleição em todos os cenários para a disputa em 2014. É o que aponta a pesquisa Vox Populi / CartaCapital realizada entre 7 e 11 de junho.

Nas pesquisas de intenção de voto estimulada, quando o eleitor é submetido a uma lista de candidatos, Dilma venceria em um eventual confronto os possíveis candidatos Marina Silva (Rede Sustentabilidade), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Neste cenário, a presidenta conseguiria 51% dos votos, enquanto Marina e Aécio teriam 14% cada um e Campos, 3%. Votos brancos, nulos ou eleitores indecisos representam 18% do eleitorado.

Quando o cenário apresenta Dilma, Aécio e Marina, a presidenta apresenta 53% das preferências, enquanto o tucano mantém 15% e a ex-ministra do Meio Ambiente, 14%.

Quando o eleitor tem de escolher entre a presidenta, o tucano José Serra e Marina, Dilma volta a apresentar 51% dos votos, contra 18% do ex-rival da eleição de 2010 e 13% de Marina.

Performance semelhante apresenta Dilma em um quarto contexto, quando o eleitor se decide entre a presidenta, Serra, Marina e Campos. Enquanto a petista fica com 51% das preferências, Serra mantém 18%, Marina tem 13% e Campos fica com 3% das intenções de voto.

A presidenta conquistaria a maior parte dos votos femininos e masculinos. Entre os homens, 49% disseram pretender votar em Dilma – contra 17% que optariam pelo mineiro, 14% por Marina e 3%, pelo candidato do PSB. Entre as mulheres, Dilma é mais popular. Cerca de 53% das entrevistadas a têm como candidata preferida, enquanto 12% preferem Aécio; 13%, Marina Silva; e 3%, Campos.

A pouco mais de um ano para as eleições, a presidenta Dilma Rousseff aparece como favorita para a reeleição em todos os cenários para a disputa em 2014. É o que aponta a pesquisa Vox Populi / CartaCapital realizada entre 7 e 11 de junho.

Nas pesquisas de intenção de voto estimulada, quando o eleitor é submetido a uma lista de candidatos, Dilma venceria em um eventual confronto os possíveis candidatos Marina Silva (Rede Sustentabilidade), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Neste cenário, a presidenta conseguiria 51% dos votos, enquanto Marina e Aécio teriam 14% cada um e Campos, 3%. Votos brancos, nulos ou eleitores indecisos representam 18% do eleitorado.

Quando o cenário apresenta Dilma, Aécio e Marina, a presidenta apresenta 53% das preferências, enquanto o tucano mantém 15% e a ex-ministra do Meio Ambiente, 14%.

Quando o eleitor tem de escolher entre a presidenta, o tucano José Serra e Marina, Dilma volta a apresentar 51% dos votos, contra 18% do ex-rival da eleição de 2010 e 13% de Marina.

Performance semelhante apresenta Dilma em um quarto contexto, quando o eleitor se decide entre a presidenta, Serra, Marina e Campos. Enquanto a petista fica com 51% das preferências, Serra mantém 18%, Marina tem 13% e Campos fica com 3% das intenções de voto.

A presidenta conquistaria a maior parte dos votos femininos e masculinos. Entre os homens, 49% disseram pretender votar em Dilma – contra 17% que optariam pelo mineiro, 14% por Marina e 3%, pelo candidato do PSB. Entre as mulheres, Dilma é mais popular. Cerca de 53% das entrevistadas a têm como candidata preferida, enquanto 12% preferem Aécio; 13%, Marina Silva; e 3%, Campos.

O PT ficou para trás

Carta Capital

O Brasil vive um momento de desencontros e esperanças, nem todas bem-postas. Primeiríssima entre estas a da mídia nativa, chega a sustentar que as atuais manifestações de rua se assemelham àquelas pelo impeachment de Fernando Collor. Má informação e delírio são alguns dos atributos do jornalismo pátrio. Quando a Globo mobilizou uma juventude carnavalizada para solicitar a condenação do presidente corrupto, o próprio já havia sido atingido fatalmente pelas provas das ligações entre o Planalto e a Casa da Dinda, levantadas pela IstoÉ. Seu destino estava selado com ou sem passeatas. No mais, é do conhecimento até do mundo mineral que imaginar a derrubada de Dilma Rousseff naufraga no ridículo.

Impávida, a mídia nativa, depois de recomendar repressão enérgica contra os baderneiros, percebeu a possibilidade de enganar os incautos ao sabor da sua vocação e tradição, e agora afirma com a devida veemência o caráter antigovernista das manifestações. Mira-se logo nas próximas eleições. Difícil mesmo, se não impossível por enquanto, distinguir o que move os manifestantes. Certa apenas a demanda da periferia no país da casa-grande e da senzala. Aludo à maioria dos brasileiros que usam ônibus e desconhecem um certo Estado do Bem-Estar Social, para sofrer as consequências de sistemas de saúde, educação, transporte coletivo de péssima qualidade. Sem contar o saneamento básico.

No mais, há espaço nas ruas para as motivações mais diversas, desde o prazer da festa até a expectativa de quem aspira a alguma mudança sem saber como se daria e com qual profundidade. Desde quem se aproveita da confusão para quebrar vidraças e invadir lojas até os netos e bisnetos dos burguesotes das marchas da família, com Deus e pela liberdade, que invocavam o golpe em 1964. Todos juntos, como torcidas uniformizadas, mas ao acaso, sem liderança. Abrem-se situações expostas a qualquer desfecho e mais uma certeza é a de que ninguém consegue controlar as ruas.

Entende-se. Igual ao abismo que separa ricos e pobres há outro entre a nação e as instituições ditas democráticas. Entre Legislativo, Judiciário e Executivo e esta massa empurrada em boa parte por intenções nebulosas. Avulta, no quadro, a ineficácia do Congresso, entregue aos interesses particulares de deputados e senadores, donde inabilitados a influenciar o destino do protesto popular e, cada qual, o comportamento dos seus eleitores.

Pergunto aos meus inquietos botões o que se daria hoje se o PT tivesse mantido as posições anteriores à eleição de Lula, quando no centro de sua doutrina instalava-se a negativa peremptória à modernização do atraso. Hoje vemos o PT presa dos compromissos da chamada governabilidade, disposto às piores concessões e irremediavelmente esquecido das consignas de outrora. O PT montou a ratoeira e ali colocou o queijo para atrair os ratos. Ao cabo, ele próprio gostou do queijo e caiu na armadilha. Não fosse isso, respondem soturnos os botões, neste instante cavalgaria o agito das ruas. Seria o partido que lidera antes mesmo de controlar.

O governo não discrepa do PT, a despeito dos índices elevados de aprovação, conquanto em leve diminuição e à espera das consequências das manifestações destes dias. Às vezes porta-se como se o complexo do vira-lata, ao qual Lula costuma aludir, tomasse conta das suas ações, inclusive no confronto com a mídia que o ataca e denigre, e também com uma base pretensamente aliada, predadora voraz. Faltam ao lado da presidenta tanto uma figura capaz de operar politicamente, como se diz, quanto parceiros mais competentes e menos comprometidos em alguns ministérios. Sem esquecer que os problemas do País não se resolvem a partir de uma lógica meramente tecnocrática.

Seria trágico, e não hesito ao recorrer ao adjetivo, desperdiçar 12 anos de governo petista, até hoje de efeitos em geral benéficos. Outra há de ser, porém, a postura nas circunstâncias. Quero dizer, mais afirmativa, mais desabrida, mais corajosa. E mais afinada com as promessas do passado. Ouço uma voz otimista: “Isso tudo terá o efeito de oxigenar a política brasileira”. Tal é mais uma esperança do momento. Bem-posta, creio eu, desde que não deságue em nova desilusão.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.114 hits

Páginas

Arquivos