Arquivo para 19 de julho de 2013

O jogo de blefes da direita

Do Tijolaço

Eu estou dando à família uns dias que venho negando há dois meses sem folga, mas política e jornalismo são uma cachaça que a gente não larga nem assim.

E não posso ficar quietinho com essa história das pesquisas que os jornais de hoje divulgam.

A primeira é o “volta, Lula” que a imprensa vem abanando, embora não haja nenhuma declaração do ex-presidente admitindo que esteja disposto a retornar ao cargo.

Vocês vejam que coisa: há dois anos, a imprensa apresentava Dilma como uma gestora que ia “limpar a podridão política de fisiologismo” deixada por Lula no Governo. Era a tal “faxina”, saudada em prosa e verso pelos jornais e pelos comentaristas políticos mais reacionários.

Com a proverbial ajuda da Polícia Federal, que descobre o que existe e também o que não existe, quando isso interessa – o que não é o caso, por exemplo, dos autores do boato do Bolsa-Família – o Governo Dilma ajudou a mostrar uma administração pública onde os desvios éticos, os “malfeitos” ou – como eu, menos “politicamente correto”, prefiro chamar: a ladroagem – eram a principal marca.

Ora, corrupção em governo existe desde que surgiu o primeiro governo da história. Aliás, nem precisa ser em governo, está aí Judas Iscariotes para prova-lo. O velho Brizola dizia que Jesus, que era Deus, errou ao escolher 12, que dirá nós, pobres mortais, quando temos de escolher centenas ou milhares de comissionados?

Mas os “teóricos da marquetagem” acharam isso o máximo, como se a austeridade e o rigor de Dilma, suas características pessoais há décadas, precisassem ser abanados pela mídia para se fixarem na opinião pública.

Austero não faz propaganda de sua austeridade; a pratica.

Agora, Dilma seria a fraca, a inepta politicamente, a desarticulada, a tecnocrata fria, que não saberia praticar o jogo de cintura tão necessário à politica. E Lula, o ex-”leniente com a corrupção”, o grande remédio que surge, forte e impávido colosso, com seu favoritismo inabalável na sucessão presidencial.

A outra “grande força” é Marina Silva, com seu ar de franciscana simplória, sempre disposta a remar a favor da corrente e nunca capaz de denunciar o modelo colonial que é imposto de fora para dentro ao Brasil, com a ajuda de uma sub-elite mentalmente colonizada. Colonizada,  inclusive nas modalidades “emo” e “black blocks”, copiando descaradamente até mesmo os “out-siders” do mundo rico e desenvolvido.

Marina seria a tradução da “voz das ruas”, dona de uma “pureza ideológica” capaz de dar ao país o onirismo que uma classe média desligada da dura vida do povão imagina como sendo o Éden, onde não há pecado e, sobretudo, onde presa e predador podem conviver harmonicamente, sem que os mais fracos sejam devorados  pela voracidade dos fortes. E os fortes, nas coletividades humanas, são os ricos, que não precisam de governo senão para preservar seus privilégios.

Meus caros e raros leitores – divirjo aí do meu amigo e predecessor no comentários, Miguel do Rosário – as pesquisas jogam um jogo onde há cartas e há blefes. Nos levam a caminhos de precipitação que tornam sólidas sensações que são fluidas.

O fato real é que a direita está mal de candidatos próprios. Aécio Neves jamais se viabilizou completamente e tanto é assim que Serra já arreganha os dentes pelo lugar que há década e meia é o seu.

A direita quase nunca pode mostrar sua cara sem mascarar-se. Veste-se de Eduardo Gomes, Carlos Lacerda, Fernando Collor ou Marina Silva conforme lhe convém.

Apresenta-se como o novo, mas é o velho, o retrógrado e, sobretudo, a impiedosa máquina de espremer as ilusões dos ambiciosos que se prestam, como laranjas, a serem espremidos para servirem-na do caldo que impeça que as lutas históricas do povo brasileiro transformem este país.

Depois, reduzem-os a bagaços imprestáveis, lixo de seus próprios apetites.

Aqui, no hotel-fazenda onde brigo para conseguir uma conexão entra-e-sai de internet, os meninos me ouviam contar “causos”, perguntaram-me se eu era professor de História.

Falei que não, que era apenas velho. E que velho é como aquele quartinho onde a gente joga as coisas que pensa que nunca mais vão servir para nada.

Mas, que na hora em que precisa de algo que não há à mão, vai lá ver se encontra o que lhe sirva nas horas de aperto.

Após denúncias de sabotagem, Ministério da Saúde muda regras do Mais Médicos

da Agência Brasil

Depois de receber denúncias de sabotagem ao Mais Médicos, o Ministério da Saúde passará a exigir que os candidatos apresentem documento em que declarem que vão deixar vaga de residência médica ou do Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) para atuar no novo programa. A declaração deve ser apresentada no ato da inscrição.

Ao homologar a participação no Mais Médicos, o profissional terá de entregar declaração impressa confirmando o desligamento da residência médica ou do Provab, emitida pela universidade, hospital ou entidade responsável.

“Estamos estimulando os médicos brasileiros a participar do programa, mas não queremos ninguém que esteja fazendo qualquer tipo de sabotagem para atrasar um programa que visa oferecer médicos para a população”, diz o ministro Alexandre Padilha, em nota divulgada pelo ministério.

Os médicos que homologarem a participação e não comparecerem no início das atividades ou desistirem nos primeiros seis meses serão excluídos do programa e só poderão se inscrever novamente após seis meses. Os reincidentes serão impedidos de voltar ao programa.

As novas regras vão ser publicadas no Diário Oficial da União de amanhã (19). As novas medidas serão comunicadas aos médicos já inscritos pela Ouvidoria do Ministério da Saúde, por e-mail ou telefone. As inscrições seguem abertas até 25 de julho e podem ser feitas pelo site do Ministério da Saúde. Na primeira semana, foram registradas 11.701 inscrições de profissionais e 753 de municípios.

O ministério recebeu denúncias de que grupos estão se mobilizando por meio das redes sociais para incentivar a inscrição de profissionais no programa para, depois, desistirem da vaga, com a intenção de atrasar o cronograma do Programa Mais Médicos. Entidades médicas disseram desconhecer a movimentação.

Lançado na semana passada, o programa visa a levar profissionais para atuar por três anos na periferia das grandes cidades e nos municípios do interior. A bolsa chegará a R$ 10 mil. Entidades médicas têm criticado o programa do governo federal, principalmente porque prevê a vinda de médicos estrangeiros sem a revalidação do diploma para ocupar as vagas que não foram preenchidas pelos brasileiros.

O Provab também é destinado para a atuação de médicos em regiões pobres do país. O contrato é por um ano. A bolsa é R$ 8 mil, mas passará para R$ 10 mil, a partir de setembro. O reajuste foi anunciado pelo ministério após o lançamento do Mais Médicos. No Provab, o médico pode escolher a cidade em que quer trabalhar, entre as inscritas no programa. No Mais Médicos, os candidatos serão designados para qualquer cidade inscrita. Em ambos os programas, a carga chega a 40 horas semanais. Em todo o país, há 3.568 médicos atuando pelo Provab em 1.260 municípios.

A residência médica é o período em que o médico escolhe a área na qual pretende se especializar, como ginecologia, pediatria, oncologia e cardiologia. A bolsa chega a R$ 2.976,26 por mês e o tempo de duração depende da especialidade.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.412 hits

Páginas

julho 2013
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos