Arquivo para 17 de agosto de 2013

PESQUISA DA FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO MOSTRA QUE 70% DOS BRASILEIROS EXIGEM REGULAÇÃO DA MÍDIA

sabatina-midic3a1tica

Um assunto por demais óbvio, mas que a chamada grande mídia faz vista de escuro ou ouvido de mercador. Por ser democrática, a regulação da mídia no Brasil é uma necessidade social. Uma realidade que pode levar os meios de comunicação a se tornarem mais democráticos e sociais. Fato que não é aceitou pelo setor reacionário e monopolizador da informação como as chamadas grandes mídias comandads pela família Marinho.

Entretanto, agora com a pesquisa efetuada pela Fundação Perseu Abramo, e divulgada ontem, dia 16, mostrando que mais de 70% dos brasileiros exigem a regulação da mídia, o quadro pode mudar. Ou melhor, tem que mudar.

A pesquisa mostra que sete entre brasileiros querem regras para o conteúdo da programação das televisões. Entre estes, 46% querem que a regulação seja definida e fiscalizada por um “controle social”, um “órgão que represente a sociedade”. Essa necessidade encontra-se vinculada ao fato de que 94% têm hábito de assistir a televisão, e 82% se comunica com a tela diariamente, sendo que 90%  encontra-se sempre conectada com a TV para se informar sobre oque está ocorrendo no mundo.

As perguntas postas aos entrevistados constaram sobre o grau de concentração das emissoras, regime de concessões, penetração da internet, neutralidade da cobertura da imprensa e representação dos setores da sociedade na mídia. A pesquisa mostrou também, que o rádio ocupa o segundo lugar na preferência dos entrevistados com 79 de hábito na população. O terceiro lugar é disputado pela internet e os jornais impressos. Com acesso à rede, 43% responderam que sim, e 38% que usam facebook e 25% o Google.

A parte mais dolorosa da pesquisa, quando se sabe da tirania das grandes mídia, é a que mostra que mais de 70%  dos brasileiros não sabem que os canais de TV aberta pertencem ao Estado e que acreditam que as emissoras são empresas privadas. É essa ignorância televisiva que TV como a Globo agradece. Por isso, que urge mudar esse padrão de ignorância comunicacional. Só assim acaba o monopólio desses impérios do vazio.  Também é doloroso o fato da pesquisa mostrar que apenas 40% dos entrevistados saberem que somente 10 famílias controlam a maior parte da mídia no Brasil. Apesar de conceituarem como ruim, e 23% como bom o controle por essas famílias.

“Esse país só será democrático quando nos intervalos da programação for informado que as emissoras são concessões públicas, e que as concessões públicas têm começo e fim. Agora temos dados concretos”, analisou o jornalista e professor da Escola de Comunicação e Arte (ECA) da Universidade de São Paulo (USP), Laurindo Leal Filho. Aquele que denunciou que o Bonner Simpson do Jornal Nacional da Globo censurava notícias importantes para a esquerda e chamava o telespectador de seu jornal de Simpson, o imbecil do desenho, segundo ele.

“Essa pesquisa é um instrumento muito importante. Agora a gente começa a ter bases mais sólidas para o debate público”, comentou Pedro Ekman, do Coletivo Intervozes.

Esse tema tem que ser tomado como corpo e espírito da sociedade brasileira em todos os seus seguimentos, principalmente, nas escolas, onde os professores devem tornar comum entre seus alunos. A discussão e o esclarecimento sobre o tema com os estudantes, chega até suas residências, transborda para os bairros e passa a ser tema de toda uma cidade. Só assim, será possível mudar esse quadro enfermo propagado pelas mídias delirantes.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE DEFESA ECONÔMICA REPUDIA A AFIRMAÇÃO DE QUE A INVESTIGAÇÃO DO CARTEL DO METRÔ É POLÍTICA

9d09e6d4-19db-4149-8b16-e8eb90a34dec

Como já é do domínio da sabedoria pública, toda denúncia contra os atos corruptos da direita é logo classificado como trama política da esquerda, não deu outro no lance da trapaça. Os acusados de formação de cartel nas obras do Metrô e CPTM tentam confundir as investigações sobre os três governadores do PSDB, partido porta-voz da burguesia-ignara, acusando as investigações do Conselho Administrativo de Defesa do Consumidor (Cada) de terem um cunho de politização

Diante da jogada dissimuladora, o presidente do Cade, Vinícius Marques de Carvalho, veio a público rebater a acusação nefasta contra os trabalhos do órgão que preside.

“Não posso aceitar esse tipo de acusação de politização. Quando uma empresa vem ao Cade, faz uma denúncia e pede para fazer um acordo de leniência. Não fomos nós, não foi o Cade, a Superintendência-Geral ou o Ministério da Justiça que procurou a empresa atrás de uma licitação específica. Foi a empresa que procurou o Cade.

As questões políticas que envolveram o Cade, na nossa avaliação, não mudam nada a análise que o Cade normalmente faz dos processos. A análise é a mesma.

Esses documentos continuam confidenciais. E mesmo que eles transitem do Cade para outros órgãos de investigação, a tendência é que continuem confidenciais até o momento em que for feita a possível denúncia sobre os crimes que, porventura, existam nesses casos.

O governo de São Paulo tem acesso aos documentos que foram autorizados pelo juiz em São Bernardo do Campo, que, na verdade, tornou o processo público na 3ª Vara Federal da Justiça de São Bernardo do Campo. Esses documentos são os da leniência, que embasaram o pedido de busca. É importante fazer essa separação.

Para se ter acesso aos documentos apreendidos é necessário autorização judicial. Não é o Cade que está falando isso, é o Judiciário quem diz, a Justiça brasileira quem diz. Então, é injusto colocar nas costas do Cade essa responsabilidade de entregar ou não documentos.

Não existe um prazo para que esse material seja analisado porque é uma série de documentos tanto físicos como eletrônicos, uma quantidade enorme de material. Mas eu não gostaria de falar de um caso específico, até para que não gere expectativas. O que posso dizer é que é um caso prioritário da superintendência geral”, analisou o presidente Vinícius Marques de Carvalho.

ASSOCIAÇÃO DOS PROFESSORES DO ENSINO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO AFIRMA QUE ALCKMIN DESVALORIZA PROFESSORES

bebelrepublicadestak

Tal como em outros estados, como aqui no Amazonas, a classe dos professores do estado de São Paulo protesta contra a forma com a política educacional é conduzida pelo governador Geraldo Alckmin. Para o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado (Apeosesp) a medida do governo através da Secretaria de Educação do Estado em abrir inscrições para 181,5 professores efetivos e estáveis acumular o cargo e aumentar a carga até 65 horas semanais, é uma forma de desvalorizar o trabalho do profissional da educação. Para a secretaria o professor que faz 40 horas semanais vai acumular 25 horas extras, com um ganho financeiro de R$ 1400 ao mês.

Para a presidenta da (Apeosesp) Maria Izabel Noronha, a Bebel, o governo de São Paulo trata os professores “como escravos da educação”. Para Bebel a medida não valoriza o professor, pois não atende as reivindicações que a categoria realiza há anos como a jornada com o piso salarial nacional. As horas extras serão na condição temporária onde os direitos trabalhistas são por demais reduzidos.

“O governo do estado não tem tido sensibilidade para tratar os professores, os trata como escravos da educação.

O que está por trás é a política de desoneração do governo. E desvalorizar os professores, tipo ‘quer ganhar um pouco mais, dá mais aulas’. Não é isso que queremos. Queremos ganhar mais, valorizar nossos salários, mas com a jornada que já temos e aplicação do piso salarial, isso sim é política de valorização.

O professor será admitido em caráter temporário, da forma mais precária que existe, não tem direito a ficar doente, a nada. É algo muito contraditório. A ideia é resolver problemas de falta de professores, mas a condição centra para isso é ter um plano de cargos com salários atrativos para os professores que fazem opção de estar só na rede estadual.

Vamos fazer uma grande caminhada em defesa da escola pública, do piso salarial profissional nacional e pela valorização dos profissionais da educação”, analisou Bebel.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.049 hits

Páginas

agosto 2013
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos