Arquivo para 23 de novembro de 2013

A PERÍCIA MÉDICA SOBRE O ESTADO DE SAÚDE DE GENOÍNO SERÁ FEITA HOJE COM MÉDICOS INDICADOS PELO STF

Hoje, sábado dia 23, a partir das 14h, será feita a perícia médica sobre o estado de saúde do deputado federal licenciado José Genoíno. O deputado se encontra hospitalizado no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal depois de sentir fortes dores no peito e cuspir sangue durante o tempo em foi mantido preso em regime fechado no Complexo Penitenciário na Papuda. Sua pena de seis anos e oito meses é para ser cumprida em regime semiaberto, mas o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal decidiu mantê-lo no regime fechado.

A junta médica que irá analisar o quadro clínico de Genoíno foi indicada do STF. Os médicos que compõem a junta médica são Luiz Fernando Junqueira Junior, presidente da junta, Alexandre Visconti Brick, Fernando Antibas Atik, Cantídio Lima Vieira e Hilda Maria Benevides da Silva de Arruda. Agora, os parentes, assessores e membros do Partido dos Trabalhadores esperam que o resultado determinado pela junta médica seja encaminhado logo ao presidente do STF. Joaquim Barbosa deverá decidir se concede ou não prisão domiciliar ou hospitalar para Genoíno.

Segundo o último boletim médico divulgado, Genoíno teve elevação de pressão arterial e quadro de alteração de coagulação secundária ao uso do anticoagulante, o que leva ao sangramento. Segundo os médicos, esse quadro pode influir no resultado da cirurgia que ele foi submetido de dissecação da aorta.

Enquanto isso, militantes do Partido dos Trabalhadores continuam mobilizados em frente ao Complexo Penitenciário da Papuda. O objetivo da mobilização, segundo Pedro Heneichs, secretário de mobilização do PT, em Brasília, é insistir para que o STF conceda prisão domiciliar a Genoíno e solidariedade a Dirceu e Delúbio. Vários militantes de outros estados chegaram para aumentar o protesto.

LULA, JOAQUIM BARBOSA E A MEMÓRIA HISTÓRICA DESATIVADA DOS DESCENDENTES DAS DIREITAS

Lula-CAPA-300x225

As atitudes arbitrárias e personalistas do ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), frente ao julgamento da Ação Penal 470, têm levado uma grande parte da sociedade brasileira a protestar contra a performance jurídica do ministro na Corte. Para alguns ele não tem elementos jurídicos e afetivos para ocupa-lo, para outros ele fez de seu posto uma espécie de catapulta para atingir outros objetivos pessoais, e, ainda, para outros ele só nutria o desejo de se vingar de José Dirceu que, para ele, o tratou de forma distante quando o procurou, quando Dirceu era ministro da Casa Civil, para interceder junto a Lula, o presidente na época, para que seu nome fosse indicado como ministro.

Todas essas observações em relação às atitudes de Joaquim Barbosa são decorrentes do fato de Lula tê-lo indicado ministro do STF. O que lhe faz responsável pela indicação, e não pelos comportamentos de Joaquim Barbosa. Lula indicou-o também por questões pessoas sintetizadas, talvez, em três enunciados: justiça, dívida histórica e vaidade pessoal.

Como justiça, Lula, ao indicar Joaquim Barbosa para ministro, provavelmente acreditava que estava fazendo justiça em indica um negro para uma instituição claramente discriminadora, onde nenhum negro jamais fora ministro. Como dívida histórica, Lula, entendeu que pagava parte dessa dívida com os negros nomeando um de seus representantes ao posto da maior instituição jurídica do país. E como vaidade, Lula, queria ser lembrado no futuro como o primeiro presidente a nomear um negro a Corte maior da Justiça brasileira.

Esse o enunciado mais importante para o tema em questão. Realmente, Lula, com seu ato já se encontra na história. Mas não para todos os brasileiros. Existe uma parte dos brasileiros que essa memória não terá função, estará desativada. São os descendentes das direitas. Os filhos e netos das direitas não têm esse tipo de memória que é produzida na práxis dos princípios éticos e políticos. Limitados em suas circunferências existenciais, como seus antepassados, eles não compreendem qualquer dimensão axiológica em tratar o outro como parte ativa da democracia. Uma sociedade da igualdade. Para eles, “o meu pirão primeiro”, e sempre. Suas circunferências os fazem só alcançar o próximo que são eles mesmos, não enxergam distante onde se encontra o outro. Daí não possuírem memória para uma práxis memorável.

Uma prova inconteste de que a nomeação de Joaquim Barbosa para o STF por Lula, para que ele fosse lembrado como o primeiro presidente que colocou o primeiro negro na Corte não é memória-lembrança para os descendentes das direitas, pode ser demonstrada em um concurso. Se houver um concurso público ou particular em que os descendentes das direitas se inscrevam, e a prova tenha apenas a seguinte pergunta: Qual foi o primeiro presidente da história da República Brasileira que nomeou um negro como ministro para Suprema Corte do País? Eles serão reprovados. Eles não saberão responder.

Para eles, Lula não tem qualquer importância como não tem importância alguma essa nomeação. Em suas existências medíocres esse ato não tem fundamentação. Assim, como também não tem importância Joaquim Barbosa por ser negro. A importância de Joaquim Barbosa para eles é a mesma que tem para seus progenitores: que ele esteja a serviço de seus bens e interesses de classe. A dissipação da memória histórica. A abstração do movimento real, como diria o filósofo Karl Marx.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ENVIOU À POLÌCIA FEDERAL DOCUMENTOS DO EX-EXECUTIVO DA SIEMENS QUE DENUNCIA O PSDB DE CORRUPÇÃO

Os documentos do ex-executivo da empresa Siemens, Everton Rheinheimer, que acusam os governadores Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin de participarem de um esquema de corrupção com formação de cartéis no Metrô e na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), foram entregues pelo ministro da Justiça José Eduardo Cardozo à Polícia Federa

Os documentos mostram um forte esquema de corrupção composto pela cúpula do partido representante da burguesia-ignara PSDB, representada, em parte, de empresas e as mídias reacionárias. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) recebeu no dia 17 de abril um relatório enviado pelo ex-executivo Everton Rheinheimer onde afirma ter “documentos que provam a existência de um forte esquema de corrupção no Estado de São Paulo os governos de Covas, Alckmin e Serra, e que tinha como objetivo principal o abastecimento do Caixa 2 do PSDB e DEM”.

O recebedor da propina, segundo os documentos, era o deputado licenciado Edson Aparecido do PSDB e que hoje é secretário da Casa Civil do governo Alckmin. A informação foi dada pelo lobista Arthur Teixeira. N turma do PSDB denunciada aparecem nomes considerados ilustres do partido conservador como José Aníbal, secretário de Energia e o senador Aloysio Nunes. Todos tidos por eles e amigos, acima de qualquer suspeita.

ESPECULAÇÃO CAPITALISTA AMEAÇA COMUNIDADES QUILOMBOLAS

De acordo com Fundação Cultural Palmares (FCP) das 2.408 comunidades certificadas por ela, somente 207 tem título de terra. E em muitas delas os moradores não quilombolas ainda não saíram da terra ocupada por eles. Nenhum deles ainda não foi indenizado. Entre os problemas trazidos pela falta da regularização das terras quilombolas se encontra as especulações feitas pelo capital empresarial que ameaça as tradições e a herança ancestral dos negros.

Segundo Alexandre Reis, diretor do departamento de proteção ao patrimônio afro-brasileiro da FCP, a Constituição protege os direitos de terra dos quilombolas. O Artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias é claro sobre o assunto.

“A posse da terra é maior dificuldade enfrentada atualmente pelas comunidades quilombolas. A titulação é um direito fundamental prevista na Constituição Federal. Esse é o grande gargalo da questão quilombola nos dias de hoje.

“Aos remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando suas terras é reconhecida a propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os títulos respectivos”, diz o Artigo 68.

À medida que isso não ocorre, a gente acaba prejudicando a comunidade porque outras pessoas acabam ocupando a terra quilombola. Vamos ter problema de expulsão, violência no campo, violência contra essas famílias, atuação de grileiros e atravessadores até na atividade produtiva da comunidade. Titular a terra é algo fundamental para a comunidade quilombola no Brasil e é o grande desafio que temos hoje”, analisou Alexandre Reis.

Falando sobre a questão, o secretário Viridiano Custódio, da Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal, disse que o problema é que estas terras às vezes se encontram em litígio.

“Disputa política de território. Alguns setores, principalmente do meio agrário, são contra essa legalização porque os territórios, muita vezes, ficam dentro ou perto de alguma terra que está em litígio”, disse o secretário. 

STF ALIMENTA A ‘JUDICIALIZAÇÃO’ DA POLÍTICA, DIZ O PESQUISADOR VITOR MARCHETTI

Veja, ouça e analise os enunciados do pesquisador da Universidade Federal do ABC

 


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.073 hits

Páginas

Arquivos