Arquivo para 24 de novembro de 2013

JUNTA MÉDICA CONCEDE ALTA A GENOÍNO E ELE VAI PARA CASA DA FILHA

Depois de passar por uma perícia médica executada por uma junta médica indicada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal licenciado, José Genoíno, preso em regime fechado, injustamente, por ordem do ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF, recebeu alta hoje, dia 24.

 Genoíno estava internado a 3 dias depois de ter um pico de pressão e cuspir sangue. O deputado, que já havia sido avaliado por médicos do Instituto Médico-Legal da Polícia Civil do Distrito Federal, foi submetido à outra perícia médica por profissionais indicados pelo STF. Ontem, em boletim médico, eles afirmaram que Genoíno ficaria hospitalizado por tempo indeterminado, entretanto hoje, pela manhã, outro boletim foi divulgado concedendo alta para o deputado.

“Nesta manhã, após nova avaliação médica, recebeu alta hospitalar e deixou a instituição às 06h30m”, diz o boletim médico. Para os médicos, a alta de Genoíno se deu por ele apresentar “melhora dos níveis de pressão arterial e dos parâmetros de coagulação sanguínea”.

Genoíno foi conduzido para casa de sua filha, em Brasília.

JUNTA MÉDICA, INDICADA PELO STF PARA AVALIAR GENOÍNO, ESCANCARA O ERRO DE BARBOSA EM MANTÊ-LO EM REGIME FECHADO: ELE DEVE FICAR INTERNADO POR TEMPO INDETERMINADO

4E6ED34811D690228D1E724CF7C4B4784C4B0CC336A17EC2A03D086FFF918F44

Joaquim Barbosa em sua decisão manteve o deputado federal, licenciado, José Genoíno preso em regime fechado quando sua pena é para regime semiaberto. Não adiantaram os apelos feitos contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF): ele se manteve irredutível. Aconteceu então, que Genoíno começou a se sentir mal na semana passada e foi internado às pressas no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal. Examinado pelo Instituto Médico-Legal da Polícia Civil foi constatado que ele tivera um pique de pressão e cuspira sangue e deveria permanecer internado.

Joaquim Barbosa não mudou de opinião. Com a participação da Procuradoria-Geral da República (PGR), ele então determinou que uma junta médica, de confiança do SFT, realizasse a avaliação do estado de saúde de Genoíno, afirmando que de acordo com o resultado ele determinaria se Genoíno iria cumprir a pena em regime domiciliar ou hospitalar.

Ontem, dia 23, por parte da noite, a Junta Médica divulgou um boletim assinado pelos médicos Núbia Welerson Vieira e João Gabbardo dos Reis onde afirma que Genoíno deve permanecer internado por tempo indeterminado. Sua pressão arterial continua muito alta, mas sua coagulação sanguínea melhorou.

Segundo seu suplente, Renato Simões, que o visitou após os exames, Genoíno ficou contente com o trabalho da junta médica e acredita que os resultados vão lhe permitir cumprir a pena lhe foi imposta em regime domiciliar.

Agora, com o resultado dos exames apresentados pela junta médica, indicada pelo próprio STF, fica comprovado que Genoíno não estava blefando com sua saúde. Quem conhece sua atuação histórica como um homem íntegro jamais imaginaria essa conduta cretina com sua saúde, por parte dele. Assim, o boletim médico apresentado pelos médicos e suas determinações de mantê-lo internado por tempo indeterminado escancara os dois erros de Joaquim Barbosa: confiná-lo em regime fechado e desconfiar de que Genoíno não se encontrava verdadeiramente enfermo. 

Nesse episódio, Joaquim Barbosa pode ser entendido como um homem que errou juridicamente, que teria obrigação de não errar em razão de seu cargo, e errou medicamente, embora não tivesse obrigação de acertar, mas pelo menos acreditar na queixa do paciente. O que qualquer pessoa sabe inferir sobre outra pessoa que apresenta visíveis sintomas.

Um espectro que ronda o Brasil?

Arquivo

Neste ano ocorreram pelo menos três episódios públicos envolvendo denúncias de “doutrinação marxista” no ambiente universitário brasileiro.

Por: Luciana Ballestrin

Neste ano ocorreram pelo menos três episódios públicos envolvendo denúncias de “doutrinação marxista” no ambiente universitário brasileiro: a recusa de um estudante em realizar um trabalho sobre Karl Marx, a pedido de seu professor (SC); a ação popular movida por um advogado contra um projeto de extensão de difusão do marxismo (MG), que acarretou em sua suspensão pela Justiça Federal do Maranhão e a acusação de um filósofo sobre a contaminação do marxismo nas Ciências Humanas e Sociais (SP). As três notícias tiveram cobertura em veículos midiáticos, cujas posições ideológicas são historicamente conhecidas do público.

O espraiamento nacional de uma suposição sobre o avanço do comunismo e do marxismo no Brasil, às vésperas do cinquentenário do Golpe civil-militar, convida a todos os cidadãos e cidadãs para a seguinte reflexão: o que estes discursos e ideias representam no Brasil após 25 anos da promulgação da Constituição de 1988? Gostaríamos de sugerir que isso reflete uma paranoia, compartilhada por pessoas e grupos capazes de formar guetos de opinião e que a despeito do alcance restrito, ganham destaque desproporcional na mídia hegemônica.

O conceito de paranoia, em termos psiquiátricos, possui sua própria história, como todos os conceitos mais ou menos compartilhados pelo campo científico. A despeito das controvérsias particulares inerentes a este campo – no caso, o da psicanálise – é possível sustentar com baixo custo de prejuízo que a ideia de paranoia envolve basicamente um delírio persecutório baseado em uma desconfiança descolada da realidade, razão ou empiria.

Defensivas ou preventivas, as consequências políticas da proliferação do discurso paranoico anticomunista e antimarxista ferem, paradoxalmente, dois princípios liberais básicos: liberdade de expressão e tolerância. Ao mesmo tempo, reedita a paranoia clássica alimentada pela Guerra Fria, cuja conjuntura internacional fora cúmplice do segundo período ditatorial brasileiro.

Foi justamente neste contexto que ocorreu a institucionalização das Ciências Sociais no Brasil, amplamente apoiada pela estadunidense e liberal Fundação Ford.
Neste período, várias brasileiras e brasileiros pagaram com a dor, o exílio e a vida, o preço pela defesa de suas ideias comunistas e marxistas, bem como quaisquer outros que contrariassem à lógica da Ditatura Civil-Militar. Hoje, qual é o preço a pagar por essa retórica da intransigência? Como responder a uma paranoia revestida de intelectualidade, a um despautério anacrônico e a um disparate sem fundamento?

Seria um tanto contraproducente esboçar nessas linhas argumentos e razões que tentem comprovar que o Brasil não é governado por comunistas e que a universidade brasileira não está intoxicada pelo marxismo. Inútil, de igual forma, pensar na originalidade histórica dos escritos marxianos e na importância das várias correntes do marxismo – do vulgar e ortodoxo para o crítico e arejado – para os campos das Ciências Sociais Aplicadas ou não. Da mesma maneira estéril, argumentar que o eurocentrismo, o colonialismo e o progresso moderno não são completamente afastados do marxismo e que justamente por isso, ele encontra resistência nos movimentos decoloniais latino-americanos.

Produtivo, talvez, seja observar o nascimento de um novo tipo de direita no Brasil.
Mesmo os velhos e os contemporâneos clássicos do liberalismo político moderado são capazes de aceitar a tolerância, a diferença, a liberdade de expressão, a existência do Estado e o respeito ao outro. Não estamos falando, portanto, da adversária histórica direita liberal. Ela é nova justamente porque ultrapassa a própria moral e a própria ética do liberalismo e acontece neste exato momento histórico. Ela é nova justamente porque também se apropria dos discursos da esquerda e da democracia para combater a própria esquerda e a própria democracia.

Se, cada vez mais, a esquerda não tem se restringindo à alternativa marxista, criando um repertório de resistência, emancipação e libertação próprias, a direita não tem se restringido à alternativa liberal, criando um repertório de ignorância, esquecimento e ódio próprios. Certamente, o espectro que ronda a primeira já não é mais o do comunismo. Mas, o espectro que ronda a segunda ainda desagua no seu totalitarismo oposto, o fascismo. Ou será que estamos, simplesmente, paranoicos?

(*) Professora Adjunta de Ciência Política, Coordenadora do Curso de Relações Internacionais – Centro de Integração do Mercosul Programa de Pós-Graduação em Ciência Política – Instituto de Filosofia, Sociologia e Política, da Universidade Federal de Pelotas.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.412 hits

Páginas

Arquivos