Arquivo para 6 de dezembro de 2013

AMANDLA! AWETHU! MANDELA PASSA, SEM APARTHEID, COM O PODER COM O POVO

Amandla ( Poder), gritava Mandela! Awethu (Poder o Povo), respondia o povo! Foi sempre assim sua ativa existência. Sempre lutando pelos oprimidos, junto com os oprimidos. Uma luta que vem desde criança quando escapou da morte, ocorrência banal para um negro no apartheid da África do Sul. Uma luta que se prolongou pela adolescência, juventude, maturidade e velhice.

Nelson Mandela, nascido em 1918, um nome que gerações ouviram falar como homem inquieto, lutador pelos princípios fundamentais da vida: a liberdade. Não bastaram 27 anos de condenação para lhe tirar a voz. Muito pelo contrário, na minúscula cela em que passou mais de duas dezenas de sua existência heroica, clamou, e estimulou seu povo para lutar por sua liberdade do julgo imposto pela força opressora dos brancos colonizadores que exploravam sua terra.

Nelson Mandela, um Prêmio Nobel da Paz que não pretendia reconhecimento a não ser a concretização de seu ideal: a liberdade de seu povo e a liberdade de todos os povos oprimidos. Uma luta que desdobrou em uma luta internacional deixando seu cunho regional. Mandela não necessitava do Prêmio Nobel da Paz. Seus prêmios eram suas conquistas juntos com povos humilhados que conseguiam seus direitos. Não precisava do reconhecimento da paz que carrega por um órgão que já concedeu o mesmo prêmio a Barack Obama, um homem que não pode ter sua existência comparada com a de Mandela em função de sua prática bélica internacional. Se Obama ao receber o prêmio se sente elevado, com Mandela é o contrário. É a instituição premiadora quem é elevada por Mandela. Nelson Mandela transcendia a qualquer premiação. Sua movimentação existencial não podia ser englobada por qualquer órgão premiador.

Em 1964, ano em que seria condenado à prisão perpétua, diante de um tribunal racista e discriminador, cúmplice de um poder opressor e insolente, Nelson Mandela proferiu seu discurso que iria marca sua história e a história de todos que lutam pela liberdade e os direitos que pretendem viver um mundo democrático.

“Durante a minha vida, dediquei-me a essa luta do povo africano. Lutei contra a dominação branca, lutei contra a dominação negra. Acalentei o ideal de uma sociedade livre e democrática na qual as pessoas vivam juntas em harmonia e com oportunidades iguais. É um ideal para o qual espero viver e realizar. Mas, se for preciso, é um ideal pelo qual estou disposto a morrer”, disse Mandela.

Em 11 de fevereiro de 1990, Mandela, aos 70 anos, foi libertado depois de muita pressão feita pelo Congresso Nacional Africano (CNA) que fora banido em 8 de abril de 1960, permanecendo clandestino por algum tempo, e que ele, Mandela, certa vez presidiu, e por grande maioria da opinião pública internacional e autoridades de várias partes do mundo. Antes de sua liberdade, em 1990, nos anos 70 ele não aceitou a revisão de sua pena e, em 1988, recusou a liberdade condicional que lhe impunha a obrigação de não incentivar a luta armada.

“Quando me vi no meio da multidão, alcei o punho direito e estalou um clamor. Não havia podido fazer isso faz 27 anos, e me invadiu uma sensação de alegria e de força”, disse Mandela no momento em que deixou a prisão e foi carregado nos braços do povo em uma festa da liberdade.

 Em 1994, Mandela foi eleito presidente da África do Sul. O primeiro presidente negro deste país em que a apartheid dominou por longos anos. Foi só uma consequência dos comprometimentos de lutas. O cargo não alterava sua jornada de homem inquieto que luta pelas igualdades, só lhe permitia tratar algumas políticas de modo oficial. Mas nada que pudesse mudar seu fator liberdade. Fez uma grande administração, além de estimular uma existência entre a população negra e branca com menos desconfiança. Existir de forma cortês e tolerante. Embora existissem os resistentes às mudanças. Mesmo os tempos sendo outros.

A existência de um homem não pode ser medida. Mas se acaso alguém quiser medir, não pode ser pelos seus anos de vida marcados pelo tempo pulsado. Uma existência transcende a essa pontuação. A existência de homem são suas produções. Assim, os 95 anos de Mandela são mínimos para a infinitude de sua aventura existencial que envolve princípios anteriores ao seu nascer, sua transição e a futuração da existência. Princípios que ele soube muito bem comprometê-los.

Sua infinitude é tão graciosa e pulsante que ele é um homem do século XX e XXI, mas sempre adiante. Essa singularidade que lhe moveu tocou em grande parte da sociedade mundial, por isso é o maior líder dos tempos contemporâneos. Daí porque Mandela é tão amado no Brasil. Amigo de Lula, dos governos populares. E tema de expressões culturais brasileiras. Daí se poder afirmar que Mandela, no Brasil, é cantado em verso e prosa. Um homem sempre homenageado. Sempre lembrado por suas lutas. Ele está nas vozes dos sambistas. Nas vozes de Beth Carvalho, Leci Brandão, entre outras e outros.

Viva, Vivo, Mandela!

DILMA E LULA PRESTAM HOMENAGENS A NELSON MANDELA

https://i0.wp.com/www.redebrasilatual.com.br/mundo/2013/12/dilma-mandela-conduziu-com-paixao-e-inteligencia-o-fim-do-apartheid-9840.html/mandela_lula.jpg

A presidenta Dilma Vana Rousseff publicou nota homenageando o pacifista e revolucionário Nelson Mandela. Em suas palavras ela afirmou que Mandela foi a maior personalidade do século 20. Ela disse também, que o governo e o povo brasileiro “se inclinam diante da memória de Mandela”.

“Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul.

Seu combate transformou-se em um paradigma, não só para o continente africano, como para todos aqueles que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade.

O governo e o povo brasileiro se inclinam diante da memória de Nelson Mandela e transmitem aos seus familiares, ao presidente Zuma e aos sul-africanos nosso sentimento de profundo pesar. O exemplo deste grande líder guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz no mundo”, considerou Dilma.

Já o ex-presidente e continuo metalúrgico Lula, estava no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC quando soube da notícia. Antes de discursar pediu um minuto de silêncio e falou sobre Nelson Mandela, seu amigo.

“Tive a grande satisfação de ter feito parte de uma geração que brigou contra o apartheid. Tive o prazer de me encontrar com o companheiro Mandela em 1994, em Cuba, na comemoração do 1º de Maio.

Tive o prazer de ser recebido pelo Mandela quando fui candidato e tive o prazer de sentir o significado da conquista da liberdade para um povo.

O grande legado de Mandela foi fazer com que o povo negro da África do Sul descobrisse uma coisa que parece simples, mas não é. Se a maioria do povo era negra, não tinha o menor sentido a minoria branca continuar governando aquele país. Mandela foi uma coisa boa que de vez em quando Deus projeta nas nossas vidas. O mundo perdeu uma das figuras mais extraordinárias que conheci”, considerou Lula.

COMO O PSDB ACREDITA QUE UM GOVERNO DEVE CONSIDERAR A POLÍTICA DE SAÚDE

Em 30 de setembro, o Diário Oficial do Estado de São Paulo publicou o Decreto 59.564 que criou o Conselho de Gestão em Saúde do Estado de São Paulo cuja direção ficou a cargo do médico Adib Jatene e do secretário de Saúde do Estado de São Paulo David Uip. Durante a cerimônia de criação do conselho, o governador de São Paulo  Geraldo Alckmin discursou mostrando o que seria o conselho.

“Tenho certeza que vai ajudar muito São Paulo, que já está na ponta do país em termo de saúde pública, para que a gente possa aprimorar mais o trabalho e a gestão de atendimento e oferecer melhor qualidade de saúde para nossa população e todos os 645 municípios de São Paulo”, discursou orgulhoso Alckmin.

No inicio dessa semana, o secretário de Saúde, David Uip, deu por encerrado o calendário de 2013 da Lide Saúde, que é uma série de seminários do Lide – Grupo de Líderes Empresariais. O encerramento contou com um seminário para os empresários considerados líderes de sucesso, assim como João Dória Junior – do frustrado falso movimento do Cansei que contou com Hebe Camargo, Ivete Sangalo, entre outras inteligências política -, representantes da burguesia paulista e paulistana que tem cumplicidade com o partido PSDB que governa São Paulo, representante das classes conservadoras. 

Durante sua explanação, o secretário de Saúde David Uip, ouviu uma pergunta vinda plateia-amiga que indagava como ele iria fazer para diminuir as filas para exames e procedimentos como no caso da hemodiálise. David Uip não contou desgraça: mandou ver sua verve, inteligência e saudável eticidade médica, de quem é representante das direitas. 

“Um dos membros do Conselho de Gestão é o Alberto Saraiva, médico pela Santa Casa e dono do Habib’s. Muitos me perguntaram o que o Habib’s tem a ver com o conselho. Ora, se o cara vende mais de 600 milhões de esfirras por ano em 400 unidades, ninguém entende mais do que ele em atendimento e logística”, sentenciou Uip sua máxima debochada para uma plateia-cúmplice gargalhando em seu trono “com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar (Raul dos Santos Seixas)”. Mas a morte dos pacientes.

E esse é o governo em que a saúde “está na ponta do país”.

COMUNIDADES QUILOMBOLAS RECEBEM TÍTULOS DE POSSE ASSINADOS POR DILMA

Conforme compromisso declarado ainda no governo Lula que as terras quilombolas iriam ser entregues a essas comunidades. A presidenta Dilma Vana Roussff realizou o compromisso, que também passou a ser seu, entregando títulos de propriedade de terras a dez comunidades quilombolas em oito estados brasileiros.

A cerimônia de assinatura dos decretos de desapropriação e imissão de posse das áreas ocupadas ocorreu no Palácio do Planalto, e contou as participações da ministra Luiza Bairros, da Igualdade Racial; ministra Miriam Belchior, do Planejamento, Orçamento e Gestão; ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome;  ministro Pepe Vargas, do Desenvolvimento Agrário; e ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência.

Dilma afirmou que a assinatura dos decretos é um avanço no “resgate histórico” na questão das terras quilombolas.

“Hoje, avançamos no resgate histórico com a desapropriação e imissão de posse para comunidades. Além de reconhecer e titular os territórios, vamos também assegurar às famílias o acesso ao crédito subsidiado do Pronaf.

O Brasil é um país de muitas cores, raças e culturas. Temos a missão de construir um país de oportunidades para todos, sem discriminação”, disse a presidenta.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.182 hits

Páginas

Arquivos