Arquivo para 21 de dezembro de 2013

REGINALDO ROSSI CHAMA O GARÇOM E FECHA A CONTA

Reginaldo Rossi deixa um legado que foge à alcunha de Rei do Brega e reforça a autenticidade de seu trabalho: Minhas músicas tocam no iPod do esembargador e no radinho do porteiro porque, todo mundo sofre por amor...

O sucesso na sociedade de consumo não deve ser entendido resumidamente como mais um dos elementos estruturais alienantes da sociedade capitalista que tende a imobilizar a população. O sucesso também pode servir como objeto de análise sociológica e política. Nesse contexto pode ser tratado o sucesso do cantor Reginaldo Rossi.

Reginaldo Rossi é nordestino de Pernambuco. Começou sua carreira artística como cantor de conjunto de rock. Hoje, chamado de banda. Mas somente como cantor individual, ou cantor solista, que ele conseguiu o reconhecimento, o chamado sucesso, depois de muito transitar pelo trapaceiro mundo musical-pop sem ser visto como necessário para a sociedade de consumo. Ele foi o tipo resistente e obstinado quanto ao que queria. E é nesse ponto que se pode analisar sociologicamente sua carreira de sucesso nacional depois de muito tempo de reconhecimento regional.

Reginaldo Rossi foi do tempo da dita Jovem Guarda comandada por Roberto Carlos, o compositor e cantor expoente do fator base da depressão. O tempo também da ditadura militar que se apossou do Brasil entre os anos de 1964 e 1985. Embora tenha vivido nessa época ele jamais teve os benefícios da popularidade que os outros como o próprio Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Jerry Adriane, Wanderley Cardoso, Wanderleia, entre outros, tiveram.

Não porque não tivesse um talento vocal para penetrar e se situar nessa trupe, porque outros não tinham e, entretanto, penetraram e se situaram nela, mas porque era discriminado. Também não porque cantasse músicas pobres com temas neuróticos, porque a turma do ‘Reiberto’ tinha esse vazio como suporte e fiz o sucesso que manda a sociedade de consumo. O que acontecia era que Reginaldo Rossi não manejava as articulações empresarias e, mais, lhe faltava o signo indiferente da classe média que os componentes da Jovem Guarda tinham de sobra. A falsa rebeldia do tipo “eu sou terrível vou lhe dizer, eu ponho mesmo pra derreter”. A rebeldia inócua que agradava aos pais da classe média e os militares, e repelia Chico e sua turma da MPB. Ele não sabia fazer o gênero sul maravilha, caras e bocas das cores e tons dos enuviados. Ele bem que tentou ter seu lugar ao sol. Uma prova é a canção que gravou, em 1966, com o título O Pão. Um trabalho com os requisitos das canções da inepta Jovem Guarda a turma do éramos todos mortos. Mas não decolou.

Foi quando, em um saque parecido com o de Waldik Soriano, se voltou para o Nordeste e o Norte. Pronto. Nessas regiões ele passou a ser reconhecido e ter seu lugar ao sol do sucesso. Em Manaus, nem se fala. Reginaldo Rossi transita com facilidade em meio do povo com a mesma desenvoltura que transita entre os políticos. De prefeito a governador. Sempre cantando canções com ritmo caliente, como seus fãs gostam. Entre uns agudos e uns balançados, ele cantava a dor das separações. E tome palmas.

Foi então que ocorreu do sul maravilha descobrir o valor econômico desse tipo de música que já estava sendo tocada nos points dos generosos. As TVs e Rádios apresentavam de Waldik Soriano a Carlos Alexandre, passando por Peninha e Fernando Mendes. Já havia os rastros de Evaldo Braga e Sidney Magal: “Se te agarro com outro eu te mato, te mando algumas flores e depois escapo”. Aí, o sul maravilha resolveu taxar a música de Reginaldo Rossi de brega, usando esse termo extraído de uma novela da triste TV Globo, para classificar como música de mau gosto, coisa do populacho. A nova roupagem da discriminação. Como coisa que o entretenimento da classe média fosse de excelsa erudição e sensibilidade. Quando se sabe que a burguesia nem desconfia que tem sentidos e razão.

Diante dessa nota e desse tom, não se pode tratar da carreira de Reginaldo Rossi deixando de lado esta realidade sociológica. Ele foi mais um nordestino discriminado pelo dito ‘bom gosto’ dos que detém o poder da comunicação no sul maravilha e da indústria do consumo do lucro fácil. Mas não adiantaram as discriminações. Foram 31 álbuns gravados, 14 discos de ouro, dois de platina, um de platina duplo e um de diamante. Assim, Reginaldo Rossi, namorou com A Raposa e as Uvas, desejou no Mon Amour, Meu Bem, Ma Famme, e se embriagou, lamentou e confessou sua desilusão ao Garçom.

Depois ele chamou o garçom e disse: “Se eu pegar no sono, me deite no chão”. E ele pegou no sono.

NA INAUGURAÇÃO DA RODOVIA FEDERAL BR-448, EM CANOAS, DILMA APROVEITA PARA SE POSICIONAR CONTRA A COBRANÇA DE PEDÁGIO URBANO

Dilma

Dilma não para de colher os frutos de seu governo e alguns semeados nos governos Lula. Por essa razão administrativa pública, ela durante todas as semanas tem sempre uma obra para inaugurar. Desta vez, foi a rodovia federal, BR-44, em canoas, no Rio Grande do Sul que foi construída com o propósito de permitir melhor fluxo dos transportes na região metropolitana de Porto Alegre.

A obra tem seu nascedouro ainda quando Dilma era ministra da Casa Civil do governo Lula. Foram apresentada duas propostas de concessão da rodovia, mas as duas eram pedagiadas. No transcurso de sua construção 600 famílias que moravam no entorno foram retiradas e recolocadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. Na ocasião da inauguração Dilma e ministro dos Transportes, César Borges, assinaram contratos para criação de projetos e realização de obras de duplicação e melhoria da BR-116, que fica entre Porto Alegre e o município de Novo Hamburgo.

“Quem não conhece essa região pode estranhar que tenham sido necessários quatro anos, desde a emissão da licença de instalação. Mas nós que conhecemos a realidade sempre soubemos que não seria simples: é uma rodovia paralela ao Rio dos Sinos, que corta regiões que inundam e áreas de proteção ambiental.

A BR-448 agora é uma realidade. Eu que acompanhei essa obra quero dizer para vocês que muitas vezes escutei dizer que ela não sairia do papel. Então, quando eu digo que agora ela é uma realidade, eu digo com a alma cheia de alegria. É uma obra muito bonita, mas mais importante que a beleza é que ela respeita o meio ambiente é beneficia a população desta região do Rio Grande do Sul.

O governo federal considera que não é correto pedagiar estradas em zonas urbanas ou regiões metropolitanas, principalmente quando a obra é estratégica e enseja para as pessoas um custo grande que é o de descolar onde se vive. Você não pode pedagiar o deslocamento entre o trabalho e a casa ou entre a universidade e a casa”, analisou Dilma.

CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS DIVULGA QUE EM NOVEMBRO FORAM CRIADAS 47,5 MIL VAGAS COM CARTEIRA ASSINADA

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgado pelo Ministério do Trabalho (MTE) mostrou que o mercado formal de trabalho criou 47,5 mil vagas com carteira assinada no mês de novembro, correspondendo o melhor resultado em três anos referente ao mês de novembro. Relativo ao ano, o saldo é de 1,546 milhão: 20,9 milhões de contratações e 19,4 milhões de demissões. Desta forma, o ano terminará com 1 milhão de vagas com carteira assinada. De acordo com o cadastro o mês de novembro sempre apresenta números fracos. Observando o governo Dilma, desde o mês de janeiro de 2011, foram criados 4.937.357 empregos formais.

Na demonstração do crescimento anual por vagas, todos os setores cresceram.

– Setor de Serviços: 652.522, expansão de 4,02%.

– Setor de Construção: 182.454, expansão de 5,86%.

– Setor de Indústria de Transformação: 289.937, expansão de 3,53%.

– Setor de Comércio: 296.376, expansão de 3,31%.

– Setor de Agropecuária: 73.849, expansão de 4, 69%.

– Setor de Administração: 37.471, expansão de 4,29%.

Também na demonstração por região, todas cresceram no ano.

– Região Sudeste: 711.957, explanação de 3,35%.

– Região Sul: 360.803, expansão de 5,10%.

– Região Nordeste: 216,269. expansão de 3,38%.

– Região Centro-Oeste: 177.034, expansão de 5,86%.

– Região Norte: 80.936, expansão de 4,46%.

“A expectativa para esse fim de ano é melhor do que do ano passado. A geração de emprego de novembro último mostra a manutenção do dinamismo do mercado de trabalho formal, verificado nos últimos meses, comparativamente ao mês do ano anterior”, observou Manuel Dias, ministro do Trabalho.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.044 hits

Páginas

Arquivos