Arquivo para 20 de fevereiro de 2014

AZEREDO, RÉU DA AÇÃO PENAL 536 E DENUNCIADO COMO “MAESTRO” DO MENSALÃO DO PSDB/MG PELO PGR, RENUNCIOU PARA EVITAR JULGAMENTO NO STF

O “MAESTRO” RENUNCIA

O deputado federal por Minas Gerais, Eduardo Azeredo, um dos mais fortes representantes do PSDB nacionalmente, depois que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) 22 anos de prisão para ele, denunciando, através de provas robustas, como o “maestro” do mensalão do PSDB mineiro, nunca mais voltou a apresentar aquela visível arrogância que sempre exibia. Principalmente quando defendia sua posição contra a liberdade na internet. Azeredo, crente, talvez, que jamais seria atingido pelas ações da Justiça, trafegava muito seguro de si por entre seus pares como Fernando Henrique, Serra, Aécio e outros. Aí a razão da mudança em seu comportamento. Como se diz na linguagem do boxe: Ele acusou o soco. Sentiu o gancho da Justiça.

DA IMPOSSIBILIDA DE COMPARAÇÃO COM O PT

Grogue com o efeito da ação-jurídica, ele efetuou o que já havia concebido: pediu renuncia ao cargo de parlamentar através de uma carta entregue por seu filho, Renato Azeredo, ao presidente da Câmara Federal, Henrique Alves (PMDB/RN). Na carta, Azeredo, diz que pessoas da vida política estão vulneráveis a ataques e pressões de adversários, e que também, por causa de sua família, não quer ser comparado com o PT. Raciocinou de forma justa nesse ponto, Azeredo. O mensalão do PSDB, tirando Marco Valério que operou para os dois partidos, não tem qualquer comparação. A performance do “maestro” Azeredo no mensalão do PSDB não tem qualquer possibilidade de comparação com qualquer dos condenados na Ação Penal 470. Sua condenável atuação se apropriando de recurso público foi direcionada para seu próprio benefício, apesar de existirem outros personagens denunciados no esquema de corrupção. As provas da Procuradoria-Geral da República (PGR) permitem essa inferência. Além de que, o inventor dessa técnica de corrupção, pós-ditadura, foi o PSDB.

 CARTA DE UM “MAESTRO” QUE TEVE A REPUTAÇÃO ARRASADA

 “Uma tragédia desabou sobre mim e minha família, arrasando o meu nome e a minha reputação, construídos com zelo permanente a partir de legado exemplar que recebi de meus saudosos país, Renato e Ruth Azeredo – eles próprios, pessoas que também sempre se dedicaram à vida pública e ao bem de Minas Gerais e ao nosso país. 

Mas de que adianta mais eu alegar que não sou culpado? O que posso é reafirmar que estou pronto a responder em qualquer foro às acusações que me fazem. Não vou, porém, me sujeitar à execração pública por ser um membro da Câmara dos Deputados e estar sujeito a pressões políticas. Esta sanha não quer que prevaleça a ponderação da Justiça, mas, sim, ver, pendurado e balançando no cadafalso, o corpo de alguém exemplado para satisfazer os mais baixos apetites em ano de eleição.

Minhas forças já se exaurem, com sério risco para minha saúde e para integridade de minha família. Não aceito que meu nome continue sendo enxovalhado, que meus eleitores sejam vítimas, como eu de mais decepções, e que sejam atingidos o meu amado estado de Minas Gerais e o meu partido, o PSDB.

Não fiz empréstimo fictício para minha campanha de reeleição ao governo de Minas em 1998…”, diz trecho da carta-renúncia escrita pelo “maestro”.

 AÉCIO DIZ QUE RENUNCIA FOI DE FORO ÍNTIMO

Azeredo teve o azar do pedido do procurador-geral da República ocorrer logo no ritmo quente das eleições presidenciais. Se fosse eleições para prefeituras o azar seria menor. Mas não foi. A dura realidade para si é essa: Aécio, de Minas Gerais, é candidato à Presidência. Como ficaria a situação? O julgamento correndo e Aécio em campanha? Renúncia antes que tardia!

O teatrólogo alemão, Brecht, diz, em um poema, que “o homem tem dois olhos, e o partido tem mil olhos”. O PSDB mostrou seus mil olhos e, Azeredo, azarado, viu os mil olhos. Mas Aécio diz que a decisão da renúncia foi de “foro íntimo”.

“Que eu saiba não foi nenhuma. Foi uma decisão de foro íntimo que tem que ser respeitada”, tergiversou Aécio.

 AZEREDO PODE ESCAPAR DA JUSTIÇA, NÃO DAS PROVAS

Com a renúncia Azeredo perde o foro privilegiado, escapa do julgamento no STF e vai ser julgado em primeira instância na Justiça de Minas Gerais. Pode recorrer a segunda e terceira instância até o crime prescrever. Ai se materializa o que o PSDB queria junto com seus comparsas das mídias e empresários inimigos da democracia.

O mensalão do PSDB, em Minas, era para ser julgado primeiro que a Ação Penal 470, mas ministros optaram pelo contrário. Aí a possibilidade cronológica de prescrição.

Mas o que fica concreto nesse caso é que mesmo que Azeredo escape de qualquer julgamento, ele nunca vai escapar das provas apresentadas contra ele pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Na sua concepção do que é moral, era tudo que ele não queria.

MAS, O MINISTRO BARROSO, RELATOR DA AP/536, DIZ…

O ministro Luiz Roberto Barroso, relator da Ação Penal 536, disse que a renúncia de Azeredo o pegou de surpresa e que vai analisar qual a medida cabível para o caso. Disse também, que existe precedente para manter o julgamento no STF.

“O STF tem reagido um pouco quando considera que tem havido algum tipo de manipulação da jurisdição. Não estou fazendo nenhum tipo de juízo de valor, mas é um dos elementos a serem considerados”, disse Barroso.

O DEPUTADO HEINZE (PP/RS) DISCRIMINOU NEGROS, ÍNDIOS E HOMOSSEXUAIS, AGORA A FRENTE PARLAMENTAR QUER SUA PUNIÇÃO

O Discurso Racista e Homofóbico de Heinze.

“Hoje os invasores de terra têm os direitos e as pessoas de bem não têm direito nenhum. Em Sananduva, no Rio Grande do Sul, tem um pequeno produtor que foi expulso de sua terra e os índios estão certos? Essa gente presta?

Estão aninhados quilombolas, índios, gays, lésbicas, tudo que não presta está alinhado ali, e eles têm a direção e o comando do governo”, discursou o deputado  racista e homofóbico, Luiz Carlos Heinze.

O discurso do deputado ocorreu no mês de novembro do ano passado, passou a ter repercussão agora. Seu discurso, além de ter o objetivo de amealhar eleitores reacionários, procurava atingir o Gilberto Carvalho, ministro Secretário-Geral da Presidência da República. Também o deputado Alceu Moreira (PMDB/RG), entrou na roda de discriminação, e juntos, os deputados, estimularam os proprietários rurais a se rebelarem contra os índios e os quilombolas. Além de acusarem o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) de ser o “orquestrador” da posição que os índios tomam na defesa de suas terras, acusaram-no de estar a serviço de organismos internacionais contra o agronegócio.

Agora, que as posições discriminatórias de Heinze chegaram a público, ele iniciou um desmentido com significado hilário. Entretanto, a deputada Érica Kokay (PT/DF), presidenta da Frente Parlamentar dos Direitos Humanos, não riu da piada sem graça de Heinze e afirmou que suas declarações ferem o decoro parlamentar. Por isso, ela vai entrara na Corregedoria com pedido contra o homofóbico racista por quebra de decoro parlamentar.

“Ele incitou a violência e desqualificou gays, quilombolas e indígenas. É inadmissível que nós possamos encarar que isso é natural”, disse a deputada.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.141 hits

Páginas

fevereiro 2014
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Arquivos