“A PROVIDÊNCIA DIVINA NÃO QUIS QUE EU EMBARCASSE NO AVIÃO”, DISSE MARINA. PODE-SE INFERIR QUE DEUS QUIS A MORTE DE EDUARDO PARA ELA SER CANDIDATA À PRESIDÊNCIA

2419383646_our_god-62569647278_xlarge

A POLÍTICA DO TEATRO GREGO

O teatro grego iniciou sua história com temas onde os deuses manipulavam os homens. O que significava que os homens eram meros brinquedos dos deuses que faziam deles o que lhe apetecesse. Um dos grandes trágicos gregos que seguiu essa temática foi Ésquilo. Suas tragédias mostram a luta inglória do homem, simples mortal, diante da força dos deuses que sempre lhe impunham suas vontades. E o homem saia derrotado.

Em seguida apareceu, propondo um teatro com o homem mais liberto, o trágico Sófocles, que apresenta em suas tragédias as lutas do homem contra os desígnios dos deuses. Em seu teatro homem luta por sua identidade e liberdade contra o aprisionamento dele imposto pelos deuses, como ocorre com Édipo, na tragédia do destino, Édipo Rei. Mas os deuses perdem suas interferências sobre o homem exatamente com o trágico Eurípedes. Ele cria uma tragédia em que o homem é seu principal personagem. O homem luta com o que ele mesmo criou. Não há deuses para desculpas. Não é por acaso que Eurípedes é considerado o trágico-existencialista. Seu teatro é o teatro do homem com sua existência. Um teatro ontológico onde o ser é o próprio homem.

CONHECIMENTO E LIBERDADE ONTOLÓGICA

Alcançar essa dimensão existencial de responsabilidade por seu próprio existir requer graduação do conhecimento, como diz o filósofo Spinoza. Sair do mais baixo grau de conhecimento é escapar das superstições, da ditadura da imaginação opressora. É saber que não há desculpas para o homem, visto que ele é responsável pelas próprias escolhas, como diz o filósofo Sartre. Quando alguém se encontra escravizado pela superstição há sempre desculpas, e nunca responsabilidade. Alguém é responsável pelo que me ocorre de bom e de mal. Sou tão desativado que até minha felicidade é outro o é responsável, como observa o filósofo Nietzsche. Nunca sou responsável por mim como humano. O que significa dizer que até minha felicidade não é um produto de minha responsabilidade construído junto com os outros.

DEUS PRETERE EDUARDO EM FAVOR DE MARINA

Diante do corpo, ainda quente, de Eduardo Campos, sua vice, Marina, obreira da igreja Assembleia de Deus, afirmou: “a providência divina não quis que eu embarcasse naquele avião”. Marina, através de seus percursos, já mostrou que é uma mulher ambiciosa. Ela, por ambição, divergiu do Partido Verde e saiu. Por ambição, vem tentando criar um grupo chamado de Rede de Sustentabilidade que para a deputada socialista Erundina, já mostra que não é partido, mas uma rede. Com sua Rede pretendia disputar a eleição para Presidência. Como não conseguiu sua inscrição junto Tribunal Superior Eleitoral (TSE), realizou uma jogada e entrou no PSB, e foi escolhida como vice de Eduardo. Mas o que ela pretendia mesmo era sair como cabeça da chapa. Essa sua continua ambição dissimulada como vice.

Foi então, que Eduardo sofreu o acidente. Aí, como Marina já demostrou que não entende nada de Freud e muito menos de psicanálise, em ato falho-teológico, revelou seu verdadeiro intento: ser a candidata à Presidência. E como é aprisionada na superstição em seu favor, proferiu a sentença-teológica introduzindo a vontade de Deus em sua ambição. Ela é candidata porque Deus quer. Não porque ela decidiu, mas por escolha de Deus. Da forma que os deuses interferiam nas tragédias de Ésquilo eliminado a vontade e responsabilidade do homem.

DEUS DE MARINA SUPERA ZEUS

Uma sentença-teológica que a mostra como uma pessoa singular para Deus. Deus lhe dedica atenção especial. O que Deus não dedicou para Eduardo. Pela sentença-teológica de Marina, infere-se que Deus não queria Eduardo como candidato à Presidência, e sim Marina. Mas esse Deus de Marina se apresenta mais cruel do que Zeus. Ele deixou Eduardo assumir a campanha, viajar, encontrar eleitores, trabalhar por sua eleição, e quando se engajou, otimistamente, em sua campanha, o levou à morte para beneficiar a sua privilegiada Marina. Ele não atentou que Eduardo era também seu filho e que tinha direito de realizar um projeto-existencial que escolheu acreditando na coletividade. Quando Marina, em sua ambição, não conjectura a coletividade. Como Deus, escolheu Marina, deixou que Eduardo “embarcasse no avião”. Esse Deus de Marina se mostra como qualquer pai vulgar, que através de sua moral pessoal de homem frustrado, privilegia alguns filhos em detrimento de outros. Esses filhos são privilegiados porque gratificam os anseios desse pai.

O QUE FOI QUE EDUARDO FEZ CONTRA DEUS?

O que leva a aumentar a inferência com uma interrogativa: O que foi que Eduardo deixou de realizar para Deus? Ou, o que foi que ele fez para Deus querer sua morte? Será por que Eduardo era socialista e Marina não é? Não. Não é essa assertiva, porque, segundo consta no conceito de irmandade, Deus é socialista: quer o bem de todos. Por essa última enunciação, Marina, encontra-se usando o nome de Deus em seu interesse pessoal. Ela blasfema. Comete heresia. Como fazem outros auto-alcunhados religiosos. Marina conclama o filósofo Epicuro quando ele diz: “O ímpio não é aquele que despreza os deuses da multidão, mas sim aquele que adere às ideias que a multidão faz dos deuses”. Em uma lógica rasa, Marina é uma marionete interesseira nas mãos de Deus.

DA CUMPLICIDA FARISAICA DO PSB      

Mas essa posição de Marina não acaba nela. Chega aos parentes de Eduardo Campos e o PSB. Os parentes de Eduardo, com seus motivos, não leram a sentença-teológica de Marina. E, por sua vez, o partido não sabe, como sabe a deputada do próprio partido, Erundina, que Marina não é socialista e muito menos pessoa que se associa às agremiações partidárias. Por essa ignorância, o PSB também compactua com Marina contra Eduardo: Deus não queria Eduardo como candidato, e sim Marina. Assim, se alia, servilmente, a Marina. Não entende que Marina é solipsista-modelo: só acredita em seu ego e jamais nos dos outros. Por isso que ela se toma como escolhida de Deus. 

Só que ela não sabe que antes dela, Deus já era brasileiro.

 

0 Responses to ““A PROVIDÊNCIA DIVINA NÃO QUIS QUE EU EMBARCASSE NO AVIÃO”, DISSE MARINA. PODE-SE INFERIR QUE DEUS QUIS A MORTE DE EDUARDO PARA ELA SER CANDIDATA À PRESIDÊNCIA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.809 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: