“PROGRAMA MAIS MÉDICOS: PERSPECTIVAS E OPINIÕES”, O DESESPERO E A INVEJA DAS DIREITAS

image_largeNo último dia 11, o Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com apoio da Organização Pan-Americana da Saúde, realizou o simpósio Programa Mais Médicos: Perspectivas e Opiniões com o objetivo de discutir com os usuários do sistema público, estudantes, médicos, agentes comunitários de saúde, gestores municipais os avanços, desafios e as perspectivas a curto, médio e longo prazo o programa federal que atualmente atende mais de 50 milhões de pessoas em 3.785 municípios e 34 Distritos Sanitários Indígenas, através do trabalho de 14,462 médicos.

O resultado do simpósio foi o que todo democrata brasileiro esperava: a confirmação de que o Programa Mais Médicos tem eficácia, é necessário e, portanto, deve continuar. Principalmente pela relação solidária e comprometida criada entre os médicos e os moradores das comunidades. Um respeito e confiança mútua necessária para a realização do trabalho de saúde e combate as enfermidades.

Um resultado, como é óbvio, que não interessa as direitas que desde sua elaboração foi contra e tudo fez para que ele não se concretizasse. Só que nas eleições presidenciais seu candidato maior, Aécio Cunha, afirmou que iria continuar com ele caso fosse eleito. Mas como a maioria do povo brasileiro, inteligentemente, não quis, o acaso não se materializou. Diante da razão esse tipo de acaso não se atualiza como real.

A comprovação do resultado saiu dos testemunhos dados pelos que participaram do simpósio, pessoas que saíram de diversas partes do Brasil como dona Edite Rodrigues, moradora de São Francisco do Guaporé, na fronteira do estado de Rondônia com a Bolívia. De acordo com dona Edite, “médico era coisa difícil”.

“Hoje, o médico vai na comunidade, vai visitar, ver criança nascer, atender criança de baixo peso. A gente consegue consulta até para micose, e conversa om ele como se fosse amigo. Antes não, ele era uma autoridade máxima”, analisou dona Edite.

Iraci Vera dos Santos, agente de saúde, também de São Francisco do Guaporé, reafirma o que analisou dona Edite.

“É difícil andar sozinho, fazer nosso trabalho sozinho. E a consulta era super-rápida, porque o médico não tinha tempo para nada. Agora é possível acompanhar as famílias diariamente. Gestantes, diabéticos, crianças idosos. Hoje acompanhamos hipertensos, acamados. Como é difícil levar para o postinho quem não pode andar! Por isso, a população estar adorando. A gente organiza o mês. Não é fácil, mas estamos avançando” disse Iraci.

Dona Nilza de Souza, do distrito de Albuquerque, da zona rural de Corumbá, Mato Grosso, também testemunha de forma similar.

“Temos médico todo dia, e não mais uma vez por semana. Antes, quando a gente ia ao posto, não sabia se ia ser atendido. Minha mãe é cadeirante, o médico vai atender em casa. Agora temos duas pessoas em uma: um médico e um amigo. Então, só tenho a agradecer”, observou dona Nilza.

Morador, também, de Albuquerque, e agente comunitário desde 2005, Joilson dos Santos, reafirma que antigamente era impossível tecer laços entre o médico e os moradores.

“Não tinha como criar vínculos. Faltava médico, ninguém queria vir para cá, na zona rural, a 70 quilômetros”, testemunhou o agente comunitário.

E as comparações com o que ocorria antes da chegada do Mais Médicos continuam com a agente de saúde, Maria do Carmo Santos Pereira, do município de Nossa Senhora das Dores, semiárido de Sergipe, 72 quilômetros de Aracaju.

“Antes, eles chegavam ao posto 9h, 9n30, e queria ir embora ao meio-dia. Hoje, o médico vai às casas porque tem que conhecer as famílias. Acorda às 5h para ir para zona rural, muito distante de tudo. A gente chega às 6h30 para a ginástica das idosas. Todas estão felizes, vaidosas. Fizeram até desfile. Secaram o cabelo, fizeram maquiagem. Foi muito bonito mesmo. Espero que os médicos fiquem por muito tempo. Pelo menos até eu me aposentar”, disse sorrindo Maria do Carmo.

Aos 88 anos, a sertaneja sergipana Maria da Graça Lima, tem a lucidez suficiente para analisar a revolução que vem ocorrendo com o Programa Mais Médico.

“Foi Deus que colocou o doutor Rodolfo aqui. Ele vai na casa do povo. Visita todo mundo, recebe a gente bem. Eu vivia doente da ‘perna’ não conseguia nem abaixar, apanhar nada no chão. Mas graça a Deus, e os remédios do doutor, estou muito satisfeita. Não sei como vamos ficar se um dia ele se for”, falou do alto de seus 88 anos dona Maria da Graça Lima.

E assim seguiram outros testemunhos tanto de usuários como também de médicos. Todos foram unânimes em mostrar a criação dos laços solidários entre os profissionais e as comunidades. Uma gratificante e humana necessidade que deve ir além da aposentadoria de dona Maria do Carmo. Como, também, além do temor de dona Maria da Graça, que diz não saber como irá ficar se o doutor for embora.

Para quem já viveu tantas privações, o temor é comum, embora não fosse necessário. Mas, ao observar o engajamento dos governos populares Lula e Dilma, esse temor não deve ser motivo ou de ansiedade ou angústia. O Programa Mais Médico foi instituído para a possibilidade da saúde e a prevenção contra as doenças.

0 Responses to ““PROGRAMA MAIS MÉDICOS: PERSPECTIVAS E OPINIÕES”, O DESESPERO E A INVEJA DAS DIREITAS”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.982 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: