Arquivo para 24 de junho de 2015

O NARCISISMO DAS DIREITAS COMO MAGNIFICAÇÃO DO EU DESLOCADO DA OBJETIVIDADE

espelho-quebradoUma sociedade é vista pelo senso comum como uma realidade bem formada, bem acabada e imutável. Ou seja, uma representação de subjetivação que tende sempre ao mesmo fim com os mesmos personagens, apesar de serem outros os atores. Como o senso comum não faz uso dos corpos que compõem a crítica, embora ele carregue, ele não entende de produção desejante. Ele não sabe que há sempre corpos imateriais em processuais de mutação e desterritorialização cortando essa realidade bem formada, bem acabada e imutável. O que significa que ele não concebe as aparências como simulações de outras realidades que ele teme.

As direitas brasileiras – por que não todas as direitas do mundo? – tentam de todas as formas simplificadas, como é de seu organismo endurecido, levar o público a crer que ela é democrática e só pretende o bem do Brasil. Mas não passa de fabulação. Elas não têm qualquer ligação com o mundo objetivo que lhe possa servir de objeto à crítica-dialética. Aliás, a crítica dialética á um corpo epistemológico inatingível por elas. Alienadas da objetividade como corpo mutante, elas são somente seus próprios reflexos.

Nesse caso, para entender melhor e mais fácil a representação que são as direitas, se faz necessário recorrer a Freud com seu discurso sobre a primeira fase pré-genital: a fase oral. Como se sabe a criança nos seus primeiros momentos de existência tem no seio materno sua fonte de alimentação. Só que ela não o sente como fora dela. Ela a sente como em si mesma. O leite que a alimenta, é nela mesma. Daí que ela se concentra em si. Essa ligação em si chama-se narcisismo primário. A libido, o instinto, dela é investida nela mesma. Pode-se até a aventar a afirmativa: ela é o mundo.

Só que ela não vai permanecer investindo a libido em si mesma. Essa libido, de acordo com a evolução psicossexual dela, vai ser investida fora dela. No corpo da mãe. O que antes já ocorria só que a criança não sentia. Esse investimento chamado de libido objetal é base da sociabilidade do homem. Ir fora para construir seu Eu junto com os outros em forma de objetividade. Agora, o narcisismo, que era forma de investimento em si mesmo, foi transformado em libido objetal no mundo. A pessoa se encontra ligada ao outro como alguém que lhe proporciona realidade fraterna. Os amores. Investimento libidinal que quando é cortado, por formas de separação, causa o luto. Por exemplo, a morte de alguém que se gosta.

Pois bem, quando uma pessoa corta seu investimento com a realidade, essa libido vai ter que ser investida em outra parte, já que ela não pode ficar sem objeto. Sendo a realidade a causadora do corte, a pessoa faz a inversão ou introversão, como diz Jung: investe sua libido em si mesmo. Em psiquiatria é o sintoma da psicose. Mas em psicanálise é tido por Freud, como magnificação do Eu em forma de megalomania em que muitas vezes a pessoa fantasia ou delira ter poderes superiores. O conhecido narcisismo secundário. Uma regressão a fase oral onde a criança fantasiava se bastar. Sintoma básico das angústias e depressões que para Freud, sendo uma regressão muito profunda é difícil de cura. 

Apresentado esse quadro, sinteticamente, é possível entender porque as direitas do Brasil – por que não do mundo ? – são perigosas. A objetividade que elas defendem não passa de projeção narcísica. As chamadas neuroses narcísicas. Não existe para elas uma objetividade concreta. Como o capitalismo é um sistema anal com sintomas de retenção, poupança e avareza, para Freud e Karl Abraham, com forte componente narcísico em função de sua concentração em si mesmo, ele aparece como ilusão do fora para elas. Não esquecer que a ilusão é um desejo sem objeto. Mas esse fora não é realidade é nada mais do que o reflexo delas mesmas.

Com o Eu magnificado em forma de narcisismo secundário, elas não podem fazer nada mais do que delirar diante da realidade que se impõe a seu delírio e que lhe incomoda. Nesse estado, elas odeiam a realidade que hoje se expressa no Brasil em forma de política real movimentada pelos negros, LGBT, trabalhadores, mulheres, religiões afro, índios e outros devires-minorias que elas atribuem aos governos populares de Lula e Dilma e que condenam em seus narcisismos.  

Um bom exemplo para estudo nos mostraram os senadores que fantasiaram ir à Venezuela. Nenhum deles tem a concepção real do país de Chávez. Eles foram impulsionados pelas magnificações de seus EUs. Quando se defrontaram com a realidade, que para eles não existia, se angustiaram, pois não puderam investir suas libidos na objetividade, já que ela não existia para eles. Desesperam chegando a recorrer à fantasia como foi o caso do senador Caiado que afirmou ter um vídeo gravado quando não tinha.

É preciso ter em conta que quando se fala sobre direitas não são só as representações partidárias, mas também outros segmentos da sociedade como as mídias representadas pela Rede Globo que são impulsionados pelo mesma magnificação do EU. E também não confundir banalmente o conceito de narcisismo usado pelo senso comum para alguém que se preocupa em chamar atenção sobre si. Se fosse só isso o perigo seria menor, bastava bater palmas para essa pessoa, mesmo em tom de zombaria. O narcisismo como magnificação do Eu é um perigo para a democracia porque é um sintoma psicopatológico que exclui o mundo real. É uma forma de psicose. E não há democracia fabulada. Um EU magnificado só é atraído por miríades psicodélicas que ofuscam apercepção e concepção do real.

Daí a atenção que se deve ter no caso de escolha de candidatos como representantes da população no Legislativo e Executivo. Existem muitos narcisados e que o senso comum tem como comprometidos com a sociedade. Quem tem sua libido investida em si mesmo além de negar a objetividade imobiliza a si próprio em uma patológica rede de fantasmagorias. O que não é da democracia. Democracia não é um castelo assombrado ou uma Disney que se alimenta de resíduos narcísicos.

As derrubadas de Lula pela direita

5677DCAFE5F5DA9BBE8ADE63F16A897D2604E1CE8E025C0A5D444A0992C2242AQuando a oposição se dá conta que dispõe apenas de Aécio e de Alckmin para serem candidatos, a obsessão de tirar o Lula da jogada volta com força.

por Emir Sader

O Lula já foi derrubado muitas vezes pela direita, só que nunca caiu. Foram momento de ejaculação precoce por parte da direita brasileira.

A primeira vez foi na crise de 2005. A direita considerava favas contadas a derrubada do Lula. Pensou no impeachment, mas depois recuou, com medo da reação popular.

Aí preferiu “sangrar o governo”, até derruba-lo nas eleições de 2006. Só que os efeitos das políticas sociais do governo tinham gerado uma grande base de apoio popular, que levou o Lula à reeleição em 2006.

Depois Lula ia ser derrubado, ia sair derrotado do governo, porque sua candidata era um poste e o da direita amplamente favorito. Deu o poste e Lula saiu vitorioso, com o maior apoio popular que um presidente tinha tido, apesar da campanha da mídia monopolista contra ele.

A obsessão com Lula voltou conforme se enfoca o horizonte das eleições de 2018. Ganhar no campo, a direita vê que é impossível, por mais que se contente ilusoriamente com pesquisas manipuladas. Se acreditasse nelas, não estaria de novo com a obsessão de tirar Lula do caminho, via alguma forma de impedimento jurídico.

É o tema central da mídia e o objetivo do tal do juiz Moro. Nada faz sentido se não conseguir chegar a Lula, mas ao mesmo tempo tem medo e não tem elementos para isso.

Quando a oposição se dá conta que dispõe apenas de Aécio e de Alckmin para serem candidatos, a obsessão de tirar o Lula da jogada volta com força. De que valeu toda a campanha do mensalão em 2005, se na eleição Lula derrotou Alckmin? De que valeria todas as manipulações de agora, se o enfrentamento voltar a colocar frente a frente Lula e Alckmin?

Se trata então de derrubar de novo Lula, antes que ele derrube de novo a direita.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.246.601 hits

Páginas

Arquivos