Arquivo para 22 de julho de 2015

EDUARDO CUNHA COMEÇOU CAMPANHA PARA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA AO FINANCIAR CADIDATURAS DE DEPUTADOS. SERIAM MAIS DE 100

b73db026-1fe1-482d-aab7-a31f187ccd0dEmbora se saiba que a maioria dos parlamentares entrou na dita política  partidária impulsionados por suas implicações de cabos-eleitorais de governadores, prefeitos e outros alcunhados de políticos, por tal não têm qualquer dimensão política, o que os tornam a negatividade democrática, todavia, é necessário um estímulo para que ele se associe em alguém igual a eles.

Como o Congresso Nacional do momento é o pior de toda a história do Brasil no sentido de inteligência, afetos e ética, Eduardo Cunha, seria de qualquer forma eleito presidente da Câmara Federal. A subjetividade dominante da Casa é essa dolorosa realidade antidemocrática. Entretanto, a sociedade saber que mesmo antes das posses dos parlamentares na legislatura atual já havia comprometimento, conchavos, barganhas é fundamental para constatar com maior vigor o quadro da política partidária que expressa o Congresso Nacional.

De acordo com o deputado Chico Alencar (PSOL/RJ) há afirmações na Câmara que Eduardo Cunha, sujeito-sujeitado com dezenas de processos nas costas, teria financiado a campanha de 100 deputados. Deputados comprometidos com sua candidatura à presidência da Câmara. É lógico, que o dinheiro para os financiamentos das campanhas não saiu do bolso de Eduardo Cunha, mas de empresas que ele faz lobby. Além de quê ele jamais iria usar seu (?) dinheiro para auxiliar candidatos, visto que o “amor” do capitalista é a usura. Nada de usar o que é seu (?) para ajudar outro. Não por acaso que os deputados iguais a Eduardo Cunha votaram pelo financiamento de partidos pelas empresas. A clara demonstração de apologia à corrupção.

“Para a presidência da Câmara ele operou também dessa maneira, conversando com deputados recém-eleitos, mais de 40% da nova Câmara, que assumiram neste ano, e também fazendo vínculo com deputados antigos. Há quem diga que ele chegou a financiar campanhas, de 2014, de mais de 100 candidatos eleitos, portanto, mais de 100 deputados.

Também na própria campanha para presidente da Câmara, ele começou de maneira muito cuidadosa, correndo todos os estados ainda em 2014, e no recesso de 2014 para 2015 ele teria chegado a alugar um hotel em Brasília, para que os novos deputados e suas esposas ali ficassem, enfim, fez uma política de fidelização nessa base. O discurso dele basicamente era autonomia do parlamento e boas condições de trabalho para os deputados, que implica inclusive nesse famoso Anexo 5 e no Parlashopping.

Portanto, sua campanha para presidente da Câmara foi continuação do que ele pratica na política corriqueiramente. E isso lhe rendeu 267 votos, ganhando no primeiro turno”, observou Chico Alencar.

O que se pode inferir da concepção política desses parlamentares que se aliaram a Eduardo Cunha, é o óbvio: eles são um obstáculo para a democracia, porque são carregados pelos seus interesses particulares. Um exemplo é como essa maioria abandonou seu líder depois de que ele foi acusado na Operação Lava Jato de se apropriar de US$ 5 milhões repassados pelo consultor Júlio Camargo.

Agora, esses parlamentares venais esperam outros ventos lucrativos. Por enquanto, encontram-se obnubilados sem o referencial oferecido pelo chefe Eduardo Cunha que hoje se fragmentou.

 

EDUARDO CUNHA, ENGOLIDO POR SUAS QUIMERAS, SE ILUDE QUE TEM PODER PARA PRESSIONAR O STF

image_previewA filósofa Hannah Arendt, juntamente com o filósofo Spinoza, afirma que há uma diferença descomunal entre poder e potência. Poder é força. E força é a negação da razão. Só há poder onde a razão foi violentada. Já para o filósofo Spinoza, o poder significa potesta, também força. Nada cria só mantém os estados de coisas estabelecidos. O contrário de potência que em política significa a potência da multidão. O estado civil como direito de todos em uma democracia. O que cria os contratos sociais e políticos entre os homens do Estado.

Como se observa nos conceitos dos dois filósofos, Eduardo Cunha nunca teve poder, visto que sequer teve força para mudar a si mesmo e conquistar seus objetivos pessoais divorciados da democracia. Alguém pode dizer que ele teve poder para influenciar, ou seduzir, parlamentares para votarem em projetos antidemocráticos como nos casos da redução da maioridade penal e a terceirização. Não, as votações não foram resultantes de seu poder-força, mas das condições miseráveis que representam politicamente esses parlamentares. Eles voariam assim mesmo se fosse outro o presidente da Câmara.

Eduardo Cunha é uma fabulação política. Não pode tornar real nem o poder-força, já que ele não pode compor a multitudo como potência da multidão mostrada por Spinoza. Carregado pela dor de sequer ter poder-força ele fantasia mudar sua condição diante da Operação Lava Jato que lhe colocou por duas vezes sob suspeita. Ele entrou, na segunda-feira, com uma liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que o processo que lhe coloca como suspeito seja encaminhado para o STF, em vista de ser parlamentar com foro privilegiado.

E mais, não satisfeito com sua ausência de poder, ele pede que seja anulada a delação premida do consultor Júlio Camargo que afirmou ter lhe entregue, em mãos, US$ 5 milhões. Segundo se noticia, ele foi até o ministro Ricardo Lewandowski, no STF, para pressioná-lo a ter pressa em sua decisão. É compreensível que ele tenha pressa, e isso mostra como não tem poder, é que ele sabe que a qualquer momento o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que ele acusa de persegui-lo, pode pedir seu afastamento da presidência da Câmara Federal. E aí, até a miragem-poder se desvanece.

Diante dessas quimeras, o que não pode ser pensado nem percebido, vistor não ter essência e nem existência, como a firma Spinoza, é fácil compreender o que os dois filósofos afirmam quando diferenciam os conceitos e as práxis de poder e potência.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.073 hits

Páginas

Arquivos