Arquivo para 19 de maio de 2016

MST: CARTA À MILITÂNCIA SOBRE OS PRÓXIMOS PASSOS

Companheiros e Companheiras,
 
            Vivemos uma conjuntura histórica na luta de classes. Um momento em que as classes e suas ferramentas se posicionam com clareza diante da sociedade. O processo de impeachment da presidenta Dilma Roussef demonstrou claramente os interesses dos setores conservadores da elite, a ação da mídia e do poder judiciário, o comportamento oportunista de partidos e parlamentares e ao mesmo tempo quem são os lutadores e lutadoras da democracia e dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.
            O MST não reconhece o governo de Michel Temer. Incapaz de vencerem pelo debate das ideias e da democracia, a burguesia derrubou um governo para impor pela força o projeto que foi derrotado pelo voto popular: desemprego, recessão, cortes de direitos sociais, privatizações e subordinação da economia aos interesses dos Estados Unidos para a América Latina, renunciando à soberania e aos interesses nacionais. Prova deste caráter conservador e elitista são as primeiras medidas do governo com a extinção de políticas e Ministérios com caráter social, como o Ministérios da Cultura e do Desenvolvimento Agrário.
            Porém, o golpe não encerrará a crise política que vivemos, porque esta crise é resultado da crise econômica internacional e da falência do sistema político brasileiro, onde prevalece o poder econômico e os interesses dos financiadores de campanha. Somente uma profunda reforma política poderá superar esta crise. Portanto, o próximo período será ainda de instabilidade e de conflitos. Não haverão soluções mágicas. Somente mudanças estruturais baseadas na participação popular poderão solucionar esta crise política.
            Alertamos à nossa militância que como este governo não é legítimo, irá impor seu projeto pela força e pela violência. Serão tempos de repressão aos movimentos sociais e aos que se opõem ao golpe. Por isso, devemos reforçar a segurança, os cuidados e o zelo individual e coletivo.
            Este período nos exigirá organização e capacidade de responder rapidamente às mudanças na conjuntura, assim como à repressão. Devemos também nos preparar para lutas prolongadas
            É tempo de fortalecer também a unidade e as alianças das ferramentas da classe trabalhadora. Por isso, orientamos nossa militância a se empenhar em construir a Frente Brasil Popular nos municípios e regiões, assim como comitês populares em defesa da democracia e de resistência ao golpe, no campo e nas periferias, e de toda forma de articulação e mobilização que reúna as organizações populares nos municípios e estados.
            Esta conjuntura permite ainda formar uma nova geração de militantes e, portanto, é tarefa da nossa militância contribuir com a organização da juventude, em especial do Levante Popular da Juventude, estimulando sua organização e participação nas lutas sociais.
            Para o próximo período, convocamos nossa base social à mobilização no próximo dia 13 de junho, quando completa o primeiro mês do governo golpista, para se juntar à Frente Brasil Popular e os movimentos sociais do campo para denunciarmos à sociedade a extinção das políticas sociais para a agricultura camponesa e a ameaça da reforma da previdência, que retirará direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.
            É preciso estimular as atividades de agitação e propaganda, com a organização de brigadas para esta tarefa nos estados, denunciando o golpe e o governo ilegítimo através das várias formas de manifestação e aproveitar as olimpíadas para denunciarmos internacionalmente o golpe.
            Devemos ainda recolocar a luta pela terra em debate na sociedade, lutando pelo assentamento de  as famílias acampadas no país e da realização da reforma agrária.
 
 
LUTAR! CONSTRUIR REFORMA AGRÁRIA POPULAR!
 
 
 

QUERIAM O QUÊ? COMO TODO GOLPISTA É IMPOPULAR SEU DESGOVERNO TEM QUE SER ANTIPOPULAR

TemerLMar220

Não se sabe “se por descuido ou fantasia”, como diz o poeta, alguns jornalistas progressistas, depois que o déspota Temer, aliado com empresários vorazes, mídias capitalizadas e parlamentares indigentes políticos, usurparam o poder democrático da presidenta Dilma Vana Rousseff, eleita com mais de 54 milhões de votos, estão continuamente escrevendo artigos comentando a posição antipopular das medidas adotadas pelo desgoverno, interino-ilegítimo.

Pode ser que essa atitude dos jornalistas progressistas seja ironia. Uma forma debochada, estilo Brecht, de mostrar explicitamente a condição deplorável do golpista em relação à administração pública. Visto que ele em seu estado de excitação ejaculação precoce, tenta de qualquer maneira se agarrar a sua delusão maior: o falso poder. Se não for ironia, de qualquer sorte serve como drive para traçar encadeamentos políticos.

Temer é o modelo, ou a cópia fiel, do antipolítico. Já no começo de sua aparição na cena pública, essa nota desnecessária à democracia, era visível. Sua carreira partidária foi sempre encostada em alguma personagem que pudesse lhe permitir impulso eleitoral. Uma demonstração clara foi sua última eleição em que foram necessários alguns arranjos para poder ser eleito. Aí a confirmação de sua impopularidade.

Um sujeito impopular só pode almejar alto cargo eleitoral ou por ambição ou por fantasia. Ambição para satisfazer, ilusoriamente, frustrações. Todo homem ambicioso é um homem inseguro cujo transtorno, a ambição, reflete a forte frustração inconsciente. A fantasia para, simbolicamente, conceber elaborações primárias de ser amado em consequências de conturbações de desamor. Porém, ambas necessitam de suportes exteriores. Suportes que sirvam de catapulta para essa neurótica subida. No Brasil existem muitos personagens que, partidariamente, foram eleitos através de tais suportes.

Temer sabia que jamais chegaria a ser presidente do Brasil por via eleitoral, por isso colocou em prática seu objetivo que para a grande maioria da sociedade é miseravelmente pernicioso. Por um descuido político governamental, ou, como diria Machado de Assis, por um cochilo, foi colocado como vice da presidenta de um governo popular sem ter qualquer signo-popular.

Alçado a posição de vice, viu na sua frente à possibilidade de usurpar o cargo de sua titular. Deu no que está dando, por enquanto. Suas medidas antipopulares resultam de sua formação social impopular. Uma realidade tão óbvia que se ele vestisse uma roupa andrajosa e, descalço, caminhasse pelos bairros pobres, ninguém o teria como corpos populares. Não há o devir-populus em sua condição social. Ainda mais, porque o populus é devir que antecede a condição social que resulta da práxis e da poieses. Um estado de aprendizagem que se constitui pela virtude do saber.

Implodir as políticas sociais dos governos populares Lula e Dilma, já era esperado como seu objetivo maior de classe indigentemente antipopular. Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, Mais Médicos, universidade púbica, regimes de cotas, Fies, ProUni, Brasil Sabe Mais, EBC, Teve Brasil, entre outras politicas sociais populares sofreriam o que hoje estão sofrendo, por enquanto.

Assim, não há com que se surpreender com as decisões de um déspota que usurpou o poder para realizar espectralmente seus objetivos pessoais. Porém, não se pode deixar de lado o entendimento de que vai ser exatamente por força dessas decisões antipopulares que esse desgoverno vai ter existência curtíssima. Todos os que tiveram seus direitos concretizados e agora foram deles destituídos irão lutar pelo resgate desses direitos. E não será uma luta só deles, mas da maioria da sociedade brasileira que agora está constatando o quanto injusto o golpe contra Dilma para beneficiar os golpistas que estão totalmente a serviço do capital internacional.

Temer é tão antipopular que em seu inebriamento vaidoso de classe alienada, não percebe que o popular já se fez.

POLÍCIA MILITAR, DE ALCKMIN, VIOLENTA MANIFESTANTES QUE PROTESTAVAM EM SÃO PAULO PELO FORA TEMER

Os policiais militares do desgoverno Alckmin novamente mostraram suas fúrias contra cidadão, estudantes, jornalistas que se manifestavam pelo Fora Temer, o usurpador do governo Dilma.

Os policiais militares usaram como material de suas violências bombas de gás lacrimogênio, spray de pimenta e cassetetes.

Vejam as cenas cruéis de brutalidade mostradas pelo Mídia Ninja.

OEA: retrocessos em matéria de direitos humanos no Brasil

Lula Marques / Agência PT

A CIDH, órgão principal e autônomo da Organização dos Estados Americanos, expressou preocupação princípios do direito internacional dos direitos humanos.

Organização dos Estados Americanos

Washington D. C. – A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) expressa sua profunda preocupação com as decisões tomadas pelo presidente interino do Brasil, Michel Temer, que representam um passo atrás e terão um impacto negativo sobre a proteção e promoção dos direitos humanos no país.

A nomeação de um gabinete de ministros que não inclui nenhuma mulher ou qualquer pessoa afrodescendente, deixa excluída dos mais altos cargos do governo mais de metade da população do país. A última vez que o Brasil tinha um gabinete sem mulheres ministras foi durante a ditadura militar. A este respeito, o chefe da equipe de Michel Temer, Eliseu Padilha, disse aos jornalistas: “Em várias funções nós tentamos buscar mulheres, mas por razões que não vêm ao caso aqui nós discutirmos, não foi possível”. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada do governo federal brasileiro, os homens brancos, que ocupam todas as posições ministeriais no país, compõem 21,9% da população do país. Os grupos que foram excluídos do gabinete de Michel Temer, por sua vez, são mulheres (51,4%) e os homens que não são brancos (26,7%). Ademais, é alarmante a eliminação do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, que foi integrado como uma Secretaria dentro do Ministério da Justiça.

Além disso, a Comissão tomou conhecimento do anúncio do governo interino de reduzir os recursos destinados aos programas sociais de habitação, educação e combate à pobreza. A este respeito, a Comissão recorda o princípio da progressividade e não-regressividade em matéria de direitos econômicos, sociais e culturais. Em razão da obrigação de progressividade estabelecida no Protocolo de São Salvador, ratificada pelo Brasil em 1996, em princípio, o Estado está proibido de adotar políticas, medidas e sancionar normas legais, que sem justificativa adequada pioram a situação dos direitos económicos, sociais e culturais dos quais gozam população. A precarização e a piora destes fatores, sem a devida justificativa por parte do Estado, supõem uma regressão não autorizada pelo Protocolo.

A presidenta Dilma Rousseff, eleita constitucionalmente pelo voto popular, foi suspensa do cargo por 180 dias por decisão do Poder Legislativo, que deve votar, após este período, uma decisão sobre o afastamento de Dilma Rousseff de seu cargo de maneira definitiva. Na situação atual, a Comissão solicita ao Poder Legislativo que aja estritamente dentro do marco jurídico e com apego aos princípios do direito internacional dos direitos humanos. Nesse sentido, a Comissão recorda que o artigo 21 da Declaração Universal dos Direitos Humanos afirma: “A vontade do povo é o fundamento da autoridade dos poderes públicos: e deve exprimir-se através de eleições honestas a realizar periodicamente por sufrágio universal e igual, com voto secreto ou segundo processo equivalente que salvaguarde a liberdade de voto”.

A CIDH é um órgão principal e autônomo da Organização dos Estados Americanos (OEA), cujo mandato surge a partir da Carta da OEA e da Convenção Americana sobre Direitos Humanos. A Comissão Interamericana tem como mandato promover a observância dos direitos humanos na região e atua como órgão consultivo da OEA na temática. A CIDH é composta por sete membros independentes, que são eleitos pela Assembleia Geral da OEA a título pessoal, sem representarem seus países de origem ou de residência.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.073 hits

Páginas

Arquivos