Arquivo para 20 de maio de 2016

NINGUÉM LIGA PARA O GOLPISTA

O governo golpista de Michel Temer está ressentido. A população brasileira contrária ao golpe não sai da rua. Todo dia há manifestações. Ontem dia 19, em Porto Alegre milhares de gaúchos foram à rua protestar. Fora Temer.

Neste momento os blogueiros estão reunidos num Hotel em Belo Horizonte, participando do 5º encontro e falando  do golpe.

Ninguém liga para Temer. O povo brasileiro não liga. Os chefes de Estados da América Latina já deram o desprezo. Mas o que o impostor, o déspota sente é que Mister Obama e o demais líderes europeus nenhum telefonou para reconhecer o golpe. Irão telefonar depois dos seis meses para parabenizar novamente Dilma vencedora do quarto turno.

Foi trolado por um radialista argentino que se passou pelo presidente Mauricio Macri, que sendo da direita daquele país, para chegar ao governo esperou a realização de eleições e não recorreu a golpes como o impetrado pelo PMDB, PSDB, DEM e seus congêneres.

Se os líderes não ligam para Temer, no Brasil, os brasileiros  não ligam mesmo. Está pactuado que esse governo não tem o reconhecimento do povo. E esse povo já declarou que as ruas não mais dormirão e que o golpe não vai passar.

Hoje, em várias capitais, cidades do Brasil estão sendo realizados vários eventos contra o governo golpista. Em São Paulo começou a Virada Cultural que vai protestar contra esse governo impopular que em uma semana já mostrou o prejuízo que causará à nação. O que foi denunciado pelos políticos, centrais sindicais, movimentos sociais, está se concretizando. Serra diverge de Meireles, só falam em mexer na previdência, Minha Casa Minha Vida. Cada Ministro tem um plano. A ponte para o futuro no seu ataque ao patrimônio brasileiro está em ação.

Dólar e Ibovespa nesta semana não deram alento à resolução mágica que prometiam. O que vemos é o retorno de vários nomes do PSDB para o desgoverno golpista e de pessoas ligadas ao réu, intimidador Eduardo Cunha assumindo cargos no primeiro escalão. Declarou na Comissão de Ética que segunda feira retornará ao seu gabinete na Câmara dos Deputados. Como eles se merecem para nós só resta o escracho.

 

INSTITUTO LULA DIVULGA NOTA: LULA NÃO É ALVO DA OPERAÇÃO DA PF

Há mais de um ano alguns procuradores da república no Distrito Federal tentam, sem nenhum resultado, apontar ilegalidades na conduta do ex-presidente Lula.

Uma investigação aberta a partir de ilações fantasiosas transformou-se em verdadeira devassa sobre a contabilidade do Instituto Lula, da empresa LILS Palestras e sobre as contas do ex-presidente.

Os procuradores vasculharam as viagens internacionais de Lula, quem o acompanhou, os hotéis em que se hospedou, com quem ele conversou no exterior.

E o resultado apenas comprova que Lula sempre atuou dentro da lei, em defesa do Brasil, como fazem ex-presidentes em todo o mundo.

Por isso mesmo, Lula não é parte da operação policial desta manhã, nem poderia ser.

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula

GLOBO CONVOCA TEMER A ADOTAR CAÇA ÀS BRUXAS “DISSIDENTES”

Por Viomundo. 

globo golpista

 

Logo depois do golpe de 1964, o jornal O Globo republicou um manifesto do Comando dos Trabalhadores Intelectuais que, segundo o jornal, “trabalhou ativamente pela implantação do regime comunista no Brasil”.

A republicação teria sido paga por “um grupo de democratas”.

Paulo Henrique Amorim, em seu livro O Quarto Poder, chamou de “a lista de Schindler ao contrário”.

Foi deduragem grosseira: “Chamamos a atenção do alto-comando militar para os nomes que o assinaram”, diz o texto introdutório.

Seguem-se as assinaturas, entre outros, de Barbosa Lima Sobrinho, Dias Gomes, Carlos Heitor Cony, Gianfrancesco Guarnieri, Ary Toledo, Nelson Pereira dos Santos, Carlos Diegues, Chico Anísio, Janete Clair, Nara Leão e Paulo Francis.

Roberto Marinho apoiou fervorosamente o golpe. Documentos revelam que, quando ainda se cogitava realizar eleições presidenciais, Marinho atuou nos bastidores para que Castelo Branco se mantivesse no poder — como acabou acontecendo.

Nenhuma empresa tirou mais proveito dos 21 anos de ditadura que a Globo.

Nenhuma empresa tem potencial para tirar mais proveito da interinidade de Michel Temer do que a Globo.

Um presidente fraco é tudo de que o Grupo Globo precisa para impor seus interesses, inclusive os mais paroquiais.

E o jornal O Globo, agora, incita Temer a praticar um macartismo tosco, a começar da EBC, onde os golpistas pretendem instalar… um ex-funcionário da Globo.

Em editorial, o jornal dos herdeiros de Marinho escreveu que “era preciso começar, e uma primeira medida correta foi a exoneração, pelo ministro da Secretaria de Governo, Eliseu Padilha, do diretor-presidente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Ricardo Melo. Caso exemplar de aparelhamento, a EBC, controladora da TV Brasil, rádio e agência de notícia, fora convertida em instrumento de propaganda lulopetista. A um custo anual de R$ 750 milhões, dinheiro que estaria sendo várias vezes mais bem empregado se de fato a empresa se pautasse pelo interesse público e não partidário. E nem isto ela fazia bem, pois a audiência de seu veículo potencialmente mais poderoso, a TV, é traço. Não alcança sequer a militância, servia apenas para abrigar apaniguados”.

A Globo sempre sonhou com a extinção da TV Brasil, não pelo que ela hoje representa, mas pelo potencial que tem de fazer sombra à programação abjeta imposta aos brasileiros pelo monopólio.

Instalado um diretor-presidente do gosto da Globo na EBC, podem ter certeza que a TV Brasil não vai deixar de existir: vai se tornar uma sucursal de luxo dos Marinho, uma produtora terceirizada para, com dinheiro público, fazer aquilo que comercialmente não dá retorno financeiro à Globo.

Isso sim, é o verdadeiro aparelhamento, que já aconteceu na TV Cultura de São Paulo.

Diz mais o editorial: “Costuma-se alegar que muitos servidores concursados ocupam estes postos. Mas isso não significa que não haja entre eles militantes do partido. É quase certo que aqueles que fizeram uma manifestação contra o novo ministro da Educação, Mendonça Filho, na frente dele, no dia seguinte à posse, eram servidores estáveis”. Aqui, os Marinho rasgam a fantasia e falam em fazer limpeza ideológica, pura e simplesmente.

O texto avança: “No momento, está em curso mais uma história típica patrocinada pelo conhecido aparelho há muito tempo instalado na Secretaria de Patrimônio da União (SPU). Dominada pelo menos por parte do PT fluminense, ela se recusa a aceitar determinações judiciais, do TCU e até do governo para que o Jardim Botânico recupere toda a sua área, afinal em fase de legalização. A SPU ainda tenta, com manobras, regularizar a propriedade de imóveis dentro do JB, apesar da decisão contrária já tomada em várias instâncias”. Trata-se aqui de uma antiga campanha que interessa pessoalmente à família Marinho. A Globo acredita que a presença de moradores desvaloriza os imóveis da própria emissora no Jardim Botânico.

Curiosamente, O Globo não trata de denunciar a ocupação ilegal do estádio do remo da Lagoa Rodrigo de Freitas, denunciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. O estádio público foi entregue sem licitação ao casal Alexandre-Paula Marinho, a filha de João Roberto Marinho, faz quase 20 anos, recebeu quase R$ 30 milhões em investimento público mas continua servindo essencialmente a interesses privados.

A fúria dos Marinho ressurge na frase final, quando é sugerida uma caçada aos dissidentes com menção à palavra “aparelho”, como aqueles que eram estourados pelos militares durante a ditadura com ampla cobertura do Globo, replicando as mentiras do governo: “O potencial de descalabros neste universo de cargos comissionados é enorme. Pois, ao todo, chegam à faixa de 100 mil. O novo governo tem de se preocupar com esta infiltração gigantesca. Não só devido a aspecto financeiro, mas também por segurança, autoproteção, pois cada aparelho mantido deverá funcionar com intenções de sabotar a administração”.

Joseph McCarthy não faria melhor.

 
registrado em:

ALGUMAS PESSOAS SE INDIGNAM POR NÃO HAVER MULHERES E NEGROS NO ALTO ESCALÃO DO DESGOVERNO GOLPISTA. PODERIA TER?

31

A filósofa existencialista da produção libertária da mulher Simone de Beauvoir, afirmou que “ninguém nasce mulher, mas se faz mulher”. Uma enunciação que mostra a potência-política do ser mulher como possibilidade singular de sua própria criação. Há, portanto, nessa enunciação dois direcionamentos que podem ser examinados diante do quadro que se tem sobre a condição da mulher que historicamente se vem desdobrando.

O primeiro quadro nos direciona para o conceito estabelecido e predominante construído com a ausência e a aquiescência da mulher. Trata-se do modo de ser da mulher submissa, reflexo do modelo opressor, homem. Essa mulher, que não pode ser tida como mulher autêntica, porque nenhuma existência pode ser autêntica quando nascida das perspectivas e expectativas do outro-alienador, é produto de um agenciamento coletivo de enunciação que a modelou, serializou, registrou e a caracterizou como representante alienada da semiótica dogmática do estado paranoico capitalista e capitalístico.

Essa mulher alienada de si como representante das perspectivas e expectativas do modelo binário homem-mulher, adulto-criança, jovem-velho, como mostram os filósofos Deleuze e Guattari, não é um ser, é um vazio objeto de consumo do homem que serve às todas suas voracidades. É um objeto muito bem situado fácil de ser apanhado em múltiplos lugares porque, fantasmagoricamente, encontra-se enredado na mistificação e mitificação da moral patriarcal-hebraica-paulínea-cristã-burguesa. É essa mulher que levou Freud a afirmar que é um ser incompleto. Tão incompleto que o orgasmo clitoriano lhe era negado por ele. Mas, apareceu Lula e com seu conceito de “grelo duro” desbancou Freud.

O segundo quadro nos direciona para a potência-política da mulher. A mulher que se produz como sujeito-histórico de sua existência autêntica. Criadora e criatura de si mesma que escapa da opressão do modelo binário homem-mulher. Ao compreender que “ninguém nasce mulher, mas se faz mulher” ela entendeu também que ninguém nasce homem, mas se faz homem. A questão é da ordem cultural-social-estrutural. Nada a ver com fêmea e macho. Fêmea e macho são da ordem natural sem qualquer tipo de privilégio, opressão e dominação.

A questão é de condição ontologicamente existencial, já que se trata de ser ou não ser. Ser mulher autêntica em sua singularidade. Ou ser reflexo do outro, homem abstraído. Nesse movimento produtivo de si mesma, a mulher entende que seu grande tirano não é o machismo, mas o homemismo que é o conteúdo, a forma e expressão do patriarcalismo construtor do homem-fálico. O homem cuja existência malograda não experimenta o prazer, mas tão somente a simulação dele em todas as facetas que ele se manifeste. Esse um fator de seu ódio-misógino em relação às mulheres autênticas.

Ao entender que não se trata de machismo, já que o macho é natural, a mulher compreendeu, também, que sua luta não é da ordem do feminismo, mas do mulherismo. Porém, também entendeu que a opressão realizada pelo homemismo pode interferir em sua feminilidade. O orgasmo é biológico-erótico-afetivo, mas uma mulher perturbada pelas violências psicóticas do homem-fálico tem sua feminilidade bloqueada. Assim como o homem-fálico tem sua natureza de macho, orgasticamente perturbada.

Compreendendo esses dois quadros, pode-se saber por que não há mulheres no desgoverno despótico do golpista Temer. Uma mulher ontologicamente autenticamente, não se envolve com golpistas de um poder injusto e ilegal. Seria negar sua potência-política. Mesmo que recorresse, como defesa de sua decisão, ao poema de Brecht: “O que você faria para mudar o mundo? Abrace ao carrasco, chafurde na lama, mas tente mudá-lo”, como muitos fizeram na ditadura e não ajudaram a mudar nada, nem eles próprios. O que queriam mesmo era fazer parte do poder, mesmo sendo um poder de exceção como o dos golpistas.

O pensamento da existência autêntica da filosofa Simone de Beauvoir, também envolve os negros. Nenhuma pigmentação de cor é o fator existencial preponderante de qualquer homem e mulher. O existencial é o que ele faz de si. Sua condição cultural-econômica-social-estética-ética-histórica-antropológica. A cor é do macho e da fêmea. A condição existencial é resultado do que eles fizeram de si, ou do que lhes fizeram os opressores. No segundo caso, trata-se de aceitar submissamente o modelo homemista binário opressor patriarcal colonizador. Ou, então, escolher o primeiro: se rebelar contra o opressor para produção de sua existência autêntica.  

No Brasil, já algum tempo os negros produzem, através de seus corpos originais e singulares, suas existências ontologicamente autênticas. Com a chegada dos governos populares de Lula e Dilma, políticas sociais passaram a contemplar com determinação os fundamentos dessas produções. Porém, os indigentes políticos golpistas, estão fragmentando todos os seus direitos conquistados nos últimos 14 anos com os governos populares. 

Daí que a coerência étnica, não permite que nenhum negro, ou negra queira fazer parte desse governo ilegal. O que seria uma ofensa à filosofia política da negritude. Entretanto, se os golpistas acreditarem que podem acabar com a indignação dos que se surpreendem com a ausência de mulher e negro em seu meio homemista, basta nomear a deputada Tia Eron que é mulher e negra, e responde muito bem ao modelo binário opressor patriarcal, com ficou concretizado no momento da tétrica votação do golpe, no dia 14, quando ela, vaidosamente, votou Sim contra a autêntica mulher presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos democráticos: Dilma Vana Rousseff.

Uma nomeação que cairia, como uma luva, nas mazelas dos golpistas, posto que Tia Eron se marquetiza com os atributos: mulher, negra e inteligente. Só que destes atributos só um é incontestável: negra. Mulher e inteligente, de acordo com a filósofa Simone de Beauvoir, não procedem.  

Analista lembra que jogo não está perdido para Dilma

Impedimento foi aprovado no Senado por 55 votos, mas, para afastar presidenta eleita em 2014 definitivamente, são necessários dois terços do Senado, ou 54 senadores.

por Eduardo Maretti

São Paulo – O processo de impeachment e a derrubada da presidenta Dilma Rousseff não são fato consumado, apesar de ser essa a ideia disseminada diretamente ou nas entrelinhas dos discursos midiáticos. “É possível reverter e é possível resistir ao golpe. A imprensa ocultou, mas a votação que eles tiveram no Senado só foi de dois votos acima do que eles precisam na decisão final do julgamento. Se eles perderem apenas dois votos, o impeachment é derrotado”, lembra o professor de Ciência Política da Universidade de Campinas (Unicamp) Armando Boito.

Dilma Rousseff foi afastada da presidência pelo Senado em decisão que terminou em 55 votos pela admissibilidade do impeachment contra 22. Nessa fase, a votação do plenário é por maioria simples. Mas, para ela ser afastada definitivamente, são necessários dois terços dos votos do Senado, ou 54 votos dos 81 senadores. Em tese, Dilma precisaria mudar apenas dois votos da votação do dia 12 de maio, além de manter os que lhe foram favoráveis.

A sessão do Senado que definirá o destino de Dilma será presidida pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski. Se o processo chegar até setembro, o tribunal já terá outra presidenta: a ministra Cármen Lúcia.

O professor reconhece que a reversão do processo “é algo difícil, mas perfeitamente possível, pelo caráter extremamente conservador do governo Temer”.

“A presidente foi tirada provisoriamente, mas não derrubada ainda. Tem um processo em curso, um processo cuja probabilidade de terminar com uma derrota do governo Dilma é grande, mas os parlamentares podem mudar de opinião”, avalia Humberto Dantas, coordenador do curso de pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política (Fespsp).

Para ele, “a chegada de André Moura (do PSC de Sergipe, escolhido como líder do governo provisório) apenas mostra de onde esse governo é criado, mas parte significativa da sociedade vai questionar esse governo”. Na avaliação do professor da Fespsp, um complicador político que pesa contra Dilma é o fato de ela ter sido afastada do poder por inabilidade política. “Isso, o próprio PT reconhece: ela tem dificuldade de articulação com o Congresso e com os próprios partidos da base dela.”

Na opinião de Boito, o governo Temer provavelmente será objeto de grande pressão da sociedade organizada. “Porque não apenas reúne um conjunto de conservadores, mas muitos deles são corruptos.”

Ele também menciona o novo líder do governo na Câmara. “André Moura tem três processo no STF, mais três em Sergipe, um deles por tentativa de homicídio. Temer organizou um governo sob influência de Eduardo Cunha, reunindo muitos corruptos, perseguidos pela lei. Há elementos que vão provocar insatisfação e até revolta da população”, acredita. “Esse governo está longe de se consolidar, apesar da imagem que a mídia quer criar.”

O professor da Unicamp afirma também considerar “muito grave” democratas, socialistas e militantes de movimentos populares irem atrás “de cantos de sereia como eleições gerais”. “Isso seria admitir o encurtamento do mandato eleito em 2014, o que os golpistas querem nos impingir.”

Educação

Na opinião de Humberto Dantas, a situação a que o país chegou, cujo governo é liderado, na Câmara dos Deputados, por André Moura, deve ser analisada sob uma perspectiva mais profunda do que simplesmente tratar uma eventual reforma política como remédio para todos os males. “Mudar o sistema não é exatamente o meu passo. A minha reforma política é educar. Questiona-se como uma figura como essa é ministro, como aquela outra é líder do governo. Mas a questão principal é: como um fulano desse é deputado federal?”, questiona.

Para ele, analisada de um ponto de vista estrutural, a questão é “muito mais grave”. “Que eleitores votam num sujeito acusado de homicídio? O que é o Legislativo para a sociedade brasileira?”


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.073 hits

Páginas

Arquivos