ALGUMAS PESSOAS SE INDIGNAM POR NÃO HAVER MULHERES E NEGROS NO ALTO ESCALÃO DO DESGOVERNO GOLPISTA. PODERIA TER?

31

A filósofa existencialista da produção libertária da mulher Simone de Beauvoir, afirmou que “ninguém nasce mulher, mas se faz mulher”. Uma enunciação que mostra a potência-política do ser mulher como possibilidade singular de sua própria criação. Há, portanto, nessa enunciação dois direcionamentos que podem ser examinados diante do quadro que se tem sobre a condição da mulher que historicamente se vem desdobrando.

O primeiro quadro nos direciona para o conceito estabelecido e predominante construído com a ausência e a aquiescência da mulher. Trata-se do modo de ser da mulher submissa, reflexo do modelo opressor, homem. Essa mulher, que não pode ser tida como mulher autêntica, porque nenhuma existência pode ser autêntica quando nascida das perspectivas e expectativas do outro-alienador, é produto de um agenciamento coletivo de enunciação que a modelou, serializou, registrou e a caracterizou como representante alienada da semiótica dogmática do estado paranoico capitalista e capitalístico.

Essa mulher alienada de si como representante das perspectivas e expectativas do modelo binário homem-mulher, adulto-criança, jovem-velho, como mostram os filósofos Deleuze e Guattari, não é um ser, é um vazio objeto de consumo do homem que serve às todas suas voracidades. É um objeto muito bem situado fácil de ser apanhado em múltiplos lugares porque, fantasmagoricamente, encontra-se enredado na mistificação e mitificação da moral patriarcal-hebraica-paulínea-cristã-burguesa. É essa mulher que levou Freud a afirmar que é um ser incompleto. Tão incompleto que o orgasmo clitoriano lhe era negado por ele. Mas, apareceu Lula e com seu conceito de “grelo duro” desbancou Freud.

O segundo quadro nos direciona para a potência-política da mulher. A mulher que se produz como sujeito-histórico de sua existência autêntica. Criadora e criatura de si mesma que escapa da opressão do modelo binário homem-mulher. Ao compreender que “ninguém nasce mulher, mas se faz mulher” ela entendeu também que ninguém nasce homem, mas se faz homem. A questão é da ordem cultural-social-estrutural. Nada a ver com fêmea e macho. Fêmea e macho são da ordem natural sem qualquer tipo de privilégio, opressão e dominação.

A questão é de condição ontologicamente existencial, já que se trata de ser ou não ser. Ser mulher autêntica em sua singularidade. Ou ser reflexo do outro, homem abstraído. Nesse movimento produtivo de si mesma, a mulher entende que seu grande tirano não é o machismo, mas o homemismo que é o conteúdo, a forma e expressão do patriarcalismo construtor do homem-fálico. O homem cuja existência malograda não experimenta o prazer, mas tão somente a simulação dele em todas as facetas que ele se manifeste. Esse um fator de seu ódio-misógino em relação às mulheres autênticas.

Ao entender que não se trata de machismo, já que o macho é natural, a mulher compreendeu, também, que sua luta não é da ordem do feminismo, mas do mulherismo. Porém, também entendeu que a opressão realizada pelo homemismo pode interferir em sua feminilidade. O orgasmo é biológico-erótico-afetivo, mas uma mulher perturbada pelas violências psicóticas do homem-fálico tem sua feminilidade bloqueada. Assim como o homem-fálico tem sua natureza de macho, orgasticamente perturbada.

Compreendendo esses dois quadros, pode-se saber por que não há mulheres no desgoverno despótico do golpista Temer. Uma mulher ontologicamente autenticamente, não se envolve com golpistas de um poder injusto e ilegal. Seria negar sua potência-política. Mesmo que recorresse, como defesa de sua decisão, ao poema de Brecht: “O que você faria para mudar o mundo? Abrace ao carrasco, chafurde na lama, mas tente mudá-lo”, como muitos fizeram na ditadura e não ajudaram a mudar nada, nem eles próprios. O que queriam mesmo era fazer parte do poder, mesmo sendo um poder de exceção como o dos golpistas.

O pensamento da existência autêntica da filosofa Simone de Beauvoir, também envolve os negros. Nenhuma pigmentação de cor é o fator existencial preponderante de qualquer homem e mulher. O existencial é o que ele faz de si. Sua condição cultural-econômica-social-estética-ética-histórica-antropológica. A cor é do macho e da fêmea. A condição existencial é resultado do que eles fizeram de si, ou do que lhes fizeram os opressores. No segundo caso, trata-se de aceitar submissamente o modelo homemista binário opressor patriarcal colonizador. Ou, então, escolher o primeiro: se rebelar contra o opressor para produção de sua existência autêntica.  

No Brasil, já algum tempo os negros produzem, através de seus corpos originais e singulares, suas existências ontologicamente autênticas. Com a chegada dos governos populares de Lula e Dilma, políticas sociais passaram a contemplar com determinação os fundamentos dessas produções. Porém, os indigentes políticos golpistas, estão fragmentando todos os seus direitos conquistados nos últimos 14 anos com os governos populares. 

Daí que a coerência étnica, não permite que nenhum negro, ou negra queira fazer parte desse governo ilegal. O que seria uma ofensa à filosofia política da negritude. Entretanto, se os golpistas acreditarem que podem acabar com a indignação dos que se surpreendem com a ausência de mulher e negro em seu meio homemista, basta nomear a deputada Tia Eron que é mulher e negra, e responde muito bem ao modelo binário opressor patriarcal, com ficou concretizado no momento da tétrica votação do golpe, no dia 14, quando ela, vaidosamente, votou Sim contra a autêntica mulher presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos democráticos: Dilma Vana Rousseff.

Uma nomeação que cairia, como uma luva, nas mazelas dos golpistas, posto que Tia Eron se marquetiza com os atributos: mulher, negra e inteligente. Só que destes atributos só um é incontestável: negra. Mulher e inteligente, de acordo com a filósofa Simone de Beauvoir, não procedem.  

0 Responses to “ALGUMAS PESSOAS SE INDIGNAM POR NÃO HAVER MULHERES E NEGROS NO ALTO ESCALÃO DO DESGOVERNO GOLPISTA. PODERIA TER?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.952 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: