Arquivo para 13 de julho de 2016

QUANTO CUSTA O OLIGOPÓLIO MIDIÁTICO?

 

Mais um capítulo da campanha do oligopólio midiático contra a mídia alternativa. A batalha “David contra Golias”, conforme cunhou o professor Venício Lima, parece não ter fim.
 
Na última semana, em uma série de reportagens assinadas pelo jornalista Fernando Rodrigues, o Portal UOL divulgou os números da publicidade federal nos veículos de comunicação.
 
O destaque dado às manchetes fala por si:
 

“Em 2015, ano de cortes, publicidade para mídia alternativa cresceu 40%” (UOL, 06.07.2016), “Governo cortou R$ 206 milhões em publicidade da TV Globo em 2015” (UOL, 06.07.2016) e “Dilma cortou R$ 591,5 milhões do gasto com propaganda federal em 2015” (UOL, 06.05.2016).
 
As cifras da SECOM, também:
 
Apesar da queda em 24,1% dos investimentos em publicidade (de R$ 2,4 bilhões em 2014 passou a R$ 1,8 bilhão em 2015), os valores destinados ao oligopólio impressionam.
 
Gasta-se uma fortuna em recursos públicos no financiamento de um pequeno grupo de empresas.
 
Um oligopólio que, em uníssono, reverbera o mesmo discurso, fortemente partidário e comprometido com os interesses de uma minoria da população, a elite econômica e financeira do país.
 
Vide o golpe armado, do qual são protagonistas.
 
Por outro lado, considerando as cifras em jogo, investiu-se uma parte irrisória com publicidade em dezesseis veículos da mídia alternativa. Uma mídia que dialoga com parcela expressiva da população brasileira: aquela que vem votando em governos progressistas desde 2002.
 
Segundo dados da SECOM, em 2015, dezesseis sites e blogs progressistas receberam investimentos da ordem de R$ 10 milhões em publicidade do Governo Federal. Entre 2000 e abril de 2016, a soma desses investimentos totalizou R$ 61,7 milhões (confira a tabela do UOL).
 
Vale destacar que essas mídias pagam comissão de 20% para as agências de publicidade, portanto, na verdade, o valor líquido recebido foi de R$ 49,3 milhões, em dezessete (17) anos, ou seja, entre 2000 e abril de 2016, considerando os dados da matéria do UOL.
 
Com esses números em mente, vejamos as cifras dos repasses à oligarquia midiática brasileira:
 
Portais e jornais
 
Nos últimos 17 anos, o total investido em apenas sete portais da mídia oligárquica –  UOL, G1, Terra, iG, MSN, R7, Yahoo! – chegou a R$ 531,9 milhões. Em 2015, esses sete portais receberam R$ 71,2 milhões (confira a tabela do UOL)
 
Impressiona, também, o valor da publicidade gasta nos quatro principais jornalões do país cujo discurso, francamente, é de um alinhamento partidário impecável. Basta ver as estatísticas doManchetômetro, a ferramenta que mostra quão partidária é a imprensa brasileira.
 
Em 2015, a Folha de S. Paulo contou com R$ 13,6 milhões (R$ 5,5 milhões apenas no online) em contratos de publicidade; O Globo, R$ 12,8 milhões (R$ 3,7 milhões no online); O Estadão, R$ 10,8 milhões (R$ 3,4 milhões no online); e o Valor Econômico, R$ 9 milhões (R$ 1,1 milhão no online).
 
Se fosse possível comparar, poderíamos dizer que o pensamento único expresso, muitas vezes com as mesmas manchetes, pelos jornais Estadão, Folha e Globo, recebeu dos cofres públicos R$ 37,2 milhões. Esse valor equivale ao triplo do que recebeu o pluralismo político (artigo 1º, item V, da CF)garantido pelos dezesseis veículos da mídia alternativa.

Considerando todos os jornais (impresso e online) do país, em 2015, foram repassados R$ 89 milhões. Desse montante, Folha, Estadão, O Globo e Valor abocanharam R$ 46,4 milhões (confira a tabela do UOL).
 
Mas aqui há uma perversa novidade: apenas o Facebook contou com R$ 44,6 milhões, quase o mesmo montante destinado aos jornalões (UOL, 06.07.2015).
 
O crescimento vertiginoso da rede social, principalmente o Facebook, inclusive em termos de publicidade, reflete o risco à neutralidade da Internet, conquistada arduamente no Governo Dilma, com a votação do Marco Civil. É o Facebook que decide o que será destacado. Além disso, o sistema suprime o debate entre os diferentes, construindo guetos em torno das mesmas ideias.
 
Revistas semanais
 
Exemplar, também, é o caso das revistas semanais. Entre 2000 e abril de 2016, o panfleto político VEJA contou com cerca de R$ 500 milhões em publicidade federal. A Época com R$ 231,2 milhões. A IstoÉ com R$ 201,5 milhões. (confira a tabela do UOL)
 
Juntas, essas três revistas receberam R$ 928,6 milhões nos últimos dezessete anos.
 
A reportagem destaca que, em 2015, VEJA contou com R$ 4,6 milhões em publicidade estatal, sofrendo uma redução nesses repasses em relação a 2014, quando recebeu R$ 21,2 milhões. Há quem se espante com a redução.
 
Mas, há também quem se espante com o repasse da vultosa soma de R$ 4,6 milhões, mesmo após o periódico ter passado por cima de todos os limites da ética jornalística.
 
Quem não se recorda da capa “Eles sabiam de tudo”, divulgada 72 horas antes das eleições presidenciais e 48 horas após a delação do doleiro Alberto Youssef? Capa que foi mote de várias reportagens da mídia, às vésperas da eleição, no intuito claro de prejudicar a então candidata Dilma Rousseff, nos primeiros passos do golpe (O GLOBO, 23.10.2014).
 
E pior: esses R$ 4,6 milhões recebidos pela VEJA em 2015 é quase metade dos R$ 10 milhões investidos em dezesseis veículos da mídia alternativa naquele ano.
 
Bolivarianismo?
 
TVs Abertas
 
Os números divulgados pelas reportagens do UOL também permitem uma boa dimensão da realidade das emissoras da TV Aberta, as mesmas que sempre foram contra e hoje clamam pelo desmonte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).
 
De longe, líder no ranking do recebimento de publicidade e patrocínios do Governo Federal, a Rede Globo, desde o ano 2000, levou R$ 8,3 bilhões em publicidade (confira a tabela do UOL). Apenas a título de comparação, a Record, segunda em termos de repasses, contou com R$ 2,5 bilhões neste período, seguida pelo SBT (R$ 2,3 bilhões), Band (R$ 1,5 bilhão) e RedeTV! (R$ 553 milhões).
 
Em 2015, o total gasto em publicidade com essas emissoras chegou a R$ 875,4 milhões. Todassofreram redução em verbas publicitárias ou de patrocínio no ano passado. No caso da Globo, essa redução significou uma queda de 34% em comparação com 2014, totalizando, mesmo assim, um repasse de R$ 396, 5 milhões, como aponta a reportagem do UOL (UOL, 06.07.2015).
 
Várias causas explicam a redução. Quem não se lembra das dificuldades de caixa do Governo Federal em 2015?
 
Dificuldades que, inclusive, levaram ao adiamento do pagamento do primeiro lote residual das restituições do Imposto de Renda (VALOR, 26.01.2015).
 
E o que dizer do atraso de três meses na aprovação do orçamento da União pelo Congresso Federal? Em março, até o Jornal Nacional divulgava as consequências do atraso para a área de educação (JN, 09.03.2015).
 
Também é impossível falar da redução das verbas de publicidade sem considerar que a Petrobras, uma das maiores anunciantes, quase quebrou devido às consequências da Operação Lava Jato. O que dizer do verdadeiro terrorismo contra a estatal, praticado pelas grandes empresas de comunicação, com direito a previsões catastróficas dos chamados “especialistas” em economia?
 
Note que até mesmo a Fórmula 1 a Petrobras deixou de patrocinar, como detalha a reportagem da jornalista Helena Sthephanowitz, da Rede Brasil Atual (confira aqui). Além disso, o Governo Federal, que seria o maior anunciante das Olimpíadas, já voltou atrás, o que influi diretamente nas contas da Rede Globo.
 
Em suma: O oligopólio midiático alimentou, em parte, o mostro que o devorou.
 
Duas métricas
 
É fundamental atentar, na leitura dessas reportagens, que os repasses federais em publicidade seguem os índices de audiência medidos pela ComScore. A lógica de mercado é defendida, com unhas e dentes, pelo oligopólio midiático.
 
Os que lutam pela democratização da comunicação, contra a asfixia do pensamento único, representada por essas empresas, sabem que comunicação é, antes de mais nada, um direito. A nossa métrica, portanto, é outra: a da diversidade e pluralidade de opinião, conquistas e garantias da Constituição de 1988.
 
Um direito, aliás, estruturante para uma sociedade efetivamente democrática.
 
O choque entre essas visões salta no comentário do jornalista do UOL:
 
“Alguns dos sites alternativos apresentam um custo muito superior por visitante único no mês (…) O exemplo mais discrepante é o do site Carta Maior. A proporção entre a verba recebida do governo e a audiência é de R$ 0,21 por visitante único no mês. O valor é pelo menos 7 vezes maior do que alguns portais de notícia. (UOL, 06.07.2016)”.
 
Comparar a mídia alternativa aos portais de notícia é, no mínimo, uma leviandade. A regra universal diz: não se pode igualar os desiguais. A pluralidade é um direito constitucional e cabe ao Estado garanti-lo.
 
É impossível comparar um site como o UOL e a Carta Maior. Tratam-se de veículos completamente diferentes. Em suas páginas, o portal UOL traz conteúdos de grande apelo, como futebol, novela, sexo, fofocas… A Carta Maior é um site de análises sólidas destinadas a um público que procura um conteúdo de ponta e denso sobre diversos aspectos do Brasil e do mundo.
 
Além disso, nós jamais tratamos os nossos leitores como mercadoria.
 
Apenas como registro, no primeiro semestre deste 2016, a média de permanência neste site é de quase cinco muitos de leitura (4 minutos e 52 segundos). Não somos, como os portais da grande mídia, um site de notícias com manchetes, que em muitos casos, destoam do próprio conteúdo apresentado no corpo do texto. Algo, aliás, que expressa a politicagem barata realizada por esses portais.
 
Audiência
 
Para sites e blogs da mídia alternativa é preciso ser aplicada outra regra. A comparação maliciosa entre os índices de audiência dos veículos da grande mídia e da mídia alternativa, parte, já de início, de um pressuposto, no mínimo, equivocado.
 
O grande público talvez não saiba, mas os profissionais de comunicação sabem muito bem que a ComScore é uma ferramenta destinada a grandes empresas. Sabem, também, que os contratos da SECOM se dão a partir de visualizações de página, não de visitantes únicos.
 
A Carta Maior se utiliza de outra métrica: o Google Analytics, da empresa Google, a maior empresa de tecnologia do mundo.
 
Por amor ao debate, só para exemplificar, enquanto o ComScore atribuiu à Carta Maior 368 mil visitantes únicos em dezembro de 2015; o Google Analytics registrou 600.845 visitantes únicos. (Confira a tela do Google Analytics).
 
Por outro lado, a planilha do jornalista Fernando Rodrigues “se equivoca” ao afirmar que Carta Maior recebeu, no ano de 2015, R$ 919,4 mil, quando, na verdade, recebeu R$ 749, 1 mil, por óbvio, já deduzidos os impostos.
 
Portanto, o cálculo apresentado faz comparações indevidas e utiliza-se de números inverídicos. O uso desse tipo de argumento caracteriza a má fé, habitual nos veículos do oligopólio midiático.
 
No ar desde 2001 e pioneira nas redes, a Carta Maior continuará cobrando o cumprimento da obrigação constitucional do Estado, de garantir a pluralidade de vozes e, também, de impedir a prática do oligopólio econômico em uma área tão sensível como a da Comunicação
 
David x Golias
 
O que os números da SECOM atestam é que falta muito ainda a caminhar em termos de um efetivo investimento na comunicação plural e diversificada no Brasil.
 
Como a própria reportagem da UOL reconhece, “os recursos repassados em 2016 aos sites alternativos antes do impeachment de Dilma Rousseff já estavam muito abaixo da média dos anos anteriores”. E mais: “o crescimento da mídia alternativa em 2015 deve ser completamente revertido neste ano de 2016″ (UOL, 06.07.2015).
 
Revertido pela decisão autoritária do governo golpista e interino de Michel Temer que, em uma de suas primeiras medidas, quebrou os contratos entre as estatais federais e as microempresas de comunicação alternativa.
 
É por meio da asfixia econômica que se pretende calar as vozes dissonantes que vêm, neste momento, denunciando o golpe no país. Como alerta o professor Venício de Lima, “sites e blogs progressistas e a comunicação pública são o único respiro que existe diante da narrativa dominante da grande mídia”.
 
“Isso incomoda, mesmo sendo uma luta de David contra Golias. Se você elimina esses sites e blogs e a comunicação pública, você vai viver uma situação praticamente totalitária, na qual haverá apenas uma voz”, complementa (Leia a íntegra da entrevista)
 
Esse risco é o maior custo do oligopólio midiático.
 

Leia Também:

Querem Calar a nossa Voz

‘Governos autoritários começam cerceando a liberdade de expressão’

 

Voltar para o Índice

 

 
 

“ESPERO QUE GANHE O CANDIDATO QUE TENHA MAIS IDONEIDADE”, DISSE DILMA SOBRE AS ELEIÇÕES NA CÂMARA

Resultado de imagem para imagens de dilma no blog afinsophia

            A presidenta Dilma Vana Rousseff, durante entrevista, falou sobre as eleições que ocorrem hoje, dia 13, um dia de sorte – dependendo do supersticioso – para a presidência da Câmara Federal em substituição ao biréu, Eduardo ‘Caranguejo’ Cunha que fora afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), com atraso. Atraso que propiciou o golpe contra o governo popular desferido pelo ‘caranguejo’ e sua trupe de aberrações antidemocráticas.

        Dilma disse que essas eleições são importantes porque afastam a influência de Eduardo Cunha Casa. É lógico que se entende o raciocínio de Dilma sobre a questão da influência do ‘caranguejo’ no Parlamento. Porém, o que se trata mesmo é de formação de caráter. Os parlamentares que se alinharam ao ‘caranguejo’ se aliaram porque são corpos da mesma subjetividade-paranoico-dominante que faz parte o ‘caranguejo’. O que significa que esses não mudarão em nada com a escolha do presidente ou da presidenta, já que estão na disputa as deputadas Erundina (PSOL/SP) e Maria do Rosário (PT/RG). Trata-se formação psicopatológica-incrustrada muito difícil de ser removida.

        “É preciso interromper o controle de Cunha sobre a Câmara. Temos que interromper esse processo. O primeiro passo é o que hoje estamos vendo na Câmara, com grande quantidade de candidaturas (17).

        Para um eventual segundo turno espero que vença um candidato que tenha mais idoneidade e espero também que seja alguém que não tenha votado pelo impeachment”, disse Dilma.

        Dos candidatos, os que votaram contra o golpe são: Erundina, Maria do Rosário e Marcelo Castro do PMDB, que foi ministro do governo Dilma. Marcelo Castro é o candidato que Temer teme.

       Durante a entrevista também falou sobre sua perspectiva sobre a votação do golpe no mês de agosto. Segundo ela – e a maioria dos brasileiros -, acredita que vai voltar ao governo.

       “Eu só serei carta fora do baralho no dia 1° de janeiro de 2019, quando termina meu mandato”, afirmou a presidenta que os usurpadores não conseguem a

FORA TEMER! VOLTA QUERIDA! FICA DILMA! TUDO EM DEFESA DO ESTADO DE DIRETO DEMOCRÁTICO NA PRAÇA SÃO SEBASTIÃO, EM MANAUS

DSC02040

Mais uma vez os movimentos sociais, os partidos de esquerdas, estudantes, sindicatos, entidades artísticas, LGBT, representantes da Igreja Católica, devires como A Associação Filosofia Itinerante (Afin), todos que acreditam que a democracia brasileira pode continuar em seu processo contínuum de transformações como produção do bem comum que garante os direitos da sociedade, se fizeram presentes na tarde de ontem – foi até pela parte da noite – na Praça de São Sebastião, no centro de Manaus.

DSC01982 DSC01986 DSC01989 DSC01990 DSC01994 DSC01996 DSC01999 DSC02002 DSC02003 DSC02005 DSC02006 DSC02008O encontro mostrou que o golpe idealizado, elaborado e executado por aberrações parlamentares, parte do poder judiciário, e as mídias acéfalas capitalistas não vai vingar, diante da vontade popular (para rimar). A disposição, o entusiasmo e as expressões engajadas dos presentes mostrou essa realidade que coloca em posição de inexpressividade o golpe e seus inescrupulosos e despudorados executores.

DSC02009 DSC02010 DSC02012 DSC02015 DSC02017 DSC02019 DSC02020 DSC02022 DSC02023 DSC02026 DSC02028 DSC02033O encontro mostrou que não basta dizer não ao golpe, mas que é preciso intensivamente apresentações concretas de que ele não pode prosperar e se manter como paródia de democracia. São necessárias práxis concretas junto com a população se apresentando como impossibilidade de permanência das aberrações na grotesca encenação de normalidade que pretendem passar os golpistas junto com o golpista-mor, Temer. E o encontro apresentou a confirmação dessas práxis. O engajamento e clareza de entendimento sobre a sordidez do golpe ficaram constatadas.

Muito bem constatada com as imagens criadas pelo fotógrafo, educador e bonequeiro da Afin, Alcir Madureira. Um encontro em que Madureira não chorou.

DSC02035 DSC02036 DSC02043 DSC02039 DSC02045 DSC02047 DSC02054 DSC02055 DSC02056 DSC02057 DSC02058 DSC02060 DSC02063 DSC02066 DSC02072 DSC02074 DSC02075 DSC02076 DSC02079 DSC02080Como sempre foi uma festa!

ÀS VÉSPERAS DAS ELEIÇÕES NA CÂMARA FEDERAL MULHER DE CARANGUEJO ARROLA DOIS MINISTROS DO GOLPISTA TEMER E UM BANDO DE DEPUTADOS, INCLUSIVE ÁTILA LINS, DO AMAZONAS

:

Hoje, a partir das 16 horas, os deputados federais do Brasil estarão elegendo o candidato que cumprirá um mandato tampão até o início de 2017.

Isto está acontecendo porque o presidente  Eduardo Cunha, vulgo caranguejo foi afastado pelo STF por envolvimento com roubo, mentira, evasão de divisas e contas não declaradas  na Suíça  e renunciou à presidência.

Independente disso, esse ser nocivo, mesmo afastado não deixou de influenciar o golpista mor, Michel Temer. Neste momento é um defunto sem sepultura, parafraseando o Chico Alencar, do PSOL

Uma de suas últimas cartadas se deu ontem, na Comissão de Constituição e Justiça onde o caranguejo queria que a Comissão de Ética votasse novamente cancelando a decisão de cassá-lo e queria mais dez dias úteis para se defender, 40 disseram não.  A reunião prosseguirá hoje de manhã e dificilmente sua cassação ainda se dará este mês. Fica tudo para agosto. O caranguejo ameaçou e ali demonstrou que não vai se afogar sozinho. Vai levar uma quadrilha com ele.

Ontem foi um dia movimentado envolvendo principalmente os golpistas. A primeira paulada foi a denúncia contra o candidato dos golpistas Temer e Caranguejo, Rogério Rosso. Há denúncia e vídeo gravado pelo ex-secretário de governo do Distrito Federal Durval Barbosa; que Rosso metia a mão na cumbuca, pegava muita babita; a acusação foi feita pelo deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) e pelo ex-gerente da Companhia de Desenvolvimento do Distrito Federal, Luis Paulo Costa Sampaio.

Os golpistas estão divididos. O Centrão poderá perder a eleição e para complicar, as visitas do Caranguejo ao Jaburu foi também para acertar que sua esposa, Claudia Cruz quando apresentasse sua defesa na Lava Jato ia arrolar ministros e deputados ligados umbilicalmente a Temer. E foi exatamente o que aconteceu ontem, diferente, de Marcelo Odebrecth que dispensou Dilma como testemunha no seu processo, Cláudia Cruz está levando para falar da fortuna da família 26 pessoas, dentre elas o Ministro das Cidades, Bruno Araujo (PSDB-PE)  aquele que saiu de férias misteriosas e foi aos Estados Unidos e o ministro do Turismo, Maurício Quintela (PR-AL). Além desses amigos vão depor, Jovair Arantes,  a defesa também convocou os deputados Carlos Marun (PMDB/RJ), aliado de Cunha que atuou para que o pedido de cassação do correligionário fosse arquivado pelo Conselho de Ética, Hugo Motta (PMDB/PB), Felipe Maia (PMDB/RN), Gilberto Nascimento (PSC-SP) e Átila Lins (PSD-AM).

Átila Lins é um dos deputados federais baixo clero mais longevos no parlamento em Brasília. Sempre ligado a golpistas. Vem desde o golpe de 1964. Foi da ARENA, PDS, PFL. Apoiou os militares, esteve com todos os governadores do Amazonas, sua família chegou a controlar um Tribunal do Município na não cidade de Manaus que ficou conhecido como Tribulins. A família está rica. Possuem uma rede de faculdades particulares em Manaus  e é parceiro do maior corrupto do Brasil, segundo Sérgio Machado, Pauderney Avelino.

São essas pessoas que hoje estarão votando. E os candidatos deles são esses degenerados, corruptos, ladrões. Eles se conhecem e nunca vão votar num que lhes ofereça perigo. Eles querem aquele que vai frear a sangria que a Lava Jato já produziu. 

Por isso, nossa sugestão de voto é para LUIZA ERUNDINA, do PSOL, mesmo tendo o ex-ministro da Saúde, Marcelo Castro  fiel à Dilma, mas do partido golpista que não foi recebido pelo golpista maior que se justificou que o Planalto não interfere nas questões do legislativo.

No mais, fora Temer, volta querida!

 

 

 


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.074 hits

Páginas

Arquivos