Arquivo para 7 de outubro de 2016

PROGRAMA DE FHC CONTRA APAGÃO VIABILIZOU PROPINA NA PETROBRÁS, DIZ CERVERÓ

 

Matéria escrita pela íntegra, honesta e inteligente jornalista Cíntia Alves para o Jornal GGN.

      Jornal GGN – Os detalhes não estão na delação assinada por Nestor Cerveró junto à Lava Jato e tampouco foram explorados pela imprensa, emboram constem no depoimento do ex-diretor da Petrobras, gravado pela Lava Jato e entregue ao Estadão para publicação em 6 de junho. No vídeo, é solicitado a Cerveró que faça uma contextualização de um dos assuntos tratados no anexo 32 de seu acordo de cooperação: as propinas da Alstom e GE e o favorecimento ao filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) pela Petrobras, durante a gestão do tucano. É quando Cerveró associa o programa frustrado de FHC para evitar o apagão com a janela de oportunidades para corrupção.

O depoimento foi dado à Lava Jato em dezembro de 2015. Nele, Cerveró conta que atuava na Petrobras desde o início da década de 1990, e já conhecia Delcídio do Amaral antes de ele ter sido nomeado por FHC, ainda que a contragosto, para uma diretoria na estatal. Seu patrocinador, à época, foi Jader Barbalho, pelo PMDB, e apesar de tucano, Delcídio era desprezado pelo PSDB.

Foi em 1997, segundo Cerveró, que o governo percebeu que iria enfrentar um racionamento grave de energia se não tomasse alguma atitude. “A crise estava delineada. Não tinha chuva, não tinha linha de transmissão [de energia produzida pelas hidrelétricas]. A oposição começa a criticar Fernando Henrique, dizendo que não tinha feito investimentos no setor elétrico. O que faz o FHC? Cria um programa emergencial”, comenta o delator.

De acordo com Cerveró, o PPT (Programa Prioritário de Termeletricidade) viabilizava a aquisição de equipamentos para a construção de termelétricas sem necessidade de licitação. Isso deu margem para que Delcídio, que já era conhecido do setor energético por ter sido ministro interino de Minas e Energia do governo Itamar, convidasse as empresas de seu interesse para fazer as parcerias e, em troca, cobrar uma “comissão” – o eufemismo para “propina” nos anos FHC.

“Havia recomendação do governo de aprovação urgente [dos projetos]. (…) Mas começam a surgir os problemas. É fácil, por decreto, criar o PPT. Mas não havia dinheiro no mercado para construir as térmicas. (…) A coisa evoluiu de forma que a Petrobras recebeu ordem do governo FHC para bancar os projetos.”

Segundo Cerveró, isso ele ficou de fora da delação, mas a Petrobras, para garantir as obras, foi orientada a não só criar uma série de vantagens para os investidores interessados como foi determinado que a estatal seria a compradora da energia produzida.

Por volta dos 43 minutos de vídeo, Cerveró conta que fazia parte do seleto grupo de técnicos que eram monitorados de perto pelo governo FHC, com o intuito de garantir a construção de usinas termelétricas a tempo de evitar o apagão. Ele também relatou que o desespero do Planalto com a crise era tão grande que o papel da Petrobras foi alterado: a companhia deixou os negócios do petróleo de lado para investir no setor energético, despertando até o “ciúmes” da Eletrobras, na época.

“A prioridade da Petrobras deixou de ser o petróleo e passou a ser terminar as térmicas. Essa crise era tão forte que toda semana ia para Brasília todo o setor elétrico – Delcídio, eu – porque o ministro [de Minas e Energia, Rodolpho Tourinho Neto] acompanha passo a passo [a construção das usinas], porque a crise estava chegando. E chegou. Em 2001, chegou o racionamento. Como diz o grande especialista em setor elétrico [Mário Veiga], foi simples: nós quebramos o país e teve racionamento. A indústria parou. O consumo de energia caiu 25% com o racionamento. Ficamos com o mico colocado pelo governo na mão: a Petrobras teve que construir as térmicas a toque de caixa e ainda assim faltou energia.”

 

O ex-diretor da Petrobras relatou pelo menos dois casos de propinas com valores vultosos que ocorreram sob o nariz de FHC, envolvendo a compra de máquinas para a construção das usinas. Uma negociação foi feita com a Alstom, na qual Cerveró admite ter recebido cerca de 700 mil dólares na Suíça, e outra com a GE. Neste último caso, Delcídio teria sido beneficiado com 10 milhões de dólares. “Os negócios eram aprovadas na diretoria [do Delcídio] assim: pá, pá, pá, pá, pá, uma pauta por semana.” Outros diretores também recebiam vantagens indevidas.

Conforme o GGN publicou ontem, depois de uma hora de depoimento, a Lava Jato deu espaço para Cerveró revelar qualquer outro episódio de irregularidade que recordasse. Foi quando ele citou que, a mando do então diretor da Petrobras, Philippe Reichstul, ele fechou um negócio com a empresa representada por Paulo Henrique Cardoso, filho de FHC, para operação da usina termelétrica do Rio de Janeiro, a maior do Brasil, na época.

Cerveró disse que Paulo Henrique sequer sabia o que era uma termelétrica e que sua presença nas mesas de discussão era uma clara “pressão” imposta pelo governo para que o negócio fosse fechado em seu benefício. Questionado sobre a existência de propina nessa transação, ele disse que não sabia responder, porque foi um acerto feito pela cúpula do governo com a Petrobras. ” Foi arranjo interno deles lá.” (Leia mais aqui)

O caso das termelétricas é alvo de inquérito da Polícia Federal, que corre sob sigilo.

 

“A FARSA DA VERDADE GOLPISTA” CONTINUA SUAS APRESENTAÇÕES PELO TEATRO MAQUÍNICO DA ASSOCIAÇÃO FILOSOFIA ITINERANTE (AFIN)

img-20161006-wa0037

Vejam as fotos e assistam os vídeos com os depoimentos de estudantes e professores.

O Grupo de Teatro Maquínico, da Associação Filosofia Itinerante (AFIN), continua apresentando a peça A Farsa a Verdade Golpista escrita com o claro objetivo democrático de discutir com o público as tramas antidemocráticas elaboradas e executadas pelas forças-usurpadoras representadas pela mídia degenerada, empresários orais, parte do poder judiciário, e grande parte dos membros do Congresso Nacional.

Sempre tendo como corpo pedagógico-político o método do teatrólogo alemão Bertolt Brecht, o Teatro Maquínico encena A Farsa da Verdade Golpista com quadros divididos por legendas-títulos escritas em placas que são apresentadas pelo próprio público, possibilitando, desta forma, sua participação na trama da peça.

img-20161006-wa0041 img-20161006-wa0034 img-20161006-wa0030 A Procura da Verdade, O Trabalho, A Escola, O Político, Nas Ruas, O Buraco, No Senado são os títulos-placas dos quadros que constituem a encenação e que são apresentados pelo público. O golpista Temer, a golpista Rede Globo, a professora preconceituosa e alienada que tem Moro como seu ídolo e a Rede Globo como sua consciência intelectiva e moral, os deputados federais do Amazonas que votaram em massa pelo golpe, os candidatos ao cargo de prefeito de Manaus todos golpistas, a condição de abandono de Manaus, o voto do senador golpista, são corpos antidemocráticos que A Farsa da Verdade Golpista encena diante do público, e que ele toma como tema para debate após o espetáculo.

img-20161006-wa0032 img-20161006-wa0021 img-20161006-wa0038 img-20161006-wa0029 img-20161006-wa0018 img-20161006-wa0042Sempre foi essa a pedagogia-política-teatral que o Teatro Maquínico se engajou como forma de discutir com o público os temas que são necessários serem discutidos para que se processem novas formas de percepções e concepções que mudem as perspectivas já determinadas como dominantes para outras perspectivas fluentes como práxis e criação da democracia como potência constituinte.

Desta vez a apresentação foi realizada na Escola Estadual Arthur Amorim, situada no Núcleo 15, do Bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. Uma plateia formada por estudantes, professores, merendeiras, trabalhadores de serviços gerais, entre outros participantes, possibilitaram uma encenação alegre e contagiante como deve ser o teatro popular que não se submete aos humores reativos da burguesia afeita à dramaturgia-gastronômico. O teatro para embalar vaidades e brutalidades de uma classe insensível à estética revolucionária, limitada intelectualmente e eticamente degenerada.

img-20161006-wa0023 img-20161006-wa0039 img-20161006-wa0020 img-20161006-wa0033 img-20161006-wa0035 img-20161006-wa0036 img-20161006-wa0024 img-20161006-wa0022 img-20161006-wa0031 img-20161006-wa0028 img-20161006-wa0026 img-20161006-wa0025 img-20161006-wa0040img-20161006-wa0017img-20161006-wa0014img-20161006-wa0015img-20161006-wa0016img-20161006-wa0019Há mais de 14 anos o Teatro Maquínico se desloca pela cidade de Manaus e outros municípios para, de encontro ao povo, discutir e examinar o que deve ser discutido e examinado. Todas às apresentações são gratuitas, já que a Associação Filosofia Itinerante é uma entidade sem fins lucrativos.

 

 

 

“É O CANGAÇO, A LEI DO CÃO CONTRA O INIMIGO FERRENHO DA FOME”, HOMENAGEM A LULA DO MÚSICO MAURÍCIO BAIA

Escute a música que mostra os corpos revolucionários de Lula. O Lulampião que só os espíritos livres concebem e protegem contra o sadismo anal que lhe persegue despudoradamente sublimado em inveja, ódio e vingança.

O compositor baiano Mauricio Baia fez uma música em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Maurício foi integrante do grupo 4 Cabeça e já se apresentou em festivais como o Rock in Rio e o Lollapalooza.

“Foi armada uma caçada para exibir na praça a cabeça de Lulampião. É o cangaço, a lei do cão contra o inimigo ferrenho da fome!”, diz a letra da música.

Escute a homenagem:

Lula participa de reunião com Coordenação Nacional do MTST

Em reunião em Taboão da Serra, Lula compartilha suas experiências com militantes do MTST e debate sobre o futuro do país.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa na noite desta quinta-feira (06) de uma reunião com a Coordenação Nacional  do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Na reunião, que está sendo realizada no casarão de Taboão da Serra (SP), Lula compartilha suas experiências e debate sobre o futuro do país.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.114 hits

Páginas

outubro 2016
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos