Arquivo para 16 de novembro de 2016

LULA RECEBE SECRETÁRIO-GERAL DA UNASUL, ERNESTO SAMPER

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, nesta quarta-feira (16), o secretário-geral da Unasul, o colombiano Ernesto Samper.

Samper veio ao Brasil entrevistar Lula sobre a criação da Unasul para a memória institucional da entidade. O ex-presidente foi um dos principais responsáveis pela criação da entidade que reúne todos os países do continente, e que foi fundamental para evitar conflitos regionais e manter a paz na região.

Lula também participou da campanha “Soy del Sur” da entidade, que visa valorizar o orgulho e a identidade da América do Sul, contra qualquer complexo de vira-lata.

Tags: 

PESQUISA ENTREGUE PARA ONU MOSTRA PERSEGUIÇÃO DA REDE GLOBO CONTRA LULA

A defesa do ex-presidente Lula apresentou ao juiz Sérgio Moro e à Comissão Internacional de Direitos Humanos da ONU um estudo científico sobre a cobertura da imprensa brasileira, que comprova tecnicamente — e com números impressionantes — o massacre midiático contra o ex-presidente.  

O estudo foi preparado pelo cientista político, sociólogo e mestre em Filosofia João Feres Júnior, vice-diretor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UERJ) e coordenador do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP) – que produz o Manchetômetro, indicador das tendências políticas da mídia brasileira.

Os dados referentes ao Jornal Nacional da Rede Globo mostram que, entre o final de dezembro de 2015 e agosto de 2016, foram ao ar praticamente 13 horas de notícias negativas sobre o ex-presidente, apenas 4 horas de noticiário considerado neutro e nem 1 segundo de notícias com viés positivo.

A parcialidade do JN em relação a Lula fica evidente pelo fato de que metade de suas reportagens não contemplou o contraditório do ex-presidente, de sua assessoria ou de seus advogados.

Uma parte dos dados referentes ao Jornal Nacional foi apresentada nesta quarta-feira (16) pela advogada Valeska Zanin Martins, numa entrevista à imprensa internacional em Genebra, sede da Comissão de Direitos Humanos da ONU, onde a defesa de Lula denuncia os abusos cometidos contra ele no Brasil.

Os dados completos do estudo do professor João Feres sobre a cobertura do Jornal Nacional estão no resumo a seguir:

Clique abaixo o link onde está o anexo.

EXTREMA-DIREITA INVADE O PLENÁRIO DA CÂMARA FEDERAL, GRITA “VIVA MORO!” E “QUEREMOS GENERAL AQUI!”

intervencaocamara

Todo sistema é composto de princípios de troca social. O que significa alteridade coletiva constituída por valores de respeitabilidade que regem as relações de todos como corpo da sociedade civil. Sujeito-Objeto, Justo-Injusto, Bom-Mau, Verdadeiro-Falso, Honesto-Desonesto, Alegre-Triste, Claro-Escuro, etc. É observando e agindo nesse sistema de troca social que os habitantes de um país realizam suas perspectivas e futurizam suas existências. Endente-se, então, que esses habitantes se solidarizam por vias de suas normatizações axiológicas. Os valores-sociais como espírito de todos. A democracia.

Porém, quando esse sistema de troca social é abalado por qualquer corpo alienígena a si, esses valores começam a entrar em crise. O que significa que eles não respondem aos princípios que efetivavam essa sociedade. Entra-se, então, no estado de anomia-social: os valores moram não respondem ao espirito de todos.

Em estado de anomia-social os mais fortes – sentido de força mecânica – tendem a dominar os que acreditam nos princípios democráticos. Sem metáfora qualquer, trata-se da ditadura da estupidez, já que o corpo que levou ao estado de anomia-social não saiu de uma operação racional, mas de uma força impulsiva. A força onde a razão é destituída de sua potência examinadora. O que significa no campo psiquiátrico, a tentativa da morte obscurecer a vida.

O Brasil atual vem sofrendo constantes ataques dessas forças tirânicas em suas múltiplas facetas. Do mais débil indigente político ao mais psicopata nazifascista. O que significa que estamos sob a ameaça da anomia-social deletéria a harmonia social. Primeiro ameaçaram a reeleição de Dilma. Depois idealizaram o golpe para posteriormente executá-lo. Com um desgoverno golpista no poder começaram os retrocessos nos progressos que o Brasil havia galgado. Agora, os que produzem anomia-social não estão satisfeitos com a realização do golpe: querem mais para satisfazer suas operações compulsivas.

     Hoje, dia 16, 50 pessoas com comportamento próprio da extrema-direita invadiu o Plenário da Câmara Federal exigindo a mudança do regime democrático. As berros eles louvavam Moro, gritando “Viva Sérgio Moro!”, e “Ih, Queremos general aqui!”. As pessoas que estavam no recinto parlamentar ficaram perplexas, quase impotentes diante da cena violentadora da democracia. Apesar de que ali naquele recinto que se iniciou a obstrução da democracia e o início da expansão da anomia-social. 

Quanto a louvação a Moro é entendível, já que o mesmo vem se apresentando como um personagem que é atraído pelos refletores como se tentasse esculpir para si a imagem de herói daqueles que têm empatia com ele. Porém, usar o nome das Forças Armadas, que vêm se portando de acordo com seu dever institucional-constitucional, sem mostrar qualquer laivo de conspiração, aí a cena degringola para direta provocação.

       Veja os vídeos. 

 

A PRESIDENTA DILMA GRAVA VÍDEO ONDE AFIRMA QUE “NAS OCUPAÇÕES DE ESCOLAS E UNIVERSIDADES ESTÃO AS MAIS IMPORTANTES TRINCHEIRAS CONTRA O RETROCESSO, PELA DEMOCRACIA E PELOS DIREITOS SOCIAIS”

dilma 

 Como não poderia ser diferente, a presidenta Dilma Vana Rousseff, conhecedora dos direitos humanos no plano teórico e prático, já que foi presa e torturada por lutar pelas liberdades democráticas durante a ditadura civil-militar que oprimiu o país entre os anos de 1964 e 1985, ao contrário dos golpistas que sempre se identificaram com a desrazão-social, muitos ainda crianças e adolescentes, vem se mostrando comprometida com o movimento estudantil, na verdade, com diz o filósofo-psiquiatra Fèlix Guattari, “mutação existencial coletiva”. Agora, para fortalecer mais seu engajamento-ativista, gravou um vídeo onde ela afirma seu compromisso com os estudantes.

No vídeo a presidenta Dilma analisa o movimento estudantil – processual coletivo do “movimento real(Marx)”, onde mostra que as ocupações das escolas e universidades são os territórios reais de produção da democracia contra os golpistas com sua forças tirânicas que não liberam potências históricas. Dilma mostra que a mobilização é fundamental para produção da democracia, já que democracia como vontade de potência é um contínuo ultrapassar de estados de coisas estabelecidos como objetividades.  

Veja e ouça o vídeo e constitua sua consciência mutatio-renovatio como práxis e poiesis democrática.

TEMER, TRASPASSADO POR SUA LIMITAÇÃO SENSORIAL, EPISTEMOLÓGIA E ÉTICA, AFIRMOU QUE O MOVIMENTO ESTUDANTIL TEM “MUITO PROTESTO FÍSICO, MAS NÃO ARGUMENTATIVO, INTELECTUAL”. COISA DE GOLPISTA

No prólogo de sua obra Humano Demasiado Humano, Nietzsche, o filósofo da vontade de potência, a vida que ativa o pensamento e o pensamento que afirma a vida contra as aberrações degeneradas, os decadentes, diz que não devemos calar, mas falar, porém com a condição de só falarmos sobre o que nós superamos, porque ao contrário caímos no tagarelar: falar sobre o que não conhecemos.

Se no mundo temos a ditadura do tagarelar, no Brasil temos um dos grandes círculos antilinguístico do mundo tagarela. São cordilheiras irrefreáveis do tagarelar dominando as falsas relações de trocas sociais pela linguagem. Se tagarela com a vizinha, na escola, na fábrica, no judiciário, no Legislativo, Executivo, na praça, na família, na igreja, no hospital, em todos os territórios onde a afasia geral se instalou e se instituiu como verdade comunicacional.

Nos chamados meios de comunicação de massa nem se fala. Além da já tendente posição do tagarelar dos chamados profissionais desses territórios, há o tagarelar da imposição dos proprietários desses meios de comunicação em seus reprodutores da subjetividade capitalista do tagarelar. Capturados pelos enunciados tagarelas do império capitalista, os proprietários desses meios de comunicação, capturam seus tagarelas para enunciarem ecolalicamente o discurso antilinguístico.  

Em razão da promiscuidade do tagarelar em forma de obscenidade, como diz o filósofo Jean Baudrillard, onde a troca linguística como comunicação perdeu quase todo o referencial das diferenças, o que confirma para mim o outro como objeto real do meu fora, o que assevera minha existência, como nos mostra o filósofo Sartre, a leitura de jornais, revistas, periódicos, e outros entes ditos comunicacionais, principalmente os tautológicos como os meios de comunicação capitalistas dominantes, encontra-se impossibilitada.

 A proliferação do tagarelar como replicância linguística, repetir o inexistente, criou o mundo em que a linguagem desveladora do signo linguístico sofreu dissipação. O que significa que o tagarelar é reação compulsiva de quem faz uso das palavras em forma de lecton, como mostrar os estoicos. Um corpo linguístico sem conteúdo material. Sem existência-material. Ditadura do significante.

Para melhor explicar é bom outro saber-dizer de Nietzsche. O filósofo do eterno retorno, que era exímio filólogo, nos mostra de forma simples como se processa nosso conhecimento na perspectiva linguística. Ele diz que uma palavra é um signo-sonoro. E que um conceito é um signo-imagem. Um signo-imagem resultado como reflexo de nossa experiência no mundo material em composição com nossa condição fisiológica.

Pode-se então inferir que a linguagem só é possível quando a palavra como signo-sonoro e o conceito como signo-imagem se compõem como objetivação comunicacional. Ou seja: só se fala quando aquilo que se enuncia é reflexo de nossas experiências imediatas e que são confirmadas pela reflexão sobre o que emerge como produto do experimentado. O conhecimento: percebido com concepção do mundo. O saber. Daí que apenas sonorizar não é falar. Como faz o tagarela.

Todo brasileiro atento e responsável pelo Brasil, já observou, examinou e concluiu quem é o Temer. Desde suas posições ideológicas, cargos que ocupou como Secretário de Segurança dos governos reacionários do PSDB, em São Paulo, sua trajetória legislativa, entre outras. O brasileiro atento já percebeu e concebeu as enunciações que ele faz uso e suas relações com as ideias e objetos que acredita. O que significa dizer que o brasileiro atento ao se tornar sujeito-epistemológico examinador dessas enunciações tem dele uma clara compreensão de sua realidade-pessoal como alguém que se quer considerado pela sociedade.

Daí que o brasileiro atento sabe muito bem que Temer não é traspassado pelos corpos sensíveis, epistemológicos e éticos (é golpista, usurpador) necessários para perceber e conceber pessoas, grupos, entidades, corpos instituintes do movimento real, e muito menos singularidades-devirianas que escapam das enunciações abstratas dos tagarelas que se encontram imóveis em suas inautênticas formas malogradas aprisionadas no pavor diante do novo.

Desta forma, o movimento estudantil, e qualquer outro movimento, não deve conceder importância ao que Temer enuncia como censura. Sua afirmação de que o movimento estudantil tem “muito protesto físico, mas não argumentativo, intelectual”, não dever ser levado em consideração. Temer é dos que acredita que um cargo – que ilusoriamente faz com que o personagem se sinta autoridade suprema – transforma um néscio em sábio. E que todas suas opiniões saem do exercício crítico da potência de um pensamento semelhante ao do filósofo Marx. O que a psiquiatria chamaria de síndrome da magnificação intelectiva. Ou, dissipação cognitiva-nirvânica.

Em síntese, a opinião de Temer sobre o movimento estudantil conduz o brasileiro atento a parafrasear (adaptar) à enunciação-mística: “Perdoai-lhe (lhes), pois não sabe (sabem) o que diz (fazem)”. Só que o perdão não passa pelo sistema nervoso central, como afirma Nietzsche.   

JOHN COMAROFF EXPLICA LAWFARE

John Comaroff, professor de Harvard e especialista em Lawfare, nos explica como se usa a lei para perseguir oponentes. Ele nos conta como Lawfare se comporta e como Lula está sendo vítima desse tipo de crime.

“E a violência da lei substituiu a violência da arma, porque você destrói pessoas, você as apaga, tira seus bens, tira sua dignidade, você tira suas vidas.“


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.238 hits

Páginas

novembro 2016
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos