Arquivo para 11 de maio de 2018

JUSTIFICANDO: COM SUPREMO COM TUDO – COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O JULGAMENTO DE LULA

INSTITUTO HERZOG: REVELAÇÕES SOBRE GEISEL REFORÇAM TESE DE REVISÃO DA LEI DA ANISTIA

MEMÓRIA E VERDADE
Para entidade, documento dos EUA mostra que não havia “porões da ditadura”, mas “política de Estado de terror, desaparecimentos forçados e assassinatos”. E reforçam Comissão da Verdade
por Redação RBA. 
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
ditadura

Comissão Nacional da Verdade entrega relatório à presidenta Dilma, em 2014: recomendações por serem cumpridas

São Paulo – A revelação de dados segundo os quais o ex-presidente Ernesto Geisel (1974-1979) manteve uma política de execuções sumárias não chega a ser surpresa, segundo o Instituto Vladimir Herzog (IVH), mas “é mais uma prova de que não houve porões da ditadura; e sim uma política de Estado de terror, desaparecimentos forçados e assassinatos”. Em nota, a entidade afirma que as informações reforçam “de maneira incontestável” as conclusões da Comissão Nacional da Verdade, em especial quanto à necessidade de uma reinterpretação da Lei da Anistia (Lei 6.683, de 1979).

“A anistia concedida a agentes públicos que ordenaram detenções ilegais e arbitrárias, torturas, execuções, desaparecimentos forçados e ocultação de cadáveres – como o documento do Departamento de Estado dos Estados Unidos atesta – é incompatível com o direito brasileiro e a ordem jurídica internacional, pois tais crimes, dadas a escala e a sistematicidade com que foram cometidos, constituem crimes contra a humanidade, imprescritíveis e não passíveis de anistia”, afirma o instituto.

Por isso, acrescenta o IVH, torna-se urgente rever a lei: “Da forma em que está estabelecida, ela perpetua a impunidade, propicia uma injustiça continuada, impedindo às vítimas e a seus familiares o acesso à justiça, e afronta o dever do Estado de investigar, processar, julgar e reparar as gravíssimas e generalizadas violações de direitos humanos cometidas durante a ditadura militar”. O instituto também considera inaceitável a explicação ainda adotada pelas Forças Armadas, que fala em “atos isolados” ou “excessos”.

Leia aqui a íntegra da nota.

registrado em:        

RESTAURANTE QUE HOSTILIZOU CLIENTE CEDE E ACEITA NOTAS COM LULA E MARIELLE

FOI MAL…
Amigos de artista que sofreu agressões verbais no restaurante Komy’s, em São Paulo, almoçam no local e pagam com notas de “Lula Livre” e “Marielle Presente”, que casa havia recusado com violência
por Redação RBA. 
REPRODUÇÃOlula_dinheiro01_lula_livre2.jpg

Cédula com o carimbo em defesa de Lula, que está preso em Curitiba: protesto não invalida valor das notas

São Paulo – Um grupo de 13 pessoas em defesa da liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu hoje (11) no restaurante Komy’s, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, para realizar um protesto pacífico – almoçaram na casa e depois pagaram a conta com notas carimbadas com as mensagens “Lula Livre” e “Marielle Presente”. O ato ocorreu como resposta a uma cena de ódio, registrada na terça-feira (8). Até então cliente do restaurante, a artista plástica Ana Teixeira relatou em sua página no Facebook ter sido vítima de ataque verbal e hostilidades ao tentar pagar a conta com uma nota com o carimbo. 

Hoje, no entanto, a postura dos donos do restaurante foi diferente. “O proprietário não se recusou a receber as notas e, inclusive, justificou-se dizendo que não sabia anteriormente que era possível fazer isso. Fico feliz em ver que a violência que sofri levou este homem a se reposicionar, seja lá pelos motivos que for”, afirmou Ana.

Indigesto

Ao receber o dinheiro, a proprietária do restaurante, segundo o relato, começou a gritar de forma descontrolada. “Não aceito isso, sua bandida. Tentou me enganar dando a nota pelo outro lado, bandida!”, relatou Ana. “Logicamente que não tentei enganar ninguém, pois espalho estas notas com muito orgulho e sem medo”, afirmou a cliente, destacando que não há nenhuma ilegalidade nesse ato de protesto.

Segundo a artista plástica, a proprietária ergueu a nota na mão e começou a incitar todo o restaurante contra ela, dizendo que eu queria roubá-los pagando com nota adulterada. “Fiquei tão assustada que mal consegui falar. Logo eu que não costumo me assustar ou me calar nem em situações ditas perigosas”, disse.

O proprietário também teria endossado os gritos de sua mulher quando Ana disse que eles teriam que aceitar a nota pois era ilegal não fazê-lo. “Foi assustador! Eles não paravam de gritar e tiveram o apoio de alguns clientes que começaram a gritar também: ‘Vai pra Curitiba!’”

Frente ao conflito, as duas partes chegaram a cogitar de chamar a polícia, mas a cliente acabou por aceitar pagar com cartão de débito para atenuar a situação. “Eu não levantei a voz e disse que iria mostrar-lhes que as notas eram válidas. Eles continuaram gritando que não aceitariam e que chamariam a polícia. Eu disse que eu chamaria a polícia. Enquanto isso, pensando em chegar a um acordo mais civilizado, busquei no meu celular o post que mostra que não é ilegal passar ou aceitar notas carimbadas, mas eles se recusaram a vê-la e continuaram gritando. Comecei a tremer e a me sentir muito, muito vulnerável”, afirmou.

No Rio, bar fez “promoção”

“Ainda tive coragem para responder que crime é o que está sendo feito com Lula e com a população em geral, mas não consegui ser ouvida. Gritei o mais forte que pude ‘Lula Livre’ e saí de lá tremendo”, disse. Segundo ela, daqui para a frente, adotará o boicote ao restaurante como uma atitude mínima de defesa de sua dignidade.

Conduta oposta à do Komy’s ocorreu no Rio de Janeiro, no início do mês. O proprietário do Bar do Omar, na zona portuária da cidade, divulgou desconto de 10% para os clientes que apresentassem notas com o carimbo ‘Lula Livre’. Houve também, nos últimos dias, circulação de notícias falsas em grupos do WhatsApp alegando ilegalidade dessas notas e que a rede bancária teria proibido sua circulação. O próprio Banco Central já se manifestou desmentindo essa informação.

registrado em:         

JEFERSON MIOLA: CIA, GLOBO DITADORES E GENOCIDAS

cia-globo-genocidas

Jeferson Miola

“genocídio
1 extermínio deliberado, parcial ou total, de uma comunidade, grupo étnico, racial ou religioso

genocida
1 relativo a genocídio

2 que ou quem perpetra ou ordena um genocídio”

Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

Os memorandos da CIA sobre a ditadura civil-militar instalada com o auxílio da Globo em 1º de abril de 1964 revelam uma realidade ainda mais tenebrosa do regime sanguinário que a família Marinho apoiou durante todos os seus 21 anos de existência.

Os assassinatos dos opositores políticos do regime faziam parte da política de Estado que foi criminosamente ocultada da população pelo noticiário cúmplice da Globo e do conjunto da mídia.

As decisões macabras sobre quem deveria ser morto eram tomadas dentro do gabinete presidencial do Palácio do Planalto, que fora convertido em escritório central do Terror de Estado.

Os ditadores Ernesto Geisel [1974/1979] e João Figueiredo [1979/1985], a quem a historiografia atribuía candidamente o papel de condução da “abertura” e “distensão” para a redemocratização, na realidade foram tão genocidas quanto o tirano Emílio Garrastazu Médici e seus antecessores.

Os documentos da CIA, recém liberados, contêm informações pormenorizadas, precisas e com detalhes ricos sobre datas, participantes das reuniões macabras e conteúdos nelas decididos.

Tal detalhamento e riqueza de informações mostra que a CIA tinha acesso privilegiado ao centro decisório da ditadura e conhecia os métodos terroristas – através da atuação direta de agentes estadunidenses, espiões ou mercenários brasileiros infiltrados pelos EUA.

Vendo em retrospectiva, é de se indagar se as mortes em circunstâncias estranhas de Zuzu Angel, JK e Jango, respectivamente em abril, agosto e dezembro de 1976 – todas no período presidencial de Geisel e com Figueiredo na chefia do SNI – também teriam sido decididas no próprio Planalto.

Da mesma maneira que no golpe de 2016 que derrubou a Presidente Dilma e instalou a ditadura Globo-Lava Jato, também foi notável a presença íntima da CIA e a participação da agência estadunidense na engrenagem golpista que derrubou o Presidente Jango em 1º de abril de 1964.

Ontem como hoje, o governo dos EUA foi partícipe e cúmplice dos atentados contra a democracia no Brasil – e o mesmo pode ser dito em relação à Globo.

A alegação do Exército, de que os registros da época foram destruídos, torna ainda mais turvo este deplorável período da história do Brasil, cuja verdade precisa ser estabelecida na nova historiografia a ser urgentemente escrita.

Em agosto de 2013, 49 anos depois do golpe terrorista que apoiou em 1964, a Globo escreveu, cinicamente, que “Apoio editorial ao golpe de 64 foi um erro”.

O artifício de linguagem empregado pela Globo – apenas “um erro” – não apaga da história seu papel central de partícipe de crimes perpetrados contra a democracia, o Estado de Direito e a soberania do Brasil.

A Globo é incompatível com a democracia; é tão criminosa quanto os ditadores e genocidas que promoveram o terrorismo no passado com o apoio da potência imperial do Norte; e é tão criminosa quanto os fascistas de hoje, que abastardaram o Estado de Direito e instalaram a atual ditadura jurídico-midiática.

JORNALISTA MINO CARTA ANALISA GEISEL, DITADURA, ELITE BRASILEIRA…


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.042 hits

Páginas

Arquivos