Arquivo para 5 de julho de 2018

VIOMUNDO: CARTA (RESPOSTA) AO PRESIDENTE LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

por Leonardo Isaac Yarochewsky, especial para o Viomundo

Estimado Presidente Luiz Inácio Lula da Silva,

Li com muita atenção a carta que o senhor enviou ao povo brasileiro na última terça-feira (03/07).

Com todo o respeito, em “resposta”, venho lhe dizer, antes de tudo, que a maioria do povo brasileiro continua confiando no seu maior líder.

Não é sem razão, portanto, que Lula aparece em primeiro lugar em todas as pesquisas de opinião para Presidência da República.

Sim, Presidente, como disse em sua carta, “Chegou a hora de todos os democratas comprometidos com a defesa do Estado Democrático de Direito repudiarem as manobras” da qual Vossa Excelência é vítima, a fim de que prevaleça a Constituição e os princípios nela insculpidos.

Centenas de juristas sabem que o senhor foi condenado sem provas, tanto pelo juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba quanto pelo TRF-4.

Tanto que várias obras e inúmeros artigos foram escritos por grandes juristas – inclusive estrangeiros – sobre o processo de exceção que lhe condenou.

É fato: o senhor foi condenado por um juiz “suspeito” e “incompetente”.

Também é fato: durante todo o processo o senhor foi tratado pelos agentes do Estado Penal como “inimigo”. E como tal, negam-lhe direitos e garantias fundamentais.

Com tantas injustiças, o senhor demonstra em sua carta – com toda razão! – descrença na justiça.

Sim, caríssimo Presidente, não há nada, absolutamente nada, mais revoltante e doloroso para o ser humano do que a injustiça.

A injustiça é a própria tirania, a iniquidade que desacredita as instituições e fere a alma.

Muitas vezes a injustiça é escancarada, vista por todos.

Outras vezes, sem ser vista ou percebida, a injustiça fantasia-se de legalidade, vitimando inocentes.

É o seu caso.

Nós sabemos que o senhor não cometeu crime algum.

Por isso, Presidente Lula, continuaremos lutando — jurídica e politicamente — para que a verdade prevaleça e vença.

Presidente Lula, vamos continuar também tendo esperança.

“A esperança”, como proclamou Santo Agostinho, “tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las”.

Abraço fraterno,

Leonardo Isaac Yarochewsky

* Leonardo Isaac Yarochewsky é advogado criminalista e doutor em Ciências Penais

ALBERTO CARLOS ALMEIDA: PARA O ELEITORADO, MORO E TEMER ESTÃO JUNTOS

Segundo o dado divulgado periodicamente pelo Estado de S. Paulo relativo à pesquisa Estadão-Ipsos, a desaprovação de Sergio Moro vem caminhando junto com a de Michel Temer.

O gráfico mostra na escala do eixo vertical esquerdo o percentual para Moro, e no eixo vertical direito os valores para Temer.

É possível notar que de outubro de 2015 a outubro de 2016 a desaprovação de ambos caiu.

No meio das duas datas há o impeachment de Dilma: quando Sergio Moro teve um papel crucial ao divulgar as conversas entre Dilma e Lula, e Temer se tornou o principal beneficiário da saída do PT do Palácio do Planalto ao assumir a presidência da república.

A partir de outubro de 2016, a desaprovação de Michel Temer aumentou de forma meteórica até junho de 2017, desde então, tendo alcançado o patamar de 85% de rejeição, ela tem permanecido estável.

No caso de Moro sua desaprovação também aumentou no mesmo período, ainda que de forma bem menos acentuada do que a de Temer.

Porém, o que se destaca é o crescimento de sua rejeição a partir de junho de 2017, quando estava no patamar de 20%, até a última pesquisa em junho de 2018 quando sua rejeição atingiu 40%.

A evolução da rejeição de Temer e Sergio Moro sugere que os seus destinos, ao menos no que diz respeito às suas imagens junto ao eleitorado, estão umbilicalmente ligados.

Durante o ano de 2017 as principais aparições de Sergio Moro na mídia nacional tiveram relação com os depoimentos de Lula a ele, assim como a condenação do petista.

Para o eleitorado, consequentemente, Moro é o principal responsável pela prisão de Lula. Ocorre que Lula é visto pelo eleitorado como o opositor por excelência do Governo Temer.

As visões desenvolvidas e cultivadas pelos eleitores são bastante simples e estão de acordo com o seguinte raciocínio:

1. Lula é o político mais importante do PT;

2. o PT foi retirado da presidência por meio do impeachment;

3. Temer se tornou o presidente, portanto, Lula se tornou o principal líder da oposição;

4. Sergio Moro condenou e decretou a prisão de Lula e, como não poderia faltar;

5. o Governo temer é muito mal avaliado em função da crise econômica.

O resultado final disso tudo é que a imagem de Sergio Moro, evidentemente politizada, o que parece não ser bom para o judiciário, está fortemente associada ao Governo Temer e dissociada de Lula.

Moro é responsável indireto pelo impeachment e responsável direto pela prisão de Lula, isto é, ele colocou no poder um governo impopular e retirou de cena aquele que representa a mudança.

A entrada de Sergio Moro na cena pública remonta ao seu memorável artigo acerca da operação mãos limpas no qual ele defende a utilização da mídia, e consequentemente da opinião pública, como recurso para pressionar o judiciário a tomar decisões que levem à condenação de líderes políticos.

Mais recentemente, Moro admitiu, também publicamente, que se equivocou ao solicitar de maneira açodada que José Dirceu, do PT, passasse a utilizar tornozeleira eletrônica.

O juiz não havia sido notificado oficialmente, mas sim teve ciência da soltura de Dirceu pela mídia.

Dito isto, ao considerar o comportamento pretérito e presente de Moro, é possível afirmar que ele tenderá a manter sua imagem associada ao Governo Temer, que termina daqui a seis meses.

O destino da imagem de Moro a partir de janeiro dependerá do resultado das eleições.

*Alberto Carlos Almeida é cientista político, autor do best-seller “A cabeça do Brasileiro” e diversos outros livros. Escreve semanalmente para o Poder360.

PARA LULA, INGERÊNCIA DE EMPRESAS NORTE-AMERICANAS NO BRASIL CRESCE COM TRUMP

PAÍS FRACO
Ex-presidente recebeu, no cárcere em Curitiba, o líder do MST João Pedro Stédile e o ex-presidente do PT Rui Falcão. Mostrou-se preocupado com a política externa brasileira e reafirmou sua candidatura
por Redação RBA.
EDUARDO MATYSIAK
stedile e falcao.jpg

Stédile e Falcão após visita a Lula na PF, em Curitiba: segundo eles, ex-presidente continua ‘animado’ para disputar eleições

São Paulo – Ao receber na tarde desta quinta-feira (5) a visita do ex-presidente do PT Rui Falcão e do líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) João Pedro Stédile, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou apreensão com a política externa brasileira. Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal do Paraná desde 7 de abril, por condenação do âmbito da Operação Lava Jato no caso do triplex de Guarujá. “Apesar da terrível injustiça praticada contra o presidente, Lula está muito preocupado com o país”, disse Falcão.

Entre os comentários de Lula, segundo Falcão e Stédile, está a questão da condução da política externa brasileira. Em recente visita do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o ex-presidente já havia demonstrado atenção ao tema. “Ele acredita que há uma ingerência cada vez maior dos interesses das empresas norte-americanas na manipulação do governo golpista e também dos empresários brasileiros”, disse o líder do MST. “Para Lula, a política do Trump (presidente Donald Trump, dos Estados Unidos) tem sido mais agressiva na América Latina”, acrescentou.

Lula também voltou a criticar a postura do Judiciário em relação a sua condenação, que classifica como sem provas e uma prisão política. Stédile abriu aspas para uma fala direta do ex-presidente sobre o tema: “Comportando-se desse jeito, esse poder Judiciário não merece mais o respeito de ninguém. Ele tem que recuperar sua postura de um poder que respeitava a Constituição, que garantia o direito das pessoas”. Para o líder do MST, o ex-presidente “desafiou os juízes para que garantam seu direito de defesa. Também desafiou Sérgio Moro (juiz de primeira instância de Curitiba responsável pela Lava Jato no Paraná) a apresentar uma prova sequer sobre o apartamento”.

Ambos reafirmaram a boa disposição de Lula para ser candidato à Presidência. “Em vez de nós confortarmos ele, ele quem nos conforta. Está muito animado e disposto (…) Em primeiro lugar, ele disse que é candidato. Não apenas pela disposição, mas porque o povo quer isso. Também, centenas de juristas estão garantindo que ele pode ser”, disse Falcão, que relatou ter entregue ao ex-presidente um livro do político norte-americano Henry Kissinger. Já Stédile entregou uma biografia de Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal atuante contra a ditadura civil-militar brasileira (1964-1985).

Manifestações pelo país

Lula tomou conhecimento de uma agenda de mobilizações – entre as ações, um abaixo-assinado para ser concretizado até 15 de agosto, dia da inscrição dos pré-candidatos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), endereçado à presidenta do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. “Para que ela crie vergonha, respeite a Constituição e coloque em votação a ação direta de constitucionalidade que deve julgar o mérito de se uma pessoa deve ficar presa mesmo não tendo sido julgada em todas as instâncias, como é o caso do Lula”, afirmou o líder sem-terra.

“Faremos mobilizações em Brasília e em todo o Brasil perto do dia 25 de julho. Estaremos nos fóruns para protestar contra as manipulações do Judiciário. Então, conclamo a militância, também nos municípios, PT, Via Campesina, MST, movimentos populares, para que coletem assinaturas e compareçam aos fóruns. No dia 28 de julho, está em curso a preparação de um grande festival por Lula livre no Rio de Janeiro”, acrescentou Stédile.

Outro ponto de destaque nas mobilizações é uma greve de fome programada para 31 de julho. “Vamos começar essa greve em Brasília em protesto contra os abusos do Judiciário, em especial da Cármen Lúcia, do Edson Fachin (ministro do STF relator da Lava Jato) e também dos juízes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que até agora não respeitaram o rito do Judiciário.” O tribunal foi responsável pela condenação de Lula na segunda instância.

“No dia 26 de julho, sairá uma caravana de Pernambuco, do povo do semiárido em defesa do Lula. Virão até Curitiba, devem chegar por volta do dia 1º a 7 de agosto. No dia 7 de agosto faremos um grande ato inter-religioso com todas as pessoas que se manifestam por sua fé em Brasília, na frente do STF, com a presença do Adolfo Pérez Esquivel (argentino, ganhador do Prêmio Nobel da Paz). Vamos fazer uma marcha a Brasília do dia 10 ao dia 15 até o TSE. Participaremos de um ato nacional para registrar a candidatura do Lula com milhares de pessoas”, completou Stédile.

registrado em:          

ALEX SOLNIK: BOLSONARO É A INTERVENÇÃO MILITAR

Adriano Machado - Reuters

“Não quero botar um busto do Che Guevara no Palácio do Planalto”.

“Hoje estão tirando nossa alegria de viver, não podemos mais contar piadas de afrodescendentes, de cearenses, de goianos”.

Aplaudidas pela plateia vip de 2000 convidados do evento realizado pela Confederação Nacional da Indústria com presidenciáveis, as três frases, da lavra de Jair Bolsonaro revelam como poderá ser o país se ele for eleito próximo presidente da República, Deus nos livre.

Por mais absurda que pareça, essa ameaça está ficando cada vez mais real.

Ele é um zero à esquerda em questões econômicas, é uma nulidade no que diz respeito à ética, é um defensor da tortura, inimigo das minorias, em vez de pacificar o Brasil, como é necessário, vai acirrar os ânimos ainda mais, a violência vai explodir e a economia afundar, mas o espantoso é que suas teses absurdas, truculentas e medievais conquistam auditórios e o colocam no topo das pesquisas quando Lula é escanteado, como tudo indica que será.

O que Bolsonaro está deixando cada vez mais claro, principalmente ao dizer que formará um ministério de generais é que ele é a intervenção militar, ele é a volta dos militares ao poder, dessa vez através do voto.

E nem sempre quem entra pelo voto sai pelo voto. Já vimos esses filmes.

Por isso é tão urgente, em primeiro lugar, levar essa candidatura a sério e, a seguir, combatê-la com determinação, em todas as instâncias. Bolsonaro é a maior ameaça à democracia desde 1985.

BOB FERNANDES: COMO CHEGAMOS A ISSO?


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.007 hits

Páginas

julho 2018
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos