Archive for the 'Aposentadoria' Category

Câmara aprova aposentadoria especial para pessoas com deficiência

da Agência Brasil

Com a presença de cadeirantes no plenário da Câmara dos Deputados, foi aprovado hoje (17) o projeto de lei que garante aposentadoria especial a pessoas com deficiência. Como foi aprovada também pelo Senado, a proposta segue agora para sanção da presidenta Dilma Rousseff.

Terá direito à aposentadoria especial, pelo Regime Geral da Previdência Social, o segurado que contribuir por 30 anos, se homem, e 25 anos, no caso das mulheres, se a deficiência for considerada leve. Daqueles com deficiência moderada serão exigidos 27 anos de contribuição para os homens e 22 anos para as mulheres.

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que tenham deficiência grave poderão se aposentar após 25 anos de contribuição, no caso dos homens, e 20 anos no caso das mulheres.

Terá direito também à aposentadoria especial a pessoa com deficiência que tenha 60 anos, no caso dos homens, e 55 anos, se for mulher, e tempo de contribuição para a Previdência pelo período mínimo de 15 anos.

A deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), que é tetraplégica, comemorou a aprovação do projeto. “Esse é um momento histórico para o país”, disse emocionada.

Será considerada pessoa com deficiência o segurado do INSS que apresentar restrição física, auditiva, intelectual ou sensorial, mental, visual ou múltipla, de natureza permanente, que restrinja sua capacidade funcional para exercer diariamente a atividade laboral.

MANAUSPREV E OS DESMANDOS DE AMAZONINO COM DINHEIRO PÚBLICO

A situação do MANAUSPREV merece  uma abordagem crítica. O fundo previdenciário, dependendo do que o Banco Central do Brasil fizer com o BVA que está sob intervenção poderá amargar um prejuízo de R$ 450 milhões de reais investidos ali e que rendem abaixo dos rendimentos da poupança.

Não é de hoje que o MANAUSPREV está no centro de notícias ruins. Assim que terminou o mandato do prefeito cassado de Manaus, Amazonino Mendes já pululavam denúncias de que a esposa do Deputado Sidney Leite que havia dirigido o fundo não havia sido diligente nas aplicações dos recursos do Instituto.

Comprova-se agora que o instituto poderá sofrer um prejuízo de R$ 450 milhões caso o BVA não possa mais operar no mercado financeiro.

Não podemos em hipótese nenhuma deixar que uma situação dessa, envolvendo dinheiro público seja tratada assim. Como pode um órgão público, de governo investir dinheiro público num banco que não apresenta solidez? Por que  esse dinheiro não foi aplicado em bancos públicos, federais que dificilmente apresentariam solvência.

É necessário que se faça uma auditoria,  uma investigação de tudo, e responsabilize o prefeito cassado Amazonino Mendes e toda a diretoria do MANAUSPREV pelo prejuízo causado.

Além disso, órgãos municipais como Câmara Municipal e a própria prefeitura de Manaus devem ao instituto. A prefeitura de Manaus neste momento repassará uma quantia de cotas atrasadas e o prefeito Artur Neto depois de audiência com o ministro da Previdência e Assistência Social, Garibaldi Alves conseguiu deste, uma redução do pagamento de taxas e juros pelo atraso com o instituto federal.

Fraudes, corrupção no sistema previdenciário brasileiro tem sido comum e não vemos política e  financeiramente como uma boa atitude essa decisão do ministro de amortizar taxas e juros ao prefeito de Manaus. O que o ministro deve fazer é determinar que a polícia federal e outros órgãos fiscalizadores investiguem o que ocorreu e está ocorrendo neste momento no MANAUSPREV, caso contrário é mais um instituto com dificuldades de saudar seus compromissos com trabalhadores que hoje, aposentados, pensionistas recebem seus proventos desse fundo de previdência.

APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO INSS RECEBERÃO ANTECIPADO, METADE DO 13º NOS MESES DE AGOSTO E SETEMBRO

Por meio de decreto, a presidenta Dilma Vana Rousseff autorizou a antecipação do pagamento da metade do décimo terceiro dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro. O decreto assinado pela presidenta foi publicado ontem, dia 8, no Diário Oficial da União (DOU).

Serão mais de 25,6 milhões de beneficiários que terão seus décimos antecipados, segundo o Ministério da Previdência Social. Uma soma de R$ 11,2 bilhões a mais na economia. Nessa antecipação não é cobrado Imposto de Renda, só na segunda metade que está marcada para novembro.

Vamos lá, companheiros aposentados e pensionistas, que outros funcionários públicos não aposentados já receberam, e muito até já fizeram usos.

JUÍZES APOSENTADOS QUE COMETEREM CRIMES VÃO SER JULGADOS PELA JUSTIÇA COMUM. A DECISÃO FOI DO STF

 A Constituição determina que, em casos de crimes comuns e de responsabilidade, os desembargadores devem ser julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STF). Baseado nessa determinação de foro privilegiado, dois desembargadores, um do Ceará e outro do Distrito Federal, pretendiam que seus crimes fossem julgados pelo STJ. Mas os dois se aposentaram, e não deu outra: o tribunal mandou os dois casos para primeira instância porque eles se aposentaram. A defesa dos dois juízes alegou que a decisão não estava correta, porque eles como juízes tinham a prerrogativa de foro privilegiado, e o cargo de juiz é vitalício, para toda vida.

       Ontem, dia 22 – Dia Mundial da Água -, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por ampla maioria que os magistrados aposentados que cometerem crimes devem ser julgados pela Justiça Comum, perdendo, assim, a prerrogativa de foro de quando estavam na ativa.

         O relator do processo do desembargador do Ceará, que começo a ser analisado no ano de 2007, mas que teve o julgamento adiado várias vezes por falta de quórum e pedido de vistas, ministro, Ricardo Lewandowsky, votou pelo fim da prerrogativa de foro.

      “A prerrogativa é da instituição e não da pessoa do juiz. Vou me aposentra, quero ser um cidadão comum e ter os direitos e deveres do cidadão comum”, sentenciou o ministro Lewandowsky.

     Seguiram a decisão do relator, Lewandowsky, os ministros Ayres Brito, Joaquim Barbosa, Carmen Lúcia, Rosa Weber, Celso Mello e Marco Aurélio Mello.

      Como sempre o insigne ministro, Joaquim Barbosa, mostrou sua indignação com a tentativa da perpetuação dos privilégios classificando de “absurdo” a permanência do privilégio, exemplificando que nem o presidente da República, eleito com 130 milhões de votos, tem prerrogativa vitalícia.

        “Nem a mais legitimada personalidade do país, que é eleita por 130 milhões de votos, continua com prerrogativa quando deixa o cargo”, observou juridicamente o ilustre ministro, Joaquim Barbosa.

      Oposto ao ministro Joaquim Barbosa, o ministro Gilmar Mendes, que defendeu a tese da permanência do foro privilegiado, disse que a prerrogativa de foro não é um privilégio. Ela existe para proteger os juízes investigados de perseguição indevida por colegas da Justiça local.

      “A prerrogativa é a presunção de que órgãos com uma dada estrutura estarão menos suscetíveis às populices e populismos judiciais, e nós sabemos que ocorrem”, entendeu Gilmar.  

FORMALIDADE ELEVA MINISTRO AYRES BRITTO AO CARGO DE PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

 A escolha do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) segue a formalidade em que vice-presidente atual deve ser elevado ao cargo de presidente. Assim foi a elevação do ministro Ayres Britto à presidência do STF. O mesmo ocorrerá com o ministro Joaquim Barbosa que hoje é vice-presidente do ministro Ayres Britto.

        A posse do novo presidente do STF ocorrerá no dia 19 de abril, mas Ayres Britto terá pouco tempo no cargo. Para cumprir a regra da Corte, Ayres Britto, deixará o cargo em novembro quando completará 70 anos. É quando o ministro Joaquim Barbosa passará a ser presidente do STF e o ministro Ricardo Lewandowsky seu vice.

     Pode-se dizer que no Brasil democrático da era Lula, o ministro Ayres Britto é daqueles homens que pensa com justeza coletiva a Justiça, e mantém uma honesta discrição no cargo que ocupa muito diferente de alguns ministros da Corte que fazem fé no frisson e glamour que o cargo não pede. Sua discrição e comprometimento levou-o a posições de vanguarda, nos tribunais quando do exercício jurídico.

      Erguido a ministro do STF pelo presidente Lula, Ayres Britto, antes da Lei da Ficha Limpa já se posicionava contra a elegibilidade de políticos condenados por improbidade administrativa e por corrupção. Foi relatou das ações da liberação da pesquisa no Brasil com células-tronco embrionárias, da demarcação das Terras Indígenas Raposa Serra do Sol, do reconhecimento da união estável entre as pessoas do mesmo sexo, do processo sobre a Lei da Imprensa e da proibição do nepotismo no Poder Judiciário e os outros Poderes.

      Vai ser pouco tempo na Corte para Ayres Britto, mas o que é grandioso é que depois dele vem o ilustríssimo e denodado ministro Joaquim Barbosa. Um democrata engajado.

 

RICARDO TEIXEIRA DEIXA A CBF E PÕE FIM NA HISTÓRIA DO SEM FIM

 

             O hoje ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, cometeu um ato por demais atemporal. O eterno presidente em sua eternidade de 23 anos comandando a maior entidade do futebol brasileiro colocou um fim na história do sem fim que já se encontrava nas nuvens mitológicas da inutilidade.

       Ricardo Teixeira depois de vários ensaios para deixar ou não o saboroso cargo resolveu deixá-lo e de forma ressentida como se tivesse sido um pobre homem perseguido, e incompreendido. E de quebra, deixa também à presidência do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014.

         Em seu lugar na CBF vai assumir o cartola amigo de Maluf, José Maria Marin, que chegou a ser vereador da Câmara Municipal de São Paulo e governador do Estado substituindo Maluf quanto este se candidatou à Câmara Federal. José Marín é do ramo dos malufes e teixeiras da sociedade brasileira.

      Sob suspeita de corrupção e enriquecimento ilícito, o ex-eterno Ricardo Teixeira, pela primeira vez em sua história envolta com o futebol, marcou um belo tento ao renunciar. Um belo tento que ameaça conceder vitória ao futebol brasileiro. Um tento maravilhoso aplaudido por todas as galeras e não galeras.

     A sabedoria popular diz que “não existe mal que nunca acabe”. É verdade, mas enquanto esse mal perdura como eternidade ele impõe grandes ferimentos aos que estão sob sua força. Durante todo o tempo que Ricardo Teixeira ficou eterno na CBF ele impôs ao futebol brasileiro duros sofrimentos. Tudo porque ele jamais imaginou o futebol como uma manifestação coletiva, mesmo quando empresariado. Só imaginou o futebol a partir de si mesmo. Como possibilidade de lucro privado.

      Agora, se põe como vitima incompreendida.

    “Futebol em nosso país é sempre automaticamente associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos, despertou o talento. Quando perdemos, imperou a desorganização.

     Fui criticado nas derrotas e subvalorizado nas vitórias. Isso é muito pouco, pois tive a honra de administrar não somente não somente a confederação de futebol mais vencedora do mundo, mas também o que o ser humano tem de mais humano: seus sonhos, seu orgulho, seu sentimento de pertencer a uma grande torcida, que se confunde com o país”.

       Fim da história do sem fim, apesar de todo apoio das Organizações Globo, tendo à frente a TV Globo, sua maior defensora e marqueteira. Não adiantou Teixeira afirmar que enquanto a Globo não falasse mal dele ele não dançaria. Dançaram os dois.

 

APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO INSS NÃO TERÃO AUMENTO ACIMA DA INFLAÇÃO

Após reunião com sindicalistas e representantes dos aposentados o ministro-chefe da Secretaria da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou que o governo não dará aumento para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social INSS que recebem mais de um salário mínimo acima da inflação.

As entidades querem um aumento de 12% para 9 milhões de aposentados e pensionistas que ganham mais de um salário mínimo. Se houvesse o aumento o impacto seria, de acordo com o governo, de R$ 8 bilhões para Previdência. Sendo assim, sem acordo, a categoria vai receber apenas a reposição da inflação.

O acréscimo que o governo propõe este ano é de 6,3% referente à estimativa da variação do Índice Nacional de Preços ao consumidor (INPC). Todavia, o ministro disse que a decisão do governo em não conceder aumento acima da inflação não é definitivo, ano que vem o tema será novamente discutido.   

“Não é uma conversa encerrada. Para ter reajuste ano que vem não precisa colocar no Orçamento. Podemos conceder reajuste depois, a conversa continua”, disse Carvalho.

PROFESSORES ANALFABETOS POLÍTICOS DA SEMED TIVERAM REAJUSTE JIQUITAIA-MUCUIM APROVADO NA CÂMARA A MANDO DE AMAZONINO

Lendo comentários feitos neste blog, percebemos que ainda há na categoria de trabalhadores da educação  aqueles que desconfiam de tudo que a direita, os patrões oferecem como dádiva, como reconhecimento. Quando numa das formações em pólo da SEMED-MANAUS foram eleitos diretores, pedagogos e professores para reelaborarem a lei 1126/2007 que instituiu o PCCS já havia certa desconfiança. Essa desconfiança aumentou por ocasião da primeira reunião na SEMED-MANAUS, no dia 31 de agosto de 2011 com parte setorial da categoria eleita, declarou um professor.

Na ocasião foi falado pelo assessor Suamy,  pela Gerente de Pessoal e pelo próprio Secretário Mauro Lippi, que ali iniciava um processo de discussão para reformulação do PCCS, pois, que consultados vários planos de salários de outras secretarias pelo Brasil, havia no da SEMED-MANAUS vários equívocos que só prejudicavam os trabalhadores e que com os debates seriam corrigidos.

Tanto o assessor, Suamy como o secretário Mauro Lippi elogiavam o prefeito pela iniciativa e que provavelmente haveria pessoas que sairiam daquele encontro falando mal da iniciativa. Fizeram questão de reafirmar que não visava interesses eleitoreiros e que todos participariam dos debates, dos cálculos e percentuais de ganhos.

Na ocasião, algumas vozes destoaram do proselitismo babal.  Havia professores desconfiando dos métodos de como seriam as reuniões, como  tratariam as propostas do novo PCCS, desconfiaram de como um político da categoria de Amazonino abria discussão para debater reajuste de salário de trabalhadores da educação quando no seu histórico nunca houve tal preocupação;  defendeu-se na ocasião que fosse adotado o piso nacional estabelecido para os professores.

Pela boca grande circulava que o prefeito-cassado daria um presente para a categoria por ocasião do dia dos professores. Realmente um “presente de grego” como fala o manifesto dos professores em movimento tendo à frente o professor Lambert e outros, foi confirmado.

Não houve mais discussões na SEMED-MANAUS. O projeto de PCCS que iniciou como promessa morreu e ressuscitou pelas mãos do deus Amazonino que tudo sabe acerca de custo de vida,  apenas com três alterações: pagamento integral de carga dobrada, aposentadoria e reajuste de 10%, votado dia 12 de dezembro de 2011, às 16 h na Câmara Municipal de Manaus, às pressas, impondo, como fez essa mesma Câmara e o Prefeito Serafim Correa numa  4 h da madrugada de 2007 mais uma derrota à categoria, que infelizmente possui ainda, apesar de professores, muitos analfabetos políticos que aplaudem Amazonino e participam de seus bailes e bailando vão dançando a valsa da vida enganada.

E o jiquitaia-mucuim reajuste de 10% só será pago no mês de janeiro de 2012 porque a folha dos barnabés fecha no próximo dia  15 de dezembro e não dará tempo para  sancionagem do prefeito e pagamento “festivo” ainda este ano.

Outros professores ouvidos pelo blog declararam que o SINTEAM não se manifestou sobre o assunto e  como alternativa há o “professores em movimento” discutindo questões políticas, salariais, pedagógicas de enfrentamento aos patrões e ao Sindicato.

Para esses professores a categoria sofreu um prejuízo enorme porque tal reajuste impõe perdas dissociadas do plano nacional de educação   e que só serão corrigidas com a categoria discutindo, debatendo e organizando-se, caso contrário a política da prefeitura perpetuar-se-á impondo revés que muitos professores não merecem, exceto, a claque e professores  analfabetos políticos que não são poucos.

PORTUGAL REALIZA A “MAIOR GREVE DE SEMPRE”

Os dois principais sindicatos dos trabalhadores de Portugal – CGTP e UGT –, diante da situação econômica sufocante em que se encontram os trabalhadores portugueses e a sociedade de maneira geral que sofrem com a força econômica opressiva de mais um ciclo contraditório apresentado pelo capitalismo internacional que sempre procura suas soluções restringindo os direitos do povo, sacrificando-o com medidas cruéis para auxiliar as grandes empresas e o setor bancário, entraram hoje, dia 24, em greve geral no país.

Os dois sindicatos, que não se reúnem desde o ano de 1988, em uma greve geral, quando realizaram várias manifestações sindicais pelos direitos dos trabalhadores, tendem em seus protestos fazer a paralisação do transporte coletivo, trens, ônibus, aviões e serviços públicos como da saúde, contra as reduções salariais, o aumento dos impostos que o governo pretende realizar para diminuir o déficit público. Por isso o secretário-geral da UGT, João Proença, disse que esta é “a maior greve de sempre”, afirmando que a paralisação e a adesão ultrapassa aquela registrada há 22 anos atrás.

Falando sobre a greve geral, o sociólogo da Universidade de Coimbra, Elisio Estanque, disse que ele afirma o estado de incerteza que vive Portugal. “Talvez a greve não provoque mudanças radicais no rumo das medidas de austeridade, mas ela representa um elemento adicional de incerteza ao instável cenário do país”.

Para o trabalhador aposentado Leandro Martins, a greve é contra a política da direita, que são os trabalhadores que estão pagando pela crise. “São os trabalhadores quem estão pagando pela crise, não os banqueiros, não os acionistas das grandes empresas. Esta é uma greve contra as políticas de direita, para demandar novas políticas que sirvam ao povo português”, analisou Martins.

APOSENTADOS CONTENTES: LULA SANCIONA AUMENTO DE 7,7%

O presidente Lula mais uma vez mostra que seu governo não tem nada parecido como o desgoverno de Fernando Henrique, que tratava os aposentados como vagabundos. Hoje, dia 15, Lula sancionou a lei que concede aumento de 7,7% aos aposentados.

Em reunião na qual participaram o ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, e o deputado Vacarezza, líder do governo na Câmara, e que durou quatro horas, que desembocou no aumento, o governo federal afirma que não vai atingir o orçamento da Nação. Embora o presidente tenha concedido o aumento, o fator previdenciário foi vetado.

Para muitos economistas, o aumento não vai causar colapso nas contas públicas.

SENADO APROVA RAJUSTE DE 7,72% PARA OS APPOSENTADOS

A Medida Provisória(MP) 475 responsável pelo reajuste dos aposentados foi aprovada ontem, dia 19, pelo Senado sem qualquer alteração. Desta forma, os aposentados beneficiários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que ganham mais de um salário mínimo passam a ter um reajuste de 7,72%. Maior que o reajuste apresentado inicialmente pelo governo, que era de 6,14%, mas que depois das negociações na Câmara acatou o reajuste de 7%.

O senador Romero Jucá, relator da matéria e líder do governo, mesmo com as posições contrárias dos ministro da Fazenda e da Previdência, manteve o mesmo texto aprovado na Câmara.

Outro texto que também foi aprovado em sua inteireza pelos senadores foi a emenda que põe fim ao fator previdenciário. Que o governo tinha posição contrária ao seu fim.

Falando sobre as duas decisões do Senado, o senador Paulo Paim (PT/RG) afirmou: “Irresponsabilidade seria deixar o fator que penaliza os mais pobres. Agora, como nós temos independência entre os poderes, cada um age de acordo com sua consciência. E o presidente da República vai agir de acordo com a dele”.

REAJUSTE DE 7,72% PARA OS APOSENTADOS FOI APROVADO

Embora o texto original da Medida Provisória 475 editada pelo governo propusesse um aumento de 6,14% para os aposentados, a Câmara Federal votou ontem, dia 4, o reajuste de 7,72%, indicado por parlamentares e senadores, inclusive com membros dos partidos da base do governo.

Com exceção do Partido dos Trabalhadores (PT), todos os outros partidos votaram favoráveis a esse percentual do reajuste.

O texto será encaminhado para o Senado, e se passar com os 7,72% terá efeito retroativo até 1º de janeiro. Os senadores já adiantaram que vão votar com os deputados.

Será de R$ 1,7 bilhões a força do aumento do percentual nos cofres da Previdência Social.

VOTAÇÃO NA CÂMARA PÕE FIM AO FATOR PREVIDENCIÁRIO

O fator previdenciário, índice que funciona como redutor para os valores das aposentadorias, considerando, entre outros pontos, o aumento da expectativa de vida, incluso na Mediada Provisória 475, e que antes havia sido rejeitado pelo presidente da Câmara, Michel Temer, por considerar matéria estranha ao texto da Medida Provisória, chegou ao fim ontem, dia 4, depois que os deputados, com 323 votos a favor do fim e 80 pela manutenção, e 2 abstenções, votaram contra sua permanência.

A emenda do líder do PPS, deputado Fernando Coruja (SC), só foi votada por força de um recurso contrário à posição de Michel Temer, que foi aprovado pelo plenário. O que levou a emenda a ser aceita entre as propostas que visavam mudar o texto da MP.

VOTAÇÃO DO REAJUSTE DOS APOSENTADOS SAI HOJE

A Câmara do Deputados deve votar hoje, dia 4, o reajuste dos aposentados que ganham acima de um salário mínimo. Segundo tendência, o reajuste pode ficar nos 7%. Para o deputado Cândido Vaccarezza (PT/SP), relator da Medida Provisória 475, do reajuste dos aposentados, a MP não deve caducar, e ela deve ser votada.

Para Vaccarezza, já há um acordo feito com os parlamentares da base do governo para que o aumento seja de 7%, não mais que isso.

Estamos explicando para a base que não há como aumentar esse percentual. Chegamos ao limite”, afirmou o deputado. Ainda, segundo ele, algumas centrais sindicais se convenceram que não há como aumentar mais o percentual.

Os senadores aprovaram um reajuste de 7,7%, enquanto o reajuste dado pelo governo era de 6,14% que agora passou para os 7%. Mas inda há entrave para a votação. Muitos parlamentares do PMDB dizem votar na proposta dos senadores. Todavia, para Vaccarezza, há um número suficiente de parlamentares para votarem no índice de 7%.

GOVERNO ACENA COM 7% DE AUMENTO PARA APOSENTADOS

O presidente Lula se reune hoje, dia 23, com os ministros da área econômica para decidirem sobre o reajuste para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo. A proposta do governo é de 6,14%, mas os aposentados, juntos com alguns parlamentares, inclusive da base do governo, querem que chegue à 7%. Segundo se comenta, há uma tendência para que o governo posa chegar aos 7%. A preocupação do governo é o quanto ao reajuste de 7% possa abalar o orçamento previdenciário.

Ontem, dia 22, pela parte da tarde, Lula, comentando de relance o tema, disse: “No silêncio da minha mesa vou tomar a decisão que deve ser tomada. Até porque não acredito que dentro do Congresso Nacional tenha qualquer deputado ou senador que defenda mais aposentado do que eu.

O que eu quero é o bem do aposentado, olhando o seguinte: eu, ao colocar comida nos pratos das pessoas, tenho de saber a quantidade de comida que tem na panela. É uma questão de custo e benefício. Eu tenho que saber que se o que foi aprovado é possível a Previdência custear”, afirmou Lula.

LULA DIZ QUE AGUARDA DECISÃO DO CONGRESSO PARA DECIDIR REAJUSTES DOS APOSENTADOS

Eu não posso nem dizer que vou manter ou que não vou manter. Porque eu tenho que saber quais foram as condições políticas em que foi feita a votação, quais são as condições da previdência para suportar isso”, afirmou o presidente Lula sobre a votação do ajuste dos aposentados no Congresso.

Pelo acordo com as entidades sindicais, o reajuste seria de 6,14%, mas o líder do governo na Câmara do Deputados, Cândido Vaccarezza (PT/SP), em conversa com parlamentares da base aliada, chegaram a um consenso que o reajuste ficasse em 7%. Todavia, o senador Romero Jucá, da base do governo, reunido com outros senadores, pediu um reajuste de 7,7%, o mesmo que pretende o presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT/SP), o que para o ministro do Planejamento não tem cabimento.

Ontem, dia 14, líderes da base aliada, junto com congressistas oposicionistas, votaram o aumento de 7,7%, para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo. Os líderes da base do governo disseram que pretendem convencer o governo a conceder o reajuste de 7,7%. Argumentam que o impacto nos cofres públicos será de R$ 800 milhões. Se for 7%, será de R$ 1,1 bilhão. No reajuste de 7,7%, será R$ 1,9 bilhão.

Nisso Lula aguardar a decisão do Congresso para saber se vetará ou não o reajuste concedido para os aposentados. “O governo tinha um acordo feito com as centrais sindicais, esse acordo foi para o Congresso Nacional, lá no Congresso houve emendas. Eu vou esperar votar, quando isso chegar na minha mesa, tranquilamente, eu vou tomar a decisão do que fazer”, disse Lula.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.619 hits

Páginas

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos