Archive for the 'Comunidade' Category

MANAUS DESPERTA COM CARREATA-HISTÓRICA PRODUZIDA POR PROFESSORES CONTRA INTRANSIGÊNCIA DO GOVERNADOR AMAZONINO QUE TEIMA EM NÃO ATENDER REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA

   

Produção Afinsophia.

                                                                                                             “O homem é, no sentido mais literal, um dzôon politikhón,

                                                                                                    não só um animal sociável, mas um animal que só em sociedade

                                                                                                    pode isolar-se”.

                                                                                                                                                   Marx

 

                      Qualquer trabalhador, não alienado, sabe que a greve é o fundamento de sua existência como sujeito-produtivo. Um saber-trabalhador que não precisa ter lido Marx. É o que está sendo manifestado pela maioria dos trabalhadores da rede de ensino público do estado do Amazonas. Escreve-se a maioria dos trabalhadores, porque uma diminuta parte, pela força de sua alienação-política, não sabe dessa potência-política do trabalhador que é a grave. Daí se encontrar sob o comando do governador Amazonino. Essa diminuta parte não aprendeu com o humorista-filósofo, Millor Fernades, que “quem se abaixa ao opressor, mostra a bunda ao oprimido”. Síndrome de deficiência-pudenda. 

          Pois bem, conforme o prometido ontem, dia 22, dia em que o STF, através de uma liminar, impediu que Moro e assemelhados, como a Globo-americanófila, se exultassem com a prisão de Lula, os  professores, pedagogos e  funcionários administrativos, produziram pela manhã de hoje a carreata-histórica de sua categoria tendo por leitmotiv às reivindicações profissionais junto ao intransigente governador do Amazonas, Amazonino Mendes. A carreata-histórica da categoria – pela primeira vez os agentes da educação no Amazonas produziram um feito jamais visto na história sofrida do estado – contou com quase três mil carros. Não houve mais veículos,porque, como se sabe, a categoria dos professores, em função de seus salários, não ganha o suficiente para poder comprar um veículo. Aí, um dos fatores do significado histórico da carreata. 

         Logo pela manhã, os profissionais da educação se concentraram em frente da Arena Amazonas – uma obra superfaturada – para determinar quais os percursos iriam seguir, já que o objetivo era chegar ao centro da cidade. Decidido os percursos, após alguns pronunciamentos, eles começaram o duplo movimento: movimento-matemático-geográfico, locomoção dos veículos; e movimento-consubstancial, transformações de suas consciências-ontológicas. 

        Chegaram em frente da Assembleia Legislativa do Estado, corpo que comporta a maioria de deputados reacionários, golpistas como os oito deputados federais do Amazonas que votaram pelo golpe em favor da opressão norte-americana, realizaram algumas falas, já que tais deputados são afásicos, pegaram, a Avenida Djalma Batista, em seguida às Ruas Comendador Clementino, Japurá, Tarumã, Avenida Getúlio Vargas e chegaram ao local do desfecho. Uma festa que afetou de alegria os transeuntes que em sua maioria se encontra cúmplice com os grevistas. 

         Agora, pela parte da tarde, os trabalhadores da educação encontram-se reunidos nas setoriais-comandos de greve distribuídos pelas zonas-geográficas da cidade de Manaus. Cada membro apresentará suas propostas de manutenção da grave, e decidir se a greve será por tempo indeterminado ou não. Quer dizer: indeterminado por Amazonino, já que ele teima em cultivar seu “nino”. Como dizem os profissionais da educação para Amazonino: “Governador, fala a verdade, educação nunca foi prioridade!”

          Marx manda mais lembranças aos pseudos trabalhadores-alienados que se encontram cooptados pelo governo. “Não digais que o movimento social exclui o movimento político. Não existe, jamais, movimento político que, ao mesmo tempo, não seja social”. 

        Avante, Companheiros!  

MESMO EM PESQUISA MANIPULADA ELEITORES MOSTRAM QUE VOTAR EM LULA É QUESTÃO DE FÉ E RAZÃO: 40% DE CATÓLICOS E 32% DE EVANGÉLICOS VOTAM NELE

Produção Afinsophia.

Pesquisa manipulada do Datafolha, entre religiosos, mostra que Lula tem a preferência de 40% dos católicos e 32% dos evangélicos. Por sua vez, o candidato da extrema direita que faz apologia ao uso de armas pela população e se apresenta contra os LGBTs, Bolsonaro, tem 13% de preferência dos católicos e 21% dos evangélicos. Já Marina, a que riu sobre o cadáver de seu aliado Eduardo Campos, tem 12% da preferência de católicos e 17% de evangélicos. 

     Levando em consideração que tanto católicos e evangélicos representam o discurso cristão, e sabendo-se que o discurso cristão prega a solidariedade entre os homens em comunhão de todos, a pesquisa manipulada tem quer ser lida e entendida em dois planos. Um plano que mostra qual o cristianismo que os seus representantes seguem. Outro o que realmente propaga a fé no outro como companheiro de jornada ontológica. 

     Do primeiro plano pode-se extrair que quem representa a solidariedade cristã é Lula. O seu governo popular em que tirou quase 40 milhões pessoas da escala da pobreza e desenvolveu políticas sociais que beneficiaram a maioria da população brasileira, já confirma essa vocação cristã de dimensão superior sobre o entendimento da humanidade. Coisa que nem Bolsonaro e Marina, os dois golpistas, têm. Apesar de Marina se propagar quase como bispa.

     O segundo plano dos que acreditam no outro como companheiros capaz de promover o amor fraterno. O que significa acreditar no outro como seu próximo-necessário. Amar seu próximo como a si mesmo, mas quando o si mesmo encontra-se comprometido com a liberdade criadora de cada um como comunalidade cristã. Lula é esse personagem que o próprio Papa Chico reconheceu. Os dois, Bolsonaro e Marina, não apresentam essa dimensão do amor ao próximo como primeiro modus de ser cristão em compromisso engajado com a liberdade criadora de novas formas de pensar e agir em comunhão-racional. Um prega a violência, a outra prega uma fantasia sobrenatural que dissipa a ordem da racionalidade.

     Os eleitores cristãos que votam em Lula mostram que a religião não se resume a abstrações pessoas que afasta a experiência objetiva dissipando a razão. Para eles não pode existir fé sem razão. O que mostra que a política, em seu sentido superior, não pode existir sem a fé comungada com a razão. Já os eleitores dos dois, infelizmente, não atingiram esse grau de essencialidade religiosa. Para eles a religião é um topos onde eles vão projetar seis sentimentos individuais, onde alguns deles se harmonizam com a violência de Bolsonaro e o deslocamento mágico de Marina. 

    Deste quadro apresentado pelos dois tipos de eleitores, fica constatado que os eleitores de Bolsonaro e Marina, não vivenciaram o mundo como a dimensão-cósmica-harmônica que serve de indicador para construção de uma sociedade em todos tenham os mesmos direitos de viver, viver bem comprometidos com todos. O que é a ética democrática.  

BLOG AFINSOPHIA COMUNICA AOS ACESSANTES: O WORDPRESS USA ESPAÇO DO BLOG PARA FAZER PUBLICIDADE SEM AUTORIZAÇÃO

Colcha de Retalhos

Colcha de Retalhos. Logo da Associação Filosofia Itinerante (AFIN)

 Breve histórico-virtual. O Blog Afinsophia, corpo-virtual da Associação Filosofia Itinerante (AFIN), iniciou contrato com o WordPress no mês de agosto do ano de 2007. Portanto, há exatamente 10 anos. Tratou-se de um contrato discriminado como plano de domínio. O que significava que o WordPress não poderia exibir publicidade no espaço-virtual do blog em virtude do mesmo não ter qualquer interesse em participar do mundo enebriante da publicidade-capitalista, visto que como um englobante-filosófico acredita no escritor George Orwell quando ele diz que a publicidade é o fruto mais sujo do capitalismo.

   Pois bem, passada toda essa década o contrato foi cumprido. Porém, a partir de umas semanas para cá começou aparecer no Afinsophia propagandas sem qualquer autorização da direção do blog. Como o blog é acessado e seguido por pessoas que acreditam nos discursos expressados e defendidos por ele, como verdades necessárias para criação de novas formas de sentir, ver, ouvir e pensar,como afirmam os filósofos Deleuze e Guattari,  tínhamos a obrigação de procurar saber o motivo de tal procedimento do WordPress, porque para nós trata-se de uma violência contra o corpo-virtual-filosófico do blog que atua junto com a inteligência coletiva na produção  ontológica do existir.

    Diante de nossa inquirição o WordPress informou que as propaganda estavam sendo exibidas porque nosso plano permitia e que se quiséssemos  impedi-las teríamos que contratar outro plano. E mais, que os anúncios eram para pagar os custos. Orá, nós pagamos todo ano a taxa referente ao direito de domínio, como já foi escrito, que significa que o WordPress não oferece gratuitamente o espaço-virtual usado pelo Afinsophia. E mais do mais, o WordPress usa o espaço dos blogs que não têm plano de domínio para exibir publicidade. Para isso basta que o blog tenha um bom acesso. Um exemplo: quando no passado deixamos de pagar a taxa, logo começaram a desfilar propagandas. Quando pagamos a anualidade elas foram retiradas. 

    Como esse comunicado visa especialmente nossos acessantes e seguidores, queremos informar que estamos tomando as devidas providências, com possibilidade de acabar o contrato com o WordPresss.

                                                Abraços afinsophianados.    

CANDIDATOS-GOLPISTAS AO GOVERNO DO AMAZONAS ESTÃO FAZENDO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS OBJETO DE EXPLORAÇÃO PARA SEDUZIR ELEITORES INCAUTOS

Resultado de imagem para imagens do senador eduardo braga com amazonino

Produção Afinsophia.

 Muito simples. 

 O reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Cleinaldo de Almeida Costa, cujo cargo que ocupa lhe chegou por indicação e não por eleição direta realizada pela comunidade universitária, afirmou que a instituição encontra-se em colapso, e pode até fechar. Cleinaldo foi indicado pelo governador-cassado José Melo. Por sua vez, Melo chegou ao governo porque faz parte do grupo apolítico que há mais de 30 anos plantou o atraso no estado e que vem com representante ainda do período anterior da implantação da ditadura civil-militar que perdurou de 1964 a 1985, como foi o caso do ex-governador Gilberto Mestrinho que foi eleito o primeiro governador do Amazonas pós-ditadura.

  Gilberto Mestrinho fez o seu substituto Amazonino Mendes que fez seu substituto Eduardo Braga que fez seu substituto Omar Aziz que fez seu substituto Zé Melo. Lembra Drummond, mas não tem nada a ver com o excelso poeta de Itabira, Carlos Drummond de Andrade, a não ser a pedra no meio do caminho do estado do Amazonas.

    Como se observa, como diz o jornalista-filósofo Mino Carta, é tudo a mesma sopa. Agora, com Zé Melo cassado o grupo lançou seus candidatos, sendo que todos expressam a mesma subjetividade reacionária produzida pela imagem-dogmática do estado capitalista-paranoica, como dizem os filósofos Deleuze e Guattari. E mais, todos fizeram parte do golpe que assaltou o governo da presidenta Dilma Vana Rousseff eleita com mais de 54 milhões de votos democráticos. Quer dizer: todos fazem parte do golpe que colocou Temer no poder para entregar as riquezas do Brasil ao capital internacional, principalmente, ao norte-americano e destruir os direitos trabalhista como, também, as estruturas históricas da Previdência Social. Logo, todos são antidemocratas.

   Com a declaração de Cleinaldo, os golpistas aproveitaram para usar uma das regras ofensivas do capitalismo: a exploração. Amazonino Mendes, que se consider o pai da UEA, tomou para si o direito de defender a instituição diante do perigo. Disse que ao ser eleito vai tomar todas as providências para defender a instituição e elevar seu padrão que vem pedindo algumas mudanças necessárias. Por sua vez, Eduardo Braga também se tomou com o direito de defender a instituição. Afirmou que, como foi o sucessor de Amazonino, foi ele quem solidificou a instituição, aumentando o número de alunos de mil para vinte mil. Como se observa os dois avidamente querem aproveitar a declaração de Cleinaldo para faturar votos com os eleitores-incautos. Que democraticamente são os ignorantes-políticos (Brecht chama de Analfabetos Políticos). Há quem desconfie que tudo não passe de lance cabo-eleitoral. 

   Como se entente, os dois candidatos ao governo do estado estão se comportando da forma mais edipiana possível, diria Freud. Todos querem ser o pai da instituição e que ela só existe pela vontade deles. Esse tipo de posicionamento tem a clara intenção de levar os estudantes e os funcionário da instituição a acreditar que eles serão os governantes que defenderão seus direitos. Eles esquecem que a instituição é pública e não pertence nem a Amazonino e a Eduardo Braga. Pertence ao povo amazonense com corpos administrativos estabelecidos pelo estado, e que, por sua vez, é produção desse povo, como diz o filósofo Hegel.

    Nenhum sujeito individualmente pode criar uma instituição. Como diz o filósofo Deleuze, em um belo texto, as instituições foram se compondo historicamente através dos encadeamentos que os corpos dos instintos humanos foram produzindo. Só depois que as instituições foram capturadas pelos agenciamentos coletivos de enunciação da imagem-dogmática do estado capitalista-paranoico que elas se transformaram em aparelhos ideológicos, aí já estamos tratando de Marx e Engels. 

   Embora a UEA não tenha sido produzida pelos agenciamentos coletivos-livres das potências comunalidade como foi a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), todavia, ela é uma instituição-publica que não reflete o narcisismo de Amazonino que tanto quer que ela fique ligada a ela. Assim, como também Eduardo Braga. Psicanaliticamente sintoma de apropriação-desapropriação. Na linguagem povo: meu pirão-querido. 

     A UEA é um território onde seus agentes produzem, através de suas sensibilidades, cognições e éticas, saberes e dizeres que compõem com os saberes e dizeres da camunalidade novas formas de existências. Corpos que nem Amazonino e nem Eduardo Braga jamais produziram no Amazonas. Os trinta anos de atraso no Amazonas confirmam a a inexistência desses corpos. 

     No mais (ou no menos), aquele que for eleito tem obrigação administrativa de dispor de recursos para o funcionamento da UEA. E mais ainda, se o eleito for um candidato com programa popular em que o povo seja o sujeito-ativo de sua existência política-econômica-social-estética. 

    

  

A HORA É ESSA! PARTE DO BRASIL-DEMOCRÁTICO SE MOVIMENTANDO EM CURITIBA COMO APOIO AO HOMEM-POLÍTICO LULA!

Conforme o tempo vai passando mais o devir-democracia se movimenta, em Curitiba, como realidade justa em defesa do homem-político Lula. São milhares de pessoas formando o que a filósofa Bárbara Cassin afirma como democracia: a multiplicidade dos iguais. O pletos: ser igual sem perder sua singularidade, o que faz cada um ser em si mesmo, mas como político, o outro como si. Nada do que os nazifascistas entendem nem intelectualmente e nem afetivamente, posto que são aberrações que não chegaram a dimensão do humano. Daí porque cultuam tânatos: a morte. Têm pavor da vida. Degenerados geneticamente querem que os vivos paguem por seus corpos anemizados.

São milhares chegando a cidade de Curitiba para participar da manifestação que mostra o quanto o homem-político Lula é respeitado, amado e exaltado. O mote cruel da inveja dos nazifascistas que sequer desconfiam que o invejoso quer ser o objeto de sua inveja, como diz o antipsiquiatra David Cooper. Assim, como o ato de odiar é querer ter o outro. Psicótico delírio: como um nazifascista poderia ser o homem-político Lula? Como um nazifascista poderia ter Lula? Diria o filósofo Spinoza: não há noções comuns entre os dois. Os nazifascistas são aberrações da vida, Lula, como o devir-povo brasileiro, é vida original.

Porém, tratando-se de nazifascistas, a sociedade brasileira não os entende como apenas os que expressam suas degenerações através de atos de violência material ou tentativas de ofensas delirantes na internet em formas de comentários em site e blogs, mas também também os que são claramente antidemocratas. Os que se simulam um estado civilizatórios, mas são claros predadores da vida harmônica em sociedade como são os casos das mídias-capitalistas, alguns representantes de instituições que exacerbam a patologia das mesmas como aparelhos ideológicos do Estado-burguês.

São aqueles que o filósofo Deleuze em seu artigo Dois Regimes de Loucos chama, pegando a enunciação do psiquiatra Clérambault, de dois grupos de delírio o paranoico e o passional. São eles os passionais que se comportam como se fossem normais, como todo burguês, mas são impulsionados para atos contrários a existência democrática, e, todavia, não tomam seus atos como psicóticos, atos de quem não sabe existir em hegemonia democrática, mas como normalíssimo, postos que lhes trazem segurança e prazer. Exemplo (nem precisava)? Os golpistas.

Daí, por que o movimento real encontra-se se atualizando (atualizando no sentido de formação do virtual, como potência do real, em atual) em forma, substância, conteúdo e expressão democrática na racional e ética Curitiba. Tudo que os degenerados nazifascistas não percebem e não concebem. Para eles não existe cidade, já que cidade é produção das relações sociais nascidas da alteridade, tolerância e cooperação entre todos os habitantes.

A hora é essa! A hora do homem-político-Lula!

CORRA, CORRA QUE NÃO HÁ MAIS VAGA NEM EM LOMBO DE JEGUE, MULA, E BODE PARA PARTICIPAR DA FESTA DA TRANSPOSIÇÃO DO SÃO CHICO COM LULA E DILMA

A imagem pode conter: texto

 Verdadeira loucura, meu! Os caras calcularam umas cinco mil pessoas na festa da tranposição do São Francisco com a participação de Lula e Dilma e os cálculos defasaram. Não há mais lugar em hotéis, pousadas, pensões, ônibus, vans, lombo de mula, jegue, bode e outros animais-transportes antropomorfizados.

   O acontecimento será domingo, dia 19, e há uma multidão querendo participar da festa não só pela inauguração da obra histórica que é a transposição do Rio São Francisco, mas, também, pela festança de poder testemunhar a presença de Lula e Dilma como os responsáveis pela magnânima realização hídrica-arquitetônica-humana. Um testemunhar que dissipa qualquer tentativa de posse de golpista que se quer passar como o autor da magnânima-realização. Como vem ocorrendo com o golpista-mor Temer, e seus asseclas. Se golpe é o corpo fálico da política, não tem potência de agir, como pode realizar uma obra que implica relações sociais entre habitantes de regiões como modus de melhoria de suas existências? Golpista como golpista-corpo-fálico não se relaciona nem com matéria e nem afetos variadores-criativos.

   A transposição do Rio São Francisco é autoria de Lula com a participação de Dilma e mais a mão de obra eminentemente nordestina. A portentosa realização nordestina acirra o ódio das aberrações nazistas que imaginem um mundo só deles. Imaginam? Imaginam nada. Nazifascista cultua a morte, tem medo da vida e para construir um mundo e essencial amar a vida.

    Vamos lá, moçada! O que é nosso é nosso e nenhum golpista tasca! Vamos lá que São Francisco é nosso!

MAIS DE 30 MIL MANIFESTANTES EM MANAUS SE POSTARAM CONTRA A DESFORMA DA PREVIDÊNCIA E CONTRA OS DIREITOS DOS TRABALHADORES

Depois de alguns meses sem manifestações contundentes como forma de movimento político libertário, em Manaus, ontem, dia 15, data da paralisação nacional dos trabalhadores contra as violências praticadas pelos golpistas comandados pelo golpista-mor, Temer, parte dos trabalhadores tomaram conta das ruas de Manaus exercendo seu dever de produzir a democracia.

Foram mais de 30 mil manifestantes mostrando que o desgoverno Temer não se mantém diante da potência-povo. A potência-povo sabe que nenhum corpo triste, como o dos tiranos, porque tem baixo grau de inteligência, sensibilidade e ética, pode se manter por muito tempo em um topos por ele assaltado. Não há como os tiranos se manterem ilesos diante da potência-povo.

Os manifestantes, sempre alegres, já que a festa só é festa democrática com alegria, sentiram a falta da participação de outros trabalhadores que em razão de suas realidade existenciais não se fizeram comparecer. Alguns deles, já conhecidos como pelegos, se mantiveram em suas condições deprimentes de falsos trabalhadores. Principalmente a categoria que deveria se mostrar engajada por ser a responsável pelos movimentos dos saberes e dizeres: os professores. É possível que essa categoria seja a mais alienadas do estado do Amazonas, principalmente da capital. É uma categoria que vota unida com o que há de mais reacionário no estado, que ajuda a manter esse tipo antidemocrata que vem atrasando o estado ha mais de 30 anos.

Porém, deixando de lado essa especie grotesca, o pelego, o que se pode festejar mesmo foi a nova produção de desejo de transmutação que os trabalhadores que compareceram na manifestação atualizaram como potência-povo.

Aqui publicamos algumas imagens produzida pelo fotógrafo-educador, bonequeiro e ator, Alcir Madureira da Associação Filosofia Itinerante (Afin).  

LULA FALA SOBRE O DIA INTERNACIONAL DA MULHER QUE PARA ELE, COMO SER SINGULAR, É TODO DIA

Resultado de imagem para imagens de lula junto com mulheres dos movimentos sociais

Resultado de imagem para imagens de lula com sua esposa marisa

 Lula publicou um vídeo em homenagem e exaltação as mulheres que, apesar dos misóginos, são transportadas pelos fluxos mutantes e os quantas desterritorializantes agenciadores das contínuas formas ontológicas de existências revolucionárias que fazem com que a humanidade seja autora e responsável por si mesma.

  Lula, em sua homenagem, dedicou uma parte para seus amor necessário Marisa Letícia. Para quem encontra-se engajado na existência comprometida,sabe que a relação de Lula com Marisa Letícia reflete o sentido se companheirismo, respeitabilidade e solidariedade que deve haver entre o homem e a mulher para que se processe a produção da história como concretude humana satisfatória.

    “Hoje, no Brasil e no mundo, as mulheres estão mobilizadas para lutar contra a violência masculina, a precarização do trabalho e a desigualdade salarial. Para as companheiras, todo meu apoio e admiração.

     Somos educados em uma sociedade machista, que desrespeita e subestima as mulheres. Não é justo que uma mulher ganhe menos que um homem exercendo a mesma função. Mais injusto ainda é que o governo queira acabar com direitos conquistados com muito esforço, como é o caso da aposentadoria.

     Aprendi muito com minha querida companheira Marisa e com as companheiras com quem compartilhei momentos memoráveis nas lutas populares, no partido, no parlamento, no governo, e no trabalho cotidiano. Todas elas tiveram que transpor barreiras enormes para chegar onde chegaram”, afirmou Lula.

        Aqui o vídeo.

      Lula também recebeu homenagem de mulheres sindicalistas como solidariedade e que apoiam sua candidatura para presidente da República e 2018.

        “No seu governo, você teve a sensibilidade de ouvir duas demandas importantes: criar a Secretaria de Política das Mulheres e a Lei Maria da Penha, que foi fundamental para a vida das mulheres”, afirmou a ex-ministra Eleonora Menicucci.

   “Além da Lei Maria da Penha, deu o cartão do Bolsa Família na mão das mulheres”  disse Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.  

DILMA, DE MULHER PARA MULHER: “AS MULHERES SABEM, A DEMOCRACIA É O LADO CERTO DA HISTÓRIA. APESAR DE TODOS ESSES ATAQUES, TENHO CERTEZA, RESISTIREMOS COM TODAS NOSSAS ENERGIAS PARA DEFENDER A DEMOCRACIA”,

Veja, ouça e analise o vídeo em que Dilma fala como mulher agenciamento coletivo de enunciação, devir-minoria, que desterritorializa a opressão para territorializar a liberdade humana como movimento ultrapassador da molaridade burguesa.

 

VOCÊ QUE É UM SER DEMOCRATICAMENTE LIVRE ASSINE ESSE MANIFESTO PRÓ LULA 2018, PORQUE LULA NÃO É SÓ “LA” É AQUI E EM QUALQUER CÁ

lula-nos-bracos-do-povo-brasileiro

               MANIFESTO PRÓ LULA PRESIDENTE 2018

Para: Luiz Inácio LULA da Silva

CARTA DAS BRASILEIRAS E DOS BRASILEIROS
Por que Lula?
É o compromisso com o Estado Democrático de Direito, com a defesa da soberania brasileira e de todos os direitos já conquistados pelo povo desse País, que nos faz, através desse documento, solicitar ao ex-Presidente Luiz Inácio LULA da Silva que considere a possibilidade de, desde já, lançar a sua candidatura à Presidência da República no próximo ano, como forma de garantir ao povo brasileiro a dignidade, o orgulho e a autonomia que perderam.
Foi um trabalhador, filho da pobreza nordestina, que assumiu, alguns anos atrás, a Presidência da República e deu significado substantivo e autêntico à democracia brasileira. Descobrimos, então, que não há democracia na fome, na ausência de participação política efetiva, sem educação e saúde de qualidade, sem habitação digna, enfim, sem inclusão social. Aprendemos que não é democrática a sociedade que separa seus cidadãos em diferentes categorias. Por que Lula? Porque ainda é preciso incluir muita gente e reincluir aqueles que foram banidos outra vez; porque é fundamental para o futuro do Brasil assegurar a soberania sobre o pré-sal, suas terras, sua água, suas riquezas; porque o País deve voltar a ter um papel ativo no cenário internacional; porque é importante distribuir com todos os brasileiros aquilo que os brasileiros produzem. O Brasil precisa de Lula!

A AVENIDA PAULISTA É DO POVO EXPRESSADO PELO MTST

Ocupe a Avenida Paulista reverbera democracia como direito de todos, inclusive ter moradia digna de ser humano.

LULA CONVOCA PETISTAS PARA VOTAREM NO DIA 9 DE ABRIL, NO SEXTO CONGRESSO, PORQUE NO BRASIL “NÃO EXISTE PARTIDO MELHOR QUE O PT E O BRASIL PRECISA DELE”

 Resultado de imagem para imagens de lula

       A maior demonstração de indigência política tem sido posta pelos que acreditaram e acreditam que o Partido dos Trabalhadores acabou. Muitos invejosos, como Fernando Henrique, expressaram essa indigência. Claro, que essa indigência era para corroborar com a indigência política das mídias reacionárias, muitas delas nazifascistas, que compulsivamente manipulam factoides tentando enxovalhar o Partido dos Trabalhadores, mas sem conseguir.

         Essas indigências políticas não sabem que um partido não se resume em suas representações legislativas e executivas. Partido como PT tem em seu quadro pessoas com notória posição sensorial, epistemológica e ética. O PT foi o primeiro e único partido político concebido por um devir-político heterogêneo. Heterogêneo não no sentido quantitativo, mas como potência-polivocidade. Cartografia de desejos revolucionários, como diz o filósofo-psiquiatra Félix Guattari. Composição de potências singulares expressadas como estética-ontológica de vários enunciados.  

         O ódio e a inveja, taras degeneradas da burguesia que alimentam a paranoia da vingança contra o PT, vem do fato incontestável que o PT nasceu além da psicopatologia-social que serve de sedimento para a fixação dos partidos burgueses. Esse ódio e inveja é para os reacionários suas grandes taras que lhe impulsionam a querer vingança contra o PT – lembrete: o PT não cometeu crime nenhum contra esse biltres, a não ser um partido político sui generis -, porque embora limitadíssimos, eles sabem que todos as pessoas são inteligentes, a inteligência é uma questão de graus. O PT é constituído de inteligência de grau superior. Os reacionários também sabem que toda pessoa é dotada de um aparelho sensorial, mas eles também sabem que algumas, em virtude de suas frustrações, como o caso deles, tem os sentidos menos sensíveis, o que lhes impede de terem experiências sensoriais elevadas. O filósofo Deleuze diz que falta nelas a educação de seus sentidos. Elevação transcendente dos sentidos. Imaginemos um golpista com os sentidos em grau de elevação transcendente. Impossível. Não seria golpista. E eles também sabem que qualquer pessoa pode se expressar eticamente como ser-político em suas relações sociais, mas eles sabem também que ética é também questão de grau. Quem teve vivências embrutecidas pela repressão na infância, desenvolveu um baixo grau de comprometimento social. O que significa: baixíssimo grau ético.

       É em função desses saberes, que eles odeiam neles mesmos, que os reacionários deliram com o PT fora dos territórios moventes da política brasileira, mas ele se mantém. E o pior, ele se mantém não só por si mesmo, mas pelos encadeamentos de potências do movimento real que manifesto como Devir-Povo.

        Para entender esses graus de elevação sensorial, epistemológica e ética é só escutar e analisar o que mostra nessa convocação do partido para o Sexto Congresso do partido a ser realizado no dia 9 de abril.

        Vamos nessa, moçada!

 

NOS 37 ANOS DO PARTIDO DOS TRABALHADORES BERTOLT BRECHT, AOS 119 ANOS, MANDA MENSAGEM A LULA

Resultado de imagem para imagens de brecht

“MAGNÍFICO É O QUE NO FOGO NÃO SE TORNA CINZAS”

                                                                     Bertolt Brecht. 

A DEMOCRACIA IMPEDE A ANTIDEMOCRATA DEGENERADA REDE GLOBO DE PROFANAR O VELÓRIO DE MARISA LETÍCIA

marisa leticia lula

 Em uma composição revolucionária de enunciações dos filósofos Marx com Nietzsche pode-se afirmar que os degenerados (Nietzsche) não sabem que são degenerados, mas espalham suas patologias (Marx). Essa a grande tarefa da democracia: mostrar onde se encontram os degenerados, os que sofreram desvios-genéticos em sua formação e não evoluíram até a condição de humano, para impedir suas proliferações e suas predominâncias como se eles fossem normais. Essa percepção e concepção sobre os degenerados é fazer filosoficamente política, porque psicopatologia é um caso de política. Só há democracia quando os degenerados perderem suas forças opressivas e sua voz de comando.

   Em um território democrático como o do velório de Marisa Letícia, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, não há elementos afetivos para considerar a presença de degenerados. A Rede Globo, que em sua patologia tem sua grande parcela de responsabilidade no golpe e na morte de Marisa Letícia, como degenerada que não sabe que é, mas espalha sua tara destruidora, tentou cobrir o velório, mas foi impedida pelos democratas saudáveis e éticos. Com eles não teve a chantagem mística da “morte nos faz irmão”. A Rede Globo, para eles, não é traspassada por corpos produtores e amizade e irmandade. A Rede Globo é filha do capital predador cuja filiação é a perversão da vida.

     Veja e o vídeo divulgado pelo site Jornalistas Livres, onde os democratas escorraçam os membros da Rede Globo exclamando a palavra de ordem atual contra todos que estão implicados na morte de Marisa Letícia: “Fora assassinos!”. 

O COMPANHEIRISMO DE MANO BROWN A LULA: “FICA FORTE COMPANHEIRO PRECISAMOS DE VOCÊ. MEU PRESIDENTE”

Mano_Brown_Convida_(7502265162)

A questão é a escolhe original, afirma o filósofo Sartre, diferente de Freud que acredite que os traumas que determinam o homem na criança. É isto mesmo. Sartre tem razão: a questão é a escolha original. É a escolhe original que processará a escolha do homem e da mulher como dignos ou indignos.

 A escolha original do burguês é refletida pela sua forma indigna de tratar o mundo. Mano Brown foi uma criança pobre economicamente, mas sua escolhe original mostra o quanto era rico para poder, hoje como homem adulto, vivenciar o que é ser companheiro. Foi sua escolha original que o fez capaz de entender a dor de Lula. Sua humanidade, que vai além do conceito de o mundo é propriedade do senhores e a nação da classe burguesa dominante, lhe revelou o companheirismo.

    Reprodução/Instagram

POVO ESCORRAÇA OS GOLPISTAS, “CARAS LAMBIDAS”, QUE DESPUDORADAMENTE TENTARAM CONTURBAR A PAZ DEMOCRÁTICA DE MARISA LETÍCIA

 

Resultado de imagem para imagens dos membros do governo chegando no hospital sirio libanês para velório de marisa leticia  

         “Depois de todo o desrespeito que teve comigo, ele teve a cara lambida de querer me cumprimentar”. Era assim que se expressavam as pessoas depois de serem desabonadas pelos crápulas e que depois se apresentavam como se nada de imoral tivesse praticado.

         Não há qualquer forma de ressentimento em não querer aceitar dos golpistas qualquer votos de pêsames e condolências. Nenhuma forma de honradez existe neles que se possa acreditar em suas caras lambidas. Como já se escreveu apoiado nos princípios sensoriais, epistemológicos e éticos, os golpistas são aberrações que não podem vivenciar a solidariedade e a alteridade democrática, já que são predadores da democracia.

       Os golpistas, Temer, Edison Lobão, Renan Calheiros, José Serra, Eunício Oliveira, Eduardo Braga, Henrique Meirelles, Helder Barbalho, Moreira Franco, Cássio Cunha Lima e José Sarney, todos com as caras mais lambidas, foram até o Hospital Sírio Libanês para conturbar a paz democrática de Marisa Letícia, amor necessário de Lula e companheira da democracia do Brasil.

       Como golpista não é solidário, a morte do outro para ele é uma oportunidade de simular solidariedade. Só que ele é em sua profunda estupidez, não sabe que a morte é inapreensível. Não há como experimentá-la no outro. Não há nada de material na morte para servir e elemento de exploração. O golpista tenta explorar a morte do outro, porque em sua profunda estupidez não sabe que o filósofo Epicuro, disse que quando estamos vivos a morte não existe e quando ela existe somos nós que não existimos.

     Por isso, quem necessita de solidariedade é a vida, nada do que os golpistas possam saber, e demonstração encontra-se na predação que estão causando ao país. Desemprego em índice miserável, queda no crescimento econômico jamais vista, destruição dos direitos trabalhistas e da Previdência Social, entre outras violências administrativas.

    Desta forma, entende-se, em verdade, o motivo das presenças dos caras lambidas tinha dois objetivos: mostrar aos incautos cristãos – cristão verdadeiro atingiu a dimensão da crítica, daí não ser incauto – que a morte de “nossos irmãos” deve ser respeitada, mesmo quando discordamos dos posicionamentos deles. Na verdade, uso do ato fúnebre como ganho diante dos incautos cristão eleitores.

      O outro objetivo era posar para as câmeras das mídias de aluguel capitalista, também golpista, e tentar auferir comentários de alienados de que são cidadãos respeitadores e sem ódio no coração, mesmo tratando-se da esposa do maior inimigo deles. Inimigo que eles em suas aberrantes posições golpistas acreditam ser Lula.

     Porém, como a democracia é a substância materializada da sensibilidade, cognição e ética do povo, como diz o filósofo Spinoza, os caras lambidas provaram de seus próprios princípios anti-axiológicos. O povo, que fazia vigília a Marisa Letícia, não aceitou o acinte violento promovido pelos caras lambidas que pretendia conturbar o momento sagrado com suas presenças-indesejáveis.

      “Golpistas! Assassinos! Ladrão!”.

    O povo, como univocidade democrática, repudiou a ousadia dos caras lambidas que pretendiam lucrar indignamente usando Marisa Letícia amor necessário de Lula e companheira da democracia do Brasil.  

       Veja e ouça o vídeo onde o povo escorraça os caras lambidas.

       Veja e ouça também os companheiros democratas chegando ao hospital. 

DONA MARISA LETÍCIA AMOR NECESSÁRIO DE LULA E COMPANHEIRA DA DEMOCRACIA

img028

Sartre, em uma das muitas entrevistas que concedeu, um jornalista perguntou ao filósofo da liberdade, o mais militante e comprometido com as causas das lutas pela vida digna, junto a Marx, a razão do amor tão intenso com Simone de Beauvoir. Sartre sorriu e respondeu: “Há amores necessários e amores contingentes”. Os amores necessários são os que dignificam a existência. E a existência só é dignificada quando homens e mulheres descobrem que não são meras facticidades, opacidades, mas projetos ontológicos que os tornam autores comprometidos com suas escolhas como causas humanas.

      O amor necessário não é uma quimera, onde não há existência e nem essência, como afirma o filósofo Spinoza. Onde não há existência e nem essência não pode haver compreensibilidade. Não se pode perceber e nem se pode conceber. O amor necessário é uma produção contínua como espiritualidade comunalidade. Ele não se encontra nem em mim e nem no outro formado como um Em-si. Ele é móbil e vontade impulsionados como transcendência-transcendida no mundo como criação. O amor necessário é fundação singular da práxis e poieses como companheiro. A companhia que todos os amigos necessitam nos seus percursos históricos.

     Dizem que por trás de um grande homem há uma grande mulher. Afirmação reducionista discricionariamente tola. Nem por trás de um grande há uma grande mulher e nem atrás de uma grande mulher há um grande homem. No sentido da liberdade ontológica, tanto a mulher como o homem são grandes. São grandes porque atingiram a dimensão superior do espírito da amizade, o que os torna a potência contínua da singularidade e originalidade da existência. O compromisso simpático e empático como intimidade humana. O pessoal como humanidade.

    O filósofo Spinoza afirma que o amor é uma ideia boa que aumenta a potência de agir. Um afeto-alegria causa de si mesmo. Daí sai o sentido de democracia-constituinte. O filósofo Holandês é um dos que mostra o amor como produção de si mesmo, e não consequência compensatória, como ocorre o chamado amor burguês cuja relação é uma forma de compensação financeira ou psicológica. Daí porque na classe burguesa não há amor necessário, só contingente. Embora essa classe teime em afirmar que seu cônjuge é necessário. Na verdade, não passam de casais que “transbordaram”, como afirma o filósofo Deleuze. Os casais que se suportam. É por causa dessa relação inautêntica que eles odeiam os casais necessários.

      O filósofo italiano ToniNegri, diz que “o amor não pode ser algo que se fecha no casal ou na família. Deve construir comunidades mais vastas. Deve criar caso acaso comunidades de saberes e desejos. Deve torna-se construtor do outra. Creio que o amor é a chave essencial para transformar o próprio no comum”. Esse o amor de Marisa Letícia e Lula. O casal burguês jamais poderá dimensionar esse amor companheiro Marisa Letícia e Lula. Na verdade, um casal burguês nem casal é. Daí a inveja, ódio e sede de vingança contra Marisa Letícia e Lula.       img030

    Spinoza chama de occurso, o encontro. Não o encontro qualquer numérico, espacial, temporal cujo conteúdo é o já determinado, o estado de coisa imóvel, mas a composição de bons afetos que aumentam as potências de agir dos que compuseram o encontro. Foi assim com Lula e Marisa, Sartre e Simone Beauvoir e Marx e Jenny. Todos, singularidades-originalidades humaniora. Humanidade. Todos compostos como necessidade humana. Certo, outros inúmeros casais compuseram e compõem os amores necessários. Se assim, não fosse nós não poderíamos nos tomar humanizados e as aberrações já teriam explodido o planeta errante, como nos diz o filósofo grego Costas Axelos.

    É nesse quadro-móvel-mutante que encontramos Marisa Letícia: nossa companheira. Nossa companheira cujo espírito não é uma entidade mistificada que só imobiliza tornando seus crentes, vítimas importantes para os opressores continuarem com suas taras alimentadas pela dor. Não. Nossa companheira cujo espírito produtivo e criativo modula nossos cantos libertários e age como tecelã da cartografia de desejos-comunitários necessários para criação de uma ontologia-democrática da EXISTÊNCIA ORIGINAL, porque afinal de contas, o homem (macho) e a mulher (fêmea) estão no mundo como liberdade de escolha para uma existência feliz.

      Uma liberdade que possa exclamar com o filósofo Nietzsche que “a vida ativa o pensamento e o pensamento afirma a vida”. Nada do que os burgueses-golpistas podem vivenciar. Por isso, soam como impropérios os votos de condolências e pêsames dos burgueses-golpistas. Eles não sabem quem é essa mulher Marisa Letícia. Essa mulher amor necessário de Lula e companheira do Brasil.

      Quando dos funerais de sua grande mulher Jenny, o grande homem Marx, escreveu par sua filha Jenny que não queria pompas. “Não damos importância às aparências”. E continuou: “Mesmo nas horas finais – sem luta com a morte, afundando devagar no sono – seus olhos eram maiores, mais bonitos e brilhantes que nunca”.

     Os amores necessários das grandes mulheres e dos grandes homens são universalmente intempestivos. Encadeiam-se como projetos transhistóricos saltando pelas eras como espírito-monumental de épocas gloriosas. São obras superiores que confirmam a potência-infinita do homem. Marisa Letícia, Simone Beauvoir, Jenny, Lula, Sartre, Marx, mais outros devires-casais necessários mostram-se como univocidade revolucionária.

     Por essa cartografia do existir compromissado, podemos usar o texto do outro grande homem Engels, fiel companheiro de Marx, proferido diante do túmulo da linda Jenny, para linda Marisa Letícia.

         “Não é necessário que eu fale de suas virtudes pessoais. Seus amigos, que as conheceram, nunca se esquecerão delas. Se jamais existiu no mundo uma mulher tão feliz em proporcionar alegria aos outros – era esta, a qual hoje enterramos”.

         Marisa Letícia, a Associação Filosofia Itinerante (AFIN) através de seus Blogs-Intempestivos Afinsophia e Esquizofia lhe beija com o carinho engajado na potência intensiva da existência necessária que você move.

img034

         Valeu Companheira, por todas as ultrapassagens! Você entendeu que “o homem é um ser para ser ultrapassado”.

         Obs. As fotos foram extraídas da obra Sem Medo de Ser Feliz organizada por André Singer, apresentação de Jânio de Freitas, depoimento de Ricardo Kotscho e entrevista com Lula.

PRISÃO DE BOULOS CONFIRMA A FILÓSOFA HANNAH ARENDT: ONDE FALTA A RAZÃO PREVALECE A OPRESSÃO

É muito simples de entender, mas impossível de aceitar.

  O homem é um ser composto por corpo (soma) e mente (espírito), distribuídos em sentidos, inteligência e ação. Para alguns um dualismo, para outro monismo, já, como diz o filósofo Spinoza, o corpo não foge da mente. Ou seja, todo afeto se manifesta tanto no corpo como na mente.

   Ocorre, porém, que embora o homem seja um ser de sensibilidade, inteligência e ação, nem sempre todos expressam em seus atos esse monismo filosófico. Um grande número de indivíduos, por motivos genéticos ou por força de uma infância sofrível, expressam seus atos simplesmente como materialidade. Neles não se revelam a sensibilidade, a inteligência e ação coletiva em forma de ética.

    O filósofo Guilherme Boulos, presidente do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) foi preso quando intercedia a favor de moradores da Ocupação Colonial na ação de reintegração da área na Região de São Mateus na zona leste de São Paulo. O filósofo foi levado ao 49° onde prestou depoimento.

    Boulos afirmou que foi uma “prisão política, evidente”. Não foi “prisão política”. Foi uma prisão partidária que confirma a força da subjetividade capitalista manifestada pelo PSDB que há mais de vinte anos domina o estado de São Paulo. Não foi prisão política, porque onde há a práxis e poieses política, o movimento real da potência constituinte que cria as relações reais entre os homens comprometidos democraticamente, não há arbitrariedade. Onde há política há razão e não opressão.

  A filósofa Hannah Arendt, uma das que mais entende do sentido filosófico de política, afirma que onde a razão falta predomina a opressão, a irracionalidade em forma de força. Para ela a força é o recurso de todos que perderam a capacidade de dialogar, já que o diálogo é a concretude do pensamento. E pensamento é racional. Só nas ditaduras a razão é obstruída pela força opressora. A força é a única de linguagem usada onde faltam as faculdades sensível, intelectiva e ética coletiva.

    Diante da violência sofrida por Boulos os deputados do Partido dos Trabalhadores publicaram nota de repúdio. Leia trecho da nota.

   . “Além de negar o direito constitucional à moradia o governo Alckmin patrocina cenas lamentáveis de violência, ataca e despeja nas ruas mais 700 famílias neste no momento de recessão e desemprego que assola o país, numa demonstração de insensibilidade com a situação da população carente”, diz a nota. 

      A Central de Movimentos Populares (CMP) também publicou nota de repúdio. Leia.

                                                                   NOTA DA CMP

          boulos 

As cenas de violência da PM contra moradores, que assistimos na amanhã desta chuvosa terça-feira, 17/01, na região leste da cidade de SP, durante reintegração de posse de área ocupada por 700 famílias, são imagens típicas de uma zona de guerra.

A violência do Estado contra famílias sem teto é prática recorrente, mas agora o governador Geraldo Alckmin tem respaldo dos aliados  governos Doria e Temer, para descer a porrada nos trabalhadores(as).

Os golpistas Temer, Alckmin e Doria são a favor da especulação imobiliária em detrimento da moradia popular. A Central de Movimentos Populares e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, há tempo estão atuando na defesa dos moradores, por intermédio dos companheiros Boulos, Dito e Sidnei, tentando articular uma saída negociada que evitasse a reintegração de posse com despejo de mais de 3 mil pessoas, mas infelizmente não encontramos apoio dos governantes.

A CMP repudia a detenção do companheiro Guilherme Boulos. Moradia não é caso de polícia. Não criminalização dos movimentos sociais. Vamos resistir e lutaremos.

Nenhum Direito a Menos. 

Central de Movimentos Populares
Raimundo Bonfim, coordenador geral da CMP e integrante da coordenação da Frente Brasil Popular

  Veja e ouça o vídeo publicado pelo site Brasil de Fato que mostra Boulos falando sobre sua prisão.

 

EM MANAUS JUIZ MANDA PRENDER DIRETORIA DOS RODOVIÁRIOS EM FUNÇÃO DA GREVE GERAL

Resultado de imagem para imagens do sindicato dos rodoviarios de manaus

 A questão da luta pelos direitos dos rodoviários em Manaus é muito antiga. A relação íntima dos empresários de transporte coletivo com os prefeitos cria um grande obstáculo para que essa questão seja solucionada. Em tempo de eleição já é comum candidatos receberem auxílio desses empresários. Fato que compromete todos os seguimentos desse serviço público, como o caso dos direitos dos rodoviários.

Na manhã de hoje, dia 17, esses profissionais iniciaram uma greve que alcançou 100% de seus profissionais. O que significou que a população que depende do transporte coletivo foi mais afetada. Que é a maioria da população de Manaus. Diante da situação de paralisação geral, o juiz plantonista Adilson Maciel Dantas, determinou, através de liminar, que os rodoviários colocassem em circulação 100% da frota de ônibus. Como a diretoria do sindicato decidiu continuar a greve o juiz mandou prender os responsáveis pela greve.

 “Não sei em quem o Sindicato dos Trabalhadores se confia para desafiar, de forma tão desarvorada, o cumprimento de uma ordem judicial e, pior, adotando uma posição que compromete toda a sociedade que depende desse serviço de transporte coletivo – que é de natureza essencial.

Quantos perderam o dia de trabalho, o dia de aula, tudo por conta de uma decisão irresponsável, autoritária, que desafia  que desafia o Poder Judiciário, afronta o Estado Democrático de Direito e pretende impor à Justiça e à sociedade as decisões unilaterais do Sindicato obreiro, em detrimento de toda a sociedade?

   Cumpra-se, como de estilo, porque decisão judicial foi feita para ser cumprida ou discutida pelas vias legais, nunca por simples voluntarismo de quem quer que seja”,  “, disse o juiz.

 A decisão do juiz determina as prisões dos seguintes dirigentes: Givancir de Oliveira Silva, Josildo de Oliveira Silva, Élcio Campos Rêgo, João Batista Rodrigues do Nascimento, Jaildo de Oliveira Silva – o Jaildo dos Rodoviários, vereador reeleito pelo PC do B, e Josenildo de Oliveira e Silva. 

    E a população pergunta: “E por onde anda o prefeito?”. 

   O prefeito é Arthur Neto, do PSDB, que quando senador ameaçou surrar Lula. E quando pela primeira vez eleito prefeito de Manaus nos tempos de Collor, em sua campanha, afirmou resolver os problemas do transporte coletivo em Manaus. Hoje, em seu terceiro mandato, esse tipo de serviço público continua pior do que antes. 

 

  

RELATÓRIO DA ONG OXFAM SOBRE A POBREZA LEVA BRASILEIROS A LEMBRAR DO CRESCIMENTO DA RENDA DOS MAIS POBRES NO GOVERNO POPULAR DE LULA

Todo brasileiro preocupado com a existência do homem no planeta Terra se indigna com a perversidade na distribuição da riqueza, onde apenas oito homens representam a riqueza contra 3.6 bilhões de pobres. Um demonstrativo confirma que 99% da riqueza do mundo encontra-se nas mãos desses homens, enquanto 1% é excluído de seus direitos fundamentais. 

   O relatório da ONG Oxfam, publicada aqui nesse blog, mostrando o quadro atual da desigualdade entre os ricos e pobres, confirma o grau de irracionalidade e perversão que predominam no planeta referente a satisfações dos direitos básicos da maioria da população mundial.

    Diante da publicação do relatório, o ex-presidente Lula, autor da maior revolução social que atingiu quase 40 milhões de brasileiro que se encontravam na faixa da miséria, divulgou em seu facebook traços de seu governo popular que beneficiou esses milhões de brasileiros. Uma ética realidade econômica que contrastava, de certa forma, com os documentos do relatório, e, mais ainda, com a pobreza do Brasil dominado pelos golpistas. 

“Durante o governo Lula, o crescimento da renda dos mais pobres foi 3 vezes maior do que a dos mais ricos. Mais de 36 milhões de brasileiros saíram da extrema pobreza. Tudo graças a iniciativas como a valorização do salário mínimo, aos programas sociais como o Bolsa Família e à democratização do acesso ao crédito, a moradia, à saúde e à educação”.

Saiba mais: http://brasildamudanca.com.br/inclusao-soci…/inclusao-social


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.666 hits

Páginas

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos