Archive for the 'Congresso Nacional' Category

FILHO DE BOLSONARO TAGARELA SOBRE O QUE NÃO SUPEROU: APRESENTA PL QUE CRIMINALIZA APOLOGIA AO COMUNISMO

Resultado de imagem para imagens do deputado eduardo bolsonaro

Produção Afinsophia.

   A internet, como corpo-comunicacional dos tempos atuais, é uma importante tecnologia-virtual. Tão importante que ela nos mostra em tempo chamado de real, na verdade, virtual, uma abundância de inutilidades. A maioria das ditas redes sociais são prósperas nesses tipos de inutilidades. Como é o caso concreto das redes sociais dos alienados, porra-loucas, mentecaptos e paranoicos direitistas. Tudo que há séculos já existia, mas agora, com a tecnologia-virtual, ficou mais observável, já que esse tipo psicossocialpatológico não tem qualquer pudor.

     Assim, a tecnologia-virtual, que é a internet, nos apresenta os tipos que tagarelam compulsivamente sem qualquer racionalidade. O filósofo da A Vontade de Potência, Nietzsche, nos afirma em sua obra Humano Demasiado Humano que devemos falar, mas na condição de só falar daquilo que superamos, porque, ao contrário, só tagarelamos. É o que constatamos nessa chamada ferramenta-virtual. É a promiscuidade do tagarelar. A obscenidade linguística, diz o filósofo Baudrillard.  

    Porém, esse tagarelar se expressa despudoradamente em qualquer momento de nossas relações empíricas diretas. Na nossa frente, atrás, dos lados tem sempre alguém a tagarelar. Emitir opiniões sobre temas que não superaram. Opiniões opiniáticas saídas de suas próprias aberrações existenciais. São os filhos do lecton. Como dizem os estoicos: o corpo linguístico sem significado.  

   Nesse quadro tagarelante o deputado-golpista Eduardo Bolsonaro, filho do folclórico Bolsonaro, e que segue a mesma subjetividade do pai, apresentou na Câmara Federal um Projeto de Lei que criminaliza a apologia ao comunismo. Igual aos outros tagarelas, o deputado, por sua postura, mostra que não entende patavinas do que seja comunismo. O sentido de comunismo dele saiu dos catecismos da ideologia-capitalista comandada pelos Estados Unidos ainda no tempo anterior a guerra fria. É um sentido mistificado associado às suas vivências pessoas que não reflete o sentido histórico-filosófico-científico do comunismo. E nada do comunismo-primitivo. Ele é tão racional como o anticomunismo defendido pelos coxinhas da Avenida Paulista. O mesmo dos que invejam e odeiam o PT, Psol, PCO, PSTU, e outros de sentido real.

     E o pior é que o PL é apresentado a deputados semelhantes ao filho de Bolsonaro. Com o mesmo entendimento do que seja comunismo. Ou seja, expresso como quadro paranoico persecutório onde a razão foi desrealizada pela força opressiva da desrazão.

     Cada vez mais fica claramente evidenciado que nas próximas eleições o quadro de deputados, assim como senadores, precisa ser modificado por deputados em que a razão seja a faculdade precípua para movimentar a política. 

TEMER AFIRMA MARX: O DINHEIRO COMPRA TUDO COM REFERENTE DE MERCADORIA – DEPUTADOS-GOLPISTAS-MERCADORIAS

13.jul.2017 - Foto do painel da CCJ mostrando que 40 deputados votaram contra o relatório de Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que pedia a abertura de investigação contra o presidente Michel Temer

  Produção Afinsophia.

 Marx diz que o dinheiro é o grande Mamom,o Deus Dinheiro. Como dinheiro ele compra tudo. Se uma homem tem dinheiro, mas é estúpido, ele compra um homem sábio. Se ele é feio, ele compra uma mulher bela. Se ele é um desonrado, ele compra um homem que ele julga honrado. E o filósofo de Trier vai mostrando os homens-mercadorias como forma de circulação mercadológica, que, porém, não tornam seu comprador o significado-valor dessas mercadorias.

   Um homem estúpido que compra um sábio não se torna um sábio. Ele apenas fantasia em si que sua compra o torna menos estúpido aos olhos dos outros. Mas continua estúpido. Claro, que o sábio ao se tornar mercadoria, torna-se tão estúpido quanto seu comprador, já que o único corpo de relação entre os dois é o dinheiro com seu poder de apropriação. 

  Como o dinheiro sintetiza o valor da mercadoria como taxa de mais-valor e mais taxa de lucro, uma mercadoria é em si o elemento que o capitalista persegue paranoicamente: o excedente. É assim que o capitalista observa e persegue o mundo, posto que o mundo é uma fábrica onde todos participam, com suas atuações sociais, na grande divisão de trabalho. É por essa perspectiva, da sociedade como fábrica-divisão de trabalho ou trabalho social que os homens e mulheres-mercadorias são apanhados pelo capitalista para que ele tenha sempre lucro garantido.

   Para que fosse negado o relatório do deputado Zveiter que aprovou a denúncia feita pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Temer precisava garantir o número suficiente de deputados para barrar o pedido. Em entendimento vago, ele não tinha. Mas em um entendimento marxista, ele tinha, já que todo golpista é mercadoria.Todas as reações dos golpistas muito antes da imoralidade que roubou o cargo da presidenta Dilma Vana Rousseff, eleita com mais 54 milhões de votos democráticos, já mostravam que se trata de uma conglomerado de deputados-mercadorias. Então, Temer, fez o que Marx mostrou: passou a comprar os deputados-mercadorias e conseguiu seu intento.

   Dois seguimentos devem ser percorridos para ficar melhor entendido. A lei de lucro do capitalismo diz que dinheiro não compra dinheiro. Que o valor de uma determinada quantia de dinheiro não pode comprar a mesma quantia de dinheiro que se encontra na mão de outro capitalista em função da taxa de lucro. Como todo golpista-mercadoria é dinheiro, e dinheiro não compra dinheiro com a mesma igualdade, o valor do dinheiro pago por Temer teve como referência a situação: a votação na CCJ. O que significa que o golpista-mercadoria passou a ser mais valorizado. O que vai se repetir no dia 2 de agosto data da votação no plenário.

   O segundo seguimento é o que desvela toda essa trama mercadológica mostrando toda sua perversidade. O dinheiro usado por Temer para comprar os golpistas-mercadorias, na operação-financeira espúria, é público. O que significa que o desembolso de Temer foi zero.Ele só lucrou. E pior ainda, o dinheiro público que é um componente financeiro particular, portanto com caráter da população, foi prostituído em forma de corrupção ativa e passiva. 

Alguém pode afirmar: A lei capitalista do lucro foi negada, porque o dinheiro golpistas-mercadorias foi comprado pelo dinheiro-Temer. Não. Essa operação não se configurou. Os golpistas-mercadorias, como dinheiro, não foram comprados pelo dinheiro real saído das mãos de Temer, como já foi escrito, mas em forma de lavagem de dinheiro com valor diferente do dinheiro golpistas-mercadorias. E o pior, aí sim, a lavagem foi realizada com dinheiro público já contabilizado no orçamento.

O que significa que ambas as partes praticaram crimes. E como houve ameaças, chantagens, tudo se caracterizou como roubo. E de quebra, Marx sempre acerta quando se trata de exploração capitalista.

 

EUNÍCIO MANDOU APAGAR A LUZ E SOM DO SENADO E DEPOIS AFIRMOU: OS TRABALHOS SÓ DEPOIS QUE A DITADURA DEIXAR”. LUZ, SOM E DITADURA SÍMBOLOS FORTES

Fotos de Lula Marques.

 Produção Afinsophia.

  As senadoras Regina Souza, Lídece da Mata, Gleisi Hoffmann, Fátima Bezerra e Vanessa Grazziotin realizavam suas defesas da democracia se posicionando contra a deforma trabalhista provocada pelos estúpidos e embrutecidos direitistas inimigos dos trabalhadores, quando o acusado de corrupção, senador Eunício de Oliveira, presidente da Casa, arbitrariamente, como lacaio do capital personificado partidariamente no golpista-mor Temer, arrancou agressivamente o microfone da senadora Fátima Bezzera e mandou cortar o som e apagar as luzes.  logo, em seguida, afirmou que os trabalhos só seriam reiniciados quando “a ditadura deixar”. Ele o próprio ditador.

  O desprezível Eunício, tentou se passar por Deus mandando apagar as luzes e cortar o som. Fiat Lux!, Faça-se a Luz! Não! Não faça-se a Lux, mas não se faça a luz. Ele delirou ser o Senhor do Universo. Mas, logo em seguida vem o velho Freud e afirma que toda pessoa que sofre de delírio de onipotência carrega um grande recalque causado por forte frustração libidinal. Ou seja, é um impotente em relação ao mundo objetivo, porque sua libido narcisa voltou (introversão, diz Jung) contra si mesmo por não encontrar referente no mundo exterior.

 Quer dizer: Eunício delirou, porque a luz continuou e o som também. Não só as luzes projetadas pelos celulares, mas as luzes do saber das senadoras. Luzes que nenhum tirano pode apagar. Aqui a luz não é um símbolo. É o real. O saber que nenhum golpista é traspassado. Diferente do quadro expresso pelos golpista pintado pela estupidez, a brutalidade, a insensibilidade, indigência epistemológica e a atrofia ética. É o quadro quase que geral do Congresso Nacional se não fossem as presenças de poucas deputadas, deputados, senadoras e senadores progressistas e, por tal, democratas. 

  Em sua brutalidade de direitista impulsionada pela moral burguesa, Eunício, mostrou que é ignorante da cultural mundial e regional. Não viu que estava diante de um movimento feminista no específico molde da peça do grego Aristófanes, Lisístrata, mulheres que lutam por seus direitos. E no movimento da expressão nordestina de Gonzagão: “O candieiro se apagou, o sanfoneiro cochilou e a sanfona não parou e o forró continuou”.

   Nada a surpreender, as direitas são subproduto atrofiados filo e ontogeneticamente. 

 

LULA É A TRAVESSIA PARA O MAR POR SER TÃO BRASILEIRO E ESTADISTA

Nosso país possui hoje mais de 13 milhões de trabalhadores desempregados. Há fome e muitos brasileiros e brasileiras passando necessidade.

Lula e Dilma são responsáveis por isso?

Não. Os responsáveis por isso nominamos. Aécio Never, o mineirinho que não aceitou a derrota. A presidenta Dilma foi eleita democraticamente com 54.501.118 votos. Michel Temer que através do PMDB organizou toda uma estrutura de arrecadação financeira ilícita para compor um congresso que impedisse aprovação de qualquer projeto da presidenta eleita. Pelas delações da Odebrecht aparecem 140 deputados compráveis. Mas são mais de 300 picaretas. Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, preso, hoje em Curitiba aceitou o golpe das alcunhadas pedaladas fiscais. Os ministros do STF nenhum, mesmo o Supremo provocado, não se posicionaram como ministros, contra o medonho. Por sinal o presidente do STF compôs a ópera que derrubou a presidenta dos 54.501.116 votos. Todos os deputados e senadores que votaram a favor do golpe, todos os coxinhas, todos os paneleiros e paneleiras, Rede Globo de Televisão,  Folha de São Paulo, Estadão, Valor, Época, Quanto é?, empresários, e afins, mais Sérgio Moro, todos os procuradores de Xarope Dallagnol e parte de delegados da Polícia Federal são responsáveis pelas dificuldades, desemprego, fome,  mazelas, quebra da engenharia nacional, da Odebrecht e de outras grandes empreiteiras que nosso país enfrenta.

Era para estarmos vivendo essa situação?

Resultado de imagem para imagem de São FranciscoResultado de imagem para lula

Não. Os dois mandados de Lula tiraram o Brasil da miséria, a fome foi erradicada e o governo desenvolveu inúmeras políticas sociais nunca dantes vista neste país. Lula investiu em saúde, educação, ciência, tecnologia. No Amazonas temos muita água doce. Grande parte de seus moradores vivem nas várzeas e interiores longe da sede de seus municípios. Lula e Dilma trouxeram o Luz para Todos. E o Luz para todos está em todo o Brasil. Uma outra grande obra que a mídia golpista não divulga mais está causando uma grande alegria a todos os brasileiros é a transposição das águas do rio São Francisco pelo sertão nordestino. Nunca, nunca um representante da classe rica pensou nisso. Mas nossos literatos, cantores, repentistas cantaram como no vídeo abaixo: “o sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão”, que rendeu ao nosso cinegrafista da Esquerda Valente, um “Valeu Lula, Dilma, obrigado governo do PT.

Dilma ganhou a eleição com 54.501.118. O capitalismo predador com seus deputados, senadores, parte do judiciário, meios de comunicação golpistas, empresários, preconceituosos vendidos ao sistema capitalístico internacional golpearam nossa democracia impondo o desemprego, a fome e a miséria. E não venham dizer que vocês, lambaios do grande capital internacional não são responsáveis. Quando a democracia for reconstituída não haverá prisão que suporte tantos ladrões.

E 2017, 2018?

É uma travessia. Lula é uma subjetividade, um devir. É Translulação. Dia 03 de maio, Sérgio Moro vai ver o que é isso. Quer porque quer, com aquela sua voz afásica interpelar o maior presidente do mundo. Mesmo já tendo sido inocentado por todas as testemunhas no caso do Triplex. Curitiba terá o maior comício do mundo. Se levado para depor na marra, de São Bernardo para Congonhas, em Sampa, sem o povo saber já houve todas aquela solidariedade a Lula, imaginem o melhor presidente do Brasil indo a Curitiba no dia 03 de maio depois do dia lº, dia do Trabalhador que o homenageará em todos os cantos do Brasil.

E depois de 2017 e 2018?

Teremos dificuldades mas as superaremos porque tudo que os golpista fizeram e estão fazendo vai ser revertido. Como tudo foi tramado para derrubar a presidenta eleita com 54.501.118 votos o que eles estão fazendo não tem valor. Quem está investindo dinheiro na compra da Petrobras, em terras, minérios, água, agricultura vai perder tudo. Serão revogadas todas as PECs assassinas, principalmente a da morte. Ninguém mais morrerá no Brasil. Mais muita gente vai se ver com a Justiça.  Até o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes vai perder o cargo porque foi sabatinado na Chalana do Amor. A Papuda vai ser reformada para receber todos os golpistas: Aécio, Temer, Padilha, Jucá, Angorá, Renan, Lobão, Sarney, Aluísio 300, Mabel, Suíno, José Serra, Henrique Alves, Ana Amélia, Omar ó Terra Aziz, Eduardo Acorda Tarde Braga, Anastasia, Agripino Gripado Maia. Todos os deputados e senadores golpistas.

HOMOLOGAÇÃO SEM PUBLICIDADE BENEFICIA OS GOLPISTAS

Resultado de imagem para imagens da ministra cármen lúcia com temer

Para os envolvidos nos roubos e que pretendiam estancar a sangria estão vendo seus planos, diferentes dos previstos, levá-los ao xilindró. Vendo. Virtual. STF e governo combinaram a trama. Homologar mas não divulgar.

A presidenta do STF, Carmen Lúcia acaba de homologar as 77 delações dos executivos da Odebrecht.

O ministro Teori, quando vivo, falava em divulgar as delações.

Carmen homologa, mas não os torna público. Antes da homologação já havia inúmeras manifestações de que os depoimentos captados pelos juízes auxiliares de Teori fossem divulgadas.

A maioria dos jornalistas, políticos que se manifestaram esta manhã dizem que a não divulgação das delações servirá para manter a onda de especulações, advogados das partes envolvidas falarão o que lhes interessa. O deputado federal Paulo Pimenta do Partido dos Trabalhadores disse que “é preciso que ela torne públicas as 77 delações. Se isso não ocorrer, ocorrerá um fato inusitado. Conselheiros do Tribunal de Contas, citados nas delações, continuarão julgando como se nada tivesse acontecendo, ministros das altas cortes, eventualmente delatados, continuarão julgando, como se não tivessem impedidos, parlamentares integrantes do núcleo duro do governo Temer, ministro de Estado, continuarão agindo como se não fosse parte desta investigação”, declarou o deputado.

É necessário que se divulgue de hoje até amanhã essas delações porque o Brasil elegerá os presidentes do Senado e da Câmara e há dois membros, o índio e Botafogo delatados que não honrarão dirigir duas instituições importantíssimas na República.

Além desses dois corruptos, Brasília e o seu centro de poder estão inseguros. Essas delações chegam numa hora que o desgoverno golpista de Temer não resistirá. O golpe que roubou 54 milhões de votos democraticamente dados a Dilma vai desmanchar-se no ar, pois a situação política, econômica do povo que vinha bem antes desses degenerados darem o golpe, os levou ao desemprego e à insegurança e desespero porque falta “bufunfa” para comprar jaraqui.

 

DEPUTADO AFONSO FLORENCE, DEPOIS DA AMEAÇA DOS PROMOTORES EM DEIXAR A LAVA JATO, DISSE QUE “NÃO DÁ PARA CHANTAGEAR A OPINIÃO PÚBLICA”

Afonso Florence

  É simples entender, mas impossível acatar.

   Os promotores da Lava Jato queriam que os deputados tirassem do texto da proposta das 10 Medidas contra a corrupção a parte em que pede punição quando juízes e membros do Ministério Público cometerem abusos de autoridade. 313 deputados não acataram o pedido, já que como funcionários públicos devem receber o mesmo tratamento que outros agentes.

    Os promotores da Lava Jato não aceitaram a decisão e prometeram deixar a operação como protesto à decisão dos debutados. Diante da ameaça descabida, em função do seu grau de corporativismo-infantilizado, o deputado líder do Partido dos Trabalhadores, Afonso Florence, citando ilicitude cometida por membros da Lava Jato ao gravarem e divulgarem conversas entre a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, rebateu a ameça que para ele pode esconder motivações pessoais que cometeram atos ilícitos ou pretendem cometê-los.

      “Não dá para querer chantagear a opinião pública. Nós somos os legisladores. Eles (procuradores) usam os instrumentos aprovados no Congresso e sancionados pelo presidente da República. A todos cabe a responsabilidade, de acordo com suas atribuições.

        Ou cometeram ilícitos ou pretendem cometer e não querem ser submetidos às sanções previstas, porque o que foi aprovado é para ser aplicado em juiz e promotor que fugiram à regra da Lei e cometeram ilícito. O debate tem que ser feito de forma explícita. As regras estão aí para serem respeitadas. Ninguém pode ter privilégio e ser isento de investigação e responsabilização”, analisou o deputado.

       Não esquecer que os promotores, na pessoa de Dallaganol fez lobby na Câmara Federal para que o interesse da corporação fosse atendido. É ele um dos que se mostra mais atingido com a decisão dos deputados. Logo ele um promotor temente a Deus. 

MANIFESTO DOS SUÍNOS CONTRA OS QUE TENTAM IGUALÁ-LOS A GEDDEL

Resultado de imagem para imagens de porcos

             Nós, Suínos, em defesa de nossa honra e direitos democráticos, estamos através desse manifesto expressando nossa indignação contra todos os que tentam, de forma estupidamente preconceituosa, nos igualar ao golpista Geddel Vieira Lima.

         Porém, antes de expressarmos o conteúdo desse manifesto de repúdio aos apedeutas-zoológicos, queremos isentar o roqueiro revolucionário de Brasília, Renato Russo, que, ainda no colégio, foi o primeiro a usar nossa espécie como referência desqualificadora para atingir Geddel. Para tal fez uso dessa avaliação: “in-su-por-tá-vel suíno”!

      Isentamos Renato Russo, de quem somos fãs, porque na época ele ainda não tinha atingido a dimensão política que depois veio atingir. E que o levou a compor a obra prima “Que País é Este”, baseada na grande inferência que Lula fizera da Câmara Federal quando a sintetizou na enunciação “300 picaretas”. Com esse entendimento Renato Russo fica liberado por nós.

       Vamos ao manifesto. Durante muitos anos temos nos posicionados, como Suínos, contra a posição de muitos humanos, demasiados humanos em atribuírem suas frustrações valorativas aos animais. Uma verdadeira cruel antropomorfização quando atribuem sentimentos e condições humanas a nós animais.

     No que diz respeito específico a nós Suínos, ficamos preocupados quando o camarada George Orwell, uma espécie esclarecida e engajada, nos colocou em posição humilhantes em sua obra A Revolução dos Bichos quando se tratava de fato histórico eminentemente humano, demasiado humano. Nada a ver com as outras espécies. Os animais não criaram valores para direcionar suas vidas, posto que fluem em seus movimentos em suas vidas como natureza. Na natureza não há qualquer valor. Ela é em si mesma. Um convincente pensamento é oferecido pelo filósofo Nietzsche que é um destruidor de ídolos valorativos e criador da trasvaloração dos valores.

      Dois seguimentos confirmam que é impossível igualar Geddel a nós, Suínos. Um é sua gordura. A gordura dele não é a nossa e não tem a mesma consequência que a nossa tem. Ele é gordo como humano que pode ser uma consequência genética ou uma consequência de seu caráter-oral, como mostra a psicanálise. Dois, o caráter moral de Geddel. Ele é filho político de Antônio Carlos Magalhães, Toninho Malvadeza (um dos patronos da Rede Globo quando fora ministro das Comunicações), que ao perceber sua oralidade compulsiva mercadológica cunhou o dito: Geddel vai às compras. De tanto ser protegido pelos ACM escapou da CPI dos Anões do Orçamento pela mão do filho de Toninho Malvadeza. Hoje Geddel tem apoio do Neto ACM.

      Nenhum suíno foi amigo de ACM e muito menos participou do Congresso Nacional e de nenhuma maracutaia, como se expressa nosso amigo Lula. Nenhum suíno é golpista, parceiro de Eduardo Cunha, Jucá, Padilha, Henrique Alves, Genebaldo Alves, Renan, Fernando Henrique, Aécio, e do golpista-mor Temer, entre outros golpistas como a Rede Globo. Se tentam igualar Geddel a nós pelo sentido moral de lama, afirmamos que a lama, nos dois sentido, não é criação nossa. A lama é da cultura humana, demasiada humana. A lama é da urbe. Em nosso habitat não há lama. O que á água produz em nosso habita, não tem sentido de lama para nós. Não é sujeira. Esse corpo faz parte de nossas vidas que nos permite uma relação direta com os nossos dois princípios: água e terra. Nenhum significado moral.

         Para finalizar, indicamos para vocês o estudo do filósofo Nietzsche, o Anticristo, onde ele mostra o nascimento do corrupto. Para ele o corrupto é todo aquele que teve seu espírito e instinto degenerado. Todos que anularam a vontade de potência em si. Com ele vocês vão aprender que esse sentido de sujeira, lama, é próprio de quem se encontra corrompido, já que corrupto não é apenas quem se apossa de dinheiro público, como propaga a Lava Jato de vocês, mas modo de ser. Um covarde, lambaio, hipócrita, vaidoso, orgulhoso, preguiçoso, ambicioso, indiferente, calculista, narcisista compulsivo, capitalista, submisso, etc., todos são corruptos porque têm seus instintos e espíritos degenerados.

       O camarada Brecht também vacilou quando afirmou, de forma pejorativa, que “os porcos voltam para casa”, mas nós, por nossas identificações políticas com ele, soubemos desdobrar seu dito: Nós não voltamos para casa, porque jamais saímos dela.

    No mais, esqueçam de nós. Não precisamos de suas frustradas existências para viver naturalmente. Não somos nenhum Geddel.

      Porém, nos conclamamos: Suínos do mundo, uni-vos, pois não tendes nada a perder  a não ser a brasa das churrasqueiras dos humanos burgueses. Uni-vos, pois “tudo que é sólido se desmancha no ar!”.  

MANIFESTAÇÕES CONTRA A PEC DO FIM DO MUNDO, PEC 241, ESTÚPIDA E CRUEL CRIA DE TEMER, SE ALASTRAM, HOJE, PELO SUDESTE

PEC 241

Hoje, dia 17, a Região do Sudeste será palco de várias manifestações contra a PEC do Fim do Mundo, a filha aberrante – não podia ser outro tipo de filha – do desgoverno Temer que objetiva, concretamente, atrasar o Brasil durante 20 anos. Como se não bastasse o atraso iniciado com o golpe implantado que usurpou o governo Dilma Vana Rousseff, eleito com mais de 54 milhões de votos democráticos.

Diante do espectral corpo desse desgoverno-golpista, não há como esperar atos democráticos saídos da união entre a irracionalidade e a força da estupidez, representada pelo desgoverno que destroça o país. A PEC 241 é a maior demonstração do grau de irracionalidade e força da estupidez que tomou posse do poder administrativo do país.

Aprovada em sua primeira parte na Câmara Federal com o amplo apoio dos falsos parlamentares que visam tão somente seus interesses particulares e, não, os interesses da sociedade brasileira, a PEC 241 ameaça anemizar a educação, a saúde, a previdência social, e outros direitos produzidos pelos trabalhadores brasileiros. Sujeitos-históricos produtores das riquezas do país.

Diante da grave ameaça o povo brasileiro representado por movimentos sociais, sindicatos, MST, MTST, entidades estudantis, e outros seguimentos lúcidos e nacionalistas, estão realizando diariamente manifestações contra essa aberração que fere profundamente, também, a economia brasileira.

Assim, hoje, dia 17, na Região Sudeste serão realizadas várias manifestações contra a irracionalidade e a força da estupidez representada por Temer e seus comparsas golpistas. A maioria a acusada de corrupção.

Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória e Belo Horizonte são as capitais sensibilizadas politicamente para a execução das manifestações. Outras cidades da região também marcaram manifestações.

COM EXCEÇÃO DE HISSA ABRAHÃO, TODOS OS DEPUTADOS GOLPISTAS DO AMAZONAS VOTARAM COM SUAS CONSCIÊNCIAS: CONTRA A PETROBRÁS. E AINDA QUEREM A PREFEITURA DE MANAUS

Resultado de imagem para imagens do deputado pauderney do amazonas 

        Como já escreveu nesse blog Afinsophia, em Manaus não tem segundo turno entre candidatos à prefeitura da não-cidade. Os candidatos que ficaram nos primeiros lugares são iguais quanto à mesma subjetividade reacionária e antidemocrática.

      O candidato Arthur Neto, do partido da burguesia-ignara PSDB, o grande golpista junto com o PMDB, é apoiado por outro golpista, o senador do PMDB, Eduardo Braga, e tem como seu vice, Marcos Rota, deputado golpista. Além, como não poderia ser diferente, ter como apoiadores elementos anacrônicos representantes da subjetividade golpista.

        O outro candidato, Marcelo Ramos, é apoiado pelo senador Omar Aziz, que votou pelo golpe, como os deputados do DEM Pauderney Avelino, Alfredo Nascimento do PR, e o governador José Melo Proes, que não votou pelo golpe, mas tem a consciência e é um grande propagador.

     São candidaturas que por suas próprias origens nasceram corrompidas pelos corpos antidemocráticos que já vinham, há muitos anos dominando o Amazonas, mas que em virtude do atual momento miserável de lobotomização política, passaram a se expressar com total desenvoltura.

          Ontem, dia 5, foi votado o texto base da PL 4.567, que flexibiliza a entrega do pré-sal à exploração por companhias estrangeiras. Ou seja, entrega a riqueza brasileira para o capital estrangeiro, principalmente ao capital norte-americano, o amor dos deputados americanófilos do país.  Foram 292 votos entreguistas, contra 101 patrióticos-nacionalistas e uma abstenção. A turma de Temer deitou e rolou. Com exceção de dois deputados.

            Como não poderia ser diferente – o que seria uma hecatombe no corpo antidemocrático – os alcunhados deputados do Amazonas, com exceção ao deputado Hissa Abrahão, que votou pelo golpe, votaram com suas consciências golpistas para não terem qualquer dor de consciências. Para se manterem no agrado do ditador Temer e usufruírem ganhos para suas ambições antidemocratas.

        Pauderney Avelino, Marcos Rota, Conceição Sampaio, Alfredo Nascimento, Silas Câmara, Átila Lins, Arthur Virgílio Bisneto – pelo Bisneto sabe-se que é filho do Neto Arthur candidato, ele sempre reverbera o pai -.

          Com o pré-sal na mão do capital estrangeiro morre o investimento na educação e saúde que era o objetivo do uso desse recurso pelo governo Dilma usurpado pelos golpistas que ameaçam o fim de investimento até 20 anos.

             Pergunta inútil. Como esses golpistas vão propagar em suas campanhas à prefeitura de Manaus, a aplicação de recursos na educação e saúde? Resposta útil. Com a mesma consciência alienadamente abstraída em forma de trapaça demagógica. 

CARTA POR DILMA PARA TODOS OS DEMOCRATAS

Querido povo do Brasil,

Estamos a poucas horas de derrotar na Câmara dos Deputados Federais do nosso país a cleptocracia que planeja um golpe civil de Estado.

Esses bandidos, ladrões querem derrubar do governo uma presidente que foi eleita com mais de 54 milhões de votos ao som da música que embalou nossos corações: Dilma, coração valente, nada te segura, para seguir em frente. Você nunca desviou o olhar, do sofrimento do povo, por isso eu te quero outra vez, por isso eu te quero de novo.

Democratas do nosso querido Brasil. Eles provocaram o terceiro turno.  Apanharam no primeiro, levaram uma sova com mais de 54 milhões no segundo turno e agora, no terceiro, vão levar no lombo mais um couro que é pra enterrar de vez com as pretensões do PSDB, de parte do PMDB,  DEM e de todos os demais partidos nazifacistas que atentam contra a Segurança Nacional.

Todos os democratas veem falando do risco que um pretendido golpe pode causar de instabilidade para o país. Uma imensa demonstração foi dada hoje com o povo nas ruas, rios, mar e ar. Com fogo e água. Com rodovias bloqueadas e ameaças de greve geral segunda-feira se o golpe de Estado for dado que é o que não desejamos e o que não vai acontecer.

Reafirmamos que esses degenerados ao tentarem impedir através de um golpe civil de Estado o afastamento da presidente, eles estão atentando e cometendo um crime contra a Segurança Nacional. A questão é tão preocupante que até o Secretário da OEA veio prestar sua solidariedade à presidente por causa desse iminente atentado terrorista. E não só ele, como os quatro cantos da terra estão preocupados com que pode acontecer (menos Washington) na terra de Carlos Marighela, Santos Dias, Maria do Socorro Diogénes, Frei Tito. É, democratas isso é um verdadeiro atentado terrorista oficializado pelo poder político de uma câmara com mais de trezentos picaretas e um STF que trata de uma questão séria como se nada de perigo rondasse nossa República. Mas, quiçá, entre nós, eles tem motivos para tais atitudes. Menos dois. Ricardo Levandovsky e Marco Aurélio de Melo. Estes tem estado  antenados acerca do golpe. Tão antenados que por serem votos vencidos o Ministro Ricardo Levandovisky deixou as portas do STF abertas para novos recursos contra o golpe. Com essa atitude, o presidente do STF vê que o relatório imprestável de Jovair,  da comissão do golpe tem vícios e que poderá precisar de um remédio constitucional. 

São muitos os vícios. Os deputados golpistas votaram pelo “conjunto da obra” e era para o STF ter decidido que na sexta-feira e no domingo  a falação dos golpistas se prendessem só e exclusivamente nas duas denúncias contidas no imprestável relatório. Nada de mencionar nenhuma acusação contra Dilma que não fosse essas denúncias. Como não há crime malhariam no ferro gusa.

Presidente e Democratas, escrevemos para vós porque queremos bem este país e seu povo. Porque não imaginamos, jamais que tudo o que conseguimos com Lula e Dilma seja destruído por ladrões. 

Presidenta Dilma, nós da Associação Filosofia Itinerante, deste blog, do  Esquizofia, sempre estivemos do lado de Lula e de você. Nos momentos difíceis da última campanha fomos aguerridos e implacáveis. A disputa não foi fácil. Ganhamos a eleição e no dia de sua posse lá em Brasília estávamos com os candangos, os paraenses do fusca e de todos os brasileiros e brasileiras que nos abraçavam e pintaram a nossa bandeira: Dilma, Afinsophia em ti confia. E essa confiança é inabalável, é tácita porque você é íntegra, você não tem conta em paraísos fiscais e em canto nenhum, por isso esses degenerados vão sair derrotados, juntos com a tv Globo, Folha de São Paulo, Veja, Época, Istoé, Estadão tv Bandeirante, e todas suas sucursais e repetidoras.

Hoje, para nós foi um grato dia. Os deputados da Bahia foram levar seu apoio contra o golpe. O vice-presidente da Câmara se separou do futuro hóspede da Papuda, Eduardo Caranguejo que terá também no mesmo endereço sua mulher e filha. Os governadores de vários Estados brasileiros visitaram os deputados de seus estados e falaram assim: – Vocês sabem o que vai acontecer este ano? Não tergiversaram. Todos ecolaliaram; – votação domingo. Um dos governadores falou. Ninguém trabalha dia de domingo. Um deputado distante protestou – mas o Cunha nos obrigou. Este ano, deputados, disse Flávio Dino, do PCdoB, do Maranhão – haverá eleições para prefeitos e vereadores e aquele deputado que votar contra a democracia vai ficar escrito na testa: traidor da pátria, golpista e não elegerá nenhum vereador e nenhum prefeito. Imediatamente isso tomou um efeito cascata. Era nego pulando do batelão com medo do balatal. Teve um efeito tão grande que o discurso da deputada Benedita da Silva foi tão aplaudido que impressionou os próprios legalistas.

A votação de domingo por todos os deputados democratas assegurará a repactuação do governo que conversará com todos os movimentos que a apoiaram e os demais segmentos da sociedade e terá Lula como um dos grandes articuladores desta nova fase do nosso governo popular porque é preciso garantir: bolsa escola, bolsa família, Pronatec, Minha Casa Minha Vida, ações afirmativas, Mais médicos, Luz para todos e demais políticas sociais que tem contribuído para a melhoria do povo brasileiro.

Ah! os políticos. Estes sim, que deviam ser os mais democratas, pois são eles que legislam, que fazem as leis, mas ao mesmo tempo “estão mais preocupados em preparar armadilhas aos homens do que em dirigi-los pelo melhor, e pensam-se serem mais hábeis que prudentes …” (Espinosa).

Nossos democratas não agem dessa forma, não nos impõem o medo mas o discernimento e a razão para irmos em frente, derrubar as adversidades para o que aconteceu com Adriano Fonseca Fernandes Filho, André Grabois, Cilon da Cunha Brun, Telma Regina Cordeiro Corrêa, Brasil Nunca Mais.

 

MARCO CIVIL DA INTERNET PODE SER PAUTA NESSA SEMANA NA CÂMARA FEDERAL

               Possivelmente, na terça-feira, a votação do Marco Civil da Internet que o governo federal defende os pontos da neutralidade de rede e a obrigação de armazenamento de informações no país, deva ser pauta de votação na Câmara Federal. O projeto do Marco Civil da Internet tem como objetivo estabelecer os direitos e deveres dos usuários e provedores da rede mundial de computadores no país.

          O projeto foi tirado de votação na semana passada pelo presidente da Câmara Alves, atendo os pedidos dos ministros da Justiça, José Cardozo, e da Casa Civil, Aloisio Mercadante. Como já é sabido, o democratiza o uso da internet no Brasil, por isso, como já é sabido até pelos minerais, como diz o jornalista-filósofo, Mino Carta, não agrada as mídias monopolistas. Daí, o imenso número de parlamentares antidemocratas praticando lobby em benefício dessas empresas. Como são os causos de inúmeros deputados do PMDB, liderados pelo deputado do Rio de Janeiro, Eduardo Cunho, o interesseiro.

        Impulsionados por interesses pessoais, esses deputados estão chantageando a presidenta Dilma Vana Roussef, para terem suas ambições atendidas, mas até o momento ela se manteve irredutível com eles. E um recurso chantagista é a ameaça de votar contra os vetos da presidenta e contra o Marco Civil da Internet. Uma estúpida demonstração de estão frontalmente contra a sociedade que os elegeu.

         Diante desse comportamento parlamentarmente irracional, cabe a sociedade civil, a única que é real, visto que os elege, se mobilizar para que a democracia internética seja estabelecida.

CONGRESSO NACIONAL RESGATA A VERDADEIRA HISTÓRIA DEVOLVENDO, 49 ANOS DEPOIS, O MANDATO DO PRESIDENTE JOÃO GOULART

É fácil de compreender, mas difícil de aceitar. Em uma sessão do Congresso Nacional em abril de 1964, o ministro da Casa Civil, Darcy Ribeiro, ao perceber que os golpistas queriam de qualquer forma afastar o presidente João Goulart da Presidência da República, comunicou ao presidente da Casa, senador Lauro de Moura Andrade, que Jango encontrava-se no Brasil e que ele concedesse três horas para que o presidente se apresentasse, mas Lauro de Moura Andrade não levou em consideração o pedido. Preferiu aceitar a versão dos golpistas que Jango havia deixado o Brasil.

Dessa forma golpista João Goulart foi dado como não mais presidente do Brasil. Como a mentira pode ocultar a verdade, mas jamais substitui-la, como falou a filósofa Hannah Arendt, o tempo fez seus percursos e nesses percursos foram eleitos os progressistas Lula e Dilma. A partir de então, foi possível pensar nas inverdades históricas que formaram consciências como verdades. Começou-se a pensar uma forma de resgatar a história verdadeira para eliminar de vez as inverdades históricas que se constituíram como verdades forjadas pelos golpistas.

Foi criada a Comissão Nacional da Verdade com o objetivo de intervir nos fatos que ocorreram durante essa época cruel da história do Brasil. Encontrar os responsáveis pelos atos arbitrários e violentos que marcaram o passado próximo brasileiro. E um dos principais personagens ocultado pelas inverdades foi exatamente o presidente João Goulart. Primeiro descobrir a razão de sua morte. Morte comum ou assassinato. Sua família tomou a frente, e seu corpo foi exumado, para depois ser enterrado com honras de chefe de Estado.

Como uma parte das inverdades foi produzida no Senado, os senadores Pedro Simon (PMDB/RG) e Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) criaram a proposta de cassação do ato que tirou de João Goulart seus poderes de presidente. Foi então que chegou o dia da verdade histórica tomar seu lugar eliminando as inverdades da história forjada pelos golpistas. O Congresso Nacional devolveu, simbolicamente, o mandato do presidente João Goulart.

Foi uma solenidade histórica movimentada pela alegria de se saber que o Brasil está construindo uma democracia forte. Participaram da cerimônia de elevação do nome de Jango, além da presidenta Dilma, o filho de Jango, João Vicente Goulart, alguns militares, convidados, senadores, ministros e a cantora-cívica, Fafá de Belém que cantou o Hino Nacional.

“A democracia venceu. O golpe não foi contra Jango, mas contra as reformas de base que o presidente tinha mandado ao Congresso em benefício das camadas mais populares. Esta sessão repara a triste mancha e o equívoco cometido pelo Parlamento brasileiro ao concordar com a ruptura e a destituição do poder instituído da pátria e colaborar com um regime de exceção no país”, discursou João Vicente.

“Vivi todos os momentos, vi a surpresa da decisão do Congresso, o drama do presidente, tudo que se passou à época e vi também, anos depois, a volta de Jango morto ao Brasil, para o enterro em São Borja, sob a fiscalização do regime militar sem conseguir controlar o povo inconsolável que insistiu em acompanhar o cortejo. Neste momento o que queremos é a união de todos. Não é atingir A, B, ou C”, se pronunciou o senador Pedro Simon que chorou muito comovido.

“Primeiro, precisamos registrar o pedido formal de desculpas por parte do Estado brasileiro, mas também quero agradecer ao governo pelos esforços envidados na exumação do corpo de Goulart e na recuperação da homenagens especiais feitas a este chefe de Estado, recentemente.

Não houve no país alguém com uma trajetória tão curta e tão celebrada quanto Goulart. Ele teve uma vida marcada pela coerência, sempre ao lado do povo brasileiro e dos trabalhadores”, observou o senador Randolfe Rodrigues, que também chorou emocionado.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE GAYS, LÉSBICAS E TRANSGÊNEROS LANÇA NOTA DE INDIGNAÇÃO

NOTA OFICIAL DE INDIGNAÇÃO DA ABGLT – PLC 122/2006

Nota Oficial de Indignação da ABGLT contra a postura dos fundamentalistas na reunião da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado no dia 20/11/2013

“O que me preocupa não é nem o grito dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.” Martin Luther King.

A forma como um restrito grupo de fundamentalistas no Congresso Nacional está reagindo ao Projeto de Lei da Câmara nº 122/2006 que apenas acrescenta orientação sexual e identidade de gênero como motivos de discriminação e que visa simplesmente combater o ódio, a intolerância e a violência dos quais a comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) tem sido vítima no Brasil é de uma extrema insensibilidade.O Projeto diz “Art. 1º A ementa da Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, passa a vigorar com a seguinte redação:“Define e pune os crimes de ódio e intolerância resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, origem, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gênero ou condição de pessoa idosa ou com deficiência.”Esse mesmo grupo de parlamentares fundamentalistas deve ser responsabilizado pelas mortes, pela violência e pelas discriminações que fazem vítimas de milhares de brasileiras e brasileiros todos os anos.Para citar apenas dados oficiais contidos nos Relatórios Sobre a Violência Homofóbica no Brasil, elaborados pelo governo federal, o Relatório de 2011 registrou 6.809 violações contra a população LGBT nos seguintes serviços apenas naquele ano: Disque Direitos Humanos (Disque 100), Ligue 180, Disque Saúde e a Ouvidoria do Sistema Único de Saúde, mais 278 assassinatos identificados por meio do monitoramento dos meios de comunicação. Segundo o Relatório de 2012, foram reportadas 27,34 violações de direitos humanos de caráter homofóbico por dia no Brasil. A cada dia 13,29 pessoas foram vítimas de violências homofóbicas reportadas no país. Houve 9.982 denúncias de violações dos direitos humanos de pessoas LGBT, um aumento de 46,6% em comparação com 2011. Também foram identificados 310 assassinatos..Houve, entre os parlamentares fundamentalistas, quem afirmou hoje que a aprovação do PLC 122/2006 seria um incentivo à pedofilia. A Classificação Internacional de Doenças (CID 10) da Organização Mundial da Saúde, item F65.4, define a pedofilia como “Preferência sexual por crianças, quer se trate de meninos, de meninas ou de ambos, geralmente pré-púberes”. Fazer afirmações que vinculam a pedofilia à homossexualidade é mais um exemplo de como os fundamentalistas semeiam o ódio contra as pessoas LGBT por meio de inverdades.O que transparece na atuação dos fundamentalistas no Congresso Nacional é que obstruem, fazem manobras e impedem a aprovação do PLC 122/2006 porque veem nele uma ameaça à sua própria prática de segregação discriminatória e difamatória das pessoas LGBT. Neste sentido, a ABGLT vem pedir àqueles parlamentares do Congresso Nacional que hoje se ausentaram do processo de votação, que se posicionem, votando favorável ou contrário ao combate à violência e à discriminação. Chega de hipocrisia. Nós não podemos aguardar mais. O projeto de lei em questão tramita há 12 anos – neste período de inércia e omissão por parte do Congresso Nacional, estimadas 4055 pessoas LGBT foram assassinadas no Brasil, segundo o Grupo Gay da Bahia, e segundo os Relatórios de 2011 e 2012 acima citados, apenas por serem LGBT, e os perpetradores destes crimes na sua maioria gozam da impunidade. Parlamentares que se colocam como defensores/as dos direitos humanos e da igualdade preconizada pela Constituição Federal não podem se esquivar de sua obrigação de votar a matéria – não é aceitável que se ausentem das votações. Se não querem representar na hora que for preciso parte da população que os elegeu, é melhor que se renunciem de seus mandatos. A cidadania plena e os direitos humanos não são objetos de barganha em negociações políticas e tampouco algo que se deixe de lado quando convém, por medo de perder votos nas próximas eleições. Todos somos cidadãos com direitos iguais, inclusive o direito de sermos representados inequivocamente nas instâncias legislativas.Este povo fundamentalista não quer diálogo, este povo quer transformar o Brasil em uma ditadura fundamentalista que faz acepção a quem não siga seus dogmas. Este povo perdeu os valores: semeia o ódio contra a população LGBT. Basta ver conteúdos de determinados programas de televisão apresentados por pastores fundamentalistas, sem falar da vergonhosa Comissão da Câmara dos Deputados que não é digna do nome de Direitos Humanos e Cidadania.Agora até querem interferir na atuação do Supremo Tribunal Federal, como é o caso da PEC 99/2011, que permitiria que as associações religiosas tivessem a capacidade para propor ação de inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade de leis ou atos normativos. Uma proposição dessa natureza é um acinte à cidadania, uma ameaça à essência da democracia.Este povo não entende o significado de democracia, apenas quer impor a teocracia.Este povo dissemina inverdades para mobilizar seus fiéis contra a população LGBT. Este povo se utiliza do nome de Deus para iludir e enganar seguidores ingênuos para se enriquecer ilicitamente. Este sim é o mal maior por trás da fachada da falsa cruzada dessas pessoas que pregam o fundamentalismo. Transparência já nas contas das igrejas no Brasil, qualquer seja sua denominação!Está na hora de aprovar no Brasil legislação que desincompatibilize o exercício concomitante de pastor e parlamentar, como já ocorre no México, por exemplo, pelo evidente fato do conflito de interesses entre as convicções religiosas e a laicidade do estado que deveria caracterizar a atuação de quem legisla em nome dele.Acorde Brasil! Veja o paralelo entre o avanço do fundamentalismo no Brasil e o surgimento do fascismo no século passado, que culminou nas atrocidades da 2ª Guerra Mundial e no genocídio das populações perseguidas pelos fascistas (inclusive a população LGBT). Nas palavras do Frei Beto “a postura do movimento político no meio evangélico fundamentalista é comparável com o surgimento dos regimes nazista e fascista na Europa do século XX”

Carlos MagnoPresidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT

A MURALHA DA REFORMA POLÍTICA SÃO AS REPRESENTAÇÕES DOS EMPRESÁRIOS, RURALISTAS E EVANGÉLICOS QUE DEFENDEM O FINANCIAMENTO PRIVADO

Falar em reforma política para uma grande parte dos representantes do Congresso Nacional é quase heresia. Ofende a dogmática dos que são eleitos com apoio direto dos que só acreditam em seus interesses. Nunca são eleitos com o olhar na democracia. A homonoia, a identificação do pensamento, e a homologia, a identificação do diálogo, que são os sustentáculos da democracia, estão fora dos propósitos desses indiferentes. Por tal, quando falam em democracia é com a atenção voltada para os privilégios de seus patrocinadores que são os mesmos que os seus.

Em verdade, trata-se de mandato comercial. O deputado é apenas pau-mandado ou capacho do patrão, seja financiamento empresarial ou financiamento pseudo religioso. Visto que religião não tem qualquer ligação com Poder Legislativo ou Executivo. O ser religioso transcende as notas terrenas – capital-teológico – dos partidos políticos. Tudo não passa de trapaça. Mas vá perguntar para esses calculistas, o que é transcender. Alguns deputados embora sejam apenas representantes dos grandes empresários, não participem de seus lucros a não ser como forma de apoio financeiro, entretanto se sentem ligados a eles por ambição capitalista. O mesmo ocorre com deputados que são financiados pelos latifundiários que não são ruralistas, mas se sentem como grandes proprietários de terras por cobiça fundiária. E os chamados deputados evangélicos, que não são donos das igrejas, mas se sentem sócios delas, mesmo acreditando que não existe nenhum deus além do deus-capital. Para esses, a salvação é na terra mesmo. Se houver paraíso, depois isso já é outro negócio. Acreditam que saberão enfrentar o verdadeiro Deus. Há quem acredite. Na verdade todos não passam de uns brutos.

Nessa situação, a reforma política que se pretende no Congresso Nacional, e que é aspiração da sociedade brasileira, encontra diante de si uma verdadeira muralha de interesses privados construídos pelas bancadas dos empresários, ruralistas e os ‘divinizados’ evangélicos com suas trapaças dogmáticas. Diante dessa muralha de interesses a indicação de financiamento público exclusivo para campanha eleitoral que deve ser incluída no anteprojeto de lei da reforma política pode ser reprovada.

Diante dessa muralha é provável que surja uma decisão que vai fundir as duas posições que tratam do financiamento privado e do financiamento público. Que apareceria como uma maneira de levar a decisão do anteprojeto de lei da reforma política para outras eleições que ocorrerão no futuro posterior à vindoura.

Essa a posição do deputado que simula ser esquerda quando está mais para PSDB, Candido Vaccarezza do Partido dos Trabalhadores de São Paulo.

“Infelizmente não adianta. A minha avaliação é que a proposta do PT de financiamento público exclusivo é amplamente minoritária. Já avisei a todos que o partido não ganhará esta parada”, disse o engraçado deputado.

Diferenciando-se do engraçado deputado, o líder do PT no Senado, Wellington Dias (PT/PI), acredita que é preciso articulação com outros parlamentares para a proposta do financiamento público seja aprovada.

“O modelo atual permite a compra de mandatos, em especial no legislativo. Precisamos nos articular junto aos parlamentares e trabalhar para que seja aprovada essa mudança”, afirmou Dias.

Como já era esperado, a Câmara Federal aprovou no dia 16, uma minirreforma que não reforma nada. E que segundo alguns deputados mais comprometidos democraticamente é apenas um arremedo. Por exemplo, a proibição de muros particulares. Inutilidade. Por essa dissimulação eleitoral, a deputada Manuela D’Avila (PCdoB/RG), disse que tratasse de uma “maquiagem”.

“Essa minirreforma tira as pessoas das ruas, mas não desaparece com o dinheiro que virá de mais e mais lugares de que desconhecemos”, observou a deputada.

CÂMARA REJEITA TEXTO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO DO SENADO E CASA VOTA PROJETO ORIGINAL

Após uma longa discussão com vários desentendimentos a Câmara dos Deputados decidiu a rejeição do texto escolhido pelo senado que prevê o repasse de 75% para educação pública e 25% para saúde pública. Mesmo com a votação do texto como um todo ainda poderão ser votados os destaques.

O governo entende que o texto aprovado ontem possui dispositivos que podem ser questionados em judice e impedir que a verba seja repassada integralmente para a saúde e a educação. Além disto o governo desejava que todo os royalties fosse destinados a educação.

O texto aprovado pelos deputados estabelece a obrigatoriedade a aplicação dos recursos dos royalties na educação e na saúde pela União, estados e municípios, além de determinar que 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal sejam aplicados na educação até que se atinja o percentual de 10% do Produto Interno Bruto (PIB).

Com a aprovação dos deputados, a parte da União em contratos que estão em vigor também passa a ser aplicada exclusivamente nas duas áreas. 

Senado aprova PEC original e reduz número de suplente

da Agência Brasil

O Senado aprovou hoje (10) a proposta de emenda à Constituição que muda as regras para suplência de senador. O texto aprovado proíbe que os suplentes sejam parentes em primeiro e segundo grau ou por adoção ou ainda cônjuges dos senadores titulares. Também reduz de dois para um o número de suplentes de senador.

O substitutivo à proposta original apresentado ontem (9) pelo senador Luiz Henrique (PMDB-SC) foi rejeitado e os senadores decidiram retomar hoje a votação do texto original.

O substitutivo rejeitado estabelecia que, em caso de vacância do cargo, o suplente seria convocado apenas para assumir temporiamente o cargo até que o novo titular fosse eleito nas eleições mais próximas. Mas o trecho gerou polêmica na sessão de ontem e foi o principal fator para a rejeição da proposta do senador Luiz Henrique.

Com o texto original, as regras em caso de vacância permanecem como as atuais O suplente assume até o fim do mandato de 8 anos. Atualmente, 16 senadores em exercício no mandato são suplentes. Eles substituem senadores que morreram, que exercem cargos no Poder Executivo ou que foram cassados.

A votação da PEC nesta quarta-feira, com a retomada do texto original, ocorreu após reunião dos líderes partidários com o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Diante de um novo acordo em torno da proposta original, o texto foi aprovado com 60 votos favoráveis, um contrário e uma abstenção.

Apesar de se tratar de emenda constitucional, cujo rito de aprovação exige cinco etapas de discussão antes da votação em primeiro turno e mais três antes do segundo turno, os senadores fizeram acordo para que o texto fosse aprovado em duas votações na mesma sessão. A PEC agora seguirá para apreciação da Câmara dos Deputados.

MOÇÃO DE REPÚDIO AOS VIOLADORES AMERICANOS É APROVADA PELA CÂMARA, COM 86 VOTOS CONTRA A DIGNIDADE

Após corroboradas as denúncias de que os Estados Unidos monitoram a liberdade dos brasileiros a partir do monitoramento de dados pessoais que eram da privacidade de cada brasileiro, a Câmara dos Deputados organizou a partir do pedido de Deputado José Guimarães uma moção de repúdio aos Estados Unidos e pela soberania brasileira.

O sítio companheiro Tijolaço publicou (tornou público) a relação do voto dos deputados e a moção de repúdio à espionagem norte-americana. Na lista de votação vemos que dentre os deputados 86 deles votaram contra a moção, mostrando que não se preocupam com a violação da privacidade de todos os cidadãos brasileiros em seus dados pessoais, de internet, e-mails, histórico, etc.

Dos parlamentares amazonenses o único que votou favoravelmente ao povo brasileiro foi o deputado Francisco Praciano do Partido dos Trabalhadores.

MOÇÃO DE REPÚDIO

Nós, parlamentares da Câmara dos Deputados da República Federativa do Brasil, MANIFESTAMOS:

O nosso repúdio à espionagem e o monitoramento de bilhões de e-mails, telefonemas e dados de empresas e cidadãos brasileiros, bem como do governo

do Brasil, supostamente realizados por agências de inteligência dos Estados Unidos da América, que violam direitos de empresas e cidadãos brasileiros

e atentam contra a soberania nacional.

Ao mesmo tempo, externamos o nosso apoio às iniciativas do Estado brasileiro, que pretende levar este

grave caso à consideração da Organização das Nações Unidas (ONU) e da União Internacional das Telecomunicações (UIT).

Declaramos, ademais, nossa concordância com as iniciativas destinadas a criar uma agência multilateral, no âmbito do sistema das Nações Unidas, para gerir e regulamentar a rede mundial de computadores, poderoso instrumento de uso compartilhado da humanidade.

Por último, externamos a nossa apreensão com a segurança do cidadão norte-americano Edward Snowden, que está refugiado, há dias, no aeroporto de Moscou.

Parlamentar UF Voto
DEM
Abelardo Lupion PR Não
Alexandre Leite SP Não
Augusto Coutinho PE Não
Claudio Cajado BA Não
Davi Alcolumbre AP Não
Eli Correa Filho SP Não
Fábio Souto BA Sim
Jairo Ataíde MG Não
Jorge Tadeu Mudalen SP Não
Júlio Campos MT Não
Luiz de Deus BA Não
Major Fábio PB Sim
Mandetta MS Não
Mendonça Filho PE Não
Mendonça Prado SE Sim
Onyx Lorenzoni RS Não
Paulo Cesar Quartiero RR Não
Professora Dorinha Seabra Rezende TO Sim
Rodrigo Maia RJ Não
Ronaldo Caiado GO Não
Total DEM: 20   
PCdoB
Alice Portugal BA Sim
Chico Lopes CE Sim
Daniel Almeida BA Sim
Delegado Protógenes SP Sim
Evandro Milhomen AP Sim
Jandira Feghali RJ Sim
Jô Moraes MG Sim
Luciana Santos PE Sim
Manuela D`Ávila RS Sim
Osmar Júnior PI Sim
Perpétua Almeida AC Sim
Total PCdoB: 11   
PDT
André Figueiredo CE Sim
Ângelo Agnolin TO Sim
Damião Feliciano PB Sim
Dr. Jorge Silva ES Sim
Enio Bacci RS Sim
Félix Mendonça Júnior BA Sim
Flávia Morais GO Sim
Giovani Cherini RS Sim
Giovanni Queiroz PA Sim
João Dado SP Sim
Manato ES Sim
Marcelo Matos RJ Sim
Marcos Medrado BA Sim
Marcos Rogério RO Sim
Mário Heringer MG Sim
Miro Teixeira RJ Sim
Oziel Oliveira BA Sim
Paulo Rubem Santiago PE Sim
Reguffe DF Sim
Salvador Zimbaldi SP Sim
Sueli Vidigal ES Sim
Vieira da Cunha RS Sim
Weverton Rocha MA Sim
Wolney Queiroz PE Sim
Total PDT: 24   
PEN
Fernando Francischini PR Sim
Nilmar Ruiz TO Sim
Total PEN: 2   
PHS
José Humberto MG Sim
Total PHS: 1   
PMDB
Adrian RJ Sim
Akira Otsubo MS Sim
Alberto Filho MA Sim
Alceu Moreira RS Sim
Alexandre Santos RJ Sim
André Zacharow PR Sim
Aníbal Gomes CE Obstrução
Arthur Oliveira Maia BA Sim
Asdrubal Bentes PA Sim
Benjamin Maranhão PB Sim
Camilo Cola ES Sim
Celso Jacob RJ Sim
Celso Maldaner SC Sim
Darcísio Perondi RS Não
Edinho Araújo SP Sim
Edinho Bez SC Sim
Edio Lopes RR Não
Eduardo Cunha RJ Sim
Elcione Barbalho PA Sim
Fabio Reis SE Sim
Fabio Trad MS Sim
Fátima Pelaes AP Sim
Fernando Jordão RJ Não
Flaviano Melo AC Sim
Gabriel Chalita SP Sim
Genecias Noronha CE Sim
Henrique Eduardo Alves RN Art. 17
Hermes Parcianello PR Sim
Íris de Araújo GO Sim
João Arruda PR Sim
João Magalhães MG Sim
Júnior Coimbra TO Sim
Leandro Vilela GO Sim
Leonardo Quintão MG Sim
Lucio Vieira Lima BA Não
Luiz Pitiman DF Sim
Manoel Junior PB Sim
Marçal Filho MS Não
Marcelo Almeida PR Não
Marcelo Castro PI Sim
Marinha Raupp RO Sim
Mário Feitoza CE Sim
Marllos Sampaio PI Sim
Mauro Benevides CE Sim
Mauro Mariani SC Não
Nilda Gondim PB Sim
Odílio Balbinotti PR Sim
Osmar Serraglio PR Sim
Osmar Terra RS Não
Osvaldo Reis TO Sim
Pedro Chaves GO Sim
Pedro Novais MA Sim
Professor Setimo MA Sim
Raul Henry PE Sim
Renan Filho AL Sim
Rogério Peninha Mendonça SC Sim
Ronaldo Benedet SC Sim
Rose de Freitas ES Sim
Saraiva Felipe MG Sim
Silas Brasileiro MG Não
Valdir Colatto SC Não
Washington Reis RJ Sim
Wilson Filho PB Sim
Wladimir Costa PA Não
Total PMDB: 64   
PMN
Dr. Carlos Alberto RJ Sim
Francisco Tenório AL Não
Jaqueline Roriz DF Não
Total PMN: 3   
PP
Afonso Hamm RS Sim
Arthur Lira AL Não
Beto Mansur SP Sim
Dilceu Sperafico PR Não
Esperidião Amin SC Não
Gladson Cameli AC Sim
Iracema Portella PI Não
Jair Bolsonaro RJ Não
Jerônimo Goergen RS Não
João Leão BA Sim
José Linhares CE Sim
Lázaro Botelho TO Não
Luis Carlos Heinze RS Não
Luiz Fernando Faria MG Não
Missionário José Olimpio SP Não
Nelson Meurer PR Sim
Renato Andrade MG Não
Renzo Braz MG Não
Roberto Balestra GO Não
Roberto Britto BA Não
Roberto Teixeira PE Não
Sandes Júnior GO Não
Vilson Covatti RS Não
Waldir Maranhão MA Sim
Total PP: 24   
PPS
Arnaldo Jordy PA Sim
Augusto Carvalho DF Sim
Carmen Zanotto SC Sim
Humberto Souto MG Sim
Roberto Freire SP Sim
Rubens Bueno PR Sim
Sandro Alex PR Sim
Simplício Araújo MA Sim
Stepan Nercessian RJ Sim
Total PPS: 9   
PR
Aelton Freitas MG Sim
Anderson Ferreira PE Sim
Anthony Garotinho RJ Sim
Aracely de Paula MG Sim
Bernardo Santana de Vasconcellos MG Não
Davi Alves Silva Júnior MA Sim
Francisco Floriano RJ Sim
Giacobo PR Sim
Goiaciara Cruz TO Sim
Gorete Pereira CE Sim
Henrique Oliveira AM Não
Jaime Martins MG Sim
Jorginho Mello SC Sim
Lincoln Portela MG Sim
Lúcio Vale PA Sim
Manuel Rosa Neca RJ Sim
Maurício Quintella Lessa AL Não
Milton Monti SP Sim
Paulo Feijó RJ Sim
Paulo Freire SP Não
Tiririca SP Sim
Vicente Arruda CE Abstenção
Wellington Roberto PB Sim
Zoinho RJ Sim
Total PR: 24   
PRB
Acelino Popó BA Sim
Antonio Bulhões SP Sim
Cleber Verde MA Sim
Jhonatan de Jesus RR Sim
Márcio Marinho BA Sim
Oliveira Filho PR Sim
Otoniel Lima SP Sim
Vilalba PE Sim
Vitor Paulo RJ Sim
Total PRB: 9   
PRP
Chico das Verduras RR Sim
Jânio Natal BA Não
Total PRP: 2   
PSB
Alexandre Roso RS Sim
Antonio Balhmann CE Sim
Ariosto Holanda CE Sim
Beto Albuquerque RS Sim
Edson Silva CE Sim
Fernando Coelho Filho PE Abstenção
Givaldo Carimbão AL Sim
Glauber Braga RJ Sim
Isaias Silvestre MG Sim
Janete Capiberibe AP Sim
Jose Stédile RS Sim
Júlio Delgado MG Não
Keiko Ota SP Sim
Leopoldo Meyer PR Sim
Luiza Erundina SP Sim
Márcio França SP Sim
Pastor Eurico PE Sim
Paulo Foletto ES Não
Romário RJ Sim
Severino Ninho PE Sim
Valadares Filho SE Sim
Total PSB: 21   
PSC
Andre Moura SE Não
Costa Ferreira MA Não
Deley RJ Não
Hugo Leal RJ Sim
Lauriete ES Não
Nelson Padovani PR Não
Pastor Marco Feliciano SP Não
Professor Sérgio de Oliveira PR Sim
Takayama PR Não
Zequinha Marinho PA Não
Total PSC: 10   
PSD
Ademir Camilo MG Não
Armando Vergílio GO Sim
Arolde de Oliveira RJ Não
Átila Lins AM Não
Carlos Souza AM Não
César Halum TO Não
Danrlei De Deus Hinterholz RS Não
Diego Andrade MG Sim
Dr. Paulo César RJ Sim
Edson Pimenta BA Sim
Eduardo Sciarra PR Não
Eleuses Paiva SP Não
Felipe Bornier RJ Sim
Fernando Torres BA Não
Geraldo Thadeu MG Sim
Guilherme Campos SP Não
Hélio Santos MA Não
Hugo Napoleão PI Não
Jefferson Campos SP Não
João Lyra AL Não
José Carlos Araújo BA Não
Júlio Cesar PI Não
Liliam Sá RJ Sim
Manoel Salviano CE Não
Marcos Montes MG Sim
Onofre Santo Agostini SC Não
Paulo Magalhães BA Sim
Pedro Guerra PR Sim
Ricardo Izar SP Sim
Roberto Santiago SP Sim
Sergio Zveiter RJ Não
Walter Ihoshi SP Não
Total PSD: 32   
PSDB
Alexandre Toledo AL Sim
Alfredo Kaefer PR Não
Andreia Zito RJ Abstenção
Antonio Carlos Mendes Thame SP Abstenção
Antonio Imbassahy BA Abstenção
Bonifácio de Andrada MG Sim
Bruna Furlan SP Sim
Carlos Brandão MA Sim
Carlos Sampaio SP Sim
Duarte Nogueira SP Abstenção
Dudimar Paxiuba PA Sim
Eduardo Azeredo MG Abstenção
Eduardo Barbosa MG Sim
Emanuel Fernandes SP Sim
Izalci DF Sim
João Campos GO Sim
Jutahy Junior BA Abstenção
Luiz Carlos AP Sim
Luiz Nishimori PR Sim
Mara Gabrilli SP Sim
Marcio Bittar AC Sim
Marco Tebaldi SC Sim
Marcus Pestana MG Sim
Nelson Marchezan Junior RS Abstenção
Nilson Leitão MT Abstenção
Nilson Pinto PA Sim
Otavio Leite RJ Sim
Paulo Abi-Ackel MG Sim
Pinto Itamaraty MA Sim
Plínio Valério AM Não
Raimundo Gomes de Matos CE Sim
Reinaldo Azambuja MS Não
Rodrigo de Castro MG Sim
Ruy Carneiro PB Sim
Urzeni Rocha RR Sim
Vanderlei Macris SP Sim
Vaz de Lima SP Abstenção
Wandenkolk Gonçalves PA Sim
William Dib SP Abstenção
Total PSDB: 39   
PSL
Dr. Grilo MG Sim
Total PSL: 1   
PSOL
Chico Alencar RJ Sim
Ivan Valente SP Sim
Total PSOL: 2   
PT
Afonso Florence BA Sim
Alessandro Molon RJ Sim
Amauri Teixeira BA Sim
Andre Vargas PR Sim
Anselmo de Jesus RO Sim
Arlindo Chinaglia SP Sim
Artur Bruno CE Sim
Assis Carvalho PI Sim
Assis do Couto PR Sim
Benedita da Silva RJ Sim
Beto Faro PA Sim
Biffi MS Sim
Bohn Gass RS Sim
Cândido Vaccarezza SP Sim
Carlos Zarattini SP Sim
Cláudio Puty PA Sim
Dalva Figueiredo AP Sim
Devanir Ribeiro SP Sim
Dr. Rosinha PR Sim
Fernando Ferro PE Sim
Fernando Marroni RS Sim
Francisco Chagas SP Sim
Francisco Praciano AM Sim
Gabriel Guimarães MG Sim
Geraldo Simões BA Sim
Henrique Fontana RS Sim
Iara Bernardi SP Sim
Iriny Lopes ES Sim
Janete Rocha Pietá SP Sim
João Paulo Lima PE Sim
Jorge Bittar RJ Sim
José Genoíno SP Sim
José Guimarães CE Sim
Josias Gomes BA Sim
Leonardo Monteiro MG Sim
Luci Choinacki SC Sim
Luiz Alberto BA Sim
Luiz Couto PB Sim
Luiz Sérgio RJ Sim
Márcio Macêdo SE Sim
Marco Maia RS Sim
Marcon RS Sim
Margarida Salomão MG Sim
Nazareno Fonteles PI Sim
Nelson Pellegrino BA Sim
Newton Lima SP Sim
Nilmário Miranda MG Sim
Odair Cunha MG Sim
Padre João MG Sim
Padre Ton RO Sim
Paulão AL Sim
Paulo Ferreira RS Sim
Paulo Pimenta RS Sim
Paulo Teixeira SP Sim
Pedro Eugênio PE Sim
Pedro Uczai SC Sim
Policarpo DF Sim
Reginaldo Lopes MG Sim
Ricardo Berzoini SP Sim
Rogério Carvalho SE Sim
Sibá Machado AC Sim
Taumaturgo Lima AC Sim
Valmir Assunção BA Sim
Vander Loubet MS Sim
Vanderlei Siraque SP Sim
Vicente Candido SP Sim
Vicentinho SP Sim
Weliton Prado MG Sim
Zé Geraldo PA Sim
Zezéu Ribeiro BA Sim
Total PT: 70   
PTB
Alex Canziani PR Sim
Antonio Brito BA Sim
Arnaldo Faria de Sá SP Não
Arnon Bezerra CE Sim
José Augusto Maia PE Sim
Josué Bengtson PA Sim
Jovair Arantes GO Sim
Magda Mofatto GO Sim
Nelson Marquezelli SP Sim
Nilton Capixaba RO Sim
Ronaldo Nogueira RS Sim
Sérgio Moraes RS Não
Silvio Costa PE Sim
Total PTB: 13   
PTdoB
Lourival Mendes MA Sim
Luis Tibé MG Sim
Total PTdoB: 2   
PV
Alfredo Sirkis RJ Sim
Antônio Roberto MG Sim
Eurico Júnior RJ Sim
Fábio Ramalho MG Sim
Henrique Afonso AC Sim
Penna SP Sim
Roberto de Lucena SP Sim
Rosane Ferreira PR Sim
Total PV: 8   
S.Part.
Jorge Boeira SC Sim
Total S.Part.: 1   

CÂMARA APROVA A EXTINÇÃO DA MULTA DE 10% DO FGTS

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, com 315 votos favoráveis, 95 contrários e 1 abstenção, um projeto que extingue a contribuição social de 10% sobre o saldo total do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Este valor é pago quando os empregadores demitem seus funcionários sem justa causa. O projeto agora segue agora à sanção presidencial.

Foram encaminhados contrários à aprovação as bancadas do PT, PCdoB e PSOL, os demais partidos votaram pela aprovação da proposta. A contribuição  criada em 2001  visava prover o FGTS de recursos compensando assim as perdas nas contas individuais dos trabalhadores derivadas dos expurgos na correção monetária feitas pelos planos Verão e Collor, entre dezembro de 1988 a maio de 1990. Os 10% se destinavam a cobrir déficits no FGTS e portanto não iam para o trabalhador e sim para o fundo como um todo. Desta forma a medida não afeta os trabalhadores.

Com o provável fim da cobrança o empregador apenas depositará 40% do saldo do FGTS do trabalhador, a chamada multa rescisória. A presidenta Dilma terá 15 dias para sancionar a lei ou fazer algum veto no texto.

CÂMARA ARQUIVA PROJETO DE CURA GAY E FELICIANO NÃO CONSEGUIRÁ NESTE ANO A CURA QUE DESEJAVA

A Câmara dos Deputados aprovou o requerimento do autor da proposta conhecida como cura gay que faria com que, através de mudança de resolução do Conselho Federal de Psicologia, os psicólogos pudessem curar os homoafetivos. Este processo é uma tentativa de mudança na semiótica psicológica ao criar um falso entendimento (e anticientífico) de que a escolha sexual é uma doença.

O arquivamento foi pedido através da aprovação do requerimento, apresentado pelo autor da proposta, o deputado ultraconservador tucano João Campos , e implica na não reapresentação desta matéria no plenário até o fim deste ano.

O projeto derruba a aplicação de dispositivos de uma resolução do Conselho

Todos os partidos encaminharam favoravelmente à aprovação do requerimento, a exceção foi o PSOL que encaminhou contrário à proposta por entender que a proposta deveria ser votada para que não mais pudesse ser apresentada durante a legislatura que termina em 2015.

O deputado Jean Wyllys afirmou  com seu arretamento bahiano de que “o projeto deveria ir para o lixo, de onde nunca deveria ter saído”. O presidente da Câmara, dep. Henrique Eduardo Alves , criticou a proposta, mas se contradisse ao vangloriar autor do projeto: “Ao nosso ver, o projeto é preconceituoso, é inconveniente, é inoportuno. E esta Casa não gostaria de vê-lo aprovado. Eu quero enaltecer que ele [João Campos] foi sensível às reclamações das ruas em relação ao projeto”.

 

Líderes partidários podem decidir sobre plebiscito na terça-feira da próxima semana

da Agência Brasil

O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e os líderes partidários marcaram para terça-feira (9) da próxima semana uma reunião para deliberar sobre fazer ou não o plebiscito sobre a reforma política. Ficou acertado que os líderes vão se reunir com as respectivas bancadas para se posicionar em relação à convocação do plebiscito. Alves pediu aos líderes que apresentem suas propostas relacionadas ao conteúdo das perguntas para a consulta popular.

Os contrários à consulta defenderam a criação de um grupo de trabalho para em 90 dias apresentar um relatório de consenso sobre a reforma política para ser votada pelo Congresso. Na reunião de hoje (2), de acordo com Henrique Alves, a maioria dos líderes se manifestou a favor do plebiscito “por uma margem apertada, mas se manifestou”, disse.

“Eu não quero correr o risco de o plebiscito ser inviabilizado pela materialidade legal, por não ter consensos e que esta Casa perca a oportunidade, mais uma vez, de fazer a reforma política. Mas quero uma carta de seguro. Se o plebiscito se inviabilizar, não vamos deixar esse vácuo de novo”, disse Henrique Alves.

Segundo o presidente da Câmara, se o plebiscito for inviabilizado a outra opção seria a criação de um grupo de trabalho para em 90 dias elaborar uma proposta de reforma política para ser aprovada. “Eu estou apenas criando um paralelo, uma alternativa, um caminho outro para que se o plebiscito não caminhar, nós tenhamos um outro caminho a percorrer que seria o projeto aprovado por esta Casa”.

Henrique Alves destacou que o prazo de 70 dias que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pediu pode dificultar a aprovação da reforma política. “Vamos ver se se ajusta no tempo e no tema. Se não acontecer, eu não vou deixar esse vazio. Fica muito apertado para valer toda a discussão, até definir itens. Só a questão do voto distrital, misto, puro, cada item tem dois, três subitem. É uma pauta extensa, tecnicamente complicada. Vai ter sim um projeto de reforma, vou lutar por isso todos os dias”.

O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), declarou que não só os partidos de oposição, mas alguns aliados do governo se posicionaram a favor da aprovação da reforma política e de fazer um referendo sobre a matéria no segundo turno das eleições do ano que vem. “Plebiscito é uma forma de golpe, nós queremos que seja respeitado o calendário eleitoral. Tem dificuldade para votar. A reforma é como uma seleção de futebol. Cada cabeça pensa de forma diferente. Daí cada um ter a sua proposta de reforma”, disse Bueno.

O líder do PT, deputado José Guimarães (CE), informou que na semana que vem as lideranças partidárias vão deliberar se fazem o plebiscito ou se criam um grupo de trabalho para elaborar uma proposta de reforma política para ser aprovada. “Vamos deliberar um caminho ou outro: fazer o plebiscito, quando e em que condições de mérito. Alternativa dois, fazemos a reforma política com referendo, ou até colocar o plebiscito em 2014. O que a Câmara está discutindo é ver qual é o melhor caminho, como modular isso é a discussão”, declarou.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.814 hits

Páginas

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos