Archive for the 'Futebol' Category

TITE FOI UM PROFETA: SUA SELEÇÃO DE PERNAS DE PAU NÃO VAI PARA BRASÍLIA HOMENAGEAR TEMER. HEXA VEZ NÃO DEU.

Produção Afinsophia

 Só os maias iludidos acreditavam que  a seleção de dos marqueteiros Tite e Neymar poderia ser hexa campeã. É certo que essa ilusão também também recebeu forte aporte dos delirantes comentaristas e narradores do futebol capitalizado. Ninguém tratou do caso de Tite, com sua ética, depois de afirmar que era contra corrupção aceitou de chofre o pedido da corrupta CBF. E não percebeu o comportamento embusteiro de Neymar. Um caso a ser tratado pela psicanálise e não por opinião irracionais de comentaristas-capitalizados-alienado.

    O certo mesmo é que a Seleção Belga mostrou o principio de realidade aos que estavam inebriados pela força dominante psicodélica da sociedade de consumo. Berço onde Neymar se refugia sempre. Até quando se encontra em campo caído em posição regressiva-fetal.

     O princípio de realidade promovido pelos belgas ( antes se chamava os ‘bélgicos’ ) desespera os inebriados, os que só existem na fantasia promovida pela mistificação isolacionista. Os que são incapazes de lutar por seus direito sociais e políticos. Os lunpem-torcedores. Os que a razão se encontra ausente.

     Valeu Seleção Belga por levar os reificados torcedores de encontro ao princípio de realidade.

POR TER CHEGADO ÀS QUARTAS, A FRANÇA VAI RECEBER UM PRÊMIO DE 15 MILHÕES DE EUROS. O CRAQUE MBAPPÉ, VAI DOAR SUA PARTE PARA AS CRIANÇAS CARENTES. TUDO QUE NEYMAR ‘FARIA’

   

Produção Afinsophia.     

           A seleção de futebol da França, que eliminou o time do craque Messi pelo escore de 4X3, vai receber um prêmio de 15 milhões de Euros por ter chegado às quartas de finais. Ao saber do tema, o craque Mbappé da seleção, afirmou, segundo o jornal L`Equipe, que vai doar sua parte para o Premiers de Cordée, organização francesa que oferece atividades esportivas para crianças hospitalizadas e ações de conscientização sobre em ineficiências.

           O craque, de descendência africana, mostra para o mundo – embora não mude as estruturas do sistema capitalista – que o capital pode ser empregado para além do dogma maior do capitalismo que é o lucro acima de tudo. Sua decisão também toca em jogadores capitalizados, como os brasileiros, que o espírito maior é o capital. Como é o caso do firulero, Neymar que reificado pelo capital é o maior exemplo de jogador fetichizado pelo capital da sociedade de consumo de sentidos e mentes sujeitadas pelo buraco negro capital.

          

LEIA AS 19 PERGUNTAS DE EDUARDO CUNHA PARA TEMER ESCOLHIDO COMO UMA DE SUAS TESTEMUNHAS

Resultado de imagem para imagens de eduardo cunha com temer

Leia as perguntas que em seus corpos mostram, sem qualquer esforço de imaginação ou inteligência, que Temer tem participação clara nas tramas nocivas desencadeadas no Brasil pelos golpistas.

1) Em qual período Vossa Excelência foi Presidente do PMDB?
2) Quando da nomeação do senhor Moreira Franco como vice-presidente de Fundos e Loteria da Caixa Econômica Federal, Vossa Excelência exercia a Presidência do PMDB?
3) Vossa Excelência foi o responsável pela nomeação dele para Caixa? O pedido foi feito a quem?
4) Em 2010, quando o sr. Moreira Franco deixou a CEF para ir para a coordenação da campanha presidencial como representante do PMDB, Vossa Excelência indicou Joaquim Lima como seu substituto na referida empresa pública?
5) Vossa Excelência conhece a pessoa de André de Souza, representante dos Trabalhadores no Conselho no FI/FGTS à época dos fatos?
6) Vossa Excelência fez alguma reunião para tratar de pedidos para financiamento com o FI-FGTS junto com Moreira Franco e André de Souza?
7) Vossa Excelência conhece Benedito Júnior e Léo Pinheiro?
8) Participou de alguma reunião com eles e Moreira Franco para doação de campanha?
9) Se a resposta for positiva, estava vinculada a alguma liberação do FI-FGTS?
10) André da Souza participou dessas reuniões?
11) Vossa Excelência conheceu Fábio Cleto?
12) Se sim, Vossa Excelência teve alguma participação em sua nomeação?
13) Houve algum pedido político de Eduardo Paes, visando à aceleração do projeto Porto Maravilha para as Olimpíadas?
14) Tem conhecimento de oferecimento de alguma vantagem indevida, seja a Érica ou a Moreira Franco, seja posteriormente, para liberação de financiamento do FI/FGTS?
15) A denúncia trata da suspeita do recebimento de vantagens providas do consórcio Porto Maravilha (Odebrecht, OAS e Carioca), Hazdec, Aquapolo e Odebrecht Ambiental, Saneatins, Eldorado Participações, Lamsa, Brado, Moura Debeux, BR Vias. Vossa Excelência tem conhecimento, como presidente do PMDB até 2016, se essas empresas fizeram doações a campanhas do PMDB. Se sim, de que forma?
16) Sabe dizer se alguma delas fez doação para a campanha de Gabriel Chalita em 2012?
17) Se positiva a resposta, houve a participação de Vossa Excelência? A doação estava vinculada à liberação desses recursos da Caixa no FI/FGTS?
18) Como vice-presidente da República desde 2011, Vossa Excelência teve conhecimento da participação de Eduardo Cunha em algum fato vinculado a essa denúncia de cobrança de vantagens indevidas para liberação de financiamentos do FI/FGTS?
19) Joaquim Lima continuou como vice-presidente da Caixa Econômica Federal em outra área a partir de 2011 e está até hoje, quem foi o responsável pela sua nomeação?

 

BOTAFOGO DE GARRINCHA SE CLASSIFICA E ‘BOTAFOGO’, RODRIGO MAIA É DENUNCIADO PELA PF POR RECEBER 1 MILHÃO DA OAS

Resultado de imagem para imagens da torcida do botafogo no jogo de volta contra o colo-colo

Resultado de imagem para imagens do deputado rodrigo maia

 Na primeira, em seu estádio, o Fogão ganhou de 2×1 do Colo-Colo do Chile. Ontem ele foi ao Chile para a segunda partida. Precisava só do empate, mas logo no início do pebol seu zagueiro fez contra. Desespero de sua torcida estrela solitária que, na verdade, não tem nada de solitária.

  Veio a segunda etapa e o fogão – que fora durante a semana censurado pelos invejosos e coxinhas do pebol – não deu bola para o azar. Queria o empate de qualquer forma, mas não podia a reganhar a zaga, porque se o Colo-Colo faz mais um a vaca talvez fosse pru brejo. Mas vaca já havia voltado do brejo e não queria nem ouvir falar sobre o brejo.

    Foi então que lá para os 30 e tantos minutos, Pimpão, pimpou o arco do goleiro chileno. Loucura da galera que acompanhava no estadio do Fogão, lá Rio, e também, no estádio do Colo-Colo. Aí, não deu outra: os torcedores, inicialmente do time da casa, começaram a jogar objetos no campo, e a torcida do Fogão fez a tabelinha; também participou do lançamento de objetos. 

    Como diz o pedagogo Abdiel Moreno, resulta resultado: a partida foi paralisada para que os ânimos fossem acalmados. Tudo em ordem? Tudo. Então vamos a peleja. O juiz, para o desespero do time do Fogão e sua torcida, o juiz acresceu 7 minutos. Porém, Mané Garrincha estava presente: terminou a partida e o Fogão passou para segunda fase da Libertadores

     Enquanto isso, lá naquela cidade onde se encontram as piores representações das agremiações partidárias, inimigas da democracia, e compulsivas por grana pública, Brasília, foi anunciado que a Polícia Federal havia denunciado o Botafogo’, Rodrigo Maia por receber R$ 1 milhão da empresa OAS.

    O inquérito concluído pela Polícia Federal no âmbito da Lava Jato, teve como suporte as mensagens trocadas, pelos celulares do presidente da empresa, Leo Pinheiro e Rodrigo Maia, o ‘Botafogo’. A propina de R$ 1 milhão era para o ‘Botafogo’, defender os interesses da empresa OAS no Congresso.

     Como trata-se de uma Câmara Federal compostas de vários parlamentares acusados de corrupção, cúmplices de Eduardo Cunha na trama para assaltar o governo Dilma Vana Rousseff, eleita com mais de 54 milhões de votos democráticos, Rodrigo Maia, foi reconduzido ao cargo de presidente da Casa, posto resultante do golpe. Sua eleição contou com a ajuda de deputados do PT.

     Diante dos dois fatos, o torcedor-eleitor botafoguense rejeita o uso do nome de seu time em propineiro, e, em seguida, cai na comemoração garrincheira.

      Valeu, Fogão!

AVILTANTE O DELÍRIO DE TEMER, QUE POR MEDO DE VAIAS, QUER QUE FAMILIARES DOS JOGADORES DA CHAPE O ENCONTRE NO AEROPORTO. PAI SE REVOLTOU DIANTE DA INDIGÊNCIA DO GOLPISTA

Resultado de imagem para imagens da bandeira da chapecoense

Resultado de imagem para imagens de temer

  Não precisa ser filósofo nem psiquiatra para saber que, em relação à democracia, todo golpista é traspassado por corpos atavicamente patológicos. O que significa que eles não são instituídos de princípios ontológicos do mundo humano que torna todo estar-no-mundo, de cada indivíduo, reflexo da simpatia e da empatia universal. O compromisso histórico da Existência.

           Daí que não há que se esperar de golpista inteligência e ética em suas condutas. A inteligência que confirma a transformação contingente do existir em compromisso de escolha humana em liberdade, já que o homem é livre, com afirma o filósofo Sartre, para escolher sua existência comprometida e responsável por seu projeto histórico. Sabe-se que todo ser vivo é inteligente. E a demonstração maior é o seu conatus, seu perseverar na vida, como diz o filósofo Spinoza. Uma planta, uma formiga, todos às espécies, compõem suas vidas com outras vidas, e assim se mantém no processual natural.

         Porém, a inteligência humana, em função de sua produção cultural, passou a ser entendida como o que é apresentado como resultado de conhecimento institucional, como as determinadas pelas instituições de ensino, principalmente superior. Ledo despropósito, porque se trata de inteligência instrumental dirigida a um objetivo determinado pelo Estado através de suas instituições. O que não implica a vivência ética.

      Por isso se encontra pessoas inteligentes e éticas que não experimentaram qualquer escola, visto que ética não é um princípio derivado da prática de um curso. Embora seja possível se encontrar pessoas com curso superior com condutas éticas. O que não é o caso dos golpistas, já que a ética é prática composta com a inteligência. Inteligência e ética se constituem em um corpo só.

       O caso do golpista Temer é próprio de quem tem a inteligência concedida pela instituição universitária, divorciada da inteligência e da ética como vivência saída expressada como princípios ontológicos do mundo humano. Com medo de ser vaiado na cerimônia fúnebre aos jogadores da Chape, ele pediu que os familiares fossem encontrá-lo no aeroporto. Um delírio de grandeza que aviltou os familiares parentes dos mortos. Temer delira que é alguém de magna importância para o Brasil ao ponto de tentar ser ele o homenageado. Os familiares deveriam ir ao aeroporto para receber as honras dele. Logo ele, que é a figura mais detestada no Brasil atual. Claro que com coadjuvantes do mesmo naipe.

        Diante de tal aviltamento delirante, vários familiares se mostraram indignados, como foi o caso pai do zagueiro Felipe Machado, Osmar Machado.

       “Eu não vou de jeito nenhum. Ele que tem que vir aqui. Você acha que eu vou deixar o meu filho e vou lá dá um abraço nele só porque ele é presidente? Não eu não vou.

          Qual é a importância que vai um abraço nele para mim. Eu acho até uma falta de respeito dele ficar. Eu acho que ele teria que vir aqui participar, ficar aqui com nós. Agora o que ele tem de importante que ele vai esperar nós no aeroporto. Por que ele é presidente?

         Qual é o motivo que eu tenho para ir ao aeroporto? Receber um consolo dele? Eu acho o fim do mundo até esse tipo de… não estou acreditando que isso seja verdade”, analisou a situação aviltante Osmar Machado.

          Fatos não se comparam. Só os ingênuos fazem comparações. Porém, é possível fazer uso da imaginação. Por tal, não custa nada imaginar: se fosse Lula presidente?

 

BRASIL TÁ FORA! TEMER TREME, PORQUE COMO DIZEM OS PROFETAS DA DEMOCRACIA, UMA JUSTIÇA SEMPRE VEM ACOMPANHADA DE OUTRA

635917462329184370

A Seleção Brasileira de imitação de Futebol foi eliminada pela Seleção de Futebol do Peru pelo escore mínimo para os peruanos, mas escore máximo para os comandados por Marco Polo Dele Nero, presidente da CBF, e Dunga, falso técnico do time perna de pau.

A tal seleção de futebol tem uma relação estreita, por seus fracassos há anos, com o desgoverno golpista de Temer. Ela é o reflexo do que ocorre no corpo patológico da CBF. Dirigentes da entidade maior do futebol brasileiro, como seu presidente, estão arrolados em denúncias de corrupção pela Justiça dos Estados Unidos que prendeu um de seus ex-presidentes, José Maria Marin, denunciou outro ex-presidente, Ricardo Teixeira, e J, Hawilla, o personagem que intermediava contratos de transmissão de competições futebolísticas com canais de televisão como a Rede Globo. Todos participavam de um esquema de corrupção ligado com a Federação Internacional de Futebol (FIFA).

Diante dessa realidade futebolista patológica, há por parte da maioria da sociedade brasileira uma expectativa que a Justiça norte-americana apresente as provas da participação direta da Rede Globo no esquema de corrupção montado pela FIFA com a CBF. Quando se tornar fato divulgado pela Justiça norte-americana é certo que os rumos do futebol brasileiro podem mudar. A Rede Globo perderá o poder de monopolização nas transmissões futebolísticas. Será mais um corpo que fortalecerá a democracia nacional.

Diante desse quadro de corrupção que se reflete na eliminação da seleção brasileira, o povo brasileiro pode fazer um correlato com o desgoverno do golpista-mor Temer. Esse correlato pode seguir duas vertentes. Uma: o desgoverno é formado por inúmeros personagens, como o caso de ministros, denunciados em casos de corrupção pela Operação Lava Jato e outros com outras denúncias. O próprio Temer já teve seu nome divulgado em delação premiada. O presidente da CBF, não pode viajar para fora do Brasil pela acusação de membro do esquema de corrupção.

Duas: como o corpo do desgoverno foi contaminado por personagens envolvidos em casos de denúncias criminais, fica patente que ele não poderá jamais ser campeão de democracia. Metaforicamente: campeão da Copa América. Ou, claramente, realizar um governo condizente com os direitos democrático, porque, como a seleção brasileira, nasceu de uma jogada conspiratória saída de um corpo mórbido.

Assim, a eliminação da seleção brasileira, é um cristalino presságio com teor científico em relação ao desgoverno golpista, de que os profetas estão trabalhando pela democracia do Brasil que resultará desse trabalho a volta de Dilma ao poder que fora expulsa pela sanha imoral dos golpistas. O que significa, profeticamente, que uma Justiça sempre vem acompanhada de outra.

É possível que Temer tenha imaginado, como todo aproveitador, que iria faturar  homenageando os pernas de pau e seu técnico junto com Del Nero, da mesma forma que se mostrou “solidário” com as famílias dos 50 assassinados pelo homofóbico, Kevin James, quando em seu desgoverno tem também homofóbicos e extinguiu o Ministério que tratava das igualdades de gêneros.

O certo mesmo é que ele sofreu foi mais uma necessária frustração. Mas ele poderia aproveitar e diminuir a frustração indo buscar os pernas e Dunga no aeroporto, já que não há diferença entre os dois: seu desgoverno é igual ao desgoverno de Dunga.

Parabéns a Dunga, um simulacro de técnico de futebol, e seus pernas de paus por nos proporcionarem essa oportunidade de mostrar através de seu anti-futebol, o antigoverno de Temer & seus golpistas e seu desfecho.

DILMA MATA NO PEITO, DEIXA ESCORRER NA GRAMA E MANDA PARA A REDE AO CRIAR A AUTORIDADE PÚBLICA DE GOVERNANÇA DO FUTEBOL

dilma_modernizacao_do_futebol88967

Dilma muda a perspectiva do futebol. A presidenta Dilma Vana Rousseff criou a Autoridade Pública de Governança de Futebol cujo objetivo precípuo é fiscalizar o futebol brasileiro. Contando com as participações de atletas, dirigentes, treinadores e árbitros o órgão será o responsável pela fiscalização do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) para garantir a modernização da gestão dos clubes de futebol.

O Profut, que foi aprovado em julho do ano passado pelo Congresso Nacional e sancionado pela presidenta em agosto, conta com a adesão de 111 entidades esportivas e possibilita o parcelamento de dívidas tributárias e a não tributárias dos clubes com a União em até 20 anos. Mas para gozar desse benefício os clubes devem ter uma política de transparência, de equilíbrio financeiro e melhoria de gestão, publicação na internet de prestação de contas com auditoria independente e mandatos de dirigentes fixados em quatro anos de forma eletiva.

Dilma ainda falou, durante a cerimônia, que durante esse ano enviará ao Congresso Nacional a proposta de revisão da Lei Pelé e o Estatuto do Torcedor.

“Demos um passo decisivo em favor dessa sustentabilidade em 2015 com o início da vigência do Profut. Ele propiciou o refinamento das dívidas dos clubes estabelecendo como contrapartida o compromisso com regras de governança, de transparência e de responsabilidade fiscal. Foi instituído com o Profut uma verdadeira lei de responsabilidade do futebol para que os nossos clubes possam se tornar empresas lucrativas.

Queremos também propor uma legislação trabalhista própria para o futebol que deixe mais clara a responsabilidade dos clubes e proteja os atletas. Todas essas mudanças vão dar velocidade ao processo de modernização da indústria de futebol”, discursou Dilma.

Durante a cerimônia Dilma ainda assinou contratos de patrocínio com 10 clubes no valor de R$ 83 milhões.

VÍDEO BRASILEIRAMENTE HISTÓRICO: CHICO E STÉDILE – UM JOGO COM VENCEDORES!

São realidades afetivas-políticas como estas que levam as direitas a babar de ódio e inveja. Stédile, presidente do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e Chico em um encontro em que as potências de agir, como diz o filósofo Spinoza, aumentam afirmando a democracia como a multiplicidade constituinte da cartografia de desejos criadores de existências.

Stédile com sua turma de trabalhadores e representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) compareceram ao Estádio Polytheama de Chico para, entre uma entrevista sui generis, participarem de uma pelada política. Uma racha, como diz na gíria futebolística dos bairros. Uma partida que contou, além dos trabalhadores, amigos de Chico como o compositor e cantor Carlinhos Vergueiros.

Durante a entrevista Stédile perguntou a Chico do que ele achava do projeto do MST que contou com a participação do próprio Chico e Saramago, e Chico teceu sérios elogios. Stédile contou que o MST vai inaugurar um campo de futebol que vai receber o nome de Sócrates Brasileiro. Uma homenagem ao ex-craque do Corinthians, time de Lula. Chico não deixou barato. Opinou que a homenagem a Sócrates é importante pelo que foi o cidadão. Um homem inteligente, politizado que participou sempre nas lutas democráticas.

Stédile também perguntou a Chico como ele entendia a tentativa de privatização da Petrobrás perseguida pelas direitas e sobre o projeto de Serra do partido conservador PSDB que pretende tirar da Petrobrás o direito da exploração do pré-sal cuja renda será aplicada na educação e na saúde. Outra vez Chico não deixou barato. Disse que “o petróleo é nosso” e que essa cobiça é antiga e que não acredita que o projeto passe.

No final do encontro o MST presenteou Chico com um kit de objetos com a sigla do movimento. E como não podia faltar, um litro de cachaça orgânica. Os trabalhadores também pediram que o autor de Construção, autografasse alguns CDs.

No vídeo que vocês vão assistir o time do MST aparece marcando alguns gols e um gol para o time de Chico. Entretanto, não se consegue saber qual foi o placar final. Mas é o de menos. O fundamental foi à originalidade do encontro. E, também, a confirmação que Stédile, apesar da barriga, ainda corre atrás da pelota. Pelo menos tenta, embora apareça mais tempo na geral. E Chico, apesar de seus 70 anos, ainda dar no couro.

Veja o vídeo e se deleite futebol politicamente! 

 

JOSÉ MARGULIES, ACUSADO DE CORRUPÇÃO NO FUTEBOL, TEM PEDIDO DE PRISÃO PELA INTERPOL JUNTO COM OUTROS

3a1392bc-d4dd-47e2-abf4-388f87815771A Interpol, Policia Internacional, a pedido da Justiça norte-americana emitiu alerta internacional contra a prisão de dois ex-dirigentes da FIFA e mais quatro executivos. Entre os executivos encontra-se José Margulies que é diretor da empresa Valente Corp. e Somerton.

Os ex-dirigentes da FIFA que estão sendo procurados são Nicolás Leoz, de 86 anos, também faz parte dos sabotadores da velhice como Marin, Teixeira, Blatter etc., que durante 26 anos presidiu a Conmebol, Confederação de Futebol da América do Sul; e Jack Warner, de Trinidad & Tobago.

Os outros executivos são: Alejandro Buzarco, diretor da empresa de marketing esportivo Torneos e Compentencias; y los compatriotas Hugo Jinkis y Mariano Jinkis, diretores da empresa Full Play Group S.A., do ramo de marketing.

Os países membros da Interpol devem ficara em alerta contra essas personas para que elas sejam extraditadas, mas o órgão não tem poder de obrigar os países a realizarem as prisões.

Atenção, Teixeira e Del Nero! O cerco está fechando! Não esquecer da Globo!          

PELÉ DIZ QUE TUDO NA VIDA MUDA, MAS É O CONTRADITÓRIO DE SI MESMO. NÃO MUDA: CONTINUA ELEVANDO BLATTER

pele-perfil-640x480-gettyPelé voltou a atacar com sua conhecida inteligência política e sentido ético. Disse que todos ficaram surpresos com a saída de Blatter da presidência da FIFA, mas para ele foi um ato “infeliz”.

Pelé diz que o futebol é para mudar o mundo, acabar com as guerras – Pelé é um guerreiro – e que o problema da corrupção no futebol não é problema dele: ele é apenas um jogador. Somente um jogador que acredita que o problema não é de Blatter, mas da FIFA.

“Todos perguntam sobre Blatter. Todos ficaram muito surpreendido, não com Blatter, mas com a FIFA.

A minha posição é de um jogador. Quero ver o futebol juntando as pessoas e acabando com as guerras. Essa é a minha posição. O que aconteceu com a corrupção não é problema meu.

É um momento importante para a FIFA. A FIFA tem de mudar agora. Penso que tudo na vida muda. O futebol muda, a vida muda. É importante ter pessoas honestas”, afirmou o intelectual-engajado, Pelé.

Enquanto Pelé psicodeliza o futebol, Maradona continua mostrando as vísceras e a epiderme da maior entidade do futebol internacional. Mas Maradona pensa. Pelé é um fruto da superstição. Por isso, divaga diante do real.

BLATTER, PRESIDENTE DA FIFA, É HOJE EX: PEDIU ARREGO

fdfec037-98d5-4bcf-a159-2dd170e9acf6Em meio às comemorações de sua quinta eleição, entre elas a do mais branco do futebol internacional, Pele, e membros das entidades futebolísticas que lhe são semelhantes, Joseph Blatter, presidente reeleito na sexta-feira é hoje um ex-presidente: pediu arrego. Não segurou a peteca das investigações da Justiça dos Estados Unidos que já prendeu vários personagens ligados ao futebol e, consequentemente, ligados à FIFA. E entre os presos o cabo eleitoral de Aécio Cunha, o ex-presidente da CBF José Maria Marin – o carrasco do jornalista Vladimir Herzog -, e J. Hawilla aliado da Globo.

Blatter, que no dia de sua reeleição afirmou que não temia investigação e que iria fazer uma gestão para honrar o futebol, convocou uma reunião extraordinária com o objetivo de anunciar sua decisão e marcar a data para escolha do novo presidente da entidade maior do futebol mundial sob suspeição.

“Não pareço estar sendo apoiado pelo mundo do futebol. Vou continuar a exercer minha função até o novo presidente ser escolhido. A nova eleição ocorrerá em tempo suficiente para se encontras os novos candidatos”, afirmou o esperto arregento.

Como Blatter, o chefão da família, como ele trata os membros da FIFA, sentiu a barra pesar para seu lado, possivelmente o fujão Marco Polo Del Nero, presidente da CBF que deixou a reunião da entidade em Zurique assim que viu os seus irmãos sendo preso, deve nesse momento estar que nem tremendo mais do que vara verde na correnteza.

Embora afirme que nada consta contra ele. Uma demonstração de que ele não teme as investigações, por ser honestíssimo, é forma como vem se afastando de qualquer sinal do preso José Maria Marin, seu mentor do cargo que até então ocupa.

E Pelé como se encontra? Já que afirmou que a reeleição foi à acertada, porque Blatter tem “experiência” para o cargo? Será que Pelé está chorando? Quem agora é o candidato de Pelé?

Nessa Romário acertou: “Pelé calado é um poeta…”.

COISA DE PELÉ. PELÉ COMEMORA A REELEIÇÃO DE BLATTER NA FIFA

ronaldo-observa-joseph-blatter-e-pele-em-conversa-com-a-imprensa-apos-uma-reuniao-em-brasilia-1331914358757_1024x768Marin preso pelo FBI junto com amigos, como J. Hawilla aliado da Globo, processo de extradição deles para os Estados Unidos, investigações nos intestinos da entidade maior do futebol Federação Internacional de Futebol (FIFA), investigações, também, sobre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Comissão Parlamentar de Inquérito no Senado para investigara a CBF e o desafeto de Romário, Pelé, confirma sua posição política: comemora a reeleição – cinco vezes – de Joseph Blatter como presidente da FIFA. Coisa de Pelé.

“Eu era a favor de sua reeleição. É melhor termos gente com experiência nesses cargos. Foi perfeito”, afirmou o mais branco aliado da FIFA.

“É melhor termos gente com experiência nesses cargos”. O que se pode inferir dessa afirmação? Quando foi noticiada a prisão dos brasileiros ligados diretamente a CBF via FIFA, muita gente perguntou: ”Será que o Pelé também tá nessa?”. Pelé sempre foi o grande branco garoto propaganda da FIFA. E agora fala em “experiência”. Ninguém fez insinuações. Foi o próprio Pelé quem reafirmou o que todo o mundo futebolístico sabe: sua amizade com Blatter.

Pelé é tão ligado à FIFA e Blatter que não viu nada do que o politizado Maradona viu na entidade hoje investigada. Tudo bem há uma abismal – de abismo onde a angústia existencial se funda ilustrativamente de acordo com o filósofo Kierkegaard – diferença entre os dois. Maradona é um homem comprometido politicamente. Pelé é o típico jogador analfabeto político, narcísico e egoísta. É possível que Pelé já tenha conhecimento de a Polícia Federal indiciou, ontem, seu amigo Ricardo Teixeira em quatro crimes: lavagem de dinheiro, evasão de divisas, falsidade ideológica e falsificação de documento público.

Romário, que se toma como desafeto de Pelé, diz sempre que “Pelé calado é um poeta…”. Bem, a questão é que Pelé nunca é poeta porque nunca se cala. Temos que respeitá-lo! É coisa de Pelé! O Roberto Carlos do futebol!

PRESIDENTE DA FIFA, BLATTER, FAZ COMO OUTROS: TENTA SE MOSTRAR ISENTO DAS SUSPEITAS DA JUSTIÇA DOS EUA

Blatter_FIFAJoseph Blatter, presidente da FIFA, disputando seu quinto mandato na entidade maior dos desportos mundial, diante das prisões de alguns de seus parceiros, entre eles o acusado e preso por corrupção e prática de propina pela FBI, o brasileiro defensor da ditadura e ex-deputado da ARENA partido de apoio ao regime ditatorial, José Maria Marin, iniciou sua defesa afirmando que “vem aí mais notícias más” e que não pode ser responsabilizar por membros da “família no mundo”. Família é um termo usado pela máfia que Blatter sequer tentou evitar.

Blatter aproveitou a cerimônia de abertura do 65° Congresso da FIFA que se realiza em Zurique, na Suíça, para fazer a sua autodefesa diante dos membros “da família” e de jornalistas interessados nos escândalos revelados pelo Departamento de Justiça norte-americano. Se mostrando inocente ele afirmou que os escândalos trazem “vergonha e humilhação para o esporte mundial”. Esse Blatter lembra os políticos e certa mídia do Brasil, que como desonestos acusam, recorrendo aos mecanismos de defesa moral, os outros de desonestidade.

“Muito mais tem que ser feito para garantir que haja ética no futebol e no esporte. Temos que dar resposta aos fãs. Temos a oportunidade de começar a mudança e recuperar a confiança da opinião pública.

Não posso vigiar todos os membros da nossa família no mundo”, discursou o inocente Blatter.

Como se pode entender pelo discurso do dirigente maior do futebol mundial, ele abandonou, também, os que foram na lógica do “cada um por si e Deus contra todos”. Outro enunciado que salta de seu discurso que sou como uma gostosa piada é o fato dele afirmar “temos a oportunidade de começar a mudança”. Alguém pode perguntar: Que mudança? E, em seguida, responder: Ele encontra-se no comando da FIFA há quatro mandatos.

Houve um tempo em que se tentou criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a CBF, mas as direitas, comandadas pelo ídolo dos aberrantes coxinhas Aécio Neves, abortaram. Com o aborto José Maria Marin, eleitor e colega de Aécio, escapou ileso. Agora, o ex-jogador, que passou os últimos anos de sua carreira chupando sangue de seus companheiros de clube para manter seu soberbo salário, também responsáveis por suas eleições, Romário, resolveu colher assinaturas para a instalação de uma CPI para investigar a CBF.

Segundo o ex-jogador, 53 assinaturas já foram confirmadas. Bastam apenas 27. Não são muito claros os motivos porque Romário, amigo do insuspeito Eurico Miranda, tem fissura contra representantes da CBF. Mormente Ricardo Teixeira e José Maria Marin. Se for por concepção democrática real, palmas. Mas se for apenas pessoal, é preciso um estudo freudiano. Mas mesmo sendo pessoal, para a democracia futebolística investigar essa “família” é imprescindível, principalmente se chegar a Globo.

 

JOSÉ MARIA MARIN FOI PRESIDENTE DA CBF, LEMBRA? POIS É, FOI PRESO POR CORRUPÇÃO, NA SUÍÇA, JUNTO COM OUTROS DA FIFA

jose-maria-marin-presidente-da-cbf-cumprimenta-fernando-henrique-cardoso-e-aecio-neves-durante-o-amistoso-entre-brasil-e-inglaterra-no-maracana-1370324985657_615x300João Havelange e Ricardo Teixeira dois ex-presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) são suspeitos de corrupção durante suas gestões. José Maria Marin, ex-presidente também da CBF, agora foi preso na Suíça acusado por determinação do Departamento de Justiça norte-americano que indiciou 14 indivíduos por fraude, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Entre os acusados encontram-se nove dirigentes da Fifa e cinco executivos ligados à empresas aliadas do futebol. Os acusados movimentaram nada mais do US$ 150 milhões.

Segundo o Departamento de Justiça norte-americano o esquema de corrupção já existia a mais de 24 anos sendo praticado em negócios envolvendo direitos de transmissão e acordos com empresas de marketing em campeonatos na América Latina. As contas, na Suíça, que eram usadas para recebimentos de subornos pelos acusados, já foram bloqueadas.

Os outros brasileiros que foram presos juntos com José Maria Marin são o dono da Trafic Group, a maior empresa de marketing esportivo na América Latina, José Hawilla, o J. Hawilla; e o dono de empresas de transmissão de evento esportivo, José Margulies, o José Lázaro.

Falando sobre o caso, Loretta Lynch, procuradora-geral dos Estados Unidos, disse que os acusados de corrupção usavam os seus cargos para conseguirem milhões de dólares em suborno e propina.

“Pelo menos duas gerações de executivos do futebol supostamente abusaram de suas posições de confiança para obter milhões de dólares em suborno e propina.

O caso sugere que a corrupção é desenfreada, sistêmica e tem raízes profunda tanto no exterior como aqui nos Estados Unidos.

Esses indivíduos e organizações eram envolvidos em suborno para decidir quem iria transmitir jogos e onde seriam os jogos em nível mundial desde 1991. Isso foi feito ano após ano.

Eles corromperam os negócios do futebol mundial para servir os seus interesses e para se enriquecerem pessoalmente”, disse Loretta Lynch.

Por sua vez, James Comey, diretor do FB, disse que a investigação sobre a corrupção na Fifa está apena começando.

“É apenas o começo do esforço contra a corrupção no mundo do futebol. O esporte foi sequestrado pelos envolvidos no escândalo.

O futebol é um belo jogo, o gramado está disponível para todos, ricos ou pobres, homens e mulheres. A verdadeira vítima é o futebol. Essas pessoas conseguiram tirar muito dinheiro graça ao amor que esse esporte desperta”, disse Comey.

Os suspeitos serão extraditados para os Estado Unidos, afirmou Justiça daquele país.

Não esquecer que o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, afirmou que e gestão de Marin foi exemplar. E também não esquecer que a atual diretoria é investigada pela Justiça norte-americana.

Também não esquecer que sexta-feira, dia 29, tem eleição na Fifa e Blatter é candidato à reeleição. Ele sentou no cargo desde o ano de 1998. Seu oponente na eleição é o príncipe Ali Bin-Hussein, da Jordânia, que em campanha prometeu limpar a entidade que agora tem suas vísceras-viciosas expostas ao mundo pela Justiça.

Blatter pode dançar!

GOLEIRO ROGÉRIO CENI, ELEITOR DO PSDB, CONFIRMA QUE NÃO HÁ VIDA INTELIGENTE NO FUTEBOL: RESPONSABILIZA DILMA PELOS ERROS DA CBF

Dilma Rousseff futebol copa 2014

Como diria o jornalista-filósofo, Mino Carta, até os minerais sabem que não há vida no futebol. Tanto quando se trata de cartolas, jornalistas e, principalmente, jogadores. A germanofilia que engoliu as consciências de vários brasileiros recentemente confirma a assertiva.

Mas existe no momento, uma onda em que sua força mostra muito mais evidente essa ausência de inteligência neste esporte bretão: a desclassificação da Seleção Brasileira. Agora, a ignorância quer se passar por inteligência capaz de mudar todo o mundo futebolístico brasileiro. Em todos os cantos, onde esses tipos podem transitar se ouve opiniões mais opiniáticas possíveis sobre o tema. E sempre opiniões que não mostram nada de novo. São meros estereótipos.

Não entendem os encadeamentos perversos que capitalismo urdiu nesse corpo beneficente dos mais ambiciosos como a FIFA, a TV Globo, os cartolas dos grupos, empresas multinacionais e a relações promiscuas de muitos clubes com a estrutura maligna do esporte. Nesse carrossel opiniático não se falou uma só palavra ou se escreveu uma só linha sobre o DARF da TV Globo que mostra a dívida da emissora com a Receita Federal, ainda da Copa de 2002, chegando a mais R$ 615 milhões. Na linguagem mais usual: sonegação fiscal.

São opiniões opiniáticas, verdadeiros clichês da ignorância que não atingem a possibilidade de uma mudança. É por isso que se pode ler ou ouvir um jogador conservador como o goleiro Rogerio Ceni, eleitor tradicional do PSDB. querer responsabilizar a presidenta Dilma Vana Rousseff pelo espectro que é o futebol brasileiro.

“Quem sabe agora, com campanha, a presidenta não tenta se mexer um pouco. Em época de eleição, as pessoas acabam se mexendo”, afirmou o ‘cientista político’, Ceni.

Entende-se que essa afirmação é uma forma de fazer campanha para o Aécio, candidato que pretende o arrocho salarial. E entende-se também, que é uma confissão pública de ele não entende nada de CBF e muito menos de governo. Ele, na sua suprema consciência psdbista, não sabe que a Dilma não tem poderes para intervir em um órgão que tem uma constituição muito diferente de um órgão institucional do Estado Brasileiro.

O máximo que Dilma pode fazer é opinar sobre a necessidade de mudanças e não determinar regras a serem seguidas como novas verdades futebolísticas. Como Rogério, semelhante a todo burguês, não entende da força política sindical ele não sabe que quem poderia forçar as mudanças nas estruturas do futebol brasileiro são os próprios jogadores em um sindicato forte.

O sindicato é uma potência política, como diz Marx, antagônica as ambições dos patrões. E só ele pode garantir os direitos dos trabalhadores. Nesse caso, jogadores. Ele discutiria os contratos com as TVs e o monopólio da TV Globo. O que Rogério não sabe. E se soubesse não falaria uma só sentença sobre a TV Globo. E o pior, é tomado como um jogador inteligente. Claro, que no mundo futebolístico.

JOGADORES ALEMÃES IMITANDO MACACOS, RELACIONANDO-OS A BRASILEIROS, MOSTRAM SUAS REAIS CORTESIAS PARA AS CONSCIÊNCIAS COLONIZADAS GERMANÓFILAS. ELAS MERECEM

http://p5.focus.de/img/fotos/origs3991304/5184519079-w467-h274-o-q75-p5/foto-show.jpg

Os jogadores alemães enquanto estiveram no Brasil simularam uma cortesia e uma educação que só os germanófilos obstruídos, ou escotomizados, não viam. Além de uma grande parte de brasileiros germanófilos tecerem-lhes abundantes elogios, muitos dos chamados grandes comentaristas de futebol do Brasil se rasgaram em exaltações aos conterrâneos de Hitler. Até a ESPN, do consciente Trajano, caiu na simulação e gastou inúmeras matérias elogiando a simulação. Uma verdadeira república de germanófilos.

 Pois bem, levaram a Copa e quando chegaram de volta à sua terra, mostraram o que esse blog já havia afirmado. A cortesia e a educação não passavam de pura simulação. “Os bons moços”, que os germanófilos brasileiros cobriram de referências notáveis, mostraram o quanto carregam de ódio e desprezo pelos brasileiros.

Os jogadores Klose, Schürrle, Mustafi, Götze, Weidenfeller e Kroos, amados pelos germanófilos brasileiros, desfilaram na passarela quase de cócoras imitando macacos, gritando: ”Assim andam os gaúchos!” Gaúchos para eles são os brasileiros. E lentavam, gritando, em pés: “Assim andam os alemães!” Numa prepotência que o mundo já conhece de miserável lembrança.

Tem mais. Neuer, Schweinsteiger, Höwedes, Grosskreuz, Draxler Matthias e Günter entraram em fila indiana imitando como os jogadores brasileiros entravam em campo. Mostrando um total desprezo por nossos jogadores. E com o apoio do público alemão. Isto é muito perigoso.

O psiquiatra alemão criador da Bioenergética, Wilhelm Reich, certa vez, comentado a ascensão do nazismo, afirmou que estava convencido que sua vitória não fora resultado da propaganda desencadeada por Hitler, mas, sim, porque o povo alemão a desejava. Ao observar o comportamento nazista dos jogadores alemães nos deixa uma preocupação em relação ao mundo atual onde grupos neonazistas estão proliferando.

Aqui mesmo no Brasil já se observa essa ameaça. Esse ano tem eleição para Presidência da República e há anos materializou-se uma campanha, como esta, para destruir os governos populares e impedir que Dilma seja reeleita. Uma campanha que tenta ofender Dilma de todas as formas. Um exemplo próximo, a burguesia-ralé usando a pornofonia, linguagem sui generis dessa classe, contra a presidenta no Estádio Itaquerão. Explícito comportamento nazifascista.

Como o nazismo é composto de corpos que carregam partículas sadomasoquistas, é possível que os germanófilos brasileiros tenham gostado das expressões dos jogadores alemães. É só constatar que eles estão excitados pela volta do patrão Fundo Monetário Internacional (FMI).

Veja o vídeo e confirme como se mantém vivo o nazismo.

JOGADOR ALEMÃO MOSTRA SUA VERDADERA CORTESIA ALEMÃ: PROTESTA CONTRA A ESCOLHA DE MESSI COMO O MELHOR DA COPA

messi_frank_augstein_ap_292280_10012011

Todos sabem que os critérios da FIFA não são confiáveis. Mas, às vezes, algumas de suas decisões merecem considerações. Por exemplo, a escolha de Messi como o melhor jogador da Copa. O que implicam percepções e concepções mais sensíveis sobre o que é jogar futebol. Que não se resume em um atuar qualquer de uma equipe que lhes faltam os fluxos e os quantas futebolísticos como faltam a seleção dos chucrutes. Nessa seleção o que se tem são jogadores muito bem ordenados por dentro, por códigos-significantes, e muito bem controlados por fora pelos corpos que eles técnicos-burocráticamente entendem como necessários e eficientes no futebol. Tudo que não existe em Messi e o que lhe faz ser uma craque, ou, o melhor jogador do mundo. Mesmo que a FIFA tenha escolhido ano passado Ronaldo.

Conforme mostramos aqui na coluna Não Vai Ter Copa, que a tal cortesia e educação doa chucrutes, tão cantada e decantada pelos brasileiros germanófilos, era calculista, interesseira e pragmática, agora ela se confirmou através do jogador Bastian Schweinsteiger. Em uma reação testemunhal de inveja contra Messi, mostrou que a tal cortesia e educação eram só simulações. Para ele Messi não deveria ser escolhido o melhor da Copa, mas sim um de seus parceiros.

“Quando um jogador consegue isso, você tem que mostrar respeito, dar parabéns, mas tenho outra opinião. O que eu vi aqui de Thomas Müller, Manuel Neur e Phlipp Lahm.. Eles jogaram um torneio inacreditável”, desabafou o invejoso chucrute jogador do futebol replicante.

ARGENTINA MOSTRA AO MUNDO QUE A BADALADA EVOLUÇÃO DO FUTEBOL ALEMÃO ERA SÓ SIMULAÇÂO DE MARKETING

Apresentação14pptx

É simples de entender. No primeiro jogo da Alemanha contra Portugal ela ganhou de goleada. Depois vieram outras partidas e ela apresentou dificuldades para ganhar chegando a quase perder para Gana. Na outra etapa do torneiro ela foi para prorrogação contra a Argélia sofrendo para ganhar com dois gols contra 1 que depois os argelinos mostraram ao mundo sua consciência política ao se assumirem a causa Palestina. Consciência política que não se encontrou nos jogadores germânico. A não ser calculistas cortesias com brasileiros na Bahia. Muito aplaudida pelas consciências obliteradas.

Nesse momento, foi formado pela imprensa escotomizada (termo oftalmológico que significa dificuldade de enxergar claramente dado quantidade de pontinhos luminosos nos olhos, as chamadas estrelinhas), a corrente germanófila que de toda forma fazia publicidade dos chucrutes. Foi então que ocorreu a partida entre as seleções do Brasil e da Alemanha. A seleção canarinho em estado observável de dissipação ou de evanescência, como diriam os filósofos Deleuze e Guattari, que possivelmente não foram estudos pela psicóloga da seleção, perdeu de goleada. Uma goleada contra um adversário que não existiu, mas que deixou os, ‘solidários e corteses’ alemãs, em estado exaltado de ufanismo. E com a poio dos brasileiros sujeitos sujeitados colonizados.

A partir daí foram revelados dois enunciados carregados de elementos sedutores. Um que o futebol do Brasil encontra-se acabado. Terminado sua história de futebol combativo, criativo e vitorioso. Outro que a seleção alemã era a ‘superioridade da raça’ futebolística. Nesse momento, entra em campo a imprensa germanófila escotomizada com toda força de tentativa de sedução dos incautos.923370-%20maracana_argentina_alemanha-1715

Ela passou a divulgar um estudo que os responsáveis pelo futebol alemão iniciaram nos anos 2002 que, segundo eles, revolucionou o sentido de futebol no país. Criaram novas técnicas, novas interpretações e novas formas de conceber o futebol. E como empresa tinha que observar sempre os resultados. Não esquecer que a Alemanha é um país que adotou submissamente a ortodoxia do capitalismo neoliberal. Portanto, futebol no país é entendido e praticado, dentro da lógica do capitalismo: o máximo lucro.

Com a divulgação desse documento, que exalta os alemães e censura o futebol brasileiro taxando de atrasado e sem qualquer força de competição, os imbecis coletivos acreditaram que a goelada sobre a seleção brasileira confirmava realmente que o futebol alemão havia evoluído.923371-%20maracana_argentina_alemanha-1717

Foi então, que os canarinhos foram disputar o terceiro e quarto lugar com a Holanda e foram goleados. Os germanófilos, como são imbecis coletivos, não viram que ali já se mostrava a simulação da evolução do futebol alemão. Assim, escotomizados, os germanófilos obstruídos acreditaram que seria contra a Seleção Argentina que ‘a supremacia da raça alemã’ se confirmaria.

Não se confirmou. Os hermanos com um futebol criativo, corajoso e combativo mostraram para o mundo que a evolução do futebol alemão era uma simulação sustentada por um forte marketing propagado pelas consciências colonizadas de vários brasileiros. A Seleção da Alemanha foi para o campo da mesma forma que sempre atuou durante a Copa. Covarde, sem criatividade, pragmática, esperando um momento para atacar. Na verdade, tudo que seu relatório mostra: um futebol técnico-burocrático com jogadores bem territorializados, sem talento criativo apenas com preparo físico e, como um soldado, cumpridor de ordem. Nada de singularidade.923429-%20maracana_argentina_alemanha-2802

Se os alemães querem aprender a jogar futebol, têm que deixar seus cálculos e suas logísticas que só se fundamentam em seus mundos de ideias tipo hegelianas que não se encadeiam no mundo da estética criativa. E para isso basta observar o melhor craque do mundo Messi.  

Os Hermanos não só desmontaram a simulação da evolução dos chucrutes, como ainda mostrou ao mundo como a FIFA exerce seus critérios. O goleiro alemão fez um penal visível e condenável no jogador portenho Higuaín, mas o juiz não marcou o penal. Se o juiz marca a falta máxima, o goleiro seria expulso. Só que FIFA já o tinha escolhido o melhor goleiro da Copa. Dessa forma, não dava para marcar o penal e expulsá-lo.

Síntese: os chucrutes não evoluíram nada e os hermanos continuam jogando o melhor futebol do mundo.

E um lembrete para o futebol brasileiro: para mudar sua realidade atual nada de copiar o modelo simulado que os alemães quiseram passar como realidade para o mundo. Não esquecer: simular é fingir o que não se é.  

NÃO VAI TER COPA! FINALMENTE, HERMANOS E CHUCRUTES EM CAMPO!

Apresentação14pptx

Depois de prognósticos delirantes efabulados pelas direitas de que não haveria Copa do Mundo por falta de eficiência do governo Dilma, prognósticos impregnados de invejas, já que a inveja é um delírio do invejoso em querer ser o sujeito de sua inveja, chegamos hoje, dia 13 (um número que as direitas nacional e internacional odeiam), a final do maior torneio futebolístico do planeta.

No transcurso de mais de um mês, seleções de vários países de enfrentaram. Os resultados agradaram a algumas e não agradaram a outras. Mas como o torneio tem suas regras, duas seleções têm que disputar a final. E coube a Seleção da Argentina, terra do maior revolucionário do mundo latino-americano, Che, e a Seleção da Alemanha, terra do maior filósofo de todos os tempos, Marx, que pelos seus pensamentos certamente não torceria por nenhuma das duas, visto o futebol ter se transformado num grande negócio para exploração capitalista promovido pela multinacional FIFA.alemanha-x-argentina

Mas, se Marx não torceria, no Brasil há um grande número de torcedores que vão cravar na seleção dos chucrutes. A confirmação encontra-se na posição da maioria dos comentaristas e narradores brasileiros que formaram a corrente germanófila. Com direito ao culto da personalidade como fez a ESPN que produziu uma matéria nostálgica e melosa sobre a existência do jogador Müller.  

Dois enunciados levam esses torcedores a escolher a seleção dos chucrutes. Um o histórico complexo de inferioridade-cultural que muitos brasileiros têm com relação à Argentina. O que o psicanalista Freud chama de complexo das pequenas vizinhanças. Para essa porção, tudo que for argentino não presta. Até o tango. Outro, também expressando inferioridade, é o sentimento de vingança transferido. Ou seja, a seleção dos chucrutes tem que ganhar da Argentina, na ótica desses brasileiros, para mostrar para eles que eles não são melhores que nós, seleção canarinho. Se nós perdemos, eles também têm que perder. Raciocínio de sujeito frustrado e vingativo.

Mas a seleção dos hermanos também tem seus torcedores brasileiros. Claro, que eles também têm suas frustrações, mas não desse tipo. São torcedores que sabem o que é a elevação emocional que um drible possibilita. Uma jogada-devir que corta o enquadramento do futebol burocrático exemplificado pelos chucrutes. Um devir-futebolístico, Messi. Cujo corpo cria com a dendeca, uma zona de indiscernibilidade imperceptível para o adversário. Messi sabe criar linhas de fuga que racham os corpos solidificados por uma semiótica opressora.

Esses torcedores brasileiros adoram as zonas de evanescências criadas pelos craques do futebol. Nada que o futebol pragmático proporciona, mas que os torcedores germanófilos se encantam. Os torcedores brasileiros pró-argentina não têm nada de xenofobia contra os chucrutes, nada de xenogermania, só que eles têm o direito e o dever de gostar da estética futebolística que desterritorializa os sentidos elevando-os a outras dimensões lúdicas. E como já era de se esperar, entre esses torcedores estamos nós desses blogs afinsophia.com e esquizofia.com. Somo hermanos desde quando a vida era inorgânica e continuamos sendo quando a vida tornou-se orgânica e sexuada. Quer dizer, muito antes, mas muito antes mesmo, de ser criancinha.

Por tal, arriba, hermanos!

NÃO VAI TER COPA! O SADISMO E O LUCRO NO TERCEIRO E QUARTO LUGAR

Apresentação14pptx

Como dizia um colunista social, é ‘simplérrimo’ de entender. O indicador de disputa da Copa do Mundo é ganhar o torneio. Ou seja, ser campeão mundial. Quase todas as seleções, participam desse torneio com esse objetivo: querem se tornar campeãs. Isto, as seleções consideradas com um futebol capaz de disputar o primeiro lugar.

Algumas seleções, como é evidente, participam da Copa para ganharem experiências e, também, fazerem publicidades de suas nações que é composta de sua cultura, sua língua sua forma de viver. Algumas até participam movidas por uma causa política mais engajada, como foi o caso, nessa Copa, da Seleção da Argélia cujos jogadores têm uma clara consciência da força colonizadora e opressora do europeu sobre seu povo. Principalmente, a França. Além de outras causas de independências de povos, como o caso da Palestina.

Como ganhar a Copa é o que move essas seleções que se sentem rivais futebolísticas, não há racionalidade disputar o terceiro e o quarto lugar em função de sua perda de significado maior na competição. É uma realidade em que a qualidade da disputa da Copa inexiste.

E dessa inexistência saltam dois sentidos. O sentido sádico, aquele que leva os jogadores disputarem lugares que não lhes interessam por não apresentarem valores ligados ao indicador maior da Copa, e por isso lhes causam sofrimento diante do desnecessário. Ser terceiro ou quarto lugar não muda nada. A não ser a ilusão de se encontrar acima das outras seleções. Estupidez, já que as duas seleções se encontravam virtualmente nessas posições antes de disputarem as semifinais.

Portanto, a disputa desses lugares é sadismo puro da presidência da FIFA. E também, a força dominadora e excludente da sociedade segmentada que tem como marcador de poder a hierarquização.  

O segundo sentido é o lucro. Como a Copa é um evento eminentemente capitalista, quanto mais a FIFA e outras entidades ligadas a ela, lucrarem melhor para elas. Há a venda de ingressos, transmissão da partida pela emissora com direitos comprados, como a TV Globo, objetos, refrigerantes, vagas para veículos, etc., tudo como elemento lucrativo. Pouco importa para FIFA que seja a Seleção Brasileira ou a Seleção Holandesa a ocupar um dos dois lugares. O “Show não pode parar”.

É a lógica do capitalismo, que até criança sabe, porque seus antepassados, crianças, foram explorados nas fábricas, é o lucro máximo. Vampirar os jogadores e os consumidores ao máximo.

Só analfabeto-político cai nesse conto do terceiro e quarto lugar. Qual, brasileiro, na sua psico-moral futebolística, vai se vangloriar dizendo: “Nós somos os terceiros do mundo”.

Como diz o Zé Amante: “Copa é como o amor: quem não ganha a mulher ou o homem, não lhe interessa outras considerações”.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.307 hits

Páginas

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos