Archive for the 'Igreja' Category

PIADA DO ALÉM DO ALÉM: PASTOR-BRASILEIRO PRESO NOS EUA POR CORRUPÇÃO ABRE A 25ª MARCHA PARA DEUS. ASSOMBRA?

Imagem relacionada

Resultado de imagem para imagens do pastor estevam e da bispa da igreja renascer

  Segura essa: “Pai, tira a fome e a corrupção. O Deus de paz vai enganar o Satanás sob os teus pés”, enunciação da 25ª Marcha Para Jesus, em São Paulo.

  Segurando na força da trapaça. Hoje, dia 15, em São Paulo a Igreja Renascer abriu a edição anual da marcha comandada por quem? Resposta certa. Pelo bispo Estevam Hernandes. Ele tem algum compromisso referente ao combate à corrupção? Tem. Foi preso e condenado, em 2007, juntamente com sua mulher, bispa Sônia, nos Estados Unidos por entrarem com 56 mil dólares não declarados. Uma parte da bufunfa extraídas dos incautos fiéis encontrava-se no interior de uma Bíblia. Cacete! E foram os primeiros brasileiro justos a usarem a luxuosas tornozeleiras-identificatórias.

     O conceito real de hipocrisia é mentira em ação. Daí que mentir é tentar se esconder do outro e a si mesmo como mentiroso, sendo o ato de mentir a mentira em ação. Aécio, denunciado por vários crimes de corrupção, e segundo afirmam, será preso no dia 20, acreditando que o brasileiro é otário, enchia os pulmões e berrava que o Partido dos Trabalhadores havia assaltado o Brasil. O PT era uma quadrilha de ladrões. Um dos psicopatas que tatuou a teste do jovem com a frase, “Eu sou ladrão e vacilão”, também já havia sido condenado por roubo. Temer, que junto com seus cúmplices está destruindo a economia do país que já conta com mais 15 milhões de desempregados, afirma que o Brasil encontra-se no rumo certo. Acaçapado de denúncias, afirma que é inocente. E por aí vai a hipocrisia se desnudando. É a síndrome do fariseu: simular o que não é se apoiando na crença supersticiosa dos agachados. 

  Segura mais essa. Em 2013, o pastor e a bispa, afirmaram a Revista Forbes que eram detentores de uma fortuna de R$ 120 milhões. Com essa grana a Forbes classificou-os em quinto lugar no rank das chamadas igrejas evangélicas. Em seguida divulgaram que estavam em crise financeira.  

    Fima da piada do além do além. “É mais fácil um camelo passar por um buraco de uma agulha do quê um rico entrar no Reino dos Céus”, mesmo que em vida tenha “combatido a corrupção”. Que Deus nos perdoe!  

PASTOR (?) MALAFAIA, APESAR DA COERCITIVA, SENTIU A MORAL-BÍBLICA DO “DAI A CÉSAR O QUE É DE CESAR E A DEUS O QUE É DE DEUS”

Resultado de imagem para imagens do pastor silas malafaia  

      Não precisa ter estudado Nietzsche para saber que quem muito fala de si na verdade quer se esconder. Assim, como quem muito fala de Deus na verdade que esconder seus pecados. Verdade moral-religiosa que muitos ditos crentes não aceitam. Preferem ser enganados, pois postulam que o logro, quando como justo fim, conduz o logrado (drogado pelo fanatismo= obstrução da percepção e da cognição) ao paraíso.

       Daqui saltam duas vertentes de paraíso. O paraíso que o logrado (drogado-fanático) almeja, que só será alcançado pela intermediação de um personagem que se toma como representante de Deus na Terra, e o paraíso que o logrador persegue. Aqui salta a diferença: o logrador que o paraíso na Terra.

       Só que o paraíso que ele persegue, como diz Marx, sobre o capitalismo em sua Contribuição à Crítica da Economia Política, “o dinheiro não é só um objeto da paixão de enriquecer, ele é o próprio objeto. Essencialmente, esta paixão é a auri sacra fames (a maldita sede de ouro”. O amor pelo dinheiro faz do amante o próprio dinheiro.

      O pastor (?) Malafaia foi preso em ação coercitiva pela Polícia Federal que desencadeou a Operação Timóteo, nada a ver com cantor Agnaldo Timóteo. Ele é acusado de participar de usar a conta da igreja que frequenta como pastor para enriquecimento ilícito.

       Malafai sempre fez questão de se mostrar um “santo” acima de qualquer suspeita. Companheiro de Eduardo Cunha, vulgo Caranguejo, projetos vários impropérios contra Lula e Dilma. No caso da presidenta, foi um militante da direita para que o golpe ocorresse. Sempre se bem na foto dos honestos.

       Daí, que observando a ação da PF, quem acredita que quem muito tagalera o nome de Deus tenta esconder seus pecados, acertou em relação à Malafaia que realizou com seus atos dissimulados de honesto, a potência de Cristo: “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”

         Se Malafaia queria superioridade, conseguiu pecuniariamente se assemelhar ao imperador César.

 

 

 

“VAI SER PIOR SE RESISTIR”, DISSE O POLICIAL AGREDINDO O ESTUDANTE CHICO QUE LUTA POR UM NOVO CONCEITO DE EDUCAÇÃO , MAS CHICO TEM O APOIO DOS PAIS

bec47298-cc01-4a25-81a1-e63d36535f44O estudante da escola técnica Etec, Francisco, para os íntimos, como o papa, Chico, não é um aluno, o que não tem luz própria. Ele tem luz própria que ilumina sua vontade de saber, como diz o filósofo Nietzsche, por tal compreende a ideia de democracia. Compreende e vive a educação democrática.

Movido pela vontade de saber foi à luta na Escola Estadual Professor Antônio Alves Cruz compor com os companheiros das mesmas ideias de resistência contra o plano de ‘reorganização’ do ensino público imposto pelo governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin do partido da burguesia-ignara PSDB que há mais de 20 anos impõe o atraso a sociedade. Vide, breve exemplo, a crise hídrica.

Chico sabia que a polícia de governos de direitas não contemporizam. Com esse conhecimento sabia que podia sofrer violência e ser preso. Então, ocorreu o óbvio: ele foi preso e no ato de sua prisão ele experimentou diretamente a reverberante voz do governo proferida pelo policial militar que lhe prendia. “Vai ser pior se resistir”. Os filósofos Foucault, Deleuze e Guattari dizem: é a voz marcadora de poder do Estado ecoando pelo corpo do policial sobre Chico.

Não se sabe se Chico, no auge de seus 16 anos, cursando o segundo ano do ensino médio, estudou Foucault, Deleuze e Guattari, mas ele não compôs com a ressonância replicante da sonorização imperiosa traspassada pelo policial como agente a serviço do aparelho de ressonância opressora do Estado.

Chico foi preso, mas, como todos os estudantes que participam da subjetividade ocupação de escolas, teve o apoio de seus pais. Na delegacia sentiu a importância da inteligência e eticidade dos pais em relação ao espírito democrático. Seu pai, Luiz Braga, corretor de seguros, disse que o filho tem princípios que ele, como pai, defende. Seu filho não é um fascista, machista, homofóbico, misógino, racista, imperfeições que dominam corpos antidemocratas. Seu Luiz, com sua luz, soube auxiliar na revelação da luz própria de Chico.

Agora, Chico encontra-se solto deslocando sua luz junto aos outros amigos com luzes próprias como manifestação da vontade de saber. Vontade de saber que os filhos dos coxinhas jamais poderão vivenciar dado ao Não que seus pais escolheram para obstruir a vida.

Veja o vídeo da TVT apresentado pela jornalista do jornal.

CNBB DIVULGA NOTA CONTRA CUNHA ALEGANDO QUE SUA DECISÃO SEGUE “INTERESSES CONTRÁRIOS AO BEM COMUM”

images-cms-image-000470254Não há no Brasil quem use sua inteligência e sensibilidade constituídas por corpos éticos-democráticos que não se coloque contra a sórdida decisão pessoal de Eduardo Cunha para pedir o impeachment da presidenta Dilma.

Constituídos por esses corpos éticos-democráticos vária entidades como OAB, UNE, CUT, AFIN, estão manifestando suas opiniões sobre o comportamento que tenta manchar o seguimento da normalidade-política-jurídica da sociedade brasileira. Assim, mais uma entidades se manifestou contra a ofensa praticada pelo dissipado político Eduardo Cunha.

Em nota, a Comissão Brasileira Justiça e paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a entidade maior do cristianismo-católico do Brasil, classificou a decisão do chantagista como um ato de “interesses contrários ao bem comum”.

“A atitude de Cunha carece de subsídios que regulem a matéria. Há no contexto motivação de ordem estritamente embasada no exercício da política voltada para interesses contrários ao bem comum.

E continua, “o impedimento de um presidente da República ameaça ditames democráticos, conquistados a duras penas. (…) Que autoridade moral fundamenta a decisão capaz de agravar a situação nacional com consequências imprevisíveis para a vida do povo? (…) É preciso caminhar no sentido da união nacional, sem quaisquer partidarismo, a fim de que possamos construir um desenvolvimento justo e sustentável”, diz trecho da nota.

PAPA CHICO CELEBRA MISSA NA PRAÇA DA REVOLUÇÃO CUBANA, EM HAVANA, E CONVERSA COM O COMANDANTE FIDEL

6a80ed17-825a-4186-b77c-911ef46ba705Papa Francisco, para os íntimos Papa Chico, encontra-se em visita política-católica em Cuba. Sua estadia na cidade do comandante Fidel Castro tem três significados preponderantes. Um, a política de igualdade praticada em Cuba, em que é a sociedade em geral é quem tem seus diretos garantidos como povo habitante da ilha. Dois, a realidade de que, apesar de algumas restrições, é em Cuba que o cristianismo mais se materializa. E três, porque a revolução teve como um dos seus mentores e um dos maiores combatentes o seu conterrâneo, Che.

fidel_papa84401É verdade que próprio significado de catolicismo, religião universal, já dispõe a priori o papa Chico a se sentir em casa em qualquer lugar do planeta em que esteja. Mas, em Cuba, ele se sente muito mais em casa, porque, na ilha, ele vivencia e constata o amor de Cristo junto em seus irmãos como prática de comunhão e solidariedade que elava os homens a condição de eleitos pelo amor-amizade. Por isso, ele durante a homilia recorreu a uma tautologia ao dizer que o povo cubano deve servir os mais frágeis na sociedade e não “se servir dela”. Um enunciado que cabe direto aos golpistas do Brasil que pretendem se apropriar do poder para satisfazer seus interesses. Porém seria perda de tempo essa enunciação aos golpistas: eles só são cristãos em situações que lhes convém.

“Quem não vive para servir não serve para viver. O serviço aos outros não pode jamais ser ideológico, do ponto de vista que ele não serve às ideias, mas sim às pessoas.

O povo cubano é um povo que tem gosto pela festa, pela amizade, pelas coisas belas. É um povo que tem feridas, como todo povo, mas que sabe estar com os braços abertos, que marcha com esperança, porque sua vocação é de grandeza”, enunciou Chico.

papa-missa-havana284396E como não poderia ser diferente, Chico visitou o comandante Fidel, no auge dos seus 89 anos, em sua casa e conversaram durante 40 minutos sobre temas variados em um “ambiente muito familiar e informal”, segundo afirmou Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano.

Na ocasião o comandante Fidel presenteou Chico com seu livro Fidel y La Religión, que apresenta uma entrevista que ele concedeu ao escritor e ex-preso político Frei Betto, em 1985.

Não esquecer que o papa Chico teve fundamental importância na atual aproximação entre os Estados Unidos e Cuba. Por isso ele é um papa pop, porque “o pop não poupa ninguém”.

PAPA CHICO, NA BOLÍVIA, AO CONCEBER O CAPITALISMO COMO “DITADURA” TOCA NO ‘CRISTIANISMO’DAS DIREITAS GOLPISTAS QUE ODEIAM POLÍTICAS PARA AS MINORIAS

images-cms-image-000444926Obsedado pelo lucro o capitalismo não tem pudor. E para ele não importa só o lucro. É necessário conseguir o lucro máximo. Para satisfazer a patológica ambição ele recorre a todas as formas que lhe facilitam esse máximo lucro. Tudo sem qualquer pudor. É assim que ele usa o nome de Cristo, porque sabe que esse nome abre as portas para sua exploração. O nome de Cristo, não o Cristo filho de Maria, tem o poder de tornar os supersticiosos, vítimas do capitalismo sem qualquer amargor. Vejamos as farisaicas entidades que se nomeiam igrejas.

Mas não precisa ser capitalista, senhor do capital que compra a força de trabalho do trabalhador para sujeitá-lo e conseguir lucro, há também os que são defensores de sua condição d impor do no homem. Por exemplo, no caso do Brasil, os partidos que não passam de arautos e guarda-costas do império capitalista. São as entidades, grupos nazifascistas e partidos reacionários, que trabalham para o capitalismo internacional como os que tentam denegrir a Petrobrás para que ela seja vendida para o capital estrangeiro por preço irrisório. Outro exemplo claramente concreto. A intenção de Serra de transferir da Petrobrás o direito de exploração do pré-sal para empresas multinacionais. São esses os anjos da guarda do capitalismo de mercado.

moralesfoice_e_martelo81662Daí, que sendo o Papa Chico, para os íntimos e não para os estranhos como as direitas farisaicas que usam o nome de Cristo em vão, conhecendo o capitalismo, não por obrigação, mas como um ser humano, ao visitar a América Latina, não poderia deixar de concebê-lo como ditadura sutil e se preocupar com os pobres desse bravo, digno e potente continente que têm suas vidas ameaçadas pela ambição de sistema que só visa o lucro.

“É preciso uma mudança de estrutura mundial, o capitalismo é uma ditadura sutil. Precisamos e queremos mudança, uma mudança real, uma mudança de estruturas. Este sistema é insuportável. Este sistema é contra o projeto de Jesus. A população tem que lutar pela defesa dos três T: Terra, Teto e Trabalho.

Falo de problemas comuns de todos os latino-americanos e, em geral, de toda a humanidade. Problemas que têm uma matriz global e que hoje nenhum Estado é capaz de resolver sozinho. O capitalismo impôs a lógica dos lucros a qualquer custo, sem pensar na exclusão social ou na destruição da natureza.

A primeira tarefa é colocar a economia a serviço dos pobres. Os seres humanos e a natureza não devem servir ao ‘Deus do Dinheiro’. Precisamos dizer ‘não’ a uma economia de exclusão e desigualdade no qual o dinheiro domina em vez de servir.

Não se pode consentir que certos interesses globais, mas não universais, se imponham e submetam os Estados e as organizações internacionais à destruição da criação”, pontificou o pontífice Chico.

8tb1ph3qlkibbmjxxok13qdo0Mas não tinha acabado a festa que ele realizara diante das populações pobres da Bolívia e também do Brasil, visto o encontro ter ocorrido em Santa Cruz de La Sierra.

“Foram cometidos muitos e graves pecados contra os povos originário da América em nome de Deus”, mandou ver Chico.

Ele sabe que continuam metendo graves pecados contra os povos da América. As falsas igrejas com seus falsos pastores continuam usando o nome de Deus para explorar os pobres que além de tomarem seus parcos dinheiros ainda os obrigam a votar em seus membros para solidificar a exploração no Congresso Nacional. Ou nas Assembleias Legislativas.

PAPA CHICO APRESENTA ENCÍCLICA AMBIENATAL QUE PEDE RESPONSABILIDADE DE TODOS PARA CULTIVAR E PROTEGER O JARDIM

image_previewO papa Francisco, conhecido na intimidade religiosa-comprometida como papa Chico – apresentou a Encíclica Ambiental que afirma que a destruição do planeta afeta mais os pobres, e que os avanços tecnológicos não evitaram essa destruição, embora tenham sido apresentados como sendo em benefício de todos.

O papa Chico pediu que o documento fosse recebido pela população como de “acordo com a doutrina social da igreja”. É a primeira vez na história do Vaticano que um papa produz um documento sobre questões ambientas. No Parágrafo 16 do documento pode-se confirma essa posição inovadora do papa.

“A relação íntima entre os pobres e a fragilidade do planeta, a convicção de que tudo está estreitamente interligado no mundo, a crítica do paradigma que deriva da tecnologia, a busca de outras maneiras de entender a economia e o progresso, o valor próprio de cada criatura, o sentido humano da ecologia, a grave responsabilidade da política, a cultura do descartável e a proposta de um novo estilo de vida são os eixos dessa encíclica, inspirada na sensibilidade ecológica de São Francisco de Assis”.

A encíclica tem uma meta política: tocar, mesmo que seja de leve, a Conferência Sobre o Clima que ocorrerá em Paris no mês de Dezembro.

O papa Chico sabe das coisas, por isso vai, como Van Gogh, limando pacientemente o muro que obstrui a vida passar suavemente.

COISA DO PAPA CHICO: O SANTO DO POVO CANONIZOU DUAS SANTAS PALESTINAS

20150517101305272304uUm fato comum com teor fortemente histórico. Missa no Vaticano. O papa Chico chega e diante de várias ditas autoridades políticas, entre elas Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina e Bernard Cazeneuve, ministro do Interior da França, narra a homilia, acompanhado por milhares de fiéis na Praça São Pedro.

Aí, mano, o papa Chico mandou ver. Canonizou quatro santas que viveram no século XIX. Entre elas, duas palestinas: Mariam Bawardi que viveu entre os anos de 1846 e 1878 e Marie-Alphonsine Ghattas que viveu entre os anos de 1843 e 1927. Além das palestinas também foram canonizadas a santa italiana Maria Cristina Dell’ Immacolata que viveu entre os anos de 1856 e 1906, e a santa francesa Jeanne-Emilie Villeneuve que viveu entre 1811 e 1854.

“Permanecer em Deus e no seu amor, para anunciar com palavras e com vida a ressurreição de Jesus, testemunhando a unidade entre nós e o amor dedicado a todos: foi o que fizeram as quatro santas hoje proclamadas”, santificou Chico.

No mais, os inimigos ficaram se mordendo de despeito – dizem que a inveja é pecado -, enquanto na Palestina é só festa! 

DEPOIS DO CARNAVAL É O MOMENTO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2015

4594e6ec8212c3c82a3ac12f060a9ae6_LPassada a cronológica folia de Momo, já que a festa da vida é um processual contínuo, é momento da Campanha da Fraternidade 2015. Sendo assim, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou ontem, dia 18, a Campanha da Fraternidade 2015 cujo tema é Fraternidade: Igreja e Sociedade, com o lema “Eu Vim para Servir”. O objetivo é fortalecer a relação da Igreja com a sociedade buscando melhoras para o povo brasileiro. Para isso, a Igreja vai procurar novas formas de linguagens, métodos e diálogos com a sociedade.

Na abertura, da Campanha da Fraternidade 2015, Dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário-geral da CNBB, afirmou que a Quaresma é um momento de grande importância para a Igreja Católica.

“Queremos ajudar a construir uma sociedade mais humana e mais divina. Sermos pessoas de fermento na massa. Esse é o desejo da campanha”, disse dom Leonardo.

Participando da cerimônia de abertura da campanha, a pastora Romi Márcia Bencke, disse que a campanha é importante porque promove o debate dos valos éticos e o papel da Igreja.

“O tema da campanha deste ano nos desafia para uma ética global de responsabilidades. Nos ajuda a refletir sobre o nosso papel enquanto igrejas e enquanto religiões”, disse a pastora.

947806-cnbb_8Também participando da abertura da campanha, Patrus Ananias, ministro do Desenvolvimento Agrário, tratou do comprometimento do governo federal com a emancipação dos pobres.

“Defendemos os pobres, não a pobreza. Queremos que os pobres se libertem. Queremos que as pessoas se tornem protagonistas, sujeitos de suas vidas e de suas histórias”, observou o ministro.

Já para Marcus Vinícius Furtado, presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, para mudar a vida das pessoas pobres é necessário mudança no sistema político, além do acolhimento de proteção dos pobres.

 “A luta por dignidade, justiça e igualdade é o elo que deve nos unir. Precisamos dar um passo adiante na atual situação de um sistema político desigual. Há a necessidade de todas as instituições participarem desse esforço em busca de um sistema político igualitário”, disse Furtado.

PAPA CHICO FAZ HOMENAGEM A COPA NO BRASIL. “NINGUÉM VENCE SOZINHO, NEM NO CAMPO, NEM NA VIDA”

 

papa___

Queridos amigos,

É com grande alegria que me dirijo a vocês todos, amantes do futebol, por ocasião da abertura da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

A minha esperança é que, além de festa do esporte, esta Copa do Mundo possa tornar-se a festa da solidariedade entre os povos. Isso supõe, porém, que as competições futebolísticas sejam consideradas por aquilo que no fundo são: um jogo e ao mesmo tempo uma ocasião de diálogo, de compreensão, de enriquecimento humano recíproco. O esporte não é somente uma forma de entretenimento, mas também – e eu diria sobretudo – um instrumento para comunicar valores que promovem o bem da pessoa humana e ajudam na construção de uma sociedade mais pacífica e fraterna. Se, para uma pessoa melhorar, é preciso um “treino” grande e continuado, quanto mais esforço deverá ser investido para alcançar o encontro e a paz entre os indivíduos e entre os povos “melhorados”! É preciso “treinar” tanto…

O futebol pode e deve ser uma escola para a construção de uma “cultura do encontro”, que permita a paz e a harmonia entre os povos. E aqui vem em nossa ajuda uma segunda lição da prática esportiva: aprendamos o que o “fair play” do futebol tem a nos ensinar. Para jogar em equipe é necessário pensar, em primeiro lugar, no bem do grupo, não em si mesmo. Para vencer, é preciso superar o individualismo, o egoísmo, todas as formas de racismo, de intolerância e de instrumentalização da pessoa humana. Não é só no futebol que ser “fominha” constitui um obstáculo para o bom resultado do time; pois, quando somos “fominhas” na vida, ignorando as pessoas que nos rodeiam, toda a sociedade fica prejudicada.

A última lição do esporte proveitosa para a paz é a honra devida entre os competidores. O segredo da vitória, no campo, mas também na vida, está em saber respeitar o companheiro do meu time, mas também o meu adversário. Ninguém vence sozinho, nem no campo, nem na vida!

CNBB DIVULGA NOTA CONTRA MINISTRO BARBOSA AFIRMANDO QUE NÃO É “LÍCITO INSUFLAR NA SOCIEDADE ESPÍRITO DE VINGANÇA E ‘JUSTIÇAMENTO’

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) através da Comissão Brasileira Justiça e Paz divulgou nota criticando as atitudes do ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) em relação aos condenados na Ação Penal 470. Na nota a CBJP destaca a atitude do ministro em não conceder, que é da lei, o direito dos presos condenados a regime semiaberto de trabalharem fora do presídio. Caso claro de José Dirceu que vem sofrendo seguidas perseguições por parte de Joaquim Barbosa. Para a comissão, fica claro o desejo de vingança e ‘justiçamento’ do ministro. O que não é lícito, segundo a nota da CNBB.

“A CNJP tem afirme convicção de que as instituições não podem ser dependentes de virtudes ou temperamentos individuais. Não é lícito que atos políticos, administrativos e jurídicos levem a insuflar na sociedade o espírito de vingança e ‘justiçamento’. Os fato aqui examinados revelam a urgência de um diálogo transparente sobre a necessária reforma do Judiciário e o saneamento de todos o sistema prisional brasileiro.

A independência do Poder Judiciário somente realiza a necessária segurança jurídica em sua plenitude, quando viabiliza, sem obstáculos o amplo direito de defesa e a completa isenção na análise objetiva das provas. Ela é imprescindível na relação do Judiciário com os meios de comunicação, não se podendo confundir transparência no julgamento com exposição e execração pública dos réus”, diz parte da nota assinada pelo secretário-executivo da comissão, Pedro Gontijo.

Recordando. No dia 15, esse Afinsophia.com publicou a nota da Pastoral Carcerária que também trazia essa posição contra o sentido ideológico e vingativo de Barbosa.

“Se essa e outras decisões do presidente do STF no ‘caso mensalão’ tem causado espanto para determinados setores da sociedade, certamente não surpreende as centenas de milhares de presos, seus familiares ou os egressos do sistema penitenciário, que desgraçadamente já se habituaram com condenações sem provas, decisões judicias que rasgam a letra da lei e interpretações jurídicas absurdas por parte dos julgadores que, sem sofisticação e empenho intelectual que vimos nesta Ação Penal, sequer mascaram sua pesada carga ideológica”.

DOM TOMÁS BALDUÍNO, A VIDA ATIVA PELAS LIBERDADES CONTRA OS OPRESSORES

Existem, basicamente, dois tipos religiosos-institucionais. Os que seguem uma ordem dogmática das Igrejas, cujas existências se resumem ao fazer institucional-metafísico, o princípio teológico como forma de salvação da alma para uma vida sobrenatural. Na verdade, uma prática divorciada da materialidade da existência expressada em fatores político, econômico, social, antropológico, etc. E os que seguem uma ordem dogmática, mas comprometida com a vida terrena em suas expressões econômica, política, social, antropológica, etc. São os que compreenderam, juntamente com a filosofia, que o homem não está no mundo para sofrer privações. Um conhecimento de que a Terra não pertence á qualquer classe, muito menos aos ricos de poder econômico, mas miseráveis de humanidade.

Dom Tomás Balduíno é desse segundo tipo de religioso-institucional. Não faz de sua existência de religioso um exercício divorciado da materialidade da existência. Optou pelas causas dos mais oprimidos e humilhados. Abraçou a teologia que liberta não só a alma, mas também o corpo oprimido pelas forças gananciosas que refletem um capitalismo sem Deus. Um capitalismo cujo “Deus” é nada mais do que uma retórica usada para melhor realizar a exploração dos desamparados pelo próprio sistema capitalista.

Dom Tomás Balduíno, fundou, junto com outros, em 1972, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), e, em 1975, a Comissão da Pastoral da Terra (CPT). Duas entidades, das quais chegou a ser presidente, que mais lutam pelos direitos dos índios, dos agricultores e de todas as formas de perseguição na zona rural contra os povos interioranos. Por sua condição de ativista pelos direitos humanos foi perseguido durante a ditadura civil-militar que se apossou do Brasil entre os anos de 1964 e 1985, e é perseguido, hoje, pelos latifundiários principalmente os do agronegócio que pretendem as terras dos índios e dos pequenos agricultores. Para compreender melhor a realidade indígena, estudou sua língua e sua cultura.

Dom Tomás Balduíno nasceu em Goiás, no município de Passos, em 31 de dezembro de 1922, e recebeu o nome de Paulo Balduíno de Souza Décio. Depois que foi ordenado dominicano passou a ser chamado por Tomás.

Entre os dias 14 e 24 de abril foi internado no Hospital Anis Rassi, em Goiania. Teve alta no dia 24, mas logo voltou a ser internado no Hospital Neurológico e…

 NOTA DA COMISSÃO DA PASTORAL DA TERRA

“É com grande tristeza que a CPT comunica o falecimento de Dom Tomás Balduíno, bispo emérito da cidade de Goiás (GO) e fundador da Comissão Pastoral da Terra. Apesar da tristeza temos a certeza que Dom Tomás viveu sua vida em plenitude, e em comunhão com a causa dos pobres da terra.

Seu exemplo e luta, estarão presentes sempre na caminhada daqueles e daquelas que lutam por um mundo melhor e justiça social”.  

PAPA CHICO É TACHADO DE COMUNISTA EM FUNÇÃO DE SEU DISCURSO PELO FIM DA POBREZA E CONTRA O CONSUMISMO

https://i0.wp.com/imgsapp.diariodepernambuco.com.br/app/noticia_127983242361/2014/04/03/497452/20140403144457636748o.jpg

De todas as mimeses sociais, as imitações e mímicas dos indivíduos que vivem no mais baixo grau de inteligência, mesmos os com curso superior, a mais dominantes é a ignorância. Também conhecida nas redundâncias sinonímias como estupidez, irracionalidade e outras. Há um universo mimético de ignorantes. Isto porque é mais fácil imitar o que é mostrado como verdadeiro, estereótipo, do que apanhar o objeto ou a ideia mostrada e fazê-los passar pelo crivo do exame. Da crítica. Se modelar no modelo apresentado é fácil e permite segurança, já que o modelo é quase sempre tomado como real e, portanto, verdadeiro.

SOBRE MIMESES, MÍMICAS E AUTENTICIDADE

Sabe-se que a mimeses e a mímicas são necessárias na produção de cultura. Todos os indivíduos recorrem à imitação e a mímica para poderem delinear seu ser-no-mundo. Entretanto, o ser-no-mundo de um indivíduo necessita de fundação que deve sair de sua própria singularidade que vai lhe constituir como autêntico. É por essa fundação-autenticidade que ele escapa da imitação como ignorância, como estereótipo-social que caracteriza a consciência-replicante ou clonada. A consciência que é uma insuportável expressão de imitação e mímica de uma sociedade controladora. Como diz o filósofo Henri Lefebvre, “ordenar por dentro para controlSOBRE O MOVIMENTO REAL
No mundo capitalista de consumo, de mercado financeiro, de entretenimento dissipador de sensibilidade e cognição o elemento que mais serve a imitação e a mímica ignorante é o termo comunismo. Esse mundo capitalista replica o elemento comunista exatamente sem nenhuma crítica sobre o conceito. E pior ainda, o conceito filosófico de comunismo. Por tal, é muito comum se ouvir e ler indicações em relação ao elemento comunismo sem que seja ele em verdade. Para essas consciências-clonadas, o comunismo é um estado de coisa. Ou melhor: um Estado político, perverso, destruidor dos valores familiares, religiosos, etc.
ar por fora”.

Não podia ser diferente. Aprisionados nas mimeses e mímicas ignorantes essas consciências-clonadas não podem compreender que o comunismo não é um estado de coisa, uma forma social-política-econômica –cristalizada num Estado distribuído como Poder Jurídico, Poder Econômico, mas sim, o “movimento real”. Um devir que ultrapassa uma realidade petrificada que impede as revelações das potências criativas do homem. Como ser-humano, ser-espiritual, ser-poiético, ser-cognitivo, ser-estético, ser-ludens, ser-histórico, todas as potências que podem produzir um mundo assinado pela humanidade. Portanto, o comunismo não é um estado, uma forma, uma estrutura, uma função, uma utilidade, mas um movimento-infinito.

O COMUNISMO DE PAPA CHICO

O papa Francisco, Chico além dos íntimos, é um homem com uma sólida formação histórica, política, social, econômica, estética, além de sua formação religiosa. Assim, como um homem erudito, na acepção do fundamento, ele sabe que não adianta a teoria sem a prática. É essa sua essencialidade que perturba as ignorantes consciências-clonadas. Ele sabe que existem dois mundos no planeta Terra que mais chamam atenção. O mundo dos ricos que esbanjam suas riquezas com suas futilidades e ambições, e o mundo dos pobres que não tem sequer o que comer. Diante desses dois mundos ele não pode ficar passivo, como as ignorantes consciência-clonadas, já que ele é um homem-cristão. Um representante de Cristo perante a humanidade.

Daí, que Chico não cala diante de toda essa miséria fabricada pelo capital-predador. Daí, que ele diante de cinco jovens, na Bélgica, no dia 31 de março, expos sua missão evangelizadora que incomoda as ignorantes consciências-clonadas aprisionadas em suas mimeses e mímicas.

“Escutei há dois meses: “Com esses discursos sobre pobreza, esse papa é um comunista”. Mas essa é uma bandeira do Evangelho: a pobreza sem ideologia, os pobres ao centro do Evangelho de Jesus.

Esse é o coração do Evangelho, e eu sou crente em Cristo, e em Jesus Cristo. Para mim, o coração do Evangelho está nos pobres. Nos dias de hoje, o homem foi jogado para fora da sociedade. Ela está na periferia, enquanto o centro é ocupado pelo poder, pelo dinheiro.

Nesse mundo, os jovens foram jogados para fora, assim como as crianças. Não querem mais filhos, apenas famílias pequenas. E os idosos também foram jogados para fora. Muitos deles morrem em uma eutanásia escondida porque não há cura.

‘Não tenham medo!’ Jesus repetiu várias vezes no Evangelho, porque ele sabe que o medo é uma coisa normal” disse, aos cinco jovens, o papa comunista.

 

“FRATERNIDADE E TRÁFICO HUMANO” E “É PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU”, TEMA E LEMA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2014 DA CNBB

http://fratresinunum.files.wordpress.com/2013/11/13b57-capacdcf2014.jpg?w=318&h=320

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou ontem, dia 5, o tema e o lema da Campanha da Fraternidade: Fraternidade e Tráfico Humano e É para Liberdade que Cristo nos Libertou. O lançamento da Campanha da Fraternidade tem como propósito, anual, conscientizar a população sobre um tema mais premente a ser discutido. Esse ano é o tráfico humano que vem se intensificando, apesar das ações dos órgãos de Justiça para coibir e penalizar os praticantes.

No começo do lançamento, foi lida a seguinte mensagem, com cunho socialista, do papa Francisco conhecido catolicamente como papa Chico.

“Não é possível ficar impassível, sabendo que seres humanos são tratados como mercadoria”.

É só no capitalismo, sistema econômico degenerado, que tudo é visto e tido como possibilidade de lucro: mercadoria. Objeto que circula como proporcionador de lucro. Objeto de consumo com valor de uso e de troca responsável pela forma mais alienante de relação social.

Para dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB, o tráfico de pessoas é resultado de uma cultura em que o sofrimento do próximo não é respeitado por grande parte da sociedade.

“Queremos com a campanha identificar essa realidade e, junto com o Estado, realizar este trabalho para que as pessoas deixem de ser exploradas. O tráfico de pessoas é fruto da cultura que vivemos, atualmente quase nos habituamos ao sofrimento ao sofrimento do outro e é preciso se compadecer pela pessoa traficada”, disse dom Steiner.

 Por sua vez, a pastora Romi Márcia Bencke, secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristã (Conic) que o tráfico de pessoas tem relação direta de como a sociedade se estrutura economicamente.

“O tema toca em raízes profundas na forma como a nossa sociedade se estrutura e se capilariza em vários setores da economia”, observou a pastora.

Já o ministro da Justiça, José Cardozo, disse que é inaceitável o tráfico de pessoas e que a campanha junta com a sociedade pode criar um comitê para melhorar as políticas do Estado referente a essa situação.

“É inaceitável que pessoas sejam tratadas como escravas. Temos essa oportunidade de junção de forças com a sociedade, através da Campanha da Fraternidade e da formação de um comitê conjunto para aprimorar as políticas de Estado, receber sugestões e ao mesmo tempo enraizar atuações na sociedade”, disse Cardozo.

VATICANO OCULTA CRIMES SEXUAIS CONTRA CRIANÇAS, DIZ A ONU

monsenhor silvano tomazi martial trezini efe.jpg

A Comissão da Organização Nacional das Nações Unidas (ONU) para o Direito da Criança realizou ontem, dia 16, uma sessão para avaliar se o Vaticano têm cumprido os compromissos da ratificação da Convenção dos Direitos da Criança. Para Sara Oviedo Ferro, relatora da ONU, o Vaticano tem demonstrado mais interesse às suas causas que às das crianças. De acordo com Sara, esse interesse indica um trabalho pela impunidade. Um sinal péssimo porque o Vaticano tem 200 mil escolas em diversas partes do mundo com mais 50 milhões crianças.

“O quem tem sido implementado de fato? Quantas pessoas foram consideradas culpadas? Quantos padres foram entregues para a Justiça?

O interesse do clero parece ser mais importante que o interesse da criança. Existe um sistema de ocultação dos crimes.

Vocês estão dispostos a expor a dimensão do problema ao mundo? Vocês sabem os números de casos. Por que não difundir?”, observou Sara Oviedo Ferro.

Diante das acusações o Vaticano se manifestou através do representante da Igreja Católica, na ONU, em Genebra, Silvano Tomasi, que disse que o Vaticano não desculpa casos de exploração e violência sexual contra as crianças, mas que agressores encontram-se em todas as profissões.

“Agressores estão em todas as profissões, incluindo entre os membros do clero e o pessoal da Igreja.

Esta relação de confiança é crítica e requer um grande sentido de responsabilidade e respeito em relação à pessoa que serve”, disse Tomasi.

Diante das declarações feitas pelo representante do Vaticano, Sara Oviedo Ferro pediu maior preocupação do Vaticano quanto “aos interesses superiores da criança” e medidas para “reparação física e psicológica” delas.

PASTORAL DA JUVENTUDE CATÓLICA PROTESTA CONTRA O REACIONÁRIO DOM ODILO SHERER POR TRANSFERIR PADRES PROGRESSISTAS

O reacionário arcebispo de São Paulo dom Odilo Sherer, transferiu, sem qualquer aviso prévio, padres considerados como progressistas e moderados da região episcopal do Ipiranga. Para a Pastoral da Juventude da Igreja Católica a decisão de transferir os padres progressistas, que fora anunciada no fim do ano, foi baseada em ideologia política.

Dom Odilo Sherer é membro da ala conservadora da Igreja Católica que domina o estado de São Paulo. Ele tem a mesma visão e o entendimento do Papa Bento XVI que na eleição presidencial do ano de 2012, concedeu uma declaração para que os religiosos conservadores brasileiros fizessem campanha contra a candidata Dilma Vana Rousseff divulgando que ela era a favor do aborto, casamento gay, eutanásia e outros direitos humanos. Só que a declaração não vingou: Dilma foi eleita frustrando os reacionários que apoiaram o candidato das direitas, José Serra, do PSDB, partido da burguesia-ignara paulistana. E pior, para eles: Dilma pode ser reeleita nas eleições de 2014. Fato considerado quase certo pelas próprias direitas.

“Dom Odilo Sherer substituiu os padres para colocar nas paróquias pessoas com a visão dele, para ele ter mais controle”, afirmou Felipe Santana que é do movimento Juventude Contra o Príncipe, apoiado pela Pastoral da Juventude da Igreja Católica.

Embora ainda não haja data, os paroquianos afirmam que vão realizar uma manifestação para que o arbítrio seja desfeito. O pároco progressista, Celso Paulo Torres, da paróquia de Santa Rita de Cássia, foi um dos atingidos pelas determinações de Dom Odilo. O pároco tem 24 anos de trabalho na comunidade e será substituído por Jorge Bernardes, reacionário como o arcebispo. O arbítrio é tamanho que ocorreu de um padre ser transferido por via Facebook. É reacionarismo ‘pós-modernizado’.

Os paroquianos estão tentando marcar uma audiência com o arcebispo, mas estão encontrando resistência, por parte do reacionário religioso que não quer recebe-los. Todos os paroquianos que pertencem a igreja que tem o diálogo como prática, a chamada igreja circular, que é muito diferente da igreja piramidal, cuja prática é hierárquica, como gosta Dom Odilo, ficaram surpresos som a arbitrariedade do arcebispo. Foi o caso da paroquiana Dora Galhano, do Conselho de Leigos da Arquidiocese de São Paulo (Clasp).

“Se tivesse havido diálogo, não teria sido tão chocante”, afirmou ela.

Para a catequista do conselho da paróquia de Santo Afonso, Cássia Lima, o arcebispo erra por não seguir a linha do papa Francisco que tem o diálogo como sua forma de se relacionar com as pessoas.

“Se Dom Odilo seguisse a linha do papa, teria no mínimo nos atendido. Nós queremos que a igreja nos ouça, porque nós somos a igreja.

Ele disse que o que está decido está decido, ele decidido e pronto. Ainda não temos uma justificativa e não consigo entender. Dá a entender que há alguma coisa política. O papa Francisco mostra humildade, ouve o povo, e nada disso está acontecendo aqui. Encaminhamos uma e-mail no dia 17 de dezembro a Dom Odilo e até hoje não obtivemos respostas, nem dele nem de qualquer assessor”, observou Cássia Lima.

PAPA CHICO DIZ QUE CONHECEU “BONS MARXISTAS” E NÃO SE OFENDE POR TER SIDO CHAMADO DE MARXISTA, PELOS ULTRA-CONSERVADORES

Papa Francisco diz que não é marxista, mas que não se ofende se o apelidarem

 

O Papa Chico, como é popularmente conhecido, tem expressado sua opinião que vai de encontro às questões sociais do mundo atual. Como é um homem de cultura variada, ele pode fazer algumas inferências sobre essa realidade tão opressora que ofende a razão. Assim, munido de sua razão-social ele pode mostrar o resultado de sua análise sobre a miséria global.

A partir do que expressou, o Papa Chico, passou a ser objeto de comentários de algumas pessoas. Algumas progressistas, que elogiaram sua postura política, e algumas ultrarreacionárias – se ser reacionário é horripilante, imagine ser ultra –, que passaram a lhe adjetivar de Papa Marxista. Adjetivação promovida pelos ultraconservadores norte-americanos.   Mas o Papa Chico, com sua inteligência e posição voltada para os excluídos, papou esses comentários.

“Na minha vida conheci tanto marxistas bons como pessoa, que não me ofendo. Eu não falei usando um ponto de vista técnico, eu tentei apresentar um relato do que está acontecendo.

A única menção específica é a da ‘recaída favorável’ segundo a qual cada crescimento econômico impulsionado pelo mercado livre é capaz de por si só maior igualdade e inclusão social no mundo. Havia a promessa de quando o copo estivesse cheio, transbordaria e os pobres seriam beneficiados. Mas o que aconteceu é que quando está cheio o copo magicamente se torna mais alto”, disse o Papa Chico.

Qualquer um sabe que as declarações feitas pelos ultraconservadores norte-americanos só tem um objetivo: paralisá-lo em sua ação voltada para os mais pobres. Par isso, os ultraconservadores norte-americanos lançaram mão do saturado preconceito contra Marx: o mouro de Trier é o satanás.

Os ultraconservadores são tão estúpidos que a declaração do Papa Chico afirmando “quando o copo estivesse cheio transbordaria e os pobres seriam beneficiados”, não é um pensamento de Marx, mas dos socialistas utópicos como Blanc, Fourier e Simon, que Marx se opunha porque sabia historicamente e filosoficamente que o burguês jamais dividiu ou divide sua riqueza com os pobres.

ESTADO DE SAÚDE DE DOM THOMAS BALDUÍNO, O RELIGIOSO QUE TEM HISTÓRIA DE LUTA PELOS POBRES, MELHORA.

Dom Thomás Balduíno junto com Pedro Casaldáliga, e outros poucos religiosos, formam no Brasil a parte religiosa engajada da Igreja Católica. Todos lutaram e lutam contra as formas de opressão sofridas pelos pobres. Principalmente a opressão executada pelos latifundiários que são os responsáveis pela violência no campo.

Dom Thomás Balduíno, aos 90 anos, é uma personalidade atuante nessa luta que mesmo com todas às ameaças que sofreu nos tempos terríveis da ditadura militar e que ainda sofre por ação dos que se pretendem senhores das terras, não abdica dessa nobre e sagrada missão que abraçou junto aos mais pobres.

Esse militante foi internado na segunda-feira no Hospital Doutor Domingos, em Ceres, por efeito de uma queda de pressão, ele também apresenta sintomas cárdicos, mas nada disso abalou o seu invejável vigor de conselheiro permanente da Comissão da Pastoral da Terra (CPT) que foi um dos seus criadores, assim como também do Conselho Indigenista Missionário (CIMI). Daí que as notícias vinda da UTI, onde se encontra internado, afirmam que ele vem apresentando um quadro evolutivo de saúde.

As informações sobre a saúde do bispo emérito de Goiás são provenientes do Convento São Judas Tadeu, em Goiânia. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou nota tratando sobre seu estado de saúde e pediu para os fieis orarem por seu pronto restabelecimento. O que é o desejo de todos que estão envolvidos com a dignidade humana, os direitos dos mais sofridos, a liberdade e a Justiça.

“Estamos acompanhando diariamente qualquer alteração desse quadro e contamos com suas orações para o pronto restabelecimento do nosso amigo e profeta”, evangelizou dom Eugênio Rixen, bispo de Goiás.

‘FELICIANOS’ DO CDH APROVAM PROJETO QUE AUTORIZA IGREJAS PROIBIR ENTRADE DE GAY

mai130313dsc_8744

Os deputados ‘felicianos’ da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, que tem como dirigente o pastor/deputado Marcos Feliciano (PSC/SP) que é acusado de racista e homofóbico, aprovaram  o projeto de lei que autoriza igrejas a expulsarem todas as pessoas que violarem “seus valores, doutrinas, crenças e liturgias”. E também as igrejas ficam autorizadas a não celebrar casamentos “em desacordos com suas crenças”.

Como se pode observar, o projeto tem como alvo exatamente os homossexuais. Os que cujas atitudes agridem os conflitos dos ‘felicianos’. O projeto quer evitar que aqueles que se sintam ofendidos possam recorrer à Justiça. No caso os gays.

Para o deputado Washington Reis (PMDB/RJ), autor do projeto, a homossexualidade está em desacordo com as crenças religiosas.

“Deve-se a devida atenção ao fato da prática homossexual ser descrita em muitas doutrinas religiosas como uma conduta em desacordo com suas crenças. Em razão disso, pelos fundamentos anteriores expostos, deve-se assistir a tais organizações religiosas o direito de liberdade de manifestação”, disse o deputado homofóbico.

E como não podia ser diferente, o relator do homofóbico projeto não é ninguém mais do que o homofóbico e racista deputado Jair Bolsonaro (PP/RJ) que foi indicado por seu semelhante, pastor Marco Feliciano. Para ele as instituições religiosas devem ser para os que defendem suas doutrinas.

“Do contrário pode-se se entender como verdadeira imposição de valores que não próprios das igrejas, sendo que, aqueles que não concordarem com seus preceitos, basta eximir-se voluntariamente da participação em seus cultos”, afirmou o deputado notoriamente homofóbico e racista. Que o diga a Preta Gil.

Agora, o projeto segue para a Comissão de Constituição e justiça (CCJ). A questão é saber se existe um número considerável de homofóbicos na CCJ. Se existir o projeto é aprovado e as manifestações contrárias à homofobia vai aumentar sua força contra os parlamentares.

Esses alcunhados projetos de lei são obras incontestes de parlamentares que não têm causas para presentarem ao Brasil. Não possuem inteligências suficientes para criarem temas fundamentais a sociedade. É aí que entra a necessidade urgente da reforma política.

Leonardo Boff comenta eleição do novo papa


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.269 hits

Páginas

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos