Archive for the 'IMTU/Sinetram' Category



CAMPANHA CONTRA O VÍRUS IMTU/SINETRAM: PRAÇA ENTRA NA PELEJA!

MAIS ATAQUES DO VÍRUS IMTU/SINETRAM,

MAS O COMPANHEIRO PRAÇA ENTRA NA PELEJA

O silêncio da IMTU e da imprensa em relação ao boicote empresarial à integração temporal no transporte coletivo em Manaus continua. É o vírus IMTU/Sinetram que continua a se alimentar dos créditos do cidadão manoniquim.

Hoje, neste Bloguinho, mais uma contribuição de uma leitora intempestiva:

“Venho lembrar que não é só da Vitória Régia, pois trabalho em comunidade e pego variados ônibus das seguintes empresas: Cidade de Manaus (219, 222, 225), São José (088, 089) Eucatur (640, 408). Esses foram os ônibus que peguei e não aceitou o temporal… Até quando vamos ter que tolerar esse tipo de absurdo em nossa cidade?
Estão furtando o nosso direito e não estamos reagindo…
Hoje paguei cinco (5) passagens e os cobradores insistem em dizer que acabou o a passagem temporal… Até quando vamos ter que agüentar isso, porque não reagimos…
(Eliane Santos)

(Leia aqui, mais contribuições de leitores, em outros blogs atuantes)

A AFIN, Associação Filosofia Itinerante, está em contato desde a semana passada com o companheiro Praciano (Dep. Federal – PT/AM), que, em entrevista hoje, direto de Brasília, nos falou sobre transporte e sobre o atual boicote à Integração Temporal.

CUIDADO VÍRUS IMTU/SINETRAM! PRAÇA ESTÁ NA PRAÇA (E NOS TERMINAIS)!

Praciano disse que é necessário a população se mobilizar para encarar o boicote, já que a IMTU e a Prefeitura não se manifestam. Um dos caminhos é o Ministério Público. Sobre o projeto de lei do vereador José Ricardo (PT/AM), que traria para a prefeitura a responsabilidade em gerir o sistema Passa Fácil, Praciano concorda, mas lembra que, no início do mandato de Serafim, ele, então vereador, fez a mesma proposta, que foi recusada pelo prefeito, alegando à época a dificuldade em gerir o sistema, a necessidade de compor uma equipe para tal, o dispêndio de recursos, etc, preferindo deixar a tarefa para o Sinetram – Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo no Amazonas.

Praça discordou da versão oficial da IMTU (a do vírus). Ele foi um dos parlamentares de Manaus que viajou para Curitiba, à época da escolha do sistema eletrônico de bilhetagem a ser implantado em Manaus. Combatente das causas sociais e principalmente dos trabalhadores e estudantes, Praciano afirma que problemas do tipo que a IMTU e o presidente, comunista Marcelo Ramos alegam, não ocorrem. O sistema de bilhetagem eletrônica é simples e protegido contra este tipo de ação. O máximo que poderia ocorrer seria unitariamente (com apenas um validador, que poderia deixar de funcionar), jamais no conjunto, e muito menos apenas com uma função controlada pelo sistema, como a Integração Temporal. Se fosse o caso, questiona, por que não caiu todo o sistema ao invés apenas da Integração Temporal?

UM POUCO DE HISTÓRIA

Praciano tentou ainda, na mesma época, emplacar um projeto de lei que já havia sido vetado por Alfredo “ExTresso” Nascimento (dois mandatos) e Carijó (mandato tampão), prefeitos anteriores à Serafim. Com a chegada deste à prefeitura, Praciano colocou em votação um Projeto de Lei, advindo da CPI do Transporte, da qual foi presidente: o PL obrigaria as empresas do transporte coletivo a enviar trimestralmente à CMM o balancete da empresa, a folha de pagamento e a guia de recolhimento de impostos. Como estes documentos trazem os gastos e investimentos das empresas, ficaria mais fácil a fiscalização em relação às empresas e à tarifa cobrada pela passagem de ônibus em Manaus. O projeto foi aprovado na CMM por unanimidade. No entanto, Serafim, mostrando conservar o alinhamento da prefeitura aos empresários, vetou. Praciano ressalta que, com a medida, ficaria mais fácil detectar “falhas” nas planilhas das empresas, as mesmas que são usadas para justificar aumento nas tarifas do transporte. Segundo Praciano, a diferença entre o que é mostrado na planilha de gastos com pessoal pelas empresas e o real – descontados horas-extras não pagas, direitos trabalhistas negados e impostos sonegados – é de quase 2.000.000,00 de Reais. Paga-se um valor de passagem inflacionado por gastos não realizados, com a conivência deste e de governos anteriores.

A título de ilustração, este Bloguinho relembra ao leitor intempestivo (aqui) a manifestação ocorrida em agosto do ano passado, quando o sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo reclamou direitos trabalhistas e horas-extras não pagas. Neste outro link você pode conferir um levantamento do transporte coletivo feito por este Bloguinho, onde os trabalhadores falam sobre este e outros problemas. Recentemente, a CMM foi palco de uma mobilização estudantil que impediu o fim da meia-passagem estudantil.

É necessário se mobilizar, como ressaltou a leitora intempestiva Eliane, e para tal, este Bloguinho convida os leitores que tiverem sido vítimas do vírus a enviar e-mails para contato, através do afinsophiaitin@yahoo.com.br, para que se possam identificar os depoentes e o companheiro Praciano possa ingressar com Ação Civil Pública no MP. Nenhum dado pessoal será publicado.

Vamos comunalizar esta linha intensiva politizante (= atuação comum) que corta a ilusão-dor da política como mecanismo de opressão e capturação do desejo e da potência de existir das pessoas!

CLIQUE NO CARTAZ DA CAMPANHA NA BARRA LATERAL DESTE BLOGUINHO PARA ACESSAR OS BOLETINS!

CAMPANHA DE PROTEÇÃO CONTRA O VÍRUS IMTU/SINETRAM CONTINUA…

Campanha de Prevenção ao V�rus IMTU/Sinetram

VÍRUS IMTU/SINETRAM ATACA AS LINHAS ALIMENTADORAS

Neste final de semana, este Bloguinho Intempestivo e outros blogs ficaram de olho na movimentação das empresas de ônibus e do boicote à Integração Temporal.

Recebemos via telefone mais um caso. Desta vez o usuário pegou o ônibus da linha 072 (empresa São José), desceu na avenida Grande Circular, e ao pegar o ônibus 418 (Eucatur/Transmanaus), teve outro crédito devorado pelo vírus IMTU/Sinetram. Questionando o cobrador, obteve a informação de que agora as linhas chamadas alimentadoras (que atendem dos bairros aos terminais 3, 4 e 5) não estão mais aceitando o benefício do não pagamento da passagem durante a hora e meia, fazendo com que, quando o usuário pegue outro ônibus, tenha que pagar novamente.

Este Bloguinho entrou em contato com cobradores de diversas empresas – que não podem, por motivos óbvios, se identificar – e estes confirmaram a versão do leitor intempestivo. Nas linhas alimentadoras, não existe mais integração temporal. O que vem causando transtornos aos trabalhadores do transporte coletivo. Brigas, discussões e confrontos verbais e físicos tem se tornado comuns entre usuários e cobradores, graças à atitude das empresas e a submissão da prefeitura/IMTU.

UM POUCO DE HISTÓRIA

No final de 2006, quando a prefeitura realizou mudanças institucionais no sistema de transporte coletivo, instituindo a Integração Temporal, a intenção do prefeito Serafim era acabar com os Terminais de Integração (Const. Nery, Cachoeirinha, São José, Bola do Produtor e Cidade Nova), que passariam a ser paradas de ônibus “comuns”, já que a integração temporal os tornaria desnecessários (ver aqui, final da página, item 5). Logo o prefeito e a equipe da IMTU perceberam – com uma certa pressão de entidades civis – que a idéia não funcionaria, a não ser que eles garantissem que cada cidadão manoniqum tivesse o seu cartão Passa-Fácil.

Imaginem agora se a medida do prefeito tivesse sido efetivada…

A CAMPANHA

Como agenciamento coletivo de enunciações comunitárias, este Bloguinho lançou no último sábado a “Campanha de Proteção Contra o Vírus IMTU/Sinetram”. Já que a versão oficial da prefeitura é a de que um vírus causou os problemas com a Integração Temporal, e que tudo já estaria resolvido, o Bloguinho Intempestivo convida os leitores a fazerem parte da campanha, divulgando, discutindo e atuando ativamente como anti-corpos sociais afetivos-intensivos no combate à essa enfermidade político-moral que vem de governos anteriores e se mantém neste. Basta clicar no cartaz da campanha, na barra lateral deste Bloguinho, para ter acesso a todos os boletins da campanha, do dia 12/02 até hoje e além, enquanto a inapetência e a submissão aos ditames do capital forem os móbeis dos governantes que aí estão e dos que estão pensando que vão voltar.

CLIQUE NO CARTAZ DA CAMPANHA PARA ACESSAR OS BOLETINS:

Cartaz Campanha

LANÇADA A CAMPANHA DE PROTEÇÃO CONTRA O VÍRUS IMTU/SINETRAM!

Campanha de Prevenção ao V�rus IMTU/Sinetram

Os leitores intempestivos continuam usando o humor desestabilizante da seriedade da burocracia dos governos para tocar afetivamente na ferida da ineficiência do transporte coletivo manoniquim. Mais uma leitora nos relatou sua experiência, desta vez com um toque teológico:

Sou moradora do Conjunto Hiléia, aqui a situação está nas mãos dos empresários mesmo, durante toda essa semana tive que discutir com a cobradora sobre essa situação que vocês vêm acompanhando, segunda-feira a colega disse que a “ordem é que os ônibus que atendem essa zona é não permitir a integração com ônibus de outras empresas”. Fica a eterna pergunta: se Deus é por nós, quem será contra…!?

Os casos tiveram início e foco na zona Leste. No entanto, através desta e de outros leitores (acompanhe nos boletins), percebemos que também estão ocorrendo na zona Oeste, que é atendida pela empresa Cidade Manaus. O que descaracteriza o já descaracterizado press release da prefeitura, publicado pelos jornais manoniquins, e a versão do site oficial da PMM. Trata-se mesmo de algo deliberado. O vírus PAPA-CRÉDITO IMTU/SINETRAM que atingiu os poderosos bancos de dados da Vitória-Régia, São José e Eucatur/Transmanaus chegou também às catracas eletrônicas da Cidade Manaus?

Caso tenha ocorrido esta contaminação, este Bloguinho Intempestivo, que tem como linha intensiva de atuação a criação de comunalidades afetantes que possam auxiliar na construção de comunidades mais alegres e produtoras, facilita a vida dos programadores e técnicos de informática da IMTU/Sinetram, bem como das empresas de ônibus que atuam em Manaus. É só escolher:

Kapersky AVG Antivirus

McAfee Viruscan Norton Antivirus

Para evitar que o orçamento municipal, do Sinetram, ou os investimentos na Bolsa Mercantil de Futuros dos empresários de ônibus que atuam no nosso transporte coletivo sejam prejudicados por este gasto imprevisto, todas as opções acima possuem versão gratuita. De graça!

No entanto, o eleitor/leitor sabe: o vírus é mutante, e já sofreu pelo menos quatro mutações. A primeira, quando surgiu, no dia 12/02, atacando os usuários da Vitória-Régia e São José. Depois, modificou sua composição, atacando também a Transmanaus/Eucatur. Em seguida, surgiu como vírus para a equipe técnica-médica-informática da IMTU e da imprensa, como sendo um vírus fraco e que se manifestou somente um dia. A IMTU/Imprensa Seqüelada caiu na esparrela, e agora o vírus se manifesta cada vez mais forte e disseminado, também na zona Oeste, na empresa Cidade Manaus.

Portanto, a vacina para este vírus tem que incluir uma forte dose de humor, ternura, inteligência, antitoxinas que somente a comunalidade intempestiva de um povo ativo e atuante pode produzir. A prefeitura, como não carrega estes elementos, está impotente diante do poderoso vírus Papa-Créditos IMTU/SINETRAM.

Portanto está lançada a Campanha de Proteção Contra o Vìrus IMTU/SINETRAM! Participe!

ACOMPANHE AQUI TODOS OS BOLETINS DA CAMPANHA:

22/02 – Integração Temporal Segue Desintegrada. E a Prefeitura…

21/02 – Não colou a Emenda IMTU/Imprensa no Caso da Integração Temporal

19/02 – Emenda da IMTU Piora o Soneto da Integração Temporal

18/02 – Mais Informações Sobre o Boicote à Integração Temporal

16/02 – Mais Indícios de Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

14/02 – Ainda as Irregularidades no Passa-Fácil em Manaus

13/02 – Mais Uma do Transporte Coletivo em Manaus

12/02 – Mais Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

INTEGRAÇÃO TEMPORAL SEGUE DESINTEGRADA. E A PREFEITURA…

A briga entre empresários e a prefeitura não é nova, e também não é desta gestão que o poder público municipal não tem forças para impedir os abusos dos empresários, transformando a capital do Estado, região metropolitana, numa cidade sem transporte público eficiente. Depois da imprensa manoniquim dar uma “barrigada” na terça-feira, com a ajuda do press release do SINETRAM/IMTU, eis que a notícia aparece no próprio portal da Prefeitura de Manaus, sem nenhum retoque, fazendo o usuário desconfiar de que a prefeitura ou não sabe o que está acontecendo – um gravíssimo problema de gestão – ou coaduna com os métodos dos empresários.

Enquanto a prefeitura, através da IMTU ameaça e não consegue intimidar o SINETRAM, e o seu presidente ainda não sabe como fará para identificar e ressarcir todos os usuários que foram prejudicados pelo boicote à Integração Temporal – que, tudo indica, não foi ainda resolvido, pois trabalhadores das empresas que não podem se identificar afirmam que a intenção das empresas é realmente extinguir o benefício, mais usuários/leitores intempestivos contatam este Bloguinho para relatar suas experiências:

Foi procurando alguma resposta para a situação do boicote ao Passa Fácil que tive a satisfação de encontrar esse blog através do google. Muito bom saber que tem gente que assim como eu preocupa-se com a situação do transporte coletivo nesta cidade de Manaus. Parabéns pelo blog. Espero que seja melhor divulgado. Acho que o transporte coletivo nesta cidade tem que melhorar e muito, a atual administração esta sendo a pior nesse sentido apesar de ônibus novos (que todo mundo sabe que são reprocessados), nada melhorou. Vejo as pessoas, principalmente da zona leste e norte sendo tratadas feito animais (quando são maltratados pelo homem) dentro dos carros, pena que reclamam, brigam somente naquela hora e não procuram o órgão competente pra resolver essa situação. Isso só vai melhorar quando como tudo neste Brasil terminar em mortes.

E finalmente sobre o boicote acho isso um desrespeito, pois a população não foi informada como foi quando obteve esse benefício. Já aconteceu duas vezes comigo e eu tive q pagar passagem novamente. No dia 19/02 peguei a linha 414 saindo do parque 10 e fiquei no Carrefour para pegar a linha 209, minha surpresa foi q eu tinha q pagar novamente, outra situação foi no dia seguinte, tentei reverter esta situação, fui informado que alguns ônibus não estavam aceitando mais o PF. Então resolvi neste dia pegar o 427, fiquei na Djalma e novamente peguei o 209, e novamente tive q pagar, o bom era q eu tinha créditos, imagina se eu não tivesse e tampouco dinheiro pra pagar, como iria ser, q constrangimento? Isso nos EUA renderia uma bela indenização, mas infelizmente não estou lá… Espero q essa situação volte ao normal. Já basta eu ter q esperar 01 (uma) hora esperando a linha 402. Rezo um terço todinho, às vezes chego a um rosário esperando os ônibus, me sinto impotente perdendo tempo nas paradas e isso corrói a alma.

O espaço do Bloguinho Intempestivo continua contando com a atuação comunitária dos leitores intempestivos. Se você conhece alguém que teve este tipo de problema, relate, e não esqueça de telefonar à IMTU, nos fones 156 ou 3643-5555. Afinal, como disse o Daniel, que nos relatou o ocorrido acima, é preciso pressionar e fazer valer os direitos de cidadão.

ACOMPANHE AQUI TODOS OS BOLETINS:

21/02 – Não colou a Emenda IMTU/Imprensa no Caso da Integração Temporal

19/02 – Emenda da IMTU Piora o Soneto da Integração Temporal

18/02 – Mais Informações Sobre o Boicote à Integração Temporal

16/02 – Mais Indícios de Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

14/02 – Ainda as Irregularidades no Passa-Fácil em Manaus

13/02 – Mais Uma do Transporte Coletivo em Manaus

12/02 – Mais Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

NÃO COLOU A EMENDA IMTU/IMPRENSA NO CASO DA INTEGRAÇÃO TEMPORAL

A mídia e a IMTU divulgaram ontem informações de que os problemas na Integração Temporal em Manaus teriam ocorrido somente na segunda-feira, 18, e que já estariam sanados.

Como mostrou este Bloguinho, a questão foi mais séria do que a tentativa pífia da imprensa manoniquim de encobrir os fatos. Hoje, este Bloguinho recebeu mais informações sobre o ocorrido. Primeiro, de fonte intempestiva, um documento do próprio IMTU, divulgado na internet, que mostra tanto o conhecimento do instituto sobre a situação ANTES DO DIA 18, além de evidenciar a ineficácia da débil autoridade que o órgão público tem em relação ao SINETRAM e as empresas:

O documento, datado de 14/02 (quinta-feira), mostra uma IMTU consciente da questão, e tentando ser incisiva na atitude. Revela ainda, como já havia adiantado este Bloguinho, que a iniciativa partiu da empresa Vitória-Régia e outras empresas aderiram.

O que dirão o presidente (ainda?) da IMTU e a vereadora Lúcia Antony (PCdoB/AM), que sustentaram a versão press release noticiada na imprensa? E a imprensa escrita, que publicou, em uníssono as declarações de Marcelo Ramos, numa “barriga” (notícia sem fundamento, baseada em fatos inexistentes ou distorcidos) que dificilmente poderá ser justificada como erro?

Além disso, outra usuária do transporte e leitora intempestiva nos deixou seu comentário, relatando outro episódio, desta vez na zona oeste:

Não sei do que se trata mas também fui vítima do problema, ao sair da faculdade Ciesa na av. Djalma Batista peguei a linha 205 até a av. Constantinopla no Campos Elíseos em frente ao Sesc e após 20 minutos peguei a linha 207.

Paguei ambos com o cartão passa-fácil estudantil, mas fui cobrada em ambas as vezes e ao indagar o cobrador ele disse que era problema no sistema e que ele não poderia fazer nada a respeito.

Então veio a pergunta: se é um problema o que está sendo feito para resolvê-lo e porque isto não é informado aos usuários? Porquê este ônibus não é tirado de circulação se está com problema?

Se o problema fosse de estar liberando sem cobrar com certeza não estaria rodando, mas como está comendo os créditos dos usuários indevidamente eles não tomam providências.

Precisamos de respostas.

Dizem alguns jornalistas do eixo sudeste-sul que o Amazonas a região norte é atrasada culturalmente em relação ao resto do país. No entanto, ao menos no quesito parcialidade, cá, como lá, a imprensa não está a serviço da cidadania. Seja por opção ou incapacidade, não está a serviço de interesses comunitários.

ACOMPANHE AQUI TODOS OS BOLETINS:

19/02 – Emenda da IMTU Piora o Soneto da Integração Temporal

18/02 – Mais Informações Sobre o Boicote à Integração Temporal

16/02 – Mais Indícios de Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

14/02 – Ainda as Irregularidades no Passa-Fácil em Manaus

13/02 – Mais Uma do Transporte Coletivo em Manaus

12/02 – Mais Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

EMENDA DA IMTU PIORA O SONETO DA INTEGRAÇÃO TEMPORAL

Desde o último dia 12/02, este Bloguinho vem informando aos leitores sobre os acontecimentos relativos à suspensão arbitrária da Integração Temporal nas linhas de ônibus das zonas Leste e Norte. Com depoimentos de leitores-cidadãos, mostrou que a situação se iniciou nos veículos da Vitória-Régia (alimentadores e expresso), e chegou até a União Cascavel. Nossas fontes intempestivas nos informaram que a decisão foi tomada de dentro da chefia de tráfego da empresa Vitória Régia, que chegou a incentivar outras empresas a fazerem o mesmo. Inúmeros relatos chegaram até os contatos do Bloguinho, alguns dos quais foram publicados na série de posts que você pode conferir logo abaixo. Até hoje, nenhuma linha sobre o assunto havia sido publicada na imprensa escrita.

Hoje, em praticamente todos os jornais da cidade, foi publicado, com variações mínimas nas versões publicadas, que o problema da integração temporal teria OCORRIDO SOMENTE NO DIA DE ONTEM, e que teria sido ocasionado pelo rompimento do cabo de fibra ótica da Embratel (ocorrido na semana retrasada), e por um vírus de computador que teria causado uma pane nos sistemas do SINETRAM. Em um dos jornais, o ainda-presidente da IMTU, comunista Marcelo Ramos, classificou de “boatos” as informações de que o problema teria sido mais grave.

Emenda que saiu pior que o soneto, já que o problema vem desde a segunda-feira (12), com depoimentos de usuários, trabalhadores do transporte coletivo e até dos atendentes da IMTU que confirmaram por duas vezes a este Bloguinho a ocorrência do abuso por parte das empresas de ônibus.

Enquanto a vereadora e colega de partido do presidente do IMTU, a também comunista Lúcia Antony, ocupou a tribuna da CMM hoje para defender o ponto de vista do colega (defender o indefensável, no jargão futebolístico), o vereador José Ricardo (PT/AM) falou na CMM sobre o problema, e estará nos terminais 1 (Constantino Nery – 07 às 09h da manhã) e II (Cachoeirinha – 05 às 07h da noite), nesta sexta-feira, dia 22, para conversar diretamente com a população sobre este e outros problemas do transporte coletivo.

ACOMPANHE AQUI TODOS OS BOLETINS:

18/02 – Mais Informações Sobre o Boicote à Integração Temporal

16/02 – Mais Indícios de Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

14/02 – Ainda as Irregularidades no Passa-Fácil em Manaus

13/02 – Mais Uma do Transporte Coletivo em Manaus

12/02 – Mais Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O BOICOTE À INTEGRAÇÃO TEMPORAL

Novas informações sobre o cancelamento da Integração Temporal pelas empresas do transporte coletivo em Manaus.

Leitora intempestiva comunalizou a este bloguinho sua experiência, na seção de comentários do primeiro informe das irregularidades. Transcrevemos abaixo:

Mais irregularidade no transporte coletivo! No domingo, 17 de fevereiro, utilizei a linha 050, o motorista alegou a outro usuário não haver mais integração temporal. Por volta das 11:30, ao pegar o ônibus 049, da empresa União Cascavel, a cobradora exigiu pagamento da passagem, pois foi instruída a dizer que não existia mais a integração temporal. E pasmem, vários usuários pagaram a passagem. Eu não paguei, discuti com a cobradora e a resposta foi: “vá na garagem reclamar!”. Hoje, 18 de fevereiro, às 12:35, utilizei para ir levar minha filha de cinco anos à escola a linha 015 e para retornar, a linha 035, *todos União Cascavel*. Paguei com o meu Cartão Cidadao uma passagem inteira R$2,00. Fui ao SINETRAM PEDIR EXPLICAÇOES E A RESPOSTA: DIRIJA -SE AO SINETRAM DA CONSTATINO NERY, não conformada quis saber desde quando não existia a integração temporal. Resposta da chefe do setor do terminal 3: “É ordem das empresas!”.

Outras fontes informam que é a empresa Vitória-Régia, através de sua gerência de tráfego que está incentivando as outras a aderirem ao boicote à Integração Temporal. Haviam rumores de que uma fiscalização da IMTU na empresa União Cascavel teria inibido o cancelamento do direito dos passageiros naquela empresa, no domingo passado. Como fica, então, a situação da usuária-leitora intempestiva, e outros cidade afora, que continuam esperando a resolução “enérgica” da IMTU, e pagando as duas passagens?

Até agora nenhuma posição oficial, exceto a saída do presidente, Marcelo Ramos, por motivos eleitorais.

O que eles nem desconfiam é que enquanto as eleições “movimentam” os bastidores, o verdadeiro movimento-fluxo está na rua, engendrando linhas de entendimento para além dos governantes que criaram ao longo dos anos a situação de ineficiência do transporte coletivo atual, e dos atuais, que mantiveram tudo como encontraram.

Acompanhe aqui todos os boletins:

16/02 – Mais Indícios de Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

14/02 – Ainda as Irregularidades no Passa-Fácil em Manaus

13/02 – Mais Uma do Transporte Coletivo em Manaus

12/02 – Mais Irregularidades no Transporte Coletivo em Manaus

MAIS INDÍCIOS DAS IRREGULARIDADES NO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS

Este Bloguinho recebeu novas informações sobre o caso do cancelamento da Integração Temporal no Sistema Passa Fácil do transporte coletivo em Manaus, que a prática não se resume à Vitória-Régia e nem aos coletivos da zona Leste.

Segundo estas informações, a partir de hoje (16), a empresa Transmanaus (fachada da Eucatur na licitação do transporte coletivo) vai suspender o uso da Integração Temporal nos terminais 3 (Cidade Nova) e 4 (Bola do Produtor, Jorge Teixeira). A prática, como informou o Bloguinho Intempestivo aqui e aqui, já vem sendo aplicada desde segunda-feira pela Vitória-Régia.

Mais ainda, consta que desde o dia 08/02, há problemas com a Integração Temporal. Ali, o presidente do IMTU, comunista Marcelo Ramos, já falava sobre possíveis problemas nos cartões. A mesma justificativa foi dada por ele ao vereador José Ricardo, na segunda-feira. Lá, Marcelo informou que tem acesso diário às planilhas de reclamação, e não havia nenhuma referente ao problema, o que leva a uma linha de entendimento: os passageiros não telefonam ao número de registro de reclamações da IMTU, seja por não saberem qual o número ou sequer se o serviço existe (este Bloguinho, na segunda-feira, a título de informação, não encontrou o número nem no site da prefeitura, nem na lista telefônica, nem no 102 da Telemar; só o encontrou devido à proximidade com um ex-funcionário dessa instituição: 156), seja por não acreditarem na possibilidade de ressarcimento ou providência efetiva, pela ausência de uma política de transporte coletivo urbano voltada aos interesses da população nos últimos 20 anos, e que se mantém na atual prefeitura.

Alunos da Escola Estadual Cleomenes do Carmo Chaves (Jorge Teixeira IV) também contataram este Bloguinho para informar que a integração temporal, na carteirinha deles, não está funcionando.

De qualquer sorte, caso se confirmem as informações dadas pelos leitores intempestivos ao Bloguinho, é mais uma evidência de que os empresários continuam dando as cartas no transporte coletivo em Manaus. Ou as rigorosas sanções contidas no contrato da “nova” licitação, que prevêem descredenciamento em caso de irregularidade, serão cumpridas?

AINDA AS IRREGULARIDADES NO PASSA FÁCIL EM MANAUS

Hoje este Bloguinho recebeu a informação de que pessoas continuam tendo o direito à Integração Temporal nos ônibus da zona Leste desrespeitados.

Um leitor que pagou a passagem com a carteirinha estudantil em um ônibus hoje pela manhã e que questionou a cobradora sobre os casos ocorridos nos últimos dias foi informado por esta que a Integração Temporal para os estudantes estava “suspensa” desde o dia de hoje. Questionada, não soube dizer se era uma decisão das empresas ou do IMTU, nem revelou quem lhe deu esta informação. O leitor-usuário não chegou a utilizar o serviço de Integração Temporal.

Outra leitora entrou em contato com o Bloguinho para informar que foi ao trabalho esta manhã, e pegou uma linha alimentadora, descendo antes do terminal 5. Ao apanhar o integração linha 651, passou o seu cartão Cidadão (não era o estudantil), mas a leitora acusou a necessidade de pagar. A cobradora informou que nada podia fazer, que ela teria de pagar.

Uma professora informou que seu cartão também não registrou a primeira passagem paga, e ela teve que pagar novamente no segundo ônibus que entrou. Ela não informou quais linhas pegou, mas reside na zona Leste.

Em contato novamente com a IMTU hoje à tarde, o Bloguinho recebeu novamente a informação de que este seria um problema no sistema, restrito às empresas Vitória-Régia e São José, e que já estava sendo resolvido.

Na primeira vez que o IMTU foi contactado, apenas a empresa Vitória-Régia estava com o problema. Neste mesmo dia, o presidente do IMTU, o comunista Marcelo Ramos, também contactado (pelo vereador José Ricardo), informou nada saber do assunto, dizendo que recebe diariamente o boletim de reclamações feitas ao órgão por usuários, e não viu neles nenhum problema relativo à Integração Temporal.

Ainda que seja realmente um problema na programação das catracas eletrônicas das empresas citadas, a forma como está sendo tratado o assunto ilustra que a prefeitura toma partido das empresas, uma vez que os prejuízos dos usuários dificilmente serão ressarcidos e que um esquema especial poderia ter sido montado para evitar transtornos e constrangimentos.

MAIS UMA DO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS

Enquanto os empresários ganham com os supostos erros no sistema, a prefeitura de Manaus, no apagar das luzes de 2007, passou de credora a devedora das empresas que atuam no transporte coletivo na cidade.

Como isso foi possível é o que pretendem investigar os vereadores José Ricardo (PT/AM) e Waldemir José (PT/AM), que pediram a convocação do secretário de finanças (SEMEF), Onildo Elias, para explicar como Manaus passou, em menos de 3 anos, de credora das empresas num total acumulado ao longo de 20 anos de R$ 72 milhões, para devedora – segundo o secretário, graças às melhorias no transporte coletivo (sic) manoniquim – de R$ 50 milhões.

As melhorias no transporte coletivo também foram citadas pelo prefeito Serafim “Dunga” Corrêa e pelo auxiliar técnico, Marcus “Jorginho” Barros, na abertura do ano legislativo, na CMM.

Manaus não merece esta seleção…

MAIS IRREGULARIDADES NO TRANSPORTE COLETIVO EM MANAUS

Atenção usuários do transporte coletivo!

Este Bloguinho recebeu dois informes de leitores que teriam tomado ônibus e não tiveram respeitado o direito à integração temporal.

O primeiro caso, pela manhã, com um rapaz que pegou a linha 652 (Expresso T4 – V8 – Centro), e quando passou o cartão, que tinha sido usado menos de duas horas antes em outra linha, foi obrigado pela cobradora a pagar novamente a passagem. A funcionária informou ser ordem da empresa não mais aceitar a integração temporal, que sequer apareceu no visor da catraca eletrônica.

O segundo caso, no início da tarde, foi com uma usuária da linha 072 (Alimentador T5 – Novo Aleixo), que também estava na Integração Temporal, mas o aparelho não registrou, obrigando a usuária a pagar.

Em contato com a IMTU, no número 3643-5555, a atendente informou ser um problema entre o Sinetram e a empresa Vitória-Régia, que já estava sendo providenciada uma solução, e que os usuários que pagassem passagem durante a integração temporal deveriam anotar o número do coletivo para entrar em contato com a IMTU para ser ressarcidos.

No entanto, este Bloguinho entrou em contato com um cobrador da referida empresa que, por motivos óbvios, não pode ser identificar. Segundo esta pessoa, a empresa está instalando novos aparelhos que registram a passagem do Smart Card (Passa Fácil), e nestes novos, a programação referente à integração temporal estaria ausente. Ela teria sido instruída pelo administrador da linha onde trabalha que, caso o usuário passasse o cartão e reclamasse por ainda ter direito à gratuidade pelo sistema, deveria mesmo assim cobrar a passagem. Em caso de estudantes que entrassem e a carteira acusasse integração temporal, deveria orientar o estudante a pegar outro ônibus. Houve situações, segundo ela, em que todos os passageiros tiveram que pegar outro ônibus, porque a catraca eletrônica só registrava ‘integração temporal’, e o motorista foi obrigado a recolher o veículo.

O sistema só erra contra o usuário, jamais contra o empresário.

Este Bloguinho entrou ainda em contato com o vereador José Ricardo (PT/AM), que informou ao presidente do IMTU, Marcelo Ramos. Este afirmou desconhecer qualquer falha no sistema, e que provavelmente os casos se referiam à cartões já gastos, e que não registravam corretamente os dados, ou a casos isolados, em que algum cobrador estaria cobrando inadvertidamente o valor. Orientou os usuários que se sentirem lesados a procurar a IMTU.

Posição que coloca em suspeição o discurso de abertura do ano legislativo na CMM, proferido por Serafim, que afirmou estar tudo bem com a cidade, e que o transporte melhorou. Mais ainda o seu braço direito, Marcus Barros, que afirmou saber de tudo o que acontece na administração Serafim Corrêa, ironizou a candidatura própria do PT (partido a que pertence), e ainda disse estar para Serafim como Jorginho está para Dunga, na seleção. No quesito ‘burocracia’, certamente. Mas fica a pergunta: se Barros é Jorginho e Serafim, Dunga, quem serão as contrapartes prefeiturais dos cracassos Vagner Love e Afonso?

O Bloguinho Intempestivo vai continuar acompanhando a situação, e relatando novos casos que venham a ser informados. Caso tenha acontecido com você, leitor intempestivo, informe ao Bloguinho por e-mail.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.822 hits

Páginas

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos