Archive for the 'Pesquisa' Category

QUER MAIS VÍCIO? LULA JÁ PAPOU 2018, DIZ PESQUISA. MELHOR PRESIDENTE 55%, MAIS TRABALHADOR 65% , A VIDA MELHOROU 61%, BOM ADMINISTRADOR 58%. QUER MAIS VÍCIO? ESPERA

Lula na Quadra dos Bancários com UMM

   Produção Afinsophia.

    Pesquisa CUT/Vox  Populi realizada entre os dias 27 e 31 de julho com 1999 eleitores em 118 municípios  de todos os estados brasileiros e Distrito Federal reafirma que Lula venceria todos os ousados candidatos nas eleições presidenciais em 2018, que já é hoje. Veja o Moro preocupado em toná-lo inelegível. Não adiantou o juiz das direitas (não confundir com Diretas) condená-lo, porque deu o revertério: aumentou o número dos que dizem votar no vitalício metalúrgico. Marcos Coimbra do instituto diz que o aumento se deu, também, porque Moro não conseguiu provar que Lula é culpado. Foram 42% que fizeram esse entendimento.

     Em todos os cenários o Sapo Barbudo sova os ousados deslocados do real. Veja a tabela do vício como aperitivo já no segundo turno.

Lula – 53% Bolsonaro, o amaor dos nazifascistas, 17%. Dória, o janota ensandecido, 17%.

Lula – 52%. Marina, a evangélica assombragética, 15%. Alckmin, Opus Dei, 15%.

      Em um cenário em que os entrevistados não recebem as cartelas e só dizem em quem votaria. É coisa de doido, mano!

  Lula – 42%. Bolsonaro – 8%. Marina – Marina – 2%. Ciro, Moro, Fernando Henrique, Joaquim Barbosa e Alckmin, todos com 1%. E o Aécio? O Aécio? Continua estourando a boca do balão: Zero!

        Em cenário com pesquisa estimulada, onde são mostradas as cartelas com os nomes dos candidatos.

 Lula, o eterno vício, – 47%. Bolsonaro – 13%. Marina 7%. Alckmin – 6%. Ciro – %.

        E quando é colocado o nome do janota Dória? Que pergunta.

Lula – 48%. Bolsonaro- 13%. Marina – 8%. Ciro – 4%.

        É, pois é, seu Zé. De qualquer perspectiva Lulão, o comandante, é imbatível. Enquanto isso, as aberrações reacionárias se rasgam de ódio e inveja perseguidas pelo fel torpe da vingança. 

 

PARA VEJA TEMER É UM ANÃO MORAL, PARA O DATAFOLHA 83% DO POVO PEDE DIRETAS JÁ, ENQUANTO GLOBO QUER CONTINUAR O GOLPE

Produção Afinsophia

O instituto das direitas, Datafolha divulgou neste sábado, pesquisa feita nos dias 22 e 23 de junho de 2017 com 2.771 entrevistados em 194 cidades. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

O recente levantamento mostra um quadro desolador para o golpista Michel Temer, o soviético da República Russa. A pesquisa diz que 83% dos brasileiros querem escolher seu substituto por eleição direta; apontam, ainda 76% dos brasileiros querem que Temer renuncie ao cargo, e para 65%, o melhor para o país é que Temer deixe o Palácio do Planalto imediatamente; o levantamento diz também que 81% da população quer que o Congresso inicie um processo de impeachment para retirá-lo do cargo; 61% avaliam sua estada no Planalto como péssimo e ruim.

Os meios de comunicação que apoiaram o golpe estão juntos. A Folha de São Paulo fazendo tudo para a manutenção do golpista, a Revista Veja divulgando desinformações porque vê que o golpe que ela chancelou está na mão do povo e a Globo abandonou Temer, mas não quer eleições diretas porque sua intenção é colocar no Planalto um timoneiro que faça o que a janela estilhaçada determine.

O VÍCIO CONFIRMA (NÃO PODIA SER DIFERENTE, É VÍCIO) INSTITUTO DAS MÍDIAS REACIONÁRIAS DATAFOLHA REAFIRMA: LULA DISPARADO

Para medir a dimensão preferencial do eleitorado brasileiro, na sequência das demais pesquisas que já indicavam o vício, antes da greve nacional do dia 28 de abril de 2017, que teve a participação de mais de 40 milhões de trabalhdores, depois das delações da Odebrecht e da encenação de Léo Pinheiro da OAS o instituto das mídias reacionárias Datafolha foi às cidades e aos interiores do Brasil na quarta e quinta-feira fazer um levantamento de como vai a intenção de votos para 2018 ou antes de 2018.

Não deu outra. O vício foi reconfirmado. Não tem pra ninguém. Só dá Lula. Vamos aos números-numerantes:

Lula tem entre 29 e 30% no primeiro turno;

Aécio Neves ficou com 8%, mas já teve 25%

Alckmin, o Santo não vem sendo venerado tem 6%, quem diria, um Santo.

Dória, que chamou os trinta e cinco milhões de trabalhadores de vagabundos é aceito só pelos de sua laia – 9%

Desdobramentos

: <p>Aécio</p>

Na última pesquisa do Datafolha de dezembro passado, numa disputa, com Aécio, Lula disparou de 25% para 30% e Bolsonaro foi de 9% para 15%. Marina, que não tem mais o apoio do dono da Natura caiu de 15% para 14%; Aécio foi de 11% para 8%. Ciro Gomes não perde seus 5%. Temer que nunca esteve dentro, o nulo foi de 4% para 2%. Despencou. Despencou o quê?

Noutro quadro entre Lula e o Santo Alckmin, Lula tinha 26% e atingiu 30%. O da plumagem amarela e preta, bicudo foi de 8% para 6%. Marina deixou os 17% e ficou com 16%. O elogiador de torturador foi de 8% e parou nos 14%. Ciro manteve os 6% e Temer saiu dos 4% para os 2%.

Assim que acabamos de produzir o texto acima, Fernando Brito do Tijolaço divulga as informações abaixo:

MAIS UMA MANCADA DO DATAFOLHA. MAS DESTA VEZ, PARECE SÓ ERRO. OU DELÍRIO.

 

https://i0.wp.com/www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/04/mancada.jpg

Eu tinha percebido a maluquice e, agora, um amigo chama-me a atenção.

Eles também, tanto que, neste momento, falta o “Cenário 4” na lista que apresentam na página da Folha na internet.

É que, quando apresentam uma variação onde não parece Lula como candidato (Temer também não está, mas com seus 2% isso não faz diferença alguma), a disputa ficaria entre Marina (45%) e Bolsonaro (44%), vindo a seguir Ciro (30%) e o petiz quase sessentão João Doria, com 20%. Logo depois, a Marina do PSOL, Luciana Genro, com 15%, Eduardo Jorge, o tucano verde com 10% e Ronaldo Caiado Com 2%. Brancos, nulos e “não sei” somariam 31%.

Deve o esperto leitor e a atilada leitora ter percebido que, neste caso, a soma das percentagens dá modestos 197%.

No jornal impresso, que reproduzo também, acima, volta-se aos 100% e à realidade.

Ou não, porque quem se descuida com aritmética pode muito bem se descuidar com estatística.

Ao menos, desta vez, parece ter sido só mancada. Porque, da outra, esconderam o desejo por novas eleições diretas, sumindo com a pergunta que o Tijolaço achou, esquecida nos servidores do Datafolha.  Diretas que, agora, “só” são desejadas por 85% dos brasileiros.

O vício por ser vício é grudante, as bocas de chupar ovo ovoscuem, santos se dessantizam e Dória o dono da Avenida Paulista é só Dor para quem não produz bons encontros. Valeu nosso vício.

 

 

QUEM É VOCÊ? EU SOU O ANO 2018! E POR QUE TODA ESSA ALEGRIA? POR SER O ANO QUE LULA VAI SE TRIELEGER! AGORA MESMO A PESQUISA IPSOS RECONFIRMOU LULA, O COMANDANTE, DISPARADO NA FRENTE

  Uma criança do jardim da infância contou que conforme os encadeamentos bio-psíquico-social do animal chamado homem se processavam, ele processava mutações em suas faculdades perspectivistas. Suas perspectivas se tornavam configurações infra-humanas. Eram os entrelaços se compondo para posteriores práxis e pieses.

 De acordo com o que contou a criança, foi nesse movimento perspectivista que o homem inventou a linguagem impulsionada pela necessidade de informação como suporte de comunicação-comunitária. Falar reflexos de experiências. Enunciar-vivências. Inicialmente o discurso-direto. Forma linguística-real do vivenciado. Posteriormente, o discurso-indireto, a ecololalia, redundância, a enunciação do não vivido.

   Foi esse discurso-indireto, de acordo com o que contou a criança do jardim da infância, que serviu para os meios de comunicação de massa arquitetarem uma estratégia triunfalista de formação de opinião pública. Ou seja, fazer a sociedade significar, através da redundância-clonante, o que esses meios de comunicação de massa ficcionavam como realidade. A lógica da repetição do que eles produziam como verdade necessária à sociedade.

  Daí então, segundo o que contou a criança do jardim da infância, os meios de comunicação de massa passaram se tomar como deuses da comunicação: tudo que enunciassem seria repetido pela sociedade como verdade. Logo, a sociedade seria a grande guardiã dessas falácias. No Brasil, a Rede Globo foi a que mais delirou nessa anoia (inexistència da mente)ou ecnoia (insanidade). Mas não foi só o corpo dos globotários que se deixou imolar nesse enunciado fictício-paranoico. Alguns dos nosso companheiros democratas também acreditaram e acreditam que a Rede Globo domina a massa. Ledo (Ivo) engano fatal. Como diz o filósofo Baudrillard, a massa não refrata os meios de comunicação. Ela é nela mesma.

  Porém, como afirma Tomé, só vendo para crer, emergiu o cristão-católico Lula para desfazer a superstição: o povo tem sensibilidade, inteligência e ética própria que se materializa na democracia. O devir-povo é a conjunção das potências de todos, e não de classes privilegiadas que se querem dominantes. 

  Por essa realidade indestrutível, o instituto de pesquisa Ipsos, hoje, dia 30, divulgou pesquisa que confirma 2018 com total razão. Ou melhor, 2018 já é agora. Lula dispara na frente de seus inimigos-invejosos que lhe odeiam (querem ser ele e tê-lo) com 38% das aprovações dos entrevistados, e com o menor índice de rejeição, 59%. Comparado com a pesquisa de fevereiro, Lula subiu sete pontos. É mole, golpista? É? Não desespera, vem mais.

  Os outros:

Aécio – 11% de aprovação e 74% de reprovação.

Alckmin – 16% de aprovação e 67% de reprovação.

Serra – 20% de aprovação e 70% de reprovação.

Fernando Henrique – 23% de aprovação e 67% de reprovação.

E o janota-desnarcisado Dória? Nada!

  Aí a irrefutável prova de que as mídias acéfalas não determinam a opinião pública. Não não têm o poder de transformar a sociedade em sua escrava. Assistir tele-jornal e tele-novela, não significa ser seu escravo. Claro que seria prova maior de ativação do existir não lhes conceder audiência, mas… 

  O devir-povo-polivocidade é incapturável, contou a criança do jardim da infância.

   

DEMOCRACIA É PRODUÇÃO E NÃO CONTEMPLAÇÃO. TEMER ESCOLHEU TÂNIA, SEGUNDA COLOCADA, NA PRESIDÊNCIA DA FIOCRUZ, MAS PRESSIONADO PELA INTELIGÊNCIA DEMOCRÁTICA, TEVE QUE INDICAR A DOUTORA NIÍSIA, PRIMEIRA COLOCADA

Nísia Trindade em vídeo de campanha para a presidência da Fiocruz - Créditos: Reprodução

É regular, moral e correto que o primeiro escolhido em eleição para o cargo de presidente da Fundação Oswaldo Cruz, seja indicado ao cargo. Foi realizada a eleição para a escolha do cargo e coube o primeiro lugar a doutora socióloga Nísia Verônica Trindade Lima que abiscoitou 59,7% dos votos, correspondendo a cifra de 2.556 votos. Já o segundo lugar ficou com a doutora Tânia Cremonini de Araújo-Jorge que obteve 39,6% dos votos.

Como Temer não entende nada de eleição democrática, daí seu ato usurpador como golpista-mor, escolheu para presidir o cargo a segunda colocada. Talvez como recorrência-oculta de sua sua condição de segundo como vice de Dilma. Mas o talvez seja o óbvio talvez: Temer odeia a democracia como expressão do desejo coletivo. Assim, quis impor sua vontade de golpista escolhendo Tânia de Araújo-Jorge.

  Mas Temer não conseguiu consumar seu ato arbitrário. Os funcionários da Fiocruz se reuniram e iniciaram uma onda de protestos para que a doutora Nísia fosse a indicada. Os protestos contra o interesse de Temer, através do dublê de ministro da Saúde, Ricardo Barros, chegaram aos deputados de esquerdas que fizeram, também, pressão para que a democracia prevalecesse.

    Para alguns membros da Fiocruz, a posição de Temer deve ter ocorrido porque a instituição é contrária ao desgoverno que se apropriou do país de forma funesta, principalmente contra os projetos científicos. Alem de quê, a Fiocruz foi contra o golpe que destituiu Dilma do governo. A Fiocruz é historicamente um instituição que sempre fez crítica as formas de opressão adotadas por governantes que atuam fora da racionalidade.

                  

POIS É, SABE COMO É. A DEMOCRACIA É A POTÊNCIA SOCIAL E O GOLPE A IMPOTÊNCIA ANTISOCIAL. AÍ, NÃO TEM JEITO: LULA DISPARADO NA CUT/VOX POPULI

Resultado de imagem para imagens de lula 

          Quando o mouro de Trier, Marx mostrou que o verdadeiro significado de política é o movimento real. O movimento que mudas os estados de coisas estabelecidos de forma pétrea cujo corpo é representado pela classe burguesa, ele enunciou o óbvio: a vida é contínua mudança.

        Essa verdade universalmente incontestada, também é afirmada pelo filósofo Nietzsche quando ele discorre sobre seu conceito de vontade de potência materializado em seu dizer revolucionário: a vida ativa o pensamento e o pensamento afirma a vida. E olhe que Nietzsche é considerado pelos mentecaptos-cognitivos como alienado politicamente.

        Esses dizeres vitais foram bem sintetizados pelo filósofo-psiquiatra, companheiro-filosófico de Deleuze, Guattari, quando ele afirma que “antes do ser há a política”. Todos os filósofos compreenderam que a política não se resume em um plano governamental administrativo baseado em um poder constituído. Pelo contrário, eles todos afirmaram que esse plano é posterior à práxis e a poises política. O movimento vida criador das formas de existências singulares. Para o filósofo Sartre as escolhas universais do homem partidas de sua liberdade que antecede sua essência.

         Então, pode-se perguntar: Por que há sociedades em que seus habitantes sofrem em função da impossibilidade de satisfazerem suas necessidades básicas? É porque nessas sociedades o movimento real foi obstruído pela força antisociais predominantes. Às forças capitalistas. O contrário das sociedades socialistas em que o movimento real é materializado como satisfação dos habitantes, porque é a expressão da maioria produtiva-ativamente.

        Lula vem sendo paranoicamente perseguido pelas forças mais reacionárias que se apresentam como poder governamental brasileiro, uma heresia, já que em democracia quem é representatividade de fato e de direito é a potência-povo. No entanto, a paranoia institucionalizada não tem colhido nenhum fruto contra a democracia. Só fruto amargo, fruto que paranoico adora, mesmo fazendo cara feia.

     A pesquisa CUT/Vox Populi mostra, entre outras expressões do movimento real, que para 43% dos entrevistados Lula foi o melhor presidente do Brasil. E os outros como Fernando Henrique? É um mero esquecido dos que amam a vida. E 33% afirmaram que o Sapo Barbudo é o mais admirado e amado. E o pau comendo no lombo da democracia.

        Com pau ou sem pau, Lula ganha às eleições no primeiro e no segundo turno. No primeiro turno Lula tem 31% em opinião espontânea, que significa quando os nomes dos candidatos não são citados. Aécio, vulgo Mineirinho, segundo delação na Odebrecht, tem 5%, Marina, aquela que afirmou que Deus não a deixou embarcar no avião que caiu com Eduardo Campos, e depois apoiou Aécio, 4%, e Alckmin, vulgo Santo, o terror dos alunos e professores, tem 2%.

      Na pesquisa estimulada no segundo turno, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos pesquisados, é uma loucura. Lula dispara para 43% das intenções contra Aécio que fica nos míseros 20%. Contra o Santo o couro é pior. Lula tem 45% e o Santo 20%. E contra Marina? Diga lá, meu. A santa fica com 21% e o Sapo Barbudo com 42%.

       É nesse quesito que a turma do Moro, Rede Globo, Estadão, Folha de São Paulo, Band, QuantoÉ, Veja (e fique cego), Época (triste), Jovem (epígono, os que nascem com os cabelos brancos)Pan, entre outras congêneres, se arrepiam de ansiedade. A pesquisa mostrou que 96% dos entrevistados sabiam que Lula havia sido indiciado. Porém, sempre tem um porém quando a perseguição é explícita, para 56% Lula fez mais coisas certas do que erradas. É mole?

       Se algum masoquista quiser converter esses 56% para votos em 2018, pode gozar: Lula já é presidente!

       Mas a caçada continua. Só que Lula não é Lula. É uma TransLulação: a composição da potência alegre da maioria dos brasileiros que se entende como movimento real. Ou, como diz o filósofo italiano, Toni Negri, a potência constituinte que modifica o poder constituído. Ainda mais quando o poder constituído é opressor. No caso atual, constituído como golpe.

       Daí quê não há Lula lá! Há Lula na destemporalização criadora de democracia.

       E para continuar, que a democracia não para quando é movimento real, vai o Natal-Lula-Devir-Povo. 

SEGUNDO A PESQUISA CUT/VOX POPULI, TEMER É ISSO AÍ E AQUI: O PIOR PARA O BRASIL

Resultado de imagem para imagens de temer

            Pesquisa realizada pela CUT/Vox Populi, entre os dias 10 e 14 de dezembro, e publicada ontem, com 2500 pessoas, sendo a primeira depois do vazamento das delações que apontam Temer e seus golpistas no esquema de propina, apesar da proteção concedida pela mídia golpista, também autora do golpe, revela que Temer teve uma subida de desvalorização de seu desgoverno em todos os quesitos.

         Temer aparece na opinião dos pesquisados nos piores lugares. Uma demonstração de que a mídia acéfala que pretende ser a consciência do povo, não tem esses poderes. Se tivesse, o povo teria Temer na mesma consideração que ela tem: um “líder do Brasil” ou o “brasileiro do ano”. O povo, desde o golpe, percebeu que os golpistas não tinham quaisquer condições sensorial, intelectual e ética para governar o Brasil. Além dessas aberrações com as quais ninguém pode ser tratado como racional e social, trata-se uma usurpação de um governo eleito com mais de 54 milhões de voto que concretizaram Dilma Vana Rousseff como a responsável governamental pela democracia.

        Vejamos os patamares de Temer saídos das observações que a CUT/Vox Populi afirmaram como responsáveis pelas belas posições do golpista-mor.

     – Somente 8% avaliam como positivo o desgoverno de Temer. Devem ser os que participam no desgoverno e os golpistas que invejam e odeiam Dilma e a democracia.

     – Falta de legitimidade.

     – Impopularidade do governo do PMDB.

     – Agenda recessiva reprovada pela maioria do povo brasileiro.

  Vamos à opinião do povo que a Rede Globo e suas congêneres não conseguiram dissipar.

     – Para 55% dos brasileiros o Brasil vai piorar. Para os nordestinos a piora de é 71%.

     – 70% acreditam que o desemprego vai aumentar.

     – 55% avaliam negativamente seu desgoverno.

     – 49$ acreditam que o combate à corrupção vai piorar.

     – 87% rejeitam a reforma da previdência.

     Vagner Freitas, presidente nacional da CUT, fez sua análise sobre a pesquisa que confirma que o povo brasileiro já concretizou o Fora Temer. Faltam só às eleições diretas.

         “A agenda golpista é pior do que o confisco da poupança feita pelo Collor. Não é com arrocho, desempregos e o fim das aposentadorias que o Brasil vai sair da crise. Isso só contribui para aumentar a pobreza, a violência e fazer o país andar para trás.

        A pesquisa mostra que a classe trabalhadora vai aos poucos se conscientizando dos prejuízos causados por esse governo e, com certeza, vai se organizar, se mobilizar cada vez mais para reverter essa situação”, analisou Freitas.

 

DEPOIS DE DIVULGAR QUE A MORTALIDADE INFANTIL CAIU, IGBE MOSTRA QUE A EXPECTATIVA DE VIDA DOS BRASILEIROS AUMENTOU PARA 75 ANOS E 2 MESES

mortalidade infantilAntes a expectativa de vida dos brasileiros divulgada pela Tábua Completa de Mortalidade era de 74 anos e 9 meses. Agora, é de 75 anos e 2 meses correspondendo um aumento de três meses e 18 em relação ao dado anterior. E mais, as mulheres vivem 78,8 anos em média que os homens que vivem.

Na divulgação realizada ontem, dia 1°, pelo Diário Oficial da União (DFU), a unidade da Federação ficou assim:

  • Santa Catarina: expectativa de vida 78,4. Mulheres, 81, 8 anos. Homens, 75,1 anos.
  • Distrito Federal: 77,6 anos.
  • Espírito Santo: 77,5 anos.

A Região Sul, Sudeste e Distrito Federal ocupam os oito primeiros lugares com a média de 75,2 anos. O Rio Grande do Norte tem a média do Brasil. Maranhão, 70 anos; Piauí, 70,7 anos; e Alagoas, 70,8 anos.

O aumento da expectativa de vida dos brasileiros aumentou em virtude das políticas sociais produzidas pelos governos populares nos últimos 12 anos. Principalmente nas famílias de baixa reanda. Além das políticas referentes à saúde, moradia, trabalho, educação e higiene.

RELATÓRIO EDUCATION AT A GLANCE 2015: PANORAMA DA EDUCAÇÃO MOSTRA QUE JOVENS DO BRASILTRABALHAM MAIS DO QUE ESTUDAM

saladeaula187232A principal fonte de demonstração da educação no mundo o Education At a Glance: Panorama da Educação divulgou ontem, dia 24, seu relatório de 2015 onde mostra que 76% dos jovens brasileiros entre 20 e 24 anos não estão estudando quando no resto do mundo a média é de 54% segundo a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

 O relatório mostra que dos 76% dos jovens que não estão estudando 52% estão trabalhando. Comparando com outros países, o Brasil tem mais jovens trabalhando que estudando. O estudo mostra dados da estrutura, financiamento e desempenho dos sistemas educacionais de 46 países onde 34 deles fazem parte do OCDE, países que são parceiros do G20.

O relatório também mostra que embora o Brasil apresente uma baixa taxa de desemprego, uma grande parte da juventude nem trabalha e nem estuda. Essa grande parte faz parte do grupo que é chamado de ‘nem-nem’. Em 2013, os jovens entre 19 e  29 anos compreendiam 20% desse grupo. Para a OCDE a média é de 16%. O índice dos jovens brasileiro é semelhante aos dos jovens do Chile, 19%, Colômbia, 21%, e Costa Rico, 19%.

“Embora o fato de que esses indivíduos não estarem mais estudando seja motivo de preocupação, é importante notar que a maioria deles estava trabalhando em vez de estudando”, diz o relatório.

Por sua vez, Francisco Soares, presidente do Instituto Anísio Teixeira (Inep), disse que apesar do Brasil apresentar baixos indicadores, o relatório mostra que houve avanço na educação brasileira nos últimos anos e que a dívida com a educação brasileira “está sendo paga”.

Para Corinne Heckmann, coordenadora do relatório, o Brasil tem feito progresso apesar dos dados apresentados.

“O Brasil tem feito progresso significativo no acesso à educação, principalmente entre jovens e pessoas de baixa renda”, afirmou Corinne.

IBOPE REAFIRMA QUE É INÚTIL AO DIVULAR, NA VÉSPERA DOS 70 ANOS DE LULA, O QUE ATÉ AS DIREITAS SABEM: LULA SERÁ ELEITO EM 2018

PT001Há os que pensam e os que imaginam que pensam. Os que pensam mudam continuamente o mundo, e os que imaginam que pensam tentam imobilizar o mundo com seus espectros. As direitas são os que imaginam. Lula é o que pensa. Por isso que ele é uma contínua presença na opinião dos brasileiros que pensam, enquanto as direitas são presenças nelas mesmas: tudo ficcional. Nada que sirva para as contínuas transformações do mundo.

Durante seus dois governos Lula conseguiu mudar o mundo brasileiro através das políticas sociais que tiraram milhões de brasileiros do mundo imaginário imposto pelas direitas. No caso mais contagiante: os desgovernos de Fernando Henrique. Fernando Henrique, com sua perversa imaginação, impôs a dor a essa parte da população brasileira. Aí a causa da rejeição que sofre pelos que pensam o Brasil como um átomo contínuo de mudança.

O instituto de pesquisas IBOPE é, segundo os que pensam, uma inutilidade, ainda mais quando se põe a serviço de grupos reacionários como a TV Globo. Por ser inútil não percebe que suas pesquisas só expressam o que já é do conhecimento dos que pensam.

Ontem, dia 26, ele divulgou pesquisa que mostra Lula eleito no ano de 2018. Ou seja, 23% de eleitores votariam com toda certeza no Sapo Barbudo. E somente 15% votariam no candidato das direitas, o reacionário Aécio. O velho do Leblon, durante quase dois anos foi promovido pela mídia reacionária que o transformou no mais necessário candidato à presidência da República, mas não colou. Foi derrotado e jogado para o escanteio das lamentações.

Lula que foi escolhido para ser o objeto dos delírios das mídias continua inatingível. Na verdade, imbatível. É fácil compreender: ele responde as expectativas da parte da população brasileira que pensa. Parte da população que acredita nele, porque sabe que ele é uma realidade e não uma abstração como são às direitas.

Razão imbatível porque Lula é o desespero de todas as facetas das direitas no Brasil. Para as direitas não há mais como se instalar nas ilusões: Lula é 2018. Ou melhor: 2018 será um ano que não vai existir para as direitas.

Enquanto isso, Lula corre para os abraços com parabéns em seus 70 anos de saudável e produtiva existência!  

Lula, lá? Não. Lula, já!

PESQUISAS MALTRATAM AÉCIO ILUDINDO-O AFIRMANDO QUE ELE VENCERIA LULA EM 2018

Instituto Lula e Camara - Lula e Aecio Neves  copyFreud, no início de suas pesquisas sobre o inconsciente, dizia que as fantasias diurnas provocavam os sonhos noturnos. Entretanto, posteriormente, ele descobriu que as fantasias diurnas eram provocadas por elementos inconscientes da mesma forma que os sonhos. O que resulta no entendimento que tanto fantasias diurnas e sonhos são produtos do inconsciente.

Nas fantasias diurnas o sujeito que fantasia, para que a fantasia seja elaborada, bloquei temporariamente o consciente. Ou seja, o real. No sonho ele não precisa bloquear o real, visto que o próprio sono facilita. Nos dois processos, como se pode perceber e entender, o real-consciente se ausenta.

A fantasia diurna é uma forma que o sujeito recorre para neutralizar o princípio de realidade que lhe incomoda. Escapando do princípio de realidade ele fantasia realizar um ou vários desejos. Por exemplo, ele, platonicamente, deseja uma mulher, mas sua timidez o impede de se declarar a essa mulher. Então, ele se lança na fantasia que possibilita o encontro e altos beijos e abraços. Como ocorre com os que cultivam a masturbação. Outro exemplo é o sujeito que gostaria de suplantar um outro sujeito que ele tem como desafeto, todavia como não tem coragem de o encará-lo, recorre a fantasia onde ele vence e humilha o adversário.

Dessa forma, esse quadro nos confirma que o ato de recorrer à fantasia é resultado da impotência que o sujeito tem diante do princípio de realidade que lhe é superior as suas condições emocionais e racionais. Significa: fantasiar é negar a realidade e mostrar sua subjetividade. Foi por não carregar os elementos necessários a experimentar o real que o sujeito recorreu à fantasia. Daí, que mesmo que a mulher tomasse a iniciativa de se aproximara dele, ele não saberia o que fazer com a mulher, visto que a fantasia tem como objetivo defender o sujeito contra o real que ele não sabe elaborar. A mulher é real, assim como o inimigo.

Aécio Cunha, afirmou em entrevista que foi “reeleito presidente da República” e que seu partido PSDB é o que mais “faz oposição ao Brasil”. Dois atos falhos já analisados e explicados em outros artigos escritos por esse blog. Os atos falhos são escapadas da censura de impulsos reprimidos no inconsciente que se tornam consciente sem que o seu autor domine. No sentido de uma moral psicanalítica, são verdades que o seu autor esconde. Os atos falhos têm relações estreitas com as fantasias diurnas, só que as fantasias quase sempre ficam com o sujeito das fantasias. Os atos falhos de Aécio já eram fantasias diurnas de Aécio muito antes de se manifestarem.

Muito antes das eleições, em que ele foi derrotado pela proba Dilma Vana Rousseff, ele já fantasiava ser presidente. O que significa que há anos ele se observa no poder presidencial. Porém, com a derrota a fantasia continuou em forma de conspiração. Sua fantasia é tamanha que é possível que em vinte e quatro horas ele esteja, na maioria das horas, em estado de fantasia diurna. E como a fantasia tem elementos inconscientes como o sonho, ele deve ter sonhos fantasiados como presidente, expressados pelos conteúdos manifestos. Não esquecer que o importa para psicanálise é o conteúdo latente, o pensamento do sonho, onde se encontra a verdade que conteúdo manifesto mascara.

Nos últimos dias a fantasia diurna de Aécio tem recebido uma grande dose de alimentação provinda das pesquisas de opinião de institutos defensores das direitas. Elas mostram, deslocando o tempo tornando o presente em futuro, que ele venceria Lula em disputa no ano de 2018. Sabendo da potência política que é Lula, essas pesquisas maltratam Aécio ao iludi-lo afirmando que ele seria eleito. E pior para Aécio, é que ainda faltam quase quatro anos para o pleito. E pior também, ele ainda vai ter de disputar no interior de seu partido com Alckmin e Serra.

E o pior do pior é que como Aécio fantasia diuturna e noturnamente o poder, se fosse eleito – o impossível -, ao se defrontar com a realidade, ele teria duas reações. Uma desesperaria diante da cruel realidade que se impunha diante dele. Duas ele revelaria sua inapetência para administrar o Brasil, já que seu desejo só se realiza em fantasia onde tudo é mágico, ao contrário do Brasil que é real.

Entre suas fantasias diurnas e noturnas, Aécio, tem uma no momento que mais aflora: a deposição de Dilma do governo. Essa vai lhe acompanhar até 2018 quando ela acaba de vez, para o bem de sua saúde, com mais uma eleição de Lula. E tome Freud!

PESQUISA DO DATASENADO MOSTRA QUE O POVO QUER DIMINUIÇÃO DO NÚMERO DE DEPUTADOS E SENADORES. PARA A DEMOCRACIA, 1 PARA CADA PARTIDO DE DIREITA SERIA SUFICIENTE

images-cms-image-000438964Entre os dias 28 e 12 de maio o instituto DataSenado realizou uma pesquisa em que 91% dos entrevistados afirmaram que pretendem a redução do número de deputados, dos 513 atuais para 213. Seria uma redução de 300 deputados. Já em relação aos senadores, 88% quer que os senadores passem de 81 para 54. Seriam reduzidas 27 cadeiras.

Uma demonstração da sabedoria do povo quanto à atuação dos parlamentares e suas importâncias para a democracia. O que pode ser extraído dessa opinião, é que o povo entende que a democracia é potência e não número. É linha-molecular e não ponto-molar. Qualidade e não quantidade.

No Congresso Nacional existem esses dois seguimentos. O molecular representado pelos progressistas que acreditam no processual contínuum da democracia. A democracia como regime transmutante que apresenta novas formas de movimentação política onde a sociedade é quem comanda, com seus desejos-coletivos, a realidade democrática. E o molar representado pelos reacionários que tanto querem manter os corpos opressivos antidemocráticos como também pretendem impor outras formas de paralizações do movimento democrático.

Os parlamentares moleculares trabalham com a multiplicidade intensiva em forma de devir. Os parlamentares molares atuam com a multiplicidade numérica estabelecida como verdade que deve ser defendida como quantidade que é a regra que rege o Congresso Nacional. Exemplo, o projeto de lei é votado. Se obtiver o maior número de votos é aprovado. O que significa, se o teor é reacionário a maioria vota a favor. Bastaria apenas um voto que já testemunhava todos os outros. Na prática seria cada parlamentar da direita com um representante, porque ele representaria toda uma subjetividade molar.

Como os reacionários são apenas repetições de seus passados estratificados com realidades instransponíveis, um voto é a representação total dessa quantidade de reacionários. O tal do diálogo democrático, o debate de ideias são apenas simulações para que permaneça o mesmo quadro imóvel. Os reacionários não agem por ideias novas para poderem participar de debates para extrair partículas democráticas. Eles estão muito bem fixados em corpos imóveis.

Já os progressistas, por serem corpos livres e ativos, eles estão sempre procurando novas formas de expressões democráticas que sigam os desejos de liberdade e felicidade do povo. Também bastaria um democrata desse tipo para representar um partido em sua polivocidade. Em sua multiplicidade como processual-coletivo contínuum. O progressista carrega uma percepção distante – o homem é o ser das distâncias, diz o filósofo Nietzsche -, para além de si para poder encontra o outro-sociedade que se move fora. O reacionário tem uma percepção curta, centrada em si. Não chega ao fora. Não é um ser das distâncias. O reacionário é um burguês muito bem estratificado.

Enquanto o regime partidário no Brasil for por números de partidos e exagerados números de parlamentares a democracia terá imensa dificuldade de ser o atributo real da liberdade e felicidade do povo. Sempre haverá um número maior de reacionários que votarão em projetos contrários aos corpos democráticos. Um exemplo de muitos parlamentares como unidade do mesmo. Os deputados do Amazonas. Todos votam sempre em temas contrários à democracia. Nesse caso bastaria só um para representar a subjetividade dominante. Poderia ser Átila Lins, Socorro Sampaio, Bisneto – filho do prefeito de Manaus do PSDB, Arthur Neto – ou qualquer outro que seria o mesmo. A tautologia do corpo reacionário.

Em uma síntese mais geral: para defender a subjetividade reacionária bastaria Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados. E no Senado, Renan Calheiros.

Daí é fácil aceitar o irônico adágio popular: O que é que muitos podem que um não pode?  

O PARTIDO DOS TRABALHADORES ACABOU! 12% DOS BRASILEIROS O ODEIAM!

129_1447-alt-bandeira do ptO invejoso tem como seu fator de base ressentido dois dilacerantes propósitos. Um ficar “feliz” quando confirma que a pessoa que ele inveja sofre, e, outro, quando confirma a morte dessa pessoa que ele inveja. Enquanto esses dois propósitos não se realizam ele é total angústia desesperada. Angústia como uma ameaça constante que lhe impede de atuar mesmo de forma tíbia. Porém, para ele é melhor invejar do que se mostrar tibiamente em seus atos, visto serem atos desnecessários para a sociedade.

Como é fácil entender, mas impossível aceitar, o invejoso quer, oral-paranoicamente, o que o outro tem e que ele considera como valor, mas como é tíbio, não pode ter. Daí ele inveja e culpa o outro por seu sofrimento. O invejoso é totalmente destituído da potência como capacidade de suplantar obstáculos, como diz o filósofo Kant, por isso, mesmo que fosse possível – o que não é ainda bem – o invejado transferir sua riqueza ontológica para o invejoso, ele nada poderia fazer, porque sua natureza é tíbia, inerte. Em palavra mais realística: ele é o puro ressentimento.

Com essas enunciações que mostram o modo de ser invejoso, é possível entender porque as direitas invejosas alucinam e deliram o fim do Partido dos Trabalhadores (PT). O PT é o único partido político do Brasil que não foi organizado por uma família, um grupo econômico, por empresários, por fundamentalistas, ou seja, por entidades com objetivos particulares. Códigos estratificados pelo sistema capitalista que afasta a práxis das políticas públicas fundamentalmente distributivas.

O PT nasceu do encadeamento de potências coletivas, como forma de subjetivação, que se expressava em gradientes a-significante e a-sujeitado. Inteligência coletiva como rede de produção de desejos fundante de uma democracia-constitutiva. Em uma língua mais compreendida: produção de desejos socializantes. O agenciamento de enunciações coletivas PT carregou códigos dos trabalhadores, atrizes, atores, produtores cultural filósofos, professores, sociólogos, economistas, donas de casas, estudantes, médicos, psiquiatras, psicólogos, engenheiros, urbanistas, arquitetos, jogadores de futebol, locutores, jornalistas entre outras enunciações. Daí porque  Política, Estética e Ética são seus corpos sociais que afirmam sua singularidade.

Com esse corpo produtivo composto pelas mais ativas existências que emanaram no fim da década de 70 e começo da década de 80, o PT pensou o Brasil presente e futuro se tornando a estrela, que não se queria guia, mas um corpo com luz própria sem precisar do sol da “política” dominante que iluminava e ilumina os partidos conservadores e reacionários. Em verdade, o sol-capitalista.

Com o passar dos anos o PT foi realizando sua atuação como partido político e ocupando cargos legislativos e executivos com administrações eminentemente populares o que permitiu, também, a eleição de Lula duas vezes presidente. Entretanto, durantes esses percurso o partido agregou em seu quadro indivíduos indigentes cognitivos, sensoriais e éticos, fortemente incapazes de compreender a essência do partido compostas pelas insignes personagens que lhe conceberam a existência. Essas indigências possibilitaram aos invejosos elementos para a externarem suas invejas arrolando todo o partido.

Essas invejas apanharam alguns membros do partido que saíram pousando de mais éticos que seus criadores. Na verdade, só mostraram suas indigências cognitiva, sensorial e ética, porque não entenderam que a essência do partido continua. Sua singularidade não mudou. Os princípios básicos do socialismo continuam como corpo do partido. Esses indigentes, moralmente burgueses, só confirmaram que nunca entenderam os pressupostos do partido como entenderam a filósofa Marilene Chauí e o professor e cientista político Emir Sader, entre outros superiores, que permaneceram no partido.

Pois bem, a inveja das direitas aumentou ainda mais, mas não move moinhos. Aliás, não move nem a si. Durantes essas décadas passadas ele, compulsivamente, se deu ao inútil trabalho em querer acabar com o PT. Como mídia alucinada e delirante, ela, paranoicamente, teceu todos os tipos de trama sórdida para atingir o partido. Porém, como o inativo é um corpo morto e o ativo vivo, não há possibilidade de composição entre os dois. Resultado: o PT continua no gosto da maior parte da população brasileira, como partido político.

Demonstração cruel para os invejosos. Pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi mostrou que somente 12% da população odeiam o PT. É fácil compreender quem são esses 12%. Os invejosos; é mais do que lógico. Até a lógica aristotélica confirma. 

Com essa realidade grandemente democrática que mostra o PT como o partido mais respeitado pela população, obriga parafrasear o dito popular: Por muito tempo os invejosos vão ter que engolir o PT.

SOBRE O HUMOR DEPRESSIVO DO PSDB. O DATAFOLHA MOSTROU, QUE DOS QUE FORAM ÀS RUAS, 82% VOTOU EM AÉCIO. ALOISIO NUNES, DIZ QUE O PARTIDO DEVE SE UNIR AOS MANIFESTANTES

ad3062ab-7cb8-4ec9-ac64-39b170c3dbd5Como já é sabido até das pedras que não rolam, por isso criam limo, as direitas são hipotímica: não têm tônus suficiente para se comprometer com a vida. São apáticas e indiferentes. O único corpo que ainda lhe proporciona uma tênue vibração é o capital. Elemento de seus delírios.

Entretanto, mesmo sofrendo de hipotimia: diminuição do humor-vital que faz com que os seres sejam niilistas, inimigos da vida, elas simulam fazer humor. Observemos o que elas apresentam para a sociedade como seus humoristas: os deprimentes anódinos dos meios de comunicação de propriedade delas. Humoristas mais deprimentes do que o “eu voltei, voltei para fica, pois aqui é meu lugar”, de Roberto Carlos. Ou, “o importante é que emoções eu…”, do mesmo.

Pois bem, emplastado nessa atraente depressão humorística, o senador Aloisio Nunes, aquele que foi comunista e motorista de Carlos Marighela, no tempo da ditadura, e que detonou o dito popular “quem foi rei permanece majestade”, com sua verve depressiva própria de seu partido PSDB, resolveu fazer piada. Disse que seu partido deve se aproximar dos manifestantes. Gargalhada geral! Prova de que o humor é também direito dos depressivos direitistas.

Aloisio Nunes tentou encobrir a fantasia da brancura-paulistana que foi para as ruas para tentar acabar com a verdadeira comédia. Ou melhor, com a farsa. O Datafolha publicou o que os não hipotímicos políticos já sabiam antes do domingo. 82% dos que se apresentaram fantasiados de honestos votaram em Aécio Cunha. E mais, 32% têm simpatia pelo PSDB. E mais do mais, 74% foi pela primeira às ruas protestar. Na verdade, um role dominical. Agora, uma bela pergunta. Quem são esses 74% neófitos urbanos? Que famílias pertencem? Os não hipotímicos sabem.

Em Manaus foi mais uma estrondosa gargalhada. Prefeito Arthur Neto, do partido da burguesia-ignara-parasitária, PSDB, fez o mesmo. Colocou na praça seus eleitores, eleitores do Aécio e de seu filho que é Bisneto. O que dá no mesmo. É claro, que muito bem cumpliciado pelas mídias indigentes que lhes são submissas.

Mas é preciso ter muito cuidado com esse humor das direitas. É preciso que o povo fique alerta com essas piadas, porque ele pode parar de trabalhar em virtude do ataque contínuo de risos. Nesse caso, o povo precisa ou de um psicanalista ou de um encenador de teatro, porque os dois sabem que o espectador só rir livremente no primeiro momento em que a piada é contada. Se a piada é repetida, ele entra em estado de tédio. E entrar no tédio das direitas é a morte lenta.

Rir continuamente das piadas das direitas é detonar outro dito popular: “Rir faz bem a saúde”.

MORADORES DE FAVELAS TÊM A VIDA MELHORADA POR AÇÃO DOS EMPREGOS FORMAIS, DIZ PESQUISA

4ced7b24-1081-47b4-9c1e-832889235467O quadro é esse. No Brasil, 12,3 milhões de pessoas se encontram habitando favelas. Desse número 10% são de pessoas das favelas dos estados do Amazonas, Pará, Rio de Janeiro e Pernambuco. Por ano, essas pessoas fazem circular no mercado-monetário R4 68,6 bilhões.

Nesse quadro, uma forma de política social atua positivamente: o Programa Bolsa Família. De quatro lares ao menos um morador recebe bolsa família. Uma breve mostra de algumas capitais confirma a realidade. Em Belém 32%, Fortaleza 58% 4 Recife 40%.

A pesquisa, que revela que o emprego formal é o responsável pela melhoria da condição de vida dessas pessoas, foi realizada pelo Data Favela em parceria do Data Popular e Central Única de Favelas (CUFA). Ela mostra que 53% dos trabalhadores têm carteira assinada, 18% trabalham como autônomos, 17% trabalham na informalidade e &% são empregadores. Dos entrevistados, 29% têm entre 24 e 25 anos, 17% entre 19 e 25 anos e 28% entre 35 e 49 anos.

De acordo com o presidente do Data Popular, Renato Meireles, se fosse possível se tratar de Federação Favela Brasileira, seria a quinta em população do Brasil.

“Se existisse um estado da Federação chamado Favela Brasileira, seria o quinto maior do país. Temos mais favelados do que gaúchos no Brasil.

São brasileiros que não se conformam mais em receber um salário mínimo e meio. Eles sabem, que para transformar o sonho em realidade, precisarão crescer, ganhar mais e ser dono do próprio negócio”, afirmou Meireles.

Mesmo que as direitas atrofiadas alucinem o contrário, foi exatamente a criação e implementação das políticas sociais dos governo populares iniciadas nos governos Lula e continuados nos governos (tudo no plural Lula e Dilma) que mudaram a condição de miséria em que vivia uma grande parte da população brasileira. E o Programa Bolsa Família é um dos responsáveis por essa mudança.

Entretanto, não foram somente as políticas sócias, como o Bolsa Família, que possibilitaram as mudanças, para melhor, de milhões de brasileiros, foi a política de geração de empregos perseguida e executada pelos governos populares, como afirma a ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social.

“Parece que a geração de mais de 20 milhões de empregos formais nos últimos 12 anos ocorreu naturalmente, mas não ocorreu.

 A questão da empregabilidade é um esforço do governo brasileiro”, disse a ministra.

APROVAÇÃO DO GOVERNO DILMA CRESCE E DEIXA AS DIREITAS CONSPIRADORAS NA SOLIDÃO DA FRUSTRAÇÃO

Dilma2Há quatro anos o governo Dilma vem sendo torpedeado pelas forças antidemocráticas representadas pelas direitas nos seguimentos alienados como a mídia acéfala comandada pela TV Globo, TV Bandeirantes, SBT, jornais Folha de São Paulo, Estadão, Globo, revistas Veja, IstoÉ, Época e outros aberrantes.

Durante os dois turnos das eleições passadas os torpedos aumentaram com o objetivo de impedir a reeleição da presidenta Dilma Vana Rousseff, para que o capital predador – todo capital é predador – voltasse a domina o Estado brasileiro nos moldes dos desgovernos Fernando Henrique, amante do neoliberalismo. Para conseguir esse objetivo as direitas e extremas-direitas se uniram, principalmente no segundo turno para tentar eleger o candidato com melhores signos de representação de enfraquecimento do Estado, Aécio Cunha.

O resultado já é do conhecimento até das pedras que não rolam. Dilma foi eleita com os votos-ideias dos que defendem um governo cuja democracia seja em verdade produção da potência de todos, tendo como materialização as políticas sociais. Acreditando não poder ser possível que o governo Dilma não fosse atingido pelas denúncias de corrupção, mesmo depois das eleições, principalmente pela ação da Operação Lava Jato, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) contratou o instituto de seu agrado, Ibope, para realizar uma pesquisa para saber como se encontra o governo Dilma.

Não deu outra: 40% avaliaram o governo como ótimo e bom, 2% a mais sobre á última pesquisa ainda nas eleições quando indicou 38%. E mais, os 28% que avaliaram o governo como ruim e péssimo caiu para 27%, na nova pesquisa. Para piorar. Na penúltima pesquisa, 45% dos brasileiros confiavam na presidenta. Agora, subiu para 51%, é mole, direitas? No futuro será pior.

Mais tristeza para os inimigos da democracia popular. Na penúltima pesquisa 48% aprovavam a forma como Dilma governa o Brasil. Hoje, subiu para 52,4% aprovam a forma de governar. E lá vem temporal! A maioria dos entrevistados mostrou como pontos positivos do governo o combate à fome, a pobreza e os investimentos nos programas sociais. Tudo que burguesia-ignara presa em seus afetos tristes projetados no povo, odeia.

Como se pode observar, as direitas têm motivos de sobra para chorar, ranger os dentes e aumentar seus arsenal torpedeiro de destruição da democracia popular. Não era o resultado que a CNI esperava, agora vai ter que dormir com esse resultado contrário às suas pretensões.     

SENSUS/ISTOÉ SEM SENSO VOLTA COM FRAUDE ELEITORAL

Como o candidato Aécio Cunha só fala com muita raiva em corrupção do PT, o Instituto Sensus/istoÉ, que trabalha para o PSDB e que por este já foi processado por fraude, aprontou mais uma ontem, dia 17/10/2014, cinco minutos antes de fechar o pregão da BOVESPA.

Não é comum, disse uma fonte, a um jornalista do Jornal Valor Econômico divulgar resultado de pesquisa eleitoral quando o mercado ainda está aberto. “Alguém ganhou muito dinheiro com isso. Não faz sentido soltar pesquisa com o mercado aberto.” A indicação de que esse tipo de fraude será investigado.

Com o mercado aberto o instituto a serviço psdebista indicou que o candidato da direita ignara está 12,8% à frente da candidata Dilma Rousseff. No levantamento anterior essa vantagem era de 17,6%.

Vários questionamentos foram feitos quando foi divulgado os primeiros dados estatísticos. Descobriu-se depois que a pesquisa havia sido feita preferencialmente nas regiões onde o candidato do PSDB havia obtido mais votos. A pesquisa contrariava levantamentos do Datafolha e do Ibope que indicavam empate técnico na primeira pesquisa e que se manteve na segunda também.

Essa pesquisa é para tentar justificar a anterior. O leitor pode tirar uma conclusão. Aécio  está caindo Minas abaixo. 

Por esta pesquisa dá para notar também que não adiantou a união das “oposições”, pastores, homofóbicos,  família Campos irem para o lado do candidato da direita porque a nau a um bom tempo já faz água. E poderá ir a pique com as próximas pesquisas do Datafolha e Ibope da próxima semana quando o antepenúltimo debate na Record já tiver sido feito..

Essa queda de Cunha já reflete que Dilma Rousseff se saiu vitoriosa no debate da Band e do SBT. E pelo visto o candidato que já escolheu seu arrochado ministro da fazenda, sem antes sentar na cadeira do palácio do Planalto, repetindo o que o sabotador da velhice fez numa disputa com Jânio Quadros para a prefeitura de SP, vai continuar caindo ainda mais, pois os dois escândalos que vieram a público recentemente já está  causando um grande transtorno no QG direitista. Falamos  do escândalo envolvendo o falecido presidente do PSDB Sérgio Guerra que recebeu a milionária quantia de R$ 10 milhões do senhor Paulo César, envolvido no escândalo Lava Jato que só mencionava  políticos da coligação do PT e ninguém do PSDB e por ultimo esses R$ 166 milhões arrecadados em 2012 de inúmeras empresas,  entidades e governos pelo PSDB e que foi repassado para vários Estados e municípios. Nas plagas amazonenses, o prefeito de Manaus, Artur Neto ficou com R$ 600.000,00 e Serafim Corrêa R$ 250.000,00.

Pesquisa como essa serve para isso. Forçar uma barra para que políticos, defensores da moral e dos bons costumes sejam mantidos como insuspeitos, mesmo construindo aeroportos em terreno de familiar, empregando irmã e primos no serviço público, dirigindo sob efeito de drogas (álcool) e não se submetendo a exames com bafômetro e agredindo mulher-namorada.

ENQUANTO MARINA E AÉCIO SE ENGALFINHAM, EM LUTA, PELA SEGUNDA ILUSÓRIA COLOCAÇÃO, DILMA SORRIR

Datafolha aponta liderança de Dilma com 40%, Marina cai para 25%

Com as atenções voltadas para a data das eleições no dia 5, domingo, os institutos de pesquisas de intenções eleitorais se lançam, com intensa sofreguidão, ao campo de opiniões dos eleitores. Uns com objetivo de informar aos eleitores, por mais que as pesquisas não sejam o reflexo real do resultado concretos das eleições, as tendências dos momentos, e, outros, com o objetivo de tentar interferir na decisão dos eleitores, com seus resultados, para ajudar o candidato, ou candidata, de suas preferências.

Institutos como Datafolha, Ibope, Sensus e MDA, são conhecidamente como de tendência das direitas reacionárias que têm em Aécio e Marina seus candidatos. Já o Vox Populi se mostra como menos tendencioso. Mas, o certo é que todos estão envolvidos nessa sofreguidão eleitoral, por isso a abundância de divulgação de resultados nesta semana, reta final, que começou na semana passada.

Nesta semana começou com divulgação de duas pesquisas na segunda-feira, não mostrada pela TV Globo, porque não se tratam de institutos seus comparsas. CNT/MDA e VOX POPULI todas as duas mostrando Dilma em primeiro lugar com grandes chances de fechar a disputa no primeiro turno. Ontem, terça-feira, último dia do mês, os dois institutos ligados umbilicalmente com a TV Globo, Folha de São e Estadão, uma trinca conservadoríssima, Datafolha e Ibope, divulgaram suas pesquisas. Todas confirmando o favoritismo de Dilma.

No Datafolha os resultados foram estes: Dilma, mantendo seus 40%. Marina, caindo de 27% para 25%, e Aécio, passando de 18% para 20%. O que mostra que Aécio, em relação à Marina, não está morto. Quanto aos votos válidos Dilma tem 45%, Marina 28 e Aécio 22%

Na simulação para o segundo turno, Dilma tem 54%, e Marina 46. Diferença de 8 pontos. Contra Aécio, Dilma teria 50%, e ele 41%. Diferença de 9%. Na avaliação espontânea, aquela que não é apresentada a lista dos candidatos e o eleitor diz, livremente, em quem vai votar, Dilma tem 35%, Maria 20%, e Aécio 16%. Tanto na espontânea quanto na não espontânea a diferença de Dilma para Marina é de 15%.

Já os resultados no Ibope foram estes. Dilma tinha 38%, passou para 39%. Subiu 1 ponto. Marina tinha 29%, despencou para 25%, Caiu 4 pontos. Das Neves tinha 19% e  patinou nos mesmos 19%. Nos votos validos Dilma tem 45%, Marina 29%, e Aécio 22%.

Na simulação para o segundo turno Dilma aparece com 42% contra 38% de Marina. Resultado suspeitíssimo. Na disputa com das Neves, Dilma tem 45% contra 35%.  

Diante desses quadro, em que Marina e Aécio se engalfinham buscando o segundo lugar, onde Marina deslizando se aproxima de Aécio que não consegue escalar, a presidenta Dilma Vana Rousseff, que disputa a reeleição, fica só sorrindo. Esperando o dia 5. Assim, como seus eleitores que acreditam que ela será reeleita. E que as direitas não terão o prazer de sua derrota “nem que a vaca tussa”.

MARINA E AÉCIO BRIGAM DISTANTES DO PRIMEIO LUGAR E DILMA SÓ OBSERVA SUAVEMENTE

presidenta-dilma-vana-rousseff-sorriso-feliz

A disputa eleitoral para a presidência da República que conta com as participações dos candidatos, entre outros, da presidenta Dilma Vana Rousseff do PT, Marina Silva do PSB (partido de aluguel, ex-socialista) e Aécio Neves do PSDB (da burguesia-ignara), chegou a um ponto um tanto hilário quanto ao segundo lugar.

Tendo a presidenta Dilma já confirmada e reafirmada no primeiro lugar com possibilidade de ganhar no primeiro turno, segundo afirmação do diretor do instituto porta-vos das direitas Datafolha, Mauro Paulino, já que a candidata Marina vem em queda incontrolável, o segundo lugar passou a ser território de luta feroz entre a evangélica e o playboy.

De acordo com informações de um instituto de pesquisa, Marina vem perdendo pontos em todos os seguimentos e estados. Notadamente em São Paulo onde se encontrava em posição inatacável. A inconstância de suas afirmações, a demonstração de um programa voltado totalmente para os interesses do capitalismo confirmado no apoio maior do banco Itaú, através de uma de sua proprietária, Neca Setúbal, mais a dificuldade de materializar suas sentenças-eleitorais com a sociedade, tem levado grande parte de seus supostos eleitoras a mudar suas intenções.

Diante dessa realidade, onde a candidata submissa às imposições do pastor-despótico Malafaia, encontra-se com sua candidatura se desmilinguindo, o outro candidato das direitas, Aécio Neves, mostra uma reação que ameaça a antiga titular do segundo lugar e que hoje luta desesperadamente, agora como postulante, para se manter na passada segurança. De acordo com alguns comentaristas, a reação de Aécio se deu por dois fatores. A insegurança e contradição de Marina e o fato dele ter a atacado mais nos seus últimos pronunciamentos. O que seu guru Fernando Henrique, o príncipe sem trono, com sua inegável sapiência política, para dizer o contrário, censurava-o afirmando que ele deveria atacar era Dilma.

Verdade ou não, o certo é que o playboy mineiro das praias carioca vem conseguindo encostar na candidata do sobrenatural. Segundo o tal instituto de pesquisa eleitoral, ele tem 19% e Marina 23%. Resultado que os coloca em empate técnico. Como Marina encontra-se se estalando no solo eleitoral e ele, com tendência de crescimento, acredita-se que até o dia das eleições já tenha passado a convertida do catolicismo ao fundamentalismo.

Enquanto os dois se engalfinham, a presidenta Dilma, com sua calma e ternura, observa suavemente com seus 38%. Quinze pontos na frente de Marina e dezenove pontos contra Aécio. E a suavidade continua. No segundo turno Dilma vence Marina com 45% contra 40% E vence Aécio por 46% contra 39%.

E haja suavidade!      

DILMA ESTÁ EM EMPATE TÉCNICO CONTRA O PRIMEIRO TURNO EM 5%

O instituto de pesquisa das direitas, Datafolha, um, entre outros como o Ibope, divulgou pesquisa na noite passada, a contragosto, é lógico, com seguinte resultado.

Dilma, a inteligente e corajosa, 40%.

Marina, a encenadora sobrenatural, 27%.

Aécio, o destrambelhado, 18%.

O Datafolha também mostrou os indicadores para o segundo turno, se houver. Dilma, a singela e humorosa, tem 47%, e Marina, a auto-vítima, 43%. Diferença de 4%. Nada de empate técnico.

Na comparação com pesquisa da semana passada, quando Dilma tinha 37%, ela subiu três pontos. Já Marina, a candidata que despenca do obnubilado céu para o real da terra, tinha 30%, como agora tem 27%, caiu três pontos. Já, o despachado Aécio, tinha 17%, e passou para 18%. Uma grandíssima subida.

Diminuindo os percentuais dos candidatos que defendem o capitalismo sobre todas suas facetas do percentual de Dilma, temos uma diferença de 5% para a inteligente e corajosa presidenta . Um pequena diferença para que ela leve no primeiro turno. Isto porque, ela está em ascensão e a chorona-copiosa, em queda.

Em síntese, Dilma está em empate técnico com o primeiro turno.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.414 hits

Páginas

outubro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos