Archive for the 'Petrobras' Category

RESISTIR, SEMPRE, VERGAR, JAMÉ; 78% QUEREM CASSAÇÃO DE TEMER E 90% ELEIÇÕES DIRETAS JÁ!

Vagner Freitas

“A resistência de vocês é fundamental” – Dilma falando a Gregório Duvivier

Todo vergar simboliza submissão. Uma árvore não se verga ao vento. Ela compõe com o vento. Todo sorriso diante do opressor é sorriso opressor. Não podemos dizer que seja sorriso. O que é o sorrir? O que é rir? Rir é criar. Rir é entender o humor e com o sorrir refletir sobre a situação posta. Moro não ri frente ao tirano. O riso do escravo frente ao tirano escravo não é riso.

Isto posto nos leva a refletir sobre situação  política do Brasil neste momento. A nossa resistência, como disse Dilma é fundamental. Precisamos falar do que está acontecendo no Brasil toda hora. Precisamos denunciar as arbitrariedades e violências que se cometem por parte dos tiranos golpistas contra o povo brasileiro.

Por que o exército condecorou Moro? O que fez Moro para receber essa honraria? Quebrou com a economia, desenvolve uma perseguição seletiva contra Lula e o PT e por isso é condecorado. Um juiz não deve ser condecorado. Sua atitude de magistrado nada mais é do que sua obrigação. Julgar justamente. Não por convicção. Moro recebe prêmio da Rede Globo, Dória e agora do Exército, instituição nacional, que aparece em pesquisas com alto valor de reconhecimento. Só que com essa premiação entendemos que  compactua com o medonho.

As duas pesquisas publicadas pela Vox Populi/CUT e pelo Ibope demonstram que se as eleições para presidente fossem hoje, Luís Inácio Lula da Silva seria eleito em primeiro turno. Não teria para ninguém.

Duas situações dão respaldo a isso. A forma de governar de Lula e Dilma nos dois governos populares que empreenderam e que as políticas sociais adotadas beneficiaram o povo: Luz para Todos, por exemplo. Quem fez isso antes? Ninguém. A outra situação que está fazendo Lula manter o minarete apontado para ser tricampeão é a saga desenfreada da Globo, e demais mídias golpistas, empresários, e a justiça, que não é justiça brasileira que não julgou, não se posicionou diante do golpe (faz parte), da derrocada da economia, dos desmandos e roubos no país. Quanto mais “batem” em Lula, mais ele cresce na aceitação popular, porque a leitura que o povo faz do enredo é que ele representa a classe trabalhadora, como milhares, ele é contra tudo o que se está votando no congresso contra a classe.

A revista Carta Capital deste final de semana divulga mais informações da pesquisa da Vox Populi/CUT feita entre os dias 6 e 10 de abril com população maior de 16 anos de todos os Estados brasileiros incluído o DF com margem de erro de 2,2 para mais ou menos.

O destaque deste corte da pesquisa é que 78% dos brasileiros desejam a cassação do golpista Fora Temer e 90% querem eleições diretas já.

Tudo o que os golpistas vem impondo de mudanças prejudiciais ao povo contribui para esse quadro. O primeiro, claro. já foi o golpe que Dilma sofreu. Nesse golpe, atendendo interesses do capital, visava-se implantar o Estado mínimo. A PEC da morte é um exemplo, assim como o que Pedro Parente está fazendo na Petrobras e as investidas para controle da água doce de nosso país. Os interesses por terras na Amazônia é muito grande. E os interessados não são nacionais. São estrangeiros. E dentre os estrangeiros sobressaem representantes de grandes empresas. Os sistemas de vigilâncias da Amazônia nada mais são do que monitores de identificação onde estão nosso recursos minerais.

O cerco a Lula. Lula não é o proprietário do apartamento do Guarujá. 73 testemunhas, unânimes enunciaram que Lula não é o dono do apartamento. Léo Pinheiro está preso desde 2014. No seu primeiro depoimento inocentou Lula e por esse motivo inviabilizou sua delação. A procuradoria comandada por Delagnol e pelo juiz que não é das araucárias o deixaram preso. Leo Pinheiro quer sair do xilindró, Moro não tem provas para prender Lula, só convicção, a audiência de Lula é dia 03 de maio, precisa-se dessa prova, mas não há. O dia se aproxima, o Juiz de Brasília Vallisney de Souza quer ser mais rápido que Moro transformando Lula em réu. Há perseguição contra Lula, o Partido dos Trabalhadores e o povo.

Como diz o jornalista Josias de Souza “é desnecessária e arriscada a detenção de Lula”.

A situação do povo está muito difícil. Mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados. A fome e falta de dinheiro é grande. Ou paramos isso ou a derrocada nos levará ao buraco.

Por isso, o dia 28 de abril será muito importante: “A crise política só começará a ser debelada com novas eleições, e somente uma intensa mobilização popular, com os movimentos sociais e a população nas ruas, será capaz de antecipá-las”, enuncia Vagner Freitas, presidente da CUT, pois não temos como esperar do Legislativo qualquer solução. “Boa parte dos deputados e senadores que estão aí sabe que não será capaz de se reeleger em 2018, até pelos impactos da Lava Jato. Parecem negociar o fim de suas carreiras políticas.”

Todas as categorias de trabalhadores devem parar suas atividades, ir para as ruas, se manifestar, porque só assim nós derrubaremos os golpistas que nos impuseram tais mazelas. Resistir sempre, se vergar aos tiranos jamée.

HOJE É DIA DE GREVE E PARALISAÇÕES EM TODO O BRASIL CONTRA O DESMONTE QUE O DESGOVERNO GOLPISTA VEM IMPONDO AO PAÍS COMO FORMA DE OFENSA À POPULAÇÃO

Os sindicatos, movimentos sociais e outras entidades da sociedade civil estão hoje se manifestando em todo o Brasil contra o desmonte do país que o desgoverno golpista, irresponsavelmente, vem concretizando.

        O que se cogita muito antes do golpe, agora se encontra em forte execução. O desgoverno golpista do golpista-mor, Temer vem realizando o que a embrutecida direita sabe muito bem fazer: prevalecer às regras e ambições do capitalismo.

        Tudo não passa de falácia e engodo o argumento de que a contenção de despesas é para fortalecer a economia e fazê-las crescer. A PEC 142, agora 55, não tem outro objetivo do que tirar direitos dos trabalhadores para distribuir com o capital privado. O exemplo mais desavergonhado é a entrega do pré-sal para empresas estrangeiras como a Shell.

       Daí que diante dessa irracionalidade antidemocrática e antinacionalista só resta a sociedade brasileira se posicionar na luta por seus direitos. E é isso que ela vem realizando hoje em todo o Brasil. Como diz o verso-nacional, “verás que um filho teu não foge a luta”. É o que vem se confirmando hoje nas manifestações.

         Principais reivindicações no Dia Nacional de Greve.

PEC 241

NOSSOS INIMIGOS DIZEM: É UM MOVIMENTOZINHO; NÓS DIZEMOS É A MULTIDÃO CONTRA TEMER E TODOS OS GOLPISTAS DA DEMOCRACIA BRASILEIRA

IMG_5143.JPGÉ o sétimo dia consecutivo que o povo está nas ruas de todo o Brasil protestando contra o golpe jurídico-partidário-midiático praticado pela classe rica brasileira contra a democracia do Brasil sem respeitar os resultados das urnas que impôs ao candidato derrotado Aécio Never fragorosa derrota em 2014.

Ontem, sábado, dia 03 de setembro de 2016, centenas de pessoas compareceram à Praça São Sebastião, na Zona Centro Sul da não cidade de Manaus, para expressarem seu descontentamento contra o golpe de Estado e manifestar posição firme de seguir protestando contra o desgoverno golpista até sua queda.

IMG_5049.JPG

Estiveram participando da manifestação representantes e filiados de partidos políticos como PT, PCB, PSOL, PSTU, Movimentos Sociais, Sindicatos de diversas categorias, O Grupo de Dança Maracatu, a Associação Filosofia Itinerante – AFIN, dentre outras instituições contrárias à brutitude que vive o Brasil no momento atual.

IMG_5173

Nas falas das representações todos foram unânimes em refletir sobre o atual momento vivido por nosso país. Foi falado sobre o que significa um desgoverno comandado pelo PMDB, PSDB, DEM e demais aliados ao golpe contra a classe trabalhadora e contra a soberania do nosso país.

IMG_5141

Didaticamente ouve quem explicasse que o golpe veio para parar a Lava Jato e vender, privatizar o Pré-Sal e todas as grandes empresas que dão lucro no Brasil. Mais, o principal objetivo dos golpistas é retirar direitos trabalhistas como 13º salário, férias, promover a reforma da previdência, aumentar a idade mínima da aposentadoria para 70 anos, acabar com o Minha Casa Minha Vida, ENEM, PROUNI, PRONATEC, Mais Médicos, cancelar o repasse de 7 bilhões para o Norte Nordeste investir em infraestrutura e aumentar os turnos de trabalho.

IMG_5146.JPG

Foi lembrado também que o golpe de Estado que a democracia brasileira sofreu e que a presidenta da República foi deposta teve a participação direta de todos os deputados Federais do Amazonas: do maior corrupto do Brasil segundo Sérgio Machado, Pauderney Avelino, Conceição Sampaio, Hyssa Abraão, Artur Bisneto, Alfredo Nascimento, Marcos Rota, Silas Câmara e Henrique Oliveira. Os senadores golpista foram são: Eduardo Braga e Omar Aziz. A única representante do Amazonas e defensora intransigente da democracia e da presidenta Dilma Vana Rousseff foi Vanessa Grazziotin. 

IMG_5121

Vários manifestantes ao mencionarem o nome dessas aberrações e na proporção que eram citados um coro em uníssono como numa ópera de Heitor Vilas Lobo ecoava rumo ao Teatro Amazonas assim: Golpistas, golpistas, golpistas. Fora Temer, fora Temer. Diretas já. Golpistas, fascistas, não passarão!

IMG_5073.JPG

Houve também pedido para que os amazonenses acompanhem e protestem contra a onda de violência que as polícias de São Paulo, Rio Grande do Sul e outras cidades vem cometendo contra os manifestantes contrários ao golpe de Estado.

IMG_4982.JPG

IMG_5148.JPG

O grupo Maracatu apresentou várias músicas com temas alusivos ao golpe de Estado e fez uma encenação tendo como referência os deputados e Senadores do Amazonas que são golpistas.

IMG_5084.JPG

IMG_5056

IMG_5197.JPG

IMG_5046.JPG

IMG_5147.JPG

IMG_5159.JPG

IMG_5189IMG_5197

IMG_5113De Paris, passando pelo Vaticano onde ontem o Papa Chico condenou o golpe e disse que o Brasil vive momento triste, contradiz o timoneiro da nau golpista de que somos 40 a 50 pessoas, um movimentozinho. É um movimentozinho, mas que está em toda parte, inclusive na não cidade de Manaus. É bom que os inimigos do povo pensem assim, e falem assim mesmo, porque é este povo que é capaz de promover mudanças, e principalmente, elas ocorrem quando:

A Rosa Vermelha desapareceu.

Para onde foi, é um mistério.

Porque ao lado dos pobres combateu

Os ricos a expulsaram de seu império.

(Epitáfio 1919 – Bertolt Brecht)

IMG_5052

 

GOLPISTA TEMER AO AFIRMAR QUE ESTÁ PREPARADÍSSIMO PARA AS VAIAS NA ABERTURA DA OLIMPÍADA NO MARACANÃ CONFIRMA QUE NÃO ENTENDE NADA DE ESPORTE. JAMAIS VIU E OUVIU UMA MANIFESTAÇÃO DE GOL DAS TORCIDAS DO URUBU E DA GAVIÕES

Brasil. Rio de Janeiro, 05 de agosto de 2016. Abertura dos jogos olímpicos. Jogos que se revestem de um simbolismo especial. Disputa que o mundo ocidental propagou a partir da Grécia e envolve a maioria dos países do planeta Terra numa competição onde cada atleta exige o máximo de seus limites para conseguir a vitória, a medalha e os louros na coroação.

Nós, brasileiros, sempre assistimos os jogos realizados nos outros países. Na Espanha, em Barcelona, na China, na Rússia, na Inglaterra, nos Estados Unidos, com ou sem boicote. 

Agora que o maior evento esportivo terráqueo se realiza em solo tupiniquim, depois de todo um trabalho do presidente Doutor Honoris Causa de importantes Academias como Salamanca, na Espanha, do empenho e dedicação de Dilma Vana Rousseff, às portas da abertura do evento nos deparamos, no país, com um golpe de Estado político-jurídico-parlamentar-midiático que tira os principais executores do trabalho de preparo, construção de todos os ginásios, centros de treinamento, cidade olímpica, junto com os trabalhadores, é claro, de fora da abertura.

A presidenta Dilma Vana Rousseff disse que como coadjuvante não comparecerá porque o seu lugar é de honra, pois foi eleita por mais de 54,5 milhões de eleitores e é a presidenta do povo brasileiro, por se tratar de golpe de Estado o que Temer praticou não comparecerá, assim como Lula e nenhum outro ex-presidente da República do Brasil.

O usurpador Michel Temer falou nesta sexta-feira (29), em entrevista ao Grupo RBS, do Rio Grande do Sul, que está “preparadíssimo” para ser vaiado na abertura da Olimpíada. Ele disse que tem de cumprir o “dever institucional” de estar presente no evento.

“Estou preparadíssimo para as vaias. No Maracanã, como dizia o Nelson Rodrigues, se vaia até minuto de silêncio. Estou preparadíssimo, não tenho a menor dúvida disso. E tenho de cumprir esse dever institucional. Aliás, eu soube que os ex-presidentes nem vão. A brincadeira é que eles estão reservando as vaias só para o presidente”,disse.

O golpista fará uma declaração protocolar de 10 segundos na abertura dos Jogos Olímpicos.

A brincadeira. Vaia é brincadeira? A Vaia é cobrança, é protesto, é contestação, é negação, é reação. A vaia que o usurpador vai receber é muito mais que cobrança, protesto, contestação, é política. O usurpador vai ser vaiado porque chegou ao Jaburu tramando, sordidamente. Sem escrúpulos. Jarbas já tinha dito que golpista não tem escrúpulos. Só que nesse dia as vaias políticas vão dizer que não aceitam degenerados e ai, sim, estará marcada sua queda, pois é dos estádios que se pode analisar a popularidade de um político profissional. É nos estádios que se vê quando o político é querido ou odiado. São Bernado do Campo, no seu Estádio, Vila Euclides, durante a ditadura em plena greve dos metalúrgicos do ABC, lá pelos idos de 1981 ouviu e aplaudiu aquele que viria a ser o maior presidente do Brasil.

E ainda falando em vaias. Elas também vêm lá da Grécia. As vaias que ocorriam nas dionisíacas. Nas apresentações das peças teatrais. Quando o povo via que uma tragédia era que nem um governo golpistas protestavam, vaiavam, atiravam ovo, tomate, banana, batata, uva, abacaxi, pera, maçã, abacate, tucumã, buchada de bode e tudo que tinham a mão. E é isso que o povo brasileiro vai fazer nesse dia de agosto. Será um heleno-brasileiro denunciando um desgoverno golpista.

O evento vai ser transmitido para todo o planeta Terra. O golpista ao afirmar que está preparadíssimo para os apupos desconhece o que é duas das maiores torcidas do Brasil gritando gol de seus times: Urubus e Gaviões. Além de ser ensurdecedor, inexplicável, o golpista vai mostrar para o mundo que ele é uma anomalia e que num momento de confraternização, que na Grécia, as guerras eram cessadas durante a competição, na abertura dos jogos o mundo verá que no Brasil a guerra contra os golpistas, a ditadura do judiciário brasileiro vai está só começando, porque agosto inúmeras manifestações de ruas irão acontecer até a votação do golpe no Senado da República.

Divulgou-se que o impostor, em vez de ir sozinho ao evento levará a prendada do lar, filho, sogra e mais uns 47 convidados. O mordomo de conde Drácula podia evitar vexame para essas pessoas, porque quando a galera, vaiar no estádio, essa vaia não é só ali, mas em todo o Brasil onde há pessoas comprometidas com a democracia, com a soberania e contra a venda de poços de pré-sal como se anunciou ontem  que Raimundo Parente, ministro do apagão, já está cometendo esse crime que vai além do que Paulo César Costa roubou.

E para iniciar nossa vaia a Temer e todos os golpistas começamos por aqui. Fora Temer!

 

 

 

RESISTA PRESIDENTA, NÓS O POVO ESTAMOS AO SEU LADO E AS CARTAS ESTÃO NO NOSSO JOGO

Dilma alegre

Que os degenerados chamem do que quiserem esta proposta, este ensaio. Propomos que a presidente e todos seus ministros, assessores, militares legalistas das três forças resistam ao infame golpe com firmeza. Se por ventura, a vingança de Mineirinho, Caranguejo, Michel Temer, Serra, Agripino,   e de todos os sabujos prosperar que não é o que queremos e nem em pesadelo vislumbramos, não devemos jamais deixar o governo. Só saiam do governo se passarem sobre nossos cadáveres. Aguentem firme, porque o povo sabe que sua presidente Dilma é íntegra, é leal e foi eleita numa disputa eleitoral raivosa por parte de seu oponente que com rosto  transtornado prometia acabar com o PT. Aqui não é o Paraguai. 

A presidente está sendo acusada de não ter cometido crime. O dinheiro que foi utilizado dos bancos oficiais foram para dotar as políticas populares. Pagar o bolsa escola, Minha Casa Minha Vida, bolsa família, dentre outras prioridades benéficas para as pessoas mais necessitadas. A presidente não roubou nenhum centavo do dinheiro público. A presidente não tem contas em bancos suíços, não tem conta em Liechtenstein, não aparece nenhuma vez citada na Lava Jato, nunca comprou deputados para garantir sua eleição, nunca interferiu nas investigações da PF e da PGR, não está entre os mil da lista em poder de Rodrigo Janot oriunda da Suíça, a presidente não é ladra. A presidente é sim, a primeira mulher eleita e reeleita num país machista, patriarcal e cheio de misóginos e misóginas.

Nestes dias vivemos uma verdadeira disputa de quem sairá derrotado no golpe. Os nazifacistas apoiados pela imprensa golpista toda hora falam que deputados desembarcam do governo e que o golpe é dado como certo. Como essa imprensa sempre os defendeu, não divulga, por exemplo que inúmeros deputados democratas de todos os partidos estão conversando com a presidente que tomou o comando do diálogo e já está junto com seus ministros, Lula e os deputados combinando a política de repactuação que iniciará no dia 18 de abril e que continuará o diálogo com todos os segmentos da sociedade.

A degenerada imprensa não fala que o golpista Eduardo Caranguejo estabeleceu um rito de votação para impressionar os democratas. Não sabe o Ali Babá que quem tem caráter, honradez nunca se deixará influenciar por rito intimidatório. O trânsfuga, hoje, demonstrou mais uma desfaçatez. Intimidou o deputado Pinato que renunciou como membro da comissão de ética que investiga e julgará  o chefe da cleptocracia. Vai ocupar sua vaga uma deputada “santa,” aliada do indigno. E isso acontece na frente da polícia. Mas não existe, perante  alguém que comete um crime o poder por parte de qualquer cidadão de dar voz de prisão ao criminoso? Deputados, prendam-no e deixem o resto conosco, o povo. A Papuda gosta de caranguejo, almofadinha, próximus.

Se os poderes que deviam se posicionar contra a ilegalidade acovardam-se à seletividade de um juiz de província que nazifacistamente  gosta de ouvir o nome de Lula nos depoimentos dos presos, nos grampos ilegais que atentam contra a segurança nacional, não afasta o chefe do bando de ladrões da Câmara dos deputados que desfila como o impoluto, só nos resta esta decisão. Não vamos entregar nosso governo eleito democraticamente por mais de 54 milhões de brasileiros e brasileiras nas mãos de uma centena de bandidos, porque se isso acontecer nossos direitos trabalhistas, nossas políticas sociais, públicas, luz para todos, FIES, PROUNI, PRONATEC, criações de novas Universidades, Institutos federais de educação, monopólio da Petrobrás, pré-sal, Mais médicos,  tudo vai acabar, porque a ponte para o futuro não existe. O futuro é agora, é hoje e por isso, brasileiro e brasileira, defendamos nosso país, defendamos nossa presidente e todos seus ministros porque aqui a sorte não está lançada, não é questão de sorte, é questão de luta, de defesa a favor da vida, a favor desse povo que de 2002 pra cá mudou de vida pra melhor, porque foi governado por dois representes da classe trabalhadora: LULA e DILMA. Por vocês os golpistas só irão à frente se passarem sobre nossos cadáveres.

“A corrente impetuosa é chamada de violenta

Mas o leito de rio que a contém

Ninguém chama de violento

A tempestade que a faz dobrar as bétulas

É tida como violenta

E a tempestade que faz dobrar

Os dorsos dos operários na rua?”

Bertolt Brecht, in Sobre a violência

 

TRABALHADORES MARCAM GREVE CONTRA O NOVO PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRÁS E CONTRA O PROJETO DE LEI 131 QUE TIRA DA EMPRESA O PRÉ-SAL

8f179eb6-3274-4b8b-8dbd-52dfd008d363Os trabalhadores da Petrobrás marcaram início de greve para protestar e defender a empresa contra as ameaças apresentadas pelo novo Plano de Negócios da Petrobrás que persegue as demissões de milhares de trabalhadores terceirizados e cortes de despesas e, como também, contra o entreguista Projeto de Lei 131 que, impulsionado pelo senador do partido da burguesia-ignara, PSDB, que trabalha pelo capital internacional, José Serra, tem como objetivo tirar da Petrobrás o direito de explorar, como única empresa, o pré-sal que é riqueza nacional e faz parte do corpo soberano da Petrobrás. José Serra quer que ele seja explorado por empresas estrangeiras.

“O novo plano prevê a venda de US$ 57,7 bilhões em ativos, além de cortes de US$ 76 bilhões em investimentos e despesas, ou seja, representa o verdadeiro desmonte da empresa, cujos impactos já estão ocorrendo em várias unidades do país, com milhares de demissões de trabalhadores terceirizados e cortes em despesas, que colocam em risco conquistas históricas da categoria”, diz trecho da nota divulgada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

A nota também trata da reunião da FUP que discutiu as negociações sobre o Acordo Coletivo de Trabalho do ano corrente.

A empresa se comprometeu a apresentar proposta para o ACT 2015 no próximo dia 10 e reafirmou seu compromisso de diálogo aberto com as entidades sindicais”, diz o trecho referente ao acordo.

PETROLEIROS REALIZAM MANIFESTAÇÕES CONTRA PROJETO DE SERRA QUE PRETENDE ENTREGAR O PRÉ-SAL A EXPLORAÇÃO ESTRANGEIRA

c5a3c6e2-ad76-44f9-ae51-0571ae4551ccA sociedade brasileira em sua maioria sabe muito bem que o PSDB é um partido que expressa a burguesia em suas duas principais vertentes. Os seus membros são autênticos burgueses, basta observar seus comportamentos: são vaidosos, cultuam o poder e são invejosos e odientos. Assim, como representam a defesa intransigente do capitalismo internacional. São compulsivos defensores do neoliberalismo. Os dois desgovernos do vaidoso Fernando Henrique, servem de exemplo.

É traspassado por esse agenciamento de sobrecodificação capitalista que o senador José Serra, do dito partido, e que tem complexo de presidente do Brasil, obsessão também compactuada por seus amigos da família, Frias, donos do jornal reacionário que defendeu a ditadura, Folha de São Paulo, entre outros direitistas, apresentou no Senado seu projeto que tem intenção de tirar da Petrobrás o direito de explorar o pré-sal transferindo para empresas estrangeiras. Em seus desgovernos Fernando Henrique tentou privatizar a Petrobrás. Apresentou até uma corruptela: Petrobráx.

Não haveria de se esperar posição contrária de Serra, visto ser o mesmo um sujeito de enunciado da subjetivação capitalista. Sendo assim, a sociedade como sabe do perigo que corre a Petrobrás diante dessa traição patrocinada pelo senador burguês, vem tomando posição para impedir essa violência contra o Estado brasileiro e sua soberania. Daí que os movimentos sociais, organizações não governamentais, várias entidades e o sindicato dos petroleiros vêm realizando atos contra as intenções burguesas do entregador Serra.

 Ontem, dia 30, os petroleiros com cartazes, faixas e discursos, realizaram, durante todo o dia, manifestações em cidades como Brasília, São Paulo, Recife, Belo-Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, Vitória, Salvador e Porto Alegre e em outras cidades ocupando aeroportos contra a PLS 131/15, projeto de lei do representante da ‘bolinha’. As manifestações têm como objetivo mostrar a posição contrária da população, já que o pré-sal faz parte da agenda econômica do país quanto à aplicação de sua produção econômica. Principalmente na educação e na saúde.

O perigo encontra-se exposto, visto que o projeto foi colocado em regime de urgência. E pode ser votado a qualquer momento. E a violência contra a economia do Brasil se concretizar, porque, como já é sabido pela maioria da sociedade brasileira, o Congresso Nacional atual é o mais reacionário de toda a história brasileira. Serra não se encontra só. O presidente do Senado, Renan Calheiros, e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, também são seus aliados.

“Estamos na luta defendendo o modelo do pré-sal brasileiro, que foi proposto pelo presidente Lula, aprovado no Congresso Nacional e que dará as maiores condições para que os enormes recursos do pré-sal sejam utilizados a bem da sociedade brasileira, notadamente para resolver os nossos graves problemas sociais, principalmente educação e saúde.

A lei da partilha foi debatida na sociedade brasileira por três anos após a confirmação da existência do pré-sal. E agora o senador José Serra que aprovar isso em regime de urgência, mas o petróleo pertence ao povo brasileiro, o povo não deu procuração aos senadores para que entreguem o pré-sal.

É preciso que se debata essa questão, que se discuta a visão do Serra e daqueles que defendem o modelo de partilha. E isso não está acontecendo, a aprovação está sendo buscada a toque de caixa: na semana passada aprovaram o regime de urgência e nesta semana querem aprovar o projeto. Entregar o nosso petróleo é um desserviço à nação. É um ato autoritário dos tucanos.

Infelizmente só que tem feito as compras de equipamentos no mercado brasileiro de máquinas, navios, plataformas, tem sido a Petrobrás. Portanto, defender a Petrobrás como operadora única do pré-sal é defender os interesses do povo brasileiro tanto na destinação econômica dos recursos do pré-sal, como também o petróleo enquanto alavancador do desenvolvimento nacional. É isso que está em risco com o projeto de Serra.

 A Petrobrás passa por alguns problemas, que já estão sendo resolvidos, e já no primeiro trimestre de 2015 a empresa teve R$ 5 bilhões de lucro; pouquíssimas empresas no mundo têm lucro dessa monta. Na verdade, o mundo inteiro queria ter uma empresa como a Petrobrás, que domina a tecnologia de exploração em águas profundas e reúne técnicos altamente capacitados para produzir o nosso petróleo; no entanto, infelizmente, a mídia conservadora tem atacado a empresa tentando destruir esse grande patrimônio do povo brasileiro.

A empresa foi diminuída, desidratada, pelos oito anos de FHC. É realmente uma vergonha que os tucanos, que destruíram a empresa e, portanto, se dependesse deles o Brasil não teria o pré-sal, agora queiram, por meio do Parlamento, entregar o que não tiveram capacidade de descobrir. E o senador Serra está à frente dessa vergonha nacional”, analisou João Antônio de Moraes, Secretário de relações Internacionais da Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Quando Moraes afirma que é uma “vergonha” o interesse de Serra e o do PSDB em entregar o pré-sal para as multinacionais, ele comete um pequeno equívoco. A vergonha não é para qualquer um. Principalmente para um burguês. A vergonha, como diz Marx, é revolucionária, porque é a cólera contra si. Como o burguês não sente a cólera contra si para poder entrar em outra ordem de transformação, ele não pode ter vergonha, o que o colocaria na posição de revolucionário. Esperar vergonha na burguesia é querer que ela tenha atingido a dimensão humanidade.

E A PETROBRÁS? CONTINUA ALÉM DA CONSPIRAÇÃO DAS DIREITAS. VIU O BALANÇO? FOI MAIS DE R$ 5.330 BILHÕES!

resultado-pe-no-chao• A Petrobras obteve lucro líquido de R$ 5,3 bilhões no primeiro trimestre de 2015, 1% inferior ao mesmo período do ano passado. O resultado reflete o aumento da despesa financeira líquida da companhia, principalmente em função da maior depreciação do real em relação ao dólar.

• O lucro operacional foi de R$ 13,3 bilhões, 76% superior ao do primeiro trimestre do ano passado, principalmente devido ao crescimento da produção de petróleo e gás, às maiores margens na comercialização de derivados e aos menores gastos com participação governamental e importações. Além disso, o resultado do 1º trimestre de 2014 foi impactado pelo provisionamento de gastos com o Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário (R$ 2,4 bilhões), o que não se repetiu em 2015.

• O EBITDA ajustado do trimestre foi de R$ 21,5 bilhões, um aumento de 50% em relação ao primeiro trimestre do ano anterior. O resultado reflete os aumentos nos preços de diesel e gasolina em novembro de 2014, assim como o maior lucro operacional acima destacado.

• Os investimentos totalizaram R$ 17,8 bilhões, 13% inferior a do 1º trimestre de 2014. O foco dos investimentos foi o segmento de Exploração e Produção no Brasil, que recebeu 79% dos recursos, com destaque para os projetos de aumento da capacidade produtiva.

• A Petrobras terminou o trimestre com R$ 68,2 bilhões em caixa.

Destaques operacionais

• A produção de petróleo e gás natural da Petrobras (Brasil e exterior) cresceu 11% em relação ao 1º trimestre de 2014, atingindo a média de 2 milhões 803 mil barris de óleo equivalente por dia (boed). Em abril, foi atingido recorde na produção mensal de petróleo no pré-sal, de 715 mil barris por dia.

• Neste trimestre, foi iniciada a operação do sistema de produção antecipada do campo de Búzios (Bacia de Santos); da P-61, no campo de Papa-Terra (Bacia de Campos); e do campo de Hadrian South, em águas ultraprofundas no Golfo do México (EUA).

• No refino, a produção total de derivados no Brasil e exterior foi de 2 milhões 119 mil bpd, 8% inferior ao mesmo período de 2014. A queda na produção doméstica deveu-se à parada programada na Refinaria Landulpho Alves (RLAM), na Bahia, parcialmente compensada pela contribuição da produção da RNEST.

DILMA PARTICIPA DA CERIMÔNIA DE ENTREGA E BATISMO DO PETROLEIRO ANDRÉ REBOUÇAS E REAFIRMA QUE O PRÉ-SAL É NOSSO

15f4c87c-4091-498f-87a7-bbd0904f88a6Com a direita opinando opiniaticamente contra as regras estabelecidas pelo governo federal para a exploração do pré-sal com o único propósito de entrega-lo ao capital estrangeiro, inclusive contando como coadjuvante o ministro das Minas e Energia, o amazonense Eduardo Braga, a presidenta Dilma Vana Rousseff, participou, em Suape, no estado de Pernambuco, da cerimônia de entrega e batismo de petroleiros, entre eles o André Rebouças, e voltou a reafirmar que o pré-sal é nosso. Reafirmação que aumenta o grau de ódio das direitas conspiradoras.

O que Dilma reafirmou foi apenas o que já dissera n vezes, mas as direitas com os sentidos e o intelecto obstruídos fantasiam o contrário em sua compulsão conspiratória. Dilma já reafirmou que o compromisso do governo com a politica de conteúdo local e o regime de partilha de exploração do pré-sal não mudará. Uma posição que além de colocar por terra as tramas das direitas contra o poder econômico brasileiro, ainda esfacela a posição atabalhoada de Eduardo Braga que se posicionou, nos Estados Unidos, em favor da flexibilização do formato da exploração do pré-sal. É esse o resultado de confiar cargo de ministro a quem não tem dimensão política.

Além do batismo do petroleiro André Rebouças, também foi batizado e inaugurado viagem o navio Marcilio Dias, os dois fabricados pelo Estaleiro Atlântico, em Suape. Cada navio tem 247 metros de cumprimentos e destinam-se a navegação de longo curso transportando óleo cru. Eles fazem parte da 1ª fase do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef).

Em seu discurso Dilma lembro que a politica de conteúdo local é obra iniciada no governo Lula que rompeu com a estagnação da indústria naval. Ela não disse, mas o sucateamento e a estagnação da indústria naval foi obra perversa dos desgovernos de Fernando Henrique, o príncipe do neoliberalismo tupiniquim.

“Chegamos aqui hoje por que rompemos uma realidade de estagnação da indústria naval. A reimplantação da indústria naval no Brasil fez com que incorporássemos tecnologia, melhorássemos a formação de nossos trabalhadores e gerássemos emprego e renda. O que nós queremos é produzir no Brasil o que pode ser produzido no Brasil.

Os recursos do petróleo serão distribuídos em benefício direto do povo brasileiro. No meu governo, a política de partilha está mantida. Conteúdo local e política de partilha, no meu governo, está mantido”, reafirmou Dilma.

PETROBRÁS RECEBE PRÊMIO POR EXPLORAÇÃO DO PRÉ-SAL E DEIXA ÓBVIA A INDIGÊNCIA DAS DIREITAS CONSPIRADORAS

4b3b42f0-0ac0-4249-b046-4e0bc07e9dd7Já é vício! Pela terceira vez a Petrobrás, empresa estatal que o capitalismo internacional, coadjuvado pelo capitalismo tupiniquim, tem voracidade, é premiada por sua capacidade de produção petrolífera.

O prêmio foi abiscoitado em 1992, quando a empresa brasileira – dos autênticos brasileiros e não dos americanófilos e europeunófilos – desenvolveu seu sistema de produção em águas profundas no campo de Marlim, na Bacia de Campos, Rio de Janeiro. Por essa atividade que mudou o conceito de produção de petróleo, ela foi premiada.

O segundo, concretizando o vício, ocorreu no ano de 2001 em razão de seus avanços tecnológicos em projetos de águas profundas. Dessa vez, no campo do Roncador, igualmente em Campos.

Agora, ano de 2015, depois do enfraquecimento – será que alguma vez foi forte? – da marola proporcionada pelas direitas, a mando do capital internacional, para enfraquecer o significado potente da estatal para que ela fosse vendida por preço irrisório, como fez Fernando Henrique com as estatais brasileiras em seus desgovernos, ela recebe o prêmio OTC Distinguished Achievement Award for Companies , Organizations, and Institutions.

A premiação é reconhecimento pelo conjunto de tecnologias desenvolvidas pela produção de petróleo e gás natural na camada do pré-sal. A cerimônia de premiação ocorreu em Houston, nos Estados Unidos. Solange Guedes, diretora de Produção e Exploração da Petrobrás, foi quem participou da cerimônia de entrega do prêmio mais importante que uma empresa produtora de petróleo.

“É o mais importante prêmio que uma empresa de petróleo pode receber na qualidade de operadora offshore. A exploração e produção do pré-sal tem sido uma missão desafiadora, que estamos desempenhando em estreita colaboração com nossos parceiros, com os fornecedores e com a comunidade técnica científica.

Este prêmio é resultado do trabalho conjunto, baseado em uma ampla rede de cooperação”, disse Solange.

petrobras-fachada_87_28_1783_1167A diretora também falou sobre o desafio na exploração do pré-sal cuja camada encontra-se localizada trezentos quilômetros da costa em uma profundidade de mais de 7 mil metros.

“Esse cenário representava grande oportunidade para desenvolver tecnologias viabilizadoras junto com a indústria. Percebemos que seriam necessárias soluções inovadoras para extrair petróleo destes campos de maneira segura, rentável e ambientalmente sustentável”, observou Solange.

A tecnologia usada, segundo Solange, permite que seja reinjetado todo o dióxido de carbono produzido. O que evita que 1 milhão de CO2 toneladas sejam emitidos na atmosfera.

 Vai, Petrobrás, que o Brasil é teu!

PETROBRÁS DIVULGA BALANÇO DE 2014 MOSTRANDO “SUA CAPACIDADE DE SUPERAÇÃO DE DESAFIOS” E DEIXA AS DIREITAS SE MORDENDO DE ÓDIO

petrobras-fachada_87_28_1783_1167Aldemir Bendine, presidente da Petrobrás, a estatal cobiçada pelos conspiradores nacionais e estrangeiros, divulgou ontem, dia 22, o balanço da empresa referente ao ano de 2014. Notícia desagradabilíssima para as direitas conspiradoras que pretendem impeachment e golpe de Estado contra o segundo governo popular que mudou o país de forma concreta exemplificada na erradicação da pobreza extrema miséria de acordo com o relatório do Banco Mundial publicado também ontem.

O presidente Bendine afirmou que o resultado do balanço mostra a “capacidade de superação de desafios em contexto adverso” da Petrobrás. Ele disse que a perda por desvalorização de ativos, foi o principal fator do prejuízo de 2014 calculado em R$ 44 bilhões. Sendo que o prejuízo concentrou-se no quarto semestre em um total de R$ 26,6 bilhões. O balanço traz também o resultado das análises feitas pela estatal sobre a Operação Lava Jato mostrando que os envolvidos há três anos não trabalham na empresa. A empresa contabilizou no ano R$ 68,9 bilhões em caixa.

Leia parte do balanço.

petrobras-divulga-resultados-auditados-de-2014-1-1-638 petrobras-divulga-resultados-auditados-de-2014-1-2-638 petrobras-divulga-resultados-auditados-de-2014-1-4-638 petrobras-divulga-resultados-auditados-de-2014-1-5-638 petrobras-divulga-resultados-auditados-de-2014-1-6-638

LANÇADA NA CÂMARA A FRENTE PARLAMENTAR MISTA EM DEFESA DA PETROBRÁS

petro176610Foi lançada ontem, dia 24, na Câmara Federal, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobrás, Segundo o presidente e articulador do colegiado, deputado Davidson Magalhães (PCdoB/BA), o objetivo da frente é distinguir duas pautas: uma referente à apuração dos crimes de corrupção e a outra referente à própria empresa.

São 210 deputado e 42 senadores que compõem a frente. Entre eles se encontram deputado Vicentinho (PT/SP), Aliel Machado (PCdoB/PR), Jandira Feghali (PCdoB/RJ), Zeca do PT (PT/MS) e os senadores Roberto Requião (PMDB/PR), Antonio Carlos Valadares (PSB/SE), Fátima Bezzera (PT/RN) e Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM).

Para o deputado, é preciso que o Congresso e a sociedade civil reajam contra a ambição de “esquartejar” a petroleira cujo objetivo visível é vender partes de sua integridade, adulterando seu caráter vertical. Outra função da frente dentro do Congresso é lutar para barrar qualquer tentativa de acabar com o regime de partilha que foi consumada no contrato do pré-sal. O fim do regime de partilha é perseguido pelos membros do partido da burguesia-ignara-parasitária, PSDB, na figura, principal, do também senador ressentido, José Serra.

petro376611Além de que, as direitas perseguem a total privatização da Petrobrás. É por tal, que os meios de comunicação reacionários como a TV Globo, Folha de São Paulo, Estadão, revistas Veja, IstoÉ e Época, cujo modelo de mídia é de mercado, apresentam tantas matérias contra a estatal. Logicamente, amparadas pelas empresas estrangeiras. Mas não é só Serra quem pretende a privatização da Petrobrás. Um dos seus maiores defensores é aquele cujo governo impulsionou a corrupção na estatal: Fernando Henrique. O que menos deveria carregar esse intento.

“A Petrobrás não se confunde com corrupção e é um símbolo nacional. Queremos levantar no Congresso, além do debate sobre a Operação Lava Jato e apurações sobre denúncias, que existe uma outra Petrobrás que não é necessariamente a empresa envolvida nesses escândalos. Os parlamentares têm a intenção de mobilizar a classe política, principalmente os governadores, que são os mais afetados pela redução das atividades da Petrobrás.

Fernando Henrique e o senador Serra estão propondo vender atividades como refino, distribuições de combustíveis. Isso é um retrocesso, é voltarmos ao tempo de exportação de produtos primários e manufaturados.

Nós defendemos a integralidade da Petrobrás. A empresa que defendemos na frente parlamentar é a Petrobrás que agora, em fevereiro, bateu recorde de produção, que está entre as dez maiores petroleiras do mundo, é responsável por quase 20% dos investimentos do país e 10% do PIB.

A tentativa de quebrar a verticalidade da estatal, é contrária a criação de emprego no país e diminuiria a venda de produtos com maior valor agregado. Isso está na contramão do esforço que a indústria brasileira tem que fazer, para produzir produtos com maior valor agregado incorporando mais tecnologia. Estamos liderando em nível internacional a produção em águas profundas com o pé-sal”, expôs o deputado Davidson.

ATO EM DEFESA DA PETROBRÁS E DA SOBERANIA NACIONAL, EM MANAUS, FOI UMA FESTA E CONTOU COM A BÊNÇÃO DA CHUVA

IMG-20150313-WA0152Eram quase 16 horas quando a chuva começou a se mostrar nos bairros e centro de Manaus. Às 16 horas começariam as manifestações em defesa da Petrobrás e da Soberania Nacional, exatamente na Praça Heliodoro Balbi, mais conhecida como Praça da Polícia, centro. Nesse momento uma multidão já se fazia presente. Era o prenúncio da radiante festa que iria ocorrer. A chuva caindo feito dilúvio, lavando, a Manaus suja, abandonada pelo prefeito Arthur Neto, do partido da burguesia-ignara, PSDB, classe parasita que conspira contra a soberania nacional. E a chuva caindo e os brasileiros manauaras chegando.

IMG-20150313-WA0017 IMG-20150313-WA0020 IMG-20150313-WA0025 IMG-20150313-WA0021 IMG-20150313-WA0024 IMG-20150313-WA0032 IMG-20150313-WA0033 IMG-20150313-WA0015 IMG-20150313-WA0041 IMG-20150313-WA0045 IMG-20150313-WA0044 IMG-20150313-WA0051 IMG-20150313-WA0057 IMG-20150313-WA0070 IMG-20150313-WA0069Os organizadores da manifestação iniciaram a saída da praça em direção com cruzamento das duas principais avenidas de Manaus: 7 de Setembro e Eduardo Ribeiro. E a multidão seguindo na frente atrás. Na confluência das duas avenidas, começaram os discursos. Representantes dos petroleiros, políticos dos partidos populares, líderes dos movimentos sindicais, estudantes, professores, membros do coletivo LGBT, religiosos, jornalistas, representantes das religiões afros, artistas, escritores, intelectuais, transeuntes, que resolveram, também, se engajar ao ato. E muitos vendedores de sombrinhas que aproveitaram para ganhar uns trocados. Uma prova que um governo popular consegue atua no trabalho informal até quando realiza uma manifestação. E como não haveria de faltar, os representantes da Associação Filosofia Itinerante (Afin). Sem deixar de fora os trabalhadores das lojas que tudo observavam com muita atenção.

IMG-20150313-WA0112IMG-20150313-WA0114IMG-20150313-WA0098IMG-20150313-WA0079IMG-20150313-WA0092IMG-20150313-WA0091IMG-20150313-WA0074IMG-20150313-WA0178IMG-20150313-WA0177IMG-20150313-WA0166IMG-20150313-WA0156IMG-20150313-WA0124IMG-20150313-WA0093IMG-20150313-WA0097Todos fizeram seus pronunciamentos defendendo a Petrobrás, a soberania nacional e o respeito ao Estado de Direito. Quase todos os pronunciamentos tiveram temas semelhantes como a conspiração da burguesia, eleitora do candidato derrotado Aécio Cunha, que pretende o terceiro turno, já que como ressentidos culpam os eleitores progressistas por suas dores resultantes da derrota eleitoral. Denunciaram, também, a ostensiva campanha difamatória desencadeada pelas mídias aberrantes contra o governo Dilma. A tentativa de querer fazer uma parcela da população alienada, acreditar que a corrupção começou no governo do Partido dos Trabalhadores, quando se sabe que ela se institucionalizou nos desgovernos de Fernando Henrique, como denunciou um dos corruptos investigados pela Operação Lava Jato. Lembraram dos interesses do capital estrangeiro na Petrobrás e a ajuda que ele vem concedendo à grupos conspiratórios das direitas e extremas-direitas.

IMG-20150313-WA0056IMG-20150313-WA0051IMG-20150313-WA0041IMG-20150313-WA0027IMG-20150313-WA0057IMG-20150313-WA0048IMG-20150313-WA0024Foram pronunciamentos que não fugiram do objetivo do ato e fortaleceram, pedagogicamente, as atitudes que os brasileiros devem ter para defender o maior patrimônio do Brasil e sua soberania. Ficou claro que as direitas só imaginam e defendem a democracia quando se trata da democracia de seus interesses – que não é democracia – e não a democracia real cujo devir-político responde aos interesses de toda sociedade. E a chuva caindo como uma bênção ao labor maior do homem: a política.

IMG-20150313-WA0171IMG-20150313-WA0167IMG-20150313-WA0107IMG-20150313-WA0107IMG-20150313-WA0110IMG-20150313-WA0066IMG-20150313-WA0080IMG-20150313-WA0058IMG-20150313-WA0074Agora, curtam as imagens produzidas pelas fotógrafas da Afin Jamile Oliveira, Lucicleia Lopes e Aldenise Oliveira. Acompanhem a festa na chuva e depois da chuva. Uma verdadeira festa democrática, companheiros!

A PARTIR DAQUI AS FOTOS SÃO DA FESTA EM SÃO PAULO

Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo PP_-Protesto-em-frente-a-sede-da-Petrobras-em-Sao-Paulo-foto-Paulo-Pinto-Fotos-Publicas0013 Protesto de sindicalistas na sede da Petrobras em São Paulo RF_protestopetrobras_001 RF_protestopetrobras_005 RF_protestopetrobras_025 RF_protestopetrobras_031 RF_protestopetrobras_034 RF_protestopetrobras_039 RF_protestopetrobras_042 RF_protestopetrobras_043 RF_protestopetrobras_051O texto para servir de endereçamento é supérfluo. Vamos às imagens. Mas… Foram mais 100 mil pessoas no ato. As direitas que conspiram por um golpe, agora acusaram o contra golpe. As fotos foram extraídas do Site Fotos Públicas.

OS AUTÊNTICOS BRASILEIROS SABEM QUE TODO DIA É DIA DE PETROBRÁS, MAS HOJE, 13, É DIA DE DEFENDÊ-LA CONTRA A TARA DOS CRÁPULAS

marco13_dia_nacional_lutasO fato é simples de mostrar e entender. A Petrobrás não é como muitos afirmam um símbolo da grandeza do Brasil. A Petrobrás é a maior grandeza real criada pela potência dos saberes brasileiros em composição com a natureza. Por isso, ela se expressa no enunciado-significador econômico como sua maior grandeza. É a estatal que mais contribui para o desenvolvimento econômico, social, científico, educacional, artístico, esportivo, etc. da sociedade brasileira. E também para o desenvolvimento de outros países que mantém acordos econômicos com o Brasil. Ela é o suporte básico de nossa economia-prática. Seus dispositivos produtores contemplam significativamente a identidade de nossa brasilidade.

No momento atual, a Petrobrás continua produzindo, através de sua potência, os produtos que ela constrói sua identidade de empresa fértil. O que significa que a Petrobrás mantém seu valor-produtivo. Os crápulas, com o objetivo visível de querê-la diminuída em sua importância, encenaram uma bufonaria para que ela seja tida como desvalorizada e assim ser privatizada. Só que os crápulas, personagens delirantes e alucinantes, em suas manifestações psicóticas, como não podem conceber o real, não sabem que a maior parte da sociedade brasileira é concebida por fluxos-potências-nacionais que lhes mobilizam para a defesa contra os que conspiram para o esfacelamento de sua identidade-pátria. Sua soberania Nacional.

rs_12Os crápulas, como horda molar – os que são imóveis, estruturas inativas do capitalismo – multifacetada nas direitas nazifascistas que vão das mídias aberrantes, passando pela parasitária burguesia-ignara e os grupos monopolistas estrangeiros,  querem fazer de um processo criminal que investiga um sistema de corrupção organizado e executado por alguns funcionários da empresa, uma catapulta para atingir tanto a Petrobrás como governo popular da proba, inteligente e corajosa presidenta Dilma Vana Rousseff.

Um objetivo eminentemente psicótico. O princípio de realidade brasileira “ desmancha no ar” a projeção psicopatológica dessas extremas-direitas. Aqui pedimos desculpa a Marx pela tentativa de parafrasear sua clássica lógica: “Tudo que é sólido se desmancha no ar”, visto que os tagarelas, a gente miúda-muda, os crápulas, não tem nada de sólido. São meras abstrações e como abstrações têm da sociedade brasileira o reflexo abstrato de suas abstrações. Por força destas abstrações eles acreditam que com panelas e pornofonias se faz a ‘revolução’. Como diria o teatrólogo alemão, Brecht, o que eles querem é a revolução de suas barrigas entupidas.

Então, fica combinado. Hoje, dia 13, um número cruel para os crápulas, aqui em Manaus, na Praça da Polícia, às 16h: vamos fazer a festa colorida da Petrobrás e da Soberania Nacional.

Hoje, é sexta-feira 13, dia de sorte que serve para espantar os odientos, invejosos e conspiradores desamados! É dia de amar a liberdade do Brasil, moçada!

“Sem medo de ser Feliz!

13 DE MARÇO DIA NACIONAL DE LUTA EM DEFESA DA PETROBRÁS, TRABALHADORES, REFORMA POLÍTICA E DEMOCRACIA

vargasluladilmaUm dos maiores desafios dos movimentos sindical e social hoje é defender, de forma unificada e organizada, o projeto de desenvolvimento econômico com distribuição de renda, justiça e inclusão social. É defender uma Nação mais justa para todos.

Defender os Direitos da Classe Trabalhadora

A agenda dos trabalhadores que queremos ver implementada no Brasil é a agenda do desenvolvimento, com geração de emprego e renda.

Governo nenhum pode mexer nos direitos da classe trabalhadora. Quem ousou duvidar da nossa capacidade de organização e mobilização já viu do que somos capazes.

Defender os trabalhadores é lutar contra medidas de ajuste fiscal que prejudicam a classe trabalhadora.

As MPs 664 e 665, que restringem o acesso ao seguro desemprego, ao abono salarial, pensão por morte e auxílio-doença, são ataques a direitos duramente conquistados pela classe trabalhadora.

Se o governo quer combater fraudes, deve aprimorar a fiscalização; se quer combater a alta taxa de rotatividade, que taxe as empresas onde os índices de demissão imotivada são mais altos do que as empresas do setor, e que ratifique a Convenção 158 da OIT.

Lutaremos também contra o PL 4330, que da maneira como está impostolibera a terceirização ilimitada para as empresas, aumentando osubemprego, reduzindo os salários e colocando em risco a vida dos/as trabalhadores/as.

Defender a Petrobrás

Defender a Petrobrás é defender a empresa que mais investe no Brasil – mais de R$ 300 milhões por dia – e que representa 13% do PIB Nacional. É defender mais e melhores empregos e avanços tecnológicos. É defender uma Nação mais justa e igualitária.

Defender a Petrobrás é defender um projeto de desenvolvimento do Brasil, com mais investimentos em saúde, educação, geração de empregos, investimentos em tecnologia e formação profissional.

Defender a Petrobrás é defender ativos estratégicos para o Brasil. É defender um patrimônio que pertence a todos os brasileiros e a todas as brasileiras. É defender nosso maior instrumento de implantação de políticas públicas que beneficiam toda a sociedade.

Defender a Petrobrás é, também, defender a punição de funcionários de alto escalão envolvidos em atos de corrupção. Exigimos que todos os denunciados sejam investigados e, comprovados os crimes, sejam punidos com os rigores da lei. Tanto os corruptores, como os corruptos.  A bandeira contra a corrupção é dos movimentos social e sindical. Nós nunca tivemos medo da verdade.

Defender a Petrobrás é não permitir que as empresas nacionais sejam inviabilizadas para dar lugar a empresas estrangeiras. Essas empresas brasileiras detêm tecnologia de ponta empregada na construção das maiores obras no Brasil e no exterior.

Defender a Democracia – Defender Reforma Política

Fomos às ruas para acabar com a ditadura militar e conquistar a redemocratização do País. Democracia pressupõe o direito e o respeito às decisões do povo, em especial, as dos resultados eleitorais. A Constituição deve ser respeitada.

Precisamos aperfeiçoar a nossa democracia, valorizando a participação do povo e tirando a influência do poder econômico sobre nosso processo eleitoral.

Para combater a corrupção entre dirigentes empresariais e políticos, temos de fazer a Reforma Política e acabar de uma vez por todas com o financiamento empresarial das campanhas eleitorais. A democracia deve representar o Povo. Não cabe às grandes empresas e as corporações aliciar candidatos e políticos para que sirvam como representantes de seus interesses  empresariais em detrimento das necessidades do povo.

No dia 13 de março vamos mobilizar e organizar nossas bases, garantir a nossa agenda e mostrar a força dos movimentos sindical e social. Só assim conseguiremos colocar o Brasil na rota de crescimento econômico com inclusão social, ampliação de direitos e aprofundamento de nossa democracia.

Estamos em alerta, mobilizados e organizados, prontos para ir às ruas de todo o país defender a democracia e os interesses da classe trabalhadora e da sociedade sempre que afrontarem a liberdade e atacarem os direitos dos/as trabalhadores/as.

Não aceitaremos retrocesso!

CUT – Central Única dos Trabalhadores
FUP – Federação Única dos Petroleiros
CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil
UGT – União Geral dos Trabalhadores
NCST – Nova Central Sindical dos Trabalhadores
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
UNE – União Nacional dos Estudantes
MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra
CMP – Central dos Movimentos Populares
MAB – Movimento de Atingidos por Barragem
LEVANTE Popular da Juventude
FAF – Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar
MNPR – Movimento Nacional das Populações de Rua
FDE – Fora do Eixo
MÍDIA Ninja

FOI LANÇADO O MOVIMENTO “ALIANÇA PELO BRASIL E PELA SOBERANIA NACIONAL EM DEFESA DA PETROBRÁS”

1424448466Mostrando que a sociedade brasileira esclarecida e nacionalista não compactua com a corrente-fantasmagórica que range suas ferrugens conspiradoras por frustrações das cobiçantes mídias entreguistas, direitas-ambiciosas e empresas estrangeiras contra a Petrobrás e a soberania do Estado de Direito do Brasil, intelectuais, sindicalistas, movimentos sociais e representantes da sociedade civil se reuniram no Clube de Engenharia, no Rio de Janeiro, para lançar o movimento Aliança pelo Brasil e pela Soberania Nacional.

Os participantes afirmaram, com veemência, que o que se encontra em pauta é uma campanha de desvalorização da Petrobrás ataques desmedidos ao governo Dilma comanda pelas direitas do país e capitalistas representantes de empresas estrangeiras que se configura como um atentado à soberania nacional.

Eles foram unânimes em afirmar que o combate à corrupção nos órgãos públicos, como o caso da Petrobrás, deve ser sempre uma prática em defesa da democracia, mas sem comprometer as funções da estatal que já se encontram ameaçadas. Foi o que disse o presidente do Clube de Engenharia Francis Bogossian.

“Não tem crime que possa penalizar o filho por um erro cometido pelo pai. Se tem erros na Petrobrás, que esses erros sejam apurados, como estão sendo, e comprovados,  que os culpados sejam punidos.

Nós vamos desempregar não só os engenheiros. Vamos desempregar o pessoal de nível superior, de nível médio e também os menos favorecidos, que é aquele que precisa do salário para comer.

Os contratos estancados devem ser retomados. Deve-se apurar, e se não existe irregularidade no contrato ele continua. Se existe irregularidade, tira aquela empresa e chama outra brasileira, ou que seja associada com uma estrangeira, se for necessária”, opinou Bogossian.

Para o conhecido cientista, Luiz Pinguelli Rosa, diretor do Instituto Luiz Alberto Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Petrobrás dede retomar seus investimentos e ser realista quanto ao que pode ou não pode. Segundo seu entendimento, a Aliança pelo Brasil e pela Soberania Nacional tem como características envolver as categorias ligadas ao setor de petróleo e ao de tecnologia que são compostos de muitas pessoas no Brasil, além da defesa de um governo constituído democraticamente. Ele acredita que outras manifestações com esses objetivos ainda podem ser realizadas em todo Brasil.

“Tem que produzir petróleo, é o que ela esta fazendo. Tem que acabar as refinarias, é o que ela não está fazendo. Enfim, tem que produzir e servir o Brasil. Ela tem que ser realista e verificar o que pode e o que não pode. Quais são os recursos de que dispõe, qual é o capital que pode levantar, quais são as funções técnicas que ela tem. Isso pode obrigar a redução de investimento por um tempo”, considerou Pinguelli Rosa.

Por sua vez, Emanuel Cancella, secretário-geral dos Petroleiros do Rio de Janeiro e da Federação Nacional dos Petroleiros, disse que já estão sendo produzidas outras manifestações.

“Vamos combinar atos em ambientes fechados como aconteceu hoje e na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), com atos nas ruas. No dia 13 estaremos nas ruas, em todo Brasil, defendendo a soberania nacional e a Petrobrás”, discursou Emanuel Cancella.

Defender a Petrobrás e a soberania nacional é um dever de todos que vivenciam suas existências no Brasil e sabem que a Petrobrás faz parte de suas identidades individuais e que forma a identidade-cultural-social-política do povo brasileiro. Não defendê-la é ser traidor e escravo da opressão dos impérios monopolistas.

É certo que existem pessoas que se identificam com o opressor. São os masoquistas, como diz Freud. Os que carregam grande carga de sentimento de culpa inconsciente, os que gostam de sofrer e até gozam, mesmo que seja na forma fálica da masturbação. Quanto a estes a democracia é uma eficaz terapia. Mas tem um dilema: os sofredores só podem ser curados se eles mesmos buscarem ajuda terapêutica. O que não é o caso dos que se identificam com o agressor, os escravos, sem eufemismo, as direitas do país, porque eles acreditam que são sãs. Então, não há nada a fazer.

De nossa parte é fazer o que deve ser feito: defender a Petrobrás e a Soberania Nacional.

Lei o manifesto da Aliança pelo Brasil e pela Soberania Nacional.

EM DEFESA DA SOBERANIA NACIONAL

A Nação se defronta com um dos maiores desafios de sua história abalada que está por forças internas e externas que ameaçam os próprios alicerces de sua independência e de sua soberania. As investigações policiais em torno de ilícitos praticados contra a Petrobras por ex-funcionários corruptos e venais estão dando pretexto a ataques contra a própria empresa no sentido de transformá-la de vítima em culpada, assim como de fragilizá-la com o propósito evidente de torná-la uma presa fácil para a fragmentação e a desnacionalização.

A Petrobras é a espinha dorsal do desenvolvimento brasileiro. A cadeia produtiva e comercial do petróleo e do setor naval, por ela liderada, representa mais de 10% do produto interno bruto, constituindo a principal âncora da indústria de bens de capital. É uma criadora e difusora de tecnologia, de investimentos e de produtividade que beneficiam toda a economia brasileira. Foi graças aos esforços tecnológicos da Petrobras que se descobriram, em 2006, as reservas do pré-sal, e é ainda graças a sua tecnologia original de produção que o Brasil já retira do pré-sal, em tempo recorde, cerca de 700 mil barris diários de petróleo, que brevemente alcançarão mais de 2 milhões, assegurando autossuficiência e a exportação de excedentes.

Deve-se à Petrobras a existência de uma cadeia produtiva anterior e superior do petróleo e da indústria naval, induzindo o desenvolvimento tecnológico da empresa privada brasileira, gerando emprego e renda que, no caso de empresas nacionais, significa resultados que aqui mesmo são investidos, desdobrando-se em outros ciclos de produção e consumo na economia.

Tudo isso está em risco. E é para enfrentar esse risco que o movimento social e político que estamos organizando conclama uma mobilização nacional em favor da Petrobras, instando o Governo da República a colocar todos os instrumentos de poder do Estado em sua defesa, de forma a mantê-la íntegra, forte e apta a continuar desempenhando o seu papel de líder do desenvolvimento nacional e a enfrentar, por outro lado, o desafio do seu enfraquecimento planejado por forças desnacionalizantes e privatistas internas e externas.

Ao lado da defesa da Petrobras vemos o imperativo de proteger a Engenharia Nacional, neste momento também ameaçada de fragmentação e de liquidação frente ao risco de uma desigual concorrência externa. Repelimos com veemência eventuais atos de corrupção ocorridos na relação entre empresas de engenharia fornecedoras da Petrobras, e seremos os primeiros a apoiar punições para os culpados, mas somos contra a imputação de culpa sem provas, e a extensão de culpa pessoal a pessoas jurídicas que constituem, também elas, centro de geração de centenas de milhares de empregos, de criação de tecnologia nacional e de amplas cadeias produtivas, e de exportação de serviços com reflexos positivos na balança comercial.

Todos que acompanham negociações internacionais conhecem as pressões que recaem sobre o Brasil e outros países em desenvolvimento no sentido de abertura de seu mercado de construção pesada a empresas estrangeiras. Somos inteiramente contrários a isso, em defesa do emprego, da renda e do equilíbrio do balanço de pagamentos. Se há irregularidade na relação entre as empresas de construção e a autoridade pública que sejam sanadas e evitadas. Mas a defesa da Engenharia Brasileira implica a preservação da empresa brasileira à margem de qualquer pretexto.

Não é coincidência os ataques à Petrobras, ao modelo de partilha da produção que a coloca   como operadora única do pré-sal, à política de conteúdo local, à aplicação exclusivamente na educação e na saúde públicas dos recursos do pré-sal legalmente destinados a esses setores,   à Engenharia Brasileira como braço executivo de grande parte de seus investimentos, e também ao BNDES, seu principal financiador interno, que tentam fragilizar rompendo sua relação com linhas de financiamento do Tesouro: tudo isso faz parte não propriamente de ataques ao governo mas de uma mesma agenda de desestruturação e privatização do Estado em sua função de proteger a economia nacional.

É nesses tópicos mutuamente integrados que concentramos a proposta de mobilização nacional que estamos subscrevendo, e que está aberta à subscrição de outras entidades e de todos os brasileiros que se preocupam com o destino de nossa economia e de nosso país. Estamos conscientes de que o êxito dessa mobilização dependerá da participação do maior número possível de entidades da sociedade civil, de partidos políticos e das cidadãs e cidadãos individualmente. E é da reunião de todos que resultará a afirmação da Aliança pelo Brasil em defesa da Petrobras, do Estado social-desenvolvimentista e de um destino nacional de prosperidade.

PARA DILMA A CLASSIFICAÇÃO DA PETROBRÁS PELA MOODY’S “É FALTA DE CONHECIMENTO”

21e5847a-2df7-44ae-8940-5b00d4418ce7O que já se sabia ocorreu. Como há hegemonia do sistema capitalista no mundo, é lógico que uma empresa com o valor que tem a Petrobrás e internacionalmente sendo cobiçada pelos grotescos especuladores do dinheiro, diante de tamanha depreciação interna e externa, para que seja desvalorizada e seja vendia por um preço irrisório, a nota dada pela agência de classificação de risco Moody’s já era esperada.

A agência respira e transpira a dogmática-capitalista. Seu negócio é lucro, nada mais que lucro. Por tal, ela rebaixou a Petrobrás da nota BAA3 para BA2. O que significa em sua ordem capitalista que a Petrobrás deixa de ser uma empresa de investimento para ser uma empresa especulativa. Nessa lógica-capitalista, a Petrobrás é risco para investimento.

Embora o negócio da agência seja lucro, ela não viu o lucro que a Petrobrás vem obtendo com suas produções, mas, sim, o lucro que a estatal pode auferir ao sistema capitalista se fosse ela vendida. Daí que a nota tem parceria direta com a campanha orquestrada conta a Petrobrás. Para a agência não importa os lucros atuais da Petrobrás, o que importa é seu futuro como mais uma estatal privatizada.

Como a agência Moody’s faz seu papel de depreciadora da Petrobrás, Dilma como presidenta teve que contradizer a afirmação calculista. Ela se encontrava em Feira de Santana, entregando casas do Programa Minha Casa, Minha Vida, um dos programas que mais causa inveja e despeito nas direitas, quando mostrou a ignorância da agência.

“É uma falta de conhecimento do que está acontecendo na Petrobrás. Agora, não tenho dúvida de que é uma empresa com grande capacidade de se recuperar disso, sem grandes consequências.

O governo sempre vai evitar o rebaixamento, isso é absolutamente natural, lamentamos que não tenha tido correspondência por parte da agência, mas acho que isso está superado”, se posicionou Dilma Vana Rousseff.

“TUDO ISSO OCORRE PORQUE NÃO CONSEGUIRAM DERROTAR A PRESIDENTA DILMA NAS URNAS”, DISSE O CINEASTA LUIZ CARLOS BARRETO

ebc186cd-0d86-4aa1-8b1b-93709287455eO premiado cineasta Luiz Carlos Barreto, que participou da manifesta em defesa da Petrobrás e do Brasil analisou a situação criada pelas direitas com as acusações de corrupção na Petrobrás consumada por alguns funcionários do órgão.

Luiz Carlos Barreto defendeu a punição dos corruptos e corruptores com a obrigação de defender a Petrobrás contra a campanha sórdida que vem sendo perpetrada e executada pelos que têm interesse em sua privatização cujo maior tentação é o pré-sal. Ele também mostrou que as mídias adotaram posição opinativa deixando de lado seu papel informativo. Mas para ele há uma forte ansiedade que estimula os conspiradores: é sacrificar Dilma, Lula e todas as lideranças que possam surgir. Tudo porque “não conseguiram derrotar a presidenta Dilma nas urnas”.

“Punam-se os responsáveis, as pessoas que praticaram os malfeitos, como diz a presidenta Dilma. Se a gente fosse punir o Congresso Nacional por cada malfeito que os deputados e os senadores fazem através dos tempos, os escândalos que aparecem envolvendo parlamentares, se você fosse culpar e fechar o Congresso, nós viveríamos em permanente regime de ditadura.

 Você não pode pedir o fechamento do Congresso porque um deputado ou senador ou ambos cometeram atos irregulares; a mesma coisa se aplica à Petrobrás e empreiteiras. Você não liquidar com as empresas ou privatizar a Petrobrás porque alguns dirigentes ou funcionários cometeram atos ilegais.

Hoje o noticiário não é apenas informativo, ele é conceitual; o noticiário virou algo opinativo, notícia já é redigida de uma maneira contra os manuais de redação. A reportagem deve ser informativa e não opinativa.

 O pré-sal, que é a maior reserva de petróleo do mundo, porque ele vai de Porto Alegre a Belém, segundo os estudos e as prospecções, então, isso é um patrimônio nacional e hoje a Petrobrás é igual à Amazônia. Querem privatizar a Petrobrás como internacionalizar a Amazônia, quer dizer, são interesses econômicos de se apossar de uma riqueza nitidamente nacional.

A desgraça da Petrobrás é ela ter descoberto o pré-sal, isso despertou toda a ambição da banca internacional, do capital financeiro internacional, isso é o que está na cara. Nós estamos vendo o filme se repetir: Getúlio foi levado ao suicídio por causa da Petrobrás; no mesmo ano de sua morte, foi derrubado Perón. Hoje estão tentando derrubar Dilma e a presidenta da Argentina.

Tudo isso ocorre porque não conseguiram derrotar a presidenta Dilma nas urnas. Através das urnas, as camadas populares entenderam que esses governos são a favor da população pobre, que hoje em dia está fidelizada com os partidos de tendência de esquerda. Não é só o problema da corrupção, porque quanto a isso você pune a pessoa e acabou. O problema é se apossar das riquezas que estão no solo brasileiro. Isso sacrificou Getúlio, João Goulart e agora querem sacrificar a Dilma o Lula e todos os líderes populares que surjam ou venham surgir terão esse tipo de combate”, analisou o cineasta Luiz Carlos Barreto.

Quando o cineasta Luiz Carlos Barreto chama a atenção para ameaça que as riquezas naturais brasileiras estão sofrendo através das ambições internacionais, ele nos conduz à inferência de que todos os brasileiros que estão tentando desvalorizar a Petrobrás, como nos casos as mídias reacionárias e membros de partidos das direitas, estão conspirando contra o Estado brasileiro em favor do capital estrangeiro. Ou seja, são inimigos públicos da sociedade brasileira. Para eles o bem do Brasil não importa. O que importa são seus interesses particulares, de grupos e sociedades.

Daí que todo brasileiro autêntico, ao defender a Petrobrás defende diretamente a soberania do Brasil. Então, fiquemos atentos aos conteúdos das mídias e as enunciações das direitas. Principalmente dos partidos ligados umbilicalmente ao capital internacional.

“DEFENDER A PETROBRÁS É DEFENDER O BRASIL”! MANIFESTAÇÃO DE APOIO À EMPRESA BRASILEIRA

WCS_5207No dia 24, terça-feira, no Rio de Janeiro, sindicalistas, artistas, intelectuais, estudantes, jornalistas, advogados, movimentos sociais e a sociedade civil estarão realizando um ato em defesa da Petrobrás que vem sofrendo graves ataques perpetrados pelos inimigos do Brasil e, principalmente, inimigos de seu desenvolvimento econômico objetivando a sua volta à dependência ao capital internacional. Fato dirimido pelos governos populares de Lula e Dilma.

O ato que está sendo organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) tem como slogan “Defender a Petrobrás é Defender o Brasil”. Esse ato faz parte de uma série de outras manifestações que estão sendo organizadas para serem realizadas em todo o Brasil durante o tempo que for necessário para impedir que as forças reacionárias e conspiradoras continuem tentando entregar o país. O dia 24 será o a data de lançamento da campanha nacionalmente.

“A investigação, o julgamento e punição de corruptos e corruptores, doa a quem doer, não pode significar a paralisia da Petrobrás e do setor mais dinâmico da economia brasileira.

É urgente denunciar, no entanto, que esta ação tem servido a uma campanha visando à desmoralização da Petrobrás, com reflexo direto sobre o setor de Óleo e Gás, responsável por investimentos e geração de empregos em todo o País; campanha que já prejudicou a empresa e o setor em escala muito superior à dos desvios investigados”, diz trecho do manifesto.

Os brasileiros que moram em São Paulo não devem esquecer que no dia 13 de março estará sendo realizado, na Avenida Paulista, uma grande manifestação popular. Pela Petrobrás e a segurança do Brasil é necessária sua presença. 

 

O CORRUPTO BARUSCO, QUE COMEÇOU SUA ASCENSÃO NA PETROBRÁS NO GOVERNO FHC, SE DEU BEM ATÉ COM A ROLLS-ROYCE

pedro-baruscoA imprensa estrangeira, no caso específico o jornal britânico The Financial Times, divulgou que a empresa Rolls-Royce para conseguir um contrato com a estatal Petrobrás, corrompeu funcionários da empresa brasileira, para conseguir um contrato, com a quantia de U$ 100 milhões.

A Rolls-Royce que historicamente é uma empresa respeitada porque fabrica carros caríssimos tanto para representações oficiais de países como para manter o delírio faustoso da burguesia que acredita ser importante pela ostentação, também, para ampliar seu desejo capitalista, fabrica turbinas de gás para plataformas de exploração de petróleo.

O elemento impulsionador da reportagem de capa do jornal britânico foi a denúncia feita pelo corrupto Pedro Barusco que começou sua ascensão de malfeitor no desgoverno de Fernando Henrique, no ano de 1997, no terceiro ano de exibicionismo do vaidoso guru do partido da burguesia-ignara, PSDB.

Como parte de seu depoimento na Operação Lava Jato, através de delação premiada, Barusco afirmou que recebeu U$ 200 mil da empresa. A empresa, por sua parte, objetivando defender sua moral-capitalista, como se houvesse uma moral no capitalismo que escapasse da obsessão-compulsiva pelo lucro e elevasse o espírito fraterno entre os homens, disse “que não tolera conduta empresarial indevida de qualquer tipo”. E que vai tomar “as medidas necessárias para garantir o cumprimento das leis”.

Trata-se de uma questão moral, como se sabe. Mas uma moral que não casa com a lógica, já que a lógica capitalista do lucro máximo se coloca também como moral. Esta é o costume (mos) forjado pelos corpos capitalistas, e a aquela a razão instrumental-econômica destes corpos. Misto de um princípio de realidade burguês que se manifestou no momento em que o capitalismo escapou de seu próprio domínio como concorrência.

A corrupção como forma de trapaça entre as empresas é apenas um dos corpos-aberrantes criados pela concorrência capitalista. Daí que a moral capitalista é só uma aparência (diria Marx, todo o capitalismo) diante de uma lógica que não respeita outra lei que não seja o lucro máximo.

Quem não vai acreditar no Barusco, agente fetichista do capital? Quem vai acreditar na mora da Rolls-Royce?


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.666 hits

Páginas

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos